30 novembro 2013

Notas deste sábado, 30...último dia do mês

Novo aumento no preço da gasolina


Quem foi hoje cedinho aos postos abastecer o carro soube do reajuste de 4% para a gasolina e 8% para o diesel. Dentre as muitas mentiras deste governo petista  que tomou conta do Brasil nos últimos 11 anos, uma delas  é que nosso país teria se tornado “autossuficiente” na produção de petróleo. Porca miséria! Segundo  o governo da "gerentona", não está descartado um novo reajuste da gasolina nos primeiros meses  de 2014. Feliz Ano Novo, galera!



Missa de 7º dia por Amarílio Carvalho 

"O silêncio interior é a oração que fazem os grandes homens." – Alexis Carrel


Amarílio Carvalho ultrapassou os umbrais insondáveis da eternidade como sempre viveu: silenciosamente... Amarílio foi, em resumo, um homem visceralmente bom. Além de humilde, sincero e cordial, ele vivenciou de todos os fatos que marcaram a vida desta Mui Nobre e Heráldica Cidade de Frei Carlos, nos últimos 90 anos.
Na mais tenra meninice, Amarílio viu pessoalmente o 1º bispo de Crato, Dom Quintino. E conheceu os demais 4 bispos desta diocese. Presenciou os flagelados da seca de 1932; assistiu à cena do primeiro avião que pousou em Crato, onde hoje fica o Posto Palmeiral; ouviu a notícia da morte do Padre Cícero, em 1934; viu a comoção do povo com o surto da peste bubônica, em 1936; Nesse mesmo  ano soube que a comunidade do Caldeirão  da Santa Cruz do Deserto, do Beato Zé Lourenço fora destruída...
Amarílio lembrava-se da bênção e inauguração da Igreja de São Vicente Ferrer; da inauguração do Hospital São Francisco; viu a inauguração da 1ª exposição agropecuária de Crato em 1944 e extasiou-se com a fé popular na chegada da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima, em 1953...
Os Anjos do Bem devem ter conduzido, silenciosamente, Amarílio até o encontro definitivo com o Pai... Hoje, às 5 horas das tarde, na Sé Catedral, os amigos reverenciarão Amarilio Carvalho!
(Armando Rafael)


Marcha-ré de José Dirceu 1


Com a carreira política ladeira abaixo, em marcha à ré, Zé Dirceu, até há pouco o todo-poderoso ex-chefe da Casa Civil do governo Lula, pretenso candidato a presidente da República e arquiteto-mor do escandaloso mensalão, acabou condenado, semipreso e, por ironia, agora pede autorização ao Supremo Tribunal Federal–STF para trabalhar como gerente de hotel em Brasília, a poucas quadras do poder. Quem te viu, quem te vê...
J. S. Decol – e-mail: decoljs@globo.com

Marcha-ré de José Dirceu 2

Se o STF aprovar a admissão de Zé Dirceu na gerência do Hotel Saint Peter, o faturamento irá aumentar. Só de senadores da República são 28, envolvidos em falcatruas como lavagem de dinheiro, desvio de recursos e falsidade ideológica. Sem contar com os mais de 800 políticos, de todas as esferas, aguardando a sentença final pelo STF. Como no Brasil políticos corruptos, ladrões e bandidos são solidários entre si, o índice de ocupação do Hotel Saint Peter será de 100% por muito tempo, considerando que a nossa Justiça, às vezes, leva mais de 30 anos para julgar um processo. Não é mesmo, senador Jader Barbalho?
Arnaldo de Almeida Dotoli – e-mail:  arnaldodotoli@hotmail.com

Enquanto isso... Continua aumentando o endividamento das famílias

(Excertos do editorial do jornal “O Estado de S.Paulo”)

Já no encerramento do mês de novembro, a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) informa que o nível de endividamento das famílias subiu para 63,2%, ou 1,1 ponto de porcentagem (p.p.) a mais do que o registrado em outubro (62,1%) e 4 p.p. a mais do que foi registrado em novembro de 2012 (59%).
Na prática, o nível de endividamento tem aumentado, apesar da relativa retração do consumo, porque consumidores que compraram além da conta estão agora recorrendo ao crédito pessoal para liquidar suas dívidas com as lojas e, assim, esticar o prazo de pagamento com prestações menores.
Mas, com a política de elevação dos juros que o Comitê de Política Monetária (Copom) vem adotando, com a necessidade que o governo enfrenta de reduzir suas desonerações tributárias e com a demanda crescendo em ritmo menor, e até se reduzindo em alguns setores, a perspectiva é de que aumentem as dificuldades para renegociar dívidas ou regatear compras nas lojas. E isso pode levar a um aumento da inadimplência. Hoje, o porcentual de famílias que se declaram incapazes de pagar suas contas ou dívidas em atraso é da ordem de 6,6%.
É preciso lembrar que a "boa dívida", isto é, os financiamentos para a compra de imóveis, que também contribuíram para a elevação das dívidas das famílias, são, por outro lado, fator de estabilidade dos níveis de inadimplência. Isso porque, se há uma dívida cujos pagamentos o devedor faz questão absoluta de manter em dia, é esta, a da compra da casa própria, que está aumentando. É mais um fator, também, de contenção ou diferimento de outros tipos de gastos domésticos.

Acenderam a luz amarela

E para finalizar: Está na revista "Veja": Roubini vê sinais de "bolha" no Brasil. Pois é: O economista e professor da New York University, Nouriel Roubini – conhecido por ser um dos especialistas a prever a crise financeira dos Estados Unidos de 2008 – escreveu num artigo no site Project Syndicate, dizendo que as grandes cidades brasileiras mostram evidências de bolha imobiliária. 
Quem sobreviver verá???
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.