xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 29/07/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

29 julho 2011

Professor catedrático da UNB realizará palestra na URCA




O Departamento de História da Universidade Regional do Cariri – URCA promoverá palestra com o professor Virgílio Caixeta Arraes, (foto ao lado) Catedrático de História da Universidade de Brasília – UNB sobre o tema “A política externa contemporânea dos Estados Unidos da América”. O evento se realizará na próxima segunda-feira, dia 1 de agosto, as 19 horas, no Salão de Atos da URCA, situado no campus do Pimenta, em Crato.

O professor Virgílio Caixeta Arraes é graduado em história pela UNB, com mestrado e doutorado na mesma universidade. Tem título de doutor, obtido em 2005, com a tese "Relações internacionais da Santa Sé: da fragilidade à busca de autonomia". É especialista em Relações Internacionais contemporâneas e política externa do Brasil. Foi consultor do Exército Brasileiro no estudo prospectivo "Construção de cenários para o ano 2.030” e assessor de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, em 2006 e 2007. É consultor do Ministério das Relações Exteriores do Brasil. Possui 103 trabalhos publicados em revistas especializadas, 155 matérias veiculadas em jornais e periódicos e cinco livros publicados. Foi orientador de várias teses de mestrado e cinco de doutorado na UNB.

JOVEM EMPREENDEDOR -Por Maria Otilia


Empreendedor é o termo utilizado para qualificar, ou especificar, principalmente, aquele indivíduo que detém uma forma especial, inovadora, de se dedicar às atividades de organização, administração, execução; principalmente na geração de riquezas, na transformação de conhecimentos e bens em novos produtos – mercadorias ou serviços; gerando um novo método com o seu próprio conhecimento. É o profissional inovador que modifica, com sua forma de agir, qualquer área do conhecimento humano. Também é utilizado – no cenário econômico – para designar o fundador de uma empresa ou entidade, aquele que constroi tudo a duras custas, criando o que ainda não existia.Diante do exposto divulgamos aqui neste blog, o trabalho do jovem Roberto Freire, que vem desenvolvendo este empreendedorismo de forma brilhante, aqui na cidade do Crato.

Recentemente inaugurou um grande espaço comercial de bebidas , estivas e cereais. Um comercio de vendas no atacado, para atender principalmente pequenos comerciantes (bares,lanchonetes,mercearias,etc), com o menor preço de mercado. Vale ressaltar que são jovens como o Roberto (conhecido por Beto) que fazem a diferença em uma cidade como o Crato ,onde o comércio cresce de forma acanhada, sem muitos incentivos fiscais e financeiros.
Venha conhecer mais este grande empreendimento , gerenciado por um jovem criativo, ousado e acima de tudo um grande empreendedor , gerador de emprego e renda para o nosso município.

DEPÓSITO DO BETO
Rua Zacarias Gonçalves, 84 -Crato-Ceará -(88)3521 2720

Araripe: maior escavação paleontológica aberta do Nordeste


C
omeçou ontem, 28/07, e segue até dia 15/08, a maior escavação paleontológica controlada do Nordeste, em Araripe-CE. Os trabalhos envolvem pesquisadores multiinstitucionais, da Universidade Regional do Cariri (URCA), Museu Nacional e Universidade Federal do Pernambuco (UFPE). São 20 pesquisadores entre estudantes de graduação, pós-graduação e professores. Todo o trabalho será documentado pela National Geographic e pela renomada cineasta Lara Velho, que já produziu documentários na Antártida, Mato Grosso, Minas Gerais e vários outras regiões sobre Paleontologia.

Essa pesquisa é patrocinada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Nacional, CNPq e conta com o apoio do Geopark Araripe.

Assessoria de Comunicação Geopark Araripe

Vazio da vida acadêmica. Por: Ângelo Monteiro.

O ambiente universitário oferece, por vezes, um espetáculo não muito sedutor para os inquietos de espírito quando, fechado num mundo de formas protocolares do dizer e do fazer de uma casta à parte, vê o mundo apenas através do disfarce das lunetas acadêmicas, concebendo o conhecimento mais como um meio de obter status que de alcançar o difícil troféu da sabedoria. Certas posturas e inflexões, certa forma de dizer não dizendo, a constante cautela com qualquer ponto de vista que possa soar polêmico ou politicamente incorreto: tudo isso termina concorrendo para que os nossos mestres se tornem mais impermeáveis a todo tipo de ação criadora.

