xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 19/02/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

19 fevereiro 2012

Fantástico - Sueco sobrevive por 2 meses em carro enterrado na neve


Um homem que ficou preso pela neve dentro de seu carro conseguiu sobreviver durante dois meses sem comida, segundo informações da polícia da região de Umeaa, na Suécia. Quando o encontraram, ele ”se encontrava em uma condição muito ruim”, afirmou o policial Ebbe Nyberg. O veículo foi encontrado na sexta-feira (17) em uma rua que corta uma floresta, no norte da Suécia. A polícia disse que as temperaturas na região caíram para -30°C nos últimos dias. O homem disse aos policiais que tinha estado no carro desde 19 de Dezembro.

Neve derretida

A polícia disse não ter motivos para duvidar de seu relato. Eles acreditam que ele teria sobrevivido bebendo neve derretida. O sobrevivente, que não foi identificado, está se recuperando na Clínica Universitária de Umeaa. Funcionários locais afirmam que, dadas as circunstâncias em que ele foi encontrado, sua condição é muito boa. O homem, de cerca de 45 anos, foi descoberto por pessoas que percorriam com motos de neve a região em que seu carro se encontrava. Um deles raspou a neve do pára-brisas do veículo e percebeu que havia movimento dentro do carro, segundo informações do jornal local Vasterbotten Courier.

‘Um pouco de neve’

O homem estava encolhido em um saco de dormir no banco de trás, disse a polícia.

“Ele disse que tinha estado ali por muito tempo lá e que sobreviveu com um pouco de neve”, disse o agente Nyberg. “Ele mesmo disse que ele não comeu nada desde dezembro”, acrescentou.

Os médicos do hospital de Umeaa dizem que uma pessoa pode sobreviver sem comida por cerca de quatro semanas, de acordo com o Västerbotten Courier. Um dos médicos disse ao jornal que este homem poderia ter sobrevivido por quase dois meses ao entrar numa espécie de “hibernação”.

Da BBC Brasil


Homem mata enteado de 10 anos no Crato


U
m garoto de 10 anos foi morto pelo padrasto Edinaldo Machado dos Santos no fim da noite de sábado (18), na localidade de Seminário, no Crato. O crime aconteceu após uma briga entre o acusado e a mãe da criança.

De acordo com informações da 5ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Militar, o acusado acertou o enteado com um golpe de faca depois de tentar atingir a mãe do menino. A criança foi levada ao hospital da região, mas não resistiu. Edinaldo já foi capturado e presta depoimento à Polícia.

Verdes Mares

Tensão aumenta quanto a possível ataque de Israel ao Irã



Guerra atômica no horizonte ?

Os tambores da guerra entre Israel e Irã nunca rufaram tão alto e, de Washington a Moscou, autoridades passaram a ver um ataque israelense como uma questão de "meses". A tensão subiu ainda mais na semana passada em meio à guerra nas sombras. Aparentemente, os ataques a alvos israelenses na Índia e na Geórgia, além de um complô desbaratado na Tailândia, eram retaliações do Irã ao assassinato de seus cientistas nucleares.

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, tem encampado a tese de que, quando a usina iraniana de Fordo - construída 90 metros abaixo de uma montanha perto da cidade sagrada de Qom - entrar em operação, a aviação israelense não terá mais capacidade de desferir um golpe significativo no programa iraniano. Apenas os EUA têm a tecnologia para destruir a instalação.

A partir do momento em que estocar em Fordo urânio suficiente para fazer a bomba, Teerã terá entrado no que Barak chama de "zona de imunidade" em relação a Israel. A cartada militar, então, estará apenas nas mãos dos americanos.

Diante desse cenário, o secretário da Defesa dos EUA, Leon Panetta, considera que há uma "grande chance" de Israel atacar o Irã "em abril, maio ou junho", escreveu David Ignatius, colunista do Washington Post. "O primeiro-ministro Binyamin Netanyahu não quer que o futuro de Israel dependa dos EUA. Antes, uma matéria de capa da revista do New York Times também previra que um ataque israelense "não passará de 2012".

