xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/03/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 março 2012

Mulheres internadas com gripe A permanecem em estado grave

Continua grave o estado de saúde das duas mulheres internadas com gripe A na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), em Fortaleza.

A diretoria do hospital informou nesta segunda-feira (12) que as pacientes estão sendo tratadas com o medicamento Tamiflu e ainda não podem ser transferidas para o Hospital São José de Doenças Infecciosas. O transporte pode piorar a situação delas. As mulheres que estavam grávidas estão numa área isolada para evitar a transmissão da doença. Uma delas é moradora de Beberibe e a outra é da Capital. As duas estão com insuficiência respiratória e a paciente de Fortaleza foi diagnosticada também com insuficiência renal.

A paciente de Beberibe deu entrada na última quinta-feira (8) e seu bebê está internado na UTI neo-natal da maternidade, mas já respira sem a ajuda de aparelhos. Já a paciente de Fortaleza deu entrada na unidade na sexta-feira (9) com seis meses de gestação, mas o feto já estava morto. De acordo com a mãe da jovem da capital cearense, Maria Aretuza, o posto de saúde do bairro Jangurussu diagnosticou que ela estava apenas com suspeita de dengue.

Jangadeiro OnLine

Dep.Sineval Roque reafirma a sua pré candidatura a prefeitura do Crato

Começa as especulações políticas na cidade do Crato. Vários são os postulantes que disputam a sucessão municipal.

Entre estes postulantes está o Deputado Estadual Sineval Roque que constantemente tem se reunido com vários partidos da base de apoio ao governador Cid Gomes, que aposta em seu nome para a formação de uma grande aliança em prol de um amplo projeto que visa consolidar o desenvolvimento do município do Crato.

Em conversa com o Deputado Roque, este afirmou que: Há uma orientação por parte do PSB estadual, para que o partido tenha candidato no maior número de municípios do Ceará, especificamente no município do Crato, pelo fato de ser uma cidade que desponta como das cidades mais importantes do interior do Ceará. “O PSB vai ter candidato próprio a Prefeito da nossa querida cidade do Crato” - Confidencia o Deputado Sineval Roque, que já está colocando o seu nome como pré candidato desta agremiação partidária.

Amaury Alencar


A Lei de Chico de Brito - Por Eloi Teles de Morais.

Deus, ao homem, deu a força
E o poder da inteligencia
E deu-lhe o dom da razão
Aconselhando a prudencia
Deu coragem para a luta
Deu força para disputa
Em busca da independência

Deus disse pro homem: siga
Nesta vida a linha reta
Não matar e não roubar
Tenha uma vida correta
Seja bom,seja temente
Olhe sempre para frente
Para atingir sua meta

Mas Deus não mandou que o homem
Fosse covarde, medroso
não mandou ele correr
Ante o agressor presunçoso
Pra defender seu direito
Lutar não é um defeito
É de Deus dom venturoso

Porque então Deus faria
O homem a sua imagem
Sendo um covarde medroso
desprovido de coragem
A semelhança de Deus
Deve ter os brios seus
Seguindo na mesma margem.

A historia do Crato é cheia
De fatos que formão gloria
E precisam ser contados
Como resgate a memoria
Como eu só sei fazer verso
É este o meu universo
Conto no verso a historia

Quero contar a historia
De um dos mais belos relatos
Dos tempos de antigamente
Acontecidos no Crato
O Crato de tantas lutas
De batalhas, de disputas
Gente valente de fato

Pois, quem nunca ouviu falar
Na lei de Chico de brito?
É justamente esta historia
Dum enredo tão bonito
Que eu quero contar agora
Trazendo os tempos de outrora
Ao presente que ora fito

Accioli, era o Governo
Do estado do Ceara
Era o inicio do seculo
Oligarquia sem par
Os coronéis do sertão
cada um era mandão
Sem pro povo se importar.

Até a próxima postagem.
( Antonio Morais ).

