xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 28/04/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

28 abril 2011

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Fórum debaterá Plano de Saneamento Básico dia 6, em Crato

Forumcrato

No próximo dia 6 de maio, às 9 horas, acontece o Fórum de Apresentação do Saneamento Básico do Crato, no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva. O evento servirá para abrir discussões com a comunidade a respeito do Plano Municipal de Saneamento Básico, apresentado pelo Prefeito do Crato, Samuel Araripe, no último dia 14. Participaram da apresentação integrantes poder legislativo municipal, representantes do poder judiciário local, presidentes de entidades e os secretários da administração. A relevância do projeto se insere dentro do processo de criação de medidas que busquem melhorar a qualidade de vida e proteção do meio ambiente. Segundo o prefeito Samuel Araripe, o documento determina que, até 2014, todos os municípios deverão ter esse plano. O município que não preparar o projeto até lá, ficará impedido de realizar convênios com o governo federal para realização de obras em suas cidades.

Fonte: PMC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Lideranças comunitárias vão à câmara do Crato reivindicar ação do executivo


Florisval Coriolano 2aCom o propósito de fazer valer a denominação de “Casa do Povo”, a Mesa Diretora da Câmara Municipal do Crato, sob a presidência do Vereador Florisval Sobreira Coriolano (PTC), ampliou os espaços para participação das comunidades, em suas sessões ordinárias. A Sessão desta terça-feira, dia 26 de abril, foi mais um exemplo da forma democrática como os trabalhos do Legislativo cratense vêm sendo conduzidos. Vários líderes comunitários estiveram presentes para compartilhar com os vereadores suas cobranças, expectativas e angústias por uma comunidade mais assistida e assim poderem desfrutar de uma melhor qualidade de vida.

Leia mais...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Provinha Brasil auxilia educadores e gestores no desenvolvimento da alfabetização


EscolaO Município do Crato realizou A Provinha Brasil 2011, em 49 escolas da cidade, nas turmas de segundo ano. A Provinha Brasil é um instrumento de avaliação diagnóstica, que deve ser aplicada no início e término do ano letivo. O objetivo é auxiliar professores e gestores a monitorarem o processo de desenvolvimento de alfabetização das crianças, permitindo o planejamento de intervenções adequadas. No momento da aplicação da Provinha Brasil o coordenador e o professor farão uma leitura com bastante atenção nos seguintes documentos: guia de aplicação, correção e interpretação dos resultados e reflexões sobre a prática pedagógica. A aplicação e análise ocorrem conforme orientações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP/ Ministério da Educação – MEC. A aplicação da provinha Brasil no Município aconteceu no dia 12 de Abril em todas as turmas do 2º ano do Ensino Fundamental, com devolução da ficha de correção à Secretaria Municipal – Unidade de Pesquisa e Avaliação Educacional no dia 20 do mês corrente. É importante observar os procedimentos de preenchimento, conforme as orientações que constam no documento de guia de correção e interpretação de resultados. A Unidade de Pesquisa e Avaliação Educacional fará posteriormente a consolidação e divulgação geral dos resultados. O trabalho conta com a coordenação de Inês Moraes Brito de Oliveira, da Unidade de Pesquisa e Avaliação Educacional.

Fonte: PMC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato participa de reunião do Condirc

Samuel Araripe - EntrevistaO prefeito do Crato, Samuel Araripe, participou, na manhã de ontem ( 27 ), no Teatro Municipal Salviano Arraes Saraiva, da reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração (Condirc). A reunião foi aberta com as boas vindas aos conselheiros e convidados, com a aprovação da ata da última reunião. O prefeito do Crato fez uma ampla abordagem das potencialidades e desafios do município do Crato. Ele destacou o planejamento desenvolvido durante sua administração e para os próximos 20 anos na cidade com os projetos inseridos Plano de Requalificação Urbana – PRU. Dentre os projetos se inclui o Centro de Convenções, Encosta do Seminário, Ginásio Poliesportivo, revitalização a área da RFFSA entre outros projetos importantes para o municípios estão inseridos no plano. Durante a reunião, ainda foi apresentado Projeto de Regularização dos Mototaxistas.

Fonte: PMC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - iPAD 2 da Apple no Brasil ?


