xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 30/03/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

30 março 2013

Processo de morte celular tem papel-chave no desenvolvimento do cérebro


Trabalho realizado com genes da mosca de fruta pode trazer avanços para a medicina e pesquisa neurológica

Foto: Mike Wolterbeek/University of Nevada
Thomas-kidd-ao-centro-junto-dos-estudantThomas Kidd (ao centro) junto dos estudantes Gunnar Newquist (a dir.) e Kirsti Walker, durante o processo de pesquisa
Pesquisadores da Universidade de Nevada, nos EUA, descobriram que o processo de morte celular tem papel importante no crescimento de nervos e no desenvolvimento do cérebro.
A , publicada na revista Cell Reports, pode trazer avanços na medicina e pesquisa neurológica.
Thomas Kidd e seus colegas realizaram estudos com moscas de fruta para investigar o desenvolvimento dos nervos. "Embora a mosca seja um organismo relativamente simples, quase todo gene identificado nesta espécie parece estar desempenhando funções semelhantes em seres humanos", explica o pesquisador.
A rede do sistema nervoso é composta de axônios, extensões especializadas dos neurônios que transmitem impulsos elétricos. Durante o desenvolvimento, axônios navegam longas distâncias até alcançar seu alvo através de sinais no seu ambiente. Netrina-B é um desses sinais. Kidd e seus colegas demonstraram que a netrina-B também mantém os neurônios vivos. "Tirem a netrina B e o crescimento e a morte celular dão errado", observam.
Isto levou à descoberta de que a morte celular é ativada no crescimento dos nervos, e parece ser uma parte integrante do mecanismo de navegação.
"Nós usamos a genética da mosca de fruta para estudar como esses axônios navegam por essas longas distâncias corretamente durante o desenvolvimento. Compreender os mecanismos que utilizam para navegar é de grande interesse, não só para entender como o nosso cérebro se forma, mas também como um ponto de partida para elaborar formas de estimular o recrescimento de axônios após lesões da medula espinhal, especialmente", explica Kidd.
"Encontramos algo que ninguém tenha visto antes, que o bloqueio da via de morte celular pode deixar os nervos sem os sinais de orientação para descobrir o jeito certo de se conectar com outros neurônios. Isso foi completamente inesperado e novo, mas realmente excitante porque muda a forma como olhamos para o crescimento do nervo", ressaltam os autores.
Segundo os pesquisadores, o trabalho sugere que terapias projetadas para manter os neurônios vivos após a lesão podem ser capazes de estimular os neurônios a voltarem a crescer ou criarem novas conexões.
R7 – Isaúde

Malhação do Judas revive festa pagã


Crato. Hoje é comemorado o Sábado de Aleluia entre os cristãos. Mas a tradição popular realiza na data a festa profana da malhação do Judas. O evento, que acontece de forma espontânea, ao ar livre, em várias cidades, geralmente, envolve comunidades inteiras durante a fabricação do boneco e montagem do sítio do Judas.
Costuma reunir muitos espectadores. A manifestação, assim como as demais que têm cunho profano e religioso existentes na humanidade, foi herdada dos primitivos cultos agrários surgidos antes de Cristo. Os espetáculos detêm uma carga de significação que revivem a festa pagã das capitais romanas. Estes festejos, somente após a popularidade que tomou na Península Ibérica, foram radicados para o âmbito da América Latina.
Judasconfeccao
O boneco que representará o judas foi confeccionado pelo artista plástico Everardo Aguiar e será explodido ainda hoje foto: Yaçanã Neponucena

