xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 06/06/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

06 junho 2011

Moradora reclama de Som alto novamente na EXPROAF ?


DO DOMINGO PRA SEGUNDA...

Nossa leitora Vivian Cardoso escreveu o seguinte comentário:

Vivian M Cardoso disse...

"Ontem me deitei às 23:30hs pensando que ia dormir. Que ilusão logo passou um tempinho e o som do inferno começou e por volta de 3:00hs da madrugada quando acabou o movimento dos boa vidas que não prescisam acordar cedo para trabalhar eu consegui dormir. Creio eu que novamente o som vinha da Exproaf. Credo!!! Vivian Cardoso."

Em Resposta:

Pois é, Vivian. Eu moro na Vilalta e percebi isso também. O "inferno" só parou lá pelas 3 da manhã. Infelizmente, ontem o pessoal botou pra rachar. Crato é assim mesmo, terra da desordem. Terra de ninguém. Não adianta reclamar. Eu já reclamei demais, já sou antipatizado. Quando a gente reclama de algo errado na cidade, vem logo alguns aí dizer que nós é que estamos errados...não é pra reclamar não. É pra aguentar tudo calado... Olha, estou quase acreditanto que a melhor saída do Crato é pelo Aeroporto Regional do cariri. E para a Europa, chegando lá, limpar os pés e nunca mais voltar a esta terra de absurdos. Boa Noite, Vivian. Que Deus tome de conta. Fui...

Abraços,

Dihelson Mendonça

Ruas próximas à ExpoCrato recebem recuperação asfáltica


E
stá sendo realizada em Crato a operação de recuperação das ruas do centro da cidade. Segundo o secretário de Infraestrutura, José Muniz, nesse primeiro momento as melhorias estão sendo executadas com recursos próprios. Com isso, as ruas Coronel Antônio Luiz, Carolina Sucupira e a Maildes Soares de Siqueira estão sendo prioridade nesse projeto de recuperação, por conta da proximidade da Exposição do Crato, que acontece em meados de julho. Os locais que estão recebendo recapeamento asfáltico já foram calçados com pedra tosca.

Fonte: PMC

Crato vai ter Zona Azul


Autoridades confirmam implantação da Zona Azul no trânsito do Crato

Desde 2001 que os poderes legislativo e executivo municipais do Crato tentam organizar o transito e estacionamento de veículos no centro da cidade, e não conseguem. Uma lei aprovada sobre o assunto, sancionada pelo ex prefeito, Francisco Walter Peixoto e ainda não regulamentada, vai servir de espelho para um novo projeto técnico que está sendo elaborado pelo Departamento Municipal de Transito DEMUTRAN e que será enviado a câmara municipal para ser avaliado pelos vereadores. O presidente do legislativo, Florisval Coriolano PTC já mandou para o prefeito um requerimento sugerindo nomes de algumas ruas para implantação do sistema, inclusive da zona azul e dando outras sugestões.

O diretor do DEMUTRAN, Luiz Joatan de Sousa informou que está sendo realizada a sinalização das principais ruas do centro como parte da fase preparatória da área onde vai ser implanta a zona azul e adoção de outras providencias. Joatan enalteceu a parceria entre os poderes legislativo e executivo na busca de soluções definitivas do problema, levando em conta os reclames da população que hoje apóia a iniciativa. O presidente do Sindicato dos Lojistas SINDLOJAS, Duda Alencar disse que o transito do Crato da forma como está, vem prejudicando o comercio e seus negócios. A implantação da zona azul e o redimensionamento do setor, segundo Duda, são providencias necessárias e urgentes, em nome do bem estar de todos, principalmente com o sistema rotativo de estacionamento que vai eliminar o abuso excessivo de alguns que estacionam seus carros e motos por longo período.

A reorganização do transito no Crato é um desejo do prefeito Samuel Araripe que, segundo disse, alem de melhorar as condições de vida da população vai gerar emprego, renda e divisas para o município, alem de oferecer melhor visibilidade ao turista e a população em geral. Enquanto isto, a implantação do sistema é aguardada com expectativa, como diz a comerciante Luciana Mendes. Ela conta que, apesar de não poder estacionar seu carro permanentemente na frente de seu estabelecimento, o projeto recebe seu apoio. O transeunte Mariano Ferreira falou que, embora essa reorganização seja patrocinada pelos usuários, que vão ter que pagar pra usar, a zona azul vai ser a salvação do transito.

Wilson Rodrigues e Ed Alencar
Foto meramente ilustrativa


CRATO SEDIARÁ O MAIOR FESTIVAL DE QUADRILHAS JUNINAS DO INTERIOR CEARENSE


A prefeitura do Crato, em parceria com o governo do estado, vai realizar o maior festival regional de quadrilhas juninas no parque de exposição, Pedro Felício Cavalcanti, de 22 a 26 de junho. Serão 30 mil reais em prêmios oferecidos as 10 melhores colocadas. As quatro primeiras terão espaço especial para apresentação durante a EXPOCRATO 2011. A previsão é de se ter a participação de mais de 40 quadrilhas de todo o Cariri. Sábado dia 4, pela manhã, representantes dos governos municipal e estadual, estiveram reunidos no escritório da EXPOCRATO, discutindo o planejamento do evento.

