xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 31/12/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

31 dezembro 2012

Padre Alzir Sampaio - Por: Emerson Monteiro


Década de 60, inícios. Eu passaria em Lavras da Mangabeira as férias do meio do ano, época de alegria depois das chuvas sertanejas. Criança, e brincava na praça junto das movimentações de noitadas alegres, algo que lembra felicidade. A energia elétrica durava só até as 21h, se é que a memória permanecer fiel aos acontecimentos relacionados. Ainda assim, após chegar o escuro da noite, postávamos cadeiras em frente da casa de meu Tio Jorge, próxima da Igreja, e ficávamos até mais tarde, quando chegava o sono. A duas casas, na mesma calçada, estava a Casa Paroquial, onde morava o Padre Alzir.

Naquele ano, também passavam férias em Lavras sobrinhos seus, filhos do Prof. Filgueiras Sampaio, vindos de Fortaleza. Esse mestre, irmão do Padre Alzir, era autor dos nossos livros de História e Geografia, no Curso Primário.

Observava com atenção as atividades da casa, administrada por senhora que gostava da gente, e nas noites trazia suco de laranja temperado com pedacinhos de maçã, para mim motivo de satisfação, que desconhecia a nova receita. Vez em quando, surgia o Padre Alzir, figura austera, solene, que demorava um pouco e brincava conosco.

Só depois, já adulto, ao conhecer mais quanto minhas origens, aprofundaria conhecimentos desse sacerdote virtuoso, que deixou marca indelével junto ao povo da paróquia.

Alzir Ferreira Sampaio nascera em Barbalha, região do Cariri, no Ceará, e desempenhara funções de pároco de Lavras durante mais de três décadas, desde 08 de maio de 1938. Nesse período, eu fora batizado na lá Paróquia de São Vicente Ferrer, idos de 1949, nascido em fazenda do município, o Sítio Tatu.

As notícias quanto ao zeloso sacerdote pelos seus paroquianos raiam as margens da legenda, em ricas páginas dos nossos historiógrafos, qual personalidade virtuosa, homem de trabalho e zelo aos seres humanos, integrado na lides religiosa. Realizou melhorias estruturais nos próprios da Igreja Romana a ele entregues. Além disso, participou ativamente da vida administrativa de Lavras da Mangabeira, concluindo o prédio da Igreja Matriz, dando as características arquitetônicas de rara beleza que hoje se mantêm. Já o prédio da Casa Paroquial, de que comentei, adquirira e promovera a reforma física.

Através de dados obtidos junto ao Blog de Lavras, na internet, nas realizações do Padre Alzir constam a criação do Círculo dos Trabalhadores Cristãos, a construção da gruta de Nossa Senhora de Lourdes, a fundação do Patronato São Vicente Ferrer (atual Colégio São Vicente), fundação da Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância, que seria o Hospital São Vicente Ferrer, isto para elencar alguns feitos da liderança evangelizadora que lhe consagraram no seio daquela população.


Por: Emerson Monteiro
 

Prof. CEZAR BANDEIRA de MELO - Um Erudito dentre os Eruditos


 Acima: Professor Cezar Bandeira de Melo

Hoje eu gostaria de fazer uma pequena homenagem a um homem a quem eu e a cidade do Crato devemos muito. Quem teve a felicidade de estudar no Colégio Diocesano do Crato nos anos 70 e 80, certamente que deve ter sido aluno do emérito professor Cezar Bandeira de Melo. 

Um dos maiores "gênios" da nossa geração no ensino da Física, Cezar poderia ter sido um daqueles cientistas renomados de Oxford, Cambridge ou Harvard, pois a sua fenomenal inteligência o permitiria; Contudo, resolveu para nossa felicidade, permanecer no Cariri, tornando-se um professor e sendo um homem que cultua a simplicidade em todas as coisas, e diga-se de passagem, é também artista da música: Toca flauta transversal divinamente bem. Considero-o uma espécie de tutor, de mestre, que me ensinou os primeiros grandes passos da vida. Foi ele o responsável pelo despertar em mim das grandes paixões pela Física, pela Química, pela Computação, pela Astronomia e por inúmeras outras ciências. Foi também, ao lado de Jairo Starkey, o meu primeiro professor de inglês. Quando ainda adolescente, Cezar me recebia em sua casa como um filho, e em cada contato e através das suas perguntas filosóficas, aprendia-se mais sobre os mistérios do universo. É daqueles que possuem o raro toque de "Midas", de encutir na cabeça dos seus pupilos, a sagrada curiosidade acerca do cosmos. Foi através dele que tive acesso ao primeiro computador pessoal, um TK-82C, e lembro-me até que esse pequeno equipamento já possuía um programa de xadrez, jogo que o Cezar domina tão bem, que no Cariri não há par; Entristece-se por não encontrar jogador de Xadrez à sua altura, a não ser em grandes programas de computador. 

