xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 26/03/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Em breve, estaremos de volta com as novas transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, alguns programas ao vivo ). O modelo será mais ou menos como no vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos em que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

26 março 2011

Moradores do Grangeiro fazem solicitação ao Prefeito - Por: Emerson Monteiro


N
o dia 24 de março de 2011, moradores do Loteamento Novo Horizonte, no Grangeiro, compareceram a uma audiência com o Prefeito do Crato, Samuel Araripe, com finalidade de solicitar o calçamento de ruas do citado loteamento, inclusive já existindo verbas federais com tal finalidade, de acordo com informações do Primeiro Gestor do Município. Dentre os moradores, compareceram o Dr. Cícero Job Maciel, Hélio Santos, Emerson Monteiro, Elizaudo Brito, dentre outros mais.

Os presentes foram informados que no próximo mês de abril já deverão ser iniciados os serviços de calçamento das Avenidas Pedro Gonçalves Norões e Raimundo Pires Maia, segundo as verbas existentes, na previsão de Samuel Araripe.

Por: Emerson Monteiro

Um novo livro de Flávio Morais - Por Emerson Monteiro

Quem estudar a literatura caririense encontrará um filão de autores dos mais variados matizes, bons e férteis, às vezes solitários e até desconhecidos, que, no entanto, circunscrevem profundas e inestimáveis criações da tradição culta e popular de nossa gente. São memorialistas, historiógrafos, contistas, novelistas, romancistas, poetas, jornalistas, cientistas sociais, juristas, a formar rico material de perpetuação da cultura deste pedaço surpreendente de chão, que agasalha civilização altiva e heróica em natureza aconchegante, a se expandir para o mundo inteiro. Acervo dos melhores, reúne herança da história social das gerações e supera os limites da perecividade.

Dentre esses nomes formadores das nossas letras alguns ganham destaque pelo conjunto da obra e pela qualidade do que publicam, tamanho do que contém na utilidade futura e no intento das suas publicações. E no meio dos tais profícuos e organizados homens da escrita caririense se acha José Flávio Bezerra Morais, ora a lançar mais uma de suas obras, para gáudio de todos os apreciadores beletristas.

Caririense provindo de Milagres, Ceará, nascido a 23 de julho de 1970, filho de Francisco Ivo Morais e Maria Socorro Bezerra Morais, Flávio marca a literatura regional com trabalhos de fina valia e denso fôlego. Jovem, porém autor de um vasto acervo, cujo conteúdo revela quatro nítidas vertentes de abordagens de gêneros e estilos.

Primeiro, aos inícios de sua produção literária, enfeixou, em dois saborosos livros, os contos que escutou na oralidade sertaneja do lugar onde viveu a infância, nos rincões do Cariri. “Histórias que ouvi contar”, de 1993, e “Histórias de exemplo e assombração”, de 1997. Dois belos trabalhos escritos com o zelo acadêmico de aluno do Curso de Letras da Universidade Regional do Cariri, eles foram editados com a modéstia de nossas gráficas da ocasião, e levados às bancas para apreciação de muitos, marcos imprescindíveis do gênero fantástico da nossa literatura, agora dignos de figurar em novas edições, uma vez esgotados nas livrarias e bancas.

A seguir, sob o mesmo prisma das histórias anteriores, elaborou “Sete contos de arrepiar”, um clássico deste gênero no Brasil, publicado através de importante casa editora, a Rocco, isto em 2006, já revelando outro dos quatro víeis considerados na sua obra, o de autor infanto-juvenil que ora se consolida com esta obra lançada. O livro ganhou maiores âmbitos, rendendo ao autor participar da 44th Bologna Children’s Book Fair 2007 (44.ª Feira Internacional do Livro Infantil e Juvenil, em Bolonha, Itália, no ano de 2007), consagração digna dos bons escritores mundiais.
Ao sabor das considerações de quantos aspectos dispõe o roteiro autoral de Flávio Morais, em 1989, editou “Milagres do Cariri”, uma abordagem telúrica dirigida à sua terra natal sob pontos de vista físicos, geopolíticos, antropológicos, etc.

