xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 10/07/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 julho 2012

Alegria qual fator de sobrevivência - Por: Emerson Monteiro


A todo o momento vem essa urgente necessidade, uma visão positiva da realidade qual fator inevitável da sobrevivência com tranquilidade. Isso por conta das demandas negativas que ainda preocupam muitos, quando isso nem procura. Nuvens de desencontros sujeitam a barra dos dias. No próprio relacionamento com os demais, nódoas de incompreensão e aflições, diante do enredo cotidiano que fustiga o humor a ponto de criar factóides, bichos tortos em movimento pelas frestas do tempo, nas estradas por vezes infelizes.

Daí ser importante o valor de ser feliz, numa vocação pouco utilizada, às vezes. Bloquear o senso das reações de agressividade, jamais revidar, numa certeza firme da precisão de sorrir sempre aos dissabores. Interpor gosto pelos bons instintos, livre das situações desagradáveis. Isso até que parece meio irresponsável, porém sábio de não ter tamanho, na valoração das atitudes. 

Olhar o Universo de olhos limpos, eis a condição das percepções para evitar dissabores, desavenças, abusos. A depressão, na opinião corrente virou o mal da atualidade, nada mais representará, pois, do que essa covardia moral de olhar o mundo no papel de vítima. Erguer a mente para cima da linha do horizonte, porquanto o mesmo acontecerá nas áreas do cérebro encarregadas de gerar a bioquímica de satisfação. Longe de apenas pensar no que é bom, viver o que é bom no instante presente se torna a base da positividade.

Há quem afirme significar existência a soma dos tantos momentos. Por isso, trabalhar nos detalhes de cada momento o momento seguinte. Saber e praticar, esta a norma primeira da alegria. Querer e poder, na prática das providências. Pequenas doses de bom humor representarão saúde, paz e resultados produtivos ao fio da história individual, fruto das ações pessoais dos pensamentos e sentimentos, quando é o sujeito responsável pela sua visão existencial.

Com isso, sendo o método da permanente felicidade ocasionar os filmes de toda hora de qualidade boa, no firmamento individual, e se produzirá a peça chave da vontade positiva, primeiro na pessoa, depois na sociedade inteira. 

Esta a ideia principal do comentário, aprender na experiência que o querer bem, pensar bem e agir bem resultarão, de modo prático, na força da alegria, matéria prima de nossa caminhada de sucesso neste chão.

EXPOCRATO E A EXPLORAÇÃO


EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
QUE SAUDADES,
DA EXPOSIÇÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
CULTURALMENTE,
UMA NEGAÇÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
CAMELÔS,
TEM DE MONTÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
SUA HISTÓRIA,
FOI PRO PORÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
ARTISTAS DA TERRA,
NÃO TEM VEZ NÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
LÁ, OS CRATENSES,
NÃO MANDAM NÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
OS SHOWS NOTURNOS,
É UM LIXÃO !

EXPOCRATO,
EXPLORAÇÃO,
ATÉ QUANDO AGUENTAREMOS,
ESSA MANOBRA DA EXPOSIÇÃO !

EXPOCRATO É DO CRATO,
E É DE TODO O POVÃO,
CHEGA DE MONOPÓLIO,
DENTRO DA EXPOSIÇÃO !

Fonte: Okara do Cratinho ( Gilberto )

ECONOMISTAS ESTÃO OTIMISTAS COM O SETOR PRODUTIVO DO CARIRI E AUMENTO DO PODER AQUISITIVO DA POPULAÇÃO - Por: Wilson Rodrigues