Pelos idos de 1980, Cezar era colecionador, e nos seus alfarrábios, descobri um jogo de lentes de vidro, que através das quais, construí o meu primeiro telescópio refrator de 76cm, havendo sido encomendada a lente objetiva numa ótica da cidade. Com este equipamento, consegui refazer as famosas observações de Galileu, que viu vários satélites ao redor de Júpiter e Saturno.  Por aquela época, eu passava madrugadas inteiras em observações com este telescópio e fazendo anotações.

Dentre os muitos hobbys, o Professor Cezar possuía um em especial: Era ouvinte assíduo da BBC WORLD SERVICE ( A famosa BBC de Londres ). Passávamos horas e horas juntos ouvindo a BBC e a Voz da América na sua residência, através de um excelente Rádio Transglobe que ele possuía. Ele, entendia tudo; Eu, quase nada, mas por seu intermédio, fui gravando os programas da BBC e outras estações de ondas curtas, e traduzia trecho por trecho. Foi assim que estudei inglês e hoje, graças muito a ele, ouço essa língua como se estivesse ouvindo-a em português, sendo que diariamente, minha TV é ligada na CNN; Tudo começou ali com o Cezar. 

Ele também foi um dos grandes inspiradores para que eu ouvisse e apreciasse mais o JAZZ e a Música Clássica. Possuidor de um bom gosto extraordinário, Cezar Bandeira ouvia de tudo: De Bach a Beethoven, passando por Chopin, Bizet, Tchaikovsky, etc...possuía coleções inteiras de música clássica, e já o conheci tocando e estudando a famosa "Badinerie" de Johhann Sebastian Bach na flauta. Foi num pequeno órgão de brinquedo, movido a ar, que pratiquei vários tipos de acompanhamento e deduções sobre harmonia pianística que passaria a usar posteriormente em minha própria profissão de músico.  Colecionador de livros incríveis, foi através dele também, profundamente racional, mas com grande curiosidade, que tive os primeiros contatos com os livros de Erick Von Daniken "Eram os Deuses Astronautas" e "De Volta às Estrelas". Também li o famoso "Como vejo o mundo" de Einstein, que ele tanto admirava e era livro de cabeceira. 

Por incrível que pareça o Cezar e a D. Ana, sua gentil espôsa, e seus filhos, estão ligados a mim e à minha família de inúmeras formas. Tornou-se amigo do meu pai, Damião de Souza, que possuía um Mercadinho na época, e da minha mãe, que trabalhava em contabilidade. Foi na casa do Cezar, que conheci uma das minhas primeiras paixões de adolescente, uma moça muito formosa, de nome IVA, que infelizmente, o destino a levou para a sua terra natal em pouco tempo.

De modo mais geral, quem não se lembra do Colégio Diocesano na época áurea do "Cezinha" como professor e coordenador ? Eu sou da época do Cezar, do Prof. Bendimar, do Monsenhor Montenegro, das professoras Juracy e Jurandir ( História ), de Almerinda ( Geografia ), do Zé Pedro ( Matemática ), da Marília ( Inglês ), do Jairo Starkey ( Inglês ), do Onézimo, Prof. Miguel Costa Barros ( Português ), Prof. Jaime Milfont, que já chegava com o seu famoso questionário de História: "O que são salas hipostílicas ?"

Naquele tempo, o mundo era um lugar mais doce; Sentia o cheiro da vida no ar. Éramos imortais e pairávamos imersos em pensamentos que variavam desde a formação do universo, ao reino subatômico, passando ainda pelos grandes questionamentos da existência e de Deus. Era um tempo mágico de descobrimentos, em que assim como Colombo, eu vislumbrava das órbitas elipsoidais dos olhos, ( como diria o Augusto dos Anjos ), de um novo mundo, que se tornou para sempre, toda a base da pesquisa, da curiosidade, do conhecimento daquilo que hoje eu sou, tenho e sei. Devo muito disso ao grande professor Cezar Bandeira de Melo, que em momento hábil, soube me guiar para um caminho de progresso, que de outra forma, sem a ajuda da sua imensa luz interior, eu e muitos outros da nossa geração, ainda estaríamos tateando na escuridão da ignorância e da presunção do saber.

É por isso que hoje, ao reencontrá-lo na calçada da agência do Banco do Brasil em Crato, todo um passado de uma vida doce e bela me enterneceu e tocou fundo a alma, ao lembrar daquele tempo de descobertas, de vida feliz, em sua mais completa concepção, e gostaria de agradecer pelo muito que fez não só por mim, mas por toda esta imensa plêiade de alunos que juntos, desfrutaram do seu imenso saber e da sua presença, e passaram a compreender mais sobre o sentido da vida e da arte de viver, perscrutando o mundo através daquilo que mais enobrece o ser humano e que o Cezar possui de sobra: A Inteligência, o Conhecimento, o Caráter e um imenso Amor pela vida.

Obrigado, Cezar Bandeira de Melo, por você existir.
Salve, Mestre! Por compartilharmos desta curta dobra espaço-temporal e poder dizer que fomos e somos grandes amigos.

