xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 02/09/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

02 setembro 2012

Pro bono. Por: Percival Puggina

Não silenciaram, sequer, ante as sentenças já prolatadas: insubmissos, refutam o juízo quase unânime e demolidor dos ministros do STF. Repetem, sem fadiga, que os fatos não existiram e que os réus são inocentes como donzelas quinhentistas.

À medida em que transcorrem os votos dos senhores ministros no julgamento do Mensalão, digo, da Ação Penal 470, dois fenômenos se vão configurando. No primeiro, evidencia-se a existência, no processo, de um sujeito oculto. Tão esperto, o sujeito, que sequer precisou de advogado. Ele é doutor. Doutor honoris causa. No segundo, vai desaparecendo o sorriso nos rostos dos advogados de defesa. Desenham-se condenações no horizonte de quase todos os réus. Se não uma sentença para ver o sol nascer quadrado (quando forem deduzidas as prescrições, tudo somado e ponderado, pode não sobrar muita coisa), ao menos uma sentença perante a opinião pública. E, para os políticos, um longo período sem foto em urna eletrônica.

Entendo, perfeitamente, todos os papéis desempenhados pelos atores do julgamento. Não os vou descrever. Fixar-me-ei nos trabalhos dos defensores. Queimaram pestanas na elaboração de suas teses. Perscrutaram bibliotecas para lhes conferir suportes jurídicos de boas fontes doutrinárias. Examinaram minuciosamente provas e perícias. Contrapuseram objeções. Construíram versões. Amealharam documentos. E escreveram. Quanto escreveram! Teses de defesa e petições que se acresciam a outras teses e petições, formando pilhas e avolumando os terabytes do processo. E as fadigosas viagens a Brasília para juntada de documentos, audiências privadas e públicas? Anos a fio. Eu entendo esses advogados em sua - por enquanto, ao menos - crescente frustração. Nem sempre terão antevisto um horizonte tão nubloso para seus clientes.

Há contudo, algo que me escapa à compreensão. Os advogados dos réus são pagos e, ao que sei, muito bem pagos. Entretanto, na web, nos blogs, nas redes sociais, milhares de pessoas executam com denodo um não menos volumoso trabalho de convencimento da opinião pública. Atuam, com desassombro, na defesa dos réus e do sujeito oculto. Valem-se de toda retórica possível para contestar a denúncia e seu acolhimento, os fatos, as perícias, a razoabilidade, a enorme lista de ocorrências cujo simples enunciado escancara o caráter criminoso das condutas de seus defendidos. Não silenciaram, sequer, ante as sentenças já prolatadas: insubmissos, refutam o juízo quase unânime e demolidor dos ministros do STF. Repetem, sem fadiga, que os fatos não existiram e que os réus são inocentes como donzelas quinhentistas. Note, leitor, que tais defensores exaurem-se graciosamente. Fazem tudo isso de graça. Pro bono, como diriam os profissionais do Direito. Em nome, apenas, do companheirismo, da ideologia, da causa. São ou não são uns cidadãos extraordinários? O herói deles, o seu varão de Plutarco, chama-se Dias Toffoli.

Fonte: www.puggina.org/

Reportagem Fotográfica - Crato celebrou a Festa da Padroeira, N.S da Penha - Fotos - Mônica Araripe


A nossa querida amiga Mônica Araripe publicou no seu perfil, diversas fotos da Festa a Nossa Senhora da Penha, Padroeira da cidade do Crato, que fazemos questão de repassar para os nossos leitores neste belo domingo ensolarado.







Fotos: Mônica Araripe

ANTONIO VICELMO, DE BEM COM A VIDA, DIZ: “ESTOU FELIZ, AMANDO INTENSAMENTE E SENDO AMADO” - Por Ed. Alencar


Blog do Crato - Reportagem de Domingo - "O MESTRE"  - Antonio Vicelmo 


De bem com a vida, 48 anos no ar, aos setenta anos de idade, o homem do rádio abre seu coração em momentos de descontração na sua residência ao Sopé da Chapada do Araripe, numa manhã  de sexta-feira, 31 Ago/2012, de muita  paz e bom astral.
 