"Certamente há uma urgência que não existia antes, pois ficou claro que os iranianos estão transferindo urânio para Qom", disse ao Grupo Estado Efraim Inbar, diretor do Centro de Estudos Estratégicos Begin-Sadat. "Todos os integrantes do gabinete israelense apoiam a ideia de atacar o Irã. Uma bomba nuclear iraniana é simplesmente inaceitável para Israel. A questão é 'quando' atacar. Muitos ainda acham que é preciso dar tempo para as operações secretas em andamento", afirma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Yahoo Notícias

Chuvas no Crato


Desde a noite do sábado o Crato experimenta fortes chuvas, intercaladas por breves períodos de calmaria. Numa delas, ocorrida às 18:00, o canal do Rio Grangeiro chegou até a metade da sua capacidade. Às 21:45 começou uma outra que prolongou-se a noite inteira.

A previsão do tempo para este domingo é Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. Temperatura máxima de 31 e mínima de 23 graus. A umidade Relativa do ar neste momento na Vilalta é de 67%. O Nascer do Sol ocorre às 6h42 e o Pôr do Sol às 19h01.

Informações dos sites de meteorologia.
www.blogdocrato.com


Será que as pessoas sabem mesmo apreciar Arte ? Leia isso - FANTÁSTICO...


Um homem sentou-se em uma estação de metro em Washington DC e começou a tocar violino; era uma fria manhã de Janeiro. Ele tocou 6 peças de Bach por aproximadamente 45 minutos. Durante esse tempo, considerando que era horário de pico, calcula-se que 1100 pessoas passaram pela estação, a maioria a caminho pro trabalho.
...
Três minutos se passaram, e um homem de meia-idade percebeu que um músico estava tocando. Ele diminuiu o passo, parou por alguns segundos, e então apressou-se a seus compromissos.

Um minuto depois, o violinista recebeu sua primeira gorjeta de 1 dólar: uma mulher arremessou o dinheiro na caixa e continou a andar.

Alguns minutos depois, alguém encostou-se na parede para ouvi-lo, mas o homem olhou para seu relógio e voltou a andar. Obviamente ele estava atrasado para o trabalho.

O qual prestou mais atenção foi um garoto de 3 anos de idade. Sua mãe que o trazia, o apressou, mas o garoto parou pra olhar o violinista. Por fim, a mãe o empurrou fortemente, e a criança continuou a andar, virando sua cabeça a toda hora. Essa ação se repetiu por muitas outras crianças. Todos os pais, sem exceções, os forçaram a seguir andando.

Nos 45 minutos que o músico tocou, apenas 6 pessoas pararam e ficaram lá por um tempo. Aproximadamente 20 o deram dinheiro, mas continuaram a andar normalmente. Ele recebeu $32. Quando ele acabou de tocar, ninguém percebeu. Ninguém aplaudiu, tampouco houve algum reconhecimento.

Ninguém sabia disso, mas o violinista era Joshua Bell, um dos mais talentosos músicos do mundo. Ele acabara de tocar umas das peças mais difíceis já compostas, em um violino que valia $3,5 milhões de dólares.

Dois dias antes dele tocar no metrô, Joshua bell esgotou os ingressos em um teatro de Boston onde cada poltrona era aproximadamente $100.

Esta é uma história real. Joshua Bell tocou incógnito na estação de metrô, que foi organizado pelo Washington Post como parte de um experimento social sobre percepção, gosto, e prioridade das pessoas. O cabeçalho era: no ambiente comum em uma hora inapropriada: NÓS PERCEBEMOS A BELEZA ? NÓS PARAMOS PARA APRECIÁ-LA ? NÓS RECONHECEMOS TALENTO EM UM CONTEXTO INESPERADO ?

Uma das possíveis conclusões desse experimento poderia ser:

SE NÓS NÃO TEMOS TEMPO PARA PARAR E OUVIR UM DOS MELHORES MÚSICOS DO MUNDO TOCANDO ALGUMAS DAS MELHORES MÚSICAS JÁ COMPOSTAS, QUANTAS OUTRAS COISAS MAIS NÃO ESTAMOS PERDENDO ???

( recebido por e-mail )

Homenageado em SP, Caetano dispara: 'Melhor carnaval é o da Bahia'

.

Cantor, no entanto, diz estar emocionado com desfile da Águia de Ouro. Foi feito cordão de isolamento para que ele pudesse subir no carro com Gil.

