xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 27/01/2012 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

27 janeiro 2012

HOJE TEM ESPETÁCULO!!!

Mundo de sonhos - Por: Emerson Monteiro

Nos mistérios da Natureza, os sonhos ocupam lugar privilegiado. Tal qual pensamentos independem da pura vontade dos que pensam, sonhos se apresentam na medida do sono e ninguém escapa dos encaminhamentos instigantes que formam noites a fora. Há estudos mil quanto aos sonhos. Na Ciência, busca persistente aprofunda respostas a isto, desde o passado remoto, e ainda permanece presa ao campo nebuloso das cogitações, circulando o tema de olhos atentos, porém precisando de maiores esclarecimentos que a todos convençam. Admirável esse universo sempre novo dos sonhos.

A propósito, lembro de história que, um dia, ouvi de certo antropólogo americano, não lhe recordo o nome, que viajava pelas tribos da Amazônia e entrevistara velho pajé a respeito dos sonhos. Na entrevista, perguntou ao indígena do poder que as pessoas possuem de entrarem nos sonhos das outras.

Sem titubear, o feiticeiro respondeu que sim, as pessoas podem entrar nos sonhos das outras pessoas, acrescentando em seguida que iria demonstrar, na prática, ao pesquisador, o que estava afirmando naquele momento. Que entraria em um dos seus sonhos para provar o que dissera.

Depois de o professor seguir a outros locais de estudos, retornou à região alguns meses transcorridos desde então. Ali, de novo, se avistou com o pajé da entrevista. Nessa hora, o próprio selvagem foi quem tomou a iniciativa de lembrar o mesmo assunto dos sonhos, e perguntou:

- O senhor recorda de um sonho que outro dia teve, e que nele apareceu uma onça pintada em movimento dentro da floresta?

Após concentrar o pensamento, confirmou o antropólogo aquele sonho que, com clareza, vivenciara no intervalo de tempo após haver encontrado o pajé pela primeira vez.

- Pois aquela onça era eu – assim e naturalmente retribuiu o índio antigo.

Observo, contudo, a margem infinita dos conhecimentos em adquirir, nas jornadas da experiência, o domínio de si sob os mistérios que, a todo o momento, surgem nas portas da transformação, espaço do crescimento individual comum e fértil.

E concluo indagando aquilo mesmo que quis saber do índio o estudioso americano:

- É possível a uma pessoa entrar nos sonhos das outras pessoas?

Cadê a Dilma? -- postado por Armando Lopes Rafael

A matéria abaixo foi publicada na Coluna Ancelmo Góis, no jornal "O Globo"



NESTE MARACANÃ de ministros, a pobre presidente Dilma até some na paisagem (repare só na foto), no fundo da sala da reunião ministerial de ontem, no Palácio do Planalto. O Brasil tem 38 ministros, uma herança maldita do governo Lula, que se empenhou em acomodar os velhos e os novos parceiros políticos, como os do Maranhão de José Sarney. É claro — como tem dito o empresário Jorge Gerdau, coordenador da Câmara de Gestão, um órgão consultivo para a melhora da eficiência do governo — que é impossível administrar bem com tanta gente. Mas quem dá bola para eficiência na política miúda brasileira? Com todo o respeito

Notícias do Crato - 26/01/2012



Resultado do concurso previsto para ser divulgado na próxima semana

Está prevista para a próxima semana a divulgação do resultado do concurso da Prefeitura Municipal do Crato, realizado nos últimos dias 8 e 15 de janeiro, para 360 vagas e contratação imediata. Foram mais de 10 mil inscritos, concorrendo em mais de 45 categorias de trabalho, principalmente para as áreas de saúde e educação. Segundo o Secretário de Planejamento e Administração, Christiano Siebra, termina nesta sexta-feira o prazo para o julgamento dos recursos. A perspectiva é que o resultado seja divulgado ainda no começo da semana.

Prefeito Samuel Araripe autoriza reforma e modernização de museus do Crato

O prefeito do Crato, Samuel Araripe, assinou no início da tarde de ontem, em seu Gabinete, a ordem de serviço para reforma e modernização do Museu Histórico do Crato e Museu de Artes Vicente Leite, que fica na antiga Casa de Câmara e Cadeia, no centro da cidade. A obra, no valor de R$ 271 mil 308 reais, será financiada pela própria municipalidade. O ato de assinatura contou com a presença dos secretários de Infraestrutura, José Muniz; Cultura, Esporte e Juventude, Danielle Esmeraldo, e do líder do prefeito na Câmara, George Macário de Brito, ex-presidente da Fundação J. de Figueiredo Filho, entidade que administra os museus da cidade.