Hildegardo e Seu Conjunto – José Flávio Vieira

Continuando o excelente artigo publicado hoje no Blog do Crato por Claude Bloc, trago este outro artigo de 2007/2009 também publicado aqui, na época, por Dr. José Flávio Vieira.


Foto do acervo de H. Cabral. Nela a Banda mais furiosa dos anos 60-70 : “Hildegardo e Seu Conjunto” que depois desaguou no “Os Ases do Ritmo” . Consultei o nosso Sir Jayro Starkey que consultou o Peixoto e abaixo vai a formação exata da Banda na época, segundo ele uma das melhores que ela já possuiu. O Conjunto Musical fez a trilha sonora de toda uma geração e muitos dos que lêem o blog hoje não existiram sem o clima romântico proporcionado por esta Banda.

Guitarra: Nélio C.Falcão
Cantor: Zé Flávio
Sax: Hildegardo Benício
Contra Baixo: Wandy
Ritmo (percussão): Zé dos Prazeres
Baterista: Tonico (atualmente na banda de música do Crato)
Trumpete: Haroldo, irmão de Tonico
Acordeon: Alexandre

Publicado no Blog do Crato em Agosto/2009


TRIBUTO A NÉLIO CLAYTON BARBOSA FALCÃO - Por Claude Bloc



Nélio Clayton Barbosa Falcão – Meu mestre, meu ídolo
(Claude Bloc)

Nélio (à esquerda) - no Rio
Ao escrever este texto, em alguns momentos, vou ceder, certamente, à emoção, pois sei perfeitamente que cada dia é mais um dia roubado da noite e cada noite é tempo de reflexão e de espera. Em nenhum sentido, me considero aqui intelectual: escrevo impulsionada pela história das coisas e das pessoas, e procuro lembrar delas com todas as células de meu corpo, como se na minha vida sempre estivessem.

O que escreverei hoje aqui é como se fosse uma névoa úmida de saudade. As palavras podem vir como sons transfundidos de lembranças que se cruzam de forma díspar, rendas no tecido do tempo, pauta, música e musicalidade. O que tenho aqui é a história de um homem que o tempo não me deixou esquecer.

Eu sei que eu estou segurando a narrativa, como se pudesse segurar a emoção. É que esse meu escrito deveria ser composto sem palavras: como se aqui eu tivesse à minha frente apenas fotografias mudas que contassem sozinhas uma história, como um silêncio que fala, ou melhor ainda, como uma pauta onde desfilassem melodias puras, com clave de sol.
Zé Flávio Teles e Roberto Piancó com Nèlio

- Radio Aararipe

De toda essa argamassa de lembranças que me atiça a memória, aparece enfim essa pessoa de que falo: Nélio Clayton Barbosa Falcão. Tinha-o/tenho-o como um ídolo. Nas festas em que “Hildegardo e seu Conjunto” ilustravam com uma maestria divina, estavam lá meus olhos voltados para aquele homem que empunhava seu instrumento de cordas, dedilhando, ora com leveza, ora com uma vibrante euforia, as notas das melodias que eu dançava ou que simplesmente escutava, enquanto sonhava com algum príncipe (des)encantado. Eu queria aprender a tocar as cordas de um violão com aquela agilidade e nelas encontrar o tom exato dessa sinfonia que me empolgava e ao mesmo tempo me apascentava.

Desde pequena, sempre fui ligada (embrionariamente) à música. Tentei praticar acordeom, mas o peso do instrumento foi desaconselhado para uma menina em crescimento, com escoliose, devido ao fato de ser canhota. Foi então que, aos 15 anos, soube por Sarah Cabral que havia aulas de violão na Educadora. Ela era a professora de teoria (leitura e solfejo) e Nélio o professor de violão (aula prática). As aulas ocorriam numa daquelas salinhas, no topo da rampa, e era lá onde eu ia assisti-las com João Roberto de Pinho e Gracinha Pinheiro.

