xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 15/09/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

15 setembro 2012

Tudofel: A garota mais linda da rua

Tudofel: A garota mais linda da rua: Creio que todos os homens têm bem nítida na memória a imagem indelével de uma mulher. Pode ser a própria mãe, e geralmente o é. Pode se...

VÍDEO e ÁUDIO DO DEBATE do Dia 14 de Setembro


Pessoal, várias pessoas estão solicitando o áudio e o vídeo do debate que transmitimos e gravamos ontem via internet. Gravei o o áudio e o vídeo também. A questão de não haver publicado ainda é que acabei de entrar em contato com um advogado amigo nosso, para saber pela legislação eleitoral, se pode distribuir esse audio e esse vídeo para quem quiser, e se eu posso pelo menos colocar num link para clicar e ouvir. A justiça eleitoral no Brasil tem umas leis estranhas, e às vezes a gente faz uma coisa na melhor ds intenções e pode levar trave, multas, etc. Vamos aguardar o que ele tem a dizer, ok ? De qualquer forma, está aqui a gravação, assim, que liberar, a gente pode disponibilizar, agora o vídeo total tem umas 3 horas, nem sei como seria para botar tanto tempo de víeo no Youtube, teria que dividir em várias partes primeiro. Já o áudio fica mais fácil disponibilizar, mas somente consultando os advogados. Agradeço a compreensão. AO PESSOAL QUE ESTÁ PEDINDO O VÍDEO DO DEBATE DO DIA 14.
Comentários:

Diego Lima: Estou no aguardo Dihelson Mendonça, qualquer coisa me avisa

Micaelce Santana: Parabéns pela iniciativa.No Brasil, a legislação eleitoral só não é estranha quando se trata de acobertar políticos desonestos.
 
Dihelson Mendonça: Micaelce Santana disse TUDOOOO !!! Verdade mesmo, um de nós pode pagar multa de 21.000 reais por colocar um programa no ar, enquanto isso os mensaleiros que roubaram bilhões estão soltos e endinheirados.
 
Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com
Há 7 Anos, o Crato na Internet
 

Debate é realizado na Associação Comercial com a presença de todos os candidatos a prefeito do Crato




"A PAZ É POSSÍVEL, QUANDO AS PESSOAS SE RESPEITAM"

Aconteceu na tarde de ontem ( 14 ) no auditório da Associação Comercial e Empresarial do Crato, mais um debate, desta vez, contando com a presença de todos os candidatos a prefeito da cidade do Crato para as próximas eleições. O evento foi dividido em dois grandes blocos, sendo o primeiro voltado às questões ambientais, que contou com pequenas palestras sobre a importância da preservação do meio ambiente proferidas por Dr. William Brito, Dr. Nivaldo Soares e Dr. Iarley Brito. Em seguida, os candidatos foram convidados a responder às perguntas relativas ao tema.

O debate foi dirigido pelo ambientalista Ed. Alencar e teve como mediador o radialista Lucion Oliveira, que procurou antes de tudo, cumprir as regras. Todo o evento foi transmitido ao vivo pelo Blog do Crato, através da webradio Chapada do Araripe, sendo ainda, gravado em áudio e vídeo. Os candidatos Cícero França e Ronaldo Gomes de Matos também levaram seus próprios cinegrafistas, que registraram todo o evento.

Tudo transcorria num ambiente de respeito e seriedade, até que com a chegada de alguns militantes mais fervorosos, começou-se a fazer torcidas organizadas, com aplausos e vaias a cada uma das respostas dos candidatos, o que foi combatido pelo mediador, pois segundo as regras, não era permitido esse tipo de manifestação. Independente dos inúmeros pedidos para que as "torcidas" se acalmassem, estas iniciaram uma escalada cada mais mais preocupante e perturbadora, chegando ao ponto de inviabilizar o debate. O radialista Lucion Oliveira teve que interromper temporariamente e chamar as coordenações de cada candidato para pedir providências. Após alguns minutos, o debate foi reiniciado, entretanto, quando o candidato Cícero França em sua fala abordou o tema de uma reportagem do Jornal do Cariri, em que cita o TCM e o empresário Ronaldo, o clima ficou tenso, e novamente as torcidas agiram com mais intensidade. Temendo o pior, ou seja, uma briga generalizada ( segundo nos informou em entrevista posterior ), o mediador resolveu finalizar o debate na metade, quando os temas livres ainda começavam a ser debatidos. 