O prefeito ressaltou a importância desses equipamentos para o Crato e que merecem o empenho para que as obras de arte e o todo acervo que compõe esses espaços sejam preservados e resguardados, em prol da memória histórica da cidade. Desde que assumiu a administração da cidade, Samuel Araripe vem tendo a preocupação de recuperar importantes espaços históricos, como o Centro Cultural do Araripe, onde funcionou a antiga estação ferroviária, e todo o complexo em volta. O Museu de Artes Vicente Leite, por exemplo, teve mais de 90% do acervo recuperado, com a restauração de obras de artes de grande relevância artística e histórica, a exemplo de trabalhos de Sinhá d’Amora, Bruno Pedroza, dentre outros artistas. Já o Museu Histórico, teve várias peças restauradas, de inominável valor histórico para o Estado, com esculturas de mais de 200 anos.

Segundo George Macário, todas as peças estão preservadas e muito bem guardadas, já que têm um grande valor histórico, artístico e antropológico. Ele destaca que os quadros receberão novas molduras. As peças maiores, também passarão por restauro. O passo seguinte será dar continuidade ao processo de catalogação das peças, iniciando pelo Museu Histórico, e depois a montagem do museu virtual, com todas as informações de cada peça.

Mais de 12 mil fotografias, que trazem a história da cidade e seus personagens, ao longo do processo evolutivo do Crato, fazem parte do acervo. Todo esse material iconográfico será digitalizado, para que sirva de fonte de pesquisa aos pesquisadores das universidades e das próprias escolas da cidade. Para essa catalogação, se espera que haja continuidade do convênio com o curso de História da Urca, para que os alunos possam atuar na catalogação desse material e contribuir com a cidade, sejam beneficiados no próprio processo de formação.

O projeto de reforma do prédio que abriga os Museus está sendo acompanhado pelo Conselho Estadual de Proteção ao Patrimônio Cultural (Coepa), já que foi tombado nos anos 60 pelo patrimônio histórico estadual. Do local, inclusive, foi retirado um pedaço do reboco da parede, para verificar as pinturas que já foram feitas no prédio e resgatar a cor original.

Segundo George Macário de Brito, que esteve à frente da Fundação J. de Figueiredo Filho, agora sob a presidência de Érico Callou, o projeto prevê a colocação do piso de madeira no primeiro andar, que é o forro do térreo, climatização, a inserção de um elevador para cadeirantes, no sentido de promover a inclusão para os portadores de deficiência, iluminação, suportes para receber os expositores, e também sistema de segurança contra incêndios e contra roubos.

Assistência Social forma mais uma turma de informática

O Governo Municipal em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social, juntamente ao Conselho Municipal do Telecentro Municipal, informam que neste dia 27 de Janeiro (sexta-feira) às 10h da manhã, nas dependências do Telecentro Municipal será entregue certificados de mais um curso de informática, concluído no mês de dezembro de 2010, a uma turma de 25 pessoas. O Telecentro Municipal fica situado na praça da RFFSA, junto à Secretaria Municipal de Cultura. No evento estará presente a Secretária Municipal de Assistência Social, Liduína Alves de Andrade, os conselheiros do referido Telecentro e convidados.

Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal do Crato
Fone/Fax- 88- 3521 7069
www.crato.ce.gov.br
http://www.prefeituramunicipaldocrato.blogspot.com


Casos de hanseníase diminuem no Ceará, segundo Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde divulgou nesta quinta-feira (26) dados sobre a incidência da Hanseníase no Brasil. Conforme os números, os casos da doença no Ceará apresentaram uma queda nos últimos dez anos. Enquanto em 2002 o estado registrava uma taxa de 32,84 casos por 100 mil habitantes, o último balanço apresentou um total de 21,65 por 100 mil habitantes.

Apesar da diminuição dos casos, o Ceará ainda apresenta número pior que a média nacional. Neste último balanço o Brasil apresentou 15,88 casos da doença por 100.000 habitantes, segundo o documento. Em números gerais, o estado aparece em 14º do Brasil com maior coeficiente de detecção geral de Hanseníase.

O número do registro ativo e coeficiente de prevalência de Hanseníase no Brasil em 2011 ficou em 23.660, destes, 8.294 casos foram na região Nordeste, a que apresentou maior incidência.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, afirma que uma atenção maior precisa ser direcionada para que o país consiga diminuir ainda mais os números de casos.

“É fundamental que todos os municípios brasileiros ofereçam o serviço de diagnóstico, tratamento e atenção integral às pessoas acometidas pela hanseníase. No último ano, conseguimos um aumento de 290 unidades de saúde aptas a oferecer assistência a portadores da doença, passando de 9.155 para 9.445 unidades”, diz o secretário.