O professor, antes de tudo, já era para mim um exemplo, não só pelo seu desempenho como músico, mas também pela sua paciente e terna postura para com seus alunos. Eu sonhava em ter, como ele, a mão ágil e hábil nas cordas de uma guitarra ou de um violão. Aquela dança dos dedos em bemóis e sustenidos era da cor da minha ansiedade. Confirmei há poucos dias pelo seu próprio filho – Nélio Junior - que minha intuição, já naquela época, não prescindia de um grande senso de observação. Segundo seu filho, o nosso grande Nélio, tinha “grande intuição musical; era amoroso; paciente e muito pacato." Era, então, assim que esse pai passava zelosamente seu tesouro para os filhos amados: a música, a arte!

A vida de Nélio Clayton foi tão arraigada de amor ao Crato, que eu o imaginava cratense – e ele certamente o era, de coração. Mas me surpreendi ao saber que ele nasceu em Fortaleza - em 04.06.1928. A vida dele foi pontilhada pela música desde cedo, e a ela devotou seu sucesso e seu arrojado trabalho. Em todos os seus passos e gestos estavam essa delicadeza e a harmonia de uma pessoa que veio semear o bem.

São sempre emocionados os depoimentos das pessoas que passaram de alguma forma pela sua vida. Foi essa sua herança, mas curta sua missão. Como a um anjo, Deus o levou cedo (aos 45 anos) e de repente. Quem sabe, para ouvi-lo mais de perto...
.
Histórico sobre a vida de Nélio Clayton Barbosa Falcão

Hildegardo e seu Conjunto - (no Colégio Madre Ana Couto)


Nélio Clayton Barbosa Falcão
Nasceu em Fortaleza em 04.06.1928
-Faleceu em Crato em 27.07.1973

Criado num meio familiar musical, desde cedo habituou-se com os acordes do violão.
Ainda jovem fez parte de grupos musicais que se apresentavam em Fortaleza, quando teve participação ativa nos tempos áureos da PRE-9/Ceará Rádio Clube.

Seguindo os passos do irmão Nilo, que integrava o famoso Conjunto 4 Ases e um Coringa, viajou para o Rio de Janeiro, onde na companhia do Maestro polonês Arnaldo Salpeter formou um Conjunto Regional.

Chegou ao Crato no ano de 1950, trazido pelo Maestro Arnaldo Salpeter, formando o Trio Jangada juntamente com o acordeonista Luzimar Alves, quando da fundação da Sociedade de Cultura Artística do Crato e Escola de Música Branca Bilhar, da qual foi professor de violão.
Mais tarde, formou também no quarteto Jangada juntamente com Maestro Arnaldo Salpeter, Hildegardo Benício e Hildelito Parente.

Integrou ainda "Hildegardo e seu Conjunto" e "Azes do Ritmo", e, por vários anos, também tocou em programas de estúdio e auditório das Rádios Educadora e Araripe. Nesta última, foi um dos seus pioneiros, juntamente com um dos seus grandes amigos, o radialista Wilson Machado.

Apaixonado pelo Crato, faleceu prematuramente aos 45 anos de idade - vítima de infarto fulminante - deixando muitos diletos amigos nos meios musical e social da cidade.
Sobre o Crato, falava sempre que vivia no paraíso (é onde está sepultado).

Foi casado com Maria Almira Brito Siebra e teve quatro filhos: Nélio Júnior, Nelmira, Neyla e Neylton.


Shopping centers expandem mercado no Cariri


O segmento de shopping centers, a grande tendência do comércio e de serviços focada na classe média em todo o mundo, vem crescendo de forma elevada no Cariri cearense, nos últimos anos.

Se a região tinha apenas um desses equipamentos até o ano de 2011, mais um já foi instalado e outro está em construção. O fato concreto presenta que a economia do Cariri, além de aquecida, faz parte da aposta dos empreendedores mais expressivos do Sul do Ceará.

EM OBRAS - Atualmente, o Cariri Shopping passa por uma reforma, em ritmo avançado e com mais de 70% da estrutura do empreendimento pronta. Mais de 85% dos pilares da obra está em fase de finalização. Os investimentos no local chegam a cerca de R$ 70 milhões.

