xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 16/12/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

16 dezembro 2012

Aeroporto Príncipe Ribamar da Beira Fresca


Aos loucos um sonho.

Bem que Juazeiro poderia fazer essa homenagem merecida, a aquele que deu asas a criatividade através da loucura, e seu Pavão Misterioso entrou para a memória do cotidiano popular.

O Príncipe Ribamar

José Wilker

(extraído da Revista Globo Rural, 1995, e republicado na edição 85 do JuaOnline, de 7 de janeiro de 2007)

Imagine uma pequena cidade do interior do Ceará aí pelos primeiros anos da década de cinquenta. Imagine Juazeiro do Norte nessa época. Aconteceu lá isso que vou contar. Pode ser que não tenha sido assim, mas é assim que eu me lembro e é assim que eu conto.

Havia lá um príncipe que se chamava Ribamar. Sempre vestido em seu traje de gala, todas as condecorações derramadas no peito, a solenidade atrapalhada pelas sandálias de dedo e um chapéu-coco. Com chuva ou com sol, ele descia a Rua Grande de Juazeiro todas as tardes, vindo de lugar nenhum e indo para nenhum lugar. Debaixo de um guarda-chuva branco, ele passeava sua solidão. É que o príncipe era noivo. A noiva morava num lugar distante, do outro lado do Oceano Atlântico. A viagem era uma aventura e ela demorava a chegar. O navio em que ela vinha, ele contava, enfrentando piratas, dragões, sereias e a inveja de outros príncipes preteridos, tardava, mas o amor era imenso e o mar pequeno. Ela, estava escrito, um dia chegaria.

Conheci o príncipe já perto dos anos 70 e, diziam, desde jovem ele esperava. A quem lhe perguntasse ou duvidasse, ele exibia as apaixonadas cartas de amor que ela escrevia e, para os mais incrédulos, o seu retrato. Com dedicatória: ao príncipe do meu coração, todo o amor da sua Gioconda da Vinci. O príncipe Ribamar era noivo da Gioconda, de Leonardo da Vinci.

Para muitos, o príncipe era maluco, um pobre coitado com o cérebro derretido pelo sol do sertão. Riam dele, roubavam e escondiam o retrato da Gioconda. Nestes momentos, o príncipe se imobilizava, uma explosão de dor o congelava. Eu me lembro dele, assim privado da sua amada, feito uma estátua no meio da praça. Parecia tão triste e ausente de si que, eu juro, flutuava a meio metro do chão, pendurado no guarda-chuva branco. Quando uma alma boa lhe devolvia seu bem mais precioso, a felicidade saltava dos seus olhos como um raio na tempestade. Talvez ele fosse realmente louco. Mas uma loucura que fazia nascer uma tal felicidade e uma felicidade que vinha de um amor tão grande me deixavam na dúvida.

E, um dia, a dúvida se dissipou. Cansado do descrédito e do deboche em relação ao seu noivado, ele decidiu apressar seu encontro com a noiva. Chega de navios, ela viajará por via aérea. Para uma plateia de invejosos, ele leu o telegrama: “embarco hoje Roma-Juazeiro vg via Panair do Brasil pt amor pt Gioconda da Vinci”. Depois de um silêncio cheio de ironias, alguém perguntou: e o avião desce onde? Foi quando o príncipe resolveu construir um aeroporto. Depois de um tempo lutando para conseguir adesões, argumentando com uns e com outros para que lhe ajudassem a preparar o terreno, montou uma pequena tropa de trabalhadores e começou a construção. Havia quem trabalhasse apenas por farra, mas o príncipe não tentou enganar ninguém. Todos seriam pagos. Afinal, trazia na sua bagagem o tesouro do seu dote. Ribamar, sem nenhuma ambição material, todo amor, prometia dividir aqueles bens entre o que o ajudaram.

Um belo dia, o aeroporto ficou pronto. Ou melhor, uma longa clareira aberta no Vale do Cariri, delimitada de um lado por um jardim plantado com capricho e, de outro, por um pomar onde faziam sombra juazeiros e mangueiras. E Ribamar esperou com seus companheiros. Os dias se passaram, os companheiros se foram e ele continuou esperando, só. Não sei quanto tempo ele esperou. Na cidade, ninguém mais falava ou lembrava dele. De repente, num domingo de sol nordestino, Ribamar reapareceu. Todo de branco, com aquele ar de quem viu Deus, dirigiu-se para a Matriz de Nossa Senhora das Dores, ajoelhou-se diante do altar e esperou. Aparentemente ia se casar. Ninguém se preocupou com ele. Foi esquecido e lá dormiu. Na manhã seguinte segurando um buquê, caminhava de volta para sua casa, que ninguém sabia onde era. Depois desse dia, não o vi mais. Minha família mudou-se para Recife e, durante muito tempo, Juazeiro era uma lembrança, nada mais. Nunca mais soube do Ribamar. Entretanto, o atual aeroporto de Juazeiro do Norte, trazido pelo progresso, foi construído sobre o terreno aberto por Ribamar para a chegada da sua Gioconda. Eu acho que, por justiça, deveria ser chamado de Aeroporto Príncipe Ribamar.