Caetano se diz emocionado com desfile, mas afirma que carnaval baiano ainda é melhor (Foto: Rafael Sampaio/G1)Caetano se diz emocionado com desfile, mas afirma que carnaval baiano ainda é melhor (Foto: Rafael Sampaio/G1) - Desfilando pela Águia de Ouro no Sambódromo do Anhembi, os cantores e compositores Caetano Veloso e Gilberto Gil foram muito assediados tanto pelos integrantes da escola quanto pela imprensa na madrugada deste domingo (19).

Foi feito um cordão de isolamento por integrantes da agremiação para que eles pudessem subir no carro alegórico. Caetano disse estar muito emocionado. "Isso aqui [o desfile da Águia] é muito importante, porque a Tropicália é São Paulo", disse, referindo-se ao samba-enredo da escola. Apesar disso, quando questionado pelo G1 sobre qual carnaval prefere, o músico foi categórico: "O melhor carnaval é o da Bahia".

Do G1 SP


Bento 16 quer encontrar Fidel Castro em Cuba


O Papa Bento 16 quer encontrar Fidel Castro em sua viagem a Cuba no próximo mês, mas o encontro depende da saúde do líder revolucionário comunista, afirmou uma autoridade do Vaticano à Reuters neste sábado. A autoridade, que falou do lado de fora de uma cerimônia em que o Papa promoveu novos cardeais, disse que o status da reunião ainda estava pendente.

"Isso depende da saúde dele", disse.

No momento, o Papa deve apenas atender o irmão mais novo de Fidel Castro, o presidente Raúl Castro, que deve receber Bento 16 em Santiago de Cuba em 26 de março, manter conversas privadas com ele em Havana em 27 de março, e ver o pontífice deixar Havana e partir para Roma em 28 de março.

Não existe menção a Fidel Castro no programa oficial. Fidel Castro, 85 anos, governou Cuba por 49 anos antes de ser sucedido pelo irmão em 2008. O Castro mais velho raramente aparece em público, mas, ocasionalmente, encontra-se privadamente com líderes estrangeiros que visitam o país e escreve colunas sobre assuntos internacionais. Um dos objetivos da visita do Papa é a comemoração do 400º aniversário da descoberta do ícone religioso mais famoso de Cuba, a estátua da Virgem da Caridade. A vista de Bento 16 a Cuba ocorrerá após visita do pontífice ao México, a partir de 23 de março.

DA REUTERS

BOM DOMINGO - Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Ivens Mourão*



O MILAGRE

Numa determinada época, chegou no Cabaré da Glorinha uma menina muita “famosa”. Era uma morena do tipo que hoje seria chamada de “avião”. E o Melito foi um dos seus primeiros “passageiros”. Foi contar as peripécias do “vôo” para o meu avô, Luís Martins. Estavam sentados numa mesa da Sorveteria Glória, e o Melito com um ar de mistério e assombro, começou:
- “Seu Luís, o Senhor sabe que chegou uma menina nova na Glorinha? A negra Lourdes? Mas ela não é negra não! É uma morena bonita demais, seu Luís!!!”
- “Já, eu já ouvi falar”.
- “Pois bem, seu Luís, quando me falaram nessa morena fui logo à Glorinha. Quando cheguei lá, eram cinco para seis horas da tarde, hora em que as putas estão tomando banho. Contratei logo a Lourdes para aquela noite. E ela combinou que eu seria o primeiro!”.
E meu avô já começou a rir. E o Melito continuou.
- “Mas seu Luís, quando foi de sete para oito horas eu cheguei lá na Glorinha e fui logo para o quarto com a Lourdes. Mas seu Luís, a negra era alta e do cabelo grande. E nós começamos a fazer o “serviço” e esta negra começou a “judiar” de mim. Me jogava “prum” lado da cama, me jogava pra cima dela, ficava em cima de mim com aquele peso enorme... E eu suando... Ela passava a perna em mim e eu já estava que não me agüentava mais. Que negra para gostar de homem! Taí, uma profissional que gosta de agradar! E ela “judiando”, “judiando”, até que ficou numa posição que quase me imobilizou! E eu procurava ar, seu Luís, e não tinha. E o cabelo da negra suado, caindo no meu rosto... E eu, Seu Luís, nada de ar! Aí, seu Luís, quando eu vi que ia morrer mesmo, me lembrei da nossa Padroeira, a Nossa Senhora da Penha! Fiz uma promessa: se ela me tirasse daquela situação, eu nunca mais na vida voltaria a fazer essas coisas. E, eu tou vivo. Fui valido, seu Luís..., fui valido!”