Se jamais acreditei que a Igreja, a Sinagoga e a Mesquita tenham mais do que dar às nossas almas que o próprio Deus, muito menos me julgo obrigado a crer que qualquer instituição universitária, por melhor que seja, venha a conceder mais ao estudioso do que o estudo nas próprias fontes. Por isso não consigo ver a universidade como um ambiente sagrado – como até alguns jovens de sisuda inteligência o conseguem – em que a voz de um Ph.D. repercutisse em meus ouvidos como a de um papa. O que acontece, na maioria das vezes, é justamente o contrário: como quando eu me vi submetido a um processo de avaliação docente, em que perdi pontos porque entreguei a meus examinadores um livro então publicado em lugar de um suposto material didático, (quando bastava, segundo eles, uma cópia em xerox do original), – como se um livro de filosofia da arte não fosse um material didático – e porque não tinha participado, nos dois últimos anos, de nenhuma banca examinadora, como se isso dependesse de mim, e como se o ato de avaliar e ser avaliado fosse superior ao de pensar, ensinar, escrever e publicar livros… Daí o vazio da chamada vida acadêmica, onde o que menos conta é o conhecimento em si mesmo, e onde o magistério detém menos importância do que a atividade administrativa, e o que mais sobra, além das discussões teóricas sobre gêneros e manifestações periféricas, e das reuniões intermináveis, é a luta por cargos e consultorias.

Péssima como esposa ou como amante, protocolar e rígida, a universidade hoje só costuma despertar o entusiasmo de espíritos rotineiros e subalternos. Dela só me resta hoje, além da ligação pessoal com algumas figuras independentes, a afável lembrança dos alunos que ainda me convidam, como recentemente, para paraninfo de suas turmas. Um sinal de que, também, não foi má a lembrança que lhes deixei…


Ângelo Monteiro é ensaísta, poeta, filósofo e professor da UFPE

Compositor Haroldo Ribeiro presta Solidariedade a Dihelson Mendonça pela sua exclusão sistemática nos palcos da URCA


"Possivelmente o mais irrefutável, é que Dihelson ainda não entrou para os livros da história da cultura e dos homens de talento brasileiro, porque ele tem falhado como empresário. As pessoas mais bem sucedidas não são necessariamente as mais brilhantes, mas aquelas que conseguem jogar o jogo para chegar ao topo. Dihelson é um discípulo da cultura pura, em oposição à mercantil cultura aplicada, com pouca ou nenhuma facilidade em imaginar como lucrar com suas idéias. O mundo Neo liberal onde o imediato lucro econômico está acima de “tudo”, tem como principal objetivo evitar investimento, seja financeiro ou intelectual isto é, não existe o compromisso com a notoriedade de maneira apropriada. Visa-se apenas o consumo rápido, tipo fast food, que são imediatos mas não satisfazem.

Dihelson tem a idéia da criação da cultura baseada em experiências, ensinamentos, dedicação, onde o ser humano pode se desenvolver e ter acesso à grande soma de informações que os torna cada vez mais livre para pensar e tomar decisões, uma idéia assustadora a qualquer “capitalista de carteirinha”. Um verdadeiro gênio é alguém que não só é muito inteligente, mas também tem a imaginação, foco e criatividade para descobrir ou criar regularmente algo excepcional em seu campo e ele TEM!

Os donos do poder não sabem o que fazer com aqueles que são apenas altamente inteligentes, sem a centelha divina do gênio, imagine com o próprio! Que Você Dihelson, continue sendo essa pessoa que sempre encontra algo igualmente criativo e cultural para o bem da própria humanidade. Não se deixe abater. A cultura precisa de você. Sua inteligência incrível precisa de desafios!"

Haroldo Ribeiro
Músico - Compositor

Fortaleza, ceará - Julho de 2011

Investimento de 8 milhões irá potencializar turismo religioso em Juazeiro


Um projeto para potencializar o turismo religioso no Cariri será lançado pelo Governo do Estado. O "Roteiro da Fé", com investimentos previstos de R$ 8,5 milhões, será executado em Juazeiro do Norte, a 531 quilômetros de Fortaleza. A cidade, ainda em comemoração de seu primeiro centenário, tem no turismo religioso uma de suas principais fontes de arrecadação e de desenvolvimento socioeconômico.

O projeto, a ser tocado pela Secretaria das Cidades, visa a melhorar a urbanização da cidade e acolher melhor o romeiro e o turista de modo geral. Os pontos que devem passar por intervenções são os locais de visitação e de fluxo de visitantes. De acordo com a Secretaria das Cidades, o Roteiro da Fé vai estruturar o trajeto de peregrinação religiosa, de forma a integrar igrejas, museus e atrativos turísticos.

