xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 05/08/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

05 agosto 2012

Relembrando Dom Francisco Xavier Nierhoff -- por Armando Lopes Rafael


"À heroica memória de todos os outros servos de Deus cuja devoção não merecemos, de cujas orações não somos dignos, de cujo amor não somos merecedores e cujos trabalhos incessantes são conhecidos apenas por Deus".–Taylor Caldwell, na abertura do seu livro “Servos de Deus”.



   Por ocasião do início – nesta segunda feira, dia 6 de agosto –   do retiro do clero da Diocese de Floresta-Pernambuco, no Centro de Expansão Dom Vicente Matos, surge a oportunidade de prestarmos uma pequena homenagem a dom Francisco Xavier Nierhoff,  primeiro bispo daquela diocese, localizada no adusto sertão pernambucano.

    Na verdade, a diocese de Floresta foi criada, pela primeira vez, em 1910, mas, devido às secas que assolavam constantemente o semiárido nordestino – provocando êxodo e inviabilizando economicamente parte do sertão do Pajeú  –  a diocese foi extinta e anexada –  em 1918 – à  Diocese de Pesqueira. Em 15 de fevereiro de 1964, o Vaticano recriou a  Diocese de Floresta e nomeou como seu primeiro bispo – nesta nova fase – um sacerdote que residia em Crato desde 1943: o padre Francisco Xavier Nierhoff, à época diretor do Seminário Sagrada Família de Crato.

    Padre Xavier Nierhoff – que apesar do sobrenome não era parente de padre Frederico – exerceu profícuo sacerdócio em Crato durante 21 anos. Foi o primeiro vigário da Paróquia de São Vicente Ferrer de Crato tendo ali permanecido entre 1947 e 1948. Acompanhou, desde 1943 – quando aqui chegou –  a construção do Seminário da Sagrada Família de Crato. Naquele educandário  foi Professor, Prefeito de Disciplina e Reitor. Nesse posto recebeu em 1964 a designação para a  Diocese de Floresta, recriada pelo Papa Paulo VI, tendo assumido suas funções episcopais  em 05 de janeiro de  1965.

     Dom Xavier é reconhecido – dentre outras qualidades – como um bispo dinâmico e empreendedor.  Só para citar um exemplo: na cidade de Floresta ele construiu, dentre outras obras,  a nova e imponente  Catedral do Senhor Bom Jesus dos Aflitos; o Palácio Episcopal;  o Colégio Diocesano de Floresta e o Centro de Expansão daquela diocese.

    Em 1988, ele renunciou à condição de bispo – por limite  da idade –, e foi residir na cidade de Belém do São Francisco, localizada na mesma diocese que governou. Como bispo-emérito continuou a exercer seus deveres sacerdotais: celebrando, confessando, aconselhando e, sobretudo,   construindo novas obras sociais para ajudar os pobres.

     Em síntese, dom Francisco Xavier Nierhoff foi mais um dos abnegados e predestinados apóstolos de Cristo no Nordeste brasileiro. Para tanto, teve de deixar, em 1937,   o seu torrão natal – a cidade alemã de Frondenberg, conhecida por suas baixas temperaturas, e se fixou nestas paragens do semiárido nordestino, conhecido pelo desconforto da pobreza e por suas elevadas temperaturas. Entre nós,  ele deixou o registro de uma vida benemérita e nobre a serviço da causa da evangelização. 

PREVISÕES MATEMÁTICAS DIZEM QUE: “FONTES DA BATATEIRA SECARÃO EM 2039”