SARGENTO MORAIS

Quando o Jô Soares apresentava o seu quadro do soldado Geléia, lembrava-me sempre do Sargento Morais, da polícia civil do Crato. Ambos eram extremamente medrosos. A diferença é que o cratense não era gordo.
Mas o Sargento Morais tinha até um pouco de razão em ter medo. Quando era soldado, numa missão, foi esfaqueado por um marginal. Como seqüela ficou com um defeito no braço. A promoção para Sargento foi devido a este fato. Mas, a partir deste incidente ficou extremamente medroso, não se metendo mais em nenhuma confusão. Quando chamado para resolver algum problema, dirigia-se logo para o lado contrário Às segundas-feiras, dia da grande feira do Crato, o índice de bêbados aumentava e, também, as ocorrências policiais. O Sargento Morais era escalado para ficar na beira do rio. Certa vez houve uma briga e não pode fugir, por ter sido perto dele. Então, deu ordem de prisão e o bêbado não se rebelou. Levou o preso para a delegacia, conduzindo-o pelo braço. Mas segurando de leve. Nada de violência. A cadeia ficava na Praça da Sé, prédio histórico onde hoje funciona um Museu. O Sargento teve que passar pela Praça Siqueira Campos. No Café Crato, que ficava na Praça, tinha um grupo de pessoas tomando café. Então alguém comentou:
- “Aquele é o Sargento Morais levando um preso?”
- “É mesmo! Ei! Sargento Morais! Sargento Morais! Vai levando um hoje, hein?”
Quando o preso ouviu isso, parou. Olhou para o Sargento e disse:
- “Espere! Você é que é o Sargento Morais?”
- “Sou sim”.
Então, deu um cotoco para o Sargento e disse:
- “ ‘Taqui’ que eu vou preso!!!”
E foi embora!

O TRATO

Ao final do expediente diário, o Sr. Teófilo, juntamente com o Xenofonte, seu funcionário, fechava o “caixa” que, na verdade, era uma gaveta e recolhia o apurado. Na manhã seguinte o Xenofonte ou um segundo funcionário abria a farmácia. Aconteceu, num determinado dia, do Sr. Teófilo chegar primeiro que todos os funcionários. Ele mesmo abriu a farmácia. Por coincidência, um freguês que estava à espera comprou um produto. O Sr. Teófilo recolheu o patacão na gaveta. Logo em seguida chegou o segundo funcionário e encontrou a farmácia aberta e o Sr. Teófilo trabalhando no laboratório, aviando umas receitas. Nesse ínterim entrou um novo cliente e comprou um medicamento. Quando esse funcionário foi guardar o dinheiro, encontrou um patacão. Então pensou que ficara esquecido. Não teve dúvidas, embolsou o dinheiro. Pouco depois chegou o Xenofonte e se explicou sobre o motivo do atraso. Chegou um novo cliente e desta vez foi atendido pelo Sr. Teófilo. Ao abrir a gaveta para passar o troco, percebeu a falta do patacão. Não teve dúvidas. Chamou o funcionário à parte e disse-lhe:
- “Vamos fazer um negócio. Toda venda que eu fizer o dinheiro é meu. A que você fizer, pode roubar. Assim, devolva o meu patacão.”