Daí, seguiu um outro título, “Nas veredas do fantástico”, em 2002. Graduado em Direito pela Universidade Regional do Cariri, Flávio Morais encetou os esforços da sua intelectualidade também às hostes jurídicas, galgando com sucesso o posto de juiz do Tribunal cearense, funções que abraça com os vigores da responsabilidade. No espaço das letras voltadas ao ministério do Direito, pois também exerce cátedra na Universidade do Cariri, em 2003, publicou “Dívidas: como preveni-las ou livrar-se delas”, sequenciado, em 2004, pelo “Compêndio de Prática de Processo Penal”, e, em 2008, pelo romance de cunho jurídico “A sombra do laço”, pesquisa histórica de um episódio da existência do Padre Ibiapina, figura emblemática da Igreja Católica no Nordeste brasileiro, e que também cumpriu o papel da advocacia aos tempos do século XIX.
Destarte, no ímpeto da arte literária, nosso autor revela acuidades e aceita com afeto o fazer da inspiração, legando-nos, agora, “Daniel Alecrim e o talismã de ébano”, produção estabelecida sobre o primor das anteriores, realimentando seu público jovem dos insumos do estilo correto, da imaginação penetrante e do talento raro, demonstrações do quanto revelam seus textos das duas primeiras edições ao crivo do inesperado, do fantástico, sem, no entanto, fugir à seriedade austera decantada nas histórias da infância, nem abrir concessões ao vulgar da pura fantasia comercial.

O território que Flávio Morais permeia no seu universo criativo alimenta de satisfação os leitores, porquanto os encaminha dentro de valores sóbrios e justos, ao fragor dos bons e pródigos narradores. Esta revelação, que consolida cada vez um pouco mais nos livros posteriores, enriquece nossas letras e agrega qualidade ao gênero infanto-juvenil da literatura brasileira, portanto.

Ao me convidar a esta pequena introdução talvez Flávio Morais nem imaginasse acertaria em cheio em um dos seus admiradores desde seus primeiros trabalhos, quando, antes mesmo de conhecer a pessoa do escritor, os localizara numa das bancas de jornais de Crato, trazendo-me de volta aos universos imaginários da minha infância interiorana e suas histórias de causar espanto, contadas nas varandas de noites escuras do Sertão. Depois, aficionado, acompanho de perto os passos generosos deste expoente das letras caririenses, amigo e pessoa humana digna do nosso apreço.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Rebeldes líbios expulsam forças de Gaddafi de cidade estratégica


AJDABIYAH, Líbia (Reuters) - Rebeldes líbios, apoiados por ataques aéreos das forças aliadas, retomaram neste sábado a estratégica cidade de Ajdabiyah, depois de uma batalha que durou toda a madrugada e que sugere que a maré está mudando contra as forças do líder Muammar Gaddafi no leste do país. Combatentes dos grupos rebeldes dançaram sobre os tanques, balançaram bandeiras e dispararam para o alto perto de edifícios crivados por balas. Seis tanques danificados ficaram estacionados perto da entrada leste da cidade, e o solo estava cheio de cartuchos de bala vazios.

Havia sinais de intensos confrontos no portão oeste de Ajdabiyah. Corpos de mais de uma dezena de soldados de Gaddafi ficaram espalhados pelo chão. Uma carga de munição abandonada sugeria que as forças do líder líbio tiveram de fazer um rápido recuo.

"Toda Ajdabiyah está livre e todo o caminho até Brega está livre", afirmou Faraj Joeli, um estudante de ciências da computação de 20 anos que se tornou combatente rebelde.

Havia escassos sinais de destruição no centro da cidade, e os poucos moradores que ainda permaneciam lá começaram a sair de suas casas. Rebeldes dirigiram seus carros disparando para o alto ou distribuíam pão, farinha e água aos habitantes.

INCENTIVO

Capturar Ajdabiyah, passagem da líbia ocidental para o reduto rebelde de Benghazi e à cidade petrolífera de Tobruk, é um grande incentivo para os rebeldes após duas semanas na defensiva. Governos ocidentais esperam que os ataques aéreos, lançados há uma semana com o objetivo de proteger civis, mudarão a balança do poder a favor da revolta popular que resultou em incidentes mais violentos do mundo árabe.

Yahoo notícias

DOMINGO TEM CIRCO NA PRAÇA DA SÉ (CRATO-CE)

Feliz Aniversário:Raimundo Bezerra Filho-Por Wilson Bernardo.

