xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 17/03/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

17 março 2013

O que o Papa Francisco sabe do Brasil que poucos brasileiros sabem

Os primeiros mártires do Brasil eram Jesuítas, ou seja, membros da Congregação do atual Papa Francisco



Mártir, para a Igreja Católica, oficialmente, é só aquela pessoa que foi beatificada pelo Papa e declarada por ele mártir, após um longo e rigoroso processo. A Diocese de Crato poderá ter em breve uma mártir reconhecida pela Igreja: a menina Benigna Cardoso da Silva, já reconhecida pelo Vaticano como Serva de Deus.

Poucos, pouquíssimos brasileiros sabem que nosso país é berço de muitos mártires, que aqui morreram por defender a fé católica em solo brasileiro. Nem todos eram nascidos no país, mas evangelizavam aqui e por isso morreram pela fé católica. Infelizmente se tem usado a palavra "mártir" na Igreja indevidamente. Não podemos nos adiantar à decisão da Instituição criada por Cristo.
Os primeiros mártires do Brasil formava um grupo de 40 jovens Jesuítas, ou seja, membros da Companhia de Jesus, (a mesma a que pertence o atual Papa Francisco) todos com idade entre 20 e 30 anos.
      à direita, o Beato Inácio Azevedo

Eram 32 portugueses e 8 espanhóis, destinados a evangelizar o Brasil, nos primórdios da colônia, que partiram de Lisboa em direção a Salvador da Bahia. No dia 15 de Julho de 1570, o navio em que viajava esse grupo foi interceptado nas Ilhas Canárias por navios de protestantes calvinistas. Os calvinistas, ao saberem que os tripulantes eram missionários católicos, atiraram-nos ao mar.

Eram no total 2 sacerdotes, 1 diácono, 14 irmãos e 23 estudantes, liderados por Inácio de Azevedo. Todos foram beatificados em 11 de maio de 1854, pelo Papa Pio IX.  A festa litúrgica dos Primeiros Mártires do Brasil é celebrada no dia 17 de julho.

Pois é, o Brasil possui santos, martirizados em 1570, todos reconhecidos, oficialmente, pela Igreja Católica.







(Armando Rafael)
                   




I Fórum das Águas - Por: Emerson Monteiro


Dias 22 e 23 de março de 2013, sob o signo do Dia Mundial da Água (22), dar-se-á, em Juazeiro do Norte, o I Fórum da Águas da Região do Cariri. A congregar instituições diversas, desde órgãos oficiais, câmaras, prefeituras, secretarias estaduais, universidades, clubes de serviço, associações comerciais e organizações não governamentais, o acontecimento envolverá a produção de meios destinados a avaliações e posteriores soluções quanto à utilização racional do bem mais precioso da natureza, a água.

Sabemos da importância vital desse uso da água na face do Planeta. Índices severos registram o crescimento vegetativo da humanidade, no entanto em flagrante desproporção no que tange a alternativa de sobrevivência, porquanto há limitação dos níveis da água em tudo quanto é lugar. Comunidades padecem a carência desse valor inigualável em termos econômicos, motivo, inclusive, de desavenças inúmeras no seio das populações espalhadas pela Terra.

Diante tais cogitações, o propalado oásis do semi-árido nordestino, o Cariri cearense, redesenha as forças vivas da sociedade querendo reagir aos desafios da destinação das reservas aquíferas, de acordo com a presente movimentação.

Numa iniciativa da Universidade Anhanguera, sob apoio da Associação Comercial e Industrial de Juazeiro do Norte e de setores vinculados a lideranças empresariais e classistas, surgem as primeiras manifestações ordenadas no sentido da preservação dos recursos naturais, sobretudo neste momento de longas estiagens anuais que vitimam rebanhos e esvaziam reservatórios essenciais aos municípios de toda a Região.

A proposta em pauta conduzirá, pois, a clima próprio os setores responsáveis por conceber os instrumentos eficientes de organização do universo caririense, ora numa época histórica de estruturação das suas comunas centrais em região metropolitana, desenvolvimento humano de área estratégica ao mundo físico dos que aqui habitam.    

