xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 03/01/2013 - 04/01/2013 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

31 março 2013

EXPERIENCIA ANTIGA.


Certa feita o Cel. Santana, chegou a casa de uma sua parenta nas redondezas de Missão Velha, a qual se encontrava chorando muito, ao que foi interpelada pelo coronel, o que estava acontecendo? Ela, lhe disse que havia desaparecido uma tesoura de ouro, que fora herança da sua avó e que suspeitava de umas mulheres que estavam apanhando um feijão na sua roça, em número de oito trabalhadoras rurais. O Cel. Santana, pediu calma e perguntou a que horas aquelas mulheres voltariam da roça, tendo a sua parenta dito que ao final da tarde; lá para as quatro e meia da tarde. 
À hora marcada, o coronel chegou a casa da sua parenta e mandou que as mulheres desocupassem os lençóis, jogando o feijão ao pé da parede e mandou que pegassem quatro lençóis daqueles e cada uma, pegasse numa ponta do lençol e tentassem rasgá-lo, a certa altura o Cel. Santana, disse: “a mulher que roubou a sua tesoura minha prima, não vai conseguir rasgar o lençol! ao que uma das circunstantes, disse: “não Coronel eu vou conseguir!”, então aí o Cel. Santana, mandou que ela fosse buscar a tesoura e entregasse a sua legítima dona. Terminando assim o segredo do roubo da tesoura.
Fonte Cariri Cangaço

30 março 2013

Processo de morte celular tem papel-chave no desenvolvimento do cérebro


Trabalho realizado com genes da mosca de fruta pode trazer avanços para a medicina e pesquisa neurológica

Foto: Mike Wolterbeek/University of Nevada
Thomas-kidd-ao-centro-junto-dos-estudantThomas Kidd (ao centro) junto dos estudantes Gunnar Newquist (a dir.) e Kirsti Walker, durante o processo de pesquisa
Pesquisadores da Universidade de Nevada, nos EUA, descobriram que o processo de morte celular tem papel importante no crescimento de nervos e no desenvolvimento do cérebro.
A , publicada na revista Cell Reports, pode trazer avanços na medicina e pesquisa neurológica.
Thomas Kidd e seus colegas realizaram estudos com moscas de fruta para investigar o desenvolvimento dos nervos. "Embora a mosca seja um organismo relativamente simples, quase todo gene identificado nesta espécie parece estar desempenhando funções semelhantes em seres humanos", explica o pesquisador.
A rede do sistema nervoso é composta de axônios, extensões especializadas dos neurônios que transmitem impulsos elétricos. Durante o desenvolvimento, axônios navegam longas distâncias até alcançar seu alvo através de sinais no seu ambiente. Netrina-B é um desses sinais. Kidd e seus colegas demonstraram que a netrina-B também mantém os neurônios vivos. "Tirem a netrina B e o crescimento e a morte celular dão errado", observam.
Isto levou à descoberta de que a morte celular é ativada no crescimento dos nervos, e parece ser uma parte integrante do mecanismo de navegação.
"Nós usamos a genética da mosca de fruta para estudar como esses axônios navegam por essas longas distâncias corretamente durante o desenvolvimento. Compreender os mecanismos que utilizam para navegar é de grande interesse, não só para entender como o nosso cérebro se forma, mas também como um ponto de partida para elaborar formas de estimular o recrescimento de axônios após lesões da medula espinhal, especialmente", explica Kidd.
"Encontramos algo que ninguém tenha visto antes, que o bloqueio da via de morte celular pode deixar os nervos sem os sinais de orientação para descobrir o jeito certo de se conectar com outros neurônios. Isso foi completamente inesperado e novo, mas realmente excitante porque muda a forma como olhamos para o crescimento do nervo", ressaltam os autores.
Segundo os pesquisadores, o trabalho sugere que terapias projetadas para manter os neurônios vivos após a lesão podem ser capazes de estimular os neurônios a voltarem a crescer ou criarem novas conexões.
R7 – Isaúde

Malhação do Judas revive festa pagã


Crato. Hoje é comemorado o Sábado de Aleluia entre os cristãos. Mas a tradição popular realiza na data a festa profana da malhação do Judas. O evento, que acontece de forma espontânea, ao ar livre, em várias cidades, geralmente, envolve comunidades inteiras durante a fabricação do boneco e montagem do sítio do Judas.
Costuma reunir muitos espectadores. A manifestação, assim como as demais que têm cunho profano e religioso existentes na humanidade, foi herdada dos primitivos cultos agrários surgidos antes de Cristo. Os espetáculos detêm uma carga de significação que revivem a festa pagã das capitais romanas. Estes festejos, somente após a popularidade que tomou na Península Ibérica, foram radicados para o âmbito da América Latina.
Judasconfeccao
O boneco que representará o judas foi confeccionado pelo artista plástico Everardo Aguiar e será explodido ainda hoje foto: Yaçanã Neponucena

No Cariri a festa existe desde o início do processo de colonização da região. Em Crato, a mais antiga malhação do Judas é realizada na da comunidade Sagrada Família. Entretanto, nos últimos anos, a festa acontece no Largo da Rffsa e vem tomando grandes proporções. Chama a atenção pelo seu caráter político e de envolvimento da população.
Há exatos 13 anos, a Sociedade Cariri das Artes faz a releitura da morte de Judas Iscariotes, personagem que traiu Jesus na história bíblica. Para isso, anualmente é realizada uma eleição do “traidor” do povo cratense.
Este ano, por seus posicionamentos preconceituosos em relação aos homossexuais, cujas pregações disseminam a homofobia e a intolerância religiosa, o eleito foi o pastor Silas Malafaia. Na festa do município ele está sendo identificado como “O Pastor Homofóbico”.
O boneco foi confeccionado pelo artista plástico Everardo Aguiar Oliveira. Tem três metros de altura e simboliza o “acerto de contas” do povo com a postura do pastor que, segundo os 4.300 votantes, foi o personagem que mais incomodou a população cratense.
Com o apoio de artistas populares, bandas cabaçais, grupos de caretas e da sociedade haverá um cortejo que seguirá pelas principais pelas ruas da cidade até chegar ao Centro Cultural do Araripe, onde, às 19 horas, será realizado o tradicional roubo ao sítio do Judas e a explosão do boneco figurante.
Protesto
Haverá um protesto contra as posições e pregações que disseminam a homofobia e a intolerância religiosa e diversos shows de forró pé de serra. A concentração está marcada para as 15 horas, na Praça São Vicente. Ao todo, estão sendo esperadas mais de duas mil pessoas.
Nesta edição, após o resultado da eleição do personagem, os membros da Igreja Madureira Assembleia de Deus, instalada no Crato, procuraram a Defensoria Pública do Estado para reclamar sobre a realização da festa. Segundo eles, a escolha do nome do pastor Silas Malafaia, como Judas, feriu os princípios da religião evangélica, já que o eleito é representante nacional desta comunidade.
Porém, a proposta de desassociação do nome e semelhança da imagem do boneco com o pastor não foi aceita pelos organizadores do evento, que mantiveram a decisão estabelecida pela eleição. De acordo com dramaturgo Cacá Araújo, organizador do evento, o ritual fortalece a identidade cultural da região. “Pelo fato de sempre ter uma abordagem polêmica, a malhação reúne muita gente no processo de discussão e debates sobre os temas abordados. Como reflexos, vejo que há um reencontro do povo com a própria ancestralidade”, revela.
A malhação do Judas é uma manifestação tradicional que se insere no contexto cultural como um ritual de complexidade. Como em todos as demais festa do gênero, o Judas costuma deixar seu testamento. O documento é publicado em versos populares e o personagem passa sua herança para pessoas da comunidade, em clima de humor.
No Município de Jardim, a programação teve início no último dia 28, com uma passeata do pau do Judas, pelas principais ruas da cidade. O cortejo foi acompanhado pelos caretas. Na linguagem historiográfica, estes significam a imagem satânica. Já no dia seguinte, o boneco foi exibido também em marcha coletiva. Amanhã, às 15 horas, no Curral do Gado, acontecerá a tradicional malhação. Logo após, haverá apresentações de artistas regionais, além de um festival de máscaras.
Em Jardim, a malhação do Judas já se configura como um dos principais eventos culturais do município. A festa teve início no final do século XIX, quando era um hábito restrito as comunidades rurais.
Mais informações
Malhação do Judas; no Crato
concentração às 15h, na Praça São Vicente, e no largo da Rffesa, às 19h, o boneco será explodido. Em Jardim, amanhã, 15h, no Sítio Morro do Tetéu -Curral do Gado
Eventos gratuitos
YAÇANÃ NEPOMUCENO
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Faltam sementes para agricultores plantarem