Ficou acertado que a premiação será feita no domingo quando se dará o encerramento do festival. Para a quadrilha junina classificada em primeiro lugar o premio será de 7 mil reais, 5 mil reais para a segunda colocada, 3 mil e 500 reais para o terceiro lugar, 2 mil e 200 reais para a quarta colocação, hum mil e 700 reais para o quinto, hum mil e 300 reais para o sexto lugar, hum mil e 200 reais para o sétimo, hum mil e 100 reais para a oitava quadrilha classificada, hum mil reais para os colocados em 9º e 10º lugares. Vão ser contemplados também o melhor puxador com hum mil reais, o melhor casal 2 mil reais e a melhor rainha hum mil reais.

O secretário do desenvolvimento econômico do município, Duda Alencar falou que essa premiação é um estimulo aos organizadores e participantes das quadrilhas juninas do Cariri que pela primeira vez vão participar de um evento de tão grande porte que está recebendo o apoio dos governos do município, através de sua secretaria de cultura, esportes e juventude e do estado, por intermédio da secretaria de cultura SECULT.

Os festivais de quadrilhas juninas são momentos mais esperados dos que brincam o São João, por ser uma das festas mais populares do Nordeste, disse a secretária de cultura do município, Danielle Esmeraldo. Para o secretário do desenvolvimento econômico, Duda Alencar, a finalidade do evento é incrementar o calendário festivo da época no Cariri e oferecer mais uma alternativa aos turistas que chegam a região nesta época. Garantiu ele que esse festival vai atrair muita gente de outros estados e regiões do Ceará.

Por: Wilson Rodrigues
Foto: Caninde Soares

Palocci, O Midas do governo - Por: Pedro Cardoso da Costa – Bel. Direito - Interlagos/SP


Quando aparecem gravações de políticos recebendo dinheiro de corrupção, logo surgem os defensores a culpar as imagens. Antes das câmeras, os deslizes eram gravados somente em voz. Aí, alguns negavam as vozes ou não lembravam o ocorrido porque estavam meio grogues de remédio, meio embriagados, ou sonolentos. Esses argumentos eram tão comuns e convincentes quanto às recorrentes justificativas do enriquecimento dos políticos da noite para o dia, cujos exemplos maiores são do Lulinha, filho do ex-presidente e do genial Palocci.

Como dizem nossos políticos, desvios e corrupção existem no mundo todo. E é verdade; embora nunca citem a diferença de que na maioria dos países desenvolvidos ela seja exceção, enquanto por aqui é a regra absoluta e reinante. O fato mais relevante não seria o tratamento igual entre a exceção, lá, da regra, por aqui, mas como o problema é encarado pelos envolvidos e a sociedade lá fora e aqui.

Lá, as instituições apuram os fatos e tratam com maior rigor as pessoas que se aproveitam da função pública para servir de exemplo. Por cá, as autoridades são as primeiras a traçarem defesa prévia e isso foi visto com o procurador-geral da república no caso do enriquecimento do ministro Palocci. Ora, senhor defensor da lei, a regra de que ninguém é culpado sem condenação serve, na mesma proporção, para não inocentar ninguém antes da apuração. Mesmo as apurações marias-moles, ou de faz-de-conta, como são as daqui. Os institutos de pesquisa, que tanto trabalham nas eleições, deveriam perguntar se o brasileiro acredita nas apurações quando os envolvidos são de vereador para cima.

Aqui, as coisas mais absurdas acontecem e são tratadas como se nada de anormal tivesse acontecido. Aqui, nada passa do razoável. No caso do enriquecimento de Palocci, é anormal por si. Não há na história da humanidade quem tenha conseguido multiplicar por 20, em quatro anos, o que levou uma vida inteira de quase 60 anos para conseguir. Somente o roubo, o tráfico ou outra atividade dessa natureza pode gerar fenômeno igual. Como eu, qualquer um que duvidar da regularidade desse enriquecimento, será ridicularizado.

Como Valtaire, defenderei até a morte o direito de ele se explicar, mas não acreditarei numa vírgula do que ele disser. Esse enriquecimento só é aceito pelos políticos brasileiros e suas assessorias, dentre eles, alguns jornalistas. Não me convencerá nem se ele disser que teve mais sorte do que o anão João Alves e ganhara mais de 200 vezes na loteria, a outra forma lícita de enriquecimento relâmpago, além de herança.

O senso do ridículo precisa chegar aos meios políticos e de todos os agentes públicos. A cara-de-pau com que tentam convencer do impossível é de deixar todos descrentes de que este país ainda tenha algum jeito. Aceitar que é mera coincidência a liberação, por um órgão do governo, de milhões para uma empresa no mesmo período em que ela doa milhões para a campanha do candidato do governo federal é simplesmente conveniência ou cinismo, para ser ameno.

Palocci pode muito; pode quase tudo. Pode até ensinar aos seus consultores a ganhar o reino dos céus; mas deve ter feito aula com o delegado Di Rissio, de São Paulo, que comprara um apartamento de mais de 1,5 milhão, e tinha outro acertado por quase o mesmo valor, com um salário de pouco mais de 8 mil reais. Ele pode comprovar documentalmente tudo. Mas é preciso ser insano para acreditar que alguém é capaz de pagar vinte vezes por um serviço apenas pela qualidade do executor. Esse tipo de justificativa precisa de um sonoro e definitivo basta. Este país precisa dar uma basta em muita coisa; nas inexplicáveis coincidências; no enriquecimento descomunal dos políticos, especialmente dos prefeitos, indistintamente, que se tornam gênios após eleitos; nas apurações que nunca resultam em nada, sempre quando o envolvido é do andar de cima. Basta, Brasil, basta!