A hanseníase é uma doença infecciosa e atinge a pele e os nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz. O tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas é longo e varia de dois a cinco anos. É importante que, ao perceber algum sinal, a pessoa com suspeita de hanseníase não se automedique e procure imediatamente um serviço de saúde mais próximo.

Fonte: Verdes Mares


Um ano após tragédia, Canal do Rio Grangeiro aguarda obras


Cenário de destruição no dia seguinte à inundação no Canal do Grangeiro, em 28 de janeiro do ano passado, quando os moradores foram acordados pela força das águas que deixou um rastro de prejuízos. O receio quanto à possibilidade de uma nova enxurrada levou moradores a organizar uma manifestação. Foto: Elizângela Santos.

Crato. Após um ano da tragédia ocasionada pela enchente que inundou e abalou este Município, em 28 de janeiro de 2011, pouco foi feito para reconstruir a principal área afetada, o Canal do Rio Grangeiro. Hoje, alguns ambientalistas e moradores das margens do canal estão realizando um ato cívico para cobrar medidas das autoridades quanto à solução definitiva para o problema. A concentração inicia às 8h,em frente à Igreja de Nossa Senhora de Fátima.

O ato foi denominado de "Canal do medo - 1 ano, ele faz aniversário e quem come o bolo de lama somos nós". A expectativa é de que cerca de 300 pessoas, entre elas autoridades e políticos, participem da manifestação, que deverá resultar em um abaixo assinado.

O documento será entregue ao Ministério Público, a gestores municipais, estaduais e ao Ministério da Integração Nacional. O ato também tem como objetivo alertar sobre a conscientização e reeducação da população com relação a questões ambientais. O medo dos moradores da área do canal é de que novas chuvas causem a repetição da tragédia que deixou 50 famílias desalojadas.

Medidas emergenciais

O caos instalado na cidade fez com que o Governo Federal liberasse, ainda no ano passado, R$ 4 milhões para a realização das obras emergenciais. Em abril de 2011,o governador Cid Gomes anunciou a abertura de um leilão para definir a empresa que iria executar a primeira etapa da obra. A ganhadora foi a Construtora Coral Rodovalho. Do valor do repasse federal, apenas R$ 2,5 milhões foram alocados na primeira etapa da obra.

Nos trabalhos iniciais, a construtora fez a demolição das partes mais atingidas do canal e da alvenaria de pedras, além da retirada de entulhos. Todo o concreto danificado foi substituído por gabiões - tipo de estrutura de armação de arame revertida em PVC. Entretanto, a segurança da obra está sendo questionada. Autoridades municipais dizem que há riscos devido à existência de algumas inadequações. Em alguns locais, as paredes do canal já apresentam rachaduras.

A segunda etapa da obra será o complemento da recuperação e reconstrução do espaço onde houve o desastre. Nesta fase, estão previstos os serviços de restaurações das erosões, pavimentação de segmentos de ruas laterais, reabertura de vias interditadas e recuperação de uma ponte e reconstrução de outra.

No último dia 20 de dezembro, a Defesa Civil do Estado, através da Comissão Central de Licitação, realizou a primeira licitação para a escolha da empresa que iria executar as obras da segunda etapa. Porém, não houve participantes, Logo após, no último dia 19, foi estabelecida uma nova data para o certame, mas, novamente, nenhuma empresa se interessou em participar.

Agora, o Departamento Estadual de Rodovias (DER), que é o órgão que faz o acompanhamento técnico e fiscalização das obras aguarda novas determinações do Governo do Estado. Segundo o DER, os questionamentos da população sobre a segurança das obras já executadas são incoerentes, já que os serviços foram feitos conforme o que estava estabelecido no projeto.

"É importante que a população entenda que as obras são apenas de reconstrução do cenário de desastre. Não temos como defender esses questionamentos porque tudo estava previsto no projeto emergencial", afirmou o engenheiro e gerente do órgão em Crato, Luiz Salviano de Matos. Para ele, há uma necessidade urgente de que as obras sejam concluídas. "Se a obra ficar inacabada, não irá atender as necessidades da população".

Uma solução definitiva para o problema pode ser apontada através de um projeto mais abrangente, realizado a partir de um estudo feito por especialistas das áreas de hidrologia e construção civil. Alguns especialistas apontam como saída a interligação dos Rios Granjeiro e Batateiras, a construção de novos canais ou mesmo o desvio do Rio Grangeiro para a Bacia do Rio Batateiras através de túneis.

