xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/06/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 junho 2012

Prefeito do Crato, Samuel Araripe é escolhido melhor prefeito do Ceará, com quase 20.000 votos na Internet pela empresa PPE


PPE anuncia os 30 Melhores Prefeitos do Ceará em 2012

Melhores Prefeitos do Ceará – 2012 (25ª edição) – Bodas de Prata

Com quase 20 mil votos na internet, sendo 9 mil válidos, apreciados com peso (1) os Municípios que apresentaram os melhores índices na saúde, educação, IDH, Qualidade do Meio Ambiente, Selo Verde, Prefeitos Empreendedores – dados fornecidos por entidades oficiais, além de votos da Comissão de Alto Nível, a PPE, Publicidade, Promoções e Eventos, capitaneada por Roberto Farias, acaba de anunciar os 30 mais destacados administradores do Ceará, como, aliás, disse textualmente, ao dar entrevista ao Política Especial, da Rádio Cidade AM 860, o Conselheiro-Ministro Luís Sérgio Gadelha Vieira, recentemente aposentado do TCM e que participou da Comissão de Apuração.

Na Assembleia – Reunida num dos pomposos auditórios do Prédio José Euclides Ferreira Gomes, da Assembleia Legislativa, a Comissão de Apuração foi presidida pelo Dr. Lindolfo Cordeiro Filho, Diretor de Recursos Humanos da AL/CE; professor Irapuam Aguiar; Dr. Luiz Dias, que representou o TCE; empresário Leonardo Farias e o jornalista Antonio Viana (Rádio Cidade, O Estado e Sistema AVOL). Apurou e anunciou os 30 Melhores Prefeitos do Ceará, período administrativo apurado (Julho/2011 a Maio/2012). A relação vai noutro espaço, compondo a mesma matéria.

Mais votado – Com 23 votos dos 32 votos possíveis, Samuel Araripe (foto), do Crato, foi o mais votado entre os demais colegas. Os outros 29 escolhidos, sem observância de número de votos e ou ordem alfabética foram: Alto Santo, Brejo Santo, Capistrano, Caucaia, Eusébio, Fortaleza, Horizonte, Icó, Iguatu, Itarema, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape, Morada Nova, Ocara, Pacatuba, Palhano, Parambu, Pedra Branca, Pentecoste, Quixeramobim, São Benedito, São Gonçalo, Sobral, Tamboril, Tauá, Tururu e Várzea Alegre. Menção Honrosa - Boa Viagem e Redenção.

Colegiado de Jurados – Melhores Prefeitos do Ceará – 2012 (25ª edição) – Bodas de Prata

1.         Dr. Leônidas Cristino - Ministro dos Portos do Brasil;
2.         Dr. Raul Araújo – Ministro do Superior Tribunal de Justiça;
3.         Dr. Domingos Filho – Vice Governador do Estado de Ceará;
4.         Deputado Roberto Cláudio – Presidente da Assembleia Legislativa do Ceará;
5.         Dr. Luis Odorico Monteiro – Diretor do Ministério da Saúde;
6.         Senador José Pimentel – Ex-Ministro da Previdência;
7.         Senador Inácio Arruda;
8.         Ministro Ubiratan Aguiar - TCU;
9.         Dr. Haroldo Rodrigues – Desembargador e Ex-Presidente TRE;
10.      Dr. Valdomiro Távora – presidente do TCE;
11.      Dr. Luiz Sérgio Vieira - Economista;
12.      Dr. Lúcio Alcântara – Ex-Governador do Estado;
13.      Dr. Tasso Jereissati / Dr. Marcos Cals;
14.      Dr. Antônio Colaço – Reitor da UVA;
15.      Dr. Robério Gress – Chefe de Gabinete do Banco do Nordeste;
16.      Dr. Alci Porto – Diretor do SEBRAE-CE;
17.      Sr. Odilon Soares – Superintendente da CEF;
18.      Sr. Edilmar Norões – Presidente ACERT e Diretor SVM;
19.      Sr. Miguel Dias / Dr. Cid Carvalho – TV Cidade; 
20.      Sr. Augusto César Benevides – Diretor da TV Ceará;
21.      Sr. Antônio Viana – Jornalista Radialista Municipalista;
22.      Sr. Paulo Oliveira – Comunicador da TV Diário e Verdes Mares;
23.      Sr. Darlan Leite – Presidente da Amtur / ABIH;
24.      Sr. Osvaldo Magalhães – Dep. Comercial Interior Diário do Nordeste;
25.      Sra. Valéria Feitosa – Editora Interior do Diário do Nordeste;
26.      Sr. Lúcio Brasileiro – O Povo / TV Jangadeiro;
27.      Sr. Alan Neto – O Povo (Rádio, Jornal, Televisão);
28.      Sr. Roberto Moreira – Diretor da TV Diário;
29.      Sr. Carlos Silva – Radialista (Globo Fortaleza);
30.      Sra. Sônia Pinheiro – O Povo;
31.      Sr. Wolker Gomes – Rádio Cidade AM;
32.      Sr. André Luiz – Sistema AVOL;