Os investimentos públicos e privados, implantação de projetos de médio, pequeno e grande portes nas áreas industrial, comercial, turismo, construção civil, educação e saúde, têm dado nova dimensionalidade a economia do Cariri nos últimos 5 anos. Empresários e lojistas da região reconhecem este favoritismo e prevêem um futuro  bastante promissor para os 32 municípios que formam a Região Metropolitana do Cariri e em especial para aqueles próximos ao triangulo Crato, Juazeiro e Barbalha. A ascensão econômica, e o aumento do poder aquisitivo, aliados as melhorias na qualidade de vida da população, têm feito do Cariri uma região diferenciada em comparação as demais regiões do Estado do Ceará. Para a economista, socióloga e professora da Universidade Federal de Pernambuco, Tânia Bacelar de Araujo, o crescimento do Cariri não é apenas endógeno e sim, motivado por fatores externos como a atual política econômica que beneficia a geração de renda a todas as classes trabalhadoras. Por outro lado, o professor de economia da URCA, José Marcio, disse que, o que está acontecendo hoje com o sistema produtivo do Cariri, é que a região está aproveitando esse efeito de propagação da economia nacional. Mas para ele, é preciso se discutir idéias de como podemos conceder um desenvolvimento de forma sustentável e expandir esse processo até ao pequeno produtor e aponta a construção civil como o segmento de maior empregabilidade.
A economia do Cariri tem as mesmas características do  cenário econômico nacional e em especial do Nordeste, com suas limitações e potencialidades. Para o professor de economia da URCA, José Marcio, é louvável o que hoje está acontecendo no sistema produtivo do Cariri, porem é necessário discutir idéias de como podemos conceder um desenvolvimento de forma sustentável e equilibrada. Em sua opinião, a economia de um País ou de uma região não pode contemplar somente uma classe privilegiada. Ela só é salutar quando passa a promover o crescimento também do pequeno produtor, promovendo a expansão dos negócios e conseqüentemente, a abertura de postos de trabalho. No Brasil está acontecendo isto e o Cariri vem se aproveitando desse efeito de propagação que a economia nacional está apresentando, disse Marcio.
O professor José Marcio aponta a Construção Civil como um dos setores de maior avanço de empregabilidade no Cariri. Avalia também que o aumento do consumo por parte das classes mais populares vem proporcionando o crescimento do comercio na região com reflexos na indústria. A prova disto, disse ele, é a instalação das redes atacadistas e varejistas no Crato, Juazeiro do Norte e Barbalha, sendo muitas delas de grupos europeus que descobriram o potencial regional. Para o professor, o Cariri, dentro dos próximos 5 anos, tem projeção maior de crescimento sem impactos negativos, concluiu. 

Por: Wilson Rodrigues
Radialista/Repórter/Colaborador
do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe

QUEM É O RESPONSAVEL PELO DESTINO DO NOSSO LIXO? - Por: Wilson Rodrigues


Vendo esse lixo na calçada da Universidade Regional do Cariri e lendo o comentário de Erika da Silva sobre o assunto, só tenho a dizer que, ruas e calçadas sujas, a responsabilidade não é só do poder publico. A questão está diretamente associada a educação de um povo. Vou contar uma historinha que aconteceu há muito tempo e espero que algumas pessoas assimilem bem e coloquem em pratica.

“Certa vez dois padres saíram do Crato para representar a Diocese em um seminário na Suíça. Entre uma plenária e outra os dois sacerdotes foram conversar numa praça que existia em frente ao prédio onde acontecia o evento. Conversa vai, conversa vem, um dos sacerdotes era fumante e logo tirou um cigarro do maço que estava na batina, acendeu o bicho e entre tragos, elogiava a beleza daquele logradouro cheio de flores, grama verde, fontes luminosas e um cenário belíssimo. Quando o cigarro chegou ao fim, o padre fumante, inadvertidamente, jogou a BITUCA no chão. Só que, na outra lateral da praça, numa distancia de aproximadamente 40 metros, estavam algumas mocinhas brincando de rodas e uma delas viu quando o sacerdote dispensou o resto do cigarro no solo da praça, imediatamente, ela deixou as amigas e veio em direção aos padres, agachou-se, apanhou a ponta do cigarro e colocou numa lixeira que havia, sem nada falar para o padre fumante. O sacerdote disse que foi pior do que uma tapa na cara. Sentiu-se humilhado com a humilde atitude da educada garota de apenas 10 anos de idade”. Conclusão, não devemos esperar que ninguém dê o destino correto ao nosso lixo. Nós mesmos somos responsáveis por isto. 

