04 outubro 2013

Queda de avião da Embraer deixa 14 mortos na Nigéria


Ao menos 14 pessoas morreram nesta quinta-feira na queda de um avião da Embraer pertencente a uma companhia aérea nigeriana com vinte pessoas a bordo, pouco depois de decolar do aeroporto de Lagos, anunciaram as autoridades. 

A aeronave tinha decolado às 09h30 (05h30 de Brasília) do aeroporto internacional Murtala       Mohammed, indicou o Ministério da Aviação em um comunicado. O avião, um EMB-120 Brasília, que tinha como destino a cidade de Akure, no estado de Ondo (sudoeste), caiu pouco depois de sua decolagem com "13 passageiros e sete membros da tripulação" a bordo, indicou à AFP o porta-voz do ministério, Joe Obi. 

"Os serviços de emergência encontraram seis sobreviventes e 14 mortos", anunciou depois a ministra da Aviação, Stella Oduah, em um outro comunicado. Um comunicado do Ministério da Aviação havia indicado anteriormente que o avião transportava 27 pessoas --20 passageiros e sete membros da tripulação. "O motor teve uma avaria na decolagem e ele(o avião) caiu e pegou fogo", explicou Supo Atobatele, porta-voz da Agência Nigeriana de Gestão do Espaço Aéreo.

O presidente Goodluck Jonathan "ordenou que uma investigação aprofundada sobre o acidente seja realizada por todas as agências relacionadas, com o objetivo de determinar as causas e tomar medidas complementares, se necessário", indicou nesta quinta-feira à noite a Presidência nigeriana em um comunicado. As autoridades nigerianas quase não costumam divulgar os resultados das investigações sobre os acidentes de avião no país.

O avião transportava o corpo de um ex-governador do Estado de Ondo, Olusegun Agagu, que deveria ser enterrado neste final de semana, indicou Obi. O setor aéreo nigeriano enfrenta uma crise, com o fechamento, no ano passado, da Air Nigeria devido a conflitos trabalhistas. Em razão dos atrasos frequentes e da má qualidade dos serviços nas linhas internas, várias companhias de charter surgiram, procuradas principalmente pelos líderes políticos e por empresários.

AFP via Yahoo



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.