Um grande Abraço,
Que o Universo conspire em seu favor.

Dihelson Mendonça

Do (infindável) seriado: "Coisas da República" -- postado por Armando Rafael

Lei deve proibir ex-presidentes de disputar eleições, diz Sarney
A notícia abaixo foi publicada na última edição -- do último dia do ano --  da "Folha de S.Paulo"




"Um dos mais longevos políticos brasileiros, o ex-presidente da República e atual presidente do Senado, José Sarney (PMDB-Amapá), defende agora  uma mudança na lei para regular o comportamento de ex-presidentes da República. "Nós devíamos ter, no Brasil, uma legislação que não permitisse a nenhum ex-presidente da República que voltasse a qualquer cargo eletivo", sugere o político maranhense de 82 anos.

Sarney chegou à Câmara como deputado federal pelo Maranhão em 1955. Nunca mais saiu da política. Passaram-se já 57 anos. Foi presidente da República de 1985 a 1990. Em seguida, fez o que agora não recomenda aos demais: disputou e venceu, pelo Amapá, três eleições sucessivas para o Senado. Em 2015, quando termina seu atual mandato, terá completado -- depois de ter saído da Presidência da República, nesta nova fase  -- 24 anos no Senado da República". 


A década perdida -- por Marco Antônio Villa (*)






Publicado n'O Estado de S.Paulo, em 31-12-2012

A eleição de Luiz Inácio Lula da Silva em 2002 foi recebida como um conto de fadas. O País estaria pagando uma dívida social. E o recebedor era um operário.

Operário que tinha somente uma década de trabalho fabril, pois aos 28 anos de idade deu adeus, para sempre, à fábrica. Virou um burocrata sindical. Mesmo assim, de 1972 a 2002 - entre a entrada na diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e a eleição presidencial -, portanto, durante 30 anos, usou e abusou do figurino do operário, trabalhador, sofrido. E pior, encontrou respaldo e legitimação por parte da intelectualidade tupiniquim, sempre com um sentimento de culpa não resolvido.

A posse - parte dos gastos paga pelo esquema do pré-mensalão, de acordo com depoimento de Marcos Valério ao Ministério Público - foi uma consagração. Logo a fantasia cedeu lugar à realidade. A mediocridade da gestão era visível. Como a proposta de governo - chamar de projeto seria um exagero - era inexequível, resolveram manter a economia no mesmo rumo, o que foi reforçado no momento da alta internacional no preço das commodities.

Quando veio a crise internacional, no final de 2008, sem capacidade gerencial e criatividade econômica, abriram o baú da História, procurando encontrar soluções do século 20 para questões do século 21. O velho Estado reapareceu e distribuiu prebendas aos seus favoritos, a sempre voraz burguesia de rapina, tão brasileira como a jabuticaba. Evidentemente que só poderia dar errado. Errado se pensarmos no futuro do País. Quando se esgotou o ciclo de crescimento mundial - como em tantas outras vezes nos últimos três séculos -, o governo ficou, como está até hoje, buscando desesperadamente algum caminho. Sem perder de vista, claro, a eleição de 2014, pois tudo gira em torno da permanência no poder por mais um longo tempo, como profetizou recentemente o sentenciado José Dirceu.

Os bancos e as empresas estatais foram usados como instrumentos de política partidária, em correias de transmissão, para o que chamou o ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, de "projeto criminoso de poder", quando do julgamento do mensalão. Os cargos de direção foram loteados entre as diferentes tendências do Partido dos Trabalhadores (PT) e o restante foi entregue à saciedade dos partidos da base aliada no Congresso Nacional. O PT transformou o patrimônio nacional, construído durante décadas, em moeda para obter recursos partidários e pessoais, como ficou demonstrado em vários escândalos durante a década.

O PT era considerado uma novidade na política brasileira. A "novidade" deu vida nova às oligarquias. É muito difícil encontrar nos últimos 50 anos um período tão longo de poder em que os velhos oligarcas tiveram tanto poder como agora. Usaram e abusaram dos recursos públicos e transformaram seus Estados em domínios familiares perpétuos. Esse congelamento da política é o maior obstáculo ao crescimento econômico e ao enfrentamento dos problemas sociais tão conhecidos de todos.

Não será tarefa fácil retirar o PT do poder. Foi criado um sólido bloco de sustentação que - enquanto a economia permitir - satisfaz o topo e a base da pirâmide. Na base, com os programas assistenciais que petrificam a miséria, mas garantem apoio político e algum tipo de satisfação econômica aos que vivem na pobreza absoluta. No topo, atendendo ao grande capital com uma política de cofres abertos, em que tudo pode, basta ser amigo do rei - a rainha é secundária.