Desde a incorporação da Tenco Shopping Centers no Cariri Shopping, o empreendimento tem conquistado, a cada ano, números mais representativos. Com isso, com toda a área bruta locável ocupada e com uma demanda reprimida que não parava de crescer, estava claro para os empreendedores do Cariri Shopping que havia chegado a hora de explorar o grande potencial de mercado da Região do Cariri.

Não restou outra opção, senão a expansão das instalações do shopping, duplicando sua capacidade para receber novas lojas, também ampliando seu parque de estacionamento.

Já o Juazeiro Open Mall tem 40 lojas, mas nem todas estão funcionando. Aos poucos, entretanto, novos empresários de variados nichos de mercado vão ocupando os espaços. O Open Mall tem estacionamento para 400 veículos e espaço para megalojas e duas lojas âncoras.

A inauguração no ano passado se deu com o Hiper Bom Preço - o primeiro hipermercado instalado no Cariri. Atualmente, o Open Mall passa por uma expansão, com mais 12 lojas sendo construções.

Já o Shopping Juazeiro está com obras iniciadas. O empreendimento terá 109 lojas, 3 lojas âncoras, 14 lojas na praça de alimentação, quatro salas de cinema, academia e boliche e estacionamento subterrâneo com segurança eletrônica.

Além do centro de compras, serão construídas ainda duas torres que acomodarão um hotel com 104 apartamentos e um centro empresarial com 56 salas e centro de convenções com auditório para, em média, 800 pessoas.

* Com informações do O Povo Online


Livro conta a história do bairro Alto da Penha


Ana Rosa Dias com o seu livro 'As Narrativas Orais no Bairro Vermelho' - FOTO: YAÇANÃ NEPOMUCENA - A obra, da historiadora Ana Rosa Dias Borges, é inspirada em contos de antigos moradores e será lançada neste mês.

Crato. Após uma pesquisa envolvendo as comunidades do entorno da Chapada do Araripe, onde os moradores idosos não dominam a escrita, a historiadora Ana Rosa Dias Borges descobriu contos de origem popular, lendas, cantigas e dramas retidos da memória de um povo.

O tema instigou a pesquisadora, que resolveu escrever um livro sobre a história do bairro Alto da Penha, localizado no Crato, onde ela viveu parte de sua infância e desenvolveu uma enorme afetividade. A obra, intitulada "As Narrativas Orais no Barro Vermelho, será lançada no próximo dia 15, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA), às 19 horas.

Origem do bairro

O livro retrata a origem do bairro e versa sobre o tecido social que compõe o universo da população que reside no lugar. O livro traz lendas e acontecimentos pitorescos que aconteceram na comunidade. Toda a história é contada por meio de depoimentos dos antigos moradores do local. Ainda na década de 20, os proprietários de grandes latifundiários, agricultores e desvalidos no geral, iniciaram a povoação do Barro Vermelho. A obra resgata as memórias daquela época e mostra que, ao longo dos anos, a comunidade evoluiu.

O local, por abrigar as classes menos favorecidas, foi intensamente estigmatizado como sendo uma área de abrigo para as pessoas que vivem às margens da marginalidade. O livro de Ana Rosa Dias Borges chega para provar que a história da comunidade e de seus moradores se contradiz com o preconceito construído até hoje.

"Narrativas Orais do Barro Vermelho" traz relatos de jovens que passaram por oficinas de formação, como fotografia, produção textual, desenho, pintura e que se apropriaram da memória dos mais idosos e, aos moldes dos seus conhecimentos, reescreveram a história da comunidade que fazem parte. Todo o material produzido por eles serviu de base para a escrita do conteúdo, edição e publicação do livro de Ana Rosa. A autora enxergou nos jovens talentosos do lugar potencialidades que são ignoradas pelo sistema educacional brasileiro.