Por: Wilson Rodrigues
Jornalista/Repórter

EXPOCRATO - TUDO CARO POR HORA DA MORTE !



"Isso é uma vergonha", jargão do Boris Casoy bem utilizado aqui.


Sempre é assim, ano apos ano, vem a Expodosoutros, porque a Expocrato não existe mais! Vejam que em toda cidade tem sua festa para o povo da sua terra e turistas e o preço é 0800, Juazeiro e Barbalha não me deixam mentir, agora vem a Expodosoutros com esse forrozinho fuleiragem para homenagear o grande Luiz Gonzaga, com preços exorbitantemente elevados, dizem que a festa é particular, mas o espaço da festa do povo é de quem...?
Quem ta ganhando com isso...?
Porque só vender uma marca de cerveja etc, cartel?
Quem ta ganhando com isso...?
Sem falar nos preços, você toma uma cerveja gelada, a que você escolher em um restaurante de luxo com ar-condicionado e tudo mais, por R$ 3,50 na Expodosoutros
é R$ 5.00 e assim por diante, dão a desculpa que é por conta do espaço que é caro de mais, mesmo que fosse a restaurante também paga aluguel.
Tudo que vem do Sr. Governador para o Crato é para lascar o caneco,foreve,
rosca, anel, bosca, boga, arruela, tripa gaiteira, bufante, rabo e o Sr. Ilustríssimo
velho C ´ do povo do Crato, termino dizendo nas eleições tibunguem o voto nele,
cada povo tem os políticos que merecem. Acorda Crato.


Por: Daniel Bloc Boris

Palco Sonoro URCA/BNB: III Palco Sonoro URCA/BNB 2012 em tributo ao Rei d...

Palco Sonoro URCA/BNB: III Palco Sonoro URCA/BNB 2012 em tributo ao Rei d...: Dia 9/7 - Segunda 18h00 - Cortejo do Pau da Bandeira Mirim (Barbalha) 19h00 - Reisado Menino Deus e Guerreiro Mãe das Dores ...

Ronaldo Cunha Lima - Postado por Antonio Morais


Dedicado ao amigo e irmão Dihelson  José Mendonça de Sousa.

Na Paraíba, alguns elementos que faziam uma serenata foram presos. Embora liberados no dia seguinte, o violão foi detido. Tomando conhecimento do acontecido, o famoso poeta e senador Ronaldo Cunha Lima enviou uma petição ao Juiz da Comarca, em versos, solicitando a liberação do instrumento musical.

Senhor Juiz.

Roberto Pessoa de Sousa


O instrumento do “crime” que se arrola
Nesse processo de contravenção
Não é faca, revolver ou pistola,
Simplesmente, Doutor, é um violão.
Um violão, doutor, que em verdade
Não feriu nem matou um cidadão
Feriu, sim, mas a sensibilidade
De quem o ouviu vibrar na solidão.
O violão é sempre uma ternura,
Instrumento de amor e de saudade
O crime a ele nunca se mistura
Entre ambos inexiste afinidade.
O violão é próprio dos cantores
Dos menestréis de alma enternecida
Que cantam mágoas que povoam a vida
E sufocam as suas próprias dores.
O violão é música e é canção
É sentimento, é vida, é alegria
É pureza e é néctar que extasia
É adorno espiritual do coração.
Seu viver, como o nosso, é transitório.
Mas seu destino, não, se perpetua.
Ele nasceu para cantar na rua
E não para ser arquivo de Cartório.
Ele, Doutor, que suave lenitivo
Para a alma da noite em solidão,
Não se adapta, jamais, em um arquivo
Sem gemer sua prima e seu bordão
Mande entregá-lo, pelo amor da noite
Que se sente vazia em suas horas,
Para que volte a sentir o terno acoite
De suas cordas finas e sonoras.
Liberte o violão, Doutor Juiz,
Em nome da Justiça e do Direito.
É crime, porventura, o infeliz
Cantar as mágoas que lhe enchem o peito?
Será crime, afinal, será pecado,
Será delito de tão vis horrores,
Perambular na rua um desgraçado
Derramando nas praças suas dores?
Mande, pois, libertá-lo da agonia
(a consciência assim nos insinua)
Não sufoque o cantar que vem da rua,
Que vem da noite para saudar o dia.
É o apelo que aqui lhe dirigimos,
Na certeza do seu acolhimento
Juntada desta aos autos nós pedimos
E pedimos, enfim, deferimento.