A grandeza de um homem se percebe,quando o mesmo se manifesta na família,você integra os ensinamentos do seu pai,aos seus valores construídos ao longo de sua vida.Muitas vezes somos muito mais felizes e agimos com destreza quando nos comportamos como crianças.Ao perder esse sentimento e essa alma de criança o mundo se torna rude e indevidamente desnecessário...
PARABÉNS Raimundo!Família e amigos o abraçam.
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Quem roubou não roube mais – Por: Antônio Mourão Cavalcante (*)


Nunca antes na história desse país o povo mostrou-se tão organizado e consequente.

Naquele instante havia uma generalizada indignação e era preciso fazer alguma coisa. Foi que nasceu a ideia de colher assinaturas e propor uma lei conhecida como Ficha Suja. Ela simplesmente proíbe que indivíduo com processo julgado por colegiado e condenado se candidate. Depois de muitas resistências, a lei foi aprovada no Congresso. Virou a expressão mais lídima do sentimento popular. Tal como reza a nossa Carta Magna: “todo poder emana do povo.” Mas estávamos enganados. “Havia uma pedra no meio do caminho.” E, de repente, não mais que de repente, a lei virou cinzas! Na correlação de forças, faltava-nos convencer o Supremo Tribunal Federal. Esse, mostrando-se mais soberano que a vontade popular, simplesmente cassou a lei. Só vale depois...

Senhores ministros, os senhores sabem o que representa essa afronta ao desejo popular? Os senhores entendem o que significa pegar uma lista e sair convencendo seus pares? Aliás, nessa lei não se defende a manutenção ou criação de privilégio a qualquer grupo social. Ela diz apenas que quem roubou não pode se candidatar para representar o povo porque vai novamente roubar...

As filigranas que os senhores, com inusitada maestria, conseguem encontrar e aplicar – sempre monitorando os anseios populares – é uma tremenda ducha de água fria em quem acredita e luta por mudanças nos costumes políticos. Lamentavelmente, a instância que poderia dar legitimidade (de legis, lei) ao anseio popular “prende o jumento, porque é sábado”, como diz a passagem bíblica. Do ponto de vista moral e ético a pretensão popular é soberana.

A tendência natural será a descrença nas instituições. “É tudo farinha do mesmo saco”, disse-me um amigo, ontem, profundamente decepcionado. De minha parte, prefiro crer, que amanhã será melhor, porque vamos nos organizar mais e não aceitaremos jamais que a vontade popular seja jogada na lata do esquecimento.

(*) Antônio Mourão Cavalcante, Médico, antropólogo e professor universitário.
a_mourao@hotmail.com

Governo do Crato e comitiva do CONPAM realizam na próxima terça-feira inauguração da casa sede do Sítio Fundão


Com o apoio da Secretaria de Meio Ambiente e Controle Urbano do Crato, o Governo do Estado do Ceará por meio do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente- CONPAM a Superintendência Estadual do Meio Ambiente SEMACE, realizarão na próxima terça-feira, dia 29, ás 9 horas, a inauguração da Casa Sede do Parque Estadual Sítio Fundão, no bairro Seminário, dentro da Programação da Festa Anual das Árvores que tem como objetivo disseminar em todo o Estado uma consciência para a importância da árvore e as questões ligadas ao meio ambiente. Ao todo, 53 municípios serão contemplados com uma extensa programação desse evento que começará no dia 28, segunda-feira e irá até o próximo dia 31.

O presidente do CONPAM, Paulo Henrique Lustosa explica que a desapropriação do Sítio Fundão realizada em 2008, foi de fundamental importância, uma vez que, neste sítio, foi criado um Parque Estadual para preservação da área, que apresenta rica biodiversidade e mata nativa, inclusive, espécies remanescentes da Mata Atlântica. Além do patrimônio ecológico, o local dispõe de um engenho de pau, puxado a bois, desativado há 50 anos e uma casa de taipa de 2 andares, ambos reestruturados para receber visitantes.

Fonte: PMC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Secretaria de Saúde do Crato promove ações de prevenção e proteção para a comunidade



O setor de mobilização social da Secretaria de Saúde do Crato vem promovendo um trabalho de educação e conscientização da comunidade diariamente no intuito de informar a população cratense sobre prevenção a doenças e melhorias na saúde. Dentro do ciclo de atividades foram realizadas nos dias 24 e 25, oficinas de combate a dengue, visitas domiciliares e palestras junto com alunos da Escola de Ensino Fundamental Dom Quintino, alunos e professores da Escola Sítio Páscoa, no distrito de Campo Alegre, e com a equipe da mobilização social e moradores do sítio Genipapo. Durante o mês de abril a Secretaria de Saúde continuará realizando ações práticas para a preservação do bem estar da população cratense.

