xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 18/03/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

18 março 2013

Mercado prevê elevação maior da taxa de juros e inflação mais baixa em 2013


Inflacao2As projeções do mercado para a inflação neste ano recuaram pela primeira vez em três semanas na esteira da desoneração da cesta básica e das apostas de uma elevação dos juros nos próximos meses.
A estimativa para o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), referência oficial para inflação, caiu de 5,82% para 5,73%, segundo o boletim Focus do Banco Central desta semana.
A meta oficial do governo é de 4,5%, com margem de dois pontos para cima e para baixo. O Banco Central, contudo, já admite a possibilidade de a inflação ficar acima do centro da meta tanto neste ano como no próximo.
Na ata da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), responsável pela decisão sobre os juros básicos da economia, os técnicos destacam que os reajustes de preços estão dispersos na economia, enfatizam a resistência à queda e falam em inflação se acomodando num patamar mais elevado.
O documento sinaliza com uma preparação de um ciclo de alta de juros, mas ressalva que é preciso cautela devido a incertezas de "origem externa e interna".
Desde a divulgação do comunicado sobre a reunião que manteve os juros em 7,25% na semana anterior, analistas já reforçavam as apostas de que o Banco Central poderia considerar uma elevação dos juros para mitigar riscos inflacionários.
Isso porque o comunicado, assim como a ata da reunião, trocou a expressão "estabilidade das condições por tempo prolongado" por "acompanhamento da evolução do cenário, para então definir os próximos passos da estratégia".
As projeções coletadas no boletim Focus da última semana confirmaram pela primeira vez a hipótese de um cenário de alta dos juros. Depois de mais de quatro meses estável em 7,25%, a previsão para a Selic subiu de 7,25% para 8%.
No boletim desta semana, a projeção é ainda mais pessimista. Analistas esperam agora uma mudança para 8,25%.
O ambiente de juros mais elevados deve comprometer parte do crescimento neste ano, na visão dos analistas de mercado. A expectativa agora é que o PIB avance 3%, ante os 3,1% avaliados na última semana.
O indicador de atividade do Banco Central de janeiro, o IBC-Br, divulgado na última semana, mostrou sinal positivo --1,29%-- para a economia no início do ano após um 2012 de baixo crescimento.
O desempenho foi impulsionado pelo resultado da indústria no mês, que teve a maior alta no mês desde março de 2012, mas foi influenciado por uma revisão para baixo do número de 2012.
Por esse motivo e em meio a dados fracos de fevereiro, analistas ainda preferem cautela em confirmar a recuperação da economia.
A previsão, contudo, é que a retomada da indústria ocorra ao longo do ano - a expectativa de 3% foi mantida nesta semana-- e ajude a sustentar o crescimento do PIB neste ano.
Folha de S. Paulo

Nações se reúnem para negociação final sobre tratado de armas da ONU


Onu-495x309Negociadores de cerca de 150 países se reúnem nesta segunda-feira em Nova York para uma última tentativa de concluir um tratado internacional contra o tráfico de armas convencionais, que enfrenta resistência de um poderoso lobby pró-armas dos EUA.


Ativistas do controle de armas e dos direitos humanos dizem que uma pessoa morre por minuto no mundo em decorrência de armas de fogo, e que o tratado seria útil para conter o fluxo descontrolado de armas e munições que alimentam guerras, atrocidades e abusos.

A Assembleia Geral da ONU aprovou em dezembro que as negociações sejam retomadas nesta semana sobre aquele que poderá se tornar o primeiro tratado global a regulamentar o comércio de todas as armas convencionais -- um negócio de 70 bilhões de dólares, que inclui de helicópteros e navios de guerra a pistolas e rifles de assalto.

Uma conferência começou a redigir o tratado em julho de 2012, mas o processo foi adiado a pedido de Estados Unidos, Rússia e China.

Naquela época, delegados disseram que os EUA preferiam deixar a questão para depois da eleição presidencial de novembro passado, algo que o governo do presidente Barack Obama negou. As novas negociações prosseguem até o dia 28.