A FARINHA

José Teunas Soares foi um dos grandes empreendedores do Crato. Tinha um comércio de atacado de grãos e amealhou uma boa fortuna, possibilitando atuar na área financeira como sócio em Banco Regional. O Sr. Teunas fazia questão de alimentar a idéia de que estava sempre em dificuldades financeiras, criando a fama de avarento, ou seja, popularmente conhecido como “mão fechada”. Mas tudo não passava de uma estratégia, uma forma de exteriorizar o seu senso de humor fino. E com isso, foi criando esta fama.
Ele e sua esposa, Dona Iolanda, eram grandes amigos dos meus pais. E nós amigos dos filhos deles, principalmente do Melchior.
No entanto, quando precisava gastar, não fazia economia. Quando um dos filhos passou por um aperto financeiro, o Sr. Teunas pagou todas as dívidas dele. A Dona Iolanda comentou com minha mãe:
- “Mas Giseuda, eu não sabia que o Teunas era tão rico!”
Em certa ocasião ele estava vindo de Araripina/PE, para o Crato, em um caminhão de boléia aberta, trazendo uma carrada de farinha. O caminhão estava descendo a serra e sobrou numa curva, tombando. O braço direito dele ficou preso debaixo da carroceria, chegando a quebrar. Lembro-me bem de vê-lo com o braço engessado. O motorista se apressou em socorrê-lo. Mas ele, debaixo do caminhão, com uma voz meio espremida, disse:
- “Salve primeiro a minha farinha”.

QUEBRA CADEIRA

O Padre Frederico, além de alto, mais de 1,90 m, era forte. Pesava mais de cem quilos. Em uma festa de aniversário, deram para ele sentar uma cadeira dessas de conjunto de mesa de jantar. Eram ditas ‘modernas’!. Suas pernas eram finas com a seção reduzindo de cima para baixo. Ele olhou para a cadeira, segurou-a numa mão só e girou-a, dizendo:
- “Esta cadeira ‘non’ agüentar”.

Interior da Igreja de São Vicente. A nave central era reservada às mulheres. Os homens ficavam nas laterais.

E o dono da casa:
- “Não padre, pode sentar, agüenta sim!”
- “Olhe lá! Cadeira vai quebrar!”
- “Não Padre, não tenha receio”.
Pe. Frederico não teve dúvidas. Sentou-se com todo gosto! A cadeira se despedaçou toda! Mais que de repente, levantou-se e já foi agarrando a segunda cadeira para sentar-se e ir quebrando uma a uma! Foi quando o dono da festa pediu-lhe pelo amor de Deus para não sentar e arranjou-lhe uma cadeira de ferro. Acomodou-se, em meio à famosa gargalhada.

Fonte: Ivens Mourão
Todos os Direitos Reservados.


A Cleptocracia - José Carlos Alcântara - Via Sergio Menezes


Quando um Estado caracteriza-se por uma corrupção ativa e descontrolada, podemos chamá-lo de uma cleptocracia, cujo significado é sermos governados por ladrões. Há vários tipos de corrupção: o fisiologismo, o nepotismo, o clientelismo, o peculato, o suborno e a extorsão. E, há dois tipos de agentes que praticam a corrupção: os agentes da corrupção ativa, que oferecem e/ou dão dinheiro e os agentes de corrupção passiva, que pedem e/ou recebem dinheiro.

Os agentes de corrupção ativa, são os agentes privados corruptores: os empresários ou gestores de empresas, os líderes de grupos religiosos e os chefes de certos grupos de interesse econômico, buscando aumentar o seu poder político e financeiro, em relação ao poder político dos seus concorrentes, que são o resto da sociedade. Os agentes da corrupção passiva são os agentes públicos corrompidos: os governantes, ou funcionários públicos, que utilizam o poder do Estado para atender às demandas especiais dos agentes corruptores. Estes governantes são funcionários públicos temporários, eleitos democraticamente, ou são os funcionários públicos concursados, contratados e comissionados, colocados em cargos de confiança pelos que foram eleitos. Para cada corrupto passivo no governo, existe um corrupto ativo no setor privado.

Nos países em que a corrupção é praticada extensivamente, direta ou indiretamente, são os próprios detentores dos cargos públicos que tomam a iniciativa de se aproximar dos agentes econômicos, propondo-lhes a concessão de contratos mediante o pagamento de ‘comissão’, através de depósitos bancários ou pagamentos feitos em espécie. Esta ‘sociedade’ é formada por um reduzido grupo de empresários e detentores de cargos públicos. Mas, a corrupção é um crime que deixa muitas vítimas… Pois, quando ela se torna endêmica, os recursos públicos deixam de ser investidos em projetos de infra-estrutura que são realmente necessários para melhorar a alimentação, habitação, transporte, saúde, a educação e o bem estar social da população.