CÁ PRA NÓS

Falando agora como eu gosto de falar, sem a "frescura" da linguagem jornalística, no geral, o debate foi muito bom. A idéia do ambientalista Ed. Alencar de fazer um encontro ressaltando as questões ambientais numa cidade como o Crato, foi maravilhosa. O que ele não contava era com a tremenda falta de educação do povo, que mais uma vez demonstrou mais FANATISMO do que comprometimento, e isso eu não me refiro a qualquer candidatura em especial, mas a todas. Eu estava lá, eu gravei em vídeo, e é possível ver claramente a escalada de alguns em tentar tumultuar o debate, e de formas totalmente antidemocráticas, procurar a briga, a provocação e o desentendimento. É preciso que a sociedade cratense amadureça, e possa compreender que DEBATE é coisa séria. Há poucos dias ouvi até de um professor renomado da cidade, porém não muito politizado, que não ia a debate porque lhe parecia briga de gladiadores. Na verdade, essa idéia equivocada é antidemocrática. O problema é que alguns confundem DEBATE com EMBATE e COMBATE. E são 3 coisas totalmente diferentes. Com as hostilidades do final, em que alguns foram às ruas, e soubemos que houve até briga, fica comprovado que Crato está hoje longe de um amadurecimento político. Enquanto imperar a paixão sobre a razão, o Fanatismo sobre a Ética, as pilhérias sobre a seriedade, não teremos uma eleição cuja base deveria ser a RAZÃO, as PROPOSTAS e a SERIEDADE.

Quero parabenizar ao Ed. Alencar, que imbuído das melhores razões possíveis, procurou dar esse presente à sociedade cratense, custeando do seu próprio bolso todas as despesas com o debate ( e ele é um cara que não tem muitas condições para isso ), chegando a trazer de sua residência as taças utilizadas para a água às equipes. Parabéns também ao Francildo, parabéns ao Lucion, parabéns  a todos os envolvidos na realização do evento em si. Isso é indiscutível. Muitas coisas proveitosas também foram colhidas, compromissos ambientais foram assinados, entretanto, poderíamos termos ido muito mais longe, avançado mais, se algumas pessoas que ali estavam, compreendessem o significado de uma palavra simples, que deve vir do berço, que não é todo mundo que tem, mas que com certeza, faz toda a diferença do mundo, e se chama EDUCAÇÃO.

Por: Dihelson Mendonça

COBERTURA FOTOGRÁFICA


Acima: Debate entre os candidatos à prefeitura do Crato na Associação Comercial


Desta feita, todos os candidatos compareceram





Acima, o organizador do debate, ambientalista Ed. Alencar conversa com o vice-prefeito Raimundo Bezerra Filho


O debate começou com 3 pequenas palestras proferidas pelos ambientalistas William Brito, Nivaldo Soares e Yarlei Brito.


Na foto acima, Dr. Yarlei Brito


A platéia numerosa, lotou o auditório da Associação Comercial e Empresarial do Crato


Acima: Dr. William Brito, cujo discurso sobre o meio ambiente foi bastante aplaudido


Parte do Público presente. Lá fora, a rua tristão Gonçalves estava tomada de pessoas querendo entrar.



O Mediador do Debate, Radialista Lucion Oliveira, que agiu com muita imparcialidade e seriedade


Acima, o candidato pelo PV, Cícero França

 
Acima, o candidato pelo PSB, Dep. Sineval Roque


Acima, o candidato pelo partido dos trabalhadores ( PT ), Dr. Marcos Cunha


Acima, o candidato pelo PMDB, Ronaldo Gomes de Mattos




Acima, foto de um dos documentos apresentados pelo candidato Ronaldo


Fotos: Dihelson Mendonça
www.blogdocrato.com
Há 7 Anos, o Crato na Internet

Retribuição de Gentileza - Por: Dihelson Mendonça


Ontem, após a extensa jornada que foi o debate ocorido no auditório da Associação Comercial do Crato, já íamos nos dirigindo às nossas residências, quando eu e o meu amigo Antonio Sávio passávamos ali na esquina da Rua da vala com a Av. Duque de Caxias, quando fomos gentilmente convidados pelo Rivaildon e pelo Neudes ( Capitão ) para bater um papo e tomar um refrigerante. É sempre um desafio agradável quando pessoas de ideologias diferentes se encontram para manter um diálogo de alto nível. 

Conheço o Rivaildon há muito tempo, tanto que nem me lembro de quando nos conhecemos, na verdade, provavelmente numa daquelas muitas recepções e jantares que eu costumava tocar nos anos 90. Ainda não conhecia o Neudes até ontem, a quem fui apresentado, e na verdade,  foi ele que nos convidou, dizendo uma frase super engraçada, "Foi o Dihelson que trocou os microfones...", nisso caímos todos na risada, e iniciou-se uma conversa muito amistosa em que discutimos como cidadãos os problemas do Crato, e suas possíveis soluções.

O Rivaildon não se cansava de tecer elogios à minha capacidade enquanto profissional de imprensa e ao desempenho lá no debate, ( Ele é leitor assíduo do Blog do Crato ) quando realizamos ao mesmo tempo, a transmissão ao vivo através da WebRadio Chapada do Araripe, Site Blog do Crato e mais de 50 outros sites que fazem parte da Rede Blogs do Ceará. Foi um feito inédito para as comunicações via internet do Ceará, pois ontem também se iniciou o nosso sistema de Rádio para Smartphones, Tablets ( IPADs, Samsung Galaxy TAB e outros aparelhos ).

A empolgação do pessoal foi tanta, que eles me fizeram um convite para ir naquele instante até o palanque do candidato Ronaldo, pois queriam o meu apoio ao Ronaldo. A Josane Garcia, nossa grande amiga de longas jornadas, disse que iria até anunciar no comício que eu estava com eles, me arrastando pelo braço, mas ainda não foi dessa vez, Jô.