Os EUA dizem querer um tratado robusto, mas Obama enfrenta pressão da poderosa Associação Nacional do Rifle (NRA) para bloqueá-lo. O grupo já disse que vai tentar derrubar a ratificação do tratado no Senado, caso o governo apoie o documento a ser definido pela ONU.

O secretário norte-americano de Estado, John Kerry, disse na sexta-feira que seu país está "resoluto em seu compromisso de alcançar um Tratado do Comércio de Armas forte e efetivo, que ajude a tratar os efeitos adversos do comércio global de armas sobre a paz e a estabilidade globais".

Mas ele repetiu que os EUA --maior país fabricante de armas no mundo-- não aceitarão um tratado que imponha limites ao direito constitucional do porte de armas por cidadãos norte-americanos, uma questão politicamente delicada no país.

A NRA nega que um massacre escolar em dezembro nos EUA tenham reforçado os argumentos em prol do controle armamentista global. A entidade também diz que o tratado pode afetar o direito dos cidadãos a portar armas, algo que partidários do tratado dizem ser falso, por envolver apenas o fluxo transnacional de armas de fogo.

Diplomatas dizem que, se os EUA e outros países mantiverem sua obstrução, os demais países poderão mesmo assim apresentar uma proposta de tratado para ser votada na Assembleia Geral.

Uma alternativa seria fazer emendas para tornar o texto mais aceitável aos EUA e a outras delegações. Mas partidários do tratado temem que isso leve a um enfraquecimento do texto.
LOUIS CHARBONNEAU - Reuters
Estadão

Os guerrilheiros marxistas de outrora são hoje os jornalistas


ESCRITO POR ORLANDO BRAGA | 15 MARÇO 2013


Grande parte dos jornalistas atuais são analfabetos funcionais munidos de uma ideologia política.

Existe uma aliança tácita entre a plutocracia internacional e os novos guerrilheiros marxistas.


“Se observarmos, por exemplo, a mudança de opinião que vem ocorrendo na sociedade, em relação a comportamentos que antes eram tidos universalmente como reprováveis, como é o caso do homossexualismo, do divórcio, do aborto etc., é difícil acreditar que tais mudanças aconteceram espontaneamente, e não como reacções provocadas por um meticuloso trabalho de engenharia social.”
(via Mídia Sem Máscara – Espontaneidade fabricada)

Eu, que vivi (adolescente) o fenômeno da revolução marxista-maoísta em Moçambique da segunda metade da década de 1970, sou de opinião de que o que se está a passar hoje na Europa e no Ocidente é uma revolução marxista em que as Kalachnikov foram substituídas pela ação dos me®dia. Os meios de comunicação social desempenham hoje o papel dos guerrilheiros que, naquela época, obrigavam, pela ponta da baioneta, toda a gente a levantar o braço e com o punho cerrado, gritando vivas à revolução.

A revolução marxista é hoje o pensamento único do politicamente correto.

Os guerrilheiros revolucionários marxistas-maoístas, em Moçambique, faziam rusgas discricionárias em locais públicos e privados. Ninguém estava seguro na intimidade do seu lar: a qualquer momento poderia entrar pela sua casa adentro uma rusga dos guerrilheiros com intuito de revistar e intimidar os alegados “relapsos da revolução”. Os me®dia atuais desempenham uma função e um papel semelhantes, embora sem a Kalachnikov: utilizam a infâmia, o insulto, a mentira dissimulada em meias-verdades, a desinformação, a pseudo-informação, a sub-informação, e beneficiam do apoio explícito ou implícito das elites políticas e judiciais. A lei em vigor, por um lado, e por outro lado a maior parte dos juízes, dão cobertura à ação dos me®dia: são raros os processos em que jornalistas são condenados por difamação ou prevaricação.

Os guerrilheiros marxistas são hoje jornalistas.

Qualquer pessoa que não “alinhe” com o pensamento único politicamente correto, é hoje sujeito a tentativas de enxovalho irracional na praça pública pelos novos guerrilheiros marxistas — os “jornaleiros” politicamente corretos. A lógica dos argumentos é mandada às malvas, tal como não existia qualquer hipótese de argumentar com um guerrilheiro semi-analfabeto munido de uma Kalachnikov. Grande parte dos jornalistas atuais são analfabetos funcionais munidos de uma ideologia política.

