20 janeiro 2012

Piada no twitter do Planalto não é motivo para demissão, diz Serra


Servidor escreveu que depois de Luíza, Serra estaria indo para o Canadá.

'Queria avisar o Planalto que não fui ao Canadá, até porque a Luiza voltou'.

Em resposta a piada do Planalto, Serra disse que Luíza já voltou do Canadá (Foto: Reprodução)Em resposta a piada do Planalto, Serra disse
que Luíza já voltou do Canadá (Foto: Reprodução)O ex-governador de São Paulo José Serra respondeu na noite desta quinta-feira (19) a uma piada sobre ele divulgada no twitter da Secretaria de Comunicação da Presidência que acabou levando a um pedido de exoneração de um servidor. Serra disse que a mensagem, retirada do ar com pedido de desculpas, não era motivo para demissão do responsável.

"Aceito a desculpa pelo que aconteceu com o twitter do Planalto. O autor reconheceu o erro e não há motivo para demiti-lo. Assunto encerrado", escreveu Serra, em seu perfil no Twitter.

A frase publicada pelo perfil da Presidência estava relacionada a um texto publicado originalmente na seção de humor do site da revista "Piauí". Tratava-se de uma falsa notícia, dizendo Serra, candidato derrotado por Dilma Rousseff na eleição presidencial do ano passado, iria para o Canadá depois de desistir de disputar a Prefeitura de São Paulo.
saiba mais

* Piada com Serra em twitter oficial gera demissão na Presidência
* 'Luíza está no Canadá' vira hit na web e família antecipa volta dela ao Brasil

* 'É muito estranho, mas eu tô levando tudo na brincadeira', diz Luíza

O texto da "Piauí" e o post do twitter da Presidência fazem referência à frase "Menos Luíza, que está no Canadá", dita pelo colunista social Gerardo Rabello, durante a propaganda de um lançamento imobiliário em João Pessoa, que virou hit na internet. A estudante Luíza Rabello, filha do colunista, estava no Canadá havia seis meses para intercâmbio e voltou nesta semana ao Brasil. Em uma segunda mensagem, Serra ironizou o episódio. Pelo Twitter, Serra afirmou que não irá ao Canadá. "Ah, sim, queria avisar o Planalto que não fui ao Canadá, até porque a Luiza voltou".

De acordo com a Secretaria de Comunicação Social, o funcionário confundiu o twitter pessoal com o da Presidência ao publicar a mensagem e decidiu pedir demissão. No início da noite, poucas horas após o episódio, o perfil de imprensa da Presidência no Twitter era o quarto mais acessado no país.

Do G1, em Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.