A incapacidade da oposição de cumprir o seu papel facilitou em muito o domínio petista. Deu até um grau de eficiência política que o PT nunca teve. E o ano de 2005 foi o ponto de inflexão, quando a oposição, em meio ao escândalo do mensalão, e com a popularidade de Lula atingindo seu nível mais baixo, se omitiu, temendo perturbar a "paz social". Seu principal líder, Fernando Henrique Cardoso, disse que Lula já estava derrotado e bastaria levá-lo nas cordas até o ano seguinte para vencê-lo facilmente nas urnas. Como de hábito, a análise estava absolutamente equivocada. E a tragédia que vivemos é, em grande parte, devida a esse grave erro de 2005. Mas, apesar da oposição digna de uma ópera-bufa, os eleitores nunca deram ao PT, nas eleições presidenciais, uma vitória no primeiro turno.

O PT não esconde o que deseja. Sua direção partidária já ordenou aos milicianos que devem concentrar os seus ataques na imprensa e no Poder Judiciário. São os únicos obstáculos que ainda encontram pelo caminho. E até com ameaças diretas, como a feita na mensagem natalina - natalina, leitores! - de Gilberto Carvalho - ex-seminarista, registre-se - de que "o bicho vai pegar". A tarefa para 2013 é impor na agenda política o controle social da mídia e do Judiciário. Sabem que não será tarefa fácil, porém a simples ameaça pode-se transformar em instrumento de coação. O PT tem ódio das liberdades democráticas. Sabe que elas são o único obstáculo para o seu "projeto histórico". E eles não vão perdoar jamais que a direção petista de 2002 esteja hoje condenada à cadeia.

A década petista terminou. E nada melhor para ilustrar o fracasso do que o crescimento do produto interno bruto (PIB) de 1%. Foi uma década perdida. Não para os petistas e seus acólitos, claro. Estes enriqueceram, buscaram algum refinamento material e até ficaram "chiques", como a Rosemary Nóvoa de Noronha, sua melhor tradução. Mas o Brasil perdeu.

Poderíamos ter avançado melhorando a gestão pública e enfrentado com eficiência os nossos velhos problemas sociais, aqueles que os marqueteiros exploram a cada dois anos nos períodos eleitorais. Quase nada foi feito - basta citar a tragédia do saneamento básico ou os milhões de analfabetos.

Mas se estagnamos, outros países avançaram. E o Brasil continua a ser, como dizia Monteiro Lobato, "essa coisa inerme e enorme".

 (*)  MARCO ANTONIO VILLA é  Historiador e Professor da Universidade Federal de São Carlos (UFCAR)

(Postado por Armando Rafael)

Governo desembolsa 18% do previsto no ano e obra de transposição avança pouco


Valores reservados no Orçamento efetivamente pagos na construção de canais para levar a água do rio São Francisco para o sertão nordestino ficam em R$ 173 milhões

(Matéria publicada na edição desta 2ª feira de "Estado de S.Paulo")

BRASÍLIA - O ritmo lento das obras da transposição do Rio São Francisco reflete as dificuldades que o governo vem enfrentando para levar adiante os investimentos na área de infraestrutura no País. Até 20 de dezembro, só 18% do Orçamento disponibilizado para 2012 havia sido desembolsado pelo Ministério da Integração Nacional. A execução se restringiu, basicamente, a restos a pagar dos anos anteriores. Com isso, o cronograma da megaobra de Dilma começou a ser afetado.

Uma nova licitação foi lançada no final do ano e pode levar para 2014 a inauguração do trecho piloto da obra, antes previsto para entrar em funcionamento ainda neste dezembro. O governo, apesar disso, mantém para 2015 a previsão de conclusão total da obra - que é a maior do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Nordeste.

O Ministério da Integração Nacional atribui a baixa execução financeira aos contratos que tiveram de ser rescindidos com algumas empresas, criando a necessidade de abertura de novas licitações, algumas das quais só serão abertas em março. No eixo leste, só R$ 32,4 milhões foram pagos do Orçamento deste ano.

A dotação inicial era de R$ 439,9 milhões, mas, diante das dificuldades de execução, foi reduzida para R$ 149,9 milhões. No eixo norte, os recursos disponíveis foram aumentados, chegando a R$ 790 milhões, mas pouco mais de R$ 140 milhões foram efetivamente pagos.

A obra, como aconteceu com boa parte dos investimentos do governo federal, foi tocada basicamente com a sobra de orçamentos anteriores. Na Transposição foram aplicados R$ 501 milhões de restos a pagar. O valor é pouco mais da metade do que o governo tinha de sobra. Para 2013, a cota de restos a pagar chegará a R$ 1,4 bilhão.

Atrasos. O calendário da Transposição tem sido afetado, ainda que o governo se recuse a revisar a previsão de conclusão para 2015. O projeto piloto, um trecho de cerca de 16 quilômetros no interior de Pernambuco, tinha previsão de inauguração agora em dezembro, mas as obras estão longe do fim.