SementecrioulaCom a estiagem prolongada que atinge o Ceará desde o ano passado, em muitos casos, agricultores dependem das sementes distribuídas pelo Governo do Estado para garantir a safra deste ano.
Sementes de milho e feijão, as culturas mais comuns do Ceará, distribuídas pela Secretaria, chegaram em fevereiro e desde então nunca mais houve nova remessa, segundo informa o subsecretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural do município, Rivaldo Leite.
Segundo ele, a quantidade também foi insuficiente. “Só deu para um dia”, diz. Cada agricultor teve direito a 10 quilos. “Eles poderiam ter distribuído menos por agricultor, por exemplo, só cinco quilos, porque mais gente se beneficiava. E, depois, quando chegasse mais, distribuía de novo”, opina.
Para muitos trabalhadores, a solução foi plantar o “caroço”. Diferente da semente oferecida pelo Estado, que atravessa processo de seleção e triagem no intuito de garantir a colheita, o caroço comum, comprado para consumo, é jogado no solo sem a certeza de que irá vingar.
Além disso, em comparação com as sementes, bem mais caroços são necessários para o mesmo terreno. Mesmo assim, alguns agricultores estão voltando a plantar depois das chuvas dos últimos dias. A paisagem, inclusive, apresenta sinais de melhora - com cenário da chamada seca verde.
Ceará Agora

Documentos da ditadura estarão disponíveis na internet a partir de segunda


Golpe_militar_3Os arquivos e prontuários do extinto Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops), órgão de repressão do país no período da ditadura, poderão ser acessados na internet a partir desta segunda-feira (1º). Ao todo, cerca de um milhão de páginas de documentação foram digitalizadas.
O trabalho é resultado da parceria entre a Associação dos Amigos do Arquivo Público de São Paulo e o projeto Marcas da Memória da Comissão de Anistia, do Ministério da Justiça, com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).
De acordo com o Ministério da Justiça, as informações, além de serem um importante registro histórico, poderão facilitar o trabalho de reparação feito pela Comissão de Anistia, uma vez que poderão ser usadas como ferramenta para que perseguidos políticos consigam comprovar parte das agressões sofridas.
A digitalização dos documentos foi feita em dois anos e deve continuar até 2014. Para a realização do trabalho, a Comissão de Anistia transferiu mais de R$ 400 mil à Associação de Amigos do Arquivo. Em dezembro de 2012, o Ministério da Justiça autorizou novo repasse, de mais R$ 370 mil, para digitalização de outros acervos.
A cerimônia de lançamento do portal na internet está marcada para a próxima segunda-feira, às 10h30, no Arquivo Nacional de São Paulo.
Agência Brasil

Liderar a si mesmo - Por: Emerson Monteiro


Sim, todos somos líderes em potencial, próprios a gerir os passos pela existência viva, coordenar nossas ações diante dos dias. O que de comum acontece é largarmos nos braços alheios tais oportunidades, perdendo o direito de criar as condições mínimas de planejar e executar o mundo à nossa volta, a maneira. O brilho dos indivíduos nasce da possibilidade infinita da criação do ideal que nos conduz ao progresso e à paz.

No entanto há nisso, nessa entrega fácil ao destino ocasional, acomodação, sobretudo esquecidos das verdades maiores da criatividade e do trabalho. Poucos, uma minoria qualquer, aceita o desafio e resolve sustentar a firmeza de produzir condições de crescer nos pés e pernas, e evoluir numa proporção maior do que a massa ignara.

Criam-se líderes imaginários a título de preencher o espaço deixado pela pouca iniciativa que lhes caberia no concerto das horas. Escolhem desde astros pop internacionais a marginais dos noticiários policiais ou políticos, líderes do passado histórico, tipos populares, atores e atrizes da cena diária, o que encobre o ânimo de estabelecer as bases necessárias a resolver o drama individual de uma ausência de iniciativa pessoal. A mídia também usa isso, da coragem pouca das plateias em deixar de consumir e começar a fabricar o roteiro particular de si mesmo.

Contudo, existe objetividade no preceito de buscar o domínio da personalidade e andar com os instrumentos de orientação ao sucesso possível e abandonado, o que exige força de vontade, estudo e prática.

Bom, quis entrar em assunto tão essencial face ao gosto de animar quem pensa haver chegado ao final da linha sem descobrir que as paralelas se encontram no infinito. O infinito somos nós mesmos, em tudo por tudo. O início e o término das caligrafias e lendas. O barco e a outra margem do tempo eterno.

Vencer os demais demonstra força bruta, vencer a si já pede mais sacrifícios em termos de humildade. Assim, qual quem conduz exército bem equipado, de mãos fortes que possamos achar o trilho da compreensão do Universo e ganhar a intenção de comandar o céu em Si, qual função de real felicidade.   

Se a moda pega... Jornalista condenado a pagar R$ 30 mil a diretor da Globo por danos morais


“A Justiça do Rio de Janeiro condenou o jornalista Luiz Carlos Azenha (foto ao lado)  a pagar R$ 30 mil em indenização por danos morais em ação proposta pelo diretor de jornalismo e esporte da TV Globo, Ali Kamel, por conta de uma série de críticas veiculadas no site www.viomundo.com.br, de Azenha.

Entre outras afirmações, o site, notoriamente favorável à eleição da então candidata do PT à Presidência da República em 2010, Dilma Rousseff, acusou o diretor de participar de uma suposta estratégia das organizações Globo de influenciar o resultado de uma pesquisa eleitoral durante a campanha.

De acordo com a decisão, desde 2008 Ali Kamel já foi citado pelo menos 28 vezes no site que se declara um “contraponto à mídia tradicional”. Atualmente na TV Record, Azenha trabalhou na Globo até o início de 2007. A sentença é do dia 19 de março. Na ação, Kamel afirma sofrer uma “campanha difamatória” e destacou algumas expressões empregadas por Azenha para rotulá-lo, como “aprendiz de feiticeiro” e praticante de um “jornalismo pornográfico”. A expressão surgiu em post no qual Azenha repercutiu uma polêmica levantada por outro site sobre a coincidência entre o nome de Ali Kamel com o de um ator de filmes pornográficos.

