13 março 2012

Criança morre vítima de raiva em Barbalha


O sagui tem sido o principal responsável por casos de raiva humana no Ceará

O menino de nove anos vítima de raiva humana faleceu às 5h40min da manhã desta segunda-feira (12), devido à parada cárdio-respiratória. A criança estava internada há 12 dias no Hospital São Vicente de Paula, em Barbalha, onde permaneceu em coma induzido.

De acordo com a diretoria do São Vicente de Paula, o garoto sofreu duas paradas respiratórias num intervalo de uma hora e, na segunda, não resistiu às manobras de ressucitação.

O administrador do hospital, Hernani de freitas, disse que a equipe médica seguiu o Protocolo de Recife, orientado via internet pelo criador do procedimento, o médico norte-amerericano Rodney Willoughby, que estava no Japão. Entretanto, o método não foi efetivo. Segundo Hernani, o Ministério da Saúde também acompanhou o caso e enviou recomendações.

Até o momento, o caso foi o único registrado no Estado este ano. O menino contraiu a doença através da mordida de um sagui, animal silvestre típico da região do Cariri. Ainda não se sabe se o transmissor foi capturado.

A Secretária de Saúde do Ceará (Sesa), informou que nos últimos oito anos houve cinco mortes de pessoas contaminadas por raiva humana no Estado, das quais quatro foram mordidas pelo mesmo animal, o sagui.

Foto: Viviane Pinheiro
DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.