Em data urgente, sendo bem aproveitada a ideia, isso corresponderá ao melhor aproveitamento das demandas potenciais dos tempos e costumes, na busca de sustentabilidade e conforto do progresso coletivo.

Cristina Kirchner será a primeira chefe de Estado a ser recebida pelo papa Francisco


Papa_francisco0Brasília - O papa Francisco, que até sua eleição era o arcebispo de Buenos Aires, recebe na segunda-feira (18) a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, informou hoje (16) o gabinete de imprensa do Vaticano.
A audiência com Cristina será a primeira que o papa terá com um chefe de Estado e ocorrerá na Casa de Santa Marta, onde se encontra alojado, já que ainda não se instalou no palácio apostólico.
A presidenta argentina viajará a Roma para assistir à missa de coroação do pontífice, prevista para 19 de março, e na qual são esperados cerca de 150 chefes de Estado e de Governo.
Os jornais argentinos recordaram nos últimos dias a relação tensa entre o ex-arcebispo de Buenos Aires e a presidenta argentina, sobretudo durante a discussão acerca da lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
No dia da eleição de Jorge Mario Bergoglio como papa, a versão eletrônica do diário Clarín lembrou a “relação áspera” do prelado com os governos de Néstor e Cristina Kirchner.
“O ex-presidente chegou a identificar o então cardeal-arcebispo como ‘verdadeiro representante da oposição’. Do mesmo modo, Bergoglio queixou-se das declarações de Kirchner”, dizia o jornal.
A relação com Cristina Kirchner, que assumiu a Presidência do país depois da morte do marido, Néstor, “foi mais cordial, mas com altos e baixos”. O ponto mais tenso foi, de acordo com o Clarín, a respeito das discussões sobre a lei do casamento entre pessoas do mesmo sexo.
“Bergoglio foi o rosto da marcha contra o casamento gay e opôs-se rotundamente ao projeto que havia de tornar-se realidade”, disse o jornal.
Em uma das suas últimas críticas a Cristina Kirchner, o então arcebispo de Buenos Aires chamou a atenção para a “destruição do trabalho digno, para as emigrações dolorosas e para a falta de futuro” no país.
No dia da eleição do papa, Cristina Kirchner desejou-lhe uma “função pastoral frutuosa”.
“Como condutor e guia da Igreja desejamos-lhe uma tarefa pastoral frutuosa no exercício de tão grandes responsabilidades na busca da justiça, da igualdade, da fraternidade e da paz da humanidade”, diz uma curta mensagem da presidente argentina, que se afirma católica praticante.
Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, foi eleito na quarta-feira (13) como sucessor de Bento XVI, e será o 266º papa da Igreja Católica.
Da Agência Lusa

