29 setembro 2012

Para você Refletir - Por Maria Otilia

Estamos chegando a reta final da campanha eleitoral para prefeitos e vereadores.É muito importante a nossa participação através do voto, para que a verdadeira democracia se efetive.Embora saibamos que nem sempre a escolha de uma pessoa , através da representatividade , não pode se configurar em uma democracia plena.Mesmo assim já avançamos quando podemos eleger aquele  nos representará tanto no executivo como no legislativo.
Posto abaixo uma fábula para todos os nossos candidatos.Boa leitura.

 ESPADA DE DÂMOCLES  - O PODER FASCINA!

Conta a história que um jovem plebeu ambicionava ser Rei. Em sua imaginação fantasiava a vida de riqueza e luxo em que o Rei e sua corte viviam, e dizia:

- Gostaria de ser Rei. Nem que seja só por um dia.

Ao saber do sonho do jovem, o Rei resolveu satisfazê-lo. Mandou chamar o pretensioso, e, assim que chegou, encarregou seus criados de paramentá-lo, colocar a coroa em sua cabeça e o cetro na mão. Levou-o até o trono e mandou que sentasse. Ordenou-lhe que atendesse aos súditos que aguardavam audiência com o Rei. O jovem plebeu primeiro estranhou o peso das roupas e o desconforto do trono. Mas agora ele era o Rei e tinha que se comportar como tal.  E lá ficou ele o dia todo atendendo, ouvindo queixas e tentando resolver pendências além de ter que tomar decisões importantes que só um Rei pode tomar. No fim do dia o Rei apareceu para saber do jovem o que achara da experiência. O jovem respondeu:

- Difícil, majestade! O bom mesmo é a sensação de poder que ninguém pode contestar mesmo que o Rei esteja errado.

O rei disse:

- Olhe para o alto, meu jovem.

O jovem olhou e  percebeu, assustado,  que estivera o tempo todo com uma pontuda espada de aço presa apenas por um fio de seda, mais fino que teia de aranha, bem acima de sua cabeça.

O rei disse:

- Para o Rei o primeiro erro grave, será o último.

Moral – Todo poder tem sua responsabilidade e, quem assume a responsabilidade que o poder exige, deve arcar com as consequências de seus atos. Os tempos mudam. Os homens comuns ambicionam o poder que fascina. Querem ter os direitos de um Rei. Esquecem e ignoram que a espada da justiça está mais próxima e será mais pesada para quem abusa do poder. A lição desta pequena Fábula vale para todos os políticos atuais que se julgam e se comportam como se Reis fossem e não tivessem que prestar contas nunca.

Aprenderão eles a lição?
autor:desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.