No Cariri a festa existe desde o início do processo de colonização da região. Em Crato, a mais antiga malhação do Judas é realizada na da comunidade Sagrada Família. Entretanto, nos últimos anos, a festa acontece no Largo da Rffsa e vem tomando grandes proporções. Chama a atenção pelo seu caráter político e de envolvimento da população.
Há exatos 13 anos, a Sociedade Cariri das Artes faz a releitura da morte de Judas Iscariotes, personagem que traiu Jesus na história bíblica. Para isso, anualmente é realizada uma eleição do “traidor” do povo cratense.
Este ano, por seus posicionamentos preconceituosos em relação aos homossexuais, cujas pregações disseminam a homofobia e a intolerância religiosa, o eleito foi o pastor Silas Malafaia. Na festa do município ele está sendo identificado como “O Pastor Homofóbico”.
O boneco foi confeccionado pelo artista plástico Everardo Aguiar Oliveira. Tem três metros de altura e simboliza o “acerto de contas” do povo com a postura do pastor que, segundo os 4.300 votantes, foi o personagem que mais incomodou a população cratense.
Com o apoio de artistas populares, bandas cabaçais, grupos de caretas e da sociedade haverá um cortejo que seguirá pelas principais pelas ruas da cidade até chegar ao Centro Cultural do Araripe, onde, às 19 horas, será realizado o tradicional roubo ao sítio do Judas e a explosão do boneco figurante.
Protesto
Haverá um protesto contra as posições e pregações que disseminam a homofobia e a intolerância religiosa e diversos shows de forró pé de serra. A concentração está marcada para as 15 horas, na Praça São Vicente. Ao todo, estão sendo esperadas mais de duas mil pessoas.
Nesta edição, após o resultado da eleição do personagem, os membros da Igreja Madureira Assembleia de Deus, instalada no Crato, procuraram a Defensoria Pública do Estado para reclamar sobre a realização da festa. Segundo eles, a escolha do nome do pastor Silas Malafaia, como Judas, feriu os princípios da religião evangélica, já que o eleito é representante nacional desta comunidade.
Porém, a proposta de desassociação do nome e semelhança da imagem do boneco com o pastor não foi aceita pelos organizadores do evento, que mantiveram a decisão estabelecida pela eleição. De acordo com dramaturgo Cacá Araújo, organizador do evento, o ritual fortalece a identidade cultural da região. “Pelo fato de sempre ter uma abordagem polêmica, a malhação reúne muita gente no processo de discussão e debates sobre os temas abordados. Como reflexos, vejo que há um reencontro do povo com a própria ancestralidade”, revela.
A malhação do Judas é uma manifestação tradicional que se insere no contexto cultural como um ritual de complexidade. Como em todos as demais festa do gênero, o Judas costuma deixar seu testamento. O documento é publicado em versos populares e o personagem passa sua herança para pessoas da comunidade, em clima de humor.
No Município de Jardim, a programação teve início no último dia 28, com uma passeata do pau do Judas, pelas principais ruas da cidade. O cortejo foi acompanhado pelos caretas. Na linguagem historiográfica, estes significam a imagem satânica. Já no dia seguinte, o boneco foi exibido também em marcha coletiva. Amanhã, às 15 horas, no Curral do Gado, acontecerá a tradicional malhação. Logo após, haverá apresentações de artistas regionais, além de um festival de máscaras.
Em Jardim, a malhação do Judas já se configura como um dos principais eventos culturais do município. A festa teve início no final do século XIX, quando era um hábito restrito as comunidades rurais.
Mais informações
Malhação do Judas; no Crato
concentração às 15h, na Praça São Vicente, e no largo da Rffesa, às 19h, o boneco será explodido. Em Jardim, amanhã, 15h, no Sítio Morro do Tetéu -Curral do Gado
Eventos gratuitos
YAÇANÃ NEPOMUCENO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Faltam sementes para agricultores plantarem