“As críticas perpetradas contra o autor [Ali Kamel] exacerbaram o limite salutar do debate de opiniões, que visa o aprimoramento da democracia, e alcançou a seara da ofensa à honra, contrariando o que deveria ser a principal meta do jornalismo, ou seja, e dever de informação e de formação da opinião pública de forma isenta”, afirmou a juíza Juliana Benevides de Araújo, da 43ª Vara Cível.”
(Fonte: Blog de Eliomar de Lima)

Caminhando para os 16 anos no poder

Juros, energia e comida serão tripé do projeto reeleitoral de Dilma em 2014


(Excertos de reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo" deste sábado)

Medidas de impacto anunciadas pelo governo vão embalar programa partidário do PT, a ser exibido em rede nacional de TV, no dia 9 de maio

A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição, no ano que vem, será ancorada por um tripé de apelo popular, “traduzido” pelo Palácio do Planalto como “energia/comida/juros”. A um ano e meio da disputa, o marketing eleitoral dita a agenda da presidente e vai embalar o programa do PT, a ser exibido em rede nacional de TV no dia 9 de maio. 

A campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição, no ano que vem, será ancorada por um tripé de apelo popular, “traduzido” pelo Palácio do Planalto como “energia/comida/juros”. A um ano e meio da disputa, o marketing eleitoral dita a agenda da presidente e vai embalar o programa do PT, a ser exibido em rede nacional de TV no dia 9 de maio. 

Cortes de impostos, queda dos juros e redução da conta de luz terão destaque no cardápio petista para o segundo mandato de Dilma, se tudo correr como o script previsto pelo Planalto. A estratégia é mostrar que a desoneração dos produtos da cesta básica, a tesourada nos juros, hoje em 7,25% ao ano, e a diminuição do preço da energia elétrica fazem parte de um pacote para promover a distribuição de renda e transformar o Brasil em um país de classe média.

 “Esse tripé dará as condições para a consolidação da imagem de Dilma e a manutenção da vantagem dela na eleição de 2014”, afirmou o deputado Paulo Teixeira (SP), secretário-geral do PT. O programa nacional do PT, em 9 de maio, e as inserções comerciais na TV, alguns dias antes, vão representar, na prática, a largada da corrida pela reeleição no horário político.
                                              

29 março 2013

Politeísmo galopante - Por: Emerson Monteiro


Olho gordo da fé de muitos peregrinos, essa mania de querer abraçar o mundo com as pernas, buscar tudo de tudo, jeito de quem não tem objetivo certo e agarra o que vê pela frente, avança no semestral de comer num dia a ração do mês inteiro. Isso de olhar de longe e já gritar que é dono. O impacto dos capitalistas agressivos de registrar as riquezas do subsolo sem nem conhecer onde fica aquele chão de todos.

Nos tempos dagora, há tais instintos avassaladores parecidos os mesmos antigos bárbaros da Grécia e de Roma, que adoravam dezenas de figuras imaginárias a título de garantia das benesses dos deuses amigos seus. Cada fenômeno da natureza correspondia a um deus particular. Havia como que ausência absoluta de integração das variáveis feições do grande todo universal, aceitos adiante, na civilização posterior, sob o aspecto do monoteísmo, fator de aprimoramento das visões espirituais dispersas em quantos fragmentos espalhados pelos templos.

Mas os séculos transcorreram céleres. Novos costumes e novas tradições viraram moda. Interpretações da filosofia impuseram atitudes ao pensamento difuso e criaram a concentração das forças vivas num só desejo de Verdade.

No entanto mudaram de novo e quase esqueceram o sentido das experiências do passado. Voltaram a repartir as definições da visão de mundo, e os deuses regressaram mais fortes ao panteão da vez atual.
Resultado: aonde se vira, um deus sacode sua bandeira de variadas cores. Os adoradores de Baco, deus do vinho, farreiam pelas calçadas de bacanais eletrônicas ensurdecedoras. Ali, os seguidores de Cupido gastam horas desfrutando os prazeres das noites improvisadas  dos reality shows nas telas de televisão. Marte sacode paredes e destroem lares de reinos conquistados no Oriente, expulsando populações inteiras aos acampamentos do deserto. Filhos de Hefesto seguem alucinados a produzir armamentos forjados em vil metal, alimentando os apóstolos de Tanatos, deus da morte e suas legiões implacáveis.

Era de tonalidades diversas, pois, classifica essa humanidade no rol dos impérios de Caos, o deus de destruição e desavenças. Poucos representam a sinceridade dos mergulhos de Juno, a deusa de duas faces, que esqueceu na eternidade de procurar a unidade do Deus único da perfeição.

SILAS MALAFAIA, O JUDAS HOMOFÓBICO!


13ª FESTA POPULAR DA MALHAÇÃO DO JUDAS
Crato | Cariri | Ceará | Brasil
30 de março de 2013



PROGRAMAÇÃO:

15h00min
- Cortejo do Judas, acompanhado pelo Grupo de Caretas do Distrito da Bela Vista e atores em personagens regionais. Trecho: Praça São Vicente (Concentração) – Rua Monsenhor Esmeraldo – Rua São Francisco – Rua Monsenhor Assis Feitosa – Centro Cultural do Araripe.

17h:00min
- Chegada ao Sítio do Judas, montado no Centro Cultural do Araripe, onde o traidor permanecerá até a hora de seu julgamento e malhação, sob a vigilância dos Caretas.
- Tradicional roubo do Sítio do Judas: os Caretas vigiam o sítio montado e açoitam com chicotadas os que ousarem roubar. A façanha é sair do sítio sem apanhar (e com o roubo).

19h:30min
- Distribuição e leitura do Testamento do Judas, elaborado em versos (cordel).
- Malhação do Judas, com artistas circenses em perna-de-pau e malabares de fogo. 

20h00min
- Forró pé-de-serra. 

22h00min
- Encerramento. 


OBSERVAÇÕES:

Em 2013, a 13ª Festa Popular da Malhação do Judas será realizada no Centro Cultural do Araripe, mobilizando aproximadamente 8.000 pessoas, dia 30 de março (Sábado de Aleluia), das 15 às 22 horas, em forma de auto medieval profano, com a participação do Grupo de Caretas do Mestre Cirilo, Artistas Populares e população. O eleito foi o Silas Malafaia – O Pastor Homofóbico, religioso que se destacou por seu comportamento preconceituoso em relação aos homossexuais, cujas pregações disseminam a homofobia, a violência e a intolerância religiosa.

CRATO - A Política dos Interesses Contrariados e a Incompetência - Por: Dihelson Mendonça


NE - Só por 1 milhão de dólares...

O Brasil é um país que se move através de políticas de interesses contrariados. Chega-se à conclusão que a política eleitoral em muitas cidades pequenas representa apenas a troca de metade do funcionalismo que se beneficiava com o poder, para a entrada da outra metade. É triste constatarmos que algumas pessoas "batem" sem piedade e a qualquer custo na nova administração do Crato sem uma Ideologia Política definida, e apenas por interesses econômicos contrariados por falta de um contrato de trabalho com a prefeitura. Esse tipo de atitude é abominável, ridícula e mesquinha.