Pronta para votação em plenário, PEC das Domésticas divide opiniões


Brasília – Nos próximos dias, o plenário do Senado vai votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 66/2012) que garante às empregadas domésticas os mesmos direitos já assegurados aos demais trabalhadores urbanos e rurais. Essa será a última etapa de uma discussão que se arrasta há anos no parlamento e em 2012 foi aprovada pelos deputados.
Na prática, se a chamada PEC das Domésticas for aprovada, a categoria terá 16 novos direitos trabalhistas: nove automáticos e mais sete que dependerão de regulamentação, como adicional noturno e seguro contra acidentes de trabalho.
Ainda na lista de incisos que devem ser incluídos no Artigo 7º da Constituição Federal também estão o direito ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e à jornada semanal de 44 horas, com oito horas diárias de trabalho, assim como o pagamento de indenização nos casos de demissão sem justa causa e de hora extra em valor, no mínimo, 50% acima da hora normal.
Trab_domesticos2
Os efeitos que a nova lei pode gerar no mercado de trabalho dividem opiniões. Na avaliação da organização não governamental Instituto Doméstica Legal, a norma precisa vir acompanhada de uma medida provisória que desonere os empregadores. Se isso ocorrer, a estimativa é que 1,3 milhão de trabalhadores domésticos sejam formalizados.
“A PEC é justa, necessária e merecida, mas ela sozinha vai provocar um genocídio trabalhista dos pobres e excluídos”, diz o diretor da ONG Marcos Avelino, apostando em um grande número de demissões.
A proposta que está em discussão no Senado não prevê redução de impostos para estimular a formalização desses profissionais, mas essa possibilidade, como o abatimento no imposto de renda, está em análise em outras propostas no Congresso Nacional.
De acordo com pesquisa realizada entre novembro e janeiro deste ano pelo Instituto Doméstica Legal, com a participação de 2.855 empregadores domésticos, se a proposta for aprovada sem redução dos custos do empregador, cerca de 800 mil empregados domésticos poderão ser demitidos.
“Pelos dados do Ministério do Trabalho nós temos 7 milhões de empregadas domésticas sem nenhum desses direitos que nós estamos tratando aqui [na PEC] e temos apenas 1 milhão de empregadas com carteira formalizada. Não é isso que vai determinar a informalidade. A informalidade já é a realidade de hoje. O que nós temos visto é um movimento, mesmo ampliando os direitos, de mais formalização”, minimizou a relatora da proposta no Senado, Lídice da Mata (PSB-BA).
Para o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), possíveis demissões com a aprovação da lei não devem ser vistas como um problema. “O Brasil avança com um novo modelo e vai haver uma acomodação de mercado, como aconteceu na Europa e em países desenvolvidos da América. O número de diaristas vem crescendo e com uma nova lei que garanta a esses trabalhadores novos direitos claros, que não poderiam ser postergados, nós vamos apenas acomodar o mercado. Não imagino que haverá uma dificuldade maior”, explicou.
Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) de 2011, há no Brasil 6,653 milhões de empregados domésticos e diaristas. Nesse grupo, 92,6% são mulheres e 7,4%, homens.
Karine Melo
Repórter da Agência Brasil
Edição: Lílian Beraldo
Agência Brasil

Exposição mostra história do Caldeirão dos Jesuítas em Crato



Cenas e histórias remanescentes do massacre do sítio Caldeirão

Caldeirao1O que ocorreu no sítio Caldeirão dos Jesuítas no ano de 1937, ainda hoje é polêmico. Há quem defenda que ali se deu o maior massacre da história do Estado, com cerca de 400 mortos, e o primeiro bombardeio aéreo do País. Episódio comparado à Canudos, anos antes, na Bahia.
Certo é que naquele ano a comunidade liderada pelo paraibano José Lourenço Gomes da Silva, o Beato José Lourenço, foi destruída e seu líder expulso para Exu, onde morreria quase uma década depois.
O local, até hoje, é ponto de devoção, sendo destino anual romarias. Na exposição "Caldeirão Vivo", que é aberta hoje, às 10 horas, no espaço de eventos do Mercado Central, os fotógrafos e jornalistas Sheyla Castelo Branco e Leandro Freire revelam cenas da vida ainda presente no sítio e resgatam um pouco da história do sítio.
Eles assinam um ensaio composto por 29 fotografias e um documentário, que leva o mesmo nome da mostra, com depoimentos sobre o Caldeirão. "A experiência do sítio Caldeirão é uma passagem importante da história do Ceará e ainda pouco conhecida pelo público", destaca Sheyla, sobre a necessidade de uma maior atenção sobre o assunto.
Romarias
A mostra é composta por dois momentos, registrados em suportes e sob perspectivas diferentes: o primeiro, ilustra, fotográfico, com ensaio experimental registrado em 2011, durante as romarias do mês de setembro, que relembram o massacre; o segundo, um vídeo-documentário gravado em 2012, que inclui depoimento do único morador atual do sítio, Seu Raimundo, que há 16 anos mora com a família no local, e de uma remanescente do massacre, Francisca Maria, hoje com 80 anos.
"A gente tentou contar essa história de uma forma que mostrasse que o sítio continua vivo. Mostramos detalhes das romarias, as missas, quermesses. Registramos ainda o trabalho do seu Raimundo, que limpa o sítio, enfeita. As caldeiras, que são olhos-d´água que deram nome ao sítio", ilustra Sheyla.
Depoimentos
Espécie de guia informal dos visitantes, Seu Raimundo ciceroneou os dois fotógrafos pelos espaços e a memória do sítio durante a gravação do documentário. Entre os depoimentos colhidos, destaca Sheyla, emocionou as lembranças de Francisca Maria sobre a vida no sítio na década de 1930. "Ela não lembra muito sobra a chacina.
Ela tem mais lembranças da época que o sítio era ativo. Que havia muita comida, muita fartura. Faziam panelas imensas para todo o povo. Os flagelados da seca de 1932 foram acolhidos no Caldeirão", conta.
Instalação
Além dos recursos visuais, a mostra explora os demais sentidos do visitante, com uma instalação que inclui difusores olfativos, preparação da sala com a textura do solo do sítio, velas acesas em um altar para a imagem de Padre Cícero e produtos típicos da região do Cariri sendo servidos aos visitantes. "É uma exposição-instalação. A gente reproduz clima do sertão, recriando um pouco do ambiente do sítio.
A exposição segue em cartaz até o dia 20 de março e conta com o apoio da Secretaria da Cultura de Fortaleza (Secultfor), contemplado no IV Edital das Artes. Durante a abertura, haverá apresentação do grupo folclórico Mira Ira.
Mais informações:
Abertura da exposição "Caldeirão Vivo". Hoje, às 10 horas, no Mercado Central (Av. Alberto Nepomuceno, 199 - Centro). Em cartaz até 20 de março.
FÁBIO MARQUES
REPÓRTER

