xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 17/07/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

17 julho 2012

TRE-CE registra mais de mil pedidos de impugnação de candidaturas


Candidaturas continuam enquanto não há decisão da Justiça Eleitoral. Em Fortaleza, foram feitos 33 pedidos de impugnação. Duas para prefeito. Em todo o Ceará foram contabilizados 1.291 pedidos de impugnação de registro de candidaturas a vereador e a prefeito, informou o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) nesta segunda-feira (16). Os dados são atualizados pelo Sistema de Acompanhamento de Documentos e Processos (SADP) do TRE-CE sobre os processos que deram entrada no no protocolo dos Juízos das Zonas Eleitorais, que ainda analisam as solicitações. Os pedidos de impugnação podem ou não ser acatados pelos juízes eleitorais. Na prática, as candidaturas podem correr normalmente, enquanto não houver um posicionamento da Justiça Eleitoral.
 
Fortaleza
 
Em Fortaleza, a 114ª Zona Eleitoral, responsável pelo registro de candidaturas, recebeu 33 pedidos de impugnação do registro de candidatos e partidos/coligações. Todos os processos aguardam julgamento. Ao todo, estão listados 29 candidatos a vereador e quatro coligações, sendo duas para prefeito e duas para vereador.
 
Fonte: www.g1.com.br/ce ( Via Blog de Farias Brito - Rede Blogs do Ceará  ).

Notícias da URCA - 17/07/2012


Pesquisa sobre e Antártida é tema de palestra no Geopark Araripe

A comunidade caririense poderá conhecer um pouco mais das pesquisas que o Brasil realiza na Antártida. Na próxima quarta-feira, 18/07, o geólogo e professor da Universidade Estadual Paulista-UNESP, José Alexandre de Jesus Perinotto, fará a palestra “Experiências  brasileiras sobre a Antártida”. A palestra está marcada para as 19h30, no auditório do Geopark Araripe, e abordará as pesquisas sobre Geologia Glacial das quais Perinotto faz parte. Ele é integrante da expedição científica brasileira que realiza pesquisas na Antártida. No Cariri, o pesquisador, juntamente com consultores da UFPE, UFPR, Unicamp, UEM, URCA/Geopark Araripe, realiza pesquisas geológicas ligadas a estratigrafia (estudo das camadas de rochas) da região. (fonte: Assessoria do Geopark Araripe). Mais informações pelo telefone (88) 3102.1237.

URCA realiza o II Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento

A Universidade Regional do Cariri (URCA), por meio do Departamento de Economia da Instituição, realiza o II Colóquio Sociedade, Políticas Públicas, Cultura e Desenvolvimento (II CEURCA). Esse ano o tema proposto é ‘Gestão do território, políticas locais e desenvolvimento sustentável’. O evento visa despertar o pensar da economia, sob uma perspectiva interdisciplinar. Com isso, valorizando seu aspecto social, sua contribuição para transformação da sociedade e para construção de novas paradigmas de desenvolvimento, que valorizem a perspectiva humana e ambiental. Segundo os organizadores, a pretensão é contribuir na formação de condutas positivas, baseadas na ética e na solidariedade, voltadas para o estímulo e as vivências e pesquisas propositivas, principalmente que estimulem e potencializem o desenvolvimento local e regional sustentável.

CHAMADA PARA SUBMISSÃO DE ARTIGOS -  A chamada para submissão de artigos completos ocorre nas áreas a seguir através do site www.urca.br/coloquioeconomia e o prazo final de submissão é 20 de agosto de 2012:

- APLs e desenvolvimento local;
- Capital social e desenvolvimento territorial;
- Desenvolvimento territorial e os desafios das problemáticas rurais;
- Economia criativa e território;
- Educação e comunicação para o desenvolvimento;
- Empresas e desenvolvimento sustentável;
- Estado e políticas públicas no Brasil: identificando limites e novas possibilidades;
- Gestão econômica, social e ambiental;
- Globalização e território;
- Justiça ambiental, direitos humanos e sustentabilidade ambiental;
- Planejamento urbano e políticas locais;
- Questões agrárias, tecnologia social e participação popular;
- Territorialidades e meio ambiente;
- Território e sustentabilidade;
- Transformações territoriais e dinâmicas populacionais.