De qualquer forma, gostaria aqui de agradecer imensamente a gentileza das pessoas que fazem parte da chefia da campanha do Ronaldo 15, que sempre me tratam com todo respeito, não só à pessoa, mas ao profissional, quando fazem referência ao Jornalista, ao Músico, ao Fotógrafo, às profissões que eu exerço, e à minha dedicação à cidade do Crato. Ete tipo de valorização do profissional é muito importante, com grandes idéias, como por exemplo, como colocar para funcionar o Centro Cultural do Araripe, magnífico projeto do atual Prefeito Samuel Araripe, mas que ao meu ver, está sub-utilizado. Nisto e em vários outros pontos concordamos, que é preciso uma maior dedicação a resolver os inúmeros buracos do Crato, A questão do Mercado Wilson Roriz, cujas fotos foram publicadas ontem no facebook por um colega e mostram que há muito ainda para ser feito. 

Aqui no Blog do Crato, desde o início do ano, tomamos um atitude de que não iríamos nos envolver com essas eleições, não publicamos uma só nota política, de agenda de candidatos, etc, por respeito que eu tenho aos meus eleitores, que torcem por "times" diferentes. Por isso não se vê aqui as agendas de ninguém, ou quaisquer denúncias, ainda que outros veículos a publiquem. As nossas opções pessoais ficam reservadas para nossos perfis no Facebook, onde lá, SIM, é livre à manifestação do pensamento. Considero que o Blog do Crato não é minha propriedade, e sim, da cidade, e para isto, mudamos MUITO o estilo, as atitudes, a linha editorial de 1 ano para cá.

Gostaria, portanto de agradecer a gentileza do Rivaildon, do Neudes, da Josane Garcia e de outras pessoas que lá estiveram, num ambiente de Paz, de cordialidade, em que fui convidado.  Agradeço também a Josane Garcia pelo convite a subir no palanque do Ronaldo, como subiria em qualquer palanque, até porque a IMPRENSA tem passe livre para documentar, e eu iria sem qualquer constrangimento, pois levaria comigo o meu compromisso para com a cidade do Crato.  Mas enfim, eu quero aproveitar o espaço para dizer que não tenho nada contra a pessoa do Ronaldo, que foi meu colega de classe, no Colégio Diocesano, algumas críticas que eu possa fazer no Facebook são críticas ao modelo político e não à pessoa em si. Eu não ataco pessoas, nem a honra delas. Isto não é do meu feitio. 

O que posso dizer é que o desejo ao Ronaldo Gomes de Mattos e a sua equipe, caso seja eleito no dia 07 de Outubro, é que olhe mais para o nosso Crato, que procure solucionar os erros que tentamos resolver nesta gestão e não conseguimos, que tentem resolver o problema do Vulcão do Seminário, o probelma do Camelódromo, do Aterro Sanitário, do Centro de Convenções, da Etrada de Santa Fé, do calçamento do Parque grangeiro, do calçamento dos distritos, da construção de 5 avenidas de entorno do Crato, nascendo lá do Centro de Convenções, por dentro, para o Parque Grangeiro, isso criaria novos bairros na cidade, valorizando áreas em que hoje é apenas mato. Que incorporem ao seu projeto de governo o projeto do PRU atual, que transforma a nossa Expocrato numa espécie de Central Park, de área verde da cidade, com pista de cooper, com reflorestamento, com um projeto arquitetônico, que criem a agenda permanente, anual de eventos para ocupar todos os dias, ou toda semana a RFFSA de Shows, de Concertos, de apresentações, exposições de arte, enfim, que cuide mais da nossa cidade. Isso eu peço a todos os candidatos.

Quanto a subir no palanque, isso é menos importante. O importante é se numa possível gestão do Ronaldo, a voz dos artistas finalmente será levada em consideração, se seremos chamados a contribuir para a construção do projeto cultural e artístico da cidade. Quanto a isso, em qualquer governo que se proponha a fazer o que tem de ser feito para o Crato, poderá sempre contar com a minha contribuição em projetos e idéias, até porque todas as diferenças políticas e ideológicas só existem até o dia 07 de outubro. Depois das eleições, vença quem vencer, o novo prefeito será o governante de TODOS os Cratenses, e não apenas daqueles que votaram neste ou naquele. Nisto eu insisto, para que a democracia seja respeitada, a pluralidade de idéias, as críticas construtivas, e que nunca haja PERSEGUIÇÕES às pessoas das outras candidaturas após o pleito. Que somemos forças para a construção de uma grande cidade, de uma sociedade justa, com projetos factíveis, reais, de desenvolvimento sustentável e com a melhoria de vida para a população. Todos os que assim pensarem assim, meu prezado Rivaildon, Josane Garcia, e Neudes, contam o meu apoio se quiserem REALMENTE trabalhar pelo Crato de verdade, de projetos e de realizações, pois eu defendo a minha cidade, antes de tudo.