Ipad2A Apple anunciou nesta quarta-feira (27) que a prancheta eletrônica iPad 2 chega nesta quinta-feira (28) ao Japão e na próxima sexta-feira (29) em Hong Kong, Índia, Israel, Coreia do Sul, Macau, Malásia, Filipinas, Cingapura, África do Sul, Turquia e Emirados Árabes. A China recebe o produto em sua versão Wi-Fi (conexão sem fio) no dia 6 de maio. Ainda não há previsão para o início das vendas do tablet no Brasil.

Apple baixa preços do velho iPad

Segundo a Apple, não há ainda previsão de lançamento para o produto no Brasil, embora o tablet já tenha sido homologado pela Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). O Japão fazia parte da lista de países em que as vendas do iPad 2 começaram no dia 25 de março, mas a Apple resolveu adiar o lançamento no país após o terremoto seguido por tsunami que aconteceu em 11 de março. O tablet já está disponível em 25 países, além dos Estados Unidos. A versão mais básica do novo iPad 2 tem conexão Wi-Fi e 16 gigabytes (GB) de memória e, nesses países, tem preço sugerido equivalente a R$ 829 (US$ 499). Já a mais cara tem Wi-Fi e 3G, 64 gigabytes (GB) de memória e custa R$ 1.375 (US$ 829). Na China, Esses valores em reais representam apenas a conversão do preço em dólar, e não o custo real do aparelho no Brasil. O iPad2 vem mais rápido, 33% mais fino e 15% mais leve do que a versão anterior, que chegou ao mercado no ano passado.

Na nova edição do iPad, a Apple consertou uma das grandes falhas do aparelho: a falta de câmeras. Assim como acontece no iPhone 4, o equipamento vai ter uma câmera na frente e outra atrás, para permitir que os usuários façam imagens e também conversem por meio de videoconferência com o programa FaceTime. É possível inclusive que uma pessoa que tenha um iPad 2 se comunique com outra que use o iPhone 4.

A câmera de trás faz vídeos em alta resolução. A razão de o iPad 2 ser mais rápido é a adoção de um processador dual-core A5, o que permite que o processamento de dados seja até duas vezes mais rápido. Os gráficos podem ser até nove vezes mais rápidos. A Apple vendeu cerca de 15 milhões de iPads em 2010, quase três vezes mais do que os analistas previam.

Via R7

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Câmara aprova novas regras para o programa Minha Casa, Minha Vida


Brasília – A Câmara dos Deputados aprovou há pouco o projeto de lei de conversão à Medida Provisória (MP) 514, que detalha novas regras da segunda etapa do programa Minha Casa, Minha Vida, onde está prevista a construção ou reforma de 2 milhões de moradias entre 2011 e 2014. A MP também aumenta de R$ 14 bilhões para R$ 16,5 bilhões os recursos que a União poderá transferir ao Fundo de Arrendamento Residencial, que é uma das fontes de financiamento do programa.

Entre as mudanças propostas pelo relator, deputado André Vargas (PT-PR), ao texto do governo e aprovadas pelo plenário da Câmara, está a criação de uma modalidade específica para a construção de moradias em cidades que tenham entre 20 mil e 50 mil habitantes. A medida irá beneficiar, de acordo com André Vargas, 278 municípios com o aumento da oferta de imóveis financiados pelo Minha Casa, Minha Vida. Segundo ele, o programa não pode se concentrar só nos grande centros.

A oposição tentou impedir a votação da media provisória, usando instrumentos regimentais para protelar a votação. Como a bases governista estava unida em torno da MP, ela foi aprovada nos termos do projeto de lei de conversão e agora segue à apreciação do Senado Federal. Se o texto for alterado pelos senadores, a MP voltará para nova apreciação dos deputados.

Iolando Lourenço
Repórter da Agência Brasil – Edição: Aécio Amado

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeituras deixam de prestar contas de gastos com educação e 70% podem ficar sem recursos federais


Brasília – Cerca de 70% das prefeituras de todo o país podem parar de receber transferências voluntárias do governo federal porque não prestaram contas do dinheiro investido em educação em 2010. O prazo termina neste sábado e, até as 15h30 de hoje (27), apenas 1.646 dos mais de 5 mil municípios tinham enviado a prestação de contas.

Os governos municipais devem acessar o Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (Siope), disponível no site do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para inserir as informações. Pela lei, o município ou estado é obrigado a investir, no mínimo, 25% da sua arrecadação em educação. O Siope calcula se esse patamar foi atingido a partir dos investimentos declarados pela prefeitura. Para as secretarias estaduais, o prazo se encerra somente em 31 de maio.