Da mesma forma que tudo será justificado devidamente, é possível que somente os críticos venham a ser punidos. O mensalão é exemplar. Só a funcionária que não aceitou participar do esquema foi penalizada. Mera coincidência. Daqui a um ano Palocci deverá estar duzentas vezes mais rico apenas com os recursos das indenizações pagas pelos que duvidaram da sua fase de Midas.

Quero declarar ao procurador-geral da República, à senhora presidenta da República, à corriola de senadores e deputados federais e todos os defensores ou coniventes com essa indecência, que este cidadão defende e avoca o seu direito subjetivo de não acreditar numa vírgula sobre a regularidade desse enriquecimento, independentemente da prova que vier, pelo simples fato da impossibilidade. Com todos os pés atrás, aceitaria até o dobro, com exagero absurdo, o tripulo, mas por 20, nunca.

Pedro Cardoso da Costa – Bel. Direito Interlagos/SP

ÍCONES DO CARIRI - Monsenhor Francisco de Assis Feitosa – por Heitor Feitosa Macêdo

http://2.bp.blogspot.com/-3F0-PFnEks8/Tesj-_plQPI/AAAAAAAAXlE/hZv1US2U1Lc/s1600/Image8a.jpg


Francisco de Assis Feitosa, conhecido popularmente como Monsenhor Assis, nasceu na freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Cococi, em Tauá, no sertão cearense dos Inhamuns, em seis de abril de 1893, tendo como progenitores: o tenente Emiliano Ferreira Ferro (filho do major Manoel Ferreira Ferro e Josefina Felizpátria Ferreira Ferro) e Epiphânia Estephânia Bandeira Ferrer (filha do capitão Salústio Tertuliano Bandeira Ferrer e Felismina de Matos Ferrer). Epiphânia, não era Feitosa, mas descendia de aristocrática família pernambucana e de “ingleses" ou "franceses”, segundo a tradição.

De acordo com o Tratado Genealógico da Família Feitosa (Leonardo, 1985:145), Monsenhor Assis foi o oitavo filho da decúria prole, apesar de outros sete irmãos terem falecido em tenra idade. De certo, rompeu os anos da puerícia na Fazenda Saco Virgem, avoenga herança de seu pai. Até que migrou para a cidade de Fortaleza a fim de firmar o voto eclesiástico no Seminário Episcopal do Ceará. Apesar de o Seminário São José, em Crato, ser contíguo aos Inhamuns, por conta de um surto de varíola fechou suas portas inúmeras e alternadas vezes, destarte, encerrou suas atividades pela primeira vez em 1877 até que em 1922 funcionou plenamente (O Levita, n°11).

Por isso, Francisco segue para o seminário de Fortaleza, segundo Irineu Pinheiro, em Efemérides do Cariri (1963:167): “dia sete de julho de 1909”; data em que consta estar matriculado em tal instituição sob o número 1244 (Álbum Histórico do Seminário Episcopal do Ceará, p. 222). Depois de concluir os estudos teológicos, vai para o Crato na condição de diácono. Na mesma urbe, foi lente e diretor interno do Colégio Diocesano (1917-1918), quando em 30 de novembro de 1917 ordena-se padre na capela do Seminário do Crato. Nesta ocasião fez-se presente o primeiro bispo da diocese caririense, D. Quintino Rodrigues de Oliveira e Silva, com quem estabeleceu fortes laços de amizade.

Em Tauá, como vigário, é nomeado, por D. Quintino, no dia 5 e empossado a 12 de Março de 1919, com a posterior exoneração em 13 de Fevereiro de 1921. Por conseguinte, retorna ao Crato, sendo nomeado Cura da Catedral do Crato a 8 de Janeiro e empossado a 12 de Março de 1921, ademais, exerceu o cargo de Pároco da Freguesia de Nossa Senhora da Penha até a data de sua morte em 30 de abril de 1952, sendo este o mais longo governo desta divisão territorial da diocese cratense. No dia 18 de Janeiro de 1926 recebe o título de Monsenhor. Também, foi conselheiro de D. Quintino e do segundo bispo do Crato, D. Francisco de Assis Pires. Ainda, foi sócio fundador do Hospital São Francisco, onde desempenhou a função de provedor a partir do ano de 1937, quando em 1944 deixa o cargo para perfazer o conselho permanente do mesmo. No mais, orientou prudentemente a respeito da ditadura e da seca de 1932, pois nesta, campos de concentração entre Crato e Juazeiro mantinham os desvalidos e famélicos, migrados de diversas regiões do Nordeste.

No ofício sagrado, fundou mais de quarenta associações religiosas. Deste modo, foi reconhecido pela Instituição Católica como: “um dos nossos parochos mais trabalhadores. Possuidor de um bello talento e de uma bondade de coração notável, o padre Assis tem conquistado, no seio da sociedade cratense, sympathias radicadas e grande admiração pelo seu proceder modelar” (Álbum do Seminário do Crato, P. 178).