SementecrioulaCom a estiagem prolongada que atinge o Ceará desde o ano passado, em muitos casos, agricultores dependem das sementes distribuídas pelo Governo do Estado para garantir a safra deste ano.
Sementes de milho e feijão, as culturas mais comuns do Ceará, distribuídas pela Secretaria, chegaram em fevereiro e desde então nunca mais houve nova remessa, segundo informa o subsecretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural do município, Rivaldo Leite.
Segundo ele, a quantidade também foi insuficiente. “Só deu para um dia”, diz. Cada agricultor teve direito a 10 quilos. “Eles poderiam ter distribuído menos por agricultor, por exemplo, só cinco quilos, porque mais gente se beneficiava. E, depois, quando chegasse mais, distribuía de novo”, opina.
Para muitos trabalhadores, a solução foi plantar o “caroço”. Diferente da semente oferecida pelo Estado, que atravessa processo de seleção e triagem no intuito de garantir a colheita, o caroço comum, comprado para consumo, é jogado no solo sem a certeza de que irá vingar.
Além disso, em comparação com as sementes, bem mais caroços são necessários para o mesmo terreno. Mesmo assim, alguns agricultores estão voltando a plantar depois das chuvas dos últimos dias. A paisagem, inclusive, apresenta sinais de melhora - com cenário da chamada seca verde.
Ceará Agora

Documentos da ditadura estarão disponíveis na internet a partir de segunda


Golpe_militar_3Os arquivos e prontuários do extinto Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops), órgão de repressão do país no período da ditadura, poderão ser acessados na internet a partir desta segunda-feira (1º). Ao todo, cerca de um milhão de páginas de documentação foram digitalizadas.
O trabalho é resultado da parceria entre a Associação dos Amigos do Arquivo Público de São Paulo e o projeto Marcas da Memória da Comissão de Anistia, do Ministério da Justiça, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).
De acordo com o Ministério da Justiça, as informações, além de serem um importante registro histórico, poderão facilitar o trabalho de reparação feito pela Comissão de Anistia, uma vez que poderão ser usadas como ferramenta para que perseguidos políticos consigam comprovar parte das agressões sofridas.
A digitalização dos documentos foi feita em dois anos e deve continuar até 2014. Para a realização do trabalho, a Comissão de Anistia transferiu mais de R$ 400 mil à Associação de Amigos do Arquivo. Em dezembro de 2012, o Ministério da Justiça autorizou novo repasse, de mais R$ 370 mil, para digitalização de outros acervos.
A cerimônia de lançamento do portal na internet está marcada para a próxima segunda-feira, às 10h30, no Arquivo Nacional de São Paulo.
Agência Brasil

Liderar a si mesmo - Por: Emerson Monteiro


Sim, todos somos líderes em potencial, próprios a gerir os passos pela existência viva, coordenar nossas ações diante dos dias. O que de comum acontece é largarmos nos braços alheios tais oportunidades, perdendo o direito de criar as condições mínimas de planejar e executar o mundo à nossa volta, a maneira. O brilho dos indivíduos nasce da possibilidade infinita da criação do ideal que nos conduz ao progresso e à paz.

No entanto há nisso, nessa entrega fácil ao destino ocasional, acomodação, sobretudo esquecidos das verdades maiores da criatividade e do trabalho. Poucos, uma minoria qualquer, aceita o desafio e resolve sustentar a firmeza de produzir condições de crescer nos pés e pernas, e evoluir numa proporção maior do que a massa ignara.

Criam-se líderes imaginários a título de preencher o espaço deixado pela pouca iniciativa que lhes caberia no concerto das horas. Escolhem desde astros pop internacionais a marginais dos noticiários policiais ou políticos, líderes do passado histórico, tipos populares, atores e atrizes da cena diária, o que encobre o ânimo de estabelecer as bases necessárias a resolver o drama individual de uma ausência de iniciativa pessoal. A mídia também usa isso, da coragem pouca das plateias em deixar de consumir e começar a fabricar o roteiro particular de si mesmo.

Contudo, existe objetividade no preceito de buscar o domínio da personalidade e andar com os instrumentos de orientação ao sucesso possível e abandonado, o que exige força de vontade, estudo e prática.

Bom, quis entrar em assunto tão essencial face ao gosto de animar quem pensa haver chegado ao final da linha sem descobrir que as paralelas se encontram no infinito. O infinito somos nós mesmos, em tudo por tudo. O início e o término das caligrafias e lendas. O barco e a outra margem do tempo eterno.