Serão urbanizados os entornos das igrejas Matriz, Socorro, Salesianos, Franciscanos e São Miguel, além da integração da igreja Matriz com a do Socorro e o acesso ao Horto. Ações como pavimentação de ruas e avenidas, colocação de placas de sinalização e indicativos de localização estão incluídas no investimento. A licitação está aberta e as obras começam logo após o fim do processo que acontece no final de agosto. Segundo a Secretaria de Cidades, as obras devem ser concluídas no prazo de 5 meses.

Fonte: Portal Verdes Mares

Cagece: Seis propostas de abastecimento de água e esgoto são apresentadas ao PAC 2


O Governo do Ceará, através da Cagece, pleiteou recursos junto ao Ministério das Cidades, no âmbito do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2 – Grupo III). Ao todo, foram encaminhadas 206 propostas, dentre as quais 49 para obras de sistemas de água e esgoto e 157 para elaboração de projetos de água e esgoto. As propostas para execução de sistemas somam R$ 492,4 milhões.

Caso haja a aprovação das propostas de obras, serão viabilizados 27 sistemas de abastecimento de água, num investimento de R$ 140.608.314,00, e 22 sistemas de esgotamento sanitário, necessitando recursos no valor de R$ 351.797.582,30. Poderão ser beneficiados 24 municípios com ampliação ou implantação de sistemas de água e 22, com sistemas de esgoto. Já os projetos poderão atender a 76 municípios com água e 59 municípios com esgoto.

Programa de Aceleração do Crescimento 2 - O PAC 2 (Grupo III) contempla municípios com menos de 50 mil habitantes. Outra exigência é que os projetos ou sistemas não estejam localizados na região metropolitana das grandes capitais. O Grupo III oferece duas formas de recursos, sendo uma de forma não onerosa e outra por financiamento. Segundo informações da Funasa (www.funasa.gov.br), foram 10 mil projetos inscritos para obras de saneamento básico no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. O Programa vai investir cerca de R$ 5 bilhões em obras nos municípios com até 50 mil habitantes de todo País (cerca de 90% da Federação). Desse montante, R$ 4 bilhões vão sair da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e R$ 1 bilhão do Ministério das Cidades.

Até o dia 26 de agosto, será realizada a pré-seleção das propostas. De 05 de setembro a 14 de outubro, haverá as entrevistas técnicas. Já a divulgação do resultado do processo seletivo está prevista para 04 de novembro.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CAGECE

Escândalo dos Banheiros - Construtora dos banheiros pertence a taxista


A Construtora Dourado Ltda, contratada pela presidente da Associação Cultural de Pindoretama, Renata Pinheiro Guerra, para construção de 200 kits sanitários naquela cidade, tem indícios de ser uma empresa de fachada. A empresa utiliza no contrato um endereço em Fortaleza, no bairro Monte Castelo, onde não há nada em funcionamento. Os dois proprietários são, na verdade, o taxista Joscélio Oliveira Dourado e a dona de casa Fátima Rejane de Queiroz Dourado. Hoje pela manhã, eles irão depor na Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), do Ministério Público Estadual.

Ontem pela manhã, O POVO visitou os locais citados em recibos apresentados por Renata relacionados ao convênio da Associação com a Secretaria das Cidades, que deram início ao escândalo dos banheiros. A reportagem confirmou com vizinhos e com o administrador do edifício comercial que, desde 2004, a construtora não funciona mais no endereço registrado na Junta Comercial do Estado. Consta na documentação da Construtora Dourado que ela funcionaria na avenida Sargento Hermínio, nº 2.148, sala 202. Lá, o que se pode ver é uma sala totalmente vazia, de aproximadamente 25 metros quadrados.

“Estou aqui há seis meses e nunca vi nada funcionando aí”, diz uma funcionária de um escritório de representação na sala ao lado. Uma zeladora, que trabalha no prédio há um ano e dois meses também diz nunca ter visto atividade de uma construtora na sala 202. “Eles saíram daqui em agosto de 2004”, afirmou o responsável pela administração do prédio. Também não há construtora no endereço dado como residencial pelo casal, no bairro Vila União. No imóvel mora uma família, que está lá há quatro anos. Vizinhos da casa apontada, que vivem ali há mais de 10 anos, nunca ouviram falar nos donos da construtora.