José Wilker, 1995
Postado por Elmano Rodrigues
 

Castelão e Hospital da Mulher atraem Dilma, Cid e Luizianne


Mesmo sem estar com 100% das obras concluídas, o Castelão é o primeiro estádio brasileiro pronta para Copa do Mundo de 2014. 
 
O domingo é de grande movimentação política em Fortaleza com a visita da presidente Dilma Rousseff para inaugurar, ao lado do governador Cid Gomes, o Estádio Castelão. Ao lado da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), Dilma conhece o Hospital da Mulher, uma das maiores obras da administração petista.

O estádio, que ganha a denominação de Arena Castelão, ainda não tem todas as obras concluídas, mas o Governo do Estado decidiu inaugurá-lo como primeiro estádio brasileiro entregue para os jogos da Copa das Confederações em 2013 e da Copa do Mundo em 2014. Moderno, com nova arquitetura e infraestrutura nas áreas próximas ao estádio, o Castelão é a primeira praça no Brasil a a ser inaugurada para receber os jogos dos maiores eventos da nova década. Com a festa, Cid tem a primazia de dizer que é o primeiro governador a inaugurar um estádio para a Copa, antecipando-se aos demais governos estaduais.

O cenário não é apenas administrativo, mas, também, político. Cid tem procurado se inserir mais no contexto nacional com olhos voltados a 2014 e 2018 e, ao lado do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, disputa espaços e se aproxima mais da presidente Dilma Rousseff. Campos é um dos convidados da festa. A presidente Dilma Rousseff agendou a inauguração do Castelão, mas não esqueceu dos aliados e aceitou o convite da prefeita Luizianne Lins para visitar o Hospital da Mulher. Durante a campanha eleitoral, com o embate entre PT x PSB, Dilma ficou longe da campanha pela disputa da prefeitura de Fortaleza.

Fragilizada e isolada, Luizianne Lins tem, neste domingo, a sua maior aparição pública após a derrota nas eleições municipais. Com essa visita da presidente Dilma, Luizianne busca apoio para encerrar o mandato com palavras e elogios de uma das maiores expressões do PT.

Ceará Agora
 

Vice-presidência gasta R$ 7,9 mil para banhar em prata peças de copa e cozinha


NE - Tá sobrando dinheiro ?

Perto do Natal, as atenções nas casas se voltam para as árvores repletas de presentes e para a mesa que abrigará a ceia que comemora a data. Pelo menos com a apresentação da mesa a vice-presidência da República não precisará se preocupar. A Pasta empenhou R$ 7,9 mil para serviços de banho de prata em materiais de copa e cozinha do Palácio Jaburu. Ao todo, 386 peças devem ser restauradas.

A Secretaria de Administração da Presidência da República também aproveitou o espírito natalino e encheu o carrinho de compras. Talvez de olho na ceia, a Pasta reservou R$ 6,1 mil para a compra de 10 frigobares e R$ 2,5 mil para a compra de fogão à gás, do tipo residencial, com quatro bocas e forno duplo.
 
Site Contas Abertas

Algumas Manchetes da Semana


Começamos um novo quadro neste domingo, 16 de dezembro de 2012, que é trazer o que foi destaque na semana que passou para o topo do Blog. Além delas, também as principais notícias deste Domingo. Na segunda-feira, o Blog retorna à sua forma normal. Compreendo que essa é uma forma interessante de fazer com que muitas pessoas que perderam as edições da semana, possam acompanhar as notícias que foram destaque.