O juiz Roberto Pessoa de Sousa, por sua vez, despachou utilizando a mesma linguagem do poeta Ronaldo Cunha Lima: o verso popular.

Recebo a petição escrita em verso
E, despachando-a sem autuação,
Verbero o ato vil, rude e perverso,
Que prende, no Cartório, um violão.
Emudecer a prima e o bordão,
Nos confins de um arquivo, em sombra imerso,
É desumana e vil destruição
De tudo que há de belo no universo.
Que seja Sol, ainda que a desoras,
E volte á rua, em vida transviada,
Num esbanjar de lágrimas sonoras.
Se grato for, acaso ao que lhe fiz,
Noite de luz, plena madrugada,
Venha tocar à porta do Juiz.

O CRATO DURANTE A EXPOCRATO ( Parte 1) - Cobertura Fotográfica - Dihelson Mendonça


VENHA À EXPOSIÇÃO DO CRATO - "Os Bancos não asseguram o seu contrato" hoje em dia, como já dizia a velha letra de música, mas a cidade se prepara com muito carinho para receber os visitantes, e o enorme movimento durante a festa. Segundo estimativas, cerca de 40 milhões de reais irão circular por esses dias na expocrato.


Acima: Na Rua pedro II, como em quase todas as ruas do centro, não se consegue uma só vaga de estacionamento, agravado pela imensa quantidade de veículos durante este período.


Rua Bárbara de Alencar



Rua Dr. João Pessoa, que foi decorada com motivos festivos para receber os visitantes


Fotos: Dihelson Mendonça

Governo se reúne com sindicalistas para discutir reivindicações de servidores em greve


O secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, e representantes da diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Distrito Federal (Sindsep) estão reunidos para discutir a pauta de reivindicações dos trabalhadores, que iniciaram uma greve em diversos órgãos públicos no dia 18 de junho. Na última sexta-feira (6), no mesmo dia em que os sindicalistas comandavam uma manifestação na Esplanada dos Ministérios, o Planejamento determinou aos gestores de recursos humanos dos órgãos afetados o corte de ponto dos grevistas a partir do início da paralisação. O anúncio do corte do ponto não terá efeito para acabar com a greve, de acordo com o coordenador-geral do Sindsep, Oton Pereira Neves, um dos participantes da reunião com Sérgio Mendonça, no ministério. Segundo o sindicalista, essa medida já era prevista pelos líderes do movimento. “[O corte de ponto] não muda os rumos da greve, cujo objetivo principal é o reajuste salarial. A questão do corte dos dias parados tem que ser incluída em uma discussão geral da pauta de reivindicações dos servidores públicos.”
As categorias reivindicam equiparação de salário e benefícios com os servidores do Legislativo e Judiciário. Os grevistas também querem concursos públicos, contratação de servidores, criação de plano de carreira, data-base no dia 1º de maio, e melhores condições de trabalho.
Outras categorias de servidores também reivindicam reajustes salariais. É o caso dos trabalhadores do Judiciário, que pedem a reposição de perdas salariais nos últimos oito anos. Na semana passada, os funcionários da Justiça Eleitoral em vários estados paralisaram os trabalhos por dois dias, dificultando o registro de candidaturas para as eleições municipais de outubro, cujo prazo terminou na última quinta-feira (5).