Fonte: AVOL - Antonio Viana Online

Geração que só se avista bem depois - Emerson Monteiro


Dias que lembram os que tombaram heróicos nas estradas e viraram meras cruzes de fumaça e vapor barato, a refazer de saudades um passado que nem existiu de forma total. Andou nas trilhas dos dissabores, festivais, ou das matas escondidas em noites abandonadas ao furor do destino. 

Vêm os nomes dos autores disso, desse quase nada, dessa ambulância gritando palavrões nos becos abandonados... Dores reais em forma de canções, violões salpicando ausências e amores, calabouços e aplausos, anonimato de bêbados, drogados nos isolamentos. Um quê de saudade invadiria o panorama, quando hoje morreu também Nélson Jacobina. Lá, outros muitos, os que não resistiram às doses duplas das escandinávias solidões da imensidade, imensuráveis, toscas e pós. Às luzes das ribaltas angustiadas na ressaca dos lenços acenados às pressas dos vagões de carga estremecidos e metálicos. 

As pontes explodidas e os guetos escuros das trombetas de um só e mesmo apocalipse de amarguras mórbidas, indivíduos e saudades ululantes dos nossos compositores geniais e seus palcos em festa, sempre e sempre, ainda que por dentro corações esfacelados, turmas unidas para não sangrar ainda mais, quais porcos espinhos reunidos em volta das fogueiras de bares madrugadeiros. Essa tonta geração de dormir nas praias afastadas, a fim de não destoar o coro dos contentes. 

Movimento de barcos à deriva, tambores de tribos exterminadas em blocos de concreto de réquiens alegres. Assim, falar desses marinheiros mareados, trombos nas veias dos sistemas oficiais, saltimbancos e andarilhos das estrelas, que marcaram seu tempo nosso tempo, viajantes da imaginação pura, naqueles turnos melancólicos de transformação duvidosa, no futuro próximo dagora. 

Horas de luta e abandono, motores da esperança do que mudaria com reservas e deixaria um travo de inautenticidade no céu das bocas de quem viveria o êxodo de fases nucleares e zumbidos de naves cruzando ares das doces felicidades senhoras das bestas, preço por demais exorbitante em homens e armas, sonhos e mistérios. Só bem depois, agora, portanto, mergulhariam nas vagas dos caracóis dos cabelos e das irreverências praticadas consigo no passado das notas tristes e muralhas intransponíveis. Haverá, por isso, e doravante, uma história disposta a quem quiser contar e ouvir, sorrir e falar das boas construções dos mágicos azuis da persistência no Tudo disfarçados, em tributo a esses guerreiros, por isso e muitos mais.

Por: Emerson Monteiro

Audiência na sede do Ministério Público debate sobre as romarias em Juazeiro

O Ministério Público de Juazeiro do Norte promoveu na tarde desta segunda-feira, em sua a sede no Bairro Lagoa Seca, uma audiência para debater sobre as romarias. Questões como os meios de hospedagem dos peregrinos, o transporte destes até o Cariri e a melhoria da infraestrutura de acolhimento pelo poder público foram o foco principal do encontro. Participaram responsáveis pela segurança pública, Polícia Rodoviária Estadual, representantes da Igreja, Demutran e Secretaria de Turismo e Romarias.

