04 novembro 2013

EXTRA! - Manifestante do grupo dos "Sem-teto" nega que tenham recebido qualquer dinheiro para ocupar a Câmara de Vereadores.


Nesta segunda-feira, o assessor de Imprensa da Prefeitura de Crato publicou uma gravação anônima em alguns sites onde a prefeitura tem acesso, em que uma manifestante diz que teria recebido 50 reais para participar do movimento. A publicação anônima é falsa, segundo os próprios manifestantes, e tem por objetivo tentar desarticular o movimento de ocupação da câmara, que investiga as supostas ligações entre a prefeitura e os 9 vereadores citados nas denúncias que teriam fraudado os cofres públicos em 450 mil reais, conforme as declarações do vereador Dárcio Luiz de Sousa em gravação.

TÁTICA PREVISÍVEL

A tática empregada pelo assessor da prefeitura pode ser considerada normal e até previsível, tentar desqualificar a ocupação e os ocupantes para evitar que haja uma investigação do suposto Mensalão do Crato, quando foi dito em gravações do vereador Dárcio Luiz que 9 vereadores teriam recebido do prefeito do Crato, cada um, a quantia de 50 mil reais para votar contrário ao parecer do Tribunal de Contas dos Municípios, que recomendava a aprovação das contas do ex-gestor Samuel Araripe, já que são inimigos políticos. 

Um grupo de pessoas ocupa a câmara há vários dias, e sustentam 10 tópicos fundamentais, dentre eles, a apuração de todo o escândalo que envolve os vereadores, e por suspeita, o prefeito do Crato. 

No vídeo em anexo, perfeitamente IDENTIFICADO, D. Gorete Correia, que é uma das líderes do movimento de ocupação, declara que não houve qualquer recebimento de dinheiro para ocupar a Câmara de Vereadores, e diz que hoje a chamada "Casa do Povo" está mais bem cuidada do que quando os vereadores estavam lá.

O caso, segundo nos foi informado, já está sendo investigado.

www.blogdocrato.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.