Vicelmo recebeu os companheiros de imprensa,  Wilson Rodrigues , o fotografo  do jornal do cariri Arthur Luis, incluindo a minha pessoa e o velho amigo de travessuras de tempos idos, o taxista Bosquinho Peixoto. Um dos  mais respeitados porta-voz da notícia  matutina caririense, Antonio Vicelmo, faz um balanço do ontem e de hoje, da sua carreira no rádio desde de 1965 quando tudo começou. Vindo de Porteiras-Ce, aos 20 anos de idade para seguir seus estudos no Crato ou para pelo menos freqüentar  a escola, como disse ele; Entrou para o movimento estudantil  da “UEC”- União dos Estudantes do Crato, onde  na época, existiam dois programas de rádio, um, “A UEC  EM MARCHA” , na Rádio Educadora, o outro,”A VOZ DO ESTUDANTE” apresentado na Rádio Araripe. (emissoras do Crato).

O COMEÇO NO RÁDIO;

A novidade e a curiosidade do jovem estudante Vicelmo, ao se deparar com um gravador que existia no IBEU- Instituto Brasil Estados Unidos, lhe chamou a atenção, por ser  uma atração à parte para todos os estudantes de varias cidades, que aqui estudavam. Vicelmo matou sua curiosidade, ao testar sua voz  no gravador, imitando as vozes de dois grandes locutores famosos, dos quais ele era fã, como: RAMOS GALHERA E LUIZ  JATOBÁ, ao gravar dois comerciais que ele já sabia de cor, surpreendeu a turma, e.. Tome elogios! Assim completa Vicelmo: “Eu peguei corda e fui fazer o programa a voz do estudante e até hoje estou no rádio, o primeiro noticiário jornalístico chamava-se, Rádio Repórter, depois, Jornal do Cariri. Todos na Radio Sociedade Educadora AM, onde estou até hoje”, Concluiu. Vicelmo contrariou a si próprio, e ao seu Pai também, com a “infuca“ de ser locutor de rádio, fato adverso do que imaginava para seu projeto de vida, pois seu pai não iria gastar dinheiro para esse fim.


FAÇO UM JORNALISMO AO CONTRÁRIO DOS MANUAIS,  DISCIPLINADO.

"Quem não conhece o rádio na sua intimidade, espera que seja um locutor, disciplinado, bem comportado, muito sério, vão encontrar um Vicelmo descontraído  como se estivesse na minha casa, as vezes eu chego ao ponto, de colocar meus pés em cima da mesa, de falar de forma descontraído, porque eu descobri que não era bom muita formalidade, esse é meu jeito de ser". Perguntei: "Às vezes nesse jeito de ser, você deixa escapar o som de pequenos  “ARROTINHOS” não é?" Respondeu:  "Não..não são pequenos  arrotinhos não, são “ARROTÕES” mesmo, tosse e tudo. Por exemplo: existe outro conceito quando você vai para um Estudio, digamos da Rádio Globo, para qualquer locução, eles colocam ar, inseticida para não correr o risco de uma mosca entrar na boca coisa e tal.. e um cuidado especial para o locutor não falar antes  do noticiário para não estragar a voz, não fumam, tossir no microfone nem pensar, então eu descobri que se eu fosse  me preocupar com tudo isso, eu iria passar o noticiário todinho pedindo desculpas ao povo, ai, achei melhor mesmo foi fazer do meu jeito, já que não daria para fazer o noticiário dentro dos padrões normais, então comecei a fazer comentários, piadas e tem dado certo!"

VICELMO MAIS UMA VEZ  SEM FUMAR

O vício do cigarro, vem desde seus 18 anos de idade, com uma parada em 1990 quando realizou sua cirurgia, que o tornou um homem “safenado”, passando dez anos sem fumar,  Voltou até o ano passado e depois de outro susto, quando apresentava o jornal do cariri 1ª edição, teve que parar, por orientação médica e cuidando mais de sua saúde, onde aconselha as pessoas a não fumarem pois realmente o fumo faz mal. Lembra Vicelmo que ele fumava sem tragar. (Se não tragava era charme?) respondeu: “Não, era vício..sem-vergonheza.. Um bocado de coisa, mas que dá vontade dá.


O DESABAFO  PELO VÍCIO.

DISSE: “ Se por acaso, eu descobrir que eu teria uma grave doença, e o médico falar que não tem jeito, a primeira coisa que faço é comprar o fumo.. colocar no cachimbo, ficar de cócoras  no canto da parede e fumar até morrer.”

AOS 48 ANOS NO AR E 70 DE VIDA, VICELMO NÃO PENSA EM PARAR.

Declarou Vicelmo: Não penso totalmente em parar, só se for obrigado, já deixei de fazer o jornal do meio-dia, agora só o da manhã, é quem está me sustentando profissionalmente, se por um lado eu sinto saudades dos noticiários das besteiras, por outro lado estou mais dedicado à minha família, minha casa, eu estou muito feliz com isso, vivo uma nova fase da minha vida, já não amanheço mais pensando em cumprir pauta do jornal, eu anoitecia e amanhecia pensando nisso, agora tenho tempo para o meu trabalho de carpinteiro em casa, tenho uma nova vida. ( finalizou.)