Na eleição passada, EU e diversas pessoas  "torcemos" pelo candidato Cícero França, que perdeu; Mas passadas as eleições, o nosso entendimento é de que formamos um só povo: O POVO DO CRATO, que tem seu novo gestor, que merece respeito, que é de fato, de todos os cratenses ( não apenas de alguns ), e ele sendo bom ou ruim, é com ele que teremos que contar pelos próximos 4 anos a fim de tentar solucionar os problemas da nossa cidade.

Quando nos propusemos a ser um grupo de oposição, era no sentido da fiscalização das resoluções tomadas pelo Governo Municipal, fiscalizar a câmara, fazer sugestões, propostas,  e acolher as reivindicações populares, sem, no entanto perder o discernimento de que as boas ações realizadas deverão ser aplaudidas e as más, criticadas. Entristece-me hoje ao ver algumas pessoas só pelo fato de não haverem sido "escolhidas" para fazer parte da nova gestão, ficarem aí nas redes sociais eternamente postando comentários frívolos, rancorosos, revoltosos, sem provas, e catando coisas erradas que não são necessariamente oriundos desta gestão. É preciso haver FOCO e saber o que é dessa gestão e o que já vem de outras gestões passadas.

Me comprazo em atitudes justas. Em apenas 3 meses de governo, é impossível reverter os erros cometidos em décadas, no Crato. Não obstante, o que me incomoda na nova gestão, é a falta de rumo, de um programa de governo bem definido, o trancamento dentro do gabinete sem acesso livre à imprensa do Cariri. A impressão que se tem é que "O PREFEITO SE ACHA PODEROSO DEMAIS para falar com os humildes". - No Tempo do ex prefeito Samuel Araripe, éramos ( povo ), amigos do nosso gestor, conversávamos de igual pra igual sem essa FRESCURA de marcar audiência, de burocracia. Não precisávamos nem usar pronomes de tratamento. V. Exa, NADA !!! - Era Você, Samuel...Você, fulano, Você Beltrano, porque acreditávamos que todos os homens são iguais e cada munícipe faz parte da administração.

A imprensa tinha passe livre lá para qualquer esclarecimento a qualquer hora do dia ou da noite. Samuel sabia que a imprensa tem um papel fundamental, é um homem de bem que vive na atualidade e usa a cabeça. Infelizmente o novo gestor se tranca ali e sumiu até do povo. Mandou colocar um aviso à Imprensa...tsc tsc....Isso não posso concordar, pois é para ele ter ciência através do povo, de que há inúmeras coisas erradas acontecendo no Crato que precisam de soluções. Ao novo gestor falta aquele sorriso largo, aquele abraço carinhoso que ele tinha na campanha eleitoral, aquele homem simples que andou até numa carroça e se denominava FENÔMENO, uma espécie de Salvador do Crato dos "desastrosos governos anteriores", que afinal, nada de desastroso foram, afinal e contas.


Legenda: O ex-prefeito Samuel Araripe: Exemplo de simpatia e gentileza no tratamento com a população - Nenhuma greve do funcionalismo foi deflagrada em 8 anos do seu Governo. 

CRATO ESTÁ SEM OPOSIÇÃO
Falta em muitos munícipes revoltados a compreensão de como se deve fazer uma oposição responsável. Numa cidade dos quais dos 19 vereadores, 18 rezam conforme a cartilha do prefeito, é importante que o povo exerça a sua própria oposição, fiscalizando, verificando o que está acontecendo, cobrando soluções, cobrando as inúmeras promessas de campanha.
Fico angustiado pelo fato do novo governo não dar mostras de que vai ser diferente, de portas abertas permanentemente ao povo do Crato, como foi prometido fartamente, de podermos fazer um novo Crato, O Crato de Todos nós, demonstrado através de muitos erros já cometidos em apenas 3 meses que já o tornou antipatizado aos olhos do público em tempo recorde, principalmente pelos servidores, pelos buracos desta gestão sendo tapados com uma massa horrível, como o da ladeira da Vilalta, e outras mazelas. E por outro lado, fico triste ao ver que o que deveria ser esperado de uma oposição RESPONSÁVEL, para criticar o que estiver errado, e elogiar o que estiver correto, está se perdendo no vazio, entre comentários grosseiros, pilhérias, que atacam o prefeito sem explicar a razão, sem lógica, sem nexo.

Oposição verdadeira não é isso!
Oposição tem que ter responsabilidade.
Da mesma forma que nao se admitem BABÕES ao poder público, não se deve permitir certos ataques descabidos por motivações rancorosas.

Muita gente tem raiva dos governos porque simplesmente ficou de fora e gostaria de estar lá comendo $$$$$. Basta a compreensão de que podemos fazer muito pelo nosso município mesmo sem estar no poder. Faço questão de frisar que não pleiteio nem nunca pleiteei qualquer cargo na gestão do Sr. Prefeito Ronaldo Mattos, a não ser que ele se dispusesse a pagar 1 milhão de dólares por mês, o que jamais acontecerá. Há coisas que o dinheiro pode comprar, há outras coisas que fazemos pelos outros até de graça, e há coisas que são incompráveis ( Mesmo com Mastercard ). Quero dizer que a nossa ajuda ao governo Ronaldo e a uma oposição forte no Crato deve ser gratúita, para uma cidade Feliz e de Progresso. Quando as boas coisas começarem a aparecer, estaremos lá prontamente para documentar e aplaudir os governantes. Não é necessário pagamento algum para se fazer o que é certo, e não estaremos amarrados a nenhuma ideologia para poder fazer as nossas críticas, ao contrário de alguns jornais, Estações de Rádio e mídias que se preocupam mais com o dinheiro de um contrato que recebem do que em ajudar à cidade.

O povo não precisa de mercenários. O povo só precisa hoje que os seus governantes cumpram os RIOS DE PROMESSAS DE CAMPANHA. Afinal de contas, milagres em administração pública não existem. Nem Fenômenos. São apenas peças de marketing que alguns candidatos se utilizam a fim de chegar até o poder. O que deve existir na prática, é o trabalho sério, a dedicação e compromisso. É isso que a população espera do novo gestor do Crato. Aos revoltados de plantão, peço a sensatez, para que não transformem o início de uma gestão num tumulto. Haverá muito tempo para as observações. Utilizando-se de um velho adágio: "Mais devagar, que o santo é de barro"...
Desejo PAZ, SAÚDE, FELICIDADE, e uma Feliz Páscoa ao prefeito Ronaldo Gomes de Matos e à sua Família.
E Paz, Juízo e Sabedoria aos lamentadores de plantão

Por: Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com

Marco zero - Por: Emerson Monteiro


Cedo da manhã, ligo a televisão e ouço que a Coreia do Norte segue nas ameaças de guerra aos Estados Unidos, com ogivas nucleares a isso preparadas, e a sensação é de que nada mudou durante toda história da Humanidade. Somos de geração cevada na Guerra Fria, fase depois da Segunda Grande Guerra, quando russos e americanos trocavam hostilidades a fim de dominar os mercados mundiais largados abertos com a derrota alemã e japonesa no conflito perverso.