No próximo dia 2 de abril a partir das 8 horas da manhã haverá um grande mutirão de visita domiciliar para o combate a dengue na Vila Lobo, essa atividade que será administrada pelos agentes de endemias e técnicos do núcleo de mobilização social contará com a parceria do LEO Clube do Crato e Credi Amigo do Banco do Nordeste. No dia 3 de abril, a partir das 8 horas, acontecerá uma caminhada educativa no Parque Grangeiro com tenda onde serão feitas aferições de pressão arterial e testes de glicemia.

Luciana Callou, coordenadora da Mobilização Social da Secretaria de Saúde, chama toda a comunidade para participar dessas ações promovidas pela Prefeitura do Crato que tem o propósito de informar, prevenir e proteger a saúde de todos.

Fonte: PMC

Maria Fumaça - Por: José Flávio Vieira


O velhinho entrou no consultório meio desconfiado, meio cabreiro. Como boi no matadouro, esperando o xunxo do magarefe. Dois filhos o puxaram até ali e duas filhas o empurraram. Todos carregamos, no íntimo, a certeza da imortalidade física: o velhinho, sabe-se lá porque, pressentia que sua moléstia não era coisa simples, dessas de se resolver com Capivarol e Extrato Hepático. Sentou-se meio constrangido, mas ,rápido, recobrou o equilíbrio e desatarraxou um vendaval de sintomas. Estava naquela idade em que os inimigos começam a armar o cerco e passam a disparar sem piedade sua metralhadora de achaques, de dores e infortúnios. O médico o examinou com cuidado e teve a certeza de que o velhinho não exagerara na premonição. Algum esmeril feroz carcomia as forças daquele que um dia fora um touro indomável, trabalhador incansável no campo, um artista da enxada e do arado. A madeira de lei dera cupim. O esculápio solicitou alguns exames que confirmassem sua certeza e prescreveu alguma medicação que, certamente, não diminuiria a doença, mas aumentaria a esperança do velhinho. Receita na mão, antes de sair, o paciente fez um pedido inusitado:

--- Doutor, o senhor gosta de escrever , não é ?
O médico , que produzia esporadicamente alguns textos para a imprensa local, confirmou:
--- É , vez por outra eu escrevo umas potocas sim, seu Pedro!
--- Pois é, vou pedir um favor : escreva sobre a Maria Fumaça !

O profissional, polidamente, prometeu fazê-lo, mesmo sabendo que o compromisso fazia-se apenas um ato de educação, uma promessa dessas que os políticos firmam no palanque: afirmam como sem falta e faltam como sem dúvida. O médico seguiu sua via crucis: o atendimento interminável de pacientes, com aquela sensação de quem tentava esgotar um olho d´água. Tardizinha, voltando para casa estafado, lembrou , estranhamente, da reivindicação do ancião e pôs-se a imaginar as razões possíveis e ocultas daquilo que soara quase como o último desejo de um condenado. Por quê a Maria Fumaça ?

O trem terá sido o primeiro transporte de massa de acesso a todas as classes sociais. Como uma serpente enorme varava os sertões, levando na barriga pessoas, sonhos, ilusões. Trazia ainda mantimentos, as notícias , as cartas e as últimas novidades dos mais distantes rincões. Imaginem o encantamento que causava no caboclo que observava seu porte gigantesco e seu “café-com-pão” interminável. E a estridência do apito agudo, nos ermos campos de outrora? A fumaça que esvoaçava da chaminé, como se fora o dragão de São Jorge? E mais: a possibilidade de transportar cada passageiro em busca do sonho mais inalcançável? A Maria Fumaça deu asas ao matuto e tornou viável o destino cosmopolita do cearense. Desde que seu apito ecoou pela primeira vez na pradaria , o caboclo descobriu definitivamente que esse mundão não tem cancela. Há a possibilidade de ser infeliz em muitos lugares diferentes. Se é tão difícil mudar a história da humanidade, o trem nos deu a condição de alterar ao menos a geografia.