As empresas que não são beneficiadas, perdem participação no mercado e comprometem seu crescimento. Todos os cidadãos sofrem com a degradação da sua qualidade de vida. Enfim, é toda a sociedade que fica mais pobre, quando o desenvolvimento econômico já não vai mais ao encontro das necessidades da população, mas passa a atender somente aos atos ilícitos dos agentes políticos que praticam estes ‘malfeitos’, espertamente dissimulados através dos contratos para a realização de obras públicas e a prestação de serviços públicos, ‘negociados’ junto a seletos grupos de aproveitadores.

Os processos de corrupção iniciam-se nos escritórios destes agentes políticos e nas reuniões dos seus partidos políticos, nos escritórios de pequenas e grandes empresas, nas agencias e nas empresas governamentais, mas podem também ter início nas reuniões sociais domésticas, nos bares e restaurantes e, pior ainda, em conversas saudosistas entre velhos companheiros de escola, ou até mesmo nos acordos pactuados entre parentes e amigos de infância… Como resultado destas ações, nós temos um Estado que é uma cleptocracia praticada a nível federal, estadual, municipal e distrital. Encontramos exemplos disto na leitura diária dos jornais e revistas de grande circulação no país e no exterior.

As denúncias de corrupção no poder público não param de surgir. Segundo dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em 2010, tramitavam nos tribunais federais, 2804 ações de crimes de corrupção, improbidade administrativa e lavagem de dinheiro, enquanto nos tribunais estaduais, encontramos outras 10.104 ações. Segundo a Federação das Indústrias do Estado de S.Paulo (FIESP), a corrupção neste ano teria causado aproximadamente, uma perda de recursos entre R$ 50 e 84 bilhões. Considerando apenas o valor mínimo, ele seria o suficiente para a compra de 160 milhões de cestas básicas, ou a construção de 918 mil casas, ou ainda, a edificação de 57 mil escolas.

Não se trata mais de ver a corrupção, apenas como um tema da oposição, é preciso transformá-la numa causa nacional. Assim como foi feito no século XIX, com a campanha para a abolição da escravatura no Brasil. Mas, não podemos nos esquecer que fomos o último país do mundo a abolir a escravidão. O que serve de alerta, para que o oportunismo de importantes setores da sociedade e suas lideranças políticas, não transformem este assunto em mero adereço das próximas campanhas eleitorais.

O movimento anticorrupção deverá ser uma estratégia de sobrevivência da jovem e frágil democracia brasileira. Pois, enquanto o mundo acompanha aflito, a terrível crise econômica que destrói a economia internacional, na qual todos repetem à exaustão que o Brasil está hoje incluído, como uma das 7 maiores economias do mundo, nós continuamos a conviver com a maldita corrupção. Estamos deixando de aproveitar a nossa melhor chance de transformar uma mentalidade que corrói o nosso desenvolvimento. Se a cleptocracia for extinta, nós todos é que seremos os beneficiários diretos deste crescimento.

José Carlos Alcântara - Via Sergio Menezes

Pirataria - Por: Sergio Menezes


Muito se tem falado sobre os efeitos nocivos da pirataria; seu conceito – baixo preço/qualidade idem – já está mais que difundido no seio de nossa população. Convenhamos, somos regidos pelo salário-mínimo! Muitos recebem um só, mês a mês! Fazem das tripas coração para ampliar um pouco mais aquele valor. Hora-extra, bico, faxineiro-diarista, e o mais que puder ser. Esse núcleo familiar é constituído de pai, mãe e quatro filhos. Moram num barraco de uma favela próxima. Como vivem? Os pais, vivem trabalhando mas não conseguem viver do trabalho. Os filhos, vendo e vivendo tudo aquilo que lhes é possível!

Estamos no século XXI. Imagina-se que tudo esteja à mão, seja fácil e confortável, custe pouco e não dê muita manutenção. Tudo está disponível e fácil de encontrar! Este produto paga imposto.
O produto pirata segue este mesmo perfil, acrescentando um item indesejado ao produto: baixa qualidade. Mas ao assalariado, não resta outra opção. Aí, a cadeia de taxação do Estado é desmantelada! O produto é vendido sem nota-fiscal e garantia. Isso não interessa ao usuário-comprador-assalariado. Negócio de pobre é feito na rua. Quer, quer. Não quer, tem quem quer! O produto pirata é barato porque reúne condições. Desde antes de sua montagem e comercialização, seu projeto industrial foi copiado sem licença. Entram, em sua produção, componentes de qualidade inferior. Vida útil evidentemente menor.

