xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 12/03/2011 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

12 março 2011

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Metrô do Cariri é sonho de consumo de cidades fora do Ceará


O Metrô do Cariri é do Cariri mesmo. Os 13,6 quilômetros da linha entre Crato e Juazeiro do Norte, no Vale do Cariri cearense, são percorridos por carros de passageiros fabricados em Barbalha, bem perto de ambas as cidades – e que completa o trio de municípios tornados um só na sigla “Crajubar”. É nesse núcleo no sul do Ceará que fermenta a ambição brasileira de fazer ressurgir com força o transporte de pessoas por linha férrea.

A Bom Sinal é a fabricante dos trens. E não só deles: originalmente, a fábrica produzia carteiras escolares, móveis para hospitais e assentos para estádios. Em 2004, a empresa foi consultada sobre a possibilidade de reformar carros de passageiros do metrô de Fortaleza – e deu no que se vê hoje. A produção de carteiras, móveis e assentos continua, mas agora divide as atenções com os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs, modalidade de transporte ferroviário com capacidade menor que a de um metrô convencional e que é a definição técnica mais adequada para os carros da linha de Crato a Juazeiro).

A proposta surgiu porque a Bom Sinal, a despeito das credenciais, tinha relação com o mundo dos transportes. Fernando Marins, fundador da companhia, foi sócio da fabricante de carrocerias de ônibus Caio. O know-how da montagem dos ônibus foi passado à dos trens – chassis e motor, movidos a diesel, são adaptações de modelos usados em ônibus. Marins, tio do piloto de Fórmula 1 Felipe Massa, faleceu em 2010, mas seu legado na nova frente de trabalho segue em ascensão.

A carteira de pedidos da Bom Sinal tem carros de passageiros para projetos de VLT de Fortaleza, Sobral (CE), Recife, Maceió, Arapiraca (AL) e Macaé (RJ). A empresa trabalha para alcançar a capacidade de produzir um equipamento por semana – e, com isso, dar vazão à demanda crescente. “Estamos trabalhando 24 horas por dia”, diz Sidnei Anphilo, gerente da fábrica de Barbalha. A fábrica tem cerca de 300 funcionários, mas há profissionais sendo treinados para assumir novas vagas. Os VLTs montados na Bom Sinal são movidos a diesel, mas a empresa tem entre seus planos o de adequar suas instalações para a montagem também dos trens com tração elétrica.

O “Crajubar” pode ampliar sua relação com o transporte ferroviário. Está na alça de mira da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), empresa do governo estadual que administra o Metrô do Cariri, o plano de estender a ligação entre Crato e Juazeiro do Norte também para Barbalha, segundo Antonio Chalita de Figueiredo, gerente de controle e tráfego da empresa. Até o momento, o Metrô do Cariri já recebeu R$ 31 milhões em investimentos.

Fonte: IG

A injustiça que mata - Por Magali de Figueiredo Esmeraldo


Deus fez um plano para toda a humanidade e os homens fogem desse plano. O ser humano é tão imperfeito, que em vez de fazer a vontade de Deus, persegue os mais fracos e humildes. E o que é pior, comete as maiores barbaridades contra os seus irmãos inocentes quando estão no poder, com a desculpa de defenderem a ordem. Esquecem até que o sol nasceu para todos.

No pequeno livro “O Beato José Lourenço e sua Ação no Cariri” de José Alves de Figueiredo muito me sensibilizou a maneira como o escritor fez a defesa do Beato José Lourenço. Embora já tenha lido sobre o Caldeirão, para mim, esse depoimento foi marcante, pois foi feito por alguém que viveu na época do beato e, era proprietário de um sítio vizinho ao Caldeirão e o conheceu de perto.

O Beato José Lourenço chegou ao Juazeiro muito jovem, com apenas 20 anos de idade, em l890, vindo da Paraíba, sua terra natal. Era um verdadeiro fanático do Padre Cícero e o enxergava como um santo superior, uma vez que em sua mentalidade estreita, a figura do padre se engrandecia. Quando o beato chegou ao Juazeiro, a beata Maria de Araújo ainda vivia e o fanatismo estava no auge. Em vez de ir explorar as pessoas como alguns faziam, preferiu pegar na enxada, dirigindo-se ao campo, para viver de modo honrado da profissão de agricultor. Com esse objetivo, foi se instalar numa parte do Sítio Baixa Dantas, arrendando essa terra ao seu proprietário, senhor João de Brito.

Dentro de pouco tempo transformou alguns hectares de terra seca, num lindo pomar com frutas variadas, como também uma cultura de algodão, cereais e mais outras qualidades de plantas e hortaliças. O beato José Lourenço com o seu trabalho foi prosperando e ganhando fama. E também, com seu elevado espírito de caridade, começou a acolher numerosas famílias pobres e encher de órfãos o seu próprio lar. Tinha tanto desprendimento, que não se incomodava de gastar o fruto do seu trabalho com essas pessoas que passaram a constituir a sua família.