PROAE cria canal de diálogo com o movimento estudantil da URCA

As reivindicações e demandas do movimento estudantil da URCA terão um canal de interlocução com a administração da Instituição, através do Projeto “Escuta” que será desenvolvido pela Pró-Reitoria de Assistência Estudantil – PROAE. Para o Pró-reitor da PROAE, Professor Berilo Barroso, a ideia surgiu a partir da necessidade de aproximação dos alunos como forma de compreender as necessidades e lutas dos estudantes dentro da Instituição. Ele destaca que essa é uma forma de propiciar também o diálogo com outros segmentos da instituição, visando minimizar os problemas e atender as demandas do movimento estudantil.

O Escuta deverá será realizando pelos Centros Acadêmicos e estudantes dos Grupos de Estudos e Pesquisas da URCA. A ideia inicial é que seja realizado mensalmente nos campi da Instituição. 
O que é  Escuta? - O Escuta é um mecanismo de construção/diálogo/formação/informação e troca de ideias da Pró-Reitoria de Assistência Estudantil, da Universidade Regional do Cariri – URCA, com o Movimento Estudantil, representado através dos Centros Acadêmicos e dos Grupos de Estudos e Pesquisas desta IES. O Escuta visa garantir um canal de protagonismo do Movimento Estudantil, que possibilite que as suas reivindicações e demandas sejam  recebidas  pela PROAE e que sirva como elo de interlocução com as demais instâncias da instituição. A intenção é que o Escuta possa promover o debate sobre o papel da Assistência Estudantil e a função social da Universidade Pública. 
Como vai funcionar? - A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil – PROAE convidará os representantes dos Centros Acadêmicos de todos os cursos e representantes de alunos em grupos de estudos e pesquisas desta IES para pensar os processos de construções do Escuta. A ideia inicial é que ele seja realizado  em encontros mensais nos campi da Instituição, como forma de contemplar a descentralização da PROAE.  Início - Os trabalhos do Escuta foram iniciados em julho/2012 e o primeiro encontro está previsto para agosto deste ano.

Serviço:
Projeto Escuta
Pró-Reitoria de Assistência Estudantil – PROAE – URCA - Campus do Pimenta

ASSESSORIA DE IMPRENSA
UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA
www.urca.br - Contato 88 8812.5525/3102.1213

Cagece ganha recursos do PAC 2


A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) conseguiu aprovar junto à Caixa Econômica Federal oito projetos no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2), sendo cinco em obras de esgoto, um em obra de água e dois relativos à elaboração de projetos executivos. Com isso, obteve um investimento de R$ 219.694.334,22, sendo R$ 176.948.543,54 com recurso do PAC/OGU e R$ 42.745.790,68 de contrapartida do Governo do Estado. Serão beneficiados os municípios de Fortaleza, Horizonte, Itaitinga, Tauá e Viçosa do Ceará com obras de esgoto. Já Cascavel receberá uma adutora de água. Para Fortaleza, serão elaborados os Projetos Executivos dos Distritos de Medição e Controle de Fortaleza, assim como das Unidades dos Sistemas Isolados, no valor de R$ 1.216.525,00.

Em Fortaleza, por exemplo, será ampliado o sistema de esgotamento sanitário de Fortaleza, para três sub-bacias da margem esquerda do Rio Cocó (CE7, CE8 e CE9), no valor de R$ 129.832.140,87. Serão beneficiados 152.690 moradores, por meio de 16.669 ligações de esgoto e 173.312 metros de rede coletora. A área atendida engloba os bairros Passaré, Itaperi, Castelão, Dias Macêdo, Mondubim, Parque Dois Irmãos, Dendê, Jardim Cearense e Maraponga.