O POVO localizou Fátima Rejane em um terceiro endereço, no bairro Carlito Pamplona. Na rua Cruzeiro do Sul, em uma casa modesta, a sócia-proprietária da Construtora Dourado chegou a atender os repórteres, mas repetiu duas vezes que não tinha “nada a declarar” sobre a empresa. Um vizinho, que estava no momento, se admirou ao ouvir as perguntas, sobre a possibilidade de ela ser dona da empresa. “Construtora?!”, surpreendeu-se. O sócio majoritário, Joscélio Dourado, não foi localizado em nenhum dos endereços. Seu nome consta na lista de condutores auxiliares do serviço de táxi (rendeiro) da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), cadastrado desde 21 de junho de 2006. O POVO apurou que apenas duas notas fiscais de serviço foram utilizadas pela construtora. Seriam datadas apenas do ano de 2006. Foi a documentação que Renata Pinheiro Guerra apresentou como prova da execução da obra dos banheiros.

Como?

ENTENDA A NOTÍCIA

O POVO conferiu três endereços, onde seria possível encontrar os proprietários e a sede da Construtora Dourado Ltda. Em nenhum havia indicação de funcionamento da empresa que teria feito os banheiros em Pindoretama.

SAIBA MAIS

No 14 de junho último, O POVO publica que Associação Cultural de Pindoretama recebeu R$ 400 mil da Secretaria das Cidades para a Construção de 200 kits sanitários. Mas terminado o prazo de construção, não se sabe onde estão as obras. O jornal revelou, com exclusividade, que Renata Pinheiro Guerra, presidente da Associação, trabalhava no cerimonial do Tribunal de Contas do Estado e, em 2010, fez doações acima do permitido para a campanha do deputado Téo Menezes (PSDB). Em depoimento ao Ministério Público, Renata Guerra admitiu não ter feito os banheiros. Ela alegou não ter conseguido mobilizar mão de obra e disse que as chuvas atrapalharam os trabalhos.

Fonte: Jornal "O POVO"

Museus do Crato serão informatizados e modernizados até o final do ano


O projeto que contempla a reforma e a modernização do prédio onde estão instalados o Museu de Arte Vicente Leite (pavimento superior ) e o Museu Histórico do Crato, ( pavimento inferior, onde também está a sede da Fundação J. de Figueiredo Filho ), foi entregue na secretaria de cultura do estado pelo presidente da instituição, o advogado George Macário de Brito. A proposta prevê a restauração de todo o piso de madeira do andar superior, que data do ano 1887, e o forro, mantendo sua originalidade, todo de ipê e ainda será mantido o plano arquitetônico do imóvel.

George afirma que foi feita uma prospecção no reboco das paredes, para que seja mantida a cor branca, a mais antiga do prédio. O presidente da Fundação J. de Figueiredo Filho disse também que o prefeito Samuel Araripe já garantiu a verba para a restauração do equipamento.

Além da reforma física do prédio, garantiu George, os dois museus serão totalmente modernizados e revitalizados com a implantação do sistema de refrigeração e de combate a incêndio, iluminação adequada, uma sala de computadores para garantir a informatização na rede mundial de informática com a divulgação das peças musicológicas ali expostas para, assim, facilitar o acesso de estudantes e historiadores ao acervo. George garantiu que até o final do ano os trabalhos serão concluídos e prometeu para 2012 a transferência do Museu Vicente Leite, que funciona na parte de cima do prédio, para o Centro Cultural do Araripe no antigo prédio da RFFSA, onde será a sua sede definitiva, ficando o Museu Histórico ocupando os dois pavimentos com a possibilidade de crescer cada vez mais.

Com a saída do Museu Vicente Leite para outro endereço, o Histórico vai ganhar mais oxigenação e ter mais condições de realizar a distribuição museografica, que é a exposição interna das peças. Com isso, irá oferecer mais espaços aos visitantes, trabalho de pesquisas e outras serventias que o patrimônio dispõe. Ele explicou também que já foi concluído o inventário de todo o acervo, quando todo o material foi catalogado, medido, pesado, fotografado e registrada a importância histórica de cada peça.

O prédio é uma peça histórica do Crato. Ali já funcionaram a câmara de vereadores e a prefeitura, a cadeia puúlica e a delegacia de policia civil, o fórum da comarca e a junta militar. Hoje é tombado pelo Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Arquitetônico do Ceará (COPAC ).

Fonte: PMC

Cai índice de infestação da dengue em Crato


O plano emergencial de combate à dengue desenvolvido em Crato, para conter o crescimento de casos, obteve grandes resultados, tirando a cidade da situação de risco e colocando a patamares de infestação abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde. Segundo o secretário de Saúde, Cícero França, o novo índice geral de infestação na cidade é de 0,79%, e esse número reflete a resultados nos domicílios, onde havia maior número de focos. Ele lembra que tinha bairros da cidade em que o índice chegava a 5%.

