xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 02/02/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

02 fevereiro 2013

Os dentes da cobiça - Por: Emerson Monteiro


Há inúmeras lendas que correm chão contando de Jesus e dos ensinos que semeou mundo afora. Uma delas, transmitida pelos dervixes, sábios do Oriente, fala de certa vez quando o Divino Mestre caminhava próximo a Jerusalém, seguido por pessoas ainda envoltas da cobiça, o interesse ganancioso pelas migalhas que caem das mesas dos senhores.

Essas pessoas insistiram para que lhes revelasse a palavra forte com que o Salvador levantara Lázaro da sepultura. Mas Jesus evitava falar nisso. Giravam os assuntos em planos diversos e, volta e meia, traziam à tona o mesmo tema, a Palavra que ressuscitava, dita nas oportunidades de reatar os laços das vidas que se foram nos planos da matéria.

O Mestre, no entanto, conduzia falas do jeito de ensinar a libertar para sempre e não só durante alguns passageiros anos os quais logo adiante se esfumam no correr das eras.

Os santos passos e a conversação seguiam sem, contudo, quererem atender aos mais ambiciosos que alimentavam o desejo da palavra santa, de trazer de novo os que a morte produzisse. De tanto insistirem, Jesus resolveu permitir que soubessem do termo que traz de volta os que morreram.

Calados durante o tempo restante da caminhada, andaram suficiente a que, no primeiro pretexto, escapassem noutra direção.

Na noite daquele dia, dormiram sono solto. Cedo da manhã seguinte, organizaram bagagens, traçaram o roteiro e seguiram viagem. Antes de esquentar o sol, trocavam opiniões quanto ao segredo que haviam recebido. Quais previstos pelo assunto trazido, avistaram uns restos de ossos espalhados nas areias ali perto. Viram, então, a ocasião indicada para experimentar o poder da fórmula obtida com tanto empenho na véspera.

O primeiro deles chegou junto dos restos do animal desaparecido e proferiu com força a Palavra maravilhosa.

Aos poucos, os ossos retomaram à estrutura original do bicho, que recebeu carne, peles, garras e o restante das partes que o compunham, naquilo reanimando fera agressiva e perigosa, que surpreendeu o grupo e devorou a todos, lição exemplar.  

O Pensamento do Dia - Dihelson Mendonça


"Uma das maiores faltas de caráter é tentar valer-se de amizades para conseguir privilégio; É tentar consultas médicas de graça bajulando o médico, é tentar que músicos amigos toquem a sua festa de graça, é tentar conseguir emprego público pelo fato do político ser seu amigo, é querer levar qualquer vantagem por meio da amizade". AMIZADE é uma coisa que nada deve ter a ver com NEGÓCIOS, e principalmente daquele negócio que o ganha-pão das pessoas" - Dihelson Mendonça


Piso salarial dos médicos é reajustado para R$ 10.412


O piso salarial dos médicos foi reajustado em 6,10%, passando para R$ 10.412 por 20 horas semanais de trabalho e vale para janeiro. A Federação Nacional dos Médicos (Fenam), entidade que faz o reajuste anualmente, disse que esse valor deve orientar as negociações coletivas dos sindicatos.

De acordo com a entidade, o piso nacional Fenam surgiu da revisão da Lei 3.999, de 1961, que estipulava um piso salarial para os médicos correspondente a três salários mínimos. Desde 1991 a categoria tenta derrubar essa lei, e desde 2008 o Projeto de Lei 3.734, que estabelece um piso de R$ 7 mil reais para 20 horas semanais, além de reajuste anual, tramita no congresso.

Apesar de a lei ainda não ter sido aprovada, a Fenam calcula anualmente o piso nacional dos médicos para ter um valor como referência nas discussões e reivindicações da categoria médica. Em nota, Geraldo Ferreira, presidente da Femam, citou Piauí, Tocantins e Espírito Santo como estados que avançaram rápido nas negociações salariais.

Agência Brasil
 

Polícia Federal desbarata duas quadrilhas que traficavam brasileiras para o exterior


Duas quadrilhas que traficavam brasileiras para serem exploradas sexualmente no exterior foram desbaratadas nos últimos sete meses em decorrência de duas operações da Polícia Federal (PF). No total, as operações levaram ao resgate de 40 vítimas do tráfico internacional de mulheres, entre brasileiras e estrangeiras, que eram exploradas sexualmente na Espanha.