NO BLOG DO CRATO, em matéria especial, falamos da nossa “AMAZÔNIA”  CHAPADA DO ARARIPE e sua ocupação desordenada.  Os problemas destes conflitos, atingem diretamente nossos recursos HÍDRICOS,  em destaque, “A FONTE DA BATATEIRA.” 
Pesquisadores Brasileiros e estrangeiros tem realizado estudos em nossas áreas hídricas do Cariri,  onde trabalhos em parceria com a COGERH - Companhia de Gestão  e Recursos Hídricos do Estado do  Ceará, apontam resultados preocupantes em relação à diminuição da vazão em especial da nossa fonte da batateira.
O Engenheiro Agrônomo, José de Araujo Marópo, em 2010, pesquisou, através de dados estatísticos,  as vazões das dose (12) principais fontes da região e realizando cálculos matemáticos “regra de três”, chegou a conclusão que a fonte da Batateira, SECARIA EM 2039. Assim ele descreve: Em 1854, a vazão da Batateira era de 1 Milhão 490 metros cúbicos/hora.  Em l993, a vazão caiu para 376 metros cúbicos/hora. Então entre 1854 para 1993, se passaram l39 anos e a queda da vazão foi de 1,milhão e 114 metros cúbicos/hora. Fazendo os cálculos em regra de três, de 1993 a 2039 a fonte da Batateira secaria dentro de 46 anos. Conclui Marópo.

DIVERGENCIAS. 

Dr. IARLEY BRITO - Geólogo,gerente regional da COGERH, acha muito arriscado estas previsões sem comprovações  CIÊNTIFICAS que venham provar as  razões das diminuições da vazão, sem considerar outros motivos da natureza, como, desvios de cursos ou obstruções subterrâneas que desaguem em outros pontos, até mesmo pelas ações agressivas do homem ao meio ambiente. Reconhece a  ocupação desordenada até de recentes residências acima da surgencia da fonte, sem falar nos desmatamentos, pois o cenário de ontem é diferente de hoje. Na opinião da Drª CLAIRE ANNE VIANA DE SOUSA - Geóloga Analista da COGERH, diz: Não acredito que acabe a vazão, sabemos que existe  uma limitação de água dose no globo terrestre há muitos e muitos anos. Ela muda seu ciclo, muda, em função até das interferências do homem  que modifica a vegetação, então, o fluxo da água vai mudando por muitas razões.
Contrapõe-se Marópo: Se existe fatores comprovados, como o crescimento da população, o aumento do consumo desordenado d’àgua, exploração através dos poços artesianos  ou cacimbões tanto na chapada quanto  nas encostas da serra, alem dos desmatamentos e queimadas abusivas, é preciso que façam alguma coisa para comprovarem cientificamente as razões da diminuição da fonte, pois a matemática  através dos tempos, vem provando a realidade motivados pelos fatores aqui apresentados. Conclui Maropo: O desmatamento tem ação direta com relação a água, pois a infiltração é um processo de recarga dos aqüiferos em qualquer parte do mundo. Há uma relação direta entre a água e a cobertura vegetal. Uma área descoberta, reduz a infiltração por causa da colagem das partículas de solo pelo calor, favorecendo uma evaporação maior e mais rapidez no escoamento. Já uma área com vegetação, a chuva é  amortecida na copa das árvores, multiplicando os pingos ao cairem no solo. Outra boa filtragem, são os caules das árvores que conduzem as águas raízes abaixo com pouquíssama  evaporação e temperatura baixa protegida pelas  copas e falhas mortas.

Analisa  Dr. Iarley Brito, Em l986 quando aqui cheguei, recebi esse relatório de l854 comprovando essa vazão de mais de um milhão de metros cúbicos/hora da fonte da Batateira, e fiz um prognostico também matemático, baseando na idade de minha filha que tinha 2 anos de idade, e que ela ao chegar aos vinte anos, a fonte da Batateira estaria seca. No entanto ela já passou dos vinte e eu ERREI.. a fonte diminuiu sim, mas outros fatores e fenômenos da natureza, podem ser as causas ainda não comprovadas. Respeito as opiniões mas discordo.