Agradeço pela noite agradável, a gentileza, e a simpatia de todos.
É bom saber que as eleições passam, mas o respeito e a consideração das pessoas, continua.
Rivaildon, e digo mais: "É uma pena que nem todos os militantes possuem essa devida educação para saber tratar as pessos e os profissionais". O que tenho enfrentado por parte de algumas militâncias de candidatos não está de acordo com os princípios da educação e da gentileza" .

Dihelson Mendonça

NUMERO DE VEICULOS CIRCULANTES NO CARIRI JÁ SUPERA CAPACIDADE DA TRAFEGABILIDADE URBANA


Cariri vende 30 veículos por dia!

Estima-se que a media diária de venda de veículos automotores no Cariri é de 30 unidades, sendo 12 automóveis e 18 motos e motonetas. Segundo dados do Departamento Nacional de Transito ( DENATRAN ), só em Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, até julho de 2012, o numero chegou a 121 mil 418 veículos licenciados e em circulação, sem contar com os que vêm de outras cidades dos estados vizinhos para visitação ao comercio e turismo da região. É impressionante o crescimento diário da frota nas três principais cidades caririenses. Ainda segundo o DENATRAN, no município do Crato, em fevereiro de 2012 a frota municipal era de 32 mil 347 unidades circulantes e no ultimo mês de julho esse numero subiu para 33 mil 504. Um aumento de um mil 157 veículos, 3,5 % em apenas seis meses. No mesmo período em Juazeiro do Norte a frota foi acrescida em 4,8 %, passando de 73 mil 202 em fevereiro deste ano para 76 mil 885 carros, motos e motonetas até o ultimo mês de julho. Um adicional de 3 mil 683 unidades. Entre fevereiro a julho de 2012, a frota de veículos automotores que mais cresceu no CRAJUBAR foi a de Barbalha, 5,3 %, passando de 10 mil 940 unidades no inicio do ano para 11 mil 549 até o sétimo mês de 2012. Segundo o Departamento Nacional de Transito, nos primeiros seis meses de 2012, a frota de veículos automotores no triangulo CRAJUBAR aumentou 4,5 %, o equivalente a quase 200 novas unidades/dia.

O numero de veículos atualmente em circulação no Cariri está muito acima da capacidade de trafegabilidade das estradas, ruas e avenidas da região. Mas ainda é a falta de educação do motorista, a responsável pelos expressivos índices de acidentes no transito, segundo afirmou a instrutora do SEST/SENAT e do Departamento Municipal de Transito de Juazeiro do Norte, Gislayne Ronize Ribeiro que tem pesquisa sobre o assunto. Para ela, é possível mudar a cultura regional de desobediência a legislação de transito com a intensificação da fiscalização associada ao engajamento dos diversos segmentos da sociedade no processo educacional dos condutores. Sobre as condições de trafego das ruas e avenidas nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, ela disse que ainda não são dotadas de uma sinalização ideal, embora já se observe avanços na mudança desse perfil. Acredita que os poderes públicos responsáveis em manter as vias em perfeitas condições de trafegabilidade, terão que esboçar muitos esforços para adequá-las ao expressivo crescimento da frota  regional.

Para o diretor do Departamento Municipal de Transito do Crato, Francisco Praxedes dos Santos, o cidadão muito se preocupa em adquirir o veiculo e não em aprender e obedecer a legislação de transito. O resultado dessa negligencia está nos Centros Ortopédicos da Região, sempre cheios de vitimas de acidentes, principalmente com motos, disse Praxedes. Nas três principais cidades do Cariri é comum encontrar pessoas mutiladas, como é o caso do jovem Francisco Lima Mendes de 19 anos, residente no Bairro do Seminário no Crato que perdeu uma das pernas ao se acidentar com sua moto no Bairro Batateira. O comerciante Aloísio de Aquino Moreira de 40 anos, residente na casa 34 da Avenida J. Alves de Figueiredo fraturou as duas pernas quando capotou varias vezes com sua moto e já gastou 25 mil reais em cirurgias para evitar a amputação dos dois membros.

Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter
Colaborador do Blog do Crato e Chapada do Araripe

Rendimento do trabalho do cearense é o segundo pior do País


O cearense é famoso no Brasil inteiro como um povo que gosta de trabalhar. Porém, em seu próprio Estado, ele não é tão reconhecido assim, pelo menos, no que diz respeito à remuneração no emprego formal. É o que aponta a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF),  período 2008-2009. O levantamento foi divulgado, nesta sexta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O fraco desempenho do Ceará em relação aos demais estados da região o tirou da posição de terceiro maior rendimento médio familiar do trabalho na POF de 2002-2003, no Nordeste, com R$ 690,39, para o segundo mais baixo do Brasil, em 2008-2009, com R$ 860,39. De acordo com o estudo, em seis anos, a participação da renda advinda do trabalho caiu quatro pontos percentuais, de 59,9%  na POF mais recente ara 55,7%, do estudo realizado em 2002-2003. Significa dizer que, com o passar desses anos, o cearense ficou mais dependente de outros rendimentos do que da sua remuneração própria direta do trabalho. Por outro lado, o índice de transferência (programas sociais como o Bolsa Família) cresceu em igual intervalo comparativo. Passou de 20,8% para 25,8% de participação no rendimento total.