Nos anos em que viveu na “Princesa do Cariri”, residiu na casa paroquial, ao lado da igreja matriz de Nossa Senhora da Penha, junto a sua mãe e aos sobrinhos, vindos também das plagas inhamunsenses. Destes, muitos deitaram raízes na cidade do Crato, e, alguns até mesmo, administravam-lhe os bens, gados e propriedades rurais, que não eram poucos, porquanto, todos os seus inúmeros sobrinhos herdaram algum dos seus haveres.

Monsenhor Assis, quando do seu falecimento, encontrava-se em João Pessoa (PB), com afã de tratar da saúde, na avenida Tambaú, hospedado na casa de um amigo, o esculápio Nelson Queiroz Carreira. Expirou no quarto em que dormia, provavelmente de infarto do miocárdio, em 30 de abril de 1952. Um de seus sobrinhos buscou-o, sendo que seu corpo foi sepultado no Cemitério Municipal do Crato a 1° de maio, ao lado de sua finada mãe. Sobre este acontecimento diz J. Lindemberg de Aquino em Roteiro Biográfico das Ruas do Crato (1969:35): “Modestíssimo, era o exemplo da pobreza, da humildade, da bondade em pessoa, onde se fundiam todas as excelentes qualidades de espírito e de coração (...) O seu sepultamento foi verdadeira consagração humana, ferindo a cidade de uma dor inconsolável pela perda daquele que lhe deu tanto de sua bondade e do seu exemplo”.

Ainda hoje, a inolvidável presença de Francisco é verberada pelos vetustos indivíduos que o conheceram. Instam os indeléveis predicados dispensados ao Monsenhor. Freqüentemente palra-se sobre a sua extrema lhaneza para com os pobres, a polidez no trato, a sua beleza física, sua retidão moral, o inexorável compromisso com a religião, dentre outros altaneiros elogios.

Mons. Assis Feitosa é o segundo, da esquerda p/ direita. na ocasião do velório de sua irmã, Maria de Santana Ferrer Feitosa. O outro, também de batina, é o historiador Padre Antônio Gomes de Araújo, irmão do esposo de Maria de Santana.

Autor: Heitor Feitosa Macêdo
Publicado por Armando Rafael

Nota: O Blog do Crato e o Chapada do Araripe começam hoje a nova seção "ÍCONES DO CARIRI", que promove o resgate das grandes personalidades que contribuíram para a história do Cariri. Outras personalidades, fatos e a História do Cariri podem ser encontrados no site HISTÓDIA DO CARIRI - www.historiadocariri.com

CINEMA - Veja o Trailler do novo filme "Assalto ao banco Central"



Centro Cultural Banco do Nordeste - Ana Paula Nogueira - Dia 08, às 19:30

O CRATO HOJE - Centro de Documentação da URCA será inaugurado hoje, dia 6 de junho


Hoje, dia 06 de junho, segunda-feira, será realizada a inauguração oficial do (CEDOC – Cariri). A solenidade de inauguração contará com participação de autoridade e entidades doadoras de acervos, além de outras instituições da região do Cariri que trabalham com a preservação de organização de acervos.

O CEDOC - Cariri é um Centro de Documentação ligado ao Departamento de História da Universidade Regional do Cariri (URCA). Foi criado em 2007, a partir de um projeto de extensão e pesquisa de professores do Departamento de História da URCA e teve financiamento inicial da Fundação de Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). A principal função do CEDOC - Cariri é reunir, preservar e disponibilizar para consulta pública acervos de caráter histórico, presentes na Região do Cariri. Embora seu acervo global ainda esteja em fase de constituição, o CEDOC atualmente representa um dos espaços de pesquisa mais importante do Cariri, pois disponibiliza para consulta documentação cartorária e judiciária do sec. XVIII e XIX, jornais, leis provinciais digitalizadas etc. Recentemente foi criado no Centro o Núcleo de Documentação Oral. Atualmente é coordenado pela professora Sônia Meneses, juntamente com uma equipe de seis professores e 12 alunos estagiários.

PROGRAMAÇÃO

DIA 06 DE JUNHO DE 2011 – MANHÃ
09h00min – Mesa Redonda: Arquivos, fontes e pesquisas.
Componentes da mesa: Profª. Ms. Maria Daniele Alves, Profª. Ms. Cícera Patrícia Alcântara Bezerra e Prof. Ms. Jucieldo Ferreira Alexandre.
10h00min – Doação da coleção digital do jornal O Araripe (1855-1864) aos acervos do Centro de Documentação do Cariri (Cedoc-Cariri) e do Departamento Histórico Diocesano Pe. Antônio Gomes de Araújo (DHDPG).
Local: Salão de Atos da URCA – Campus do Pimenta.

DIA 06 DE JUNHO DE 2011 – NOITE
19h00min – Mesa Redonda: Políticas Públicas para a constituição de arquivos e preservação do patrimônio histórico cultural –
Debatedores: Prof. Ms. Alênio Carlos Noronha de Alencar e Profª. Dra. Sônia Meneses.
Local: Salão de Atos da URCA – Campus do Pimenta.
20h00min - Entrega de premiação para o ganhador do concurso de criação da logomarca do Cedoc-Cariri – Local: Salão de Atos da URCA – Campus do Pimenta.
20h30min – Visita às instalações do Centro de Documentação do Cariri .
Local: Bloco de História da URCA – Campus do Pimenta.