Coube às promotoras de justiça Alessandra Magda e Efigênia Cruz a tarefa de coordenar a audiência pública. O titular da SETUR, José Carlos dos Santos, considerou que esse acolhimento tem melhorado graças aos esforços do prefeito Manoel Santana, mas admite a necessidade de avançar ainda mais no sentido da humanização maior do receptivo. Ele considera mais ampla a dotação da infraestrutura pelo poder público e citou algumas iniciativas como o projeto Roteiro da Fé e estacionamento dos romeiros.

A relação foi acrescida da desocupação das ruas levando os camelôs para os boxes do Centro de Apoio aos Romeiros, melhoria em questões como a organização no trânsito, limpeza pública e a saúde que será fortalecida com o posto de saúde em construção nas imediações do Cartório Eleitoral. O professor José Carlos se referiu ainda ao mapeamento da nação romeira para construir políticas públicas em prol das romarias na reunião que teve ainda as presenças dos padres José Venturelle e Joaquim Cláudio.

Já a promotora Alessandra Magda fez uma espécie de prestação de contas do trabalho que desenvolve em meio às três últimas romarias no Juazeiro especialmente no tocante aos ranchos e pousadas. Enquanto isso, a promotora Efigênia Cruz deu destaque ao transporte de romeiros em caminhões paus de arara no sentido de que as mudanças para os ônibus avancem dentro de um processo educativo adequando melhor ao Código Brasileiro de Trânsito em nome da segurança dos peregrinos. Existe uma Resolução de 1998 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) permite esse tipo de viagens em situações específicas e uma dessas recai sobre festas religiosas tipo as que acontecem em Juazeiro.

SETUR – Secretaria de Turismo e Romaria -

Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte

Polícia Bandidos assaltam banco na Aldeota e levam R$ 390 mil


Somente nesta terça-feira (5), duas instituições bancárias localizadas no bairro Aldeota foram atacadas por bandidos. Nesta tarde, quatro homens armados invadiram uma agência do banco Itaú na Avenida Santos Dumont. Os suspeitos levaram uma quantia de R$ 18 mil em dinheiro e R$ 372 mil em cheques.

Os bandidos invadiram a agência em busca de uma pessoa que trabalha em uma concessionária de carros e estava depositando o dinheiro no banco. Na ação, os assaltantes saquearam os caixas e levaram as armas dos vigilantes. Em seguida, os suspeitos fugiram em duas motos que foram trocadas por um Fiat Palio. Durante a evasão, os bandidos colidiram o veículo em uma motocicleta da polícia. Segundo informações do tenente-coronel Francisco Souto, os suspeitos podem ter invadido um transporte coletivo. As duas motos e o veículo Fiat Palio foram encaminhados para a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas para serem periciados.

Neste momento, a polícia segue realizando diligências em busca do acusados.

Lindomar Rodrigues

Convênio vai promover educação ambiental no Crato


No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado ontem, o Parque Estadual do Sítio Fundão, neste Município, Unidade de Conservação Ambiental em plena área urbana, com cerca de 97 hectares, acaba de ganhar um aliado para atuar no processo de gestão. A Universidade Regional do Cariri (Urca), por meio do Geopark Araripe, assinou convênio de cooperação técnico-científico para atuar na área de educação ambiental, desenvolver pesquisas e extensão na área, com o Conselho de Políticas e Gestão de Meio Ambiente (Conpam).

Criado pelo Decreto Estadual nº 29.179, de 8 de fevereiro de 2008, o local é caracterizado como Unidade de Conservação de Proteção Integral. O Sítio Fundão faz parte do Geotope Batateiras, do Geopark Araripe, que é uma outra ação de preservação ambiental do contexto geológico e paleontológico da Bacia Sedimentar do Araripe.

O Parque Estadual do Sítio Fundão é uma Unidade de Conservação que tem como objetivo preservar os ecossistemas naturais.

A assinatura aconteceu durante a abertura do Seminário Rio + 20 Cariri - Renovando Nossas Energias, que terminou ontem na universidade. Além da gestão compartilhada, a unidade terá o sistema de segurança da área fortalecido, com a construção de uma guarita na entrada, cercas e a atuação da guarda motorizada no espaço. Segundo Paulo Lustosa, o acordo com a Urca é para que a instituição possa apoiar e se utilizar da unidade para as pesquisas e atividades. "Esse tipo de ocupação é saudável para o parque, no sentido de preservar e inibir o mau uso", diz ele, ao acrescentar os avanços da sinalização dos geossítios, incluindo o Sítio Fundão.