O resultado das operações foi divulgado nessa sexta-feira (1º) pela ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres da Presidência da República, Eleonora Menicucci, e pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

As prisões foram feitas em parceria com a polícia da Espanha a partir de denúncias colhidas pela Central de Atendimento à Mulher, o Ligue 180 Internacional, serviço coordenado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, e repassadas pelo Ministério da Justiça ao governo daquele país.

Na primeira operação, realizada em Ibiza em junho de 2012 e batizada de Palmera, foram resgatadas 28 mulheres, das quais seis eram brasileiras, com o seu desdobramento, foram resgatadas mais seis vítimas. Na segunda, a Planeta, deflagrada na quarta-feira (30) em Salamanca, foram resgatadas seis vítimas, sendo duas brasileiras.

“São jovens, são pobres e foram aliciadas por pessoas brasileiras ou estrangeiras. Elas ficam confinadas, presas em porões das casas, dentro das próprias boates e casas noturnas e são exploradas sexualmente,” disse a ministra Eleonora Menicucci.

De janeiro a dezembro de 2012, o Ligue 180 Internacional recebeu 80 denúncias, das quais, 30 vieram da Espanha, 25 da Itália, 18 de Portugal e duas de El Salvador, países onde o serviço está disponível. O serviço também registrou  ligações da França, da Inglaterra, da Suíça e de Luxemburgo.
 
Agência Brasil


Eles, os Juízes - Por: Jorge Emicles Paes Barreto


Quando a revolução francesa flagrou-se vitoriosa, fundando as bases do mundo contemporâneo que conhecemos hoje, uma das mais ávidas providências do novo governo foi retirar poder dos juízes. Não os destituíram da chamada jurisdição (poder do Estado em dizer o direito, ou seja, quem tem ou não razão nas querelas privadas e públicas), mas relativizaram-na. Entre os franceses, a tal medida sagrou-se especialmente quando a nova ordem proibiu aos juízes julgarem causas contra o Estado da França (e assim é até hoje). O fundamento de tal extirpação foi o de que os juízes eram excessivamente aristocráticos, defensores dos interesses da classe alijada do poder pela revolução, de maneira que emprestar-lhes poder era dar azo aos movimentos contra-revolucionários. É dizer, se os juízes permanecessem tão poderosos quanto antes, as vitórias da revolução seriam todas preteridas ou relativizadas.
    
Visitar um fórum nos dias de hoje seja no interior, seja em uma capital qualquer, revela que eles, os juízes, somente pioraram nos últimos dois séculos. Continuam inacessíveis, fechados dentro de uma pseudo e podre sabedoria, ensimesmados na certeza de que são superiores às dores humanas. Despacham seus processos como deuses impondo desfechos tantas vezes inglórios aos casos que lhes são atribuídos. São assustadoramente preconceituosos. Encaram um processo como um ser técnico, etéreo e distante dos homens e seus sentimentos.
    
Não são capazes de perceber a obviedade de que no cerne de cada uma das ações que julgam estão pessoas, humanas, sensíveis e sofredoras, que admitiram a querela como última instância de solucionar um específico conflito. São vezeiros em repetir o absurdo argumento de que o judiciário não se presta a resolver conflitos psicológicos, sendo um simples e insensível órgão técnico, capaz de dar soluções meramente técnicas para problemas exclusivamente técnicos. Dizem assim certamente porque não olham nos olhos nem possuem um mínimo que seja de sensibilidade para perceber as agruras daquela mãe que precisa dar de comer a seus filhos e aguarda inexplicáveis anos para a solução da sua demanda; nem o pai vítima da alienação parental; nem o cidadão humilhado pelos maus comerciantes; nem o trabalhador explorado por seu patrão, nem o segurado da previdência que teve seu benefício injustamente negado, nem a vítima de danos, jamais reparada, nem o criminoso aguardando a quase certa prescrição de seu crime e muito menos o inocente no aguardo da justa absolvição que nunca virá. A simples morosidade é em si mesma a mais flagrante das injustiças cometidas todos os dias pelos nossos juízes, que solucionam a maioria das vezes causas vazias de conteúdo, pois ninguém busca uma sentença, mas a solução efetiva de um conflito. Rui Barbosa já advertiu que justiça tardia é injustiça patente.
    