INTERIOR

Em Tauá e Viçosa do Ceará, serão também ampliados os sistemas de esgoto, sendo investido respectivamente R$ 15.650.482,71 e R$ 20.117.533,92. A obra de Tauá irá beneficiar 11.739 pessoas, por meio de 2.930 ligações de esgoto e 33.958 metros de rede, com diâmetro de 150 a 300 mm, além de nove estações elevatórias. Já a obra de Viçosa. atenderá 11.796 pessoas, com a execução de 3.172 ligações e 24.219 metros de rede, com diâmetro entre 150 a 300 mm.

Em Itaitinga, o sistema de esgoto será implantado com um investimento de R$ 19.789.737,83, beneficiando 19.114 moradores. A obra consta de 4.771 ligações de esgoto e 38.982 metros, com diâmetro de 150 a 300 mm, assim como uma estação de tratamento de esgoto. Em Horizonte, a Companhia ampliará o sistema de esgoto, com um recurso de R$ 24.024.126,17. A ampliação irá executar 5.422 ligações e 58.418 metros de rede, com diâmetro de 150 a 350 mm, atendendo a 27.110 habitantes. Já em Cascavel, a Cagece irá executar uma adutora de água, no valor de R$ 5.400.603,72. A população beneficiada será de 65.973 pessoas. A obra irá assentar 8.131 metros de adutora.

Via "O Povo" Online

Assaltantes levam R$ 140 mil de proprietário de casa lotérica em Quixadá


Dois indivíduos levaram cerca de R$ 140 mil do proprietário de uma casa lotérica na última segunda-feira (16), por volta das 11h40, no município de Quixadá, a 167 quilômetros de Fortaleza. De acordo com informações do Comando de Policiamento do Interior (CPI), a vítima transportava o malote de dinheiro em seu carro para ser depositado em uma agência bancária.
Segundo o CPI, o proprietário estava em frente a casa lotérica quando foi abordado por dois indivíduos, que após ameaçar a vítima com um revólver, levaram o malote.  Os dois indivíduos transitavam em uma motocicleta modelo Honda Fan, de cor vermelha, cobrindo o rosto com  capacetes. De acordo com a  Delegacia Regional de Quixadá, apesar das buscas realizadas na região, nenhum suspeito foi localizado até a manhã desta terça-feira (17).

Ocara

Outro assalto a casa lotérica foi registrado pelo CPI na última segunda-feira. Por volta das 8h20,  no município de Ocara, a 96 quilômetros da Capital, dois indivíduos em uma moto adentraram em uma  casa lotérica, onde renderam uma mulher e fugiram levando cerca de R$ 4.500 mil. A polícia não tem suspeitos da autoria do crime.

Fonte: Diário do Nordeste

Iniciadas obras do Roteiro da Fé em uma das praças do Memorial Padre Cícero - Por Demontier Tenório


Foi concluído o fechamento da Praça José Sarney, principal acesso para quem está chegando ao Memorial Padre Cícero em Juazeiro do Norte. Os vendedores foram transferidos para a Praça Carlos Jereissati onde fica uma das academias populares. Segundo o Secretário de Turismo e Romarias, José Carlos dos Santos, a Praça José Sarney sofrerá uma profunda transformação com melhores paisagem, urbanismo e iluminação dentro do Projeto Roteiro da Fé. Na reforma, os espelhos de água do Memorial vão ser retirados. Ele disse que uma das preocupações nessa fase de implantação foca na questão social evitando prejuízos maiores para as pessoas que comercializam ou residem nestes nas imediações destes logradouros e por onde passará o Roteiro da Fé. Para a missa do dia 20 em sufrágio da alma de Padre Cícero nesta sexta-feira, será aberta, eventualmente, uma parte da Praça do Socorro para o retorno da liturgia ao local de origem. Na oportunidade, serão celebrados os 78 anos da morte do sacerdote.

Padre Reginaldo Manzotti não poderá vir

Outra informação dada pelo Secretário de Turismo e Romarias de Juazeiro do Norte foi quanto à impossibilidade da vinda do padre Reginaldo Manzotti para o encerramento do ano centenário. Ele recorda que foi prometida a presença do mesmo quando da abertura da programação festiva pelos 100 anos de Juazeiro, mas uma incompatibilidade na agenda do religioso impediu a sua vinda. Todavia, adiantou que até o final do ano deverá retornar a Juazeiro para nova missa/show.