O local passou a ser uma das grandes referências de conservação do meio ambiente para a cidade do Crato. Palco de vários protestos em prol de sua conservação, não apenas ambiental, mas histórica, o Sítio Fundão também poderá passar a ser um centro de visitação, a depender de uma discussão junto à comunidade e adequações na lei, segundo o presidente do Conpam, Paulo Lustosa, que fez a palestra de abertura do seminário. A reitora da Urca, professora Otonite Cortez, destacou a importância do convênio, que coloca a Urca como gestora da importante área de conservação. Cursos como o de Geografia e o de Ciências Biológicas poderão desenvolver importantes projetos dentro do parque, segundo ela. Destacou a importante conquista do Selo Verde do Geopark Araripe, onde o parque está inserido.

A proposta inicial de conservação do acervo histórico do parque, o engenho de madeira, que se encontra em ruínas, e o velho casarão de taipa com primeiro andar, poderá ser reavaliado. Segundo Paulo Lustosa, esses projetos poderão passar por outras secretarias, já que a atribuição do Conpam está apenas relacionada ao meio ambiente. O local guarda a memória do ambientalista Jéferson de Franca Alencar, o ecologista que preservou a fauna e flora do Sítio Fundão. O seu neto, Ed Alencar, defende a importância de desenvolver na área o turismo sustentável e para isso diz que deve ser ampliado o processo de discussão com a comunidade.

O Parque Estadual do Sítio Fundão é uma Unidade de Conservação que tem como objetivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Fonte: Diário do Nordeste

Motoserra e tratores estavam sendo utilizados contra cajueiros, mangeiras, coqueiros e cajaraneiras em Juazeiro do Norte


Quem passou pelo terceiro quilômetro da Avenida Padre Cícero, via que liga Juazeiro ao Crato, na manhã desta terça-feira (5), percebeu que uma confusão estava instalada em um terreno próximo ao Maxxi Atacado.

Uma ação conjunta entre a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp), de Juazeiro do Norte, e a Companhia de Polícia Militar Ambiental autuaram funcionários contratos para limpar um terreno. O motivo foi o uso de motosserra e de tratores na derruba de 21 árvores tidas como exóticas: cajueiros, mangueiras, coqueiros e cajaraneiras. O diretor de fiscalização da Semasp, André Wirtzbiki (foto), esclarece que chegou ao local depois de denúncias de pessoas da região. Ao perguntar quem era o dono do terreno, os profissionais que derrubaram as árvores informaram que é o proprietário de uma loja próxima, chamada Casa das Máquinas.

“Quando chegamos lá, primeiro ele falou que não era o dono, mas o responsável por pagar às pessoas que estavam limpando a propriedade. Como não era autorizado para praticar a ação, foi enquadrado no artigo 49 da Lei dos Crimes Ambientais (9.605/98), por promover derrubada em terrenos alheios”, explicou Wirtzbiki.

(Foto: Aglécio Dias)

Quando o dono da Casa das Máquinas chegou à Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, disse que o terreno era seu mesmo. As investigações estão acontecendo para saber realmente quem é o dono.

Mais reclamações

A médica Denise Torquato de Alencar tem uma propriedade vizinha ao terreno que estava sendo desmatado. No último sábado (2), recebeu telefonema do caseiro dizendo que a cerca da propriedade, juntamente com algumas árvores e a estrutura de uma casa sem telhado foram destruídas por um trator. Denise fez um Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional e esperava que as medidas legais fossem tomadas. Mas não foi bem assim. Surpreendeu-se ao receber outro telefonema na manhã de hoje (5) informando que a cerca tinha sido recolocada, mas não no mesmo lugar, tinham invadido dez metros das terras da médica.

“Estamos aqui para reivindicar nossos direitos, porque aqui ninguém é para invadir a terra de ninguém, a gente só quer o que é da gente, simplesmente. Quero que eles coloquem a cerca no lugar que estava antes”, reclama Denise. A médica tem os documentos dos terrenos, já o outro lado apareceu com um documento escrito à mão, feito às pressas. Os desmatadores disseram que entraram no terreno alheio para limpá-lo, mesmo sem o consentimento da proprietária. Segundo a lei, os donos de terrenos que fazem derrubadas sem autorização da Semasp estão sujeitos a pagar R$ 500,00 por cada árvore cortada. A multa para o uso indevido de motosserra chega a mil reais.