O Crato entra no quarto ciclo de combate ao mosquito Aedes aegypti; isso significa o cumprimento das visitas domiciliares. Foram cumpridas quatro visitas somente este ano, fechando 60% do ciclo. Até o final do ano, conforme o secretário, serão realizados todos os ciclos de visitas domiciliares. Normalmente, vinha sendo cumprido o quinto ciclo apenas em janeiro. “Vamos fechar o sexto ciclo de visitações ainda este ano”, garante o secretário.

Fonte: PMC

Comentários do Dia 29 de Julho de 2011


Buraqueira, escuridão, lixo no Bairro Mirandão

"Isso mesmo! Nós, moradores do Bairro Mirandão não aguentamos mais passarmos por FANTASMAS na gestão Samuel Araripe. Será que vamos ter que chegar ao ponto de fazer baderna para que o senhor prefeito e seus secretários voltem seus olhos PETRIFICADOS na elite cratense para os moradores desse bairro que, por sinal, deram boa quantidade de votos à atual gestão. Até quando passaremos por PALHAÇOS INVISÍVEIS? É sabido que as ruas dos gestores são asfaltadas, limpas e iluminadas...Por que não fomos contemplados na plano das tão propagadas 600 RUAS ASFALTADAS? É no mínimo estranho. Senhor prefeito, faça um esforço e venha com sua comitiva presenciar a situação a que passamos diariamente. LIXO, ESCURIDÃO, BURACOS e DESILUSÃO; este é o cenário do Bairro Mirandão!!"

Cláudio Iaronka Junior
Rua Senador Carlos Jereissati 235, Mirandão
Cidade: Crato

Telefone de Contato: (88) 92230910

Uma Resposta:

"Prezado Iaronka, estarei enviando a sua reclamação ao secretário de Infraestrutura, José Muniz para que as providências sejam tomadas."

Abraço, Dihelson Mendonça
CRATO - CE

Assunto: Parque de exposições

"MEUS AMIGOS LEITORE DO BLOG DO CRATO. EU COMO CIDADÃO CRATENSE ACHO QUE OS ORGANIZADORES DA EXPOCRATO DEVERIAM REALIZAR UMA VOTAÇÃO NA CIDADE PARA TRATAR DO ASSUNTO DO PARQUE DE EXPOSIÇÃO EU TENHO CERTEZA QUE TODOS A MAIORIA DOS MORADORES INCLUSIVE OS MORADORES DOS BAIRROS AO REDOR DO PARQUE IRÃO VOTAR CONTRA ESSA LEI QUE QUER MUDAR A EXPOSIÇÃO DO LOCAL TRADICIONAL EU TENHO VARIOS PARENTES NOS BAIRROS ALTO DA PENHA,PANTANAL,OSSIAN ARARIPE E ETC...SÃO ESSES OS BAIRROS QUE FAZEM DIVISA COM O PARQUE E ELES ADORAM OUVIR O SOM DAS BANDAS QUE ALEGRAM AS NOITES DA FESTA EU PERGUNTO A ELES SE O BARULHO NÃO INCOMODAM E ELES RESPODEM: (NÃO) OS SHOW QUE A GENTE NÃO PODE IR A GENTE ESCUTA DAQUI DE CASA MESMO ELES ADORAM OUVIR AS BANDAS!!!.

TAMBÉM TENHO AMIGOS CRIADORES DE GADO AQUELES CARAS QUE DORMEM NAS REDES DENTRO DOS PAVILHÕES CUIDANDO DOS ANIMAIS E ESTE ANO FOI A PRIMEIRA EDIÇÃO QUE MEUS AMIGOS VIERAM E EU PERGUNTEI VOCES DORMEM AO LADO DOS ANIMAIS E ELES NAO FICAM BRAVOS?POR QUE PORQUE POR QUE SÃO ACOSTUMADOS COM VOCES? E ELES RESPODERAM:NÃO ELES NÃO FICAM BRAVOS NÃO POR QUE AQUI É CALMO E ESPAÇOSO MAL DA PRA OUVIR O BARULHO DO SHOW POIS SEMPRE O PALCO ESTA VIRADO AO CONTRARIO DESTE LOCAL E O SOM É MUITO BAIXO ELES OS BICHOS CONSEGUEM DORMIR NORMALMENTE ENTÃO PERGUNTO A VOCES LEITORES DO BLOG DO CRATO EXISTE UM LUGAR MAIS PERFEITO QUE ESSE PARA HAVER A REALIZAÇÃO DA EXPOCRATO?..