Diário do Nordeste

Indignação seletiva - Por Ruy Fabiano



Linchamento moral, via redes sociais da internet, tornou-se já há algum tempo instrumento de ação política. Nas eleições, então, faz-se “o diabo”, como mencionou há dias, com a maior naturalidade, a presidente Dilma Roussef. Mas não apenas.

O vale-tudo não se prende a calendários: tornou-se rotina. E o grande protagonista, sem dúvida, é o PT, que dispõe da consultoria de especialistas para manter a militância mobilizada.

Coube ao partido criar um clima de comoção com a visita da blogueira cubana Yoani Sánchez, crítica dos irmãos Castro, que há mais de meio século governam Cuba.

Antes, a militância deflagrara campanha nacional pelo impeachment do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e agora faz o mesmo em relação ao deputado-pastor Marco Feliciano (PSC-SP). Não vem ao caso examinar o mérito (ou a ausência de) de cada qual. O que importa, para efeito desta análise, é examinar a ambiguidade do partido, uma espécie de esquizofrenia política deliberada. Renan Calheiros não seria presidente do Senado sem o apoio ativo e entusiástico do PT.

Da mesma forma, Marco Feliciano não estaria na presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara sem o consentimento (e o apoio) do mesmo PT. No primeiro caso, bem mais relevante, dada a importância do Senado para a governabilidade, Renan é parceiro dos petistas desde o governo Lula.

A presidente Dilma saudou sua eleição, que lhe garante algum conforto numa Casa legislativa que lhe tem imposto alguns revezes. Lula e José Dirceu pediram votos para Renan.


Meteorologia prevê chuvas para o Crato na noite de Domingo ( Que não se confirmaram )


Até que enfim, a notícia que tantos esperavam: Chuva no Cariri é o que prevê os serviços de meteorologia do país. Nascer do sol: 05h42 Pôr do sol: 17h50 - Temperatura Max 35º Min 24º  - Ventos NE a 10km/h - Umidade Relativa do Ar: 87% 48% - Índice UV: Alto.

Fonte: INPE e GOES12

CRATO - Tradição da festa de Judas neste ano elege Silas Malafaia


Pastor tem chamado a atenção pelos suas opiniões relacionadas aos afetos entre pessoas do mesmo sexo

Crato. Com 4.300 votos neste ano, o personagem que mais incomodou a população cratense foi o pastor Silas Malafaia, o Pastor Homofóbico, segundo eleitores cratenses.