Segundo ela, a educação no País não valoriza as formas afetivas e identitárias de produção textual. "Foi a partir da afetividade e riqueza oral que eu escrevi meu livro. Acho que essas fontes precisam ser levadas em conta", afirma Ana Rosa.

Um capítulo do livro "Narrativas Orais do Barro Vermelho" versa sobre a história do casarão que pertencia a Gonzaga de Melo, grande latifundiário, dono de grande parte das terras do bairro. A lenda da botija revela relatos de fatos vividos por ocupantes do Casarão, ainda no começo do século XX, e que até hoje permeiam o imaginário da população da localidade.

Personagens

Personagens como Tico de Júlia, Diva Elpídio, Aureliano Ventura, Dona Milô e Sebastiana Parteira tiveram lugar garantido na composição do livro. A autora resgatou assuntos que causam polêmica na comunidade, como o lixão que se formou no Alto da Penha durante a década de 70.

Segundo a publicação, um morador do bairro, que atendia pelo nome de Tico de Júlia, resolveu fazer diversos ofícios que foram enviados à Prefeitura da cidade, pedindo para que o lixo do Município não fosse despejado na localidade.

Entretanto, sem alcançar sucesso, os moradores apropriaram-se do lixo e fizeram protestos e barricadas que impediram a ação das autoridades municipais. O ato rendeu uma grande mobilização e causou transtornos na cidade. Desde aquela época, todos os resíduos sólidos recolhidos tomaram outro destino. Para Ana Rosa Dias Borges, esse é um dos capítulos mais envolventes da publicação.

Divisão da obra

O livro "Narrativo Orais do Barro Vermelho" é um produto do edital Micro Projetos do programa Mais Cultura, desenvolvido pelo Ministério da Cultura. A publicação, que é fruto de uma longa pesquisa, foi dividida em duas vertentes, a do imaginário mítico popular e a dos relatos que dão conta da dimensão histórica e social da população.

De acordo com a autora, a história oficial do Município conta apenas a versão dos vencedores e esquece que todo o povo faz parte da contextualização das narrativas. Toda a edição foi ilustrada com desenhos dos alunos participantes das oficinas promovidas durante a pesquisa.

Os desenhos do livro da historiadora são de Renato Alves e Cícero Gonçalves. Já a apresentação da obra foi feita pela técnica de cultura Ana Cláudia Isidório. O projeto também envolveu os educadores sociais Aldemar Filho, Edimar Freitas, Paulo Bento e Vicente Filho.

As orientações, indicações de locais e pessoas para a realização da obra foi da quituteira Têca, que acolheu a autora durante o período de observação da comunidade do bairro Alto da Penha.

Mais informações
Lançamento do livro "As Narrativas Orais no Bairro Vermelho" será no dia 15 de março, às19 horas, no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (Urca)

YAÇANÃ NEPONUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

Estado de saúde de Lula é ótimo, diz médico


Lula se despede dos médicos ao deixar o hospitalO médico Roberto Kalil Filho disse, há pouco, que o estado de saúde do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é ótimo e que dentro de semanas ele poderá retomar sua rotina normal de trabalho. O médico do ex-presidente disse que ele vai continuar o tratamento com antibióticos, para o combate à pneumonia que teve, por mais uma semana. "O estado dele é muito bom e seu humor está ótimo", frisou Kalil Filho, após Lula ter tido alta médica nesta tarde do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, onde esteve internado na última semana.

Kalil Filho, que disse ter concedido a entrevista à imprensa à pedido do ex-presidente Lula, que deixou o hospital sem falar com os jornalistas, informou ainda que até o final deste mês o petista irá retornar ao hospital para novos exames que irão detectar se o tratamento de combate a um câncer na laringe poderá ser encerrado.

De acordo com o médico, como os tratamentos de quimioterapia e radioterapia já terminaram, a aparência de Lula melhorou e ele está se alimentando sem restrições. Além disso, informou Kalil, a voz do ex-presidente também já está bem melhor.