Sempre que houver alguma denúncia, seja de empresa poluidora, pessoas com som alto, desmatamento ou retirada ilegal de árvores, basta ligar para o número (88)3511-3512. A Semasp recebe chamadas das 8h às 22.

Por: Raphael Barros - Site Ceará Agora

Notícias da Urca - Universidade Regional do Cariri - 06/06/2012


Convênio possibilita gestão compartilhada da URCA e Conpam, no Sítio Fundão

O Sítio Fundão, em Crato, passará a ter a parceria da Universidade Regional do Cariri (URCA), para o desenvolvimento de ações na área do ensino, pesquisa e extensão. O termo de cooperação técnico-científico foi assinado entre a Reitora da URCA, Professora Otonite Cortez, e o presidente do Conselho de Políticas e Gestão de Meio Ambiente (Conpam), Paulo Lustosa. O espaço de 97 hectares faz parte do Geossítio Batateira, do Geopark Araripe.

A perspectiva, a partir de agora, é o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para ações que promovam a ciência e a preservação maior do espaço. Em 2008, por meio de Decreto Estadual nº 29179, de 08 de fevereiro, o Sítio Fundão foi caracterizado como Unidade de Conservação de Proteção Integral. A assinatura do termo aconteceu durante a abertura do Seminário Rio + 20 Cariri – Renovando Nossas Energias, que terminou ontem na universidade. Além da gestão compartilhada, a unidade terá o sistema de segurança da área fortalecido, com a construção de uma guarita na entrada, cercas e a atuação da guarda motorizada no espaço. Segundo Paulo Lustosa, o acordo com a Urca é para que a instituição possa apoiar e se utilizar da unidade para as pesquisas e atividades. “Esse tipo de ocupação é saudável para o parque, no sentido de preservar e inibir o mau uso”, diz ele, ao acrescentar os avanços da sinalização dos geossítios, incluindo o sítio Fundão.

O local passou a ser uma das grandes referências para a cidade do Crato de conservação do meio ambiente. Palco de vários protestos em prol de sua conservação, não apenas ambiental, mas histórica, o Sítio Fundão também poderá passar a ser um centro de visitação, a depender de uma discussão junto à comunidade e adequações na lei, segundo o presidente do Conpam, Paulo Lustosa, que fez a palestra de abertura do seminário. A Reitora da Urca, professora Otonite Cortez, destacou a importância do convênio, que coloca a Urca como gestora da importante área de conservação. Cursos como o de Geografia e o de Ciências Biológicas poderão desenvolver importantes projetos dentro do parque, segundo a Reitora. Ela ainda destacou a importante conquista do Selo Verde do Geopark Araripe, no qual o parque está inserido. A proposta inicial de conservação do acervo histórico do parque, que inclui o engenho de madeira, atualmente em ruínas, e o velho casarão de taipa de andar, poderá ser reavaliada. Segundo Paulo Lustosa, esses projetos poderão passar por outras secretarias, já que a atribuição do Conpam está apenas relacionada ao meio ambiente. O local guarda a memória do ambientalista Jéferson da Franca Alencar, o ecologista que preservou a fauna e flora do Sítio Fundão. O seu neto, Ed Alencar, defende a importância de desenvolver na área o turismo sustentável e para isso diz que deve ser ampliado o processo de discussão com a comunidade.