Cresceu menos

Para piorar, o rendimento do trabalho no Estado registrou o segundo menor crescimento no intervalo de seis anos, com 24,6%. Superou apenas Alagoas (22,4% de avanço). Para se ter uma ideia, vizinhos nordestinos como Paraíba, Pernambuco e Piauí, elevaram a renda média mensal familiar advinda do emprego em 99%, 71% e 63%.

Fonte: Cenario MT

Contratação excessiva de cabos eleitorais configura abuso de poder econômico, decide TSE


O Tribunal Superior Eleitoral [TSE] manteve, nessa quinta-feira [13], a cassação do prefeito e vice de Bituruna-PR, Rodrigo Rossoni e João Vitório Nhoatto, por abuso de poder econômico por terem contratado 528 cabos eleitorais para trabalhar em campanha de eleição suplementar no município que tem pouco mais de 12 mil eleitores e cerca de 15 mil habitantes.

“A contratação maciça de cabos eleitorais implica a quebra de igualdade entre os candidatos que estão na disputa, além do que gera induvidoso reflexo no âmbito do eleitorado a afetar, portanto, o equilíbrio e a normalidade do pleito”, afirmou o ministro Arnaldo Versiani, relator do caso. O voto dele foi seguido por unanimidade.

A decisão desta noite manteve entendimento do Tribunal Regional Eleitoral Paraná [TRE-PR], que levou em consideração um conjunto de fatores para cassar o mandato do prefeito e vice, que ficarão inelegíveis por 8 anos.

Por exemplo, apontou-se o número de cabos eleitorais contratados diante do eleitorado, bem como a diferença de votos entre o prefeito eleito e o segundo colocado, o gasto despendido na campanha, o tamanho reduzido do município e o fato de se tratar de eleição suplementar.

Diante desses elementos, o ministro Versiani afirmou ver como correta “a conclusão de que houve abuso do poder econômico”. Ele acrescentou que o TSE “há muito vem entendendo que a contratação significativa de cabos eleitorais para a campanha pode consubstanciar estratégia de favorecimento na disputa, a configurar a prática abusiva vedada pela legislação eleitoral”.

O ministro também afastou a alegação da defesa de que as contas de campanha dos candidatos foram aprovadas e de que não faria sentido cassar o mandato do prefeito e vice somente com base no número de pessoas contratadas para trabalhar na campanha deles.

“A licitude de gastos eleitorais ou mesmo a aprovação das contas não são suficientes por si para afastar a caracterização do abuso do poder econômico, até porque esse ilícito compreende sem dúvida a utilização em excesso de eventuais recursos lícitos, mas que podem comprometer a igualdade de oportunidades entre os candidatos e a normalidade das eleições”, explicou o ministro Versiani.
 
Com informações do TSE ( Via Yuri Guedes )

Procissão dos carros de romeiros com mais de 400 inscritos


A Secretaria de Turismo e Romarias de Juazeiro inscreveu cerca de 400 veículos entre ônibus, caminhões e carros pequenos para o III Prêmio das Dores que visa agraciar os mais bem enfeitados por ocasião da Procissão dos Carros. O cortejo aconteceu na tarde desta sexta-feira como parte da programação da festa em louvor à Nossa Senhora das Dores, Padroeira de Juazeiro, com duração de quase quatro horas. Os veículos invadiram as ruas da cidade num verdadeiro buzinaço.  Da alameda do 2º Batalhão Policial Militar (BPM) membros da Comissão Julgadora do concurso acompanhavam atentamente a passagem dos participantes e fazendo suas anotações. Cada um trazia a numeração correspondente a inscrição feita em três categorias: ônibus, caminhões e carros pequenos. A Procissão dos Carros começou no município de Barbalha e o cortejo passou pelas avenidas Leão Sampaio, Castelo Branco e Rua São Benedito na direção da Basílica Menor. Um dos atrativos é a decoração dos veículos e estes ganham aplausos de conformidade com a sua ornamentação. Os adornos mais usados são flores, chapéus de palhas, faixas afora as imagens de santos. Neste sábado a festa termina com a imagem de Nossa Senhora sendo conduzida em um carro andor pelas ruas centrais de Juazeiro. 