Via Beto Fernandes e Demontier Denório


A civilização do prazer. Por: Gustavo Corção

Qualquer pessoa medianamente dotada e ainda não dopada pelo imperativo de um otimismo que é julgado hoje virtude máxima, e máxima lucidez, qualquer pessoa, em suma, que ainda não esteja possessa pelo Sistema, já percebeu que vive dentro de uma decomposição civilizacional cuja característica principal é a de um furioso hedonismo. Todos querem sentir, o minuto que passa, a golfada de ar que respira, a curva que faz a sessenta ou oitenta quilômetros numa rua movimentada. A fisionomia da juventude em tal clima é curiosamente apática, em contradição com o frenesi das reações, e quase se pode garantir que nunca houve em toda a história do mundo uma humanidade tão destituída de gosto e de prazer. Este paradoxo é aliás a bem conhecida contradição moral do prazer: o primeiro de seus malogros é a perda do prazer. Seria, porém, um engano tirar daí uma conclusão tranqüilizadora firmada na suposição de que tal malogro corrigirá o extraviado. Ao contrário, exaspera-o.

De onde vem esse extravio moral. Em cada indivíduo a moléstia procede de pequenas e primárias opções subversivas em que, por uma antiga dolência, essa alma volta sua preferência para as coisas exteriores e inferiores; e, deixando-se dominar, torna-se depressa escravo delas. A conquista das coisas inferiores nos afaga ao mesmo tempo o orgulho e a concupiscência, ao contrário do alcance das coisas do alto que nos aprimoram a humanidade e o gosto da sabedoria. O praticante da moral do prazer se torna grosseiro, embotado, às vezes enganosamente aprimorado na conquista de tais bens, e inevitavelmente, como já vimos, se torna exigente de doses maiores, de prazeres mais violentos.

Dias atrás dizia-me alguém com bem fundado estupor:
“Quando a onda do sexo passar, e os impotentes de amor descobrirem a enjoada monotonia do sexo sem amor, sem grande amor, passarão a matar. A matar em grupos. Comunitariamente. Haverá cursilhos para ensinar a matar sem ódio, como hoje se ensina o sexo sem amor”.

Como terá começado o fenômeno coletivo, civilizacional, que hoje tornou o Juízo Final assunto de café-em-pé? Creio que já abordei este assunto aqui e ali dúzias de vezes. É uma de minhas obsessões em resposta ao obsessivo rumo do mundo. Pode-se dizer que a história sofreu esta trágica deflexão no século em que os homens afirmaram um novo humanismo afrontosamente autônomo, como se fossem deuses, e afrontosamente afirmou uma nova religião de seu invento, onde Deus entrará somente como objeto indireto e remoto.

Neste tempo que apenas trouxe a eclosão de uma longa e misteriosa carga de ressentimentos acumulados, o orgulho do homem foi espicaçado pelo dilatado domínio das coisas exteriores e inferiores trazido pelas ciências. Muita gente até hoje não aprendeu que a Astronomia é um conhecimento inferior à Sabedoria: seu objeto, pelo fato de serem sóis e galáxias a dançarem numa distância de trinta milhões de anos-luz, ou mais, nem por isso é ontologicamente superior, à entomologia, que estuda formigas, cigarras e demais insetos prodigiosamente dotados de vida. Certamente espantarei alguém, ou confirmarei em alguém a hipótese já alimentada de minha insensatez, se disser que o cientificismo pós-renascentista foi um dos primeiros afluentes desta subversão torrencial cuja pororoca já se ouvem os rugidos. A especulação sobre as coisas inferiores, mas facilmente saborosa que a especulação sobre as coisas do alto, que pedem virtudes e dons, trouxe consigo o domínio efetivo, sobre as mesmas coisas materiais. A austera Ciência brindou-nos com a Técnica. A Técnica presenteou-nos com o delírio das sensações fortes , matar 200.000 habitantes de Hiroxima num segundo, ou ir à Lua como programa de televisão.