O relativo sucesso dos novos guerrilheiros marxistas acontece porque as elites plutocratas internacionais (os muito ricos de todo o mundo) concordam com algumas das posições ideológicas revolucionárias: por exemplo, o aborto e o comportamento homossexual, alegadamente entendidas pela plutocracia como formas de redução da população mundial. As famílias numerosas sempre causaram o pânico entre os poderosos. Existe, portanto, uma aliança tácita entre a plutocracia internacional e os novos guerrilheiros marxistas. Em termos práticos e objetivos, e no que diz respeito à cultura antropológica, por exemplo, Bill Gates é aliado de Francisco Louçã.

O que nos resta é a resistência, tal qual existiu a resistência que derrotou o marxista-maoísmo em Moçambique. Uma ideologia política não pode definir a natureza humana, e por isso, os novos guerrilheiros estão condenados ao fracasso; é uma questão de tempo.



Orlando Braga edita o blog Perspectivas – http://espectivas.wordpress.com.

Um amigo, um poeta - Por Antonio Morais


Havia muito tempo não encontrava o amigo e poeta José Landim. Desta feita o encontro foi na Praça Siqueira Campos - Crato.

Depois do abraço perguntei: Como vai o amigo?

Ele respondeu-me:

Devagar vou prosseguindo,
As mulheres de mim rindo,
E cobertas de razão,
Nem o Satanás aguenta,
Velho depois de setenta,
Sem dinheiro e sem tesão.


PAREDÃO DE SOM - Em Fortaleza é Proibido. E porque não no resto do Ceará ?


CRATO, TERRA SEM LEI, ONDE OS DELINQUENTES TRAFEGAM LIVREMENTE


Crato parece TERRA SEM LEI. Aqui é como aqueles filmes de faroeste, onde os malfeitores passam a 80 por hora em plena Rua principal, onde motoqueiros não querem saber do respeito ao próximoi, onde esses reboques e sons absurdos desrespeitam as pessoas. E as autoridades nada fazem a respeito. Crato parece ser uma cidade sem solução. O artista plástico George Macário assim publicou um comentário no seu Perfil do facebook sobre a invasão crescente dos paredões de som na Chapada do Araripe: ( Dihelson Mendonça ).

"Em fortaleza a lei 9.756 de 2011, a chamada Lei dos Paredões, proíbe o uso destes equipamentos, a multa é de R$ 8 mil. O exemplo já pode ser observado em vários Municípios do País. Já está mais do que na hora dos nossos Legisladores (Vereadores) pensarem em algo semelhante no Crato e Região do Cariri, para o bem da saúde da sociedade, indefesa e refém dos violadores contumazes do sossego público. A "moda" pegou na cidade e, ultimamente, com muito mais força e presença, na zona rural. A Chapada do Araripe é um dos alvos prediletos e a Natureza é a maior vítima, com os animais e pássaros sendo covardemente afugentados de suas tocas e ninhos, abandonando seus filhores... A certeza da falta de fiscalização e de garantia de impunidade são os principais incentivadores dessa agressão, sem medida e sem controle de qualquer autoridade, faz com que a SERRA se torne o Paraíso dos Paredões..."

George Macário de Brito
Dihelson Mendonça


Dep. Sineval Roque consegue liberação de projetos para o Crato



DEPUTADO SINEVAL ROQUE CONSEGUE JUNTO AO GOVERNO DO ESTADO, LIBERAÇÃO DE PROJETOS DE ABASTECIMENTO D’ÁGUA QUE IRÃO BENEFICIAR 167 FAMÍLIAS NO CRATO.

Nesta terça-feira, o Governador do Estado do Ceará, Cid Gomes (PSB), estará na cidade de Acopiara para lançamento do projeto São José III. Na oportunidade o Governador autorizará a liberação do projeto para a cidade do Crato, onde atenderão 167 famílias.
 
Ao visitar o Sitio Romualdo e em seguida passar no Bairro seminário, onde estão acontecendo os festejos de São José, Padroeiro do Ceará, Roque disse à imprensa que como sempre vem acontecendo no governo Cid, sempre no dia 19 de março, dia de São José, momento em que o governador gosta de fazer a liberação dos projetos.
O deputado Roque disse que na cidade do Crato são mais de 40 projetos inseridos nas comunidades. São projetos de abastecimento de água, energia, projetos produtivos, tratores etc.
 