Assessoria de Comunicação
Universidade Regional do Cariri - URCA
(88) 3102-1212 - 8812.5525 ramal 2617
www.urca.br – Crato, 28 de maio de 2011

URCA receberá acervo de periódicos da Câmara dos Deputados


O campus da URCA estará recebendo um dos maiores acervos de periódicos do Brasil, o acervo de periódicos da Câmara dos Deputados. Aproximadamente 100 caixas já chegaram ao Crato no mês passado, e uma carreta sairá de Brasília levando outra parte do acervo, que dotará o Cariri talvez como o maior do Estado do Ceará.

Nessa parceria da Fundação Enoch Rodrigues/ECOCÂMARA/Câmara dos Deputados, os responsáveis pela iniciativa vêm procurando dar ao Cariri um referencial de pesquisa que possa suprir a Região da pouca atenção que recebeu durante todos esses anos, levando aos estudantes um suporte que dê condições de um trabalho com mais subsídios. Além da preocupação de Elmano Rodrigues Pinheiro, somou-se a inquietude do Prof. Jackson Antero, sempre atento às necessidades da Universidade, tão carente de tudo.

Aos poucos foram ganhando a confiança das autoridades e da população de Brasília, e hoje já têm firmado ótimas parcerias, que se transformam em ganhos bastante expressivos, motivo de destaque em congressos e na imprensa, quando tratados assuntos ligados à difusão cultural e à formação de bibliotecas comunitárias pelo Brasil. Quando a Fundação Assis Chateaubriand, do grupo Diários Associados, procurou para fazer doação de acervos, foi que começaram a perceber a importância do trabalho do cearense Elmano Rodrigues.

Hoje, com a Arca das Letras do Ministério do Desenvolvimento Agrário ajudando com acervos, a ESAF - Escola de Administração Fazendária auxiliando os órgãos públicos com doação de mobiliário, e centenas de pessoas que procuram diariamente trazendo incentivo, é que o responsável por tão expressiva ação cultural, nessa luta, coloca tudo de seu próprio bolso para cobrir despesas, acreditando no sucesso da empreitada.

Para Elmano Rodrigues, suas providências lhe permitem uma felicidade imensa, quando vê os amigos dos mais diversos quadrantes nacionais fazendo a divulgação do seu trabalho, porque sabe que outras pessoas receberão essa corrente positiva em prol dos nossos semelhantes nos distantes rincões do solo pátrio.

A Cesta Básica de Cultura e Conhecimento é uma prova cabal disso tudo, pois já contempla com 60 obras dezenas de autores que em breve farão parte das 10 mil Arcas das Letras espalhadas por todo o Brasil. E a caminhada continuará fornecendo o pão do espírito para aqueles que tanto dele necessitam.

Publicidade: Shopping RESIDENCE – No Crato, você compra bem…


Compre bem! Compre nas lojas do Shopping Residence, em Crato.

IMG_0959

Conforto e Qualidade em qualquer época do ano...

Dsc04012


Dsc03933

Dsc03892


Dsc03980

Shopping Center RESIDENCE – Parceiro do Blog do Crato

Aconteceu em Crato, a Semana do Meio Ambiente - De 31 de maio a 05 de Junho de 2011

http://2.bp.blogspot.com/-C1oLuEbzvlw/TeV1u-3nvFI/AAAAAAAAXd4/_MuB57Am7rs/s1600/semeia600.jpg


http://4.bp.blogspot.com/-5KhjfXgKmTg/TeV1vgUiPxI/AAAAAAAAXeI/qwZI_ecASTQ/s1600/semeia-programacao.jpg

Iniciada a V Semana do Meio Ambiente

Aconteceu em Crato, a V Semana do Meio Ambiente – SEMEIA. O Evento foi finalizado ontem, Domingo, dia 05 de Junho. Foram realizadas durante toda a semana oficinas, exposições, mini-cursos, seminários temáticos e vivências, e debatidos temas como: Saúde e Meio Ambiente, Educação Ambiental, a importância da Logística Reversa, Política Nacional de resíduos sólidos, entre outros. O prefeito Samuel Araripe e o Secretário de Meio Ambiente e Controle Urbano do Crato, Nivaldo Soares de Almeida, estiveram presentes nessa conferência que abordou temas de extrema importância para a preservação do meio ambiente, bem como busco melhorias para a qualidade de vida do planeta.

BUDALOCCI - Traz sorte nos seus negócios



Fonte: Blog do Noblat

Crato-CE: Preso da justiça que se encontrava em regime semi-aberto executado com 5 tiros no sítio Cafundó


Um crime de execução a bala foi registrado por volta das 21h30min, desta sexta-feira (03) na estrada que dar acesso ao Sítio Cafundó, imediações do Vale do Amanhecer em Crato-CE. O preso da justiça Leandro Pereira da Silva, o “Assombroso”, como era mais conhecido, 21 anos, desocupado foi executado com 05 (cinco) disparos de arma de fogo, 01 (um) nas nádegas esquerdo, 01 (um) na região abdominal lado esquerdo, 01 (um) na lombar esquerda, 01 (um) no braço esquerdo e outro na nuca. A perícia florense estive no local através do perito Antônio Barbosa que após realizar os exames preliminares constatou que a arma utilizada no assassinato foi de pequeno calibre.