Agência Brasil

Expocrato deve circular R$ 40 milhões, com shows ridículos


( Título original = Expocrato deve gerar R$ 40 milhões ).


Nota do Editor - Vamos falar a verdade, gente: "Shows culturais", o escambau! - Na programação da expocrato prevalece a porcaria de forró eletrônico, como em todos os anos, no palco principal. Apenas uma pequenina verba, restos do ano passado, foi destinada para um palquinho da URCA em parceria com BNB para apresentação de shows culturais, através de um edital. Enquanto os cartolas que comandam a expocrato hoje não forem expulsos, e trocados por gente do Crato que tem compromisso com a nossa cidade... Enquanto essa festa continuar em poder do Governo do Estado, os cratenses não terão vez e voz ali. Há décadas a programação musical é mantida por uma empresa, a LUAN, que estabeleceu um monopólio completo sobre a expocrato. Uma coisa é certa: Precisamos trazer a Expocrato de volta para os Cratenses! Esse monopólio terá que ser quebrado de um jeito ou de outro. ( Dihelson Mendonça ).

Crato. Com uma grande movimentação de visitantes, foi aberta na noite de ontem, a 61ª edição da Exposição Centro – Nordestina de Animais e Produtos Derivados (Expocrato). A solenidade de abertura, que teve atraso de mais de uma hora, contou com a presença do presidente do grupo gestor da Expocrato, Francisco Leitão Moura; do vice-governador, Domingos Filho; secretario de Desenvolvimento Agrário do Estado, Nélson Martins; superintendente do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Maria Luiza Rufino; e presidente da Ematerce, José Maria Pimenta, entre outras autoridades. Este ano, o governador, Cid Gomes, não compareceu ao evento.
A Expocrato já se configura como uma das maiores feiras agropecuárias do Nordeste. A exposição busca a promoção e modernização do setores agrícola e pecuário regional. 
O evento, que atrai pecuaristas das regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sul do País, este ano terá a participação de mais de 500 animais e cerca 200 expositores. Ao todo, são oito dias de realização de negócios, além de shows culturais. Durante a exposição, serão promovidos, na quinta-feira, leilões de bovinos. Na sexta-feira, exposição de pôneis. Já no sábado, será a vez dos ovinos e caprinos. Ainda haverá seis exposições pan-americanas de cães e um concurso de animais leiteiros. Na área agropecuária, a expectativa de negócios supera os R$ 40 milhões. Com a exposição, os organizadores e expositores buscam melhorar geneticamente seus rebanhos, através da comercialização de sêmen.
A Expocrato teve início no dia 4 de outubro de 1944, apenas como uma pequena exposição agropecuária. Ao longo dos anos, devido ao sucesso nos negócios realizados, o evento foi tomando proporções maiores. Hoje, a Expocrato representa a maior exposição agropecuário do Estado do Ceará. Gera empregos e renda para a população da região do Cariri.

Crédito

Como forma de auxiliar o pecuaristas e agricultores, durante os cinco dias, haverá liberação de crédito para os que sofrem com os efeitos da estiagem. Estima-se que cerca de 100 projetos serão beneficiados. De acordo com o presidente da Ematerce, José Maria Pimenta, mesmo que o Estado tenha vivenciando um período de estiagem, que prejudicou a produção de grãos de sequeiro, gerando perdas significativas, durante a exposição serão apresentados projetos hídricos representativos. “É durante a seca que a construção de grandes obras hídricas são realizadas. Estamos trazendo a ideia do aproveitamento racional dos recursos hídricos, através de projetos de irrigação”, afirma. Nos stands da feira, os visitantes podem conferir produtos trazidos pelos produtores da agricultura familiar, artesãos regionais, empresas que revendem equipamentos e máquinas para o setor agrícola, além de instituições e órgãos que prestam serviços de assistência técnica ao homem do campo. Grandes pecuaristas do Brasil inteiro estão sendo esperados para o evento. Para esta edição da exposição, os rebanhos da Paraíba e Rio Grande do Norte estão impedidos de participar devido as barreiras sanitárias. Na abertura da exposição, os membros do movimento grevista dos servidores e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e também da Universidade Regional do Cariri (Urca) aproveitaram a visibilidade do evento para reivindicar o apoio da bancada de deputados da região quanto a greve nacional da educação.