O governo lançou um novo edital em novembro e o contrato com o consórcio que terá a responsabilidade de terminar o trecho será assinado somente em 2013. O ministério prevê, agora, que a água do São Francisco comece a correr nesse trecho em setembro de 2013, mas a licitação dá prazo de um ano para que o novo contratado conclua o serviço, podendo estender as obras para 2014.

O atraso no projeto piloto frustra os planos do ministro Fernando Bezerra Coelho, que contava com a inauguração para afastar as críticas ao ritmo da obra, lento desde o início do governo Dilma Rousseff. O trecho é considerado importante por reunir alguns dos principais elementos da obra, como barragem, ponte e aqueduto, além dos canais, possibilitando um primeiro teste prático de como a Transposição vai funcionar.

O Orçamento total da obra chegou a R$ 8,2 bilhões e R$ 3,5 bilhões já foram investidos. Dos 16 lotes, sete estão em andamento e apenas um concluído. Foram realizadas rescisões parciais em alguns trechos e novas licitações serão lançadas até março de 2013, segundo a previsão da pasta.

O ministério informou ainda que dois lotes estão com as obras paralisadas. As empresas já foram advertidas e multadas. Foi aberto ainda um processo para suspendê-las de licitações da pasta e declará-las inidôneas, o que impediria sua contratação por qualquer outro órgão público.



(Postado por Armando Rafael)

CRATO - Previsão do Tempo para hoje, 31 de Dezembro de 2012



Sol com algumas núvens e não chove já se tornou uma frase rotineira de previsão do tempo aqui no Blog do Crato. A chamada "quadra invernsa" tarda e tem provocado grandes problemas aos agricultores, com perdas incalculáveis. A previsão do tempo para hoje, dia 31 de dezembro, não é diferente. Segundo os institutos de meteorologia do país, teremos dia de sol com algumas núvens e não vai chover nesta passagem de ano. Altas temperaturas também: Máxima de 34 e mínima de 24. Umidade Relativa do Ar máxima de 84% e mínima de 37% ( no momento, às 07:25, temos 52% na Vilalta e uma temperatura de 27 graus ).  Nascer do sol: 05h25 Pôr do sol: 17h57.

Bom Dia, Crato!

www.blogdocrato.com
Há 8 Anos, o Crato na Internet

Secretária de Estado dos EUA é hospitalizada com coágulo sanguíneo



A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, foi internada em um hospital de Nova York no domingo com um coágulo sanguíneo ligado a uma concussão que ela sofreu neste mês, informou o Departamento de Estado em um anúncio que deve alimentar especulações sobre a saúde de uma das figuras políticas mais conhecidas dos Estados Unidos. Hillary, 65, está fora dos holofotes públicos desde meados de dezembro, quando segundo autoridades ela sofreu uma concussão após desmaiar devido a um vírus estomacal contraído durante uma viagem à Europa.

"Com o exame hoje, os médicos da secretária Clinton descobriram que um coágulo sanguíneo havia se formado, derivado de uma concussão que ela sofreu há várias semanas", disse no comunicado o porta-voz do Departamento de Estado Philippe Reines. "Ela está recebendo tratamento com anti-coagulantes e está no Hospital Presbiteriano de Nova York para que possam monitorar a medicação nas próximas 48 horas", dissse Reines. "Eles vão determinar se será necessária mais alguma ação."

ANDREW QUINN - Reuters


Homem que incendiou a casa da mãe e matou uma gatinha a facadas é assassinado em Icó


Um homicídio a bala com todas as características de execução aconteceu ontem (29), em uma casa localizada as margens de uma rodagem na localidade de Forquilhas dos Batistas, no sertão icoense. O desocupado Severino Pedro da Silva Neto, de 33 anos, natural de Icó, conhecido por "Nilton", foi morto com pelo menos dois tiros, sendo um na cabeça e um no peito esquerdo quando se encontrava no interior de sua residencia improvisada.

Via Lindomar Rodrigues
 

Veículos de frota poderão ter bloqueio de partida para condutor alcoolizado


A Câmara analisa proposta que determina a instalação de bafômetros em veículos de frota. Pela proposta, o condutor deverá fazer o teste de nível alcoólico sempre antes da partida do veículo. Caso o resultado seja acima de um parâmetro pré-estabelecido, a partida será bloqueada. A medida está prevista no projeto de lei do deputado Manato (PDT-ES). De acordo com a proposta, a instalação do aparelho será obrigatória em veículos destinados ao transporte escolar, em táxis e em frotas de caminhões, ônibus e vans. Esse será um item de fábrica obrigatório para veículos desses tipos produzidos a partir de 2014.