Definitivamente, julgar é ato humano, feito pelos homens, com os homens e para os homens. Há muito pouco de verdadeira técnica nisso, senão naquilo que serve de limite contra os abusos dos próprios juízes. Não haveria como separar as almas torturadas e sofridas, tratadas como impessoais partes nas ações judiciais, das demandas que integram, senão na torpe e deturpada consciência dos juízes. Julgar é perceber este cabedal imenso e profundo, tantas vezes confuso, de fatos impregnados de sentimentos (pois são os sentimentos que dão o verdadeiro conteúdo aos fatos), desumanamente tratados como meras estatísticas pelos que são legalmente imbuídos da atribuição de julgá-los. É nisso especificamente onde repousa a mais ignóbil das deturpações do nosso sistema judiciário: no enorme ego dos magistrados. É por isso que nosso judiciário está a cada dia mais corroído, corrompido e desmoralizado: pois que restou maculado pela empáfia e arrogância de seus juízes.
    
Um dos grandes processualistas brasileiros, o Mineiro (e pasmem, desembargador aposentado), Humberto Theodoro Júnior, comentando uma das recentes reformas do Código de Processo Civil Brasileiro, saiu-se com a máxima de que a reforma era boa, porém inócua, pois faltava reformar a consciência dos nossos juízes. É exatamente disso o que precisamos quanto ao judiciário brasileiro: reformá-lo profundamente, a começar pelos seus juízes, fazendo-os humanos, sensíveis às demandas da sociedade e, porque não dizer, fazendo-se um de nós, explorados e indefesos cidadãos brasileiros. Será possível?
 
Jorge Emicles Pinheiro Paes Barreto


Tragédia em Santa Maria ( RS ) - Alvará não é atestado de óbito - Por: Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP


Parece que já disseram tudo sobre essa tragédia na boate Kiss, em Santa Maria/RS, mas pelo tamanho dela nunca é demais enfatizar os mesmos aspectos, ainda que já apontados.

Quando ocorre uma desgraça dessas dimensões em qualquer parte do mundo desenvolvido, as autoridades começam por averiguar as responsabilidades. No Brasil o início é pela isenção prévia de culpabilidade dos envolvidos, e logo aqui onde a corrupção grassa na gestão pública, tão conhecida, praticada, vivenciada, quanto negada por todos.

Seguindo a linha do acobertamento, o governador do Rio Grande do Sul pontificou logo que não era momento de achar culpados, clichê já entre autoridades quando ocorrem esses fatos. Culpado não se acha, investiga-se quando se faz necessário, não em casos como este, que salta aos olhos, como costuma dizer o ministro Gilmar Mendes.

Já o comandante do corpo de bombeiros do estado se tornou o “Lewandowski da boate Kiss”. Afirmou reiteradamente que tudo estava normal nessa casa, referente à documentação. Disse que o alvará regular poderia não ter feito a diferença. Se alvará não serve, que se extinga, mas uma fiscalização eficiente, sem corrupção, tem que existir. Seria o mesmo que, após uma queda de avião, se constatasse que o piloto não era habilitado. Poderia ser inevitável, mas acredito que o comandante dos bombeiros não se arriscaria a andar num avião pilotado por um leigo.

Certezas passaram a ser criticadas mais recentemente, mas sem medo de errar, a não em guerra, pode-se afirmar que quando morrem inúmeras pessoas o que está normal não interessa, pela lógica berrante de que as mortes ocorrem pelo que está errado. Nesse caso, quanto mais a casa estivesse de acordo com a documentação, mais a prefeitura, os bombeiros, os entes públicos em geral estariam errados.

Não importa quantas portas estivessem previstas pela norma, poderia ser uma, mas que fosse suficiente para a evacuação sem mortes. Ainda assim, deveria ter mais de uma, pois ocorresse dificuldade na abertura, outra solucionaria o problema.

Depois da tragédia, agora todas as prefeituras e estados correm para fechar boates. Daí não se faz nada com relação à gasolina “batizada” nos postos, aos bares com comida estragada e tomando as calçadas dos pedestres, aos hospitais com funcionários ausentes e presenças asseguradas. Tudo fica ao deus-dará, pois o brasileiro não exige e as autoridades não cumprem suas funções, a não ser por poucos dias após uma tragédia.