“Aguardo ansioso a terça-feira, onde será anunciado para a cidade do Crato, mais precisamente para a comunidade do Romualdo, o projeto de abastecimento d’água, para beneficiar 167 famílias iniciais, já que pretendo em uma próxima etapa, lutar pelo aumento do número de famílias atendidas, quero aproveitar a oportunidade e agradecer a governador Cid por atender mais um dos meus pedidos.” Assim, afirmou o deputado Roque.

Além do Deputado Roque, do governador Cid Gomes, e do prefeito de Acopiara, Dr. Vilmar, outras autoridades estarão presentes ao evento, dentre elas, o deputado federal Antonio Balhmann, o deputado estadual Dr. Sarto, o secretário da SDA, Nelson Martins, prefeitos, vereadores, e os presidentes das associações. Na oportunidade da entrevista, o deputado Roque também falou sobre a questão das obras em andamento na cidade do Crato, como o DETRAN, Escola Profissionalizante, Centro de Convenções e Ginásio da URCA.
 
“As construtoras tem atrasado a conclusão dessas obras, o que eu lamento muito, porém, tenho cobrado muito tanto das construtoras, como dos órgãos de fiscalização, medidas mais eficazes, para que as obras sejam logo entregues a população do Crato.” Afirma Roque.

Gabinete deputado estadual Roque (PSB)
Assessoria de Comunicação
www.sinevalroque.com.br


Projeto que garante emprego para detentos primários já está em vigor - Ely Aguiar


O Deputado Ely Aguiar informa:

"CAMARADA DIHELSON...Já está em vigor o Projeto de Indicação, de nossa autoria, denominado de “ PRÓ-CHANCE “. Ele consiste em garantir emprego para detentos réu primário, de bom comportamento e que  estejam em liberdade condicional. É feito um convênio, com aval do Tribunal de Justiça do Estado e, “ EMPRESAS PRIVADAS “ que ganham concorrência pública  para executar obras do Governo, absolve mão de obra do presidiário considerado brando e normalmente pai de família.  

Assim, o Estado  assegura  trabalho digno para pessoas egressas do sistema carcerário, que não sejam de  alta periculosidade. Também não podem responder mais mais de um crime. Atualmente temos vários pedreiros, eletricistas, motoristas e tratoristas trabalhando nas obras do Metrô e do Castelão, em Fortaleza.. Todos merecem uma chance.  O trabalho dignifica o homem e evita que  ele volte a praticar delitos. Se  pisar na bola perde o emprego e a liberdade. Existem regras. 

Muitos estão trabalhando e  com  o acompanhamento de justiça, assim, garantem o sustento da família. Agradeço a todos os colegas deputados que votaram favorável ao meu projeto, denominado  de PRÓ- CHANCE.  Isso me deixa feliz porque posso ajudar na recuperação de muitas famílias cearenses. O PROJETO NÃO BENEFICIA  PRESOS DE ALTA PERICULOSIDADE, COMO TRAFICANTES, LATROCIDAS, SEQUESTRADORES, PISTOLEIROS  E ETC. 

FORTE ABRAÇO  ELY AGUIAR.


Tráfico de Drogas - Megaoperação da polícia em Sobral prende seis pessoas


A ação continuará até às 8h da manhã de segunda-feira

A Polícia Militar está realizando uma megaoperação no principal município da Região Norte, Sobral, a 230 Km de Fortaleza, para combater o tráfico de drogas. Estão sendo utilizadas 12 viaturas e 1 helicóptero na operação (Foto: Alex Costa) Até a tarde deste domingo (17), já foram presas seis pessoas. Resultado do cumprimento de 40 mandados de prisão e apreensão de drogas e armas.

De acordo com comandante da PM na região Norte do Estado, coronel Edvar Azevedo Rocha, a operação terá duração de 48 horas. "Começamos a agir em Sobral às 8 horas da manhã de sábado. Neste domingo, estamos atuando nos distritos e localidades próximas. E voltaremos a atuar na sede nas próximas horas até 8h da manhã de segunda-feira", esclareceu.