Eu já escrevi em Fronteiras da Técnica que a técnica é uma das glórias do homem, e que o domínio dos elementos é um direito de seus títulos. Racionalidade. Imagem e Semelhança de Deus. Mas também já escrevei e torno a escrever que certa catástrofe da história, como a querer repetir coletivamente o Pecado Original, nos trouxe a subversão cujos efeitos hoje nos afligem.

Não a todos; evidentemente, se a aflição consciente fosse geral esse temor assim difundido já seria o começo de uma sabedoria convalescente. Infelizmente, estamos muito longe de tal difusão. Entre os homens simples, ainda não deformados pela radioatividade da explosão nuclear do eu humano na Renascença e na Reforma, encontram-se muitos que já são sensíveis ao temor e tremor que andam nas almas sensíveis. Mas a maior aberração de nosso tempo não está nas exposições de pornografia , não está na busca desenfreada do prazer sob todas as formas, não está no alastramento do ateísmo que ganhou título de mentalidade oficial em mais da metade do mundo. Não, a maior aberração de nosso tempo está no entusiasmo com que os homens de Igreja aplaudem o dito mundo moderno e ainda censuram à Igreja a falta de tato de não ser atraente para os moços que correm atrás do prazer. Não invento, nem li tal disparate em discurso de algum vigário de Mato Grosso. Li essa queixa em Le Monde, que, com isto, exaltava o queixoso: o Cardeal Alfrink. Eis as palavras aladas do Cardeal holandês:

“Como explicar que a Igreja se mostre tão pouco atraente para os homens de nossa época? Os moços que andam à procura de Deus raramente se dirigem à Igreja? Por quê? Que fazer? Não deveríamos nós indagar se não somos nós que obscurecemos a mensagem evangélica?”

Respondo ao Cardeal holandês e a todos os outros que dizem coisa parecida, com o atrevimento de atribuir à Igreja verdadeira, à Tradição, aos Santos, à Nossa Senhora, ao Sangue de Cristo a fisionomia que os homens de nossa época acham pouco atraente.

E respondo dizendo: a Igreja verdadeira parece ter-se apagado como a estrela dos Magos, e em lugar de sua santa visibilidade vê-se um Sínodo, e dentro dele vêem-se e ouvem-se os senhores cardeais e arcebispos que se inculcam como Igreja, e que publicam, difundem, com grande aparato, tamanho e tão repulsivo amontoado de asneiras. Acrescento ainda uma resposta especial à pergunta: “Que fazer?” O programa mínimo que o pobre homem de nosso tempo ainda espera é a lealdade de dizer que a Igreja não é isto que fala pela boca dos Alfrinks, dos Arns, e outros duzentos. Como ninguém diz, e estou velho demais para fazer tais cerimônias, digo-o eu: eles mesmos dizem aos berros que já não são católicos e se envergonham de um dia terem pertencido a uma Igreja que não acompanha as orgia dos moços e dos velhos; eles querem agradar aos homens, ainda que isto os leve ao desprezo de Deus.

Falta água no bairro do Pimenta há dois dias ( SOLUCIONADO )


A falta de água na rua Luiz Pereira, Pimenta, Crato atinge agora 48 horas de forma ininterrupta. Isso para não falar da escassez do precisoso líquido durante toda a semana de ExpoCrato. O pior é que o telefone da SAAEC, informado para reclamação, o 3523.2044, está o tempo todo ocupado. Portanto, nos valemos desse importante canal de comunicação, o Blog do Crato, para tentar que esta reclamação chegue às autoridades competentes.

Obs.: No inicio da tarde de hoje, 17/7, uma equipe da SAAEC esteve na rua acima mencionada e solucionou o problema. (Carlos Rafael)
 

CRONIQUETA - POLITICA NACIONAL - POSTADO POR ANTONIO MORAIS.

Editorial:
Lula e Maluf - Irmãos siameses - Por Helder Caldeira - Rede Record.

video



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30