Vencer os demais demonstra força bruta, vencer a si já pede mais sacrifícios em termos de humildade. Assim, qual quem conduz exército bem equipado, de mãos fortes que possamos achar o trilho da compreensão do Universo e ganhar a intenção de comandar o céu em Si, qual função de real felicidade.   

Se a moda pega... Jornalista condenado a pagar R$ 30 mil a diretor da Globo por danos morais


“A Justiça do Rio de Janeiro condenou o jornalista Luiz Carlos Azenha (foto ao lado)  a pagar R$ 30 mil em indenização por danos morais em ação proposta pelo diretor de jornalismo e esporte da TV Globo, Ali Kamel, por conta de uma série de críticas veiculadas no site www.viomundo.com.br, de Azenha.

Entre outras afirmações, o site, notoriamente favorável à eleição da então candidata do PT à Presidência da República em 2010, Dilma Rousseff, acusou o diretor de participar de uma suposta estratégia das organizações Globo de influenciar o resultado de uma pesquisa eleitoral durante a campanha.

De acordo com a decisão, desde 2008 Ali Kamel já foi citado pelo menos 28 vezes no site que se declara um “contraponto à mídia tradicional”. Atualmente na TV Record, Azenha trabalhou na Globo até o início de 2007. A sentença é do dia 19 de março. Na ação, Kamel afirma sofrer uma “campanha difamatória” e destacou algumas expressões empregadas por Azenha para rotulá-lo, como “aprendiz de feiticeiro” e praticante de um “jornalismo pornográfico”. A expressão surgiu em post no qual Azenha repercutiu uma polêmica levantada por outro site sobre a coincidência entre o nome de Ali Kamel com o de um ator de filmes pornográficos.

“As críticas perpetradas contra o autor [Ali Kamel] exacerbaram o limite salutar do debate de opiniões, que visa o aprimoramento da democracia, e alcançou a seara da ofensa à honra, contrariando o que deveria ser a principal meta do jornalismo, ou seja, e dever de informação e de formação da opinião pública de forma isenta”, afirmou a juíza Juliana Benevides de Araújo, da 43ª Vara Cível.”
(Fonte: Blog de Eliomar de Lima)

Caminhando para os 16 anos no poder

Juros, energia e comida serão tripé do projeto reeleitoral de Dilma em 2014


(Excertos de reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo" deste sábado)

Medidas de impacto anunciadas pelo governo vão embalar programa partidário do PT, a ser exibido em rede nacional de TV, no dia 9 de maio

A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição, no ano que vem, será ancorada por um tripé de apelo popular, “traduzido” pelo Palácio do Planalto como “energia/comida/juros”. A um ano e meio da disputa, o marketing eleitoral dita a agenda da presidente e vai embalar o programa do PT, a ser exibido em rede nacional de TV no dia 9 de maio. 

A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição, no ano que vem, será ancorada por um tripé de apelo popular, “traduzido” pelo Palácio do Planalto como “energia/comida/juros”. A um ano e meio da disputa, o marketing eleitoral dita a agenda da presidente e vai embalar o programa do PT, a ser exibido em rede nacional de TV no dia 9 de maio. 

Cortes de impostos, queda dos juros e redução da conta de luz terão destaque no cardápio petista para o segundo mandato de Dilma, se tudo correr como o script previsto pelo Planalto. A estratégia é mostrar que a desoneração dos produtos da cesta básica, a tesourada nos juros, hoje em 7,25% ao ano, e a diminuição do preço da energia elétrica fazem parte de um pacote para promover a distribuição de renda e transformar o Brasil em um país de classe média.

 “Esse tripé dará as condições para a consolidação da imagem de Dilma e a manutenção da vantagem dela na eleição de 2014”, afirmou o deputado Paulo Teixeira (SP), secretário-geral do PT. O programa nacional do PT, em 9 de maio, e as inserções comerciais na TV, alguns dias antes, vão representar, na prática, a largada da corrida pela reeleição no horário político.
                                              

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30