Na iminência de empreender uma longa viagem, compreendeu, por fim, o doutor, a visão da Maria Fumaça serpenteando os campos sertanejos trazia consigo um alento, uma tranqüilidade quase que etérea. O trem que partiu, um dia retornará, inevitavelmente, trazendo no seu matulão novas esperanças e bons augúrios. E lépido e fogoso um rapazinho saltará na mesma plataforma em que um dia o velhinho alquebrado embarcou, apenas com passagem de ida, com destino ignorado e sem imaginar que todas as estradas terminam sempre na mesma estação.

J. Flávio Vieira

Pensamento do Dia - Georges Bernanos


"O pobre prefere um copo de vinho a um pão, porque o estômago da miséria necessita mais de ilusões que de alimento."

Georges Bernanos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Cerca de R$ 10 milhões serão investidos em obras no Crato nos próximos meses


O projeto foi aprovado na última sessão da Câmara quase opor unanimidade e beneficiará milhares de cratenses. O Projeto de Lei de suplementação orçamentária do Executivo municipal, para investimentos em dezenas de obras no Crato, foi aprovado na última sessão do legislativo. São quase R$ 10 milhões para investimentos e efetivação de vários projetos estruturantes, principalmente em beneficio da população carente. O projeto de lei foi enviado no final de fevereiro e tinha prazo previsto para a aprovação de 45 dias. As obras vão desde conjuntos habitacionais para famílias que atualmente se encontram em áreas de risco, a postos de saúde e calçamentos em dezenas de ruas da sede e distritos do município.

O prefeito do Crato, Samuel Araripe, destaca a importância desse projeto para a cidade, já que vem atender inúmeras reivindicações das comunidades, principalmente aquelas mais carentes, e também possibilitar a contrapartida de projetos importantes para a cidade, constantes no Plano de Requalificação Urbana (PRU), do Crato.

O projeto será um reforço das dotações de investimentos do Executivo. Estão previstas a construção de 121 casas nos bairros Muriti e Novo Crato. As casas vão atender principalmente as famílias que se encontram em áreas de risco e como forma de contrapartida da administração municipal do Projeto de Recuperação Ambiental e Urbanização no bairro Seminário, com parceria do Banco Mundial.

Mediante aprovação do projeto de lei, os recursos também serão utilizados na pavimentação em pedra tosca de 155.225, 26 metros quadrados de calçamento. Com os serviços de pavimentação serão beneficiados os bairros Gisélia Pinheiro, Muriti, São Bento, Novo Horizonte, Parque Grangeiro, Ponta da Serra, Barro Branco, Recreio, Grangeiro, Sossego, São Miguel, Zacarias Gonçalves, Novo Lameiro, Seminário, Santa Rosa, Palmeiral, Santa Fé, Dom Quintino, Monte Alverne e Baixio das Palmeiras.

O Plano de Trabalho inclui, ainda, a construção de uma quadra poliesportiva, na Vila Malhada, no Distrito de Ponta da Serra, e a cobertura de mais três no Seminário, Pantanal e Mutirão, já construídas nessas localidades pela atual administração. Na área da saúde, o projeto prevê a autorização dos recursos para a construção de dois postos de saúde para apoio do PSF, que vão beneficiar os bairros do Recreio e Pantanal. A construção da sede do Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS) também está inserida e será ao lado do Centro de Especialidade Odontológica – CEO. Com a aprovação, administração municipal irá dar início aos procedimentos legais e necessários e encaminhar o começo das obras, mediante os processos licitatórios.

Fonte: PMC

Feliz Aniversário, Emerson Monteiro !


Hoje está fazendo aniversário o nosso grande amigo Emerson Monteiro. A exemplo de outros grandes artistas do Cariri, é polivalente: Cronista, Fotógrafo, dentre inúmeras outras atividades. Mas é desnecessário ficar trazendo aqui o "Curriculum Vitae" do Emerson, que tantos serviços tem prestado à nossa urbe. O que quero dizer mesmo, afinal de contas, é que o Emerson está aniversariando no dia de hoje, e que nós do Blog do Crato fazemos uma pequena homenagem, trazendo alguns dos seus trabalhos fotográficos que ele tem postado no Blog OLHARES DO CARIRI www.olharesdocariri.blogspot.com - Acho que uma das melhores formas de homenagear um artista é valorizando o seu trabalho.

Parabéns, Grande Emerson Monteiro! Muitas felicidades, muitos anos de vida plena, em nome do Blog do Crato.