Durante muitos anos, viveu tranquilamente na Baixa Danta, e ninguém o incomodou por levar uma vida de ajuda humanitária.

Na revolução de 1914, foi recolher-se em Juazeiro. Mas, mesmo estando disposto a morrer pelo Padre Cícero, não tomou parte na luta, porque tinha um coração extremamente sensível e não desejava fazer mal a ninguém.

Após o movimento ter acalmado, o beato voltou à sua lavoura, encontrando-a destruída em parte. Recuperou as perdas com muito trabalho em curto período de tempo.
O Padre Cícero ganhou de presente um touro de raça e o entregou a José Lourenço para este cuidar. Como o beato tinha afetividade para com os animais, empregou pessoas para cuidar do touro que se tornou um belo animal admirado por todos. Alguns fanáticos mais exagerados, achando que iam agradar ao Padre Cícero, enfeitavam os chifres do boi com grinaldas de flores. Além do mais acreditavam que a urina do boi servia de remédio.

A lenda do boi santo foi deturpada pela imprensa e José Lourenço acusado injustamente de estimulador de um grosseiro fetichismo. Foi preso e obrigado a comer a carne do boi “Mansinho” que era muito estimado por ele. Suportou todas as humilhações sem protestar. Quando solto, sem guardar mágoas de quem o perseguia, voltou a Baixa Danta para o seu trabalho.

O proprietário do sítio precisou vendê-lo e o novo dono queria receber a terra imediatamente. Com o seu desprendimento perdeu todo o seu trabalho, e sem causar confusão foi para o Caldeirão dos Jesuítas, terreno do Padre Cícero que fica situado entre os sítios Lagoinha e Cruzinha. Isso ocorreu no ano de 1926.

O Caldeirão era uma terra sem nenhuma benfeitoria, mas o beato, assim como na Baixa Danta, construiu sua casa, um engenho de madeira e fez roças. Simultaneamente, diversas casas foram sendo construídas ao redor. O Caldeirão se tornou uma bela propriedade com uma população trabalhadora e obediente ao beato que, na mais rigorosa ordem a orientava para o bem. Não existiam armas, só instrumentos de trabalho.

O Beato José Lourenço sofreu inúmeras perseguições injustas como se fosse perigoso a ordem. Era mal compreendido e não sabia se defender, sendo preso várias vezes injustamente.
Tinha um grande coração, pois num período de seca sustentou por vinte e três meses dando uma refeição diária, além do pessoal que já morava com ele, a mais quinhentas pessoas, com alimentos que tinha guardado nos depósitos do Caldeirão.

José Alves de Figueiredo foi preso no tempo do Estado Novo, por ordem do chefe de Polícia da época, simplesmente por ter defendido José Lourenço com o artigo publicado no jornal “O Povo, de Fortaleza em 07.06.1934.

O Caldeirão foi uma experiência comunitária baseada na mensagem igualitária da Bíblia. As autoridades temendo que essa experiência se tornasse uma nova Canudos destruíram o Caldeirão em 1936.

Por Magali de Figueiredo Esmeraldo
Tendo como fonte: “O Beato José Lourenço e sua ação no Cariri” de José Alves de Figueiredo, Museu do Ceará, Fortaleza, 2006

Aterro Sanitário da Região Metropolitana do Cariri não será mais construído em terreno oferecido pela Prefeitura de Caririaçu

ess
A Anac–Agência Nacional de Aviação Civil não concedeu licença para a construção do Aterro Sanitário do Cariri no terreno localizado em Caririaçu, que seria doado pela Prefeitura daquele município para tal fim. A decisão decorreu devido norma da Anac, determinando que os aterros sanitários não podem ficar a uma distância inferior a 20 quilômetros dos aeroportos nacionais. O terreno anteriormente escolhido – e localizado no município de Caririaçu – dista 19 km do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, nova denominação do Aeroporto Regional do Cariri.
Para comunicar essa decisão da Anac, bem como a análise de novas opções para sediar o aterro, aconteceu reunião, nesta sexta-feira, dia 11, entre o Secretário das Cidades do Ceará, Camilo Santana, e os prefeitos da Região Metropolitana do Cariri. Designado pelo prefeito de Crato, Samuel Araripe, para representá-lo nesse encontro, o vice-prefeito Raimundo Bezerra Filho participou do evento, realizado em Juazeiro do Norte. Estiveram também presentes funcionários das Secretarias de Meio Ambiente de Crato, Caririaçu e Farias Brