xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 20/03/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

20 março 2011

Coluna Armando Rafael - Notícias do Cariri



Aqui me tens de regresso...

Desde o último dia 4 de março, a Casa Mãe da Congregação das Filhas de Santa Teresa de Jesus – localizada na Rua Dom Quintino nº 835, em Crato – voltou a abrigar também a Casa Geral (administração) daquela ordem religiosa, que antes funcionava em Fortaleza. Durante mais de um ano o histórico casarão passou por serviços de restauração para voltar a sediar a Casa Geral. Uma novidade foi que a Sala de Memória ali existente – na verdade um pequeno memorial – destinada à conservação dos objetos pessoais e documentos históricos dos fundadores da Congregação – Dom Quintino e Madre Ana Couto – foi desmembrada em duas salas, uma para cada fundador. Foram recuperados também os jardins interno e externo, ambos com projetos paisagísticos do arquiteto Waldemar Arraes Farias Filho, o mesmo que fez o projeto de restauração do conjunto arquitetônico. Fundada em Crato há quase noventa anos, a Congregação das Filhas de Santa Teresa de Jesus possui hoje casas nos estados do Ceará, Paraíba, Piauí, São Paulo e Roraima. Sua atual Superiora Geral é a Madre Rita de Cássia Moreira.


(Nas fotos abaixo: à esquerda, a bênção da Casa Geral por Dom Fernando Panico – à direita altar da capela de Santa Teresa de Jesus, no mesmo conjunto arquitetônico)













Paisagem européia?



Caro leitor: pare por alguns instantes. Contemple as paisagens ao lado e veja se adivinha em que país da Europa elas foram feitas...


Pois agora saiba que a paisagem mostrada nas fotos acima está localizada bem pertinho... Mais precisamente no distrito de Araporanga, município de Santana do Cariri. Lá, a família Pereira construiu várias residências, denominada Euroville, composta de casas com o tradicional estilo arquitetônico da Grécia, Itália, Portugal, França, Inglaterra... Existe uma ponte sobre um pequeno lago artificial em estilo suíço; uma torre erguida baseada na arquitetura do arquiteto catalão Gaudi e um jardim copiado de um palácio russo. A família Pereira, composta de doze irmãos, tinha plano de construir residências para cada um deles na sua localidade de origem. O mais novo dos irmãos, Francimar, que residia na França e trabalhava como urbanista na Unesco, sugeriu que cada casa tivesse o estilo de um país europeu. E assim foi feito. Francimar faleceu antes da conclusão da Euroville, mas um irmão dele, José Pereira, levou à frente o projeto e hoje a vila dos Pereira virou atração turística. Nesta época do ano, quando Araporanga é coberta por um verde extasiante, a Euroville fica ainda mais bonita... E merece ser visitada!



Crato amado e maltratado 1

Dentro de uma semana completará dois meses da tragédia do último dia 28 de janeiro, que se abateu sobre o Crato em decorrência de uma chuva de 200 mm, caída no sopé da Chapada do Araripe. O estrago deixado pela tromba d´água, ainda continua visível nas ruas da cidade. A população pergunta onde anda os R$ 4 milhões enviados pelo Ministério da Integração, como verba emergencial, para paliar a destruição deixada pela força das águas. Maltrata a qualquer cristão andar pelas ruas de Crato e ver o estado da pavimentação das nossas ruas. Calçamentos destruídos, ruas interditadas e a buraqueira espalham-se no centro e bairros da cidade Os mais pessimistas apostam que a recuperação urbanística vai durar cerca de quatro anos. Mas se houver uma articulação do governo com a iniciativa privada, a “Restauração do Crato” – (taí um slogan que certamente será explorado na próxima campanha eleitoral) poderá ser feita em menos tempo. Dependendo, é claro, de parcerias feitas entre os governos Municipal/Estadual/Federal.


Crato amado e maltratado 2

Sugerir não ofende. No esforço hercúleo que terá de ser feito para a recuperação urbanística de Crato, toda criatividade deve ser aproveitada. Aceitam sugestão? Existe um pequeno espaço localizado ao final do terreno onde está sendo erguida a Escola Profissionalizante Violeta Arraes, na Avenida Teodorico Teles. Aquele local (em frente à Faculdade de Direito) poderia ser transformado numa pracinha – com jardins bem projetados, como os existentes no Hospital São Francisco, no Palácio Episcopal e no Colégio Santa Teresa. Hoje aquele espaço serve apenas para estacionamento de carros, no turno da noite. Sugestão aceita, que tal denominar a pracinha de Dom Vicente Matos? Seria corrigida, assim, uma gritante omissão – tão reclamada pelos “cratenses da gema” – (tem expressão mais cafona do que esta?) – em relação ao maior benfeitor da cidade. Quem tiver prestígio junto ao governador Cid Gomes pode sair na frente para viabilizar a ideia? É gol de placa!


Crato foi destaque em matéria da Rede Globo

No último domingo, 13 de março, o programa Globo Rural exibiu extensa reportagem focando o bioma da Caatinga nordestina. A reportagem mostrou os avanços de uma das mais pujantes cadeias produtivas de Crato: o polo cerâmico. Este, formado por várias indústrias de pequeno e médio porte, tem início no bairro Batateira e se espalha até o distrito de Ponta da Serra. Antes, este setor da economia cratense alimentava seus fornos com lenha não renovável, proveniente da Chapada do Araripe e de municípios vizinhos. Uma dessas cerâmicas – a Gomes de Matos – (foto à esquerda) passou a utilizar como fonte energética lenha de plano de manejo florestal e biomassa, como a serragem de madeira, bagaço de cana-de-açúcar, poda de árvores e casca de coco de babaçu, dentre outros resíduos. Os resultados foram surpreendentes! Além de agregar valor ao que era jogado fora, houve economia em torno de 80% na compra de lenha não renovável. Em outro tópico da reportagem, a Rede Globo mostrou também o potencial do turismo ecológico que existe na Chapada do Araripe. Deu ênfase aos tesouros geológicos dos fósseis incrustrados nas pedras de calcário. Esses fósseis remontam há 100 milhões de anos, quando a África e América formavam um único continente: o Gowduana. A matéria da Rede Globo fez referências ainda ao Geopark Araripe, criado em 2006, o primeiro do continente americano e do hemisfério sul.


Nova casa de religiosas no Cariri

Juazeiro do Norte ganhou mais uma congregação religiosa católica. Estão instaladas na Rua Nossa Senhora de Lourdes, 57, no bairro Franciscanos, as freiras Irmãs Catequistas do Sagrado Coração. Esta instituição religiosa foi fundada na Itália por Santa Julia Salzano. Quando da instalação da casa em Juazeiro do Norte, a superiora geral desta congregação veio a Crato e ofertou à Catedral de Nossa Senhora da Penha uma artística teca contendo uma relíquia ex-corpore da Fundadora da Congregação. Essa relíquia será colocada em breve, em lugar de destaque, na Sé Catedral, para veneração pelos fiéis cratenses.
Curtas


1 -- Sairá em breve mais um livro sobre a história de Santana do Cariri. Seu autor, o polivalente e ufanista santanense José Pereira, está escrevendo as páginas finais da obra, em parte romanceada.

2 -- Padre Vileci Vidal – coordenador do 13º Encontro Nacional Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base–CEBs, que será realizado em Crato nos dias 7 a 11 de janeiro de 2014 – viaja no próximo dia 25 deste mês para Santiago do Chile. Vai conferir o Encontro Intercontinental das CEBs, que acontecerá naquele país andino.

3 -- A Faculdade Católica do Cariri comemorará no próximo dia 25, o quinto aniversário de funcionamento. Haverá programação festiva para assinalar a efeméride.

4 -- Faz apenas dois meses e vinte dias que Lula deixou o poder. E na era “pós Lula” muita coisa já mudou. E para melhor! Dois exemplos: “Companheiros” do PT do Rio de Janeiro planejaram um protesto contra a visita do presidente Barack Obama aquela cidade. Quando soube disto, a presidente Dilma Rousseff não gostou e desautorizou o protesto. Outro: A presidente Dilma enviará até o final de março ao Congresso uma medida provisória que cria a Secretaria Nacional de Aviação Civil, dentro do seu plano de intervir nos aeroportos do país e privatizar os novos aeroportos e terminais.


5 -- Também foram divulgados alguns números do “legado Lula”. Por exemplo: o saldo de despesas não pagas é de R$ 130 bilhões; descontrole fiscal, elevando a divida publica a mais de C$ 3,4 trilhões, gerando crescentes gastos de juros, já superando R$ 180 bilhões no ano 2010; déficit anual do balanço de pagamentos de US$ 70 bilhões, coberto atualmente com investimentos estrangeiros; crescente déficit anual da INSS, superando R$ 50 bilhões. Isso sem falar na “herança maldita” recebida na saúde publica. Um caos! Já o índice oficial da inflação em janeiro foi de 0,85%, o mais alta nos últimos seis anos... e por aí vai!

Por: Armando Rafael

E aí, CUT e entidades populares, cadê os protestos contra o Imperialismo Americano?


Eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara, que aproveita a primeira visita de Obama ao Brasil para dar boas bordoadas em entidades como a CUT que, no passado, já estaria nas ruas protestando contra o Imperialismo Americano. Confira:

No, they can´t.
Houve tempo em que a presença de um presidente dos Estados Unidos atraía por toda parte centenas de pessoas para manifestações de protesto contra a ação deletéria daquele país sobre a autonomia dos povos. No Brasil, o centro de operação dos protestos estava no movimento estudantil, cujos destacados militantes são agora pessoas de Estado – e não precisa citar outro exemplo: a presidente da república é uma delas.

Apesar dos agravantes hoje inexistentes, como o clima radical da Guerra Fria e a ditadura militar, no fundamental, quase nada mudou no modo como a América pensa o seu papel e trata o resto do mundo. Sob o pretexto de combater regimes autoritários, impõe ocupações militares em países que contrariam seus interesses. No Iraque, por exemplo, com alegadas motivações de eliminar armas químicas sabidamente inexistentes.

Por outro lado, revela quão retórica é sua defesa dos ideais democráticos ao dar sustentação a ditaduras de longa duração em outros países – pretorados instalados próximos a regiões refratárias à causa imperialista. Comunismo ao chão, o argumento fantasmagórico de combatê-lo perdeu força como motivação para intervenções arbitrárias, enquanto se expandia o circuito das economias liberais, com oportunidades para novos atores. Logo, a América, grande vencedor da Guerra Fria, também perdeu alguns anéis quando o inimigo assinou sua rendição. Passa hoje um processo de adaptação, mas longe de recuar na medida da expectativa internacional.

É, contudo, e o será por muito tempo, por sua expressão econômica e afinidades culturais, um parceiro necessário, embora ainda fiel à sua prática de usurpação – o termo é forte apenas para quem desconhece os números. Decepciona que a CUT, antes tão independente, tenha recuado em seu propósito de mobilizar militantes para uma manifestação pública de desagravo à política externa dos EUA durante a visita de Barack Obama. Grave é que o recuo tenha se decidido sob pressão daquela mesma geração que, agora aboletada no poder, quer recepcionar Obama com uma aparência de uniformidade estranha à paisagem pública dos países democráticos.

Nem precisaria evidenciar que ao governo brasileiro cabe receber chefes de Estado com cordial dignidade, ainda mais a um parceiro tradicional e num momento de aproximação necessária aos interesses comuns. Ponto. Mas é perverso, danoso à democracia, o peleguismo explícito de uma central sindical que se atrela às razões do Estado, silenciando um sentimento cuja expressão é necessária e, mesmo que não o fosse, ainda assim legítimo.

Quem diria que o governo de Lula, um sindicalista que entrou para a história como líder de uma vigorosa reação ao peleguismo, tenha deixado como legado ao país um sindicalismo não muito diferente do que encontrou. A crença de que possa haver um “peleguismo do bem” é prima legítima daquela outra, de que “o fim justifica os meios” – ambas sacramentadas na pia batismal da tirania, de cuja água, turva, um democrata vacinado não bebe.

* Ricardo Alcântara, Publicitário e poeta.
(Foto Portal Uol)

Maria Bethania consegue 1.3 milhões de reais do Ministério da Cultura para criar um BLOG - É Mole ???



Bethânia de Blog de milhões
Blogueira tradicional que todos os dias procuro e não vejo os seus posts
Dilma de poesia em Blog de milhões
De cantora-blogueira prestigiada com prêmio liberado
Imposto de renda da renda de milhões
De Mic calado e blogosfera endiabrada com privilégio conferido
Os RastreadoreS também postam poesia de milhares de letras
Vídeos e causos de centenas corrupções
São centenas de rabiscos de valor reduzido
Captação de 1,3 milhões, danada
“Mas, não tem nada haver, o valor é justificável”
A cantora merece!
Moedas que faltam para publicar uma foto
Centavos além da intera para se publicar no YouTube
Bethânia de peixes gordos e fortes faça pelo menos um link
Dos cofres culturais aos pedidos de esmolas dos Blogueiros pobres deste Brasil
Lei Rouanet de Blogueira danada
Imagina quanto será seu Twitter, seu Facebook?
Renuncia fiscal do pobre contribuinte que ficará um milhão sem investimento
Por que um único Blog de milhões não divide a captação com os milhares de Blogueiros na ativa do Brasil?
Ache bom ou ache ruim, rastreamos poesia de graça para a nação de poucos privilegiados, isto!

Fonte: Blog Rastreadores de Impurezas

Obama leva família à Cidade de Deus e joga futebol

http://1.bp.blogspot.com/-K_OLC2iijhM/TYY1XWN72tI/AAAAAAAAWH0/vo-CbC1GM_8/s1600/Obama%2Bjoga%2BFutebol%2Be%2Bassiste%2BCapoeira%2BObam%2Bplays%2Bfootball.jpg


Sob forte esquema de segurança, presidente americano ainda assistiu a apresentação de maracatu, capoeira e funk. Professora protestou contra 'maquiagem' da favela para a visita.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mudou sua programação neste domingo e iniciou seu tour pelo Rio de Janeiro com uma visita à favela de Cidade de Deus, onde foi acompanhado pelo governador do Estado, Sérgio Cabral, e pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes. Junto de sua mulher, Michelle, e das filhas, Malia e Sasha, Obama deixou por volta das 10h40 o hotel Marriot, em Copacabana, sob forte esquema de segurança e acenou para as cerca de 200 pessoas presentes no local.

Pela manhã, o consulado americano no Rio informou que a visita que o presidente faria com a família ao Corcovado, prevista para as 8h30 deste domingo, seria adiada para as 21h, após o discurso de Obama no Theatro Municipal, às 14h.

Embaixadas

Na Cidade de Deus, Obama foi à Fundação para a Infância e Adolescência (FIA), onde visitou a exposição do artista local Daniel Martinelli e assistiu a apresentação de maracatu, capoeira e funk com crianças da escola municipal Pedro Aleixo. Michelle Obama parecia a mais animada do grupo, batendo palmas para marcar o ritmo da música. Antes de deixar o local, o presidente americano ainda trocou alguns passes de futebol com meninos da comunidade.

Os moradores puderam assistir à chegada do líder americano do alto das lajes de suas casas. Para garantir a segurança da família Obama, um veículo blindado do Exército conhecido como urutu foi posicionado em frente à principal entrada da FIA, e mais de 300 militares ocuparam ruas da comunidade. Atiradores de elite do Exército se posicionaram sobre lajes em pontos estratégicos. Quando o blindado do Exército chegou, atores do grupo de teatro "Provocação", da Cidade de Deus, fizeram uma encenação na frente do veículo. Com os rostos pintados de branco, mostraram um cartaz com a frase "Yes, we also can" (sim, nós também podemos, referência ao slogan da campanha presidencial de Obama "sim, nós podemos").

Dorly Neto, 20, ator e assessor de comunicação do grupo, disse que a manifestação teve como objetivo dar as boas-vindas a Obama.

'Maquiagem'

Enquanto muitos festejavam a visita do presidente, outros aproveitaram para protestar. Professora de uma creche na Cidade de Deus, Regina Antunes distribuiu narizes de palhaço a moradores, em protesto contra o que chamou de "maquiagem" feita nos arredores de sua casa para receber Obama. Nos últimos dias, a prefeitura carioca recapeou ruas e pintou casas por onde a comitiva passaria. Durante a semana, ONGs na Cidade de Deus, como a Cufa (Central Única das Favelas), já haviam feito cíticas à visita de Obama, particularmente às restrições de segurança impostas pelo passeio. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Fonte: Estadão

Alimentos contaminados por Radiação no Japão


TÓQUIO (Reuters) - O ministério da saúde do Japão disse neste domingo em comunicado que os níveis de radiação excederam os padrões de segurança na região próxima à usina nuclear de Fukushima e ao distrito de Ibaraki. Ele disse ainda que a venda de leite cru da região de Fukushima foi proibida. De acordo com vice-secretário do Chefe de Gabinete Tetsuro Fukuyama, os reatores da usina nuclear estão mostrando alguma melhora, mas a situação continua incerta. Já o operador da usina disse que podem levar vários dias até que a energia nos reatores 3 e 4 da usina podem levar alguns dias para ser restabelecida.

(Por Paul Eckert) - Reuters

Governo Itinerante: Governo do Crato Recebe Incentivos - Wilson Bernardo


Pouco, muito pouco, mais recebeu assim mesmo, incentivos fiscais para o programa do credito fundiário o governo municipal do Crato, onde esteve com o seu secretariado e o vice prefeito Raimundo Filho, integrando a comitiva de prefeitos da região do Cariri, a mais um governo itinerante do imponente Cid Gomes.


Todos politicamente corretos...Né seu Cid do Canal!


Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

A visita de Barack Obama -- por Armando Lopes Rafael



Segundo as notícias da mídia, divulgadas neste domingo, o povo carioca acorreu às ruas para ver o presidente Barack Obama na sua passagem pelo Rio de Janeiro. Gesto emblemático, que deixou a esquerda jurássica estupefata!
Por falar em mídia, esta se esqueceu de lembrar que o presidente dos EUA já ganhou o Prêmio Nobel da Paz. Honraria que o ex-presidente Lula perseguiu por diversas vezes – sob o incentivo e a bajulação da sua Guarda Pretoriana –, mas viu frustradas todas as suas tentativas nesse intento.
Depois que a presidente Dilma Rousseff classificou de “êxito” o périplo de Barack Obama por Brasília e pelo Rio de Janeiro, fiquei perguntando a mim mesmo onde andam os assessores de política externa do ex-presidente Lula. Estes, em passado recentíssimo, convenceram o presidente-operário a se afastar dos EUA e de outras nações amigas e apoiar as sanguinárias ditaduras africanas, a do Irã, de Cuba, da Líbia e da Venezuela.
Esses “aspones” – com destaque para o “aspone-mor” Marco Aurélio “top-top” Garcia – induziram Lula a oferecer seus bons serviços para obter um acordo entre a ditadura iraniana e o Conselho de Segurança da ONU, devido à decisão dos aiatolás de construir a bomba atômica. Lula embarcou nessa canoa furada e deu com os burros n’água. Literalmente. A oferta foi de pronto recusada. Também convenceram o ex-presidente Lula a abrigar, na embaixada brasileira em Honduras, o ex-presidente Manoel Zelaya, deposto e expulso pelo Poder Legislativo daquela nação. Vê-se agora que tudo isso se constituiu numa série de fracassos diplomáticos que macularam a boa imagem tida – até então – pelo Itamarati.
Mais pragmática, a presidente Dilma Rousseff sabe que o declínio dos Estados Unidos é fato.
Mas esse declínio é lento e relativo. Os EUA continuam a ser a maior potência militar e econômica do planeta. E a luta para aumentar nossas exportações para os EUA é ainda mais rentável para garantir a expansão da nossa economia do que ficar bajulando ditadores quebrados como Hugo Chávez, Mahmoud Ahmadinejad, Fidel-Raúl Castro, Muammar Kadhafi, Mbasogo (da Zâmbia) et caterva...
Texto e postagem de Armando Lopes Rafael