Ouvindo o chefe atual da APA Chapada do Araripe, Paulo Maier, diz: Primeiro estamos consumindo água,  e a água usada, jogamos em algum lugar. Poderá haver um  colapso na falda d¹àgua, ou, por estarmos contaminando-a. A transformação do meio ambiente com estradas, edificações, desmatamentos, vão reduzir a infiltração da água que ira escoar com mais velocidade,  com certeza ira causar danos a natureza. Essa natureza precisa ser cuidada pois das fontes protegidas dependem a sobrevivência da raríssima espécie o “SOLDADINHO DO ARARIPE”.  Destes exemplos, concorda  Drª Claire Anne, da COGERH: minha preocupação, é com o tratamento que o homem não vem dando a água que usa, recebemos água da chuva limpa, passa por um filtro vertical de 300 a 400 metros da formação EXÚ do alto da Chapada, que leva 6 meses  na filtragem  até sua captação nas fontes, que levam 18 anos no mÍnimo.
PREOCUPANTE:  

A Drª Claire Anne, faz uma alerta para as águas não tratadas. Segundo as  pesquisas do Dr. João Manoel, feito pela COGERH, ainda não oficializada, de cada 3³m de água pura por segundo que infiltra no aqüifero, 1³m, é de água de esgoto que vai junto. Exemplo: São 3 pingos limpos, para 1 pingo de água suja. A COGERH tem feito um grande trabalho de conscientização junto as comunidades em torno da Chapada. Em suma, esta faltando ATITUDE.
FINALIZANDO. Que as divergências aqui apresentadas,tragam outras, para provocarem a busca do consenso entorno deste ENIGMA. Vem de longe um aviso de alerta, a comissão da FAO- Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, Adverte que a perda da vegetação florestal e a conversão do terreno a outros usos, podem repercutir negativamente nas reservas de águas dose, colocar em perigo a sobrevivência de milhões de pessoas e prejudicar o meio ambiente.

QUE SEJA BEM-VINDO O CINTURÃO DAS ÁGUAS, COMO LUZ NO FIM DO TÚNEL PARA DESAFOGAR NOSSAS FONTES.

Por: Ed ALencar
Foto: Wilson Bernardo

VENDE-SE SOM COMPLETO, pronto para usar !


Vende-se um SOM completo, pronto para usar. São oito caixas individuais ( alto falantes de 15, twitter e drive), 60 metros de cabo com Canon, dois possantes microfones sem fio, dois com fio e  dois pedestais. Uma mesa de oito canais com sistema de reverberação próprio, um equalizador, dois amplificadores da marca cíclotron com dois mil watts de potencia cada um, um reverberador, uma câmera de ECO e outros pequenos componentes. Todos os equipamentos são novos. Interessados liguem (88) 9909 5585.

Anúncios Classificados do Cariri
www.classificadosdocariri.com


Governador Cid Gomes inaugura Policlínica em Aracati


A área da saúde do Litoral Leste do Estado ganhou um novo equipamento. Localizada no município de Aracati, a Policlínica Regional foi entregue à população neste sábado (04) pelo Governador Cid Gomes. Essa é a oitava Policlínica inaugurada pelo Estado, e que vai atender a população dos municípios dos municípios de Aracati, Fortim, Icapuí e Itaiçaba. “Esse equipamento é para o povo mais humilde, e ninguém mais vai precisar pedir favor para conseguir um exame. Também não vai mais precisar ir até Fortaleza para ter um diagnóstico”, ressaltou Cid Gomes durante a solenidade.
Com o novo equipamento, cerca de 110 mil pessoas terão acesso em sua própria região a consultas e exames antes realizados só na Capital. A Policlínica, do tipo 1, oferece os serviços de clínica médica, oftalmologia, cardiologia, ginecologia, mastologia, otorrinolaringologia, traumato-ortopedia, gastroenterologia e urologia. Além das consultas com os médicos especialistas, a população passa a contar também na região onde mora com exames de mamografia, endoscopia digestiva, ecocardiograma, eletrocardiograma, ergometria, audiometria e ultrassonografia.