Devido ao seu posicionamento supostamente preconceituoso em relação aos homossexuais, o pastor, que também é deputado federal, foi eleito para ser o Judas do Crato. Pastor evangélico Silas Malafaia, em apresentação no Ginásio Paulo Sarasate, durante o Semear 2012, a convite da Igreja Evangélica de Bela Vista FOTO: JOSÉ LEOMAR
 
Os concorrentes ao título foram o senador Renan Calheiros, que recebeu 3.817 votos, as drogas, com 1.804, em terceiro lugar, com 1.338, o Doutor Picaretonio Obra Lerda, seguido pela usina hidroelétrica de Belo Monte,1.263. Após a eleição democrática, a declaração do resultado aconteceu no último dia 9. Agora, para simbolizar a recusa do povo, será confeccionado um boneco de três metros de altura. A obra é do artista plástico Everardo Oliveira.

Silas Malafaia, que é pastor da Assembleia de Deus, tornou-se notório em todo o País, quando através de suas pregações, tem destacado sua opinião aos homossexuais. Em entrevista a revista Veja, no ano passado, disse que ter uma "opinião não significava homofobia".

Já no próximo dia 30, sábado de aleluia, com a participação de artistas populares, bandas cabaçais, grupos de caretas e da sociedade, acontecerá o cortejo, que seguirá pelas principais ruas da cidade até chegar ao Centro Cultural do Araripe, onde é realizado o tradicional roubo ao sítio do Judas. A malhação do Judas do Crato é um dos eventos tradicionais da cultura local. A festa acontece de forma espontânea, em vários bairros da cidade. A mais antiga é a da comunidade Sagrada Família. Na Reffsa, a expectativa é que mais de 8 mil pessoas compareçam para presenciar a leitura do testamento feito em versos de cordel e a explosão do boneco. Logo após o ritual, serão oferecidas apresentações de bandas de forró pé de serra.

Há 13 anos, a Sociedade Cariri das Artes realiza a Malhação do Judas, como forma de fortalecer a democracia e a participação popular. Por isso, mantém características educativas, entre elas, a discussão de problemas sociais, eleição pelo voto popular e valorização das tradições culturais regionais. A manifestação envolve artistas, companhias teatrais, de circo e dança. Ainda na primeira edição, a malhação foi planejada para abordar os aspectos políticos e sociais que não satisfazem a comunidade.

Em 2001, objetivando alertar para os riscos e contribuir no combate à dengue, que na época se alastrou violentamente nas comunidades, especialmente na periferia, a população elegeu o Dr. Mosquito Dengoso. Mas, outros temas como a defesa da paz, que elegeu o personagem Bush- Filho do capitalismo e da besta-fera, uma reflexão sobre a violência nas suas variadas formas, simbolizada pelo "Mostro da Violência" e problemas como "A crise da transposição do Rio São Francisco", também já foram abordados pelo evento. De acordo com os organizadores, entre os reflexos, a festa apresenta resultados positivos no processo de aprendizagem dos participantes com relação a questões de saúde pública, qualidade de vida, segurança e política.

Alcance

A malhação do Judas tem um forte alcance histórico e cultural. A manifestação de caráter sacroprofano visa fortalecer a tradição realizada no Crato desde o início do povoamento da região do Cariri. A festa tenta despertar as novas gerações para a importância da preservação e difusão das manifestações populares, como peças imprescindíveis ao resgate da autoestima, potencialização dos laços afetivos e descoberta da memória histórica da comunidade, além de contribuir para a construção da identidade cultural própria, fundada nos valores étnicos, culturais e estéticos formadores do povo caririense e nordestino.

Neste ano, diferente das edições anteriores, o evento realizado pela Sociedade Cariri das Artes não vai contar com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura. Segundo o dramaturgo e coordenador da Malhação do Judas, Cacá Araújo, a manifestação é importante para manter a memória do povo. Sem o investimento, ele conta, emocionado, que precisou sacrificar seu salário de professor para promover a festa, que tem custo total de R$15 mil.

