31 dezembro 2013

Eduardo Campos diz que deixará o governo de Pernambuco no dia 4 de abril

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), confirmou nesta segunda-feira (30) que vai deixar o comando do Executivo no dia 4 de abril. Provável candidato à Presidência da República, ele deu a declaração à rádio Cultura, de Palmares, interior pernambucano.
"Vou ficar no governo até o prazo legal [de acordo com a Lei Eleitoral], que é dia 4 de abril", disse ele, segundo a assessoria do governo.
Ex-ministro de Lula, Campos rompeu com o governo Dilma e tem feito críticas à gestão do PT. Neste domingo (29), afirmou que o governo federal foi omisso no combate a enchentes. Campos admitiu que ainda é desconhecido em todo o país. "Eu sou conhecido em Pernambuco, mas fora [do Estado] nós só vamos vencer esse desconhecimento quando o debate da TV e do rádio for iniciado", afirmou.
Também disse que, por isso, irá percorrer todo o Brasil. Com a saída de Campos, o vice-governador do Estado, João Lyra Neto (PSB), vai assumir o comando em Pernambuco.
(Fonte:"Folha de S.Paulo")

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.