xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 25/03/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

25 março 2013

O Diálogo como aliado nas Lutas de Classes - Por Maria Otilia

Nestes últimos dias, vimos algumas  manifestações dos servidores públicos municipais do Crato. Muitas são as reinvindicações, inclusive a implantação de 1/3 das horas de estudo e planejamento dos professores. Vale lembrar que os servidores da rede estadual (magistério) também vivenciaram  momentos como este. E a luta teve grande  êxito porque foi aberto canais de negociações  através do diálogo. A mesa de negociação teve como princípio fundamental  ouvir as propostas de ambos os lados. E cada dia amadurecendo  as proposições, chegou-se a uma conclusão viável para todos os envolvidos na luta.
Vale apena ressaltar que o maior sucesso das negociações foi a presença efetiva da nossa Secretária de Educação, a professora Isolda  Cela. Além de uma gestora aberta ao diálogo, esta é um exemplo de simplicidade, competência  técnica e política na área educacional. E , durante todo o processo da greve , além de mediadora  orientou a todos os seus liderados a usarem o bom senso. E todos nós saímos vitoriosos.
Neste sentido, sugerimos aos gestores municipais e servidores do nosso município, que busquem o diálogo, o bom senso. Afinal em uma gestão compartilhada, descentralizada não podemos deixar de lado o diálogo. Lembrando que os gestores foram eleitos por representatividade, isto é, tem a missão de representar os interesses da coletividade.
Para aprofundar esta temática, posto uma fábula que   trata   da liderança. Leia e faça uma boa reflexão.

 A Liderança e a Xícara Cheia

Diz a fábula que o mestre e seu discípulo estavam caminhando. O mestre aproveitava a oportunidade e tentava passar alguns ensinamentos ao discípulo.
Numa determinada etapa da conversa o discípulo estava encontrando dificuldades em assimilar o que o mestre estava tentando lhe passar.
Então o mestre sugeriu que eles voltassem ao templo, pois ele queria tomar chá.
Chegando ao templo o mestre solicitou ao discípulo que preparasse um bule de chá.
O discípulo, prestativo, foi preparar o chá.
Voltou com o chá pronto, no bule, e as xícaras. Imediatamente serviuo mestre...
Para surpresa do discípulo, quando este estava para encher a sua própria xícara, o mestre solicitou que ele voltasse e colocasse mais chá na xícara do mestre.
Ao que o discípulo argüiu:
- "Mas a sua xícara já está cheia!"
O mestre, impávido, confirma:
- "Por favor, coloque mais chá em minha xícara!"
Nova argumentação do discípulo, nova confirmação do mestre.
O chá começa a transbordar para a bandeja, e o discípulo para...
O mestre insiste em sua solicitação: que quer que ele continue a colocar chá em sua xícara. O chá escorre pela bandeja e, desta, ao chão.
O bule fica vazio.
O mestre, então, indaga o discípulo:
- "O que você aprendeu com isto?"
O discípulo diz que nada, pois ele já sabia que o chá iria escorrer para a bandeja e para o chão.
O mestre retruca:
- "O ensinamento que isto nos traz é que para caber mais chá na xícara, a xícara precisa estar um pouco vazia. Em xícara cheia não cabe mais chá."
E continuou:
- "Assim também somos nós!"
E complementou:
- "Assim é a nossa cabeça. Quando achamos que sabemos tudo, quando temos muitas certezas, quando a nossa cabeça está totalmente cheia de verdades, então a nossa cabeça não tem espaço para mais nada, novos ensinamentos e percepções não conseguem chegar."
Concluindo:
- "É necessário ter permanentemente a nossa cabeça um pouco vazia para poder apreender as mudanças da realidade que nos cerca, sob o risco de nos divorciarmos da realidade."
O discípulo começou a entender. O mestre seguiu:
- "As nossas certezas vêm do que vivemos no passado. Mas o passado já passou, e o que acontece hoje não pode ser interpretado à luz do passado. Isso seria o mesmo que caminhar em uma noite escura, para frente, em um caminho desconhecido, com uma vela acesa às nossas costas, iluminado o caminho já percorrido.
E finalizou:
- "Relaxe e deixe sempre sua cabeça um pouco vazia para apreender o que o mundo lhe oferta de novidades e oportunidades."
                                  