Desabrigados

50 famílias ficaram desabrigadas durante a enxurrada que aconteceu, há um ano, no Canal do Rio Granjeiro, deixando a população em alerta

Mais informações
Departamento Estadual de Rodovias (DER)
Av. Godofredo Maciel,3000
Maraponga, Fortaleza
Telefone: (85) 3101.5704

YAÇANÃ NEPONUCENA
Repórter do Jornal Diário do Nordeste

A estupidez cansativa dos intelectuais modernos - Orlando Braga


“A origem da História é a consciência humana (…) a História é constituída pela consciência.” - Eric Voegelin, em ‘A Consciência do Fundamento’.

Este conceito de “História” consta de um opúsculo precioso de Eric Voegelin, o “filósofo maldito” que muita pouca gente estuda — se bem que eu duvido que muitos licenciados em filosofia tenham a capacidade necessária para entender Eric Voegelin; não estudar Eric Voegelin é desculpar insuficiências próprias. Penso até que Eric Voegelin se tornou ininteligível: o conceito de Fundamento deixou de ter um sentido na experiência humana objectiva: o Fundamento sobrevive, recalcado, sob a crusta do embotamento espiritual do Homem ocidental.

Os “intelectuais” ocidentais têm muita culpa no cartório. Gente cega; e o pior cego é aquele que não quer ver. E são esses “intelectuais” os principais responsáveis por situações como esta: as redes sociais em geral censuram a ética cristã.

No tempo de Plutarco, não ter consciência do Fundamento era ser considerado irracional; hoje, dá-se um fenómeno inverso, e absurdo ad Nauseam: se, por um lado, a subjectividade é hoje elevada a um valor supremo através da sacralização dos direitos subjectivos, por outro lado as experiências humanas — subjectivas portanto — em relação ao Fundamento são consideradas absurdas ou idiossincráticas, obrigando o sujeito a remeter a sua expressão para o âmbito exclusivamente privado.

Para onde quer ir esta gente? Eu não os consigo entender. Quando leio, por exemplo, Edgar Morin (um dos “intelectuais” mais badalados depois da queda do muro de Berlim), deparo-me com um “metafísico anti-metafísico”, a contradição e ambiguidade personificadas, um ateu que já não é ateu mas que procura um “novo ateísmo”.

E qual é o Fundamento dessa “nova religião” ateísta de Morin? Simplesmente não tem fundamento nenhum: a nova religião de Morin é um castelo de cartas desprovido de uma fundação metafísica firme, experiencial e lógica. Morin procura a resposta em Montesquieu e nos mentores ideológicos do jacobinismo que diziam que a religião ideal seria o “Cristianismo sem Cristo”. Estes modernos intelectualóides de urinol não conseguem perceber uma ideia tão simples como esta: a História não é a mera reificação do tempo e do espaço humanos: “a História é constituída pela consciência”…

Não conseguem compreender que a nossa ideia acerca do Fundamento sofreu, ao longo de milénios, uma acumulação e sobreposição de novos conceitos, mas sem que a ideia original e mitológica de Fundamento possa desaparecer sem se sacrificar a coerência de uma qualquer nova religiosidade (imanente, que seja), e até colocar em perigo o futuro do Homem.

Essa ideia original de Fundamento mantém-se presente na “consciência humana” que é “a origem da História”. Erradicar as noções axiológicas primordiais de Fundamento, ligadas à cosmogonia e ao nosso lugar no universo, é separar o Homem de si mesmo em um exercício colectivo de dissociação existencial; é condenar o Homem à não-existência subjectiva; é matá-lo por dentro.

A política não pode ignorar esta dimensão da realidade humana.

O que os “intelectuais” e ideólogos (como Morin, Slavoj Zizek, e quejandos) estão a fazer é colaborar em um crime contra a espiritualidade humana. Ao mesmo tempo que o Cristianismo e a sua ética são perseguidos pelos intelectuais de merda, vemos nos jornais situações como esta: “Uganda: el negocio del sacrificio ritual de niños”. E como é que Morin protestaria contra esta barbaridade? Defendendo um Cristianismo sem Cristo, ao mesmo tempo que diz que Karl Marx não teve nada a ver com o estalinismo? Como é possível ao intelectual moderno ser tão estúpido?

Por: Orlando Braga ( Site Mídia sem Máscara ).

Governo cria casas para acolher dependentes de drogas


O governo criou oficialmente hoje as Unidades de Acolhimento e os Consultórios de Rua, dois braços de atendimento previstos no Programa de Combate ao Crack lançado ano passado. Estados e municípios, além do Distrito Federal, que se habilitarem receberão um incentivo de R$ 70 mil para montar as unidades, uma espécie de residência temporária para abrigar usuários de crack e outras drogas, com quartos coletivos, cozinha, copa, banheiro, área de serviço de lazer e salas de atendimento e de enfermagem.

