26 dezembro 2013

Dom Fernando Panico chega aos 68 anos de idade

   Neste dia 27 de dezembro, o bispo diocesano de Crato, Dom Fernando Panico, chega aos 68 anos de idade. Nascido nesta data, no ano de 1945, em Tricase – sul da Itália – Dom Fernando só foi registrado oficialmente no dia 1º de janeiro de 1946.   Foi uma decisão do pai dele, que aguardou mais 5 dias, a fim de que o caçula da família não guardasse na certidão de nascimento a lembrança de 1945, um ano cruel para a população italiana e para a família Panico, vítimas dos sofrimentos da Segunda Guerra Mundial.

    Aos oito anos de idade, o menino Fernando dava entrada no Seminário Menor de Roma, iniciando o seu sonho de ser padre. Aos 25 anos era ordenado sacerdote, e três anos depois chegava ao Estado do Maranhão para iniciar suas atividades missionárias no Brasil. E aqui está, há quarenta anos, prestando o serviço missionário aos seus irmãos do Maranhão, Piauí e Ceará, trabalhando na evangelização que se constitui no maior dom de um padre e de um cristão.

      Dom Fernando nunca imaginou que um dia seria bispo. E relutou em aceitar o convite que lhe foi feito em 1993 para ser o bispo de Oeiras-Floriano. O maior título de honra e de responsabilidade que acompanha um bispo católico é o fato de ele ser um sucessor dos Apóstolos.

     Os primeiros bispos foram os apóstolos escolhidos pelo próprio Jesus Cristo. A estes, nosso Redentor previu sofrimento e incompreensões no desempenho de suas missões: “Vocês aguentaram ao meu lado, codividindo as mesmas provações. Por isso lhes asseguro o Reino como meu Pai o assegurou para mim. Vocês comerão e beberão à minha própria mesa... Ide, pois, pregai o Evangelho a toda a criatura! Eu estarei convosco” (cf. Lc 22,28-29; Mc 16, 16-20).

       Na sua missão de fazer o bem, Dom Fernando também tem enfrentado calúnias e incompreensões. Mas tudo isso ele vem enfrentando com espírito altivo, coração aberto e uma arraigada convicção de que ao fim a verdade prevalecerá. Não foi por outro motivo que Dom Fernando escolheu como lema episcopal a frase “Corações ao alto!”. O coração é a fonte do amor. Onde está a raiz dos males? No coração humano! O coração é a fonte dos nossos atos. Se o coração é bom, então nossos atos serão bons. Se o nosso coração é mau, então nossos atos serão maus.

         Parabéns por mais um aniversário natalício Dom Fernando! Que o seu grande coração continue a receber o afeto e amizade da imensa maioria do povo a quem o Sr. vem servindo, desde que aqui chegou há quase treze anos. São esses os sentimentos dos funcionários que trabalham na Cúria Diocesana de Crato.
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.