Custo

O autor do projeto explicou que esses aparelhos já foram testados nos Estados Unidos e na Suécia. Segundo ele, o custo de instalação seria de aproximadamente R$ 1 mil por veículo. "É um valor baixo se comparado aos prejuízos e acidentes caríssimos que a direção combinada com álcool pode acarretar. Ademais, as empresas teriam um gasto que, com certeza, seria mínimo em relação aos enormes prejuízos causados por acidentes no trânsito que, espera-se, diminuiriam muito", argumentou. De acordo com o texto, as empresas que descumprirem a nova regra estarão sujeitas a multa. Além disso, os condutores condenados por dirigir alcoolizados e causar acidentes terão penas mais duras. O valor das multas, o tamanho das penas e os níveis de álcool permitidos no organismo dos motoristas serão definidos em um regulamento específico elaborado pelo Executivo. A regulamentação da lei deverá prever também mecanismos de abatimento fiscal que possam subsidiar a instalação do bafômetro que impede a partida dos veículos de frota.

Tramitação

A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; Viação e Transportes; e Constituição e Justiça e de Cidadania.

Folhapress


Crescimento do país está muito abaixo do esperado entre emergentes, diz professor


A economia brasileira deve fechar o ano com crescimento próximo a 1%. Analistas do mercado financeiro e técnicos do Banco Central (BC) fazem previsões parecidas. Na semana passada, informações do Relatório Trimestral de Inflação indicaram redução na projeção dos técnicos de 1,6% para 1%.

O resultado, se confirmado, estará bem abaixo dos 4,5% estimados para 2012. Segundo André Nassif, professor de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV) e da Universidade Federal Fluminense (UFF), mesmo levando em consideração a crise mundial, o crescimento brasileiro está muito abaixo do esperado entre os países emergentes. “O governo editou medida tentando estimular o consumo. Depois, medidas para estimular os investimentos, com políticas que contemplam o lado da oferta, com queda de juros. Só que essas políticas já deixaram de fazer efeito”, disse. Para ele, o modelo adotado pelo governo deu certo anteriormente, mas se esgotou e, mesmo com todos os programas, a demanda só deverá crescer 1%. Nassif acredita que não é estimulando o consumo, nem a oferta, que o problema será resolvido. O professor destaca que os empresários só investem quando têm garantia de que haverá demanda. E, no momento, o único que pode induzir o aumento da demanda é o próprio governo, que precisa aumentar os investimentos públicos.

“À medida que o governo gasta diretamente em infraestrutura, amplia a demanda por equipamentos, gera empregos na construção civil, aumenta a demanda por bens intermediários e estimula o investimento privado, que viria a reboque.”, defende. Ele disse ainda que, mesmo com todos os esforços do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), os investimentos públicos correspondem a 1% do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de bens e serviços produzidos no país.
 
Agência Brasil



Fortaleza - Roberto Cláudio faz primeira reunião com secretariado


O prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio, reuniu todo o secretariado neste domingo (30), em um hotel da cidade para traçar metas e definir um planejamento na gestão que assumirá no próximo dia 1º de janeiro.
 

O futuro gestor do município evitou falar das ações administrativas, no primeiro momento, por não conter informações suficientes. "Não temos um diagnóstico real e preciso. A equipe de transição permitiu alguns dados de informações importantes, mas ainda não temos o retrato completo da situação. No ponto das ações administrativas, nós só vamos nos pronunciar sobre medidas tão logo a gente tome conhecimento de toda a situação", comentou.

Postos de saúde e obras da Copa como primeiras medidas

Como anunciado anteriormente, Roberto Cláudio informou que a primeira medida do seu governo será uma visita aos postos de saúde da Capital, realizando algumas ações. "Na primeira semana de trabalho vamos fazer uma visita a todos os postos de saúde, acompanhado de ações como recuperação física, chamamento de servidores e profissionais da saúde, além de estoque de medicamentos para que os postos funcione bem. Também na primeira semana de trabalho vamos fazer uma força tarefa em relação as obras da copa e também dar os primeiros passos para a implementação do bilhete único", explicou. Para o primeiro semeste de 2013, Roberto Cláudio ainda lancará uma operação acordado com a secretaria de serviços públicos junto com as regionais, envolvendo trabalhos na iluminação, limpeza urbana, pavimentação e recuparação de praças.

Verba do antecipada do Ministério da Saúde

Em relação ao recurso antecipado do Ministério da Saúde na ordem de R$ 30 milhões, o futuro gestor do município, demonstrou receio. "Bem, é um recurso carimbado no fundo nacional e deveria está pagando serviços de médio e alta complexidade. Fui informado que está sendo pago serviços de saúde. O dinheiro não é para pagar alguns serviços de saúde. Ele é carimbado para pagar serviços de médio e alta complexidade. Qualquer disvirtuação de uso desse recurso é complicado porque a dívida com esses fornecedores acaba ficando para o próximo ano. O recurso entrou antecipado e me parece que o uso não é exatamente o previsto pelo Ministério da Saúde. Vamos aguardar para ver o que aconteceu e depois nos pronunciaremos com mais clareza", comentou.

