xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 21/08/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

21 agosto 2012

Tudofel: Movimentos culturais cratenses: início dos anos 80...

Tudofel: Movimentos culturais cratenses: início dos anos 80...: Em 1982, depois de um breve período de sonolência, a cena cultural cratense despertava preguiçosamente. Foi quando um grupo de adol...

Aspectos contraditórios - Por: Emerson Monteiro


Os materialistas quiseram negar o princípio abstrato da Natureza, mas como fazer isso sem usar o pensamento e a vontade, que, a seu modo, também compõem esse mesmo princípio abstrato?! E no uso da vida, que funciona sob conceitos abstratos, dentro do tempo, fator por demais impalpável que se manifesta e estabelece condições ausentes de tridimensionalidade material?!

Presenciar as consequências das ações alheias alimenta o aprendizado humano e economiza o sofrimento de que presenciar. O esforço de obter o equilíbrio necessário à vida exige, pois, utilização desse princípio natural, o que representa atitude voluntariosa, fruto das existências irreversíveis, imperceptíveis do ponto de vista só material.

O simbolismo de quase tudo o que ocorre em volta, desde o som às mudanças de temperatura, valores coletivos, doutrinas políticas, sociais, religiosas, movimentações deste plano físico, se dão sob níveis de percepção dos sentidos, por si regidos pela ordem nervosa da área das sensações abstratas do mundo das ideias.

Por que, então, a dúvida quanto às conotações espirituais, para pretensos materialistas?

Os chineses de antigamente incluíram na dominação materialista os fenômenos, o universo das cenas invisíveis, espirituais, âmbito das energias, somando tudo ao todo universal. Essa intemperança dos filósofos ocidentais, contudo, restringiu as suas observações aos fenômenos observáveis diante do restrito domínio de controles estabelecidos na ciência oficial, estágio apenas mensurável e repetitivo do método adotado.

Vistas em confronto as duas correntes filosóficas clássicas, porquanto agora o Oriente é quem corre atrás das produções industriais de concorrência, para impor sobrevivência perante os povos mercantilistas do Ocidente, pouca herança ainda existe das lembranças desse passado adormecido, quando imperava as técnicas alimentares e os costumes de tratamento à base de escolas trazidas pelas guerras e migrações ao lado de cá do Planeta. O que fora um materialismo agregador, holístico, dos chineses, ora virou materialismo resultado, objetos e transações comerciais talvez mais tacanhos do que os das frias escolas ocidentais. 

Por: Emerson Monteiro
 


CRONIQUETA - POR ANTONIO MORAIS


Manuel Sampson Bezerra, o saudoso Manuel Costa, varzealegrense radicado em Crato, foi um exemplo nunca comparado nas décadas de 40 e 50 do seculo passado. Protagonizou  um fato inusitado.  Foi  eleito vereador e presidente da Camara municipal de Várzea-Alegre por dois mandatos. Transferindo-se para a cidade do Cedro repetiu a dose. Foi novamente  vereador e presidente do Legislativo local por dois mandatos. Perguntado qual o segredo  para ser bem votados tanto numa como na outra cidade respondeu: - O Slogan: 

Quem gosta de bosta,
Vota em Manuel Costa.

Em pleno seculo 21 o Tiririca arrebentou nas urnas em São Paulo com:

Vote em Tiririca,
Pior que está não fica. 


Juberlita Lima de Melo - foto

Um slogan, bem atual, de uma concorrente  a Camara de Crato “JÁ DEI MUITO, AGORA ESTOU PEDINDO". 

Slogan de campanha tem gerado polêmica. No Crato, distante 450 Quilômetros de Fortaleza, uma parte da cidade debate a candidatura à vereadora de Juberlita Lima de Melo (PSL). Não que ela seja uma pessoa polêmica, mas o slogan da candidata  dirigido aos homens da cidade é a causa da discussão: “Já dei muito, agora estou pedindo”.

Por: Antonio Morais
 


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31