xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 07/07/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

07 julho 2013

O raro silêncio de Lula


(Editorial deste domingo de “O Estado de S.Paulo”)


Habitualmente muito loquaz e atento a todas as oportunidades para exercitar a vanglória e malhar os adversários, Luiz Inácio Lula da Silva está mudo desde o início das manifestações de rua que há semanas tomaram conta do País. Nos últimos dias, uma oportuna viagem à África tirou-o de circulação. Enquanto isso, multiplicam-se as evidências de que, pelo menos para parte significativa dos quadros do PT, inclusive alguns solidamente instalados no Palácio do Planalto, todos de olho em 2014, o "volta Lula", mais do que um apelo nostálgico, é a última esperança de sobrevivência do tão acalentado projeto de perpetuação no poder.

Lula tem reafirmado que Dilma é sua candidata, portanto, a candidata do PT nas eleições presidenciais do ano que vem. De fato, pelo menos até um mês atrás tudo levava a crer que o encaminhamento natural dos acontecimentos levaria à reeleição de Dilma. Seria muito difícil explicar politicamente a não candidatura da presidente, mesmo que para ceder o lugar ao seu mentor. A não ser, é claro, que surgisse um inquestionável motivo de força maior. E essa força maior seria a ameaça iminente à hegemonia político-eleitoral do PT.

Pois a "força maior" está nas ruas. Apesar de o marqueteiro oficial João Santana garantir que em quatro meses Dilma terá recuperado o prestígio que despencou nas últimas semanas, os petistas já colocaram as barbas de molho. Não os tranquiliza nem o argumento de que Lula conseguiu dar a volta por cima e se reeleger, após o escândalo do mensalão, em 2005, que lhe havia custado uma forte queda nos índices de aprovação popular. Ocorre que Dilma, ao contrário de seu criador, não tem o menor carisma. E em 2006 o País surfava na onda da estabilidade monetária, crescimento econômico e avanços sociais. Um panorama muito diferente daquele em que está hoje mergulhado em razão, entre muitas outras, da crônica incompetência do governo lulopetista.

Antes mesmo do início das manifestações populares, o "volta Lula" já estava nas ruas. Ainda em abril, antes da aprovação pelo Congresso da MP dos Portos, que Dilma Rousseff sancionou em 5 de maio, um grupo de aproximadamente 200 militantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), o braço sindical do PT, marcava sua posição em ato público na Avenida Paulista, ao coro vibrante de "Volta Lula!". Era a expressão de um sentimento que já então se percebia, embora tímido e discreto, nos círculos lulopetistas Brasil afora.

Na quarta-feira passada, em dois ambientes diferentes e em contextos distintos, duas personagens próximas de Lula vocalizaram o mesmo desejo. O cientista político André Singer, antigo porta-voz de Lula na Presidência, respondeu a uma indagação, durante debate na USP, com a afirmação de que, em consequência da queda da popularidade de Dilma, o nome de Lula, como candidato em 2014, "está colocado". Singer fez a ressalva de que não estava em condições de afirmar se Lula está ou não disposto ou decidido a ser candidato. E, dizemos nós, muito provavelmente não está. Por sua vez, o deputado federal Devanir Ribeiro (PT-SP), cuja devoção a Lula se consubstanciou na tentativa de propor um terceiro mandato consecutivo para o então presidente, que cumpria o segundo, foi bem mais explícito. Depois de criticar abertamente a presidente, afirmando que "o que falta no governo Dilma é gestão", Ribeiro foi categórico: "Já está na hora de o Lula voltar".

É claro que, mesmo a conveniente distância, Lula está perfeitamente a par das manifestações desse queremismo. Que, aliás, é muito compreensível, uma vez que, diante dos últimos acontecimentos, a companheirada vislumbra uma luz no fim do túnel e a identifica como a de uma locomotiva sem freio que ameaça atropelá-los. Mas Lula dificilmente mete a mão em cumbuca. E não foi por outra razão que, diante do clamor da massa que perdeu a paciência com o governo, ele enfiou a viola no saco e foi cuidar de sua vida em outras paragens. Afinal, a coisa está feia. E ninguém mais do que ele é o culpado pelo que está aí.
                                                                                                 

Transporte perigoso - Por: Emerson Monteiro

Terça-feira, 25 de junho de 2013, quando a Folha da Manhã divulgou em letras maiores: Acidentes com motos mataram 6 no final de semana no Cariri. Isso indica que tantas vidas ceifadas reclamam, no mínimo, alguma reflexão de tempos velozes e fugazes. Sobretudo são jovens quem perece vítimas das condições do arriscado transporte em duas rodas. Bólides da insegurança, motoqueiros jamais, com absoluta certeza, avaliam os prejuízos a que se acham sujeitos na aventura das ruas desencontradas, esburacadas, de sinalização precária e lotadas de outros veículos motorizados, nas pressas de chegar e regressar dos dias.