Nelson Mandela costuma afirmar em suas palestras: “A verdadeira liderança exige compreensão de que não se está agindo como indivíduo, que se está representando o coletivo”.

O caldeireiro - Por: Emerson Monteiro


A gente lê ou escuta as histórias e elas permanecem vagando nos espaços internos da mentalidade criando corpo, incentivando e conduzindo a sobrevivência nos solos férteis da alma, às vezes mais nítidas, noutras, distantes, quase esquecidas. Vezes ganham forças e regressam aos momentos e pedem uma forma, querendo chegar às pessoas de algum jeito.

Esta, pois, que conheci através da Neurolinguística, psicologia prática de unir as palavras nas formulações de pensamentos e oferecer condições de mudar as circunstâncias pessoais, transformando conhecimentos em atitudes.
Ela diz que houve um caldeireiro de navio que, depois de longo curso pelos mares, resolveu pedir dispensa da função e se aquietar em lugar qualquer do interior dos Estados Unidos.

Passados meses da substituição do caldeireiro, aconteceu, em alto mar, de o barco estancar a caldeira, problema que ninguém consertava, parecido quando os burros resolvem acuar num canto sem justificativa clara das suas intenções, se é que burros ou caldeiras têm intenções.

Naquele vai e vem de solucionar o grave problema da caldeira do navio, desesperado, o comandante lembrou o velho caldeireiro, e acharam onde ele vivia. Foram até ele e pediram auxílio.

Já no navio, o homem, que conhecia as manhas da caldeira, aqueceu a fornalha da máquina; mexeu daqui, mexeu dali; auscultou as paredes do tanque de vapor, acionou os controles; e nada. Então, requisitou um martelo grande, com que, calmamente, desferiu porretada monumental em lugar determinado da engrenagem.

Sem mais, nem menos, a caldeira estremeceu por dentro, chiou fundo resfolegou demorado como que toma fôlego e voltou a se movimentar qual animal que voltasse a viver. A alegria estampou no rosto dos marujos e o barco ganhou vida nova.

No dia seguinte, o caldeireiro foi chamado ao escritório da companhia. Iria receber o pagamento da tarefa solicitada.

- Mil dólares – de imediato, o profissional pediu pelo serviço.

Com isso, deixou admirados os donos da empresa, pois acharam a soma demasiada:

- Mas mil dólares só uma marretada, o senhor não acha que é muito, não, por trabalho tão pouco?!

Bem humorado, o caldeireiro riu, logo em seguida respondendo:

- Bom, pela marretada cobrei apenas um único dólar. Os novecentos e noventa e nove restantes custaram por saber onde aplicar a marretada que utilizei na caldeira, e lhe reativar as funções. 

Dilma Rousseff faz visita rápida à Juazeiro do Norte nesta segunda-feira


Dilama 2A presidenta Dilma Rousseff faz uma visita rápida ao Ceará nesta segunda-feira (25). Ela deve pousar no Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte, às 8h50, segundo a agenda oficial da presidência da república, e viaja para Pernambuco meia hora depois.
Dilma deve dar entrevista coletiva à imprensa e em seguida voa para Serra Talhada, em Pernambuco. A visita estava inicialmente prevista para a semana passada, mas foi adiada devido à viagem de Dilma Rousseff ao Vaticano, onde participou de encontro com o Papa Francisco.
O governador do Ceará, Cid Gomes, afirmou que pretende se encontrar a presidente e apresentar demandas feitas pelos municípios cearenses para o combate à seca. Cid tenta conseguir verbas federais para investir em ações que amenizem os efeitos da estiagem prolongada. O Ceará sofre a maior seca dos últimos 50 anos.
Em Serra Talhada, às 10h45, Dilma Rousseff participa da cerimônia de entrega do trecho Floresta-Serra Talhada do Sistema Adutor Pajeú, e de 22 máquinas retroescavadeiras a municípios do estado de Pernambuco. Depois de Pernambuco, Dilma participa de uma missa em homenagem às vítimas dos deslizamentos de terra em Petrópolis, no Rio de Janeiro.
G1-CE