De acordo com informações da polícia, um primo da vítima de nome Izaquiel Pereira Dias, informou que o suposto autor do crime trata-se do desocupado Alessandro Rodrigues do Nascimento, vulgo ”Liu Cabeção”, residente na baixada do Rabo Seco, Vila Lobo em Crato com quem “Assombroso”.

Liu Cabeção que já tem passagens pela polícia, também é acusado de uma tentativa de homicidio a bala ocorrida no final da tarde de sábado dia 28/05 no “bar da Loira”, localizado na Av. Pinto Madeira, Bairro Vila Lobo, em Crato que teve como vítima, Francisco de Assis do Nascimento Junior, 22 anos, sem profissão definida que foi alvejado um projetil na mão, que transfixou e alojou-se no tórax sendo socorrido por populares para o Hospital São Francisco de Assis. A polícia do Crato continua em diligencias no intuito de localizar e prender o suspeito.

Por: J. Lopes - Repórter Policial - Colaborador - Caririnoticia

Dicas do Prof. Pasquale: E a gente pensa que repete corretamente os ' ditos populares'


SEMPRE APRENDENDO O CORRETO


No popular se diz: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bichocarpinteiro' Minha grande dúvida na infância... Mas que bicho é esse que é carpinteiro, um bicho pode ser carpinteiro???"
Correto: 'Esse menino não pára quieto, parece que tem bicho no corpo inteiro'
"Tá aí a resposta para meu dilema de infância!" EU NÃO SABIA. E VOCÊ?

'Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão.'
Enquanto o correto é: ' Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão.'
"Se a batata é uma raiz, ou seja, nasce enterrada, como ela se esparrama pelo chão se ela está embaixo dele?"

'Cor de burro quando foge.'
O correto é: 'Corro de burro quando foge!'
"Esse foi o pior de todos! Burro muda de cor quando foge??? Qual cor ele fica??? Porque ele muda de cor???"

Outro que no popular todo mundo erra: 'Quem tem boca vai a Roma.'
"Bom, esse eu entendia, de um modo errado, mas entendia! Pensava que quem sabia se comunicar ia a qualquer lugar!"
O correto é: 'Quem tem boca vaia Roma.' (isso mesmo, do verbo vaiar).

Outro que todo mundo diz errado, 'Cuspido e escarrado' - quando alguém quer dizer que é muito parecido com outra pessoa.
O correto é: 'Esculpido em Carrara.' (Carrara é um tipo de mármore)

Mais um famoso.... 'Quem não tem cão,caça com gato.' "Entendia também, errado, mas entendia! Se não tem o cão para ajudar na caça o gato ajuda! Tudo bem que o gato só faz o que quer, mas vai que o bicho tá de bom humor!"
O correto é:'Quem não tem cão, caça como gato.... ou seja, sozinho!'

Vai dizer que você falava corretamente algum desses?

E-mail de Karolina Mabel - Colaboradora

Cultura> I FESTIVAL INTERCOLEGIAL DE POESIA ESTUDANTIL



MINI-REGULAMENTO

1.1- Levar para as Escolas Públicas e Privadas um Projeto de Leitura e Escrita;
1.2- Colaborar no processo de pernanência e sucesso dos estudantes na Escola;
1.3- Descobrir e dar oportunidade de surgimento de novos talentos, através da Poesia;
1.4- Incentivar e publicar a produção literária dos estudantes;
1.5- Formar leitores conscientes e críticos;
1.6- Popularizar e desenvolver no meio estudantil o gosto pela poesia.
2- PÚBLICO ALVO:

2.1- Estudantes regularmente matriculados e com frequência NORMAL nas Escolas Públicas e Particulares
do Estado do Ceará;

3- DAS INSCRIÇÕES

3.1.- Cada estudante poderá se inscrever, GRATUITAMENTE, sob pseudônimo, com até 03 (três) POEMAS INÉDITOS em 05 (cinco) vias digitadas. Os originais não serão devolvidos;

3.2- Os estudantes poderão se inscrever, COM ATÉ 03 ( TRÊS ) TRABALHOS, nos seguintes níveis:
** Fundamental. I ( até o 5º ano )
** Fundamental II ( 6º até o 9º ano )
** Ensino Médio, ( 1º ao 3º ano );


3.3.- As inscrições poderão ser feitas até às 18:00 h do dia 30 de junho de 2011, na SECRETARIA DE SUA ESCOLA, ou para GRUPO CHOCALHO - Casa de Juvenal Galeno – Rua General Sampaio, 1128 - Centro - Fortaleza – Ceará, CEP 60.020-030. Nesse caso a data impressa no envelope, pelos correios, será o comprovante do cumprimento do prazo. Trabalhos, fora do prazo serão desclassificados. Os poemas deverão ser assinados por pseudônimo e em outro envelope separado deve conter os dados do Autor, como: Nome Completo, Endereço Completo, E-mail, telefones, nome da Escola com Declaração confirmando que o aluno está REGULARMENTE MATRICULADO E COM FREQUÊNCIA NORMAL.