Comercializado sem nota-fiscal, não há como garantir seu funcionamento por um prazo mínimo. Por não ter como arrecadar recursos advindos deste tipo de comércio, o governo tratou de considera-lo ilegal. Aos olhos do consumidor-assalariado, ilegal é trabalhar o mês inteiro e ver que aquilo que se necessita ter, estar eternamente longe de suas posses. Única alternativa: camelódromo! Lá é tudo falsificado. Quando não vem da China, vem do Paraguai. Ali é possível entender o significado da frase “REDISTRIBUIÇÃO DE RENDA”! Lá é possível ver R$ 10,00, valerem dez reais! Ainda que por um período menor de tempo, é possível a obtenção do contentamento!

A pirataria traz contentamento a uma boa parcela da sociedade. A modernidade a baixo custo. CD, DVD, CD de jogos, eletro-eletrônicos, acessórios diversos, roupas, perfumes, ferramentas, o que precisar, tem. Baratinho!

Depois dos ataques aos sítios oficiais do governo norte-americano,alguns “maus” técnicos em cibernética, denominados “Anonymous”, vêm à público chamar sua atenção para os desdobramentos das novas ações já em curso. SOPA e PIPA, iniciativas para o controle da internet nos EUA, tiveram seus processos arquivados. Surge o mesmo mecanismo na Europa, próximo cenário para as ações do grupo. Com a prisão do controlador do site Megauploads, sob a alegação do não-pagamento dos direitos autorais de todas as obras baixadas no site, desde sua fundação, até hoje. Já somam alguns bilhões de dólares em direitos. Onde está esse dinheiro? As autoridades norte-americanas já deram o seu “jeitinho”, engavetando os processos. E os europeus? Dizem que eles são durões, resta saber até quando. Até lá, certamente, a pirataria estará funcionando. A sua maioir especialidade está em contentar uns e outros.

Sergio Menezes

Dep. ELY AGUIAR diz que a volta da Junta Comercial ao Crato é sua iniciativa


NE - Deputado Sineval Roque pegou carona na proposição do Dep. Ely Aguiar ?


"Caro Dihelson, forte abraço.

Em respeito ao leitores do Blog do Crato, vou esclarecer aqui uns pontos que irão tirar que dúvidas sobre os parlamentares que realmente assumem um compromisso em defesa da nossa cidade, o Crato, terra que me viu nascer as margens do Canal do Rio Grangeiro. Falaremos aqui sobre a Junta Comercial do Crato, que nunca deveria ter sido fechada. Em julho do ano passado a Junta deixou de atender nossa cidade e alguns municípios vizinhas. No mesmo momento surgiu também o comentário de que o Governo do Estado estaria disposto a transferir todos os órgãos estaduais sediados em Crato para a vizinha cidade de Juazeiro do Norte. Fato que foi protestado pela imprensa e pelo Blog do Crato. De imediato apresentei um requerimento ( anexo ), pedindo explicações do Governo do Estado, uma vez que o povo do Crato deveria ser informado sobre essa intenção.

PASMEM.....O requerimento, como vocês poder ver....FOI REJEITADO...Sabem que votou favorável ao requerimento ? ANOTEM : Deputados Heitor Férrer, Fernando Hugo, Agostinho Moreira, Roberto Mesquita, Eliane Novais, Moésio Loiola, Fernanda Pessoa. Houve um pedido do Líder do Governo, dep. Antonio Carlos, PT, 600 votos no Crato, para que o requerimento fosse “ REJEITADO “. Eu pergunto, cadê o pessoal votado no Crato ?..rssss. Até hoje estamos sem saber se os órgãos estaduais serão transferidos para Juazeiro, muito embora o Porta Voz do Governo tenha me assegurado que nada mudará. Todavia, faltou transparência..

JUNTA COMERCIAL.

