24 março 2012

Coluna Armando Rafael - Notícias do Cariri





"Tempo quente em Juazeiro"


Com o título acima, esta nota foi publicada na coluna “Radar”, da revista “Veja”, edição de 14 de março último: “Dilma Rousseff tem horror de ser interrompida enquanto fala. Disso sabem bem os que a rodeiam — e deveriam saber todos que lidam com ela. No mês passado, durante uma visita a Juazeiro do Norte (CE), Cid Gomes se esqueceu dessa particularidade da presidente. Numa reunião em que estava também o colega Eduardo Campos, Cid cortou a fala de Dilma para reclamar a falta de verbas. Dedo em riste, uma irritada Dilma reagiu levantando o tom de voz. Cid não baixou a cabeça. Mandou um “não fale assim com um governador de estado” e deixou a sala no ato. Foi preciso que o bombeiro Eduardo Campos saísse da sala e convencesse Cid a voltar e selar a paz com a presidente Assim foi feito. Por Lauro Jardim”.



Faculdade Católica do Cariri

Criada por iniciativa do atual bispo de Crato, dom Fernando Panico, e instalada em 23 de março de 2009, a Faculdade Católica do Cariri (foto à esquerda) comemora nesta 6ª feira, dia 23, o terceiro aniversário de sua instalação. A Faculdade Católica do Cariri tem como diretor o professor Miguel Júnior Zacarias Lima. Foi ele quem elaborou a programação do 3º aniversário daquela instituição que terá: hasteamento das Bandeiras, ao som da Banda de Música Municipal; celebração eucarística – presidida por dom Fernando Panico – na Capela do Sagrado Coração de Jesus, da Casa de Caridade de Crato e encerramento com um café-da-manhã.

Risco de dengue

Quem transita pela Avenida Padre Cícero – vindo ou indo para Juazeiro do Norte – vê o espelho d'água do futuro e inacabado Centro de Convenções do Cariri. Com as chuvas caídas recentemente, há água acumulada naquele local. E, queira o bom Deus, aquilo não seja um “piscinão” para proliferação da dengue. Em Crato vem aumentando o número de casos da doença. Não se pode afirmar que o mosquito tem no interminável Centro de Convenções um dos seus “nascedouros”, “incubadora” ou “base”. Mas que oferece risco, isso lá oferece...

A Mártir-Benigna

Triste cenário

As chuvas de 2012 foram poucas, é verdade. Mesmo assim fez estrago na camada de asfalto que cobre as ruas de Crato. Haja buracos! A Avenida José Alves de Figueiredo (que margeia o canal do Rio Grangeiro) afundou em vários trechos. Quem está no centro da cidade e quer ir para o Lameiro, Parque Grangeiro, Parque Floresta e Grangeiro enfrenta transtorno. Com a interdição da Praça da Sé e Rua Dom Quintino, o único acesso a esses bairros é pelo quarteirão inicial da Rua Carolino Sucupira (atrás do Colégio Santana Teresa), até atingir a Avenida Maildes de Siqueira. Nas horas de pique não existe ninguém do Demutran para orientar o trânsito.

Foi-se a “Cruz do Século”
Há 112 anos existia no alto do Barro Vermelho (hoje oficialmente denominado bairro Pinto Madeira), ao lado da igreja de São Francisco, uma grande cruz de madeira, ali colocada em 1º de janeiro de 1900 para assinalar a passagem do século XX. Quando era prefeito de Crato, o capitão Ariovaldo Carvalho construiu no local uma pracinha, e deu-lhe o nome de “Praça da Cruz do Século”. Dias atrás a cruz ruiu.

Local histórico
No local onde existia a Cruz do Século foi fuzilado, em 28 de novembro de 1834, o caudilho Pinto Madeira. O historiador Figueiredo Filho, no seu livro História do Cariri, Volume III, descreve o acontecimento:
“Sentaram Pinto Madeira numa cadeira presa a uma das traves da forca. O Comandante Maia ofereceu-lhe um lenço para cobrir o rosto. Pinto Madeira recusou-o, desdenhoso, com estas simples palavras:
– Eu também tenho.
Com a ordem de – Fogo! A descarga ecoou, prostrando-o. As últimas palavras de Pinto Madeira foram da fé, que sempre o guiou, embora com seus erros.
– Valha-me o Santíssimo Sacramento!
O soldado da tropa de linha, Gonçalo Roldão, deu-lhe o tiro de misericórdia”.

Preservando nossa história
Espera-se, pois, que a comunidade cratense faça um movimento para colocar nova cruz de madeira naquele local. E aproveite a oportunidade para afixar uma placa alusiva ao fuzilamento de Pinto Madeira, condenado à morte num simulacro de julgamento, considerado o mais faccioso, parcial e injusto da história judiciária do Ceará.