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Primeiro ataque causa recuo de Kadafi


Forças leais a Muamar Kadafi vindas do oeste e também células adormecidas que estavam na cidade atacaram ontem de manhã os combatentes em Benghazi, principal reduto da oposição. Mas pela tarde foram rechaçadas e recuaram 35 km, de acordo com os combatentes.

Às 18h45 (13h45 em Brasília), aviões franceses realizaram a primeira missão na Líbia, sob o mandato do Conselho de Segurança da ONU, destruindo tanques e veículos blindados das tropas de Kadafi.

De acordo com moradores e combatentes, o que causou mais pânico em Benghazi foi a atuação de integrantes da Legion Thawra (Legião Revolução), os comitês revolucionários criados por Kadafi, que esperavam para entrar em ação quando as forças do regime entrassem na cidade. Eles percorriam as ruas da cidade disparando fuzis e lançando granadas de mão aleatoriamente. Pelo menos nove deles foram presos, segundo a oposição. Integrantes das kataeb, as brigadas de elite do regime, que entraram ontem na cidade, também espalharam terror atirando em civis.

De acordo com Mustapha Gheriani, porta-voz do Conselho Nacional Líbio, 50 combatentes morreram ontem em Benghazi, bem como um número indeterminado de civis. Áreas residenciais de Benghazi, como o bairro de classe média alta de Tapalino, foram duramente bombardeadas com baterias de foguetes do tipo Grad, montadas sobre caminhões. Cinco tanques foram confiscados pelos rebeldes. Mas a oposição também sofreu revezes. Um de seus três aviões foi derrubado pela artilharia antiaérea de Kadafi em Benghazi.

Segundo Gheriani, que veio a Tobruk, 500 km a leste de Benghazi, conversar com os jornalistas, o comboio das forças de Kadafi que invadiu a cidade tinha 2 km e incluía cerca de 150 caminhonetes com metralhadoras artilhadas montadas nas carrocerias. Não ficou claro se eles usaram aviões. Aparentemente navios de guerra foram usados para o desembarque de tropas em Benghazi, situada na costa mediterrânea, e também para lançar foguetes contra a cidade. Na sexta-feira, as tropas do governo estavam 60 km a oeste de Benghazi, e avançaram toda essa distância durante a noite.

Durante o avanço, Kadafi assumiu um tom desafiante, em cartas aos presidentes dos EUA e da França, ao primeiro-ministro da Grã-Bretanha e ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. "Se vocês interferirem em nosso país, vão se arrepender", ameaçou Kadafi. Na mensagem ao presidente Barack Obama, dos EUA, ele assegurou: "O povo líbio está pronto para morrer por mim - homens, mulheres e crianças." E perguntou: "Como você se comportaria se uma cidade dos EUA fosse ocupada por um grupo de fora?" Um porta-voz do governo em Trípoli, que leu as cartas em entrevista coletiva, classificou os combatentes em Benghazi, a segunda maior cidade do país, com 1 milhão de habitantes, de "terroristas da Al-Qaeda". Os rebeldes atacaram as kataeb também em Al-Magrun, que fica no meio do caminho entre Ajdabiya (160 km a oeste) e Benghazi. Os combates continuavam ontem em Ajdabiya. Misrata, a única cidade da região oeste controlada pelos rebeldes, foi intensamente bombardeada na noite de sexta-feira, segundo moradores, e as tropas de Kadafi tentavam avançar em direção ao centro.

Fonte: Agência Estado

Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30