A Junta Comercial passou vários meses fechada. Nesse período tudo era resolvido em Juazeiro. Sabem quantos pronunciamentos foram feitos na Tribuna da Assembléia criticando a medida e pedindo a abertura da mesma ? Dois pronunciamentos....dois pronunciamentos, sabem de quem ? do Ely Aguiar...o resto ficou de bico calado calado, sem abrir o bico. Fui procurado pelos Senhores Geraldo Pinheiro e Nego Duda para interceder em nome do Crato, junto ao Governo do Estado, o que fiz de imediato. Sobre o assunto tratei pessoalmente com O Presidente da Junta Comercial, Dr. Ricardo Lopes, que falou até no noticiário de Antonio Vicelmo. O resultado a gente ja sabe.

ROQUE.

Me causou estranheza a Assessoria do deputado Roque dizer que ele reabriu a Junta. Se tem tanto prestígio porque deixou fechar ? É meu amigo, pelo visto o ilustre deputado, que me pede apoio para ser Prefeito do Crato, conseguiu não só reabrir a Junta. Ele também levou a iluminação de Paulo Afonso para o Crato, construiu a Igreja da Sé e plantou todas as árvores da Serra do Araripe...rsssss"

Deputado Ely Aguiar


Governo inaugura Ceasa Cariri na próxima quinta-feira [23]


O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário [SDA] e da vinculada Ceasa, inaugura na próxima quinta-feira [23], às 19h, mais uma unidade da Centrais de Abastecimento do Ceará [Ceasa], a Ceasa Cariri.

O equipamento recebeu investimento de aproximadamente R$ 11 milhões. Desse total, o Governo do Estado participou com 42,7% do investimento [mais de R$ 4,6 milhões], o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES com 45,7% [recurso superior a R$ 5 milhões] e o Ministério do Desenvolvimento Agrário com 11,6% [R$ 1,2 milhão].

Localizada em Barbalha, a Ceasa Cariri atenderá ao produtor da região e suprirá em sua primeira etapa as necessidades de abastecimento de 33 municípios. A localização estratégica, à margem da rodovia que liga o município de Barbalha à Juazeiro do Norte, garante o abastecimento não apenas da Região, mas também de outros municípios cearenses e dos estados do Pernambuco, Bahia, Piauí e Paraíba.

ESTRUTURA - Inicialmente, a expectativa é que sejam comercializadas 80 mil toneladas/ano no novo entreposto, cerca 32,6% abastecidos pela produção da própria região do Cariri, 31,2% das regiões irrigáveis dos estados vizinhos e 36,2% do mercado produtor de Juazeiro da Bahia.

Para isso, quatro galpões – dois para comerciantes permanentes e dois para produtores ou comerciantes não permanentes – foram construídos em uma área de 8.815 m². Nos galpões para comercialização permanente, cinquenta boxes com áreas entre 30m² e 120m² serão entregues aos comerciantes. Já nas áreas não permanentes, 342 módulos de 4,8m² estão prontos.

Os produtores e comerciantes que já atuavam no atual mercado atacadista da Região foram os primeiros a ocupar as áreas de comercialização na Ceasa Cariri. O agricultor familiar é uma das prioridades da Centrais. Um dos galpões para comerciantes não permanentes atenderá a oferta de produtos da agricultura familiar.

No mercado produtor local, podemos destacar a produção de banana, manga, maracujá, goiaba e pequi. Já na produção de hortaliças, a tomate, o pimentão, o feijão verde, o milho verde, a abóbora, o amendoim e as folhosas – alface, cebolinha e coentro – são destaques.

Além das áreas de comercialização de hortigranjeiros, um galpão de convivência com quatorze lojas de 28m² foi reservado para o comércio de atípicos e para os serviços bancários, telefônicos, internet, correios e loterias.

O secretário da SDA, Nelson Martins, ressalta que a Ceasa Cariri é muito bem estruturada e a previsão é que em pouco tempo a nova unidade atenda cerca de 100 municípios. “O investimento tem grande importância para o consumidor, que vai adquirir produtos de qualidade a um preço menor, e para os produtores, que terão um mercado bem estruturado para vender sua produção”, frisou. O secretário lembrou também que o equipamento vai gerar cerca de 1000 empregos diretos e será um elo da cadeia de produção da agricultura familiar.

* Com informações da Assessoria de Imprensa da Ceasa / Assessoria de Imprensa SDA



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30