DIHELSON MENDONÇA EU QUERIA QUE O SENHOR POR FAVOR ENCONTRE UMA MUSICA SOBRE A EXPOSIÇÃO QUE TEM ESSE REFRÃO (VEM MEU BEM QUERER O CRATO ESPERA POR VOCE NA ESPOSIÇÃO) ABRAÇOS:LEONARDO"

LEONARDO ROBERTO
Cidade: crato
Telefone de Contato: (88) 35233256

Uma Resposta:

"Prezado Leonardo, o seu endereço enviado para nós é falsificado, pois esta rua não existe em Crato. Mas vou publicar esse comentário apenas para rebater e explicar a natureza do som. Alguém que tenha o mínimo de conhecimentos de acústica, sabe que o som tem características peculiares no sentido da sua propagação, assim é que há uma maior facilidade de propagação do som na direção para onde as caixas estão posicionadas. A Vilalta se encontra em linha reta sem qualquer obstáculo em relação à Exposição ( Exposição é com X, não com S querido ), portanto, o Bairro Vilalta, assim como TODOS os bairros que estão acima da linha do horizonte e que formam uma linha de propagação reta à partir dos alto-falantes da Exposição, são prejudicados. Na verdade, o som da expocrato chega aqui na Vilalta muito mais alto do que nas proximidades do próprio parque. E esse é um grande problema para nós da Vilalta, do Bairro do Seminário, quando acontecem festas lá. Não precisa acreditar em mim, basta subir até a Vilalta em um dia de festa no parque para comprovar. Agora, quanto a você gostar das músicas que tocam lá na exposição, isso é gosto de cada um. Tem gente que gosta de comer Lixo, vai do paladar e da cultura a que o indivíduo têve acesso." Antes que eu me esqueça: Nunca escreva textos somente com letras maiúsculas, na internet principalmente é uma profunda falta de educação, e significa que a pessoa está gritando, mas provavelmente você não dá a mínima para isso, não é verdade ?

Dihelson Mendonça
Crato - CE

CONVITE À SÃO PAULO


"Dihelson, por que você não vem fazer um show em São Paulo? Você aproveitaria para trazer essas maravilhosas fotos de Crato em slides! Com toda certeza estaremos na pista para lhe aplaudir! A propósito, quando vejo a foto da Igreja São Francisco, a saudade aumenta. Se a foto fosse deslocada 2 centímetros para a esquerda, daria para ver meu querido pé de serra.
Abraço e lhe desejo muito sucesso."

Glória Ordóñez
Cidade: São Paulo - SP

Uma Resposta:

"Minha Prezada Glória Ordóñez, muito obrigado por sua gentileza e pelo convite. Em 2009, quando eu gravava o meu primeiro CD solo, eu entrei em contato com vários amigos de São Paulo, na verdade, conheço dezenas de músicos, alguns dos maiores do Brasil e que se ofereceram voluntariamente para participar da gravação do meu trabalho musical. Inclusive consegui estúdios a preços muito mais baixos do que o cobrado normalmente, mas mesmo assim, tínhamos um orçamento limitado pelo patrocínio do BNB, o que ao final, me impossibilitou a realização naquela cidade. Mas para o próximo CD, que eu estou já organizando, quero tero prazer de contar com a presença de alguns desses músicos, e muito provavelmente estarei indo a São paulo. Não sei a data, mas quando estiver mais perto eu te aviso, ok ? Te comunico que morei em São Paulo por 3 anos, e adoro esta cidade. O caetano Veloso se referiu muito bem à aquela sensação que nos invade quando cruzamos a Ypiranga com a Av. São João, mas eu tenho boas recordações da Consolação, do Vale do Anhangabaú, do parque do Ibirapuera, do Bairro Liberdade, das conversas com os amigos pela Av. Paulista, do MASP, etc. É uma cidade maravilhosa. pena que está cada vez mais perigosa."

Abraços,

Dihelson Mendonça
Crato - CE

BlogDICAS - CHAVES MAGNÉTICAS DE HOTÉIS - Texto enviado por José Tavares Moreira - Colaborador


Alguma vez já se perguntou o que está armazenado nas chaves magnéticas (que se assemelham aos cartões de crédito) dos hotéis?

Veja a resposta e mude seus hábitos:

a. Nome do hóspede
b.. Endereço parcial do hóspede
c. Número do quarto do hotel
d. Datas do check-in e ckeck-out
e. Número do cartão de crédito, e sua data de validade, do hóspede!

Quando você as devolve na recepção, suas informações ficam lá
disponíveis para qualquer funcionário com acesso ao 'scanner' do
hotel. Ou ainda, um funcionário pode levar um monte delas para casa e,
utilizando um aparelho de 'scanner' magnético, ter acesso às suas
informações e sair gastando pela internet.