4 - DA SELEÇÃO E PRÊMIO
4.1- A Comissão Julgadora selecionará os 100 ( CEM ) melhores poemas, que farão parte do livro I ANTOLOGIA DE POESIA ESTUDANTIL;


4.2- Entre os 100 ( CEM ) poemas, serão selecionados 18 ( DEZOITO ) poemas: 06 ( SEIS ) do Ensino Fundamental I ; 06 ( SEIS ) do Ensino Fundamental II e 06 (SEIS ) do Ensino Médio, para a GRANDE final que se realizará no dia 25 de julho de 2011 ( DIA DO ESCRITOR ), em local e horário a ser definido pela COORDENAÇÃO DO FESTIVAL. Nesse mesmo dia será lançado o LIVRO-PRÊMIO. Os 03 ( três ) primeiros colocados em cada nível receberão prêmios ( TROFÉUS, LIVROS, PRÊMIOS DOS PATROCINADORES, ALÉM DE DIPLOMAS );
4.3- Todos receberão DIPLOMA DE PARTICIPAÇÃO.
5- A COMISSÃO JULGADORA

5.1- A COMISSÃO JULGADORA será formada por pessoas de destaque em nossa vida literária ;

6. - OS CASOS OMISSOS SERÃO RESOLVIDOS PELA COORDENAÇÃO DO FESTIVAL;
MAIS INFORMAÇÕES:
GRUPO CHOCALHO

E-MAIL grupochocalho@yahoo.com

BLOG DO GRUPO CHOCALHO
http://grupochocalho.blogspot.com/

Apoio:
RastreadoreS de ImpurezaS




Festa do interior
Apesar das denúncias de fraude – divulgadas amplamente pela mídia caririense – na licitação ganha pela empresa Dinâmica Publicidade junto à Prefeitura de Barbalha (leia-se: administração José Leite-PT), é bonito ver as ruas embandeiradas daquela cidade (foto acima), por conta da festa de Santo Antônio. Uma verdadeira policromia de bom gosto! Outra atração que encheu os olhos, nestes festejos, foi a presença de mais de cinquenta grupos folclóricos que se apresentaram no dia do carregamento do Pau da Bandeira. Em 2011, a festa do padroeiro de Barbalha está mais movimentada do que em anos anteriores. Uma das novidades é o lançamento de um filme-documentário sobre a festa, dirigido pelo cineasta Rosenberg Cariry, com o patrocínio do Iphan–Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Bom seria se o comércio e instituições de Crato seguissem o exemplo de Barbalha e também colocassem – no próximo mês de agosto – bandeirinhas coloridas nas ruas desta cidade por conta dos festejos de Nossa Senhora da Penha. Quando nada, deveriam ser decoradas as ruas João Pessoa, Miguel Limaverde e Dom Quintino.

Tá feia a coisa
Dois tópicos publicados na coluna “Política” do jornalista Donizette Arruda: 1º – “O governo Zé Leite está atolado em problemas. Esta Semana, o Jornal do Cariri traz uma reportagem relatando fraudes na festa tradicional do Pau da Bandeira. Pelo segundo ano consecutivo, há suspeitas de desvios públicos”. 2° – “O Secretário de Cidades do Governo Cid, Camilo Santana comunicou à direção regional do PT que a candidatura de Zé Leite à reeleição à prefeitura de Barbalha não está definida. Camilo defende que o PT deva realizar pesquisas e o candidato que estiver melhor colocado deve ser o indicado a concorrer. Esta declaração retrata o rompimento tácito do secretário Camilo Santana com Zé Leite”.

Canteiro de obras
Qual o setor de atividade em Juazeiro do Norte que atualmente mais oferta empregos? Errou quem pensou no industrial. A resposta certa é: o setor da construção civil, com cerca de dez mil empregados naquela cidade. Além dos vários espigões que estão sendo construídos – verticalizando a paisagem – o Governo Federal, através do Programa Minha Casa, Minha Vida, deu início à edificação de 1.280 unidades habitacionais, destinada às pessoas de baixa renda da Terra do Padre Cícero. Por outro lado, investimentos privados constroem vários condomínios de luxo, nos bairros nobres de Juazeiro do Norte, (foto acima) e a cidade vive um verdadeiro boom imobiliário!

Dom Fernando: 10 anos como pastor do Cariri
Um tríduo festivo, que será realizado nas 49 paróquias da diocese de Crato, espalhadas em 32 municípios, antecederá à comemoração – no próximo dia 29 de junho – pelos dez anos da posse de dom Fernando Panico como nosso bispo diocesano. Os bispos de Cajazeiras, Iguatu, Salgueiro e Petrolina serão convidados para participar da missa comemorativa, na Catedral de Nossa Senhora da Penha, por esta efeméride. Essas quatro dioceses possuem seminaristas estudando no Seminário São José de Crato. Também foi convidado para a missa, o arcebispo emérito de Teresina (PI), dom Miguel Câmara. Foi ele quem ordenou dom Fernando bispo de Oeiras-Floriano (PI) em 1993.

21 de Junho
Vem aí mais um Dia do Município de Crato. Diferente de tempos passados, a população não se envolve mais com as comemorações do dia 21 de Junho. Anos atrás, a Semana do Município era aproveitada pela Prefeitura para inaugurar pequenas obras, construídas ao longo do ano. No Dia do Município, propriamente dito, ocorria o desfile de estudantes dos colégios, ginásios e grupos escolares. O povo enchia as ruas para assistir ao evento. Hoje as comemorações do dia 21 de Junho se resumem, praticamente, a uma solenidade na Praça da Sé, com o hasteamento das bandeiras, discursos oficiais e uma corrida de ciclistas. É o que resistiu às implacáveis mutações do tempo...