Se o governo estadual ou municipal não tiver aplicado o mínimo de 25% na área em 2010, o FNDE envia automaticamente um comunicado aos tribunais de contas estaduais e ao Ministério Público, informando o não cumprimento da lei. A prefeitura também fica impedida de receber recursos de convênios já firmados com a União ou de firmar novos convênios. O mesmo impedimento ocorre com aqueles que não prestarem as informações. A única exceção são os recursos destinados a ações na área de educação, saúde e assistência social.

Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso são os únicos estados onde mais de 40% dos municípios já enviaram as informações para o Siope até a tarde de hoje. Em Roraima, nenhuma prefeitura prestou contas. Pernambuco e o Amazonas também estão com baixo percentual de participação: menos de 10% dos governos municipais enviaram os dados até o momento.

Edição: Lana Cristina

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Banda larga é deixada pra escanteio mais uma vez…


Com cortes de orçamento, metas do programa de banda larga para este ano não serão cumpridas.

Sabrina Craide
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O presidente da Telebras, Rogério Santanna, disse hoje (27) que os cortes orçamentários que a estatal sofreu não vão permitir que cerca de 800 municípios sejam atendidos até o fim do ano pelo Programa Nacional de Banda Larga (PNBL), como estava previsto. Dos R$ 226 milhões que estavam programados para a estatal neste ano, R$ 50 milhões estão descontingenciados pelo governo federal. Existem ainda R$ 316 milhões de recursos do ano passado que já estão empenhados, mas não foram liberados pelo Tesouro.

“É preciso entender que o governo tomou a medida de contingenciamento de recursos, natural em início de governo, e isso só interfere no ritmo de implementação. O governo é que vai decidir o ritmo de implementação que queira dar ao processo.”

Santanna explicou que a meta inicial era chegar ao fim de 2011 com 1.163 cidades atendidas, mas o atraso na assinatura de contratos com a Petrobras e a Eletrobras para o uso de fibras óticas públicas para transmissão de dados mudou os planos da Telebras. Ele informou que os contratos com a Petrobras devem ser assinados nos próximos dias ou no início de maio. Os contratos com a Eletrobras já foram assinados, só falta a homologação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Ao participar de audiência da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados sobre o PNBL, Santanna disse que as operadoras de telefonia não têm interesse em oferecer serviços de banda larga, porque isso significaria a perda do serviço de transmissão de voz. Segundo ele, com acesso à internet em alta velocidade, os usuários de baixa renda optariam por usar programas que permitem a conversa pela internet, como o Skype, em vez de fazer ligações por telefone fixo ou móvel.

“Isso é um ‘desincentivo’ para que as operadoras tradicionais migrem para o mercado digital, porque significa canibalizar seu serviço mais rentável. Se não tivemos mecanismos de incentivos que permitam que companhias migrem para mercado novo, elas vão fazer de tudo para atrasar essa mudança”, afirmou o presidente da Telebras, ao participar de audiência da Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados sobre o Programa Nacional de Banda Larga.

O secretário de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Nelson Fujimoto, informou que a pasta está em contato com a área econômica para avaliar a possibilidade de o governo federal abrir mão de impostos para baratear o custo da banda larga no país. Ele lembrou que os governos estaduais já estudam desonerar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e que o governo federal já propôs a desoneração de aparelhos de modems.

Segundo Fujimoto, o objetivo do PNBL é ampliar a cobertura do serviço para todo o país, com velocidade e preços adequados. Com a oferta de banda larga a R$ 35, como previsto no Programa, o número de domicílios com acesso à internet em alta velocidade poderia triplicar, disse ele.

Para Veridiana Alimonti, advogada do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), um dos principais problemas do PNBL é que ele mantém a prestação do serviço de banda larga sob regime privado e não fala em universalização da banda larga, apenas em massificação. “A internet, sendo considerada um serviço essencial, não poderia estar sendo prestada em regime privado, de acordo com Lei Geral de Telecomunicações”, afirmou. Veridiana também criticou a falta de participação da sociedade nas discussões do programa, e sugeriu a criação de mecanismos de consulta e acompanhamento do PNBL.