Tradicional

4 mil e trezentos votos elegeram o pastor Silas Malafaia como Judas do Crato, em festa tradicional celebrada pelos católicos que acontece no sábado de Aleluia

Mais informações:

Cia. Brasileira de Teatro Brincante- Sociedade Cariri das Artes
Endereço: Rua Monsenhor Assis Feitosa-508 - Centro
Telefone: (88) 3523-7430

YACANÃ NEPONUCENA
Colaboradora do Diário do Nordeste


Poluição sonora é alvo de fiscalização em São Carlos (SP)




NE - Ah, se tivesse lei assim no Crato. Crato é terra sem lei, onde os reboques e som de automóveis particulares invadem as ruas numa desordem total. Ninguém faz nada, não há providências e o problema persiste. Já fizemos aqui mesmo dezenas de reclamações, alguns já tentaram coibir os abusos e até agora, NADA!

A Prefeitura de São Carlos (232 km de São Paulo) anunciou que vai ampliar a fiscalização para combater a poluição sonora e a perturbação de sossego na cidade. De acordo com o secretário da Habitação e Desenvolvimento Urbano da cidade, Caio Graco, as ações contam com parceria das polícias Civil e Militar e do Ministério Público Estadual.

"Trabalharemos conjuntamente para fiscalizar bares, lanchonetes e repúblicas, que muitas vezes ultrapassam o horário e o limite de som, e demais locais de reunião de público", afirmou o secretário. O município já responde a uma ação civil pública de teor semelhante desde 2011, quando São Carlos era administrada por Oswaldo Barba (PT). A ação judicial pedia o endurecimento na fiscalização de poluição sonora no bairro Vila Elizabeth, região do município que concentra repúblicas de estudantes. A cidade é um polo universitário, com unidades da USP (Universidade de São Paulo) e da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos), além de instituições privadas. Depois de investigar denúncias de outros pontos críticos no município, o promotor Sérgio Domingos de Oliveira, autor da ação, reuniu autoridades da cidade para solicitar a intensificação das vistorias.

"Pedimos uma organização das autoridades para tomar medidas efetivas em relação aos problemas de barulho", disse Oliveira. Para auxiliar a população, a Promotoria elaborou um roteiro com o passo a passo de como agir em casos de perturbação do sossego e poluição sonora.

VISTORIAS

"O roteiro ensina o cidadão a chamar a polícia e a fazer um registro. Se houver reincidência, orientamos a pessoa a fazer a reclamação novamente na polícia e na prefeitura. Se nada surtir efeito, a prefeitura comunica a Promotoria", afirmou. As vistorias devem começar a ser feitas nos próximos dias pelo bairro Vila Elizabeth e, também, na região central do município. "Profissionais farão as medições sonoras nos ambientes. Primeiramente, vamos notificar os locais. Em caso de reincidência, comunicaremos o Ministério Público, aplicaremos uma multa e abriremos uma investigação criminal", afirmou Graco. O secretário disse ainda que o valor da multa varia de acordo com a gravidade da infração, mas não soube informar o valor das taxas a serem praticadas.

Folha Online
Foto meramente ilustrativa


Servidores do Crato decretam Estado de Greve


Os servidores municipais do Crato resolveram decretar Estado de greve nessa semana em assembléia realizada no auditório da Rádio Educadora.

Os servidores informaram que o Estado de Greve será considerado até sexta-feira próxima. Se as negociações não avançarem e a prefeitura não melhorar suas propostas pode haver greve dos servidores. A categoria reclama melhores salários, fim do assédio moral em alguns setores,  mudança na carga horária entre outros pontos. A prefeitura ao mesmo tempo informa que pretende discutir com a categoria uma forma de evitar a greve e atender aos interesses dos servidores.