EMERSON MONTEIRO - FOTOGRAFIA


ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Remédio que promete prolongar a vida de pacientes com câncer de pele é aprovado nos EUA


Yervoy reforça o próprio sistema imunológico para combater o tumor.

O primeiro medicamento indicado para prolongar a vida das pessoas com câncer de pele foi aprovado, nesta sexta-feira (25), pelo FDA (Food and Drug Administration), órgão norte-americano responsável pela introdução e fiscalização de medicamentos. A droga, chamada Yervoy, desenvolvida pela farmacêutica Bristol-Myers Squibb, e é um novo tipo de droga contra o câncer que funciona de forma que liberta o próprio sistema imunológico para combater um tumor, explica Gerald P. Linette, professor de medicina na Universidade de Washington, que fez testes com a droga.

- Esta é realmente a primeira vez que existe uma droga que prolongou a sobrevivência de pacientes com câncer de pele de maneira significativa. Em um ensaio clínico dividido em dois grupos, os pacientes com melanoma metastático (câncer de pele), tratados com o Yervoy, viveram uma média de cerca de 10 meses, em comparação com 6,4 meses para os pacientes do grupo de controle, que recebeu outro tratamento. Após dois anos, mais de 20% daqueles que receberam Yervoy, também conhecido como ipilimumab, estavam vivos, comparados com 13,7% do grupo de controle.

Havia cerca de 68 mi.000 novos casos de melanoma em Estados Unidos no ano passado e 8.700 mortes, de acordo com a American Cancer Society. O número de casos vem aumentando, provavelmente devido à exposição ao sol sem proteção adequada a uma idade mais jovem. O melanoma aparece precocemente como uma verruga na pele, que pode ser removido cirurgicamente. Mas, uma vez que acontece a metástase, ou disseminação do câncer, o tratamento se torna mais difícil. E e aí que vários medicamentos falharam em testes clínicos. O último medicamento aprovado foi a interleucina-2, em 1998, mas por ser muito tóxico, é pouco utilizado. No entanto, o Yervoy, é apenas um sinal de progresso para os cientistas envolvidos. Para Tim Turnham, diretor executivo da Fundação de Pesquisa Melanoma, que recebe financiamento das empresas farmacêuticas, não havia esperança de que as duas drogas, que atuam por diferentes mecanismos, podessem ser combinadas. Mas a realidade, agora, pode ser outra. - Depois de um longo tempo de seca, um número de drogas está sendo desenvolvidas.

Do R7, com agências internacionais

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Ex-presidente dos EUA Jimmy Carter viaja a Cuba na segunda-feira


Para analistas, ele deve pressionar pela libertação de americano condenado por subversão

WASHINGTON - O ex-presidente dos EUA Jimmy Carter viajará na próxima segunda-feira, 28, a Havana, onde se reunirá com o presidente de Cuba, Raúl Castro, para debater a melhora nas relações entre os dois países, informou a Fundação Carter. A viagem do ex-presidente, que será acompanhado por sua esposa Rosalynn, acontecerá a convite do governo cubano, segundo a organização.

Durante a viagem, que terminará no dia 30 de março, Carter se reunirá com Raúl Castro "e outros oficiais e cidadãos para conhecer as novas políticas econômicas" que estão sendo aplicadas na ilha, e para falar sobre o próximo congresso do Partido Comunista cubano. Outro objetivo do encontro será "discutir como melhorar as relações entre EUA e Cuba". Carter já visitou a ilha em maio de 2002. Nesta nova viagem, segundo sua fundação, o ex-presidente vai em missão "privada e não-governamental, sob o auspício da organização sem fins lucrativos".

Em agosto do ano passado, o ex-presidente, prêmio Nobel da Paz em 2002, viajou para a Coreia do Norte para interceder por Aijalon Mahli Gomes, um cidadão americano que fora detido por entrar ilegalmente no país e posteriormente foi libertado. Alguns observadores veem na visita de Carter a Cuba uma oportunidade para apelar pela libertação do americano acusado de subversão Alan Gross, que há duas semanas foi condenado a 15 anos de prisão, apesar dos apelos feitos pelos EUA para que ele fosse posto em liberdade.

Fonte: Agência Estado

Monsenhor João Bosco Esmeraldo chega aos setenta anos – por Huberto Cabral

Com uma solene concelebração eucarística de ação de graças, às 18h30min, no Santuário Eucarístico Diocesano, Mons. João Bosco Cartaxo Esmeraldo comemorou na ultima quarta-feira, dia 23 de março, setenta anos de seu nascimento.