Tenham um Bom Domingo

- Obra do Rei do Baião vira ´Concerto para Gonzaga´

- Procurador Luiz Alcântara não descarta a possibilidade de afastamento de prefeitos e outros gestores e até prisão

- Atirador mata 26 e morre em escola infantil em Connecticut, nos EUA

- ALÔ COELCE - TÓPICO EXCLUSIVO PARA RECLAMAÇÕES À COELCE

- Gestores buscam implantar planos de saneamento

- Documentos de Valério incriminando Lula são entregues ao Ministério Público

- O CRATO em FOTOS - Dia 13 de Dezembro de 2012 - Fotos: Dihelson Mendonça

- COELCE envia nota ao Blog informando ter resolvido problema na Travessa Ida Bilhar, em Crato

- CRATO - Hildelito Parente é empossado no Instituto Cultural do Cariri

- Dois jovens morrem no trânsito e outro, vítima de homicídio na região do Cariri

- Violência contra as mulheres choca a sociedade caririense - Por: Wilson Rodrigues

- Palestras, lançamentos e show com a Orquestra Eleazar de Carvalho, em Crato, homenageiam os cem anos de Gonzagão

- COELCE envia Nota ao Blog do Crato sobre problema na Rua Antonio Xenofonte

- Raul Lampião ( Lampiseixas ) agradece à população do Crato que votou nele na última eleição

- O Crato em Fotos - CLIQUE PARA AMPLIAR - Dia 12 de Dezembro de 2012

- Asteroide perigoso passa perto da terra hoje, 12 de dezembro

- Morador do Crato tem carro do ´Rei do Baião´

- Pouco a pouco, os camelôs e a desordem retornam ao Centro do Crato

- CRATO - População que destrói o seu próprio patrimônio ! - Por: Dihelson Mendonça

- O que é melhor pra cidade ? Mudar um problema que acontece uma vez no ano, ou um que existe todo dia ?

- Alô, COELCE. Rua Monsenhor Assis Feitosa às escuras em Crato !

- Governador Cid Gomes faz panfletagem nas ruas de Fortaleza

- Automóvel mergulha no Canal do Rio Grangeiro em Crato

- Funceme divulga em janeiro quadra chuvosa de 2013 no Ceará

- Governador e ministro das Cidades assinam maior contrato de habitação do Nordeste 

- Chuvas já registradas no mês provocam estragos no Crato


Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com


O VERDADEIRO NATAL QUE DEUS ESPERA DE NÓS - Por: Wilson Rodrigues


A santa palavra de Deus ( Bíblia Sagrada ) não especifica o dia exato que nasceu Jesus. O 25 de dezembro foi a data escolhida pelo homem para lembrar o nascimento de Cristo. Para o verdadeiro cristão pouco importa a data, o importante é que Jesus é, foi e será sempre uma realidade e que devemos deixá-lo nascer em nossos corações todos os dias e assim ser lembrado, reverenciado e não apenas em um só dia do ano. Aliás, o natal que a humanidade conhece o Papai Noel é muito mais adorado e reverenciado do que o próprio aniversariante (Jesus ). Ganhar dinheiro e se dar bem usando a data fictícia do nascimento de Cristo, parece ser esta a principal proposta do homem porque, do ponto de vista espiritual, estamos longe de entender e absorver a importância da existência de Jesus. 

O triste de tudo isto é a gente ver algumas religiões, ditas cristãs, aceitarem com naturalidade as manifestações populares, inclusive persuadindo nossas crianças sobre a divindade de Papai Noel. Sobre 25 de dezembro é bom esclarecer o seguinte: quando Jesus nasceu o mundo estava sob o domínio romano e, no primeiro dia da semana era adorado o “Sol Invicto”. Nesta ocasião era realizada uma festa pagã de adoração ao astro sol, que representava para eles uma divindade e assim a data foi oficializada como o dia do nascimento de Jesus. O natal deve sempre existir dentro de nós. 

Devemos agradecer a Deus por nos ter mandado Jesus e este fato não devemos apenas comemorá-lo e sim, considerá-lo que ele representa a celebração da salvação. Ao invés de estarmos preocupados em distribuir presentes, vamos presentear Jesus Cristo usando as formas mais simples que o próprio Jesus nos ensinou. Que tal sermos menos invejosos, soberbos, violentos, falsos, avarentos. Que tal esquecermos mais de nós mesmos e praticarmos a justiça, a fidelidade e o respeito para com o próximo? 

No dia que deixarmos Jesus nascer verdadeiramente em nossos corações, veremos e sentiremos o significado do verdadeiro natal que é o encontro da gloria invisível de Deus com a nossa existência, tudo porque Jesus foi homem como nós, tendo nascido num mundo perdido e com ele aconteceu exatamente o mesmo que ocorre a milhões de pessoas nos dias atuais. As luzes coloridas e os presentes caríssimos retratam apenas a tradição exterior do homem. A festa verdadeira do natal acontece dentro de nós mesmos, quando decidirmos pelo encontro verdadeiro com Jesus e por meio disso ocorrer uma mudança no rumo de nossas vidas.

Por: Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30