Texto e fotos de Demontier Tenório ( Via Daniel Walker )

Sítio Funerário de 700 anos é descoberto no Ceará


Algo em torno de 700 anos. Essa é a idade do homem cujo esqueleto foi encontrado no sítio arqueológico do Evaristo, em Baturité, no Ceará, no Norte do Ceará

As primeiras amostras de carvão analisadas - colhidas em vasilhas cerâmicas e na base do crânio do esqueleto – apresentaram idades radiocarbônicas de 660 ± 30 AP [Antes do Presente] e 670 ± 30 AP, ou seja, entre os anos 1.280 e 1.300 da era cristã. Para chegar a este resultado as amostras foram datadas pelo método do Carbono 14, no Laboratório Beta Analytic [EUA]. A informação comprova que grupos indígenas ocupavam o local pelo menos dois séculos antes da chegada dos portugueses ao Brasil, em 1.500. A pesquisa é financiada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional no Ceará [Iphan-CE] e teve início em março, atendendo às reivindicações da Comunidade Quilombola da Serra do Evaristo. Na Serra do Evaristo, local de expressiva beleza paisagística, também foram coletados diversos artefatos polidos e lascados, fragmentos cerâmicos, fusos e adornos. No entanto, um dos destaques é o esqueleto humano que, de acordo com os arqueólogos, aponta para um “indivíduo adulto, com mais de 50 anos de idade, de constituição física relativamente robusta, depositado no interior de uma urna funerária em posição sentada e pernas flexionadas”.

PRÉ-HISTÓRIA CEARENSE - Os achados indicam que a área foi habitada por grupos pré-históricos que já dominavam a agricultura e tecnologias da fabricação da cerâmica e da fiação de algodão. As escavações também demonstram a prática de sepultamentos em urnas funerárias cerâmicas piriformes [em formato de peras], acompanhados de um complexo ritual funerário. Embora pertencentes a horizontes culturais distintos, os arqueólogos cearenses já podem afirmar que os grupos pré-históricos do Evaristo, sem etnia ainda definida, viveram à época dos grupos Tupiguarani do Cariri Cearense que se estabeleceram às margens do riacho das Baixas, no município de Mauriti. A pesquisa está na fase final.

Após o processo de escavação em campo e em laboratório, higienização, registro e demais atividades, o material será catalogado para integrar a coleção do museu que será construído na comunidade. Para promover a educação patrimonial sobre o assunto, foram realizados minicursos e palestras na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira [Unilab], no Centro Regional Integrado de Administração [CRIA] de Baturité, na Escola 15 de Novembro e no Ponto de Cultura do Evaristo.

Jovens da comunidade foram contratados e treinados para desenvolver as atividades de campo e laboratoriais, formando assim, multiplicadores de toda a pesquisa. No Sítio Funerário do Evaristo, a proposta é a construção de um museu, em regime de mutirão, para abrigar as peças encontradas no local.

* Com informações da Assessoria de Comunicação do Iphan

Câmara discute regulamentação do direito de resposta na mídia


Desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou a Lei de Imprensa (5.250/67)  inconstitucional, em 2009, o direito de resposta de quem se sente ofendido por veículos de comunicação ficou sem regulamentação específica. As questões relacionadas ao tema passaram, então, a ser decididas pela Justiça, que julga cada caso com base na Constituição e em decisões já proferidas por tribunais.

Hoje, a Constituição estabelece apenas que o direito de resposta deve ser proporcional ao agravo, sendo prevista também indenização por dano material, moral ou à imagem. Na Câmara dos Deputados, tramitam pelo menos 12 projetos de lei que tratam do direito de resposta ou de assuntos relativos à liberdade de imprensa.

Autor de uma das propostas (PL 3523/12), o deputado Andre Vargas (PT-PR) defende a regulamentação. Em sua opinião, o direito de resposta configura uma “cláusula fundamental” para a democracia e a proteção da imprensa livre. “É comum pessoas da imprensa atacarem personalidades e instituições e não serem obrigadas a dar o contraditório. Depois é comprovada a inverdade, mas aí já passou”, observa o parlamentar. O direito, diz ainda, deve ser garantido o mais rapidamente possível e a resposta deve ganhar o mesmo espaço da ofensa. “Tem que ser dado do mesmo tamanho, na primeira página, se foi em capa de revista, ou no editorial, por exemplo, no mesmo espaço onde a honra foi atacada.”

Na opinião do presidente da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), Maurício Azêdo, o direito de resposta, por ser uma garantia constitucional, carece de regulamentação, ainda que a Constituição o defina de forma “precisa e objetiva”. Segundo Azêdo, ficariam de fora dessa regulamentação prazos de acolhimento, de recurso ao Poder Judiciário, a dimensão da retratação ou a reparação a ser concedida. Contrário à utilização do Código Civil ou do Penal no processo, o presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Celso Schröder, defende a elaboração de uma nova lei de imprensa, desde que respeite o cidadão e a liberdade de expressão. “As punições com base no Código Civil ou no Penal trazem penalidades que já estão banidas nos países democráticos”, observa.
 
