31 maio 2013

Tragédia em Guramiranga, no Ceará - Helicóptero atinge perna de empresário

  

A Agência Nacional da Aviação Civil, Anac, está investigando o acidente envolvendo um helicóptero na serra de Guaramiranga, no Maciço de Baturité, nesta quinta-feira.  


O acidente deixou o empresário José Carlos Pontes ferido. Uma das hipóteses seria falha do piloto. O comandante teria descido com a aeronave em funcionamento para fazer uma gentileza de abrir a porta para a família do empresário. Neste momento, a aeronave teria se movido e ele não conseguiu mais entrar para acionar o controle do helicóptero.

Engenheiro José Carlos Pontes sai do IJF em ambulância do Samu. 
Ele foi transferido para o hospital São Mateus.


O engenheiro José Carlos Pontes, 61 anos, presidente do grupo Marquise, passa por cirurgia no hospital São Mateus para tentar recuperar a perna amputada após acidente com helicóptero em Guaramiranga, a 102 km de Fortaleza, no fim da manhã desta quinta-feira, 30. O estado de saúde dele é estável. Mais cinco pessoas estavam no helicóptero, mas nada sofreram. O ex-senador Tasso Jereissati conversa com médicos. Foto: Evilázio Bezerra. No IJF estavam o ex-senador Tasso Jereissati, o coronel Francisco Bezerra, titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), e o secretário da Casa Civil, Arialdo Pinho.

Sítio em Guaramiranga onde ocorreu o acidente. Deivyson Teixeira/ O POVO

De acordo com o major George Girão, coordenador de Operações do Corpo de Bombeiros, a aeronave, particular, tombou à esquerda após o pouso no sítio Tibagi, de propriedade do empresário José Carlos Pontes, por volta das 11h45min.


Segundo informações de hóspedes de uma pousada em frente ao sítio, o helicóptero teria subido e tombado no momento em que o engenheiro descia da aeronave. Neste momento, a hélice teria batido no chão e depois decepado a perna de José Carlos. Ele tinha sido o último a descer do helicóptero. Segundo o subtentente Alexandre Barroso, a Polícia Civil irá ao sítio ainda nesta noite para investigar o acidente. Ainda de acordo com Barroso, amanhã a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) se deslocará ao local.

O sítio Tibagi, na região do Maciço de Baturité, é uma reserva ambiental particular, autorizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). 

O POVO Online


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.