Boa notícia

Esta nos deixou até esperançosos. Se é que ainda dá para alimentar esperanças no atual estágio vivido pelo Brasil. Cerca de 60 policiais do Ronda do Quarteirão receberam treinamento sobre a utilização do decibelímetro. O que é isso? É um instrumento que mede a intensidade do som. O treinamento foi ministrado pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), através da Diretoria Regional do Crato (Dicra). As aulas teóricas foram ministradas no auditório do SESC Crato, localizado na Rua André Cartaxo, nº 443, bairro São Miguel. Participaram do treinamento policiais de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha e Brejo Santo.

Xô poluição sonora

Com isso, os profissionais do Ronda do Quarteirão – utilizando esse equipamento de medição sonora – poderão proibir os abusos que infestam as ruas de nossas cidades, como os “paredões” de som usados em carros e a poluição sonora que corre solta em residências e bares das cidades caririenses, após as 22:00 horas. Aguardemos as providências...

Baderna em alta

Desde 2002, o MST–Movimento dos Sem Terra, com reforço de outras organizações que recebem ajuda financeira do governo federal, vem promovendo – em todo o Brasil – invasões denominadas de “abril vermelho”. São invasões de terras, edifícios públicos e postos de pedágio. O governo federal sempre faz vista grossa a essas badernas. Já quando os policiais invadem um prédio público, reivindicando melhorias salariais, são impiedosamente expulsos...

Aí tem

A alardeada “Comissão da Verdade” foi criada em novembro de 2011 para apurar violações aos direitos humanos, no Brasil, entre 1946 e 1988. Até agora, no entanto, os nomes que integrarão essa Comissão não foram anunciados. Infelizmente a “Comissão da Verdade” não vai reabrir o processo de Celso Daniel (PT), prefeito de Santo André que foi sequestrado, torturado e morto com requintes de crueldade extrema. Ninguém acreditou na versão – divulgada após o inquérito policial – de que a morte do prefeito petista foi um crime comum. Se tivesse sido, os marginais poderiam ter conseguido um bom dinheiro de resgate. Dinheiro que a família (e até a população de Santo André) não se recusaria a pagar.

Elegendo novo poste

Empolgado porque conseguiu eleger dona Dilma para sucedê-lo, o ex-presidente Lula está certo de que também elegerá Fernando Haddad para a Prefeitura de São Paulo. Se Lula vai ter êxito, ou não, nessa empreitada só saberemos daqui a seis meses. Os paulistanos são orgulhosos. Sempre foram. Na verdade, trata-se de um povo independente, que contabiliza na sua história até uma guerra (a Revolução Constitucionalista de 1932) feita para defender a democracia no Brasil. Muito sangue paulista foi derramado naquela revolução. É bom lembrar o lema constante do brasão paulistano: "Non dvcor, dvco" (Não sou conduzido, conduzo).

Torpedos

1 – Será no próximo dia 6 de maio a inauguração da ampliação do Cariri Shopping, que teve o número de lojas triplicado.

2 – A Pastoral de Romaria, da diocese de Crato, estará reunida entre os dias 13 e 15 de julho próximo, no Centro de Expansão Dom Vicente Matos. Além da avaliação das suas atividades, os membros da Pastoral acertarão os detalhes da realização do Encontro dos Bispos, Padres e Diáconos Romeiros, que acontecerá em Crato, de 20 a 22 de agosto vindouro.

3 – Prosseguem as obras de requalificação do centro histórico de Barbalha. Atualmente 20 ruas daquela cidade recebem sinalização turística e pavimentação de paralelepípedo, em substituição ao asfalto. Os serviços estarão concluídos até o fim de maio, pois a próxima Festa de Santo Antônio deverá encontrar Barbalha com nova configuração visual e urbana.

4 – Enquanto isso as obras de requalificação do centro de Crato prosseguem em passo de tartaruga. Os serviços de reforma da Praça da Sé estão parados há algumas semanas. Prossegue, no entanto – de forma vagarosa – o calçamento com blocos de concreto intertravados em torno da praça e da Rua Dom Quintino.

5 – Dias atrás o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) aprovou o projeto de US$ 106,6 milhões para aplicação em obras de estruturação das avenidas de contorno, revitalização das áreas urbanas, construção de mercados, construção de aterros sanitários e requalificação de centros históricos das cidades de Sobral, Limoeiro do Norte, Russas e Morada Nova.

6 – A pergunta que não quer calar: por que não foi incluída no Plano de Requalificação de Crato a construção de uma avenida de contorno para dar vazão ao tráfego de veículos dos bairros Parque Grangeiro, Parque Floresta e Grangeiro em direção ao centro da cidade?