Socorro Martins, nomeada secretária de Saúde, falou das dificuldades que encontrará na pasta.
Foto: Lucas de Menezes

"A maior dificuldade que vamos encontrar é na questão da rede de assistência. Precisamos reorganizar, mobilizar todos os funcionários, além da estrutura da unidades de saúde. Muitas estão sucateadas, sem condições ideais para um bom atendimento. Vamos ter uma visão de gestão, porque o município tem que ser focado em resultados e metas, com planejamento e monitoramento. Temos que servir bem o nosso usuário, nosso paciente, porque ele é a existência maior do nosso trabalho e é pra ele que vamos trabalhar", explicou.

Os futuros secretários ouviram do prefeito eleito, a forma de trabalho que seguirá nos próximos 4 anos.

"Eu deixei bem claro para os secretários que briga por espaços, duplicação de funções por falta de diálogo é contra o interesse público. É muito importante que haja uma verdadeira integração, as grandes ações de Fortaleza são intersetoriais. E elas só andam bem e rápido quando há um diálogo facilitado, compartilhamento de atividades e quando se trabalha em grupo. Tanto a integração de ações como planejanemto devam ser principios norteadores da nossa gestão", explicou Roberto Cláudio, afirmando que o segundo escalão ainda está sendo discutido e que a partir do dia 2 de janeiro nomes poderão surgir", concluiu Roberto Cláudio.

Foto: Lucas de Menezes
Portal Verdes Mares

 

Rio Salgado continua degradado


Mais um ano termina sem que o problema de degradação do Rio Salgado tenha sido enfrentado. Pelo contrário, agravou-se nos últimos anos. Sem investimento em obras de saneamento básico, dezenas de cidades continuam despejando esgotos em seu leito, além de entulho e lixo jogados por moradores de centros urbanos e vilas rurais. O Rio Salgado será o principal canal de escoamento no Ceará das águas oriundas da transposição do Rio São Francisco.

Sem investimento em obras de saneamento básico, dezenas de cidades continuam despejando esgotos em seu leito, além de entulho e lixo. O professor João José Anselmo dos Santos, agrônomo, e coordenador do Centro de Vocação Tecnológica (CVT) de Icó, acompanha desde 2008 os agravos da situação de degradação do Rio Salgado, a partir de expedições documentadas em fotos e relatórios técnicos. "Neste mês, voltei ao mesmo local onde tirei fotos em 2008 e a realidade é de extrema preocupação. O que se ver é uma verdadeira rampa de lixo as margens do rio".

Em junho passado foi lançada uma campanha na Internet de ´Salve o Rio Salgado´. Por meio de petição on line, os internautas podem acessar a página e assinar o termo que será encaminhado para as autoridades como forma de pressionar os governantes a adotarem providências concretas em defesa do rio. O trabalho do professor João Anselmo começou há exatos quatro anos a partir da realização de uma trilha ecológica, realizada ao longo de 15km no leito seco do rio. O grupo na época saiu do encontro com o Rio Jaguaribe até a Ponte Rodoviária Piquet Carneiro, na zona urbana do município de Icó. A expedição comprovou que na época já era grande o nível de degradação ambiental: desmatamento das margens, assoreamento de alguns trechos, lançamento de esgoto e grande volume de resíduos depositados no leito do mesmo.

O problema referente aos resíduos ficou mais evidente na zona urbana. "O que me chamou mais a atenção foi o volume de entulho de construção jogado às margens", disse. "Essa ação, na época, era fruto da atividade dos caçambeiros e carroceiros que retirava areia do leito do rio". Observou-se que quase sempre a retirada de areia era associada à colocação de entulho, pois alguns dos caçambeiros aproveitavam a viagem para levar o entulho e retirar a areia do rio. Segundo fiscalização de agentes do escritório regional do Ibama, na cidade de Iguatu, a extração de areia ocorreu sem licença ambiental de operação e em locais proibidos, sem licença, próximo às margens, encostas e sob a Ponte Piquet Carneiro.

A expedição do professor João Anselmo constatou um fato preocupante: o despejo de vasilhames de agrotóxico. "Isso ocorreu e continua a ocorrer porque lotes explorados com atividade agrícola ficam próximos ao rio", disse. "Os produtores rurais lançam tudo que considera lixo em seu leito". Os agricultores revelaram despreparo para manusear os agrotóxicos e falta de consciência sobre o risco para a saúde de pessoas, animais e para a degradação ambiental. "Essa é uma triste realidade", observou o professor. "O poder público municipal precisa conscientizar os agricultores e oferecer postos de coleta para esse material".