Quem olhar bem para o Vicelmo, é perceptível  que  sua felicidade está realmente  em casa ou na rua, junto aos amigos ou no trabalho, Vicelmo além de marceneiro, tem paixão por aparelhos de rádios antigos, da década de sessenta. Sua coleção é de fazer inveja, têm nela uma raridade da marca SEMP ainda com caixa de baquelite, um material que antecedeu o plástico.

No final da entrevista, Vicelmo quis me enrolar quando lhe perguntei sua idade, mas não teve jeito, abriu o jogo e confessou que é um SETENTÃO muito feliz. Assim ele me disse: “completei 70 anos bem vividos, amando intensamente e sendo amado.”    


( só posso dizer que você merece, que Deus lhe proteja e lhe dê mais 70)  

Ed. Alencar. - Radialista/Repórter
Colaborador do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe

CRONIQUETA - POSTADO POR ANTONIO MORAIS

FRASE DO DIA.

"Já que colocam fotos de gente morta nos maços de cigarros, por que não colocar também de gente obesa em pacotes de batata frita, de animais torturados nos cosméticos, de acidentes de trânsito nas garrafas e latas de bebidas alcoólicas, de gente sem teto nas contas de água e luz, e de políticos corruptos nas guias de recolhimento de impostos?"

Tudofel: ... pelo “magro” placar de dez a zero

Tudofel: ... pelo “magro” placar de dez a zero: Meados os anos de 1980. Todas terças e quintas-feiras, por volta das dez horas da noite, havia um rachinha de futsal na Quadra Bicent...

Aconteceu na CREDE 18 - Por Maria Otilia

Durante toda esta semana, a CREDE 18 promoveu diversos encontros pedagógicos.
No dia 29 de agosto, no Crato Tenis Clube, foi realizado o Encontro do Programa Geração da Paz. Participaram do evento, representantes de alunos, dos professores e do Núcleo Gestor, de todas as escolas públicas da jurisdição da CREDE 18( 12 municípios).
O Programa Geração da Paz foi criado, em 22 de setembro de 2010, visando à celebração de cooperação técnica entre a Secretaria de Educação do Ceará (SEDUC) e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), e conta como apoio de diversos parceiros.

Busca disseminar a cultura de paz através de suas ações e tem como missão a promoção de oportunidades de organização social a partir das próprias escolas, mediante protagonismo juvenil, com vistas à construção de redes de cultura de paz.

A 18ª CREDE através do NRCOM realizou no  dia 30/08 encontro com os Gerentes Municipais do PAIC. Foi mais um momento das Rodas de Conversas sobre o SPAECE. Na oportunidade surgiram discussões e sugestões de intervenções pedagógicas para a melhoria dos indicadores educacionais.

No período da tarde contamos com a participação dos Secretários de Educação. A pauta deste 2º momento constou: Experiência exitosa do município de Tarrafas, Reflexão sobre os objetivos propostos pelo IDEB, Apresentação dos Resultados do IDEB por Município e informes sobre Censo Escolar, Autorização Temporária e Formação Pela Escola.

No dia 31 de agosto, no auditório da CREDE , foi realizado um encontro com todos os Coordenadores Escolares.O objetivo do encontro foi a realização de mais uma Formação Continuada para estes Coordenadores.Dentre a pauta foi desenvolvida oficinas sobre o SPAECE(sistema de Avaliação permanente do Ceará). Ressaltamos aqui o excelente trabalho que a CREDE 18 vem desenvolvendo com as Secretarias Municipais de Educação.Principalmente na efetivação das atividades do PAIC (Programa de Alfabetização na Idade Certa).Este Programa do Governo Estadual, através da SEDUC, vem buscando a melhoria dos indicadores de desempenho acadêmico dos alunos.As Prefeituras fizeram  a adesão e com o apoio da SEDUC/CREDES, desenvolvem ações pedagógicas voltadas para a melhoria do desempenho acadêmico dos alunos que se encontram com grande defasagem de aprendizagem.  Com certeza o PAIC está gerando grandes frutos. Temos o Ceará com bons índices no IDEB. Lembramos que somente quando existe parceria, interesses comuns entre estado e municípios, vivenciamos fato como este:Ceará entre os melhores indicadores do País.

BLOG DO CRATO - NOTÍCIAS DO CARIRI - Há 7 Anos.




www.blogdocrato.com
www.chapadadoararipe.com


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30