YAÇANÃ NEPONUCENA
REPÓRTER DIÁRIO DO NORDESTE
Foto ilustrativa: Haoni Caiena

Fenômeno solar causa interferência nas telecomunicações na Europa


Nesta semana, uma rajada de partículas emitidas pelo sol causou interferência em transmissões de rádio por toda a Europa. 
Rajadas como essa, chamadas de “ejeções de massa coronal” (EMCs), são resultado de fortes distorções no campo magnético do sol. Além de conter bilhões de toneladas de gases, raios-X e radiação ultravioleta, elas chegam à absurda temperatura de 100 milhões de graus Celsius. A ejeção que causou interferência na Europa sequer estava vindo direto para a Terra, o que nos dá uma ideia do poder desse fenômeno. Vez ou outra, nosso planeta (ou, melhor, seu campo magnético) é atingido por EMCs menores, e o resultado são intensos flashes de luz. Às vezes, contudo, uma EMC pode causar tempestades magnéticas, interferindo em satélites e redes de energia. Em 1989, seis milhões de moradores do Quebec (Canadá) ficaram sem eletricidade por causa de uma ejeção.

Sabe-se que as atividades solares ocorrem em ciclos de 11 anos – e o pico do ciclo atual está previsto para 2013. Em outras palavras, mais fenômenos violentos estão a caminho. Além das EMCs, fortes alterações no campo magnético do sol também causam as chamadas “manchas solares”. “Nos próximos dois anos, estamos esperando que o número de manchas solares visíveis chegue ao máximo”, relata o pesquisador Matthew Penn, do Observatório Solar Nacional dos Estados Unidos. “Elas são capazes de causar as maiores e mais danosas tempestades espaciais”, completa. 
Parece que o campo magnético da Terra vai ter bastante trabalho para nos proteger ano que vem.[Daily Mail UK] - hypescience



Chávez diz que está 'totalmente livre' do câncer


Nas eleições de outubro, o presidente vai tentar o terceiro mandato.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou nesta segunda-feira (9) que está totalmente livre do câncer. O tumor na pélvis foi descoberto em junho do ano passado. Em fevereiro deste ano, Chávez voltou a ser operado em Cuba para retirar um novo tumor na mesma região. Nas eleições de outubro, o presidente vai tentar o terceiro mandato.

Fonte: G1

Cardeal e arcebispo emérito Dom Eugênio Sales morre aos 91 anos no Rio


Corpo será velado na Catedral São Sebastião, no centro do Rio; cardeal teria sofrido enfarte

SÃO PAULO - Morreu, na noite desta segunda-feira, 9, aos 91 anos, na capital fluminense, o cardeal Dom Eugenio de Araujo Sales, arcebispo emérito da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Dom Eugênio morreu na Residência Assunção, onde morava, na Estrada do Sumaré, na zona norte do Rio.

Segundo a Arquidiocese, o mais antigo cardeal da Igreja Católica morreu por volta das 23 horas por causas naturais. Até a 0h45 desta terça-feira, 10, o corpo do religioso era preparado para ser velado na Catedral São Sebastião, no centro do Rio, onde será sepultado. A Arquidiocese também informou que, nos últimos dias, a rotina de Dom Eugênio, que não possuía nenhuma enfermidade grave, limitava-se entre o quarto e o gabinete, onde lia jornais e assistia à TV. Natural de Acari, no Rio Grande do Norte, Dom Eugênio chegou a ter o nome cogitado entre os candidatos a Papa, depois da morte de João Paulo I.