Edição: Nádia Franco

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Governo quer estender direitos para trabalhadoras domésticas

NE - Agora é que nós estamos ferrados mesmo! Uma doméstica já passa 15 dias na residência de alguém e sai falando em ir pra justiça por qualquer coisa. Resultado: muitas famílias estão mesmo considerando viver sem esse perigo constante.

Brasília – A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Iriny Lopes, disse hoje (27) que o governo pretende debater com parlamentares mudanças na Constituição para estender direitos trabalhistas às trabalhadoras domésticas.

O Artigo 7º da Constituição prevê benefícios aos trabalhadores, como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e seguro-desemprego, mas deixou de fora as trabalhadoras domésticas. “As pessoas não podem esperar. Da nossa parte, o diálogo está aberto”, disse a ministra.

A revisão do artigo é uma das recomendações do grupo de trabalho, criado pelo governo federal, para avaliar a situação das trabalhadoras domésticas brasileiras. O levantamento do grupo foi divulgado hoje para lembrar o Dia Nacional das Trabalhadoras Domésticas.

O estudo revelou que cerca de 7 milhões de brasileiras desempenham o trabalho doméstico, sendo que 73,8% não têm carteira assinada. A maioria é negra. Na informalidade, elas acabam por ganhar 30% menos em comparação a quem tem carteira assinada. Quando a trabalhadora é negra e informal, o ganho é ainda menor, equivalente a 67,4% do salário mínimo.

Com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2008, o grupo constatou que a renda média mensal de uma trabalhadora doméstica era R$ 523,50, enquanto que empregadas de outras categorias tinha ganho médio de R$ 826,11. Para as trabalhadoras domésticas sem vínculo formal, a renda caia para R$ 303. No caso das empregadas negras e informais, o valor era aproximadamente R$ 280.

O grupo, formado por órgãos federais e da sociedade civil, propõe também a criação de um telefone para receber denúncias de assédio sexual e moral no ambiente do trabalho doméstico (disque-denúncia), estabelecer jornada de trabalho, mecanismo para facilitar o acesso à Previdência Social e medidas para reduzir a informalidade.

Carolina Pimentel
Repórter da Agência Brasil

Edição: Rivadavia Severo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Campanha de vacinação contra aftosa começa domingo em todo o Ceará


FebreAftosaA primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa começa no próximo domingo, dia 1º de maio. A segunda etapa da campanha contra a febre aftosa em 2010, aponta que, 86,16% dos bovinos e bubalinos foram vacinados contra a doença em todo o Ceará. “O número é muito bom, mas vamos continuar trabalhando para aumentar esse índice”, afirma Augusto Júnior, presidente da Adagri. O objetivo é alcançar a classificação de zona livre de aftosa com vacinação em 2011 e o reconhecimento internacional até o início de 2012. Hoje, o Ceará está classificado como risco de nível médio de febre aftosa.

Para isso, a Adagri, com o apoio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário e do Governo do Ceará, continua o combate à febre aftosa em todo o Estado. Cerca de 37 mil e 800 proprietários que não compareceram para declarar a vacinação do rebanho na campanha de 2010, mas que foram localizados pelos fiscais e agentes agropecuários receberam notificações (autuação, advertência e/ou abertura de processo administrativo). A localização dos demais cadastrados, cerca de 17% vai continuar este ano durante a campanha de 2011.

Assessoria de Comunicação da Adagri

Se correr, o bicho pega, se ficar, o bicho come! - Dieta rica em ômega 3 dobra risco de câncer de próstata


NE - Alimento que faz bem ao coração favorece Câncer de Próstata !

Omega3nowO consumo de alimentos ricos em ômega 3 pode fazer bem para o coração, mas aumenta o risco de câncer de próstata agressivo, segundo um estudo americano publicado ontem no “American Journal of Epidemiology”. A pesquisa envolveu mais de 3.400 homens. Aqueles com altos níveis no sangue de uma proteína que indica consumo de ômega 3 tiveram duas e meia vezes mais câncer. Por outro lado, homens com maiores índices gorduras trans na corrente sanguínea tiveram uma redução de 50% no risco de câncer. Nenhuma das gorduras foi associada ao baixo risco da doença. Segundo os pesquisadores, do Fred Hutchinson Cancer Research Center, em Seattle, o impacto do ômega 3 e de outros ácidos graxos no desenvolvimento do câncer ainda é pouco conhecido. Os médicos afirmam que são necessários mais estudos antes de mudar a recomendação de consumo da substância.

Fonte: Folha.com


Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30