Em outubro de 2011, durante a realização de uma expedição com alunos de escolas públicas a um trecho do Rio Salgado, a conhecida Prainha do Salgado, ficou constatada que a situação piorou. "Na ocasião, foi realizada uma coleta de lixo e dentre os vários tipos de resíduos foi encontrado lixo hospitalar", afirmou. "Infelizmente, o quadro vem se agravando". Já neste ano, o professor constatou que o Rio Salgado permanece sofrendo degradação. "Em janeiro de 2012, fomos até a Lagoa de Estabilização de Esgoto do município, localizada na margem, e o leito do rio, recebe constantemente os resíduos oriundos da decantação do esgoto", observou. "Há uma grande concentração de plantas aquáticas no local de água parada e animais pastando bem próximo". Em uma distância de apenas 60 metros havia uma bomba captando água para irrigar um plantio de bananeira. Segundo o agrônomo João Anselmo, a concentração de plantas aquáticas é resultado de um processo de eutrofização, caracterizado pelo crescimento da vegetação. A causa é o excesso de nutrientes, nitrogênio e fósforo. Diminuição do uso da água para recreação; eventuais mortes de peixes; mau cheiro; proliferação de mosquitos e insetos. A liberação de despejos domésticos em recursos hídricos empobrece o meio aquático de oxigênio e provoca a morte dos micro-organismos.

O Rio Salgado nasce no distrito de Lameiro, no pé da Serra do Araripe, no município do Crato, com o nome de Rio da Batateira. Sua bacia hidrográfica está espalhada por 23 municípios. Os que são banhados pelo rio são os seguintes: Icó, Cedro, Umari, Baixio, Ipaumirim, Várzea Alegre, Lavras da Mangabeira, Granjeiro, Aurora, Caririaçu, Barro, Juazeiro do Norte, Crato, Missão Velha, Barbalha, Jardim, Penaforte, Milagres, Abaiara, Mauriti, Brejo Santo, Porteiras e Jati, com uma população estimada em 850 mil pessoas. A degradação ocorre em todos estes.

O professor disse que vai continuar acompanhando a degradação do Rio Salgado em Icó, que dispõe de um Perímetro Irrigado. "É preciso a participação efetiva da gestão municipal, do Governo do Estado e dos moradores. Há necessidade de definição de uma política conjunta entre os municípios diretamente afetados pelo problema".

Mais informações:

CVT de Icó
Rua Professor Ilídio Sampaio,
Centro Histórico - Diário do Nordeste


Para você Refletir - Por Maria Otilia

 Desejamos a todos os leitores deste blog muitas bênçãos para o ano novo que se aproxima. Postamos  algumas mensagens do Profeta Gentileza , grande sábio e  que nos deixou  grandes ensinamentos através da sua obra. Leia e medite estas    frases , para começar um 2013 com muita sabedoria, bom senso, mais tolerância. Lembrando que a gratidão não é  um dom , mas  uma obrigação nossa de vivenciarmos a  cada dia  . 

  * “Nenhum gesto de gentileza, por menor que seja, é perdido”

* “A verdadeira gentileza é perfeito conforto e liberdade. Ela simplesmente consiste em tratar os outros exatamente como você adoraria ser tratado”

* “Nunca ofendas verbalmente o teu inimigo. Dói muito mais uma gentileza vociferada do que uma ofensa impensada”

* “Três coisas agradam a todo o mundo: gentileza, frugalidade e humildade. Pois os gentis podem ser corajosos, os frugais podem ser liberais e os humildes podem ser condutores de homens”

* “Não tente procurar um inimigo, muitas vezes você é o seu próprio inimigo”

* “Onde houver gentileza, haverá sempre um gesto que surpreenda. Amor se esconde nas coisas pequenas. E a amizade, nas atitudes que refletem maiores que a presença”

* “Nunca é cedo para uma gentileza, porque nunca se sabe quando poderá ser tarde demais”

* “Culpamos as pessoas das quais não gostamos pelas gentilezas que nos demonstram”

* “Gentileza é, em tese, o que todas as mulheres procuram nos homens. Mas na prática, homens, não exagerem na dose, pois elas vão enjoar de vocês”

* “Assim como o sol derrete o gelo, a gentileza evapora mal entendidos, desconfianças e hostilidade”

* “Gentileza gera gentileza”

* “A gentileza é a essência do ser humano. Quem não é suficientemente gentil não é suficientemente humano”

* “Podemos nos defender de um ataque, mas somos indefesos a um elogio”

* “Quem recebe um favor nunca deve esquecer; quem faz nunca deve lembrar”

* “Viva com simplicidade. Ame generosamente. Cuide-se intensamente. Fale com gentileza. E, principalmente, não reclame. Se preocupe em agradecer pelo que você é, e por tudo o que tem! E deixe o restante com Deus”

Palavras gentis podem ser curtas e fáceis de falar, mas os seus ecos são efetivamente infinitos.

Aprendi silêncio com os falantes, tolerância com os intolerantes, e gentileza com os rudes ; ainda, estranho, sou ingrato a esses professores.

As grandes oportunidades de nossas vidas são geradas por uma coisa sem despesa: a gentileza

O silêncio é a gentileza do perdão... Que se cala, e espera o tempo. Por isso é uma poderosa ferramenta para construir e manter a paz...

É espantoso como a gentileza das pessoas para com você aumenta quando você é rico.

Um tratamento gentil e respeitoso em geral desarma até os mais duros corações. etc.

Edições Anteriores:

Outubro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31