Via Yahoo Notícias

Técnicos do Ministério da Integração Nacional chegam ao Crato para avaliar situação do Canal do Rio Grangeiro


Deverá estar desembarcando nesta segunda-feira, conforme previsto, ao Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, uma missão do Ministério da Integração Nacional (MIN) que vem ao Crato vistoriar as obras do Canal do Rio Grangeiro. Após uma reunião às oito horas da manha desta terça-feira, dia 13, no gabinete do prefeito, os técnicos se dirigirão, acompanhados do chefe do executivo cratense, dos secretários municipais de infraestrutura, do desenvolvimento econômico e do meio ambiente e desenvolvimento urbano, até a Ponte da Bia, onde começará a vistoria e percorrerão toda a extensão do Rio até a Ponte da Vila São Bento. Eles estarão coletando todas as informações, fotografando e fazendo anotações que constarão em um relatório a ser levado a Brasília. Depois da visita, os técnicos do Ministério da Integração se reunirão com o engenheiro civil, Francisco Osny Enéias, que foi o responsável pelo laudo técnico que apontou várias irregularidades nas obras emergenciais.

Na quarta-feira dia 14, o prefeito do Crato, engenheiros da prefeitura e o deputado federal, Arnon Bezerra, estarão sendo recebidos na capital federal pelo ministro da Integração, Fernando Bezerra. Eles vão discutir meios para que o ministério destine recursos para execução das obras definitivas do Canal do Rio Grangeiro, inclusive seu alongamento e aprofundamento, incluindo construção das pontes e reposição de passarelas. Estima-se que esse projeto poderá ser orçado em R$ 60 milhões.

Não interessam mais a população do Crato obras paliativas. A Avenida José Alves de Figueiredo, por onde o Rio passa, está ameaçada de afundar literalmente, segundo disse o arquiteto Hildo Morais. Alguns prédios que ficam às margens do canal já apresentam rachaduras e seus proprietários clamam por providências urgentes, sob pena de serem vítimas de uma tragédia. A preocupação maior da população é com os pedaços dos gabiões que se desprenderam das paredes do canal e estão jogados no leito do Rio junto com galhos de arvores e troncos trazidos pela enchente da semana passada. Com uma chuva maior, as águas não encontrarão espaços para escoarem e o resultado será o transbordamento do canal e o alagamento nas ruas e Avenidas.

Ascom - PMC
Foto ilustrativa: Wilson Bernardo

Crato capacita servidores em gestão pública

A Prefeitura Municipal do Crato realizou, na última sexta-feira, capacitação técnica em gestão pública para o funcionalismo. O prefeito municipal, secretários e procuradoria, além dos servidores da área da contabilidade estiveram presentes no evento, que contou com diversas palestras durante o dia.

O evento foi aberto pelo prefeito do Crato, Samuel Araripe, que ressaltou a importância dos debates voltados ao setor de gestão pública, justo no momento final de sua administração. Ele destacou o rigor no cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, que é um dos pontos que sempre tem dado a mais relevante importância e que deve ser tratado com transparência e legalidade em seu governo. A Câmara Municipal do Crato esteve representada pelo vereador Antônio Apolinário, além do presidente do Sindicato dos Servidores Municipais do Crato, Júnior Matos.

O curso foi realizado no auditório do Hotel Encosta da Serra, e contou com palestrantes como o analista de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Nelson Rocha, e a Procuradora Geral do TCM, Leilyanne Brandão Feitosa.

CONTATOS:

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA PREFEITURA MUNICIPAL DO CRATO
Fone: 88 3521 7069
www.crato.ce.gov.br

URCA - COMUNICADO: Unidades Descentralizadas da URCA com aulas previstas para serem iniciadas em maio


A
Universidade Regional do Cariri (URCA) comunica aos alunos das Unidades Descentralizadas de Iguatu, Campos Sales e Missão Velha dessa Universidade que, em virtude da realização de seleção pública, que se encontra em andamento, para contratação de 168 professores, o início do semestre letivo 2012.1 está previsto para o mês de maio, após a conclusão do processo seletivo. As atividades administrativas dessas Unidades não sofrerão alteração no seu funcionamento.