De volta ao futuro
Já se especula nomes dos candidatos a prefeito nas eleições de 2012. Vários são os citados. No entanto, a população não devia se preocupar tanto com os nomes, e sim com a feitura de projetos exigidos ao desenvolvimento de Crato, independente de quem venha a ser o próximo prefeito. Planejar o desenvolvimento da cidade é imperativo e necessidade premente. Não de forma isolada, pois não há mais espaço – nos dias atuais – para isso, já que Crato integra a Região Metropolitana do Cariri. Bom não esquecer os problemas que exigem soluções urgentes como a revitalização e humanização do centro da cidade; obras de saneamento na periferia; novas vias de acesso para desafogar o trânsito no centro; ampliação e modernização da atuação do tímido Demutran; arborização dos bairros e restauração das praças e jardins ali existentes; exploração, de forma sustentável, da potencialidade do turismo ecológico de Crato; construção de casas populares para diminuir o grande déficit habitacional, dentre outros...

Lambança – 1
O governo da presidente Dilma Rousseff atingiu a marca inicial dos 150 dias, ou seja, cinco meses! É este o número de dias de trabalho, exigidos dos brasileiros para pagamento de impostos – que são enfiados goela abaixo, por uma máquina voraz e ineficiente – incidentes sobre tudo ganhamos durante o ano civil. Os mais pessimistas já consideram que o escândalo do enriquecimento ilícito do ministro Antônio Palocci – bem como a operação para abafar o caso – marcou definitivamente a atual administração de dona Dilma. É bom lembrar que numa verdadeira democracia, o principal órgão de controle do governo é a opinião pública. O que parece não ocorrer no Brasil, pois não se vê cobranças para nossos direitos, a exemplo da situação das nossas estradas em petição de miséria. Felizmente uma verdade já apareceu: nunca existiu a anunciada autossuficiência brasileira em petróleo. Pior: aumentou a importação da gasolina. Outra verdade que veio á tona: ao invés de exportar o etanol (como demagogicamente anunciou Lula na visita aos EUA), nossa produção de álcool é hoje insuficiente até para atender ao consumo interno.

Lambança – 2
O Brasil continua uma nação carente em saneamento básico e por isso as doenças continuam se multiplicando, principalmente nos grotões da miséria e do atraso que elegeu os últimos presidentes da República. No entanto só se fala nas obras de reforma dos estádios para a Copa do Mundo de Futebol em 2014, que caminham em passo de tartaruga. Não se sabe, sequer, o local do jogo da abertura e do final da Copa. O sucateamento dos nossos aeroportos veio agravar o cenário. A inflação voltou... E a dívida interna subiu 2,34% somente no mês de abril, ultrapassando 1 (hum) trilhão (eu escrevi trilhão) e 345 bilhões de reais... Finalmente caiu a ficha: o Brasil não é visto, lá fora, como um país sério. Para tentar espantar a crise, a presidente Rousseff anunciou nesta quinta-feira o Programa “Brasil sem miséria”. Mas ainda insiste em pleitear uma vaga no Conselho de Segurança da ONU...

Pegando o gancho
Presidente ou “presidenta”? Segundo a professora Miriam Rita Moro Mine, da Universidade Federal do Paraná, no português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade. Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionarem à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, à pessoa que preside é presidente, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha. Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta". E por aí vai...

Curtas

1 – Bem sucedida a realização – nos dias 25 a 27 de maio passado – em Juazeiro do Norte, do 1º Seminário dos Bispos e Padres-romeiros da Mãe das Dores e do Padre Cícero. Três bispos e dezenas de padres e pesquisadores marcaram presença. O 2º Seminário já está marcado para acontecer em 2012.

2 – Neste 3 de junho os irmãos gêmeos Adauto e Humberto Bezerra chegam aos 85 anos de idade. E ainda continuam prestando benefícios a centenas de pessoas com suas obras sociais e assistenciais. Militares, empresários e políticos vitoriosos, eles são os mais importantes caririenses desde o advento da República. Adauto foi governador, vice-governador do Ceará, deputado federal e estadual. Humberto foi vice-governador (esteve no exercício do cargo de governador diversas vezes), deputado federal, secretário estadual e prefeito de Juazeiro do Norte. Depois deles, nenhum caririense alcançou funções tão importantes.

3 – Décadas atrás, Juazeiro do Norte chegou a possuir 760 ourivesarias que produziam peças artesanais de ouro, vendidas no norte e nordeste do Brasil. Essas ourivesarias praticamente desapareceram. Daquele tempo áureo restou somente o comércio de joias folheadas, cujos produtos são produzidos, em sua maioria, no estado de São Paulo.

4 – Com a criação, neste 1º de junho, da diocese de Naviraí, em Mato Grosso do Sul, subiu para 275 o número das dioceses católicas no Brasil assim distribuídas: 44 Arquidioceses, 211 Dioceses, 13 Prelazias, três Eparquias, um Exarcado, um Ordinariado para os fiéis de Rito Oriental sem Ordinário Próprio, um Ordinariado Militar e uma Administração Apostólica Pessoal. É a maior conferência episcopal do mundo!



Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30