Já está no esquecimento o Bateau Mouche, o Morro do Bumba, Santa Catarina, Teresópolis, as mortes em piscinas de escolas, nas embarcações na Região Norte. Além desse esquecimento rápido, o brasileiro só se sensibiliza devido à quantidade simultânea de mortos. Se morressem três vezes de um a um, não haveria nenhuma manifestação de solidariedade. É assim nos acidentes de trânsito, assassinatos, bebês abandonados, pessoas morrendo sem atendimento nos hospitais; nas quedas de aviões, nas enxurradas de todos os verões e tantas outras mazelas.

Essa onda lembra a dos desfibriladores após a morte de um jogador em campo, a falta de “grooving” (ranhuras) do Aeroporto de Congonhas. A maioria nem lembra mais do nome.

Já o título deste texto poderia ser “vai passar”, sobre essa solidariedade e a fiscalização só no momento da comoção; “Santa Maria é aqui”, analogia à música de Caetano Veloso, sobre esse tipo de irregularidade ser generalizado em qualquer canto deste país. 

Sobram os argumentos de defesa prévia dos responsáveis que não cumpriram com o seu dever. Esses ficarão impunes, sem precisar de defensores como os do mensalão. Caso a documentação esteja correta e uma câmera por perto, não faltará o “poc, poc, poc” de Marco Aurélio Garcia, ao comemorar “a não culpa” do poder público pelos mortos no avião da TAM.

Meio banalizado, mas a vida ainda é o bem maior da humanidade e por isso causa toda essa comoção nacional. Portanto, nada, absolutamente nenhuma casa, nenhum local, nenhuma medida e muito menos qualquer lei pode estar correta quando coloca a vida em risco. Todas as autoridades públicas e especialmente o governador e o comandante do Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul precisam ser avisadas de que “alvará correto” não pode significar atestado de óbito coletivo.

Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
Bacharel em direito


Nova York vem sendo um paraíso das compras e turismo para muitos caririenses - Por: Wilson Rodrigues


Atraídos pela estabilidade da moeda norte-americana, fácil aceitação aos cartões de créditos brasileiros e principalmente pelos baixos preços de vários artigos e produtos diversos, alem de uma tarifa tributária de 7,5 %, dezenas de turistas, empresários e lojistas do Cariri estão transformando a cidade de Nova York, nos Estados Unidos, no seu principal paraíso das compras. Embora a administração do Aeroporto Regional do Cariri não confirma a informação, por não ter nenhum controle neste sentido, mas, estima-se que, dos quase 500 mil passageiros que embarcaram em 2012, foi bem considerável o numero de viagens para o exterior de acordo com declarações de algumas agencias de turismo da região e de alguns passageiros que habitualmente viajam pra lá. A lojista juazeirense, Maria Auxiliadora Nunes de Lima disse que sempre vai para os Estados Unidos, não com o intuito exclusivo de fazer compras e sim, na condição de turista para visitar amigos e parentes, mas não resiste os preços nova-iorquinos e vinda comprando alguns produtos. Com a mesma finalidade também viaja uma vez por ano o empresário Castro Tiago de Azevedo Lins. Ele disse que estando em Nova York se sente como se estivesse no Brasil. Para ele é a cidade americana com maior numero de brasileiros e assim fica fácil devido a facilidade que se tem em função de quase todo mundo falar a língua portuguesa. Gilberto Esmeraldo Pinheiro Amorim, empresário do Crato é também um dos caririenses que sempre vai para Orlando no mês de julho e disse que os preços de alguns produtos, principalmente vestuários, são quatro vezes mais baratos do que no Brasil.

O empresário cratense, Waldemir Correia de Sousa é outro fascinando pela cidade de Nova York. Disse que em toda loja ou qualquer outro estabelecimento comercial tem um brasileiro trabalhando e afirmou que é mais fácil, mais barato e conveniente viajar pra lá do que para alguns Estados do Brasil. “Passar uma semana em Nova York se gasta hoje cerca de sete mil reais, enquanto para a Bahia, por exemplo, os custos podem chegar a doze mil reais pelo mesmo período. Por um bom hotel em Nova York se paga hoje uma diária entorno de 260 reais, enquanto em Fortaleza por uma hospedagem com menos conforto é 300 reais”, disse Waldemir. Segundo o empresário o preço da passagem custa mil e duzentos dólares, aproximadamente dois mil e 400 reais por uma viagem de oito horas de vôo saindo de Juazeiro do Norte com conexão em Fortaleza e São Paulo, concluiu Waldemir Correia de Sousa. As pessoas contatadas pela reportagem foram unanimes ao afirmar que a maior dificuldade enfrentada pelos caririenses interessados em viajarem para o exterior é em relação a aquisição do visto no passaporte, tendo que irem duas vezes ao Recife, se hospedar em hotéis por três ou quatro dias,  enfrentar uma enorme fila para uma entrevista no consulado, após isto, voltar pra casa e só depois de 20 dias retornar a capital pernambucana para ter liberado o documento. Por esse procedimento, disseram eles, se gasta nada menos do que dois mil reais com hospedagens, estadias e passagens.