Simplificando, os hotéis não apagam as informações das chaves
magnéticas até que um novo hóspede faça uso delas, quando suas
informações sobrescreverã o as do antigo hóspede. Mas até que a
chave seja re-utilizada, ela fica, geralmente, na gaveta da
recepção com as suas informações nela!

Resumindo:
Guarde com você suas chaves magnéticas, leve-as para casa
ou as destrua. Nunca as deixe no quarto, no lixo do banheiro e
NUNCA as devolva para a recepção quando estiver fazendo o
check-out. Os hotéis não podem cobrar pelas chaves (é ilegal) e você
terá certeza de que não estará deixando um monte de informações
pessoais valiosas que podem ser facilmente acessadas, e utilizadas,
com um 'scanner' magnético.

Pela mesma razão, se você chegar ao aeroporto e descobrir
que ainda está carregando a chave com você, não a jogue nas cestas de
lixo. Leve-a para casa e a destrua com uma tesoura,
cortando principalmente a faixa magnética nas costas da chave.

* Informação: Departamento Policial Federal

Por favor rapasse para amigos e familiares*

Profº. Gledson Barreto

Prefeito de Juazeiro luta por ampliação de vagas no Programa do Leite


O Prefeito de Juazeiro, Manoel Santana encontra-se em Fortaleza onde trata de importantes assuntos de interesse de Juazeiro junto as mais variadas secretarias de Estado. O Prefeito disse à imprensa que está pleiteando junto a Secretaria de Desenvolvimento Agrário a ampliação do programa do Leite no município.

“Juazeiro tem atualmente 3 mil famílias cadastradas no Programa do Leite, fruto de uma articulação nossa junto ao então Secretário de Desenvolvimento Agrário, Camilo Santana. Agora estou reivindicando, a partir de levantamentos da FUNJU – Fundação da Criança e do Adolescente – da Secretaria de Assistência Social, uma ampliação de 30% neste número, ou seja, queremos mais 1000 vagas para cadastrar pessoas carentes de nossa cidade”, explicou. Dr. Santana estará reunido com o Secretário Nelson Martins.

Em Juazeiro nas 3 mil famílias cadastradas há 2.071 crianças, 139 gestantes e 790 idosos. A entrega acontece as segundas, quartas e sextas-feiras em 16 pontos. Já existe um cadastro reserva de 100 famílias através da Assistência Social do Município.

Fonte: Beto Fernandes - Jornalista - Colaborador

A Educação no Planeta Aquarius - Por: Luiz Domingos de Luna*


"Outro dia fui convidado a retornar, ao meu planeta natal – Aquarius, como de sempre, peguei a nave e embarquei nem liguei mais para o processo de desintegração, matéria, energia, matéria escura, buracos negros, galáxias, quasares, velocidade, acelerador de partículas, motor de regressão de gravidade. Como já estou acostumado com as mutações existenciais do universo paralelo, fiz desta vez uma viagem tranqüila e segura, vez estar desintegrado em íons imantados a um grande imã sem prejuízo molecular para minha reintegração material em Aquarius, ao entrar na nossa galáxia Atenas, nem ao som do ruído do redutor gravitacional me foi motivo de preocupação inicial á viagem.

Aos procedimentos, já bastante expostos na série aquarianos, fui convidado a participar da plenária. O Tema: A Educação no Planeta Aquarius, sentei na minha cadeirinha como de costume, o telão girava em 3D, eu nessa altura, já com um calafrio psicológico muito forte, na verdade somente uma forma pedagógica de explicar a situação aos humanos, vez em Aquarius a matéria inexiste, assim a plenário lotado a esperar o conferencista que chegou muito entusiasmado. Eu como de costume já fui ficando desconfiado, pois em Aquarius não existe emoção o conferencista saudou a todos e abriu a conferência com a praxe de sempre, ao mérito, foi logo expondo: no universo o único planeta que não tem a educação sistemática é Aquarius somos os melhores em computação gráfica, em cibernética, dominamos todo o universo possível da tecnologia, mas ainda não temos um projeto educacional, creio isto ser um ponto negativo para a nosso soberania no espaço sideral, assim para a nossa superioridade intelectual seria oportuno para nós termos a melhor educação do universo.

Nós chegaríamos à perfeição. – Correto? Um colega lá na última fila indagou: - a educação é um valor básico na sociedade, mas tem um problema – o conferencista em aparte – Qual? -A educação é um bem durável e depende do fator tempo, vetor existencial que não existe em Aquarius, - isto tem solução – mas tem outro – uns conseguem aprisionar o conhecimento com mais facilidade e outros não. - Como assim? : É que a educação de qualidade plena depende da qualidade social, - O que é esta qualidade social - É todo infraestrutura social e econômica que deve existir para que o aluno saia de sua casa escola para escola apto a aprendizagem, pois, não tendo esta oportunidade igual para todos, os aptos aprendem e os não aptos não. Tendo esta qualificação social plena, a educação tem um fim comum de oportunidades a todos ?- Sim com certeza.