A sobrevivência pede velocidade, mas velocidade incerta impõe perdas irreparáveis ao contingente humano, de traumas e incertezas várias.

O País hoje possui algo em volta de 970 mil motocicletas espalhadas pelas estradas e cidades, revoada imensa de pilotos sob a pressão tensa das estatísticas desfavoráveis. Além das perdas de vida no auge da doce juventude, plena força de trabalho da Nação, há consequências nefastas em termos de mutilações, o que enche hospitais, profundas marcas de uma guerra urbana.

Enquanto isso, quais instrumentos de aperfeiçoar o meio de transporte que expõe a tais agruras que leis produzir na intenção de minorar a precariedade da insuficiência quando alguém utiliza recorrendo às os motos quase só com o capacete, defesa da cabeça, e o resto do corpo? Estudos existem, contudo os limites impostos pela força da gravidade superam o zelo da resistência e dos cuidados oferecidos.

Ainda que desse modo, a calamidade nos alerta na esperança de descobrir formas menos dolorosas de vencer as distâncias. Lembrar dos outros nós que, de comum, movimentam a sociedade, querendo cumprir seus compromissos. Essa imensa preocupação paira no ar sobre as cabeças, qual necessidade urgente de modificação do improviso do transporte. Sem possibilidades que haja, muitos jogam na roleta das incertezas a existência física, ameaçando famílias e sonhos, entregues à pura sorte dos destinos.

Longe de soluções claras dos graves riscos em que importa a utilização da tecnologia, o barco da civilização vaga nos mares da incerteza, na espera do respeito à própria saúde pública.

Médicos estrangeiros chegam em agosto


Médicos estrangeiros recrutados no programa que o Ministério da Saúde lançado na segunda-feira (1º) começam a trabalhar em setembro nos municípios brasileiros. Documento preliminar ao qual a reportagem teve acesso mostra que os profissionais selecionados no edital de chamamento deverão desembarcar no País em agosto e, dias depois, serão encaminhados para o processo de capacitação, com duração prevista de três semanas.

O projeto prevê que, na primeira etapa de agosto, serão convocados profissionais procedentes da Espanha e de Portugal. Na segunda fase, programada para outubro, começam a chegar profissionais procedentes de Cuba. Na terceira fase, inicialmente prevista para novembro, viriam médicos de outros países.

A estimativa é de que, neste ano, cheguem 4 mil profissionais estrangeiros para trabalhar nos serviços públicos de saúde municipais. Em três anos, o governo prevê que 10 mil médicos formados no exterior cheguem ao País. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão



Evo Morales vai dar asilo político a Snowden


La Paz, 6 jul (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, afirmou neste sábado que Edward Snowden receberá asilo no país caso peça como forma de protesto contra os países europeus que impediram que seu avião trafegasse por seu espaço aéreo por que a bordo estava o ex-técnico da CIA, procurado pelos Estados Unidos por revelar informação secreta.

"Digo aos europeus e aos americanos que ontem estive refletindo, e acredito que como justo protesto agora daremos asilo se nos for pedido a esse americano perseguido por seus compatriotas. Não temos nenhum medo", declarou Morales. O governante fez a promessa em um evento com indígenas da região andina de Oruro, em presença do presidente do Banco Mundial, o sul-coreano Jim Yong Kim, que realiza sua primeira visita oficial à Bolívia.

Morales permaneceu mais de 13 horas no aeroporto de Viena porque Itália, França e Portugal lhe impediram aterrissar ou sobrevoar seus territórios diante da suspeita de Snowden estar em seu avião. Morales afirmou hoje que não consegue entender que, "após 500 anos de saque", alguns países europeus ainda "queiram humilhar" a América Latina. "Os europeus querem nos escaldar para que não haja outro presidente indígena. É isso que querem. Quero dizer-lhes que não conseguiram porque já há consciência nacional, consciência sobre nossas políticas e sobretudo consciência sobre nossa dignidade e soberania. É impossível que consigam nos aplacar ou nos intimidar", bradou. 

EFE via Yahoo notícias


O ANALISTA MAIOR - Luiz Gonzaga da Silva


Se você notar que seu coração está cheio de impurezas, rancor, às vezes ódio, cobiça, egoísmo, maus pensamentos, idolatria, ofensas, falsidade e até blasfêmia...