Agência Câmara de Notícias

Estado oficializa serviço para revitalizar o Sítio Fundão


Ordem de Serviço foi assinada ontem e contemplará obras de infra estrutura para resguardar o patrimônio

Crato. Foi assinada ontem, a ordem de serviço para a revitalização do Parque Estadual do Sítio Fundão. No local, está um patrimônio de relíquias históricas, culturais e ecológicas deixado pelo ambientalista Jéferson da Franca Alencar. Cumprindo as promessas de melhorias, o Governo do Estado, através do Conselho de Politicas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), vai realizar, inicialmente, as obras de construção de uma guarita e o cercamento verde de mais de dois quilômetros. A ideia é começar a ação pelas áreas onde a pressão urbana é mais forte. As medidas ampliarão o controle de acesso ao Parque, onde desde o início deste ano foi instalada uma equipe de segurança das trilhas internas FOTO: YACANÃ NEPOMUCENA

A medida deverá ampliar o controle de acesso ao Parque, onde, desde o início do segundo semestre deste ano, foi instalada uma equipe de segurança das trilhas internas e do perímetro, além do apoio do Instituto Brasileiro de Direito a Vida dos Animais e Meio Ambiente (IBDVAMA), que mantém convênio com o Conpam, para o auxílio ao combate a incêndios florestais, utilização dos espaços e cuidados com o território.

Unidade

A ordem de serviço faz parte do projeto de consolidação da Unidade de Conservação. A previsão de conclusão da primeira etapa é de 120 dias. A obra está custando R$ 1,15 milhão, originário de medidas de compensação. Entretanto, ao todo, estão previstos recursos na ordem de R$ 5 milhões para a revitali-zação do Sítio Fundão. O segundo momento do cercamento para os demais metros restantes será efetivado no próximo ano, após a realização do processo licitatório. Já quanto ao tombamento do patrimônio histórico presente no Parque Estadual do Sítio Fundão, para dar início ao processo, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) exigiu um estudo técnico preliminar, que o Conpam solicitou à Urca.

Agora, a Universidade está reunindo um grupo de pesquisadores do Departamento de História para analisar os pontos necessários. O estudo deverá identificar a datação dos equipamentos, a importância deles e o envolvimento da comunidade no período com a localidade, além da conveniência do patrimônio existente como representativo da educação para o estudo da história local. A análise poderá indicar se serão realizadas ações de recuperação do patrimônio ou conservação do estado em que se encontra. De acordo com o vice- reitor da Urca, Patrício Melo, a Universidade, junto a Secretaria das Cidades, está preparando um projeto de engenharia para a acomodação de visitantes e pesquisadores. A medida será implementada só em 2013. "Como um sítio de proteção integral, não pode haver coleta. Mas, é possível realizar visitação. Queremos abordar um conjunto de ações que já foi iniciado junto à comunidade", conta.

O Parque Estadual do Sítio Fundão faz parte do grupo de Unidades de Conservação do Ceará. A área é de posse e domínio público. Atualmente, o Conpam, órgão que mantém a gestão, tem recebido diversas denúncias e reclamações sobre frequentes invasões à localidade. Como medida protecionista, a Companhia de Desenvolvimento do Ceará (Codece) fez uma doação de um terreno, próximo ao local, onde será construída a sede da Unidade de Conservação. Lá, ficará baseada a estrutura de gestão e um alojamento de apoio à Companhia de Policia Militar Ambiental (CPMA). Com o Geopark Araripe e Universidade Regional do Cariri, foi realizada uma parceria para a elaboração do plano de manejo e utilização da área local. Ainda serão definidas quais as práticas de uso e as formas de condução das atividades no parque. Porém, claramente já são demonstradas as vocações prioritárias para a pesquisa, educação ambiental e atividades de lazer e turismo de baixo impacto.

Biodiversidade

A área total da Unidade tem aproximadamente 100 hectares e cerca de quatro quilômetros de perímetro. O Parque Estadual do Sítio Fundão abriga o Geossítio Batateiras, que representa toda a biodiversidade do Município do Crato, no que diz respeito à ecologia, recursos hídricos, Arqueologia, Paleontologia e História. Ainda no início deste ano, o Geopark Araripe firmou um convênio de co-gestão do Sítio Fundão. O pacto envolve, principalmente, ações de educação da comunidade do entorno, preparatória para o futuro Conselho de Gestão popular, existente em toda Unidade de Conservação e apoio à conservação da biodiversidade local. Atualmente, a Urca, através do Departamento de História está desenvolvendo estudos para fins de tombamento do patrimônio histórico que envolve o complexo da casa de taipa, construída pelo antigo proprietário do sítio histórico.

Mais informações:

Parque Estadual Sítio Fundão
Rua José Franca de Alencar
Bairro: Seminário
Crato/CE
Telefone:: (88) 8726-0133

YACANÃ NEPOMUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

CRONIQUETA - POR ANTONIO MORAIS



LEMBRAM-SE?

O fato foi lembrado na coluna do Merval Pereira, em O Globo. A foto é de Maio de 2000, durante a votação do novo Salário Mínimo.
Naquela época, o aumento dado por Fernando Henrique Cardoso foi de 19,2%.
Eles acharam pouco. Fizeram troça... Hoje Dilma está oferecendo 6,9%.
Eles acham muito...
Os personagens dispensam apresentações. Lembram-se deles, né ? Eles chegaram lá!..Eles ainda estão lá!...
O povo bobo mordeu a isca do lobo.
A melhor frase ouvida nos últimos tempos foi de Joelmir Betting:

"O PT é, de fato, um partido interessante.
Começou com presos políticos e vai terminar com políticos presos."

Se ligue!