Parceria da URCA e Assembléia Legislativa inaugura Unidade do Procon em Crato

Um espaço destinado ao atendimento e a defesa dos consumidores está em funcionamento, por meio de parceria da Universidade Regional do Cariri (URCA), através do Núcleo de Práticas Jurídicas e Assembléia Legislativa do Estado. A parceria para a vinda da unidade do Procon para o Crato foi firmada na última sexta-feira, com assinatura dos termos pela Reitora da URCA, Professora Otonite Cortez, e o deputado Fernando Hugo Colares, presidente da Comissão de Defesa do Consumidor. O Procon do Crato irá funcionar no mesmo local onde atua o Núcleo de Práticas Jurídicas da Instituição. O deputado classificou o momento como histórico, dentro de um caráter social de grande relevância para a população. Estiveram presentes na solenidade, representantes do curso de Direito da URCA, além do Vice-Reitor, Professor Patrício Melo. A Reitora da URCA, professora Otonite Cortez, destacou as demandas sociais que são encaminhadas por meio do Procon, dentro das reais necessidades do consumidor. Conforme a Reitora, o consumidor quer saber da procedência do produto que adquire às boas práticas de fabricação. Professora Otonite ressalta a responsabilidade do cidadão, enquanto consumidor na sociedade atual. “É com imensa satisfação que a URCA assina o convênio de instalação da unidade do Procon, em Crato”, diz. O parlamentar ressalta a importância do Procon para o Cariri, como um braço do consumidor, que sempre está em busca de soluções, externando a forma de revoltar-se ao adquirir o seu bem móvel ou imóvel com problemas. Para o coordenador do Curso de Direito da URCA, Professor Antônio Ambrósio de Oliveira, essa parceria possibilita o aprimoramento dos alunos do Curso de Direito da URCA, além de facilitar o atendimento para grande parte da população. O Curso tem se destacado em avaliações feitas por órgãos como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Recentemente recebeu o Selo OAB 2011. O Procon atuará na defesa dos direitos dos consumidores, de produtos e serviços, por meio de atendimento ao público nas dependências de sua sede. Entre as funções do órgão está receber e analisar denúncias apresentadas por consumidores ou entidades representativa dos consumidores; orientar como proceder e resguardar os direitos dos consumidores; incentivar a conciliação e promover acordos, individuais e coletivos, entre fornecedores e consumidores, dentre outras atribuições.

Novos professores das Unidades Descentralizadas da URCA participam de encontro

Professores aprovados recentemente no Processo Seletivo de Professor Temporário, das Unidades Descentralizadas da Universidade Regional do Cariri (URCA), estiveram reunidos no Salão Verde, da sede administrativa Geopark Araripe, com a Reitora da URCA, Otonite Cortez, o Vice-Reitor, Patrício Melo, diretores de centro e Pró-Reitores. O encontro teve como objetivo promover um receptivo aos novos docentes que assumiram as suas funções em salas de aula das unidades de Campos Sales, Missão velha e Iguatu, na última segunda-feira, dia 04. A URCA realizou em maio concurso destinado ao preenchimento de 168 vagas nos cursos dessas unidades. Com isso, a administração da URCA cumpre o compromisso de levar aos estudantes dessas unidades, com apoio do Governo do Estado, o ensino público, gratuito e de qualidade. Mas, a Reitora ressalta que a luta pelo concurso para Professor Efetivo na Instituição continua sendo realizada.
URCA representada durante o Fórum Estadual de Educação

A Universidade Regional do Cariri (URCA) esteve representada durante o Forum Estadual de Educação, realizado no último dia 28 de maio, em Fortaleza. Participaram do evento os docentes do Centro de Educação da URCA, professor Moreira Firmino (Diretor do Centro) e a professora Dra. Edivone Meire Oliveira (vice-diretora do Centro). As alunas do 6º semestre do Curso de Pedagogia, Vanessa Campos de Sousa, Analine Martins, Mabell Sales Batista e Cícera Sales Pinto também estiveram representando a Instituição. O evento aconteceu na Assembléia Legislativa do Ceará. O Fórum Estadual de Educação, Órgão de Estado – Sistema Nacional de Educação, é uma instância de articulação entre Governo e Sociedade Civil Entre, que tem como monitorar o Plano Nacional de Educação e da formulação, implementação e avaliação do Plano Estadual de Educação; acompanhar a tramitação de projetos legislativos referentes à política nacional e estadual de educação no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa, respectivamente; planejar e coordenar as conferências estaduais e sua implementação, além de zelar e apoiar as conferências municipais.
Na ocasião, estavam presentes representantes das 50 instituições que compõem o Fórum, assim como o Coordenador do Fórum Nacional de Educação, Francisco das Chagas Fernandes; o coordenador geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação; a secretária de Educação do Ceará, professora Isolda Cela, dentre outras autoridades. As representações presentes lutavam pelos 10% do PIB para a Educação no novo Plano Nacional de Educação.

ASSESSORIA DE IMPRENSA 
UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA
www.urca.br - Contato 88 8812.5525/3102.1213

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30