Ao todo o Governo do Estado, com recursos exclusivos do Executivo, investiu mais de R$ 4,7 milhões em obras e R$ 3,5 milhões na aquisição de modernos equipamentos, que segundo o Governador, não deixam em nada a desejar em relação aos encontrados em Fortaleza. Além de moderno equipamento, as Policlínicas Regionais funcionarão em parceria com o Programa Saúde da Família (PSF), que vai facilitar a marcação das consultas e procedimentos. “As pessoas vão poder escolher o dia e a hora para vir a Policlínica, que vai funcionar de segunda-feira a sexta-feira”, destacou Cid Gomes. A distribuição de vagas para atendimento é proporcional à população de cada municípios.

Presente na solenidade, o Secretário da Saúde, Arruda Bastos, lembrou de investimentos realizados pelo Executivo Estadual na área, e que vai beneficiar todos os municípios cearenses. O Plano prevê a construção de cinco hospitais regionais, 22 policlínicas regionais e 18 Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs). Além da instalação de 64 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e a universalização do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU Ceará 192). “O Ceará vai ser referência em saúde pública para todos os estados brasileiros”, destacou o Secretário. 

Cid Gomes finalizou a solenidade explicando a população como vai funcionar a gestão da Policlínica Regional. Segundo ele, os equipamento funcionarão no modelo de Consórcio Públici, onde cabe ao Governo do Estado e o municípios atendidos a gerência e custeio do equipamento. “É meta do Governo Estadual dotar o Ceará da melhor rede pública de assistência a saúde do Brasil”, concluiu o Governador. 

A solenidade em Aracati foi prestigiada vice-governador Domingos Filho; os secretários estaduais Danilo Serpa (Gabinete do Governador), Adail Fontenele (Infraestrutura) e Sérgio Azevedo (DER); os deputados federais Danilo Forte, José Airton; e os esraduais Betherose e Lula Morais, e o prefeito de Aracati, Expedito Ferreira; e autoridades da Região.

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Icasa é goleado por 4 a 0 e perde a liderança do Grupo A


Fortaleza passa a ser o líder da chave. O Leão joga neste domingo contra o Cuiabá. Com dois jogadores a menos em campo, o Icasa foi goleado por 4 a 0 na tarde deste sábado (4) em confronto contra o Santa Cruz em Pernambuco. Os gols foram marcado pelos atletas Fabrício, Edson, Denis Marques e Flávio Caça-Rato. Com a derrota, o Verdão do Cariri perde a liderança para o Fortaleza, que também soma 10 pontos, porém tem melhor saldo de gol. O Santa Cruz, por sua vez, passa a contabilizar 10 pontos, assumindo a terceira colocação. Confira como ficou a tabela do Grupo A da Série C
O Jogo
Nos primeiros minutos de partida, o Verdão se mostrou disposto a permanecer na liderança do Grupo A, criando as primeiras jogadas ofensiva. Porém, após os 13 minutos, o Icasa mal apareceu em jogo. A partida passou a ser moldada pelo time da casa. Aos 21 minutos, Fabrício marcou o primeiro da partida. Aos 35, após ótimo lançamento, zagueiro Edson subiu mais que todos e assinalou o segundo. Aos 11 e 43 do segundo tempo, Denis Marques e Flávio encerram o contador.  
Aos 10 minutos da etapa final, o goleiro Carlos, do Icasa, foi expulso após cometer falta dentro da área.  Quinze minutos depois, o atleta Simeão também é expulso, deixando o Verdão com nove em campo.

Via Portal  Verdes Mares

Desvio de recursos da Saúde e Educação pode passar a ser Crime Hediondo


A Comissão de Educação pode votar na terça-feira (7) projeto de lei que endurece a punição para o desvio de recursos públicos nas áreas de saúde e educação. O PLS 676/2011 inclui no rol dos chamados crimes hediondos os crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva e crimes contra a licitação quando se tratar de contratos, programas ou ações nessas áreas. 
Saúde e educação concentram 70% dos recursos públicos desviados no Brasil, de acordo com o Departamento de Patrimônio e Probidade da Advocacia Geral da União (AGU) citada pelo autor da proposta, o senador Lobão Filho (PMDB-MA). São hediondos os delitos que constam da Lei 8072/90 e, que por isso, recebem tratamento penal mais duro: não são passíveis de anistia, graça ou indulto, têm progressão de regime penal dificultada e penas com início de cumprimento obrigatoriamente em regime fechado. Homicídio qualificado, estupro e sequestro seguido de morte são exemplos de crimes hediondos.
O projeto tem voto favorável do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) e será votado ainda pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania – em caráter terminativo.