A sagrada liturgia foi presidida pelo aniversariante e concelebrada pelos monsenhores Vitaliano Mattioli e Manoel Feitosa e pelos padres: Edmilson Neves, José Norbayro Londoño Buitrago, Juan Diego, Carlos Ballen, e Gallo Saches. Foi uma bonita manifestação de afeto dos fiéis, sobretudo dos leigos que trabalham no Santuário Eucarístico Diocesano, dos ex-paroquianos de Mons. Bosco que vieram da Paróquia São José Operário, em Ponta da Serra, e das irmãs do Instituto Fraternidade “O Caminho”, que atuam no Santuário Eucarístico Diocesano.

Quem é quem

Filho do casal Osvaldo Esmeraldo de Norões e Rosali Cartaxo Esmeraldo, Mons. João Bosco Cartaxo, nasceu em Crato aos 23 de março de 1941. Ingressou no Seminário São José do Crato em 1951 e iniciou seus estudos filosóficos no Seminário Arquidiocesano de Fortaleza em 1959. Em 1961, viajou pra Roma, onde cursou teologia na Universidade Gregoriana de Roma, como aluno do Colégio Pio-brasileiro. Foi ordenado sacerdote em 25 de setembro de 1965 por Dom Vicente Araújo Matos, Bispo Diocesano de Crato, na capela do Colégio Pio-brasileiro em Roma.

Depois de fazer diversos cursos especializados na Europa, exerceu várias funções na Diocese de Crato, dentre as quais destacamos: Prefeito de Disciplina do Seminário São José e vigário da paróquia de São José do Seminário (hoje Paróquia do Sagrado Coração de Jesus); vigário da paróquia Nossa Senhora da Penha e Cura da Catedral de Crato; Pároco da Paróquia São José Operário de Ponta da Serra. Foi membro dos seguintes órgãos diocesanos: conselheiro do Conselho Consultivo, membro da Comissão de Catequese e Vocação, Conselheiro da Fundação Padre Ibiapina e da Caritas Caritas Diocesana.

Recebeu o título de Monsenhor concedido pelo Papa João Paulo II por indicação de dom Newton Holanda Gurgel em 1995 e exerceu o cargo de Vigário Geral da Diocese por vários anos. Hoje, Monsenhor Bosco, é reitor do Santuário Eucarístico Diocesano, em Crato e diretor-presidente do Conselho Administrativo da Rádio Educadora do Cariri.

Ao Mons. Bosco, formulamos votos de longa vida e ministério abençoado por Deus. Somos todos gratos pelo seu exemplo de doação e firmeza na fé!

Matéria originalmente postada no Blog da Diocese de Crato

Ficha Limpa, decepção! - Por José de Arimatéa dos Santos

A lei da Ficha Limpa só vai valer para as eleições do ano que vem. O sentimento que fica para a sociedade brasileira é a frustração pela não aplicabilidade nas eleições de 2010. Acredito que o STF marcou mais um gol contra a maioria do povo brasileiro que quer moralidade na vida pública. Para os que tem ficha suja só alegria e certamente banana para o povo. Coisa que sempre fizeram para nós e que pensam que o dinheiro público não tem dono. Com essa decisão o STF ajuda mais ainda naquele conceito que todo político é igual e que todos são corruptos.
É inacreditável o disparate nessa questão da Ficha Limpa, pois o que passa para todos nós é que os políticos podem fazer tudo, não precisam de antecedentes na vida pessoal e pública e quando estão investidos em algum cargo público, invariavelmente são ditadores na resolução dos problemas. Não dão satisfação do dinheiro do contribuinte e ainda o nepotismo corre solto país a fora. Por que somente o cidadão comum que é o verdadeiro patrão dos políticos precisa provar sempre que é honesto e ter ficha limpa?
Fico triste com a decisão de adiar a validade da lei da Ficha Limpa. Esse foi o ótimo momento para começar a banir da vida pública figuras carimbadíssimas notoriamente comprometidas com a atos errados e reprovados pelo cidadão consciente. Mas acredito que todo esse empurrão com a barriga só faz todo cidadão começar a ver os políticos com um outro olhar. Fiscalizar e cobrar ética dos políticos. Esse é o segredo e o verdadeiro sentido de cidadania.

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30