"Foram presas quatro pessoas através dos mandados e mais dois em flagrante com DVD pirata e consumo de drogas", disse o comandante, salientando que a ação é uma resposta do poder público á onde de violência recente na região. "No último mês, houve seis homicídios e muito roubo de gado. Tudo está relacionado ao tráfico", explicou.

Grande aparato policial está sendo utilizado

Segundo o coronel, estão sendo utilizados 12 carros da polícia e um helicóptero na operação. "Estamos contando com o efetivo dos batalhões de Itapipoca, Canindé, Crateús e Sobral, num total de 40 homens. O objetivo é fazer mais prisões e apreender armas", acrescentou. A polícia pretende fazer novas operações similares nos próximos dias. "Como fizemos em Itapajé, iremos agir em mais municípios vizinhos", pontuou.

Portal Verdes Mares


Ceará vence Fortaleza no primeiro Clássico-Rei na Arena Castelão


No primeiro Clássico-Rei de 2013, deu Ceará. Com gols de Rafazel Vaz e Magno Alves, o Vovô venceu o Fortaleza por 2 a 0, na tarde deste domingo (17), na Arena Castelão. O duelo foi válido pela 4ª rodada da segunda fase do Campeonato Cearense.

Foto: Kid Júnior

Com o resultado, o Ceará pulou para 5ª posição, agora com 6 pontos. O Fortaleza caiu para a terceira colocação, com 9 pontos. Mesma pontuação do vice-líder Icasa, mas com saldo de gols inferior. O líder é o Horizonte que empatou com o Guarany de Sobral em 2 a 2, na abertura da rodada, e foi a 10 pontos.

O jogo

Os primeiros minutos da etapa inicial foram de muita marcação de Ceará e Fortaleza. Só aos 22 minutos, o time alvinegro conseguiu chegar com perigo no ataque.

Portal Verdes Mares


Ciência relaciona chuvas com São José e o equinócio


Funceme mantém prognóstico do mês passado de estação com baixa pluviosidade e desigual no Estado
 
A certeza de inverno para este ano se torna cada vez mais distante. Quanto a isso, a ciência apenas confirma um prognóstico. A passagem do equinócio marca a mudança da estação para o outono, no hemisfério sul. Apesar das preces pela chuva que pode marcar um bom inverno para o senso comum, no Dia de São José, neste 19 de março, prevalece para a meteorologia com um ano de chuvas incipientes, abaixo da média e de forma isolada para o Estado do Ceará.

Devoção é associada com esperança de início de período chuvoso Foto Honório Barbosa Essa foi a previsão divulgada no final de fevereiro, pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). Com a estiagem, municípios no Estado já vivenciam racionamento. São inúmeros os animais que já morreram em função de fome e sede, com a falta de água e alimentos nos reservatórios.

Mito

A meteorologista Cláudia Rickes desmistifica a crença sertaneja, ao afirmar que a data do dia 19 nada tem a ver com o inverno. "Na verdade, prevalece o prognóstico", disse ela. Segundo a técnica, esse é um momento em que os raios solares são mais fortes no Nordeste, e principalmente no Ceará, por estar mais próximo da linha do Equador. Com isso, passa a ser atingido com maior intensidade. Isso acontece um pouco antes do dia 20 de março, data que marca o equinócio, ou até alguns dias depois. É nesse mesmo período que ocorrem as mudanças de estação nos hemisférios. No Norte, entra a estação da primavera.

Em todo o Nordeste, há o clamor do agricultor pela chuva, pelo menos para garantir um pouco de água nos reservatórios e amenizar os efeitos da seca no sertão. Para o agricultor Francisco Alves, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Crato, esse tem sido um momento de grande sofrimento para as pessoas que sobrevivem do que tiram do campo. A esta altura, segundo ele, não há praticamente a possibilidade de se ter bons rendimentos na agricultura. "Mesmo com essa realidade, a gente nunca perde a fé e nem a confiança em Deus, em São José", diz ele.