O atual cardeal-arcebispo da Arquidiocese do Rio, Dom Orani João Tempesta, que substitui Dom Eugênio em 2001, disse que nos últimos dois anos, em razão da idade, o arcebispo emérito começou a reduzir as atividades. "Ele já tinha dificuldades para andar, o raciocínio já estava um pouco lento. Eu não estou com o atestado médico em mãos, mas, pelo que me foi informado, Dom Eugênio sofreu um enfarte.", afirmou Dom Orani. Ele também destaca o importante trabalho realizado por Dom Eugênio, que nos últimos meses, apesar da idade, ainda tinha força de atender as pessoas em seu escritório.

"Ele foi um grande representante da Igreja Católica junto à Santa Sé. Governou a Arquidiocese durante 30 anos, criou a campanha da fraternidade, trabalhou socialmente na Favela do Vidigal e em outras mais, soube exercer sua função na sociedade, na igreja e no país. Durante os anos em que ficou afastado da Arquidiocese, escreveu artigos para jornais, tinha um programa semanal na TV.", acrescentou o atual arcebispo do Rio.

Em nota divulgada nesta madrugada de terça-feira, 10, o governador do Rio, Sérgio Cabral, lamenta a morte de Dom Eugenio Sales e decreta luto oficial de três dias no Estado. "Dom Eugenio Sales era amado pelo povo do Rio de Janeiro. Nas últimas décadas, a sua liderança religiosa foi a mais importante do nosso Estado. Vamos decretar três dias de luto.", afirmou o Cabral.

Ricardo Valota, do estadão.com.br

TRF mantém liminar que proibiu divulgação de salários de servidores pela internet


O desembargador federal Mário César Ribeiro, presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, manteve a liminar que proíbe a divulgação de salários dos servidores públicos federais nos Três Poderes. Ribeiro negou pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para suspender a decisão do juiz federal Francisco Neves, da 22ª Vara da Justiça Federal no Distrito Federal, que na quarta-feira (4) suspendeu a divulgação dos rendimentos do funcionalismo da União na internet até que a Justiça julgue o assunto.

De acordo com o presidente do TRF, a liminar não acarreta grave lesão aos bens jurídicos protegidos por lei. Segundo o texto da decisão, Ribeiro entendeu ser sensato manter a proibição até que se verifique se a exposição dos rendimentos individualizados de cada servidor federal fere o direito à privacidade, como alega a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil, autora da ação. “A decisão impugnada tem o intuito meramente acautelador, afastando, tão somente, a publicação de forma individualizada”, escreveu o desembargador na decisão.

Ribeiro também questionou o instrumento jurídico usado pela AGU para tentar reverter a proibição. Segundo ele, o pedido de suspensão de liminar não tem a mesma natureza de um recurso judicial, não podendo ser usado para modificar, cassar ou adulterar o objeto do processo.
 
Agência Brasil

Juazeiro terá câmeras de vigilância nas ruas, em agosto


No alto do poste da Rua São Pedro, a câmera já está instalada, mas o serviço ainda não começou oficialmente, pois aguarda ajustes finais

Juazeiro do Norte. Em agosto, começa a funcionar o sistema de monitoramento por câmeras de segurança, neste Município. Os serviços serão integrados por meio das Polícias, mas está sendo implantado pela Secretaria de Segurança de Juazeiro do Norte. Em princípio, serão implementadas dez câmeras estratégicas, seis delas móveis no Centro da cidade e área de acesso aos principais bairros. 
Por questões técnicas, o sistema deixou ser implementado há dois meses. Caixas de energia foram adquiridas em São Paulo, para serem ligadas às câmaras. Desde sexta-feira passada, os equipamentos estão sendo montados. As outras quatro câmeras serão fixas na Avenida Padre Cícero, na saída e entrada de Juazeiro para o Crato. Essas, que são as mais complexas para o sistema 24 horas de vigilância, serão automáticas e acionadas na central, que já está montada, na situação de irregularidade dos veículos identificados. A meta é reduzir em cerca de 80% o índice de criminalidade na cidade. Por conta dos crescentes índices de criminalidade, outros Municípios do Cariri têm investido nesse tipo de vigilância. Em Aurora, Altaneira, Assaré, Brejo Santo e Farias Brito, esses sistemas já estão funcionando, na tentativa de conter práticas delituosas nas cidades. Em Aurora, as câmeras de segurança foram instaladas em todas as entradas e saídas da cidade, praças públicas, Centro e nos Bairros de Araçá, São Benedito e Capela de São Francisco, locais onde havia grande vulnerabilidade e concentração de infratores. São 20 câmeras que filmam toda a movimentação da cidade.