Uma empresa de turismo no Crato acaba de fazer parceria com uma agencia no Recife para facilitar a vida dos que querem viajar para o exterior. O passageiro do Cariri basta comparecer a empresa cratense com seus documentos pessoais e só será preciso ir a capital pernambucana uma vez para a entrevista no consulado e em poucos dias receberá no seu endereço, via SEDEX, o passaporte com o visto. Para o presidente do Sindicato dos Lojistas do Crato, Duda Alencar, essa iniciativa chega em boa hora considerando o crescimento econômico da região e o aumento do poder aquisitivo da população que se sente estimulada, principalmente para quem ainda não conhece a outros Países. Para ele a peregrinação Cariri Recife e vice versa para adquirir um simples visto no passaporte, era um absurdo, gerando transtornos e desconforto, concluiu.

Por: Wilson Rodrigues
Radialista/Jornalista
Membro Escritor do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe

Sem tempo e sem dinheiro, Crato tenta achar o ritmo do carnaval 2013 - Por: Wilson Rodrigues


O Crato já teve o melhor carnaval do interior cearense, apresentando seis escolas de samba, grandes e pequenos blocos com direito a desfiles e pontuações através de um júri popular formado por autoridades, carnavalescos, compositores, artistas populares e representantes da sociedade civil organizada, sem falar nos bailes realizados nos clubes da cidade como Associação Atlética Banco do Brasil AABB, Crato Tênis Clube e nos clubes localizados no Sopé da Serra do Araripe como AABEC, Serrano, Itaytera e Clube Recreativo Grangeiro. O evento atraia turistas de varias cidades do Ceará e de outras regiões dos Estados vizinhos da Paraíba, Pernambuco e Piauí. Aos poucos o carnaval do Crato foi saindo da pauta das prioridades dos gestores municipais e hoje resume-se apenas numa batucada sem muita folia e diversão. Devido a esse fracasso, um grupo de jovens, por conta e riscos próprios, resolveu implantar o chamado “desfile das virgens”, que se mantém até hoje como semente viva do carnaval cratense  e que acontece na sexta feira. A proposta da atual administração municipal é resgatar o carnaval cratense. Com este objetivo a secretária de cultura do município, Dane de Jade construiu um projeto piloto e enviou ao Estado pedindo patrocínio e apenas 20 mil reais foram disponibilizados. Por falta de tempo e de recursos financeiros a secretaria decidiu em comum acordo com as escolas e blocos realizar um carnaval alegre com foco nas tradições dos carnavais anteriores.

Conforme a assessora de comunicação da secretaria de cultura do município, jornalista Raquel Arraes, a prefeitura não tem dinheiro para patrocinar as escolas de samba e entrará apenas com o apoio logístico e a segurança publica. Disse que o valor disponibilizado pela Secretaria de Cultura do Estado é irrisório e só vai dar para fazer um evento marcado pelas tradições narradas pelos carnavalescos sobre o que foi a folia momina nos anos anteriores na cidade. Com esta finalidade ficou decidido que em 2013 a festa será aberta na sexta feira com o tradicional desfile das virgens a partir das 16 horas. No sábado haverá no Lago da Reffsa a noite dos DJs apresentando um repertorio dirigido a um publico mais jovem. No domingo acontecerá o desfile dos blocos fantasiados, na segunda feira haverá o encontro das baterias com cada uma descendo de seus respectivos Bairros se concentrando no Lago da Reffsa e na terça feira, encerrando o calendário, apresentação de grupos musicais locais. Na segunda feira e na terça feira haverá a apresentação da Banda de Musica Municipal, sempre a partir das 17 horas até as 22 horas.