Amenizar

Para o agricultor, uma boa chuva nesse momento é muito bem vinda. "Pode não trazer mais um bom inverno, mas com certeza ameniza o sofrimento das pessoas", enfatiza. Chico Alves conhece bem de perto essa realidade que o homem do campo tem vivenciado. "É de muito sofrimento, para quem espera apenas do céu a chuva chegar para plantar e colher", afirma. Aos 63 anos, seu Chico Alves, com a experiência de uma infância vivida no campo, afirma que jamais vivenciou o que está acontecendo. Os dois últimos anos consecutivos de poucas chuvas, tem resultado na morte de milhares de animais no Estado. "Caso não chova, acredito que pelo menos 60% dos animais, vão morrer de fome esse ano, porque não temos onde buscar o alimento", constata o agricultor. A ciência é irredutível diante da crença. A realidade dos estudos meteorológicos destaca a distância entre as duas coisas. "Se chover no dia 19 não há correlação com inverno. Não indica que as coisas vão mudar. Por enquanto o que se tem é essa realidade, com base em estudos", diz Cláudia, ao destacar o respeito da instituição, mesmo com essa perspectiva, ao agricultor cearense.

As mudanças climáticas, conforme o agricultor José Roberto Ferreira, do distrito de Arajara, em Barbalha, têm sido uma forma de também abalar um pouco a fé do agricultor por bons tempos de chuva. Para ele, hoje é muito difícil perceber sinais de inverno, por conta dessas oscilações. "A gente fica um pouco desacreditado", mas acrescenta que o importante mesmo é se apegar a fé. "É o que nos resta nesse momento", completa. A fase que caracteriza o inverno no Estado começa no final de janeiro e se prolonga até o mês de maio. Na previsão dada pela Funceme, as chuvas este ano estarão abaixo da média. O anúncio tem se confirmado. Para o agricultor, não há mais possibilidade de se fazer um replantio, a esta altura da fase de estiagem. A safra está comprometida. "Mas seria essencial, nesse momento, pelo menos produzir o pasto e juntar água", diz ele.

Capacidade

Os açudes Manoel Balbino, em Juazeiro do Norte, e Mari, em Crato, estão com a capacidade mínima. Segundo o presidente do Sindicato, o maior reservatório de água no Município cratense está com 10% do volume de água que consegue acumular. "Se não chover de março até o mês de maio, com certeza vai ser um ano que nunca vi em minha vida", lamenta. Ele lembra que mesmo com a dificuldade de inverno enfrentada ano passado, por esse mesmo período já se via gente debulhando feijão. "Esse ano não tem nada", diz. Mas, mesmo assim, destaca o otimismo do sertanejo, o homem de fé. Para ele, o agricultor sempre acredita no quem vem de bom, porque ele depende da agricultura. É humilde, é simples. "Só sabe essa realidade quem convive. O agricultor é um ser ofrido. A fé sustenta e isso é muito bom", afirma. A variação do dia de equinócio de primavera e de outono pode variar de ano para ano, devido o ano ter 365 dias e algumas horas.

Fique por dentro

Fenômeno acontece a partir do dia 21

Entre o dia 20 ou 21 e março de cada ano, acontece o equinócio, que representa a mudança de estação no hemisfério sul, para o outono, e no hemisfério norte, para a primavera. Com isso, a duração do dia é idêntica à da noite e os hemisférios norte e sul recebem a mesma quantidade de luz. Isso ocorre durante duas vezes ao ano, normalmente nos dias 21 de março e 23 de setembro. É um período do ano, em que a temperatura aumenta significativamente. A crença popular atribui o Dia de São José, no próximo dia 19 de março, como data determinante para se confirmar o inverno. Ao padroeiro do Estado cearense, o sertanejo rende as suas últimas esperanças, com orações e várias manifestações de fé em todo o Estado.

Isso se explica, por ser um período do ano em que a luz solar incidirá com maior intensidade sobre um dos hemisférios, alternando em outra parte do ano, conforme o movimento do planeta. No entanto, em dois dias do ano, a Terra se situa em pontos onde os raios solares incidem perpendicularmente à linha do Equador, proporcionando a mesma distribuição de luz para os dois hemisférios, caracterizando o equinócio.

Mais informações:

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Crato
Rua Pedro II, 56 - Centro
Crato - CE
Telefone: (88) 3523.3809

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30