Chamem o projetista – O Projetista fez o esboço da Escola, quadro funcional, currículo e na verdade expôs tudo em detalhes minuciosos, com uma didática perfeita. A platéia aplausos geral para o projetista. Eu como sempre desconfiado de tanta emoção vez isto não existir em Aquarius. O Conferencista disse: Tudo aqui é baseado unicamente no mérito, somente no mérito. Nada pode esta acima do mérito, o mérito é quem vai definir a nossa educação- Certo – a Plenária aplaudiu geral uma verdadeira festa em Aquarius.

O sábio lentamente levantou de sua cadeirinha encarou bem o conferencista e indagou - o Mérito de quem mesmo? Do professor-Algum problema? Não é que eu pensei que o Mérito seria do aluno – Como aluno? Você sabe bem que em Aquarius a prioridade é a política e a educação com mérito para o professor – você sabe que em Aquarius não existe aluno. nem tão pouco aprendiz, muito menos esta qualidade social. E o mérito do aluno, e a qualidade social – quis saber o sábio – conferencista, isto a gente pensa depois, - depois quando? Quando a gente deixar o poder, será uma cobrança nossa.

Entendeu ?
-Não
Alguma dúvida ?
-Todas
Mas é assim que a coisa funciona."

(*) Professor da Escola de Ensino Fundamental e Médio Monsenhor Vicente Bezerra – Aurora –Ceará.

Ana Maria Braga e a Polêmica sobre a "Miséria" do Juazeiro


“Olhando para as ruas de Juazeiro, vejo a pobreza que faz as pessoas deixarem sua terra em busca de emprego em São Paulo".

Ana Maria Braga
( Após a reportagem ser exibida no dia 22/07/2011 )
Foto: Site Cariri Conectado

TEATRO SESC - CABARÉ DA DAMA – Uma Flor de Dama que desabrochou!


O conto do gaúcho Caio Fernando Abreu, Dama da Noite, extraído do livro Os Dragões Não Conhecem o Paraíso e dedicado à escritora Márcia Denser foi maravilhosamente bem encenado por Silvero Pereira. A encenação desta noite foi a de número 300 e consolida 10 anos de pesquisa e oito, de apresentações que foram evoluindo no formato e na performance. No início, a peça concentrava-se apenas no texto de Caio e se chamava Uma Flor de Dama, nos últimos tempos foi inserido ao espetáculo shows de transformistas dublando divas da música pop nacional e internacional (todas foram excelentes e animaram e deslumbraram a platéia): Amy Winehouse, Lady Gaga, Preta Gil, Adèle ... e ganhou o nome que tem hoje.

É esse clima de boate gay que impera na primeira parte que tanto encanta quanto desnorteia o público, quando na sequencia, vemos a personagem que se senta e dialoga com um interlocutor que é descrito como um rapaz jovem de furo no queixo que está inserido na “roda” onde ficam aqueles que são aceitos, que não são marginalizados. O discurso vai da paquera à fúria ao escracho ao humor ao drama à ofensa à euforia à poesia: “Gosto de quem eu sou, não do que eu faço, porque escolhi ser quem eu sou”. O público vai sendo conquistado e levado a refletir sobre a condição do outro e a olharem mais atenciosamente à sua própria condição nesta vida. Um triunfo de apresentação! E amanhã, no mesmo horário, é a vez de Engenharia Erótica.

Texto de Elvis Pinheiro.

Programa Cultura SESC Cariri
(88) 3587 1065 (SESC Juazeiro)
(88) 3523 4444 (SESC Crato)

O Pensamento do Dia - A Educação no Brasil


"No futebol, o Brasil ficou entre os 8 melhores do mundo e todos estão tristes. Na educação é o 85º e ninguém reclama..."

Frase enviada por José Nilton de Figueiredo

Capacitação para integrantes da Secretaria de Meio Ambiente

Integrantes da Secretaria de Meio Ambiente do Crato estão participando de curso com participantes do Núcleo de Gestão Sócio-Ambiental, no Agropolo. Iniciado na última quarta-feira, o curso será finalizado hoje. O Secretário de Meio Ambiente, Nivaldo Soares, é um dos integrantes do grupo da secretaria. Essa é a terceiro módulo de capacitação para as pessoas que fazem parte do Núcleo.

Fonte: PMC

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31