Publicada no Diário Oficial, a portaria prevê a criação de dois tipos de unidades: uma para adultos, com até 15 vagas, e outra para crianças e adolescentes, com no máximo 10 vagas. As unidades para maiores de 18 anos receberão R$ 25 mil mensais para auxílio de custeio e as de adolescentes, R$ 30 mil.

A previsão do governo é de que até 2014 mais de 500 estabelecimentos sejam criados, com recursos de R$ 442,8 milhões. Pelo menos quatro funcionários terão de permanecer nas unidades 24 horas, 7 dias da semana. Um profissional de nível universitário (não necessariamente médico mas especializado em tratamento de crack, álcool e outras drogas) terá de permanecer todos os dias da semana na unidade, das 7 às 19h. As unidades terão de estar vinculadas a um Centro de Atenção Psicossocial de Álcool e Drogas. A estada dos usuários nas unidades será de no máximo 6 meses.

As secretarias responsáveis pela unidade de acompanhamento terão de fazer o controle, a fiscalização e auditoria dos trabalhos. O trabalho desempenhado em cada centro será feito de acordo com um projeto feito pelo CAPS de referência. Além de abrigo, unidades ficarão responsáveis em garantir educação. O usuário poderá entrar e sair livremente da unidade e receber visita de familiares.

Municípios e Distrito Federal também podem pedir habilitação para receber recursos destinados à montagem do Consultório na Rua. Equipes (que poderão ter três formatos - quatro, seis e oito profissionais) ficarão encarregadas de entrar em contato com usuários, dar informações sobre redução de danos, distribuir preservativos e encaminhar para unidades de tratamento, quando necessário. Para equipes de 4 profissionais, será repassado valor de R$ 9,5 mil mensais. Para os de 6, de R$ 13 mil e de 8, R$ 18 mil.

Baixa Rasa - Cobertura Fotográfica - Por Wilson Bernardo

.







Fotos: Wilson Bernardo

Escândalo de corrupção por vazamento de cartas abala Vaticano


O Vaticano foi sacudido por um escândalo de corrupção nesta quinta-feira (26) depois que a investigação de uma televisão italiana informou que uma autoridade do alto escalão foi transferida após reclamar sobre irregularidade na concessão de contratos.

O programa “Os Intocáveis”, transmitido na respeitada rede de televisão privada L7, mostrou na noite desta quarta-feira (25) o que disse ser cartas enviadas em 2011 pelo arcebispo Carlo Maria Vigano, então vice-governador da Cidade do Vaticano, a seus superiores, incluindo ao papa Bento 16, sobre a corrupção.

O Vaticano emitiu uma declaração nesta quinta-feira criticando os “métodos” usados na investigação jornalística. Mas confirmou que as cartas são autênticas ao expressar “tristeza pela publicação de documentos reservados”.

Como vice-governador da Cidade do Vaticano por dois anos entre 2009 e 2011, Vigano era o número dois de um departamento responsável pela manutenção de jardins, edifícios, ruas, museus e outros pontos de infraestrutura da minúscula cidade-Estado.

Atualmente embaixador do Vaticano em Washington, Vigano disse nas cartas que, quando assumiu o cargo em 2009, descobriu uma rede de corrupção, nepotismo e clientelismo associados à concessão de contratos a companhias de fora com preços inflacionados.

Transferência

Em uma carta, Vigano conta ao papa sobre uma campanha difamatória contra ele (Vigano) promovida por outras autoridades do Vaticano que queriam a sua transferência porque estavam insatisfeitos com as medidas drásticas que ele havia tomado para poupar o dinheiro do Vaticano ao racionalizar os procedimentos.

“Santo Padre, minha transferência agora provocaria desorientação e desestímulo aos que acreditaram que era possível limpar tantas situações de corrupção e de abuso de poder enraizadas na administração de tantos departamentos”, escreveu Vigano ao papa em 27 de março de 2011.

Em outra carta ao papa em 4 de abril de 2011, Vigano afirmou ter descoberto que a administração de alguns investimentos da Cidade do Vaticano havia sido confiada a dois fundos gerenciados por um comitê de banqueiros italianos “que cuidava mais de seus interesses do que dos nossos”.

No dia 22 de março de 2011, o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Tarcisio Bertone, informou que Vigano estava sendo retirado de seu posto, embora ele devesse ter ficado no cargo até 2014.

Fonte: Reuters



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30