Supremo marca data para Feliciano depor em ação de estelionato


Deputado deverá depor no dia 5 de abril
FelicianoRéu em uma ação penal por suspeita de estelionato, o deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) terá que depor sobre o caso, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), no dia 5 de abril. As informações são da Agência Brasil.
A intimação foi emitida pelo relator do processo, ministro Ricardo Lewandowski. Segundo denúncia do Ministério Público do Rio Grande do Sul, Feliciano firmou contrato para participar de um show evangélico no Rio Grande do Sul em 2008, mas não compareceu.
Ele é acusado de inventar um acidente no Rio de Janeiro para justificar a ausência no evento, para o qual recebeu cachê de R$ 13,3 mil, passagens e hospedagem.
A denúncia foi oferecida em 2009, antes de Feliciano ser eleito deputado federal. O caso veio para o Supremo em 2011, quando ele passou a ter prerrogativa de foro. Segundo a defesa do pastor, o valor já foi ressarcido aos promotores do evento.
Folhapress

Fortaleza celebra o Dia do Maracatu nesta segunda-feira


Celebração terá cortejo de escolas de maracatu no Centro de Fortaleza. Data ocorre no dia da libertação dos escravos no Ceará, em 25 de março.

Maracatu620
Desfile de Maracatu no carnaval de Fortaleza, em 2013 (Foto: André Teixeira/G1)
Será celebrado nesta segunda-feira (25), em Fortaleza, o Dia do Maracatu. O evento será festejado com um cortejo, que terá início às 16h, com concentração no Parque da Liberdade. Em seguida, os maracatus seguem pelas ruas do Centro à Igreja do Rosário, onde ocorrerá a lavagem do entorno da igreja pelos grupos de afoxés. Às 18 horas, as rainhas dos maracatus serão coroadas.
O cortejo contará com a participação dos maracatus Nação Pici, Rei do Congo, Axé de Oxóssi, Nação Iracema, Az de Ouro, Vozes da África, Nação Fortaleza, Rei de Paus, Nação Baobab, Filhos de Iemanjá, Solar Kizomba e Rei Zumbi. Além dos maracatus, participam os grupos de afoxé Obá Sá Rewà, Oxum Odalá, Filhos de Oyá e Acabaca. O encerramento está previsto para às 19 horas.
A partir de março, todo dia 25 haverá uma programação em Fortaleza dedicada aos maracatus, com apresentações que acontecerão em diversos pontos da cidade. “Essa foi uma das formas que encontramos de tornar a tradição dos maracatus mais visível para o fortalezense ao longo do ano e de valorizar essa importante manifestação”, diz o secretário da Cultura de Fortaleza, Magela Lima.
O Dia de Maracatu em Fortaleza foi criado em 1984, por meio da lei municipal número 5.827. A data também celebra a libertação dos escravos no Ceará, em 25 de março de 1884.
Serviço
Dia do Maracatu, 25 de março
16h – Concentração no Parque da Liberdade (Cidade da Criança)
17h – Cortejo de Maracatus pelas ruas do Centro de Fortaleza
17h30 – Lavagem do entorno da Igreja de Nossa Senhora do Rosário (Praça dos Leões) pelos grupos de Afoxés
19h – Encerramento
Do G1 CE

Funceme registra chuva em 69 cidades do Ceará


Chuvas ocorreram entre sábado (23) e a manhã deste domingo (24). Precipitações mais fortes ocorreram no Crato e em Arneiroz.

Mapachuva300x400Funceme registra chuva em 69 cidades
(Foto: Reprodução)
Choveu em 69 cidades do Ceará entre sábado (23) e a manhã deste domingo (24), de acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). As chuvas mais fortes ocorreram em Arneiroz, no Centro-Sul do Ceará, e no Crato, no Sul do estado, de 45 milímetros. Em Iguatu, a chuva foi de 32 milímetros; em Ocara, 24 milímetros.
Ainda segunda a Funceme, as chuvas são isoladas e há possibilidade de 40% do registro de precipitação no Ceará neste ano ser abaixo da média histórica.
As chuvas devem continuar abaixo do normal no Ceará e nos outros estados do Nordeste nos dois últimos meses da quadra chuvosa (abril e maio) e o primeiro mês da pós-estação (junho).
Segundo o órgão, há 40% de chances para as precipitações ficarem abaixo da normal, 35% para chuvas em torno da normal e 25% de chances de chover uma quantidade acima da normal no período. Com as últimas chuvas, o volume dos açudes em apenas 0,01%.
Do G1 CE

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31