É pensamento da secretaria de cultura do município prestar uma homenagem ao carnavalesco Vitorino, pelos relevantes serviços prestados ao carnaval do Crato e do Cariri durante 44 anos e que faleceu no dia 14 de novembro de 2011 com 79 anos de idade. Antonio Vitorino da Silva era proprietário de uma das maiores escolas de samba que o Crato já teve detentora de 16 títulos importantes. Entre bateria e ALAS a escola de samba do Vitorino chegou a ter 260 integrantes. Seu primeiro desfile aconteceu em 1960 e o ultimo em 2004.

Wilson Rodrigues
Radialista/Jornalista
Membro Escritor do Blog do Crato


CRATO - Faltou água em Rua do Parque Grangeiro por mais de 8 dias


Olá, Dihelson, bom dia!

Mais uma vez, recorro a esse importante meio de comunicação para que através deste, a SAAEC tome uma providência URGENTE quanto a falta d'agua no Parque Grangeiro, mas precisamente na Rua Escultor José Rangel.

Estamos com mais de 8 (oito) dias sem água, fato que não acontecia há vários anos naquela localidade, e o problema maior além da falta d'agua é o descaso como a SAAEC nos trata, não dá nenhuma atenção ao problema, apenas uma atendente anota a reclamação e fica por isso mesmo.

Por favor, faça esse apelo através desse blog.

Att

Nacélio F Nobre
Rua Escultor José Rangel

ALGUMAS HORAS DEPOIS:

A SAAEC mandou um servidor no local agora pela manhã onde estava com falta d'agua, o mesmo liberou água até as 15:00 hs de hoje e garantiu que a partir de amanhã tal situação ficaria regularizada.

Agradeço por demais a sua atenção.

Nacélio F Nobre


Posse das Coordenadoras das CREDES 18 e 19 -Por Maria Otilia

Na manhã desta sexta - feira ,  01 de  fevereiro de 2013, foram empossadas as  coordenadoras da CREDE 18 , Edna Belém , e 19 , Eliana Estrela.  Edna  tomou posse em uma cerimonia realizada na   escola de Ensino Médio Liceu do Crato. Já Eliana, assumiu o cargo em cerimônia realizada na cidade de Juazeiro do Norte. Para empossá-las , foi designado o Secretário Executivo  da Secretaria de Educação do Ceará (SEDUC), Dr. Idilvan. Em seu discurso de despedida, Eliana agradeceu não somente à sua equipe de trabalho pelo empenho durante a sua gestão, mas também a todos os diretores, secretários de educação e prefeitos da jurisdição da crede 18. Edna, em seu pronunciamento, deixou clara a sua intenção de fortalecer ainda a parceria com todos os segmentos que constituem a crede 18.
Aqui ressaltamos a  gratidão  de todos nós diretores das escolas da rede estadual da CREDE 18 para com a professora Eliana Estrela. Lembrando que a sua gestão foi pautada por imparcialidade, transparência, competência técnica, seriedade, responsabilidade

Boas Vindas para a professora Edna Belém......sucesso para a sua gestão na CREDE  18. E uma gestão de sucesso para a nossa querida Eliana Estrela, coordenando a CREDE 19.


Crato - Carreta perde freios e sai arrastando um caminhão na descida Serra do Araripe



Um grave acidente com danos materiais foi registrado por volta das 23h30min desta quinta-feira na CE-292 conhecida como Estrada das Guaribas na descida da Serra do Araripe em Crato. Uma carreta de cor branca e placas MNG-0846, inscrição de Itaporanga (PB), com uma carga de madeira, perdeu os freios, bateu na traseira de um caminhão e saiu arrastando-o por cerca de 60 metros.

O caminhão tipo baú da Farmace com placas HXF-4908, inscrição de Barbalha, se encontrava estacionado no Posto da PRE (Polícia Rodoviária Estadual) e foi parar em uma árvore quando os dois veículos desceram uma ribanceira. A carreta tombou ficando completamente destroçada. Ainda sem identificação, o motorista da caminhão foi socorrido para o Hospital São Francisco de Crato com fratura no braço e deslocamento da clavícula.

O motorista da carreta, Antonio Lima, de 50 anos, sofreu apenas escoriações leves (Foto: Chinês/Agência Miséria)
A carreta procedia do estado do Para e viajava na direção da Paraíba sob a direção de Antonio Lima, de 50 anos, residente no município de Diamante (PB). Ele ficou no meio das ferragens, mas deu para sair sozinho apenas com escoriações leves principalmente no rosto. O veículo ficou bastante destruído soltando, inclusive, o cavalo deixando a carroceria a uma distância de 50 metros.