Está precisando de um especialista, ou melhor, de um analista, porque você precisa de um desabafo: Deitar e tendo a impressão de que alguém está  ouvindo você. Então você fecha os olhos, deixa a mente no vazio e o seu subconsciente ouve: “Vem! Deite-se no divã ou sofá, que vou escutá-lo e depois darei a minha receita.” “Abra  seu coração! Coloque tudo o que o perturba, o incomoda, o magoa, lhe tira a paz, para fora.” “Liberte-se! Não tenha vergonha de se desnudar diante de MIM. EU sou o analista que pediu. Conheço até a essência do material de que foi criado.”

“EU tenho poder e capacidade de auxiliá-lo para que se liberte da opressão que as impurezas impõem.” “Vou fazer com você uma regressão, não somente até o ventre de sua mãe, mas até o princípio de sua história.” “Pronto! Você viajou muito! Eis o princípio: Observa a paisagem.

Sorri? Está admirado?

Pois isto é apenas uma pequena mostra do que o espera, quando do retorno, após o cumprimento de sua missão. É mais do que o quíntuplo de beleza, do que está diante de você.” “Diga-me agora: É ou não é ilusório, tudo isso que deixou dominar seu coração?”

“Quando retomar o caminho novamente, livre-se de tudo o que avilta e oprime, encha  seu coração de caridade, analise a abrangência do amor, faça-o arraigar-se no peito, deixa-o contaminar todo o seu ser.” “E se nuvens escuras tentarem toldar o sol da sua esperança, lembre-se de MIM e das coisas belas que viu.”

“Se  faltar forças para transpor um obstáculo, ME chame. Olhe bem firme nos MEUS olhos que EU o atenderei e o cumularei de bênçãos.”

“EU sou seu desejo de superação, a sua esperança, o seu escudo. Estou dentro de você”.

Descubra-me!

No dia 11 o Brasil vai parar - Centrais sindicais também confirmam adesão para greve do dia 11


O Dia Nacional de Lutas que está sendo preparado pelas centrais sindicais para acontecer no próximo dia 11 começa a ganhar corpo com a confirmação de que várias categorias devem aderir ao protesto, com greves e manifestações. Haverá paralisação desde o setor de transportes até construção pesada, que deve afetar obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).
Também se preparam para o dia categorias de serviços, como bancos, e da indústria, como metalúrgicos, petroleiros, mineradores e químicos. Boa parte dos sindicatos patronais diz desconhecer o movimento, mas já há manifestações de setores como a Indústria se posicionando contrariamente à mobilização.

Nesta sexta-feira, as principais centrais sindicais confirmaram que a cidade de São Paulo terá diversos pontos de manifestação e que haverá uma grande concentração de trabalhadores no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, a partir do meio-dia. Segundo a Central Única dos Trabalhadores do Estado (CUT-SP), bancários, químicos e petroleiros da capital são algumas das categorias que já confirmaram presença no local. "A adesão está muito forte. Muitas categorias já definiram pela paralisação", reforça Adi Santos de Lima, presidente da CUT-SP.

O objetivo do que vem sendo chamado pelos sindicatos de 'Dia Nacional de Lutas', seria sensibilizar os governos da chamada pauta trabalhista (que inclui o fim do fator previdenciário, carga de 40 horas semanais de trabalho, reajuste para os aposentados), além de cobrar mais investimentos em áreas como saúde, educação e transporte. O trânsito na capital paulista provavelmente será bastante afetado.

Agência Estado


Para você refletir - Por Maria Otilia

Foi noticiado nestes últimos dias, algumas mudanças na gestão municipal do Crato. Todas estas mudanças, com certeza ,com a finalidade de melhorar  a  prestação de serviços públicos para todos os  munícipes.Muito embora constatamos que nem sempre somente a mudança 
de pessoas é o bastante.Faz-se necessário que todos os que estão no " círculo íntimo", ou seja  a equipe  de assessores caminhem no mesmo passo. Partindo desta reflexão, posto abaixo uma fábula que traz como mensagem a partilha, o serviço em comum, a divisão de trabalho de forma intersetorial, ou seja o envolvimento de todas as secretárias na busca de soluções para problemas comuns.Faça uma boa leitura.