Fonte: Tarso Araújo 
Foto do perfil de Raimundo Soares Filho ( Facebook ) 








Ceará pode ter uma ligação direta com os Estados Unidos


Em busca de mais uma ligação aérea direta entre o Ceará e outros continentes, o secretário do Turismo, Bismarck Maia, acompanhou desde a última segunda-feira [12], uma equipe de dirigentes da companhia aérea estadunidense American Airlines [AA].

O grupo, composto pelo diretor de vendas para a América Latina e Caribe, Peter Vittori, pelo diretor regional, Dilson Verçosa, e pelo gerente regional de vendas, Alexandre Cavalcanti, conheceu as potencialidades turísticas de Fortaleza e da Região Metropolitana [RMF].

O objetivo é mapear o mercado local e conhecer os maiores atrativos para promoção do Ceará nos Estados Unidos. Arena Castelão em destaque Na manhã de terça-feira [13], os executivos da AA conheceram a Arena Castelão, um dos principais palcos das copas das Confederações [2013] e do Mundo [2014].

O estádio foi apresentado pelo secretário especial da Copa, Ferrucio Feitosa, e pelo ex-jogador de futebol Mirandinha. Para Bismarck, é “fundamental mostrar para uma empresa de grande porte que pretende se instalar no Ceará um equipamento como o Castelão, sinal da pujança e do fortalecimento da nossa infraestrutura”.

Segundo o secretário, os dois grandes eventos esportivos vão ser “divisores de águas e vão nortear os novos rumos para o Estado, por isso eles estão conhecendo a estrutura para esses eventos, como o Castelão, o CEC, a CE 040 duplicada e o futuro Acquario”. Além da Arena, o grupo sobrevoou a capital e fez inspeções técnicas nos resorts instalados nas praias de Porto das Dunas e Cumbuco, em Aquiraz e Caucaia, respectivamente.

EMPRESA AA é uma das maiores companhias do mundo A gigante do setor aéreo é uma das empresas mais tradicionais dos Estados Unidos, fundada em 1934. Atualmente, mantém voos em 260 aeroportos em 50 países no mundo. O número de operações (pousos e decolagens) diárias gira em torno de 3,3 mil, e sua frota combinada de rede é de 900 aeronaves. Carmen Inês Matos Walraven / Tunay Peixoto

Secretaria do Turismo do Estado


Conselho do Fecop aprova 53 projetos para o Ceará


O Conselho Consultivo de Políticas de Inclusão Social do Fundo Estadual de Combate à Pobreza [Fecop] aprovou 53 projetos de sete secretarias, durante reunião realizada nessa sexta-feira [15], na Secretaria do Planejamento e Gestão, coordenada pelo titular da Seplag, Eduardo Diogo.

Os projetos aprovados contemplam volume de recursos da ordem de R$ 181 milhões. Dos 53 projetos aprovados, 16 são da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, 12 da Educação, 10 do Desenvolvimento Agrário, 7 das Cidades, 5 dos Recurso Hídricos, 2 do Esporte e 01 da Infraestrutura.

Destacam-se a construção de escolas de ensino profissional em sedes municipais e de escolas de ensino médio em área rural, o projeto Juventude Empreendedora, Restaurante Popular Mesa do Povo e o da implantação do sistema de esgotamento sanitário em cidades do interior do estado, além do projeto Rio Maranguapinho e Cocó, trechos I, II e III.

O conselho aprovou ainda os projetos Hora de Plantar, de implementação do Garantia Safra, de produção de ovos e galinha caipira e de desenvolvimento da caprinocultura leiteira, bem como de bolsa estágio para alunos das escolas estaduais. Os conselheiros aprovaram também o projeto Viva+, que visa promover ações para o desenvolvimento humano saudável de jovens e adultos, e o Segundo Tempo, para jovens expostos a riscos sociais.

Além do secretário Eduardo Diogo participaram da reunião os secretários Nelson Martins, do Desenvolvimento Agrário, Gony Arruda, do Esporte, Francisco Pinheiro, da Cultura, e o presidente do Conselho Estadual da Educação, Edgar Linhares, além de representantes da Procuradoria Geral do Estado e das secretarias da Fazenda, Cidades e Educação.