Fonte: G1

CRONIQUETA - POR ANTONIO MORAIS

Domingo é dia de futebol. Um jogo inusitado para marcar a historia. Logo após a Copa do Mundo de 1930, no Uruguai, o esporte bretão tomou um grande impulso no Brasil. Multiplicaram-se os campos improvisados! As bolas para a pratica do esporte iam desde as feitas com bexigas de boi até as de pano.
Em Várzea-Alegre, talvez tenha acontecido a mais inusitada partida de futebol daqueles dias. O campo era um curral onde as duas porteiras, abertas apenas com o pau de cima, serviam de balizas e a bola era uma almofada de bilros. As duas equipas se posicionaram para iniciar a disputa. Há quem diga que houve até um minuto de silencio; não se sabe para quem.
Quando o arbitro deu o silvo inicial, os bandos contendores se "abofelaram" e a poeira cobriu. O juiz ficou perdido no meio da pancadaria e só conseguiu encontrar o apito cinco minutos depois. Com vários e altos silvos longos, conseguiu parar a tourada, mas o estrago já estava feito! Acalmados os ânimos e baixado a poeira, a almofada tinha desaparecido, dez braças de cerca estavam no chão e meia dúzia de contundidos baixaram à "enfermaria" que era uma bodega nas proximidades: cada um tomou um oito de cana para não gripar.

Refinaria Abreu e Lima custa três vezes mais que similar - Quem está ganhando com isso ?



20.1 BILHÕES DE DÓLARES

Apontado pela presidente da Petrobras, Graça Foster, como um exemplo a ser estudado para que jamais volte a acontecer na companhia, a construção da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco, resultou em um empreendimento pelo menos três vezes mais caro do que o de similares internacionais, numa estimativa conservadora. Lançada em 2005 por US$ 2,3 bilhões, a refinaria teve o orçamento revisado há pouco mais de um mês para US$ 20,1 bilhões.

A previsão divulgada pela gestão Graça eleva o custo por barril para US$ 87 mil, ante uma média de US$ 10 mil a US$ 25 mil de refinarias de alta complexidade recém-concluídas ou em construção no mundo. A Petrobras admite falha na aprovação dos projetos, mas é categórica em dizer, por meio de nota: "Não houve erros nos cálculos" e "as estimativas são elaboradas observando preços praticados no mercado", garante, em resposta à Agência Estado.

Não é o que o governador Cid Gomes afirma ter ouvido no mês passado pessoalmente de Graça. A Índia faz refinarias a US$ 13 mil por barril, a China a US$ 14 mil e a Coreia do Sul a US$ 18 mil, relatou Graça, segundo o governador informou à reportagem. Por esses parâmetros, a refinaria pernambucana, com capacidade para processar 230 mil barris, deveria custar no máximo US$ 4,1 bilhões.

A refinaria Saudi Aramco, em construção na Arábia Saudita e com previsão para ser inaugurada na mesma época da Abreu e Lima, o último trimestre de 2014, custará proporcionalmente pouco menos de um terço: US$ 25 mil por barril. Aplicado o mesmo índice de custo à Rnest, a pernambucana custaria menos de US$ 6 bilhões. A comparação é mais evidente com a refinaria indiana Reliance Jamnagar, tida como referência de eficiência no mercado e lançada em 2009 por US$ 10 mil por barril numa obra que durou apenas 36 meses. Se o mesmo índice fosse aplicado ao empreendimento da Petrobrás, a Rnest custaria quase um décimo, US$ 2,3 bilhões. A pernambucana deve ser inaugurada em 2014 com três anos de atraso. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Agência Estado


Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30