7 – A corrupção crônica e generalizada do Brasil serve de mangação no exterior. Jornal esportivo espanhol noticiou que o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, foi forçado a renunciar ao cargo, ora ocupado interinamente até a indicação do novo titular. E completou a notícia: “os interessados podem encaminhar a “ficha corrida” para a sede da CBF, no Rio de Janeiro”.

8 – Até hoje o Brasil nunca ganhou um Prêmio Nobel. Já os Estados Unidos empilham prêmios como quem ganha medalhas em olimpíadas escolares. Das 10 universidades com mais cientistas ganhadores do Nobel, apenas 2 não são norte-americanas. Na última edição do Prêmio, foram 6 os norte-americanos agraciados.

9 – Outro dia, perguntaram a Adam Riess, Prêmio Nobel de Física 2011, se o Brasil estava preparado para ganhar seu Nobel na área científica. Resposta de Riess: “É como se os Estados Unidos quisessem ganhar a Copa do Mundo de futebol. Vai precisar de gerações de jogos, treinos e ensinamentos até isso acontecer”.


7 comentários:

  1. Prezado Armando.

    Os de Sobral estão mole. Há poucos meses numa reunião ministerial, o ministro não sei de que Leônidas Cristino foi falar e a Dilma disse: Eu pensei que o senhor sabia que estava aqui para ouvir! Ele meteu a rabo entre as pernas e se calou.

    Agora com o Cid?

    ResponderExcluir
  2. Pois é Morais: até os prepotentes comuns um dia encontram pela frente um prepotente maior do que eles...
    Mas a formiga sabe a folha que corta...

    ResponderExcluir
  3. Grande Armando.
    É sempre um prazer ler o que escreves pelo blog, mas desta vez estou aqui para fazer-lhe um convite. Estamos abrindo aqui no Cariri o ISF - Instituto Ser Fundamentos de Filosofia e Educação Clássica onde estamos trabalhando uma série de cursos a serem ofertados para o público em geral, em especial universitários, sobre temas que comumente tem sido distorcidos no ambiente universitário. Eu juntamente com Giuseppe Malman, um amigo de Barbalha estamos encabeçando o projeto que logo logo contará com um site disponibilizando cursos presenciais e pela internet. Assim que puder entre em contato comigo pois gostaríamos de contar com sua presença (as_nq@hotmail.com ou iserfundamentos@gmail.com). Estamos com um blog disponível a poucos dias: http://www.iserfundamentos.blogspot.com
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Caro Sávio:

    Agradeço e aceito o convite.

    Eu ainda não tive o prazer de conhecê-lo pessoalmente, mas há tempos tenho contatos virtuais e ligação de amizade e respeito para com o jovem professor Giuseppe Mallmann Sampaio (diretor do tradicional Colégio Santo Antônio), uma das mais brilhantes inteligências de Barbalha e do Cariri.

    São pessoas como você e Giuseppe que ainda me fazem acreditar na juventude do nosso querido, sofrido e maltratado Brasil.
    Anotei os e-mails e sites.
    Saúde e Paz,

    Armando

    ResponderExcluir
  5. A coluna de Cláudio Humberto desta 6ª feira publicou:

    O jeito Dilma de governar

    A atitude de Dilma é de quem não disputará a reeleição. Suas broncas que impressionam pela ferocidade, além de ministros, atingem aliados e “eleitores” importantes. Em recente visita ao Rio, ela embarcou com o governador e o prefeito num passeio que se tornaria desagradável, no teleférico de uma favela. Fechada a porta, ela se dirigiu a Sérgio Cabral tão asperamente que Eduardo Paes, sem saber o que fazer, colou o rosto na janela oposta, insinuando não testemunhar a cena degradante.

    Nordestino reagiu...

    Ao contrário de Cabral, que não respondeu, o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), interrompeu a bronca áspera que ouvia de Dilma.


    ...exigiu respeito...

    Olho no olho, Cid Gomes exigiu respeito, deu as costas e saiu da reunião. Surpresa, Dilma não reagiu, ficou pálida. Quase catatônica.


    ...ganhou solidariedade...

    Eduardo Campos (PSB), governador de Pernambuco, correu atrás de Cid e pediu que voltasse à reunião. Ou ele também não retornaria.


    ...e Dilma ficou gentil

    Mais tarde, no almoço, Dilma afagou a cabeça de Cid Gomes, sentado, e perguntou: “Ainda está zangado?” Era Dilminha paz e amor de volta.

    ResponderExcluir
  6. Eu também pergunto: Qual é a moral do Cid Gomes, para enfrentar a Presidenta Dilma?

    Cid Gomes,age com desrespeito, com os seus profissionais do Estado do Ceará, como por exemplo,os Professores e profissionais que cuidam da segurança pública do Estado. E muitos outros casos.

    Cid Gomes, não é exemplo de MORAL e ÉTICA. É um político, que não tem o meu respeito.

    Cristiany Lacerda

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.