Gabinete da Reitoria,

Crato, aos 09 de março de 2012.

Antonia Otonite de Oliveira Cortez
Reitora

Carlos Kleber Nascimento de Oliveira
Pró-Reitor de Ensino de Graduação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 - 8812.5525 ramal 2612
www.urca.br – Crato, 12 de março de 2012

AS ÚLTIMAS DO CANAL - Prefeito do Crato reúne-se com representantes da defesa Civil do Estado do Ceará e apresenta medidas para solucionar os estragos


O prefeito municipal do Crato, Samuel Araripe esteve reunido com representantes da Defesa Civil do Estado do Ceará na manhã desta segunda-feira, dia 12 de março de 2012. O encontro aconteceu no Salão Nobre do Gabinete do Prefeito no Palácio Alexandre Arraes e contou com a presença de parte do secretariado municipal. Na ocasião, foi entregue um requerimento solicitando o reconhecimento de estado de emergência na cidade do Crato por parte da Defesa Civil do Estado em virtude das inundações e enxurradas ocasionadas devido à última chuva forte que caiu na região no dia 05 de março, medindo 93 milímetros. O acontecimento deixou moradores e autoridades em estado de alerta e preocupação, tendo em vista a aproximação da quadra invernosa.

Os estragos atingiram principalmente todo o trecho que compreende o entorno do Canal do Rio Grangeiro e que corta os principais bairros do município. As reformas realizadas para reconstruir o Canal depois da catástrofe ocorrida no ano passado foram todas destruídas pela força das águas. Do total da verba de R$ 4 milhões licitados pelo Estado foram aplicados R$ 2 milhões em obras inacabadas e que não resultaram em nenhuma melhoria para população. Durante a reunião o prefeito apontou sugestões e apresentou medidas como forma de solucionar em definitivo o problema. Um das ações estruturantes que consta do Plano de Requalificação da Cidade é a implantação do Sistema de Pequenos Açudes Urbanos para tentar nivelar e conter o volume de água das enchentes.

Na quarta-feira da semana passada o prefeito viajou à Brasília para uma visita no Ministério da Integração Nacional a fim de informar à União a real situação do município do Crato, diante dos desastres naturais e tentar mais uma vez alocar recursos para viabilizar a solução dos danos do Canal. Munido de um dossiê com estudos e laudos técnicos assinados pelo engenheiro doutor Osny Enéas, o prefeito conseguiu sensibilizar os técnicos da Defesa Civil da União para uma visita de campo às margens do Canal do Rio Grangeiro no sentido de averiguar as áreas danificadas.

Nesta terça-feira, dia 13 de março de 2012, o prefeito recebe no Gabinete o técnico do Ministério da Integração, engenheiro Roni Peixoto, a equipe da Defesa Civil do Estado e os colaboradores do município para uma reunião onde será traçado um novo planejamento de trabalho em conjunto, seguido de entrevista coletiva. A idéia é que inicialmente seja realizado um novo estudo com novos laudos informando detalhes da atual situação do Canal. Esse projeto estaria orçado em R$ 500 mil.

Recentemente o Governo do Estado anunciou o aporte de 5 milhões de reais destinados à obra, mas segundo o que os especialistas concluem é que o valor real da reconstrução do Canal do Rio Grangeiro estaria avaliado em R$ 50 milhões. A reunião desta segunda-feira com os agentes da Defesa Civil do Estado serviu para levantar informações e dados precisos das áreas prejudicadas nas proximidades do Canal. Em anexo ao requerimento encaminhado à Defesa Civil foi apresentado projeto que sugere a reconstrução das principais pontes que ligam o município às cidades e estados circunvizinhos como forma de assegurar a acessibilidade para população. Nesta quarta-feira, dia 14 de março de 2012, o prefeito do Crato será recebido pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, em audiência oficial em Brasília.

ASCOM - PMC

Edições Anteriores:

Abril ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30