Vieram divisões das fronteiras do mundo, Cortina de Ferro, Muro de Berlim, Paralelo 17, escambau a quatro, tropas de dois lados armadas até os dentes, comércio internacional de armas, corrida armamentista, corrida espacial, queda de braços das famigeradas potências atômicas, e as formigas humanas, impotentes, inúteis, observando essa competição dos poderosos, enquanto embalam as carnes pelas naves da tecnologia que endeusam, alvos fáceis nas estradas e ruas. Trancadas em cavernas eletrônicas hermeticamente vigiadas, de olhos fixos nas máquinas luminosas da ilusão, só parecem aguardar as senhas dos telefones vermelhos da sobrevivência dos dias apáticos, indiferentes, embriagadores.

Tempos medrosos de homens frios. De máquinas geniais que passeiam os pensamentos atirados à prisão das massas indefesas.

Na contrapartida da história vã, porém, restam os labirintos de Si Mesmo qual derradeira estação transformadora, vinda em consequência das inúmeras decepções, nas filosofias, psicologias e religiões enfileiradas nos sonhos individuais. O aprimoramento das esperanças foge até dos limites da imaginação quando, pois, expande apenas o egoísmo dos líderes interessados apenas no destino dos povos que comandam. Resolvem seus problemas particulares em detrimento da grande população de um Planeta em chamas. Consomem os recursos naturais a favor de grupos isolados, na condição de gerentes dos bichos selvagens em grupos isolados no falso conforto.

Houvesse mínimo senso de prudência e sabedoria na vontade das ações e perspectivas de união e desenvolvimento acalentariam os corações aflitos. Contudo farpas lançadas demonstram a distância da sensatez que ainda resta percorrer a fim de salvar uma raça faminta de paz e bons sentimentos.

Notícias desta 6ª feira (Armando Rafael)

É proibido pescar



A Rua Pergentino Maia, na cidade de Crato, tem seu início por trás da Escola Dom Vicente Matos, esta localizada logo após a ladeira do bairro Ossian Araripe. Esta foto mostra o início da rua Pergentino Maia, que segue em direção ao bairro Parque Granjeiro. No momento não há  condições de tráfego de pessoas, pois, além do mato, quando cai uma chuva forma-se uma mini lagoa...
Também no verão um cano furado -- existente no local da atual "lagoa" --  solta água, quando esta chega. Diversos apelos foram feitos à Saaec para reparar o problema. Em vão. Resumindo: tanto na temporada das chuvas, como no verão, quem quiser andar pela Rua Pergentino Maia, tem que se aventurar pelo mato que abunda nas suas margens...



Coisas da ré-pública 1

Não tenho a menor simpatia pelo deputado pastor Feliciano (PSC-SP, da Base de Sustentação do Governo, é claro) atual presidente da Comissão de Direitos Humanos, da Câmara Federal. Mas, convenhamos, o  pastor Feliciano foi escolhido através de métodos democráticos e estão querendo tirá-lo à força, na base do grito... Dá medo ver o patrulhamento, o linchamento moral de que é vítima aquele que pensa diferente dos grupos organizados e ousa dizê-lo...

Coisas da ré-pública 2

Perguntar não ofende: por que não se registram também protestos contra os dois deputados “fichas-sujas” – João Paulo Cunha e José Genuíno (PT-SP) – ambos, membros da Comissão de Constituição e Justiça; ambos, condenados pela Suprema Corte por corrupção no esquema do Mensalão. Ora direis: o Parlamento atual tornou-se um escárnio ao regime republicano. Ah! Bom...

A má notícia: governo reconhece novo surto da inflação


Finalmente a presidente Dilma reconheceu que a inflação brasileira ultrapassará o limite planejado para o ano. Antes tarde do que nunca! Ela acrescentou que “não sacrificará o crescimento econômico para conter a inflação”. Mas, que crescimento?  O “Pibinho” de 2012 foi de 0,9% e a inflação real – medida por órgãos não governamentais – foi calculada em 8%%. Quem assistiu aos noticiários da televisão viu que dona Dilma fez “cara feia” quando um repórter perguntou sobre a manipulação dos índices inflacionários.

Grande Jarbas

Aliás, o senador oposicionista Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) gosta de repetir esta frase: “Manha é medo e cara feia é safadeza”. Jarbas, um pernambucano de extrema coragem, foi um gigante na defesa dos direitos humanos quando enfrentou o regime militar nos anos 70.

Bolsa de Valores de São Paulo tem o pior 1º trimestre desde 1995

O pessimismo dos investidores com o mercado acionário brasileiro fez o Índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) registrar o pior primeiro trimestre dos últimos 18 anos. Foi uma queda de 7,55% decorrente, dentre outros motivos, da perda de valores dos papéis da Petrobrás e da Vale. Ainda bem que o mercado financeiro é o melhor termômetro contra a demagogia de que tudo vai bem...
   
Fanatismo é isso

Que propaganda eleitoral subliminar que nada: A emissora de televisão estatal venezuelana Vive TV está exibindo um desenho animado onde mostra o presidente Hugo Chávez, morto no último dia 5, chegando ao céu, sendo recebido pelo libertador Simón Bolívar, pelo guerrilheiro argentino "Che" Guevara, Eva Perón, Salvador Allende, dentre outros.

---------


Ao caro leitor Leo Gonçalves:
“Previsão” não significa REALIZAÇÃO. O governo projeta um PIB de 3,1% para esse ano?
Pois perdeu feio para previsão de 2012, que era 4,5%. 
No final,  apurou um humilhante “pibinho” de 0,9%... 
Este ano – mesmo com a inflação em alta – ficará em torno disso.
 É aguardar para ver...
Ademais, as estatísticas são fáceis de ser manipuladas. Difícil é manipular a realidade.
O que vemos nos noticiários?
“Nunca antes na história deste país” houve tanta corrupção dos políticos... A violência impera nas cidades e nos campos. Assaltos, sequestros, comércio de drogas, crime organizado a partir dos presídios...Os portos estão em frangalhos, estradas esburacadas, malha ferroviária esquecida, energia elétrica com equipamentos obsoletos - o que resultou em 12 dias em média, em 2012, de escuridão para cada brasileiro. No Norte-Nordeste a mortalidade infantil é assustadora por falta de assistência médico-hospitalar eficaz, rebanhos morrem à míngua por falta de água e de pasto. (Bem que esse governo poderia criar uma “bolsa-bode” para amparar os pequenos criadores do Nordeste).
 

Passear no passado - Por Xico Bizerra


Bom é passear no Crato. Andar a pé, passar em frente ao Tênis Clube, ao Hospital que me viu desembuchar, descer até a Praça da Sé, sentar um pouco perto da fonte e contemplar o tempo, companheiro fiel da Igreja onde, eu menino, Padre Rubens rezava missa. Felicidade chega ali, se aboleta no primeiro banco e tome tempo pra ir embora! Ainda bem que, nesse caso, a felicidade é preguiçosa. Antes de seguir viagem rumo ao centro, agradecer à Senhora da Penha pelo vento gostoso e pela sorte de ali ter nascido. Na Siqueira Campos, devagar, sem qualquer pressa, tomar um cafezinho quente e lembrar do Cine Cassino, dos bang-bangs de antigamente, da tabuleta caprichosamente feita por Amarílio anunciando o filme do dia. Maldito ‘progresso’ dos dias de hoje; malditos os que derrubaram o prédio da esquina para construir um não-se-sei-o-quê. Na entrada da cidade, procuro ver a casa que era do meu avô e onde eu passava as férias. Não mais a vejo. O ‘progresso’, faminto e ganancioso, comeu a casa do meu avô e vomitou mentiras para justificar o atentado. Palavras que ainda hoje escorrem, a céu aberto, no esgoto da hipocrisia.