A ave de Minerva - Por: Emerson Monteiro



Eis o nome com que Hegel classifica a Filosofia, tema indicado ao entardecer da jornada terrena dos humanos, quando a coruja (ave de Minerva, da mitologia grega), acende avista na solidão do escuro e principia examinar o cenário das matas, ávida de ver os segredos da Natureza. Nessas horas de calma obrigatória dos elementos, antes os pássaros correram aos ninhos, o gado retornara ao aprisco, deitados no horizonte raios derradeiros da luz do Sol. Assim noite inicia cobria de sombras e estrelas o teto das tantas cores do universo terreno. 

As corujas simbolizam, por isso, luzes na busca incansável de respostas do Autor desconhecido, fulgor das descobertas, o campo dos mistérios, desejos e amores à sabedoria, perguntas indevassáveis a comuns mortais. Mergulhadores de águas fundas, seres examinam incansáveis descobertas e anseiam libertação, imortalidade e essência. O foco da filosofia representa bem tais considerações da consciência, no trabalho das respostas definitivas. A função humana do conhecimento libera frutos a germinar diante do furor dessas transformações. Raros aceitam duvidar das puras aparências e invadir o purgatório dos sonhos, na aventura interior das avaliações derradeiras, nas mil folhas da alma. 

Essa ave lembra isso, o deslizar suave do voo através das horas adormecidas, trânsito de profundas dimensões e paisagens extremas. Olhos esbugalhados presos no vazio absoluto dos nadas calmos, abrirão às possibilidades infinitas a coruja silenciosa e insone. Conquanto esquisita, dela quem acostuma os olhos imagina histórias transcendentais. Há notícias de suposições a respeito da força que possui nos contos populares mundo afora.  A Minerva dos gregos seria Palas Atena para os romanos, que mantiveram essa ave por companhia, retrato fiel do Si mesmo na insistente vontade da completa revelação.  Então, o filósofo alemão Friedrich Hegel, lá certa vez, considerou que: Quando a filosofia pinta cinza sobre o grisalho, uma forma de vida já envelheceu e, como cinza sobre cinza não se pode rejuvenescer, apenas reconhecer; a coruja de Minerva alça o seu vôo somente com o início do crepúsculo.
...
  
Nisso, o Rei dos astros dominará os firmamentos quando mãe coruja guarda consigo as lições daquela noite, provisão com que alimentará a mesa dos viventes no decorrer do novo dia. 

O alto custo das campanhas eleitorais -Por Maria Otilia



Diversas matérias publicadas em jornais e revistas, mostram as planilhas exorbitantes de gastos com as campanhas eleitorais para prefeitos e vereadores.

 A professora de Direito Eleitoral da FGV e ex-procuradora eleitoral do Rio, Silvana Batini diz que o valor elevado da estimativa feita pelos candidatos em cidades tão pobres é um contrassenso e um indicativo de que os financiadores podem ter interesses que não os mais democráticos.
“Campanhas caras em municípios tão pobres são um sinal muito eloquente de que a coisa vai mal. Quem doa faz um investimento. Temos que pensar: quem vai bancar os custos destas campanhas e por qual razão? Amor à democracia? Difícil pensar nisso. O financiamento de campanha está na raiz do sistema de corrupção da administração pública e não apenas a corrupção eleitoral. Quando o candidato vai pagar pelo investimento? Quando for eleito”, avalia Batini.  A procuradora Sandra Cureau também afirma que municípios mais pobres têm histórico de malversação de verba pública.

Existe toda uma incoerência entre gastos exorbitantes nas campanhas eleitorais, e a falta de recursos para o desenvolvimento das políticas públicas.Principalmente as políticas sociais. Falta dinheiro para melhorar  a segurança pública, falta dinheiro para readequar escolas, falta dinheiro para saneamento básico...etc. Mas quando chega a época de eleição,cada partido político desembolsa grande volume de recursos para gastos com campanhas dos seus filiados.Lembrando que este recurso pertence ao povo,porque a maioria dos recursos financeiros dos cofres públicos vem de arreecadação de impostos.

Esta reflexão  serve  para mostrar que quanto mais alto for o custo da campanha, maior será o comprometimento dos cofres públicos. Pois a conta deverá ser paga e com juros altíssimos. Negociatas, agiotagem, direcionamentos a empresas, servidores fantasmas...são algumas formas utilizadas para o pagamento das dívidas contraídas na campanha eleitoral.Gerando assim a continuidade durante quatro anos, dos mesmos problemas cronicos: saúde precária, falta de infra-estrutura nas escolas públicas, inclusive para a implantação de uma educação inclusiva,universalização do acesso de crianças na educação infantil, precarização e terceirização dos serviços essenciais(transportes,segurança,trânsito,limpeza pública,etc),geração de emprego e renda.

Vamos todos nós educadores desde cedo, implantar em nossas escolas através do Projeto Político Pedagógico, temáticas voltadas para a formação de alunos mais críticos, conscientes, responsáveis pela construção de uma sociedade melhor.E como consequencia teremos eleitores mais sábios que realmente sabem escolher aquele que melhor representa a vontade de um povo.

                                        



Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31