A reunião marcou a despedida da gerente do Fecop, Flávia Teixeira, que está assumindo uma nova missão, agora na Prefeitura de Fortaleza. A nova gerente, Lara Costa, foi apresentada aos conselheiros pelo secretário Eduardo Diogo.

* Com informações da Assessoria de Comunicação da Seplag



Morre ex-prefeita de Quixeramobim, primeira mulher eleita por voto direto no Brasil


Aldamira Guedes Fernandes, ex-prefeita de Quixeramobim, morreu em Fortaleza, na madrugada de sábado (16), aos 89 anos, por conta de uma parada cardíaca. Aldamira foi a primeira mulher eleita prefeita por meio do voto direto no Brasil.

De acordo com informações de amigos da família, a ex-prefeita foi internada em janeiro em um hospital da Capital cearense, após sofrer uma queda em sua residência e fraturar o fêmur da perna direita. A pioneira passou por uma cirurgia e, quando já estava se preparando para retornar a Quixeramobim, teve uma parada cardíaca.

O corpo da ex-prefeita será velado em sua residência, no Centro de Quixeramobim. A Prefeitura Municipal decretou luto oficial de 5 dias. A data e horário do sepultamento ainda não foram definidos.

Natural de Iguatu, Aldamira foi morar em Quixeramobim aos 17 anos de idade, após se casar com o médico e ex-prefeito da cidade, Joaquim Fernandes, já falecido. Em 1958, foi eleita prefeita do município, exercendo mandato entre os anos de 1959 a 1962.

Há controvérsias sobre pioneirismo da cearense

Para o Tribunal Eleitoral do Rio Grande do Norte, a potiguar Luiza Alzira Soriano Teixeira foi a primeira prefeita eleita na história do País, em 1928, no município de Lajes, no Rio Grande do Norte. Alzira, porém, tornou-se prefeita através do voto indireto, isto é, quando o eleitor escolhe delegados e estes elegem quem irá ocupar os cargos políticos.

Lindomar Rodrigues


Do seriado Coisas da República: xô, IDH (Armando Rafael)

Pois é, apesar do anúncio feito por dona Dilma de que o Brasil tinha erradicado a miséria absoluta – anúncio feito ao vivo e em cores, no horário nobre da telinha – eis que a ONU divulga o resultado do novo Índice de Desenvolvimento Humano (o famigerado IDH), o qual confirma – ó dor – que nosso país continua no mesmo 85.º lugar. Ou seja, o Brasil continua atolado entre os piores IDH do planeta.
Pouco adiantou os discursos feitos nos últimos dez anos pelos governos petistas (leia-se: pela oratória insossa do “Cara” e da “Gerentona”), verdadeiras verborreias que se caracterizaram como estelionatos eleitorais, nas quais ambos  juravam que o Brasil tinha entrado no “rumo certo” a partir de 2003. 

Divulgado o último IDH – ó decepção – constatou-se que o Brasil continua numa vergonhosa colocação, muito abaixo de nossos vizinhos problemáticos, como Argentina e Venezuela. Continuamos muito (e bote muito nisso) abaixo, também, dos novos líderes da América Latina: México e Chile.

Anunciaram com estardalhaço que tínhamos atingindo o estágio da 6ª maior economia do planeta.Depois reconheceram que tínhamos recuado novamente para a 7ª posição, devido ao “pibinho” de 2012. Pior: a imprensa inglesa denunciou que o Brasil estava a imitando o caos da Argentina – onde o governo de Cristina, “la loca” – adultera os cálculos da inflação.

Mas, voltando ao mais recente Índice de Desenvolvimento Humano–IDH: o dito cujo revelou que o Brasil começou a melhorar seu IDH a partir de 1994, depois do controle da inflação, ou seja, – ó suprema humilhação – no governo FHC, e não em 2003, como afirmam os corifeus petistas. 
É muita urucubaca para ser absorvida num só domingo!

                                                             

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30