Desde a noite de ontem que a rodovia está interrompida, pois ficaram na mesma pedaços de madeira e destroços dos dois veículos. Os motoristas que por ali trafegam ficaram na obrigação de fazerem um desvio para seguirem viagem. Antonio disse que já conhecia a estrada e teve que raciocinar rápido ao sentir a falta de freios e a descida desgovernada. No posto, tentou passar entre o caminhão e um carro branco livrando apenas o segundo. “Por sorte não terminou em algo pior”, definiu o motorista da carreta.

A carreta ficou completamente destruída (Foto: Chinês/Agência Miséria)


Lavras e Fideralina marcam presença na grande Festa da Prévia do Cariri Cangaço 2013


Manoel Severo, Marcos Santos e Cristina Couto

Uma das personagens mais marcantes de toda a história do Cariri é sem dúvidas Dona Fideralina Augusto Lima, de Lavras da Mangabeira. Autêntica representante da força e da fibra das matriarcas nordestinas, a partir de Lavras influenciou por muito tempo a vida e história de nosso Ceará. Fideralina será a principal personagem do Cariri Cangaço em Lavras da Mangabeira, presença essa confirmada em recente reunião do Curador do Cariri Cangaço, Manoel Severo e representantes do município, tendo a frente a Secretária de Cultura, Cristina Couto.

O encontro se deu no gabinete da Assembléia Legislativa e marcou a adesão de Lavras da Mangabeira ao Cariri Cangaço. Além de Manoel Severo e de Cristina Couto, participaram os Assessores do município, Marcos Santos e Jeová Batista.

Para Manoel Severo “já aguardávamos a chegada de Lavras da Mangabeira que se juntará aos demais anfitriões do Cariri Cangaço, sem dúvidas não poderíamos abrir mão de mostrar para todo o Brasil a força, a história e a tradição que possui Lavras, sobretudo com a história sem igual de Dona Fideralina e o Clã dos Augustos, é aguardar e conferir no Cariri Cangaço”.

Dona Fideralina Augusto Lima

Já Cristina Couto, secretária de cultura do município destacou “ a grande alegria em promover em Lavras o Cariri Cangaço tendo a oportunidade de resgatar os valores históricos de nossa cidade, o prefeito Dr. Gustavo Augusto já confirmou todo o apoio ao Cariri Cangaço, estamos de braços abertos para receber a todos nesta grande Prévia do evento”.

Lavras da Mangabeira sediará a primeira prévia do Cariri Cangaço no ano de 2013, “será um aquecimento para o grande Cariri Cangaço, então para aguardar setembro chegar, teremos essa avant premier, que só poderia ter a marca de outro grande município: Lavras” ressalta Severo. O Assessor de marketing do evento, jornalista Heldemar Garcia esclarece: “as prévias do Cariri Cangaço serão eventos realizados em várias cidades do nordeste, como precursores do evento, com programação similar ao Seminário Cariri Cangaço,no formato de dois dias e terá palestras debates, discussões, apresentação de vídeos e livros, além de visitas técnicas, e as prévias começam exatamente vestidas de luxo, a partir de Lavras da Mangabeira, logo logo estaremos divulgando a data do Cariri Cangaço – Lavras, aguadem!”

Veja toda a matéria em :
www.cariricangaco.com

Redação Cariri Cangaço

Bom Dia, Crato ! - Previsão do Tempo para hoje, 02 de Fevereiro de 2013



Ontem à tarde, o tempo "ensaiou" passos de chuva que acabou não ocorrendo. Altas temperaturas ainda assolam a região do cariri e os meteorologistas só prevêm boas chuvas da quadra invernosa para Março. E já estamos em Fevereiro...se não chover logo, a cois vai ficar feia!

Previsão do Tempo para Hoje, 02 de Fevereiro de 2013

Sol com algumas nuvens. Não chove. Nascer do sol: 05h39 Pôr do sol: 18h04 - Temperatura máxima de 35º e mínima de 22º - Ventos ESE a 13km/h - Umidade Relativa do Ar, 79% máxima e 32% mínima. Foi medido 54% na vilalta às 04:00 AM  - Índice UV: Muito Alto.

Tenham todos um bom sábado!

Fontes: INPE e GOES12



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30