28 março 2013

CARIRI DAS ARTES


Por ocasião do Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo, artistas do Cariri lançaram ontem, na Praça da Sé em Crato, manifesto em defesa de importantes bandeiras reivindicadas historicamente pela categoria.


PROGRAMAÇÃO GERAL

CARIRI COMEMORA

20 h - Apresentação do espetáculo "A Comédia da Maldição" (Texto e Direção de Cacá Araújo | Cia. Brasileira de Teatro Brincante)

21 h - Performances circenses (Direção de Josernany Oliveira e Joênio Alves | Circo-Escola Alegria | Circo do Sopé)

CARIRI LUTA

21h30min - Lançamento do Manifesto

DIA MUNDIAL DO TEATRO

DIA NACIONAL DO CIRCO

27 DE MARÇO DE 2013

A Guerrilha do Ato Dramático Caririense é um foco de resistência e afirmação cultural, tendo o teatro, a dança e o circo como linguagens centrais, e se realiza a partir da ação conjunta e gestão compartilhada entre grupos e companhias da região, num movimento permanente e também através da celebração da arte realizada todos os anos no mês de novembro. O Cariri tem um grande potencial artístico que, de certo modo, vem sendo desprestigiado por instituições promotoras de grandes eventos, seja privilegiando caça-níqueis ou produções externas, numa atitude deplorável de negação da arte e do artista local. Não somos contrários ao intercâmbio, mas defendemos que este deve ser concebido em via de mão dupla. Afinal, não podemos ser confinados à condição de meros espectadores, quando temos uma rica produção a ser mostrada, apreciada e valorizada.

A Guerrilha foi criada, portanto, como uma espécie de insurreição contra o abandono e a negação praticados no seio de grandes mostras e outros programas culturais realizados na região. Contra a excludência! É um polo gerador de vivência e integração, provocador de oportunidades para os novos e de visibilidade para os que pelejam há mais tempo. Somos cerca de 30 companhias de teatro, dança e circo do rico universo Cariri, com linhas de pesquisa e comportamento estético muito peculiares, o que nos garante um quadro diversificado de espetáculos.  Nesta data em que celebramos o Dia Internacional do Teatro e o Dia nacional do Circo, republicamos o presente manifesto, lançado em novembro de 2011, que carrega nossa voz, nosso coração e nossa alma.

Guerrilha permanente

Pleiteamos que todas as instituições que fomentam as artes cênicas no Cariri se irmanem no financiamento, difusão, formação, intercâmbio e circulação permanentes do que é produzido na região. Vemos que vários bons espetáculos de outros estados e de diversos países são mostrados no Cariri, mas é revoltante perceber que as mesmas instituições que promovem essa oportunidade, negam-se a desenvolver ações que valorizem e mostrem nossos espetáculos em outros estados e países.

Intercâmbio responsável e democrático

Somos defensores de um intercâmbio que propicie a verdadeira integração e vivência entre as mais diversificadas e distintas experimentações e realizações cênicas, respeitando as opções estéticas e abolindo o preconceito, o privilégio do “amiguismo”, o mercenarismo, a subserviência, a perseguição política, o colonialismo.

Acesso aos equipamentos culturais públicos

Os teatros municipais e outros equipamentos culturais pertencentes ao povo devem cumprir a missão de atender prioritariamente as demandas locais, com programação partilhada entre grupos e companhias, com o devido aparato técnico, para ensaios, temporadas e programas de difusão artística e afirmação cultural, a exemplo da Guerrilha do Ato Dramático Caririense.

Dignidade nos cachês e no financiamento

Nossas companhias de teatro, dança, circo, música e folguedos são constituídas de respeitáveis e valorosos artistas, pesquisadores e mestres. E nossas criações são merecedoras da atenção e tratamento distinto por parte de agentes financiadores e órgãos promotores, sejam públicos ou privados. Somos a expressão verdadeira da identidade deste valoroso pedaço do mundo. Por isso, combatemos a humilhação dos cachês irrisórios e financiamentos insuficientes disponibilizados às produções locais e reivindicamos a revisão das políticas desenvolvidas no Cariri por todas as instituições atuantes no setor. Reivindicamos a implementação de uma correta política de editais nos municípios e a destinação de 2% da arrecadação ao Fundo Municipal de Cultura, potencializando e democratizando as ações nesta área.

Controle social dos investimentos

Propomos que CCBNB, SESC, SECULT do Estado e dos Municípios, além de outros órgãos, possibilitem a participação dos setores organizados na concepção de programas e deliberação dos investimentos em arte e cultura.  Dessa forma, teríamos justiça na definição de cachês, criação de intercâmbio verdadeiro e compromisso com o desenvolvimento e fortalecimento das artes e valorização dos artistas caririenses.  Procedimento este, se extensivo a outras regiões do estado e do país, garantiria o respeito à diversidade e baniria grupos de mercenários que se instalaram no interior e na periferia de Organizações Governamentais (OG's) e Organizações Sociais (OS's), detentoras de imenso capital financeiro de origem pública. Defendemos a realização urgente de Conferências Municipais de Cultura, como forma legítima de elaborar Políticas Públicas, revitalizar os conselhos e criar diretrizes de aplicação dos recursos.

O Cariri é universal

Não entendemos o Cariri como uma ilha isolada do resto do Brasil e do Mundo. Perderia o sentido a sua existência, se assim fosse. Compreendemos nossa região como resultante de uma grande e profunda fusão de culturas, caldeadas em séculos de peleja envolvendo principalmente o ameríndio, o ibérico e o africano. Somos universais! Lutamos, portanto, para que nosso povo não seja movido a ignorar a si mesmo. Valorizar o Cariri não é negar outras regiões ou países, mas inseri-lo na dinâmica que tempera a existência e o espírito da humanidade.

Crato-Cariri-Ceará-Brasil, Praça da Sé, em 27 de março do ano 2013.

Movimento Guerrilha do Ato Dramático Caririense

A Semana Santa e a Bíblia Sagrada


Quantas pessoas hoje vivem na escuridão espiritual? A Bíblia se refere a essa situação como trevas, ou seja, falta de luz. As trevas significam pecados, pratica introduzida na humanidade por Satanás desde os tempos de Adão e Eva. Mas Deus nos manda um recado dizendo que a Bíblia é a lâmpada para nossos pés e luz para nosso caminho. O sagrado livro onde estão as palavras de Deus é composto por 66 pequenos livros, sendo 39 no Antigo Testamento e 27 no Novo Testamento. O Velho Testamento foi escrito Antes de Cristo e o Novo Testamento Depois de Cristo. A Bíblia foi escrita em três idiomas, ou seja, Hebraico, Grego e o Aramaico. Os 66 pequenos livros foram escritos por 40 pessoas que levaram 1.600 anos para que tudo ficasse pronto. A Bíblia contem 1.189 capítulos e 31.102 versículos. Ela está dividida em cinco pequenas partes, são elas, historia, poesia, profecia, evangelho e cartas onde estão as orientações de Deus para uma vida vitoriosa.