Monitoramento

O monitoramento das imagens é feito por três funcionários do Município que permanecem de plantão diuturnamente. A central de monitoramento das imagens fica numa sala cedida pela Polícia Militar à Secretária de Segurança do Município. Mas, além do circuito de segurança, os 30 agentes do Programa Pró-cidadania garantem a ronda permanente por 24 horas, numa parceria com o Governo do Estado. 
O investimento de aproximadamente R$ 80 mil em segurança já rendeu bons resultados em Aurora. Em 2009, quando ainda não havia o circuito, a criminalidade era alta, com arrombamentos frequentes registrados no comércio da cidade e furtos de veículos. Em 2010, já com as câmeras, o índice de criminalidade foi reduzido pela metade. Em Farias Brito, desde 2010, existem 15 filmadoras em áreas da cidade. A sala de monitoramento de Juazeiro do Norte conta com quatro integrantes de Guarda Municipal treinados, que farão revezamento. Outros agentes, segundo o comando da GM, passarão pelo treinamento. Na sala, estarão também agentes do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. 
O subcomandante da Guarda, José Cláudio de Oliveira Belino, afirma que a sala de monitoramento irá captar imagens de praticamente toda a Rua São Pedro, principal do comércio, das vias principais que dão acesso ao comércio, além da praça Padre Cícero, Rua Padre Cícero, área do bairro Triângulo e na Avenida Castelo Branco com a Avenida Padre Cícero, num dos cruzamentos mais movimentados da cidade. Ele destaca as vantagens que esse serviço também terá para a organização do trânsito, principalmente nos períodos de maior movimentação, durante as romarias, que se iniciam no segundo semestre. Segundo o chefe operacional do monitoramento, Benjamim Santos, nos primeiros dias de implantação do sistema, já deverá ser notada uma mudança em relação à redução dos índices de criminalidade, com os assaltos no Centro da cidade, principalmente, inibindo as saidinhas bancárias. Benjamim afirma que a tendência é os assaltantes saiam do centro e procurem outras áreas e, até mesmo, cidades da região onde não há registros de sistemas de monitoramento. De acordo com o chefe do monitoramento, as áreas mais periféricas da cidade estarão sendo acompanhadas, até porque as entradas para essas áreas estarão ao alcance das câmeras de alta resolução, que podem ser acionadas pelo monitor, ou simplesmente realizarem esse giro de forma automática. O serviço custará R$ 40 mil mensais de manutenção, por meio da empresa Corpvs, vencedora da licitação, com contrato de prestação de serviço a ser renovado em até 60 meses.
Especiais
Cada câmera terá um contador específico. Todo um sistema de fibra ótica já foi montado pela empresa. As câmeras são especiais, voltadas para este tipo de serviço, denominadas "speed dome". São as giratórias, com alcance de até 800 metros e que perfazem um giro de 350º. 
As câmaras fixas estarão voltadas exclusivamente para a leitura automática de placas de veículos que entram e saem de Juazeiro em direção ao Crato. Os equipamentos identificam se os carros estão ou não irregulares, em casos específicos de serem clonados ou roubados. Depois, emitem alarme na central, ao localizar o carro. O sistema começou a ser projetado no ano passado, e a previsão era começar a implantar até o final do ano de 2011.
Mais informações:
Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, Rua Beata Maria de Araújo, S/N - Romeirão
Juazeiro do Norte
Telefone: (88) 3587.3305

ELIZÂNGELA SANTOS
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaboradora do Blog do Crato e Portal Chapada do Araripe


Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31