Trabalho em equipe: A História das Longas Colheres

A uma mulher foi concedida a permissão de ver tanto o céu quanto o inferno, ainda em vida. Ela escolheu começar a visita pelo Inferno. Para sua grande surpresa, descobriu que o inferno era uma imensa reunião de pessoas em um banquete que se perdia de vista.
Ela percebeu mesas e mais mesas abarrotadas com as mais finas iguarias, com as pessoas sentadas em volta delas.
Contudo, as vozes das pessoas eram uma cacofonia de lamentações e queixumes angustiados. Ela tentou descobrir o sentido do que acontecia e chegou à seguinte conclusão: aquilo era o inferno porque a provisão infindável de iguarias acaba por tornar-se entediante, e todas as pessoas que lá estão passam pelo sofrimento de uma aula sem fim sobre a futilidade dos desejos materiais.
Mas, à medida que se acostumava com o alarido e com o quadro diante de seus olhos, ela percebeu que sua conclusão estava errada. Ela percebeu que os talheres e demais utensílios de mesa eram tão compridos que, tentassem as pessoas o quanto pudessem, não eram capazes de trazer comida até a boca. E se tentassem pegar o alimento com as mãos, estes sumiam por entre seus dedos... Ela então compreendeu porque aquilo era o inferno: toda a abundância não trazia nenhum bem para as pessoas.
Com um misto de tristeza e esperança ela então se dirigiu para o céu: certamente lá as coisas seriam diferentes!... Mais uma vez, para sua surpresa, ela se deparou com a mesma cena; fileiras de mesas repletas com deliciosas culinárias e os mesmos talheres compridos. Mas ela notou duas coisas: ninguém tentava pegar a comida com as mãos, e não havia gemidos nem lamúrias. Ao contrário, todos riam e se regozijavam, divertindo-se a valer. Ali, elas davam de comer umas às outras...

Por: Maria Otília

O que Jesus dirigiria? Papa recomenda a sacerdotes comprar carros "humildes"


CIDADE DO VATICANO, 6 Jul (Reuters) - O papa Francisco disse neste sábado que lhe doía ver sacerdotes dirigindo automóveis caros, e lhes disse para escolher algo mais "humilde".

Como parte de sua tentativa de tornar a Igreja Católica mais austera e concentrar-se nos pobres, Francisco disse aos jovens padres e freiras em treinamento de todo o mundo que ter o mais recente smartphone ou acessório de moda não era o caminho para a felicidade. "Me machuca ver um padre ou uma freira com o mais recente modelo de carro, você não pode fazer isso", disse ele.

"Um carro é necessário para fazer um monte de trabalho, mas, por favor, escolha um mais humilde. Se você gosta do mais extravagante, basta pensar quantas crianças estão morrendo de fome no mundo", disse ele. Desde que sucedeu o Papa Bento 16, em março, o ex-cardeal argentino Jorge Bergoglio evitou algumas das maiores armadilhas da ostentação de seu cargo e optou por viver em uma casa de hóspedes do Vaticano, ao invés dos opulentos apartamentos papais.
A agência de notícias ANSA disse que o carro escolhido pelo papa para se deslocar na Cidade do Vaticano é um Ford Focus compacto.

(Reportagem de Catherine Hornby) - Yahoo Notícias



Avião da empresa Asiana sofre acidente ao aterrissar em San Francisco e mata ao menos 2


Avião da companhia Asiana se chocou com o solo neste sábado. (Foto: AP)

Um avião Boeing 777 da companhia aérea Asiana, que chegava de Seul, sofreu um acidente neste sábado quando aterrissava no aeroporto internacional de São Francisco, informou a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos.

A rede de televisão CBS diz que duas pessoas morreram e 61 estão feridas, algumas em estado grave.  Embora a sequência do incidente ainda não esteja clara, uma porta-voz da FAA declarou que o avião chegou a aterrissar, mas pouco depois se chocou contra o solo.

Segundo algumas testemunhas, citadas pela imprensa americana, o aparelho tocou a traseira na pista, o que teria provocado a perda do controle, um incêndio e a fumaça que aparece em algumas imagens. O canal "Fox" mostrou imagens áreas nas quais se vê o avião sobre a pista como se tivesse falhado o trem de pouso, com danos nos aerofólios da direita, e quase metade da cabine queimada. O avião foi rodeado de equipes de emergência no meio de uma área coberta pela espuma lançada para apagar o fogo. O executivo da empresa Samsung, David Eun, passageiro do avião, disse em mensagem no Twitter, recolhida pela publicação Theverge.com, que "quase todos (os passageiros) estão bem".

Um vídeo postado no YouTube mostra o avião do voo 214 sobre a pista, com fumaça saindo da cabine enquanto os passageiros saíam da aeronave por meio de rampas infláveis. Uma testemunha que se identificou como Anthony Castorani disse ao canal "CNN" que viu a chegada do avião de um hotel próximo e que, quando a aeronave tocou a pista, notou uma longa coluna de fumaça branca.

O Serviço Meteorológico Nacional indicou que havia poucas nuvens na área na hora do incidente e que as temperaturas rondavam os 32 graus.O aeroporto se encontra 20 quilômetros ao sul do centro de São Francisco. A agência federal cancelou todos os voos e as estradas próximas ao aeroporto permanecem fechadas.

EFE - Via Yahoo Notícias



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30