Mas para que a Bíblia Sagrada seja lâmpada para nossos pés e luz para nosso caminho é preciso termos FÉ, conforme está em Timóteo III versículos XV, XVI e XVII. “Desde a infância sabes as sagradas letras que podes tornar sábio para a salvação pela FÉ em Cristo Jesus. Toda a escritura é inspirada por Deus. É útil ao ensino, repreensão, correção, educação e justiça”. Para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra”.

Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal de Notícias Chapada do Araripe


Associação Comunitária do Parque Grangeiro 46 anos de criação


A Sociedade Pro - melhoramentos do Parque Grangeiro completou no ultimo dia 27 de março de 2013, 46 anos de criação. O professor Francisco Veloso foi um dos fundadores na década de 60 e a entidade deve a este homem muitas reverencias pelo fato de ter sido ele um grande mobilizador, articulador e idealizador de projetos em beneficio da comunidade que perduram até os dias de hoje. Podemos citar a instalação da rede elétrica no Bairro, sistema de abastecimento de água, construção da sede própria da entidade, bolsa de estudos aos filhos dos associados, distribuição de alimentos as famílias menos favorecidas, mutirões comunitários e muitas outras ações. A Sociedade Pro - melhoramentos do Parque Grangeiro já possuiu um dos maiores quadros de associados do município, mas infelizmente hoje, a associação está praticamente inativa e tristemente os moradores não participam mais da vida comunitária, disse o líder comunitário do Bairro, Evaldo Pedro afirmando que não há nenhum projeto da entidade tramitando na prefeitura pedindo melhorias. Ninguém no Bairro quer saber de se associar na associação que é uma entidade legalizada de personalidade jurídica. Até mesmo o aniversário de quase meio século da sociedade passou em branco, concluiu Evaldo.

Ele entende por sociedade algo que se cria com a união e a participação de todos os moradores de uma comunidade. Os moradores devem está presentes sempre buscando no passado a base do presente, é o que chamamos de raízes, disse Evaldo. Para manter essas raízes vivas, depende do nosso empenho e amor pela causa. Na opinião de Evaldo Pedro a associação pro melhoramentos do Parque Grangeiro tem servido hoje de bandeira de campanha para alguns políticos que se aproximam somente na época de eleição e depois se esquecem do que prometeram. Mas a culpa não é só dos políticos, disse Evaldo, é nossa também que não nos organizamos para cobrarmos do poder publico os nossos direitos.

Por: Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter
Membro do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe


BOFETADA - Por Antonio Morais


Brasileiro sempre teve a mania de reclamar dos seus governantes. Reclamava dos administradores das Sesmarias e das Capitanias Hereditárias, dos Governadores Gerais e dos imperadores. Reclamavam dos presidentes da Velha Republica e da Republica Velha, dos militares, de Sarney, de Collor, de Itamar, de FHC, de Lula. Não reclamaram do Tancredo Neves porque morreu antes de tomar posse. 

Logo teremos novo presidente, novo governador, outros deputados... Os mesmos, mas o povo vai continuar a reclamar. Sabe por que? Porque o problema não está nos deputados, senadores, presidente, governador, prefeito, funcionário. O problema está naquele que reclama: Você e eu, nós!

O problema está no brasileiro. Afinal, o que se poderia esperar de um povo que sempre dá um jeitinho? O povo que valoriza o esperto e não o sábio? Um povo que aplaude o vencedor do Big Brother, mas não sabe o nome de um escritor brasileiro? Um povo que admira o pobre que fica rico da noite para o dia? Ri quando consegue puxar a TV a cabo do vizinho?

O que esperar de um povo que não sabe o que é pontualidade? Joga lixo na rua e reclama pela sujeira? O que esperar de um povo que finge dormir quando um idoso entra no ônibus? Prioriza o carro ao pedestre?

O que dizer de um povo que reclama pra receber do governo livro didático gratuito para o filho e não vê que esse aluno deixa em casa os livros e vai para escola perturbar a aula e prejudicar os que querem realmente estudar e aprender? 

O problema do Brasil não são os políticos, são os brasileiros! Os políticos não se elegeram, fomos nós que votamos neles.

Politico não faz concurso, ganha votos: O seu e o meu.

A arte da miniatura - Por: Emerson Monteiro


Certa vez, visitei exposição do escultor caririense Nélito Gonçalves, no interior do Shopping Cariri, em Juazeiro do Norte. A mostra se compunha de esculturas abstratas e figurações miniaturizadas de utensílios domésticos, peças confeccionadas em casca seca da cajazeira, árvore típica de nossa flora nordestina. Valeu considerar a expressiva qualidade do material exposto, elaborado dentro da melhor técnica e escurecido com acabamento no verniz copal.

Essa oportunidade me levou a considerar outras manifestações artísticas de infinitas potencialidades também na miniatura. A propósito disso, Paulo Tasso Teixeira Mendes, professor meu amigo que mora em João Pessoa, descreveu exposição que presenciara quando, nos anos 60, vivia na Europa e era aluno do Colégio Pio Brasileiro, da Igreja Católica.

Tratava-se da obra de artista brasileiro, gravador em metal e que desenhava figuras mínimas em cabeças de alfinetes. Reproduzia figuras as mais diversas, desde paisagens a monumentos arquitetônicos. Em um desses trabalhos gravou a Basílica de São Pedro, de Roma com os detalhes da bela fachada. Toda a exposição do exímio criador cabia numa única caixa de fósforos e os expectadores ainda precisavam usar lentes para contemplar as pequenas produções mostradas no reduzido espaço.

Diante da minha admiração, Paulo Tasso então me informou que o mesmo lhe acontecera na ocasião, visto o teor de dificuldade do trabalho desenvolvido, quando soube, através do artista, que existem japoneses que descem ainda mais às particularidades da técnica de gravar superfícies mínimas, utilizando apenas a superfície localizada na ponta de agulhas, usando instrumentos milimétricos e equipamentos óticos adaptados para isso.

As miniaturas de há muito merecem relevo no âmbito da cultura, sobretudo nas civilizações orientais, dadas ao esmero do reducionismo. Museus de arte chineses expõem peças dotadas de tal minudência que, por vezes, uma única delas reclama a vida inteira de seu autor para inteira conclusão.

Isso demonstra o infinito do engenho criativo, considerando o valor apreciável das manifestações estéticas no estudo das populações e suas histórias fenomenais.

Aonde chega a sofisticação da criatividade humana neste mundo.

Terapia genética cura leucemia em apenas oito dias



Davidaponte
David Aponte
Um estudo inovador dá esperanças a pessoas que não já têm nenhuma: dentro de apenas oito dias após iniciar uma nova terapia genética, a leucemia “incurável” de David Aponte havia desaparecido.
O mesmo aconteceu com quatro outros pacientes no prazo de oito semanas, embora mais tarde um tenha morrido de um coágulo de sangue não relacionado com o tratamento, e outro depois de recaídas.
O trio que foi curado, entretanto, havia sido previamente diagnosticado com recaídas geralmente fatais de leucemia linfoblástica aguda. Agora, os pacientes se encontram em remissão da doença já faz entre 5 meses e 2 anos.
Michel Sadelain do Centro Memorial de Câncer Sloan-Kettering, em Nova York (EUA), coautor do estudo, diz que um segundo teste clínico com 50 pacientes está sendo preparado. Além disso, a equipe vai tentar usar a técnica para tratar outros tipos de câncer.
Como funciona
A chave para o novo tratamento é a identificação de uma única molécula de superfície de células cancerosas para, em seguida, usar engenharia genética a fim de manipular células do sistema imunológico de um paciente para atacá-la.
Por exemplo, em leucemia linfoblástica aguda, células imunes chamadas células B se tornam malignas. Os pesquisadores conseguiram identificar e alvejar uma molécula de superfície conhecida como CD19, que está presente apenas em células B.
Eles extraíram outras células do sistema imunológico dos pacientes chamadas células T, que por sua vez foram tratadas com um vírus inofensivo, que instalou um novo gene que as redirecionou para atacar todas as células portadoras de CD19.
Quando as células T modificadas foram injetadas nos doentes, elas rapidamente mataram todas as células B, cancerosas ou não. “Em todos os cinco pacientes, os tumores ficaram indetectáveis após o tratamento”, conta Sadelain.
Segundo os cientistas, o corpo do doente deve repor o sistema imunológico com células T e células B saudáveis após um par de meses. No entanto, os pacientes do estudo receberam medula doada para garantir que pudessem regenerar um sistema imunológico saudável.
Tratamento promissor
O tratamento não é o primeiro a modificar células T para atacar um tipo de leucemia. No ano passado, uma empresa internacional chamada Adaptimmune usou a abordagem para tratar 13 pessoas com mieloma múltiplo, e conseguiu deixar 10 em remissão.
Também, no Hospital Infantil da Filadélfia (EUA), pacientes como a pequena Emma Whitehead, diagnosticada com leucemia linfoblástica aguda, entraram em remissão de cânceres aparentemente incuráveis após uma terapia experimental que envolveu a remoção de milhões de células T do paciente e sua modificação genética a fim de que matassem as células cancerosas.
“Embora seja cedo para dizer, a abordagem de modificação de células T para atacar o câncer está cada vez mais ganhando espaço ao lado de tratamentos mais tradicionais”, explica Paul Moss, do Cancer Research (Reino Unido).[NewScientist]
hypescience

Notícias & Reflexões desta 5ª feira (Armando Rafael)

Vítimas de Calúnias 1

Apesar de a mentira ter pernas curtas, alguns jornalistas continuam a caluniar, difamar e injuriar as pessoas. Quando as vítimas entram na justiça, ainda têm de esperar anos para que os caluniadores sejam condenados. O bispo de Crato, Dom Fernando Panico tem sido uma das vítimas da imprensa nanica. No entanto, dias atrás – num fato raro – a Justiça de Brasília, publicou decisão do Dr. Giordano Resende Costa, Juiz de Direito Substituto da 4ª vara do Distrito Federal, julgando procedente e dando ganho de causa a Dom Fernando Panico e à Diocese de Crato, além de condenar o jornalista Jota Alcides  (foto à esquerda) e seu  Blog “Juanorte”  a pagarem indenização por danos morais. O jornalista Jota Alcides publicou seguidas vezes, de forma abusiva, matérias que extrapolaram o limite da informação, nas quais se referiram à pessoa do Bispo Diocesano de Crato de forma desrespeitosa e injusta. O Juiz de Brasília estipulou a indenização em pouco mais de R$ 20 mil reais. Que foram doados por Dom Fernando Instituto Mons. Murilo, de Juazeiro do Norte.

Vítimas de Calúnias 2

Já o ex-candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB) (foto ao lado) ganhou indenização simbólica de R$ 1.000 por danos morais pelo "oportunismo eleitoral" do livro "A Privataria Tucana", de Amaury Ribeiro Júnior. O autor e a editora Geração Editorial foram condenados pelo juiz André Pasquale Scavone, da 10ª Vara Cível, em sentença publicada em 1º de março, pela “inequívoca a intenção dos réus de atingir a imagem de Serra". Não satisfeito, Serra recorreu da decisão pedindo o aumento da indenização, a qual será entregue a uma instituição de caridade de São Paulo.

Tá feia a coisa

“A lei de redução das tarifas de energia elétrica atingiu em cheio a Eletrobrás, estatal que controla a maior parte do parque gerador de energia do país. A empresa apresentou prejuízo de R$ 6,8 bilhões em 2012, o maior da sua história”. (Cfe. “Folha de S.Paulo” desta 5ª feira Santa).

Sonha, Marcelino


O PSDB (o partido que não sabe fazer oposição) contratou um dos estrategistas da campanha do presidente dos EUA, Barack Obama, para ajudar a construir a candidatura do senador Aécio Neves à Presidência da República em 2014. A costura para trazer David Axelrod (foto acima, conversando com o presidente dos EUA), um ex-alto funcionário da Casa Branca e conselheiro político das campanhas presidenciais de Obama, foi feita pelo novo marqueteiro do tucano, Renato Pereira, com ajuda do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso --que tem proximidade com o ex-presidente norte-americano Bill Clinton (Cfe. “Folha de S.Paulo” desta 5ª feira Santa).

Oposição burra

Ora, com a fraquérrima oposição brasileira dividida, fragmentada, (Eduardo Campos, Aécio Neves, Marina da Silva, cada um para um lado) poucos acreditam que Dilma Roussef perderá as eleições no próximo ano.

Sem Bolsa-Família

E por falar em eleições presidenciais, na cidade de Petrópolis (onde toda temporada de chuva morrem vítimas inocentes e desamparadas de ações governamentais) no primeiro turno do pleito de 2010,  Marina Silva foi ali a mais votada. Teve 15.079 votos. José Serra ficou em segundo lugar, com 13.884.

Dilma na cabeça

Já que o “presidente-emérito” (melhor dizendo: o presidente “de fato" do Brasil), Luiz Inácio Lula da Silva resolveu antecipar a campanha eleitoral de 2014, acho oportuno antecipar meu voto. Votarei na presidente Dilma. Só condiciono meu insignificante voto à exigência de que ela cumpra algumas das muitas promessas feitas na última campanha eleitoral de 2010. Todo mundo lembra que ela prometeu construir, até 2014: 6 mil creches; 6 mil moradias para os desabrigados nas cidades serranas do Rio de Janeiro, vítimas da enxurrada das chuvas. E que a “gerentona” construa, pelo menos, 500 dos 800 aeroportos prometidos para o interior do Brasil.

Me engana que eu gosto

Não é pedir demais. Veja o leitor que não estou cobrando a dona Dilma outras promessas não cumpridas tais como: conclusão da transposição das águas o Rio São Francisco, da ferrovia Transnordestina, ou da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Essas três últimas ainda foram promessas de Lula na campanha de 2002, ou seja, há quase 12 anos atrás...  Sequer cobro a conclusão e entrega aos verdes mares bravios do petroleiro brasileiro João Cândido, este solenemente inaugurado pelo “Cara” na última campanha eleitoral de Dilma, com farta exposição na telinha... Pena que esse navio continue até hoje no estaleiro. Encalhado e inconcluso. Ô raça!

Herança bendita

Fernando Henrique Cardoso oficializou sua candidatura à Academia Brasileira de Letras. Como é bom de disputas, FHC dificilmente perderá esta, que vai  avançando como rastilho de pólvora. Os “imortais” José Sarney e Marco Maciel estão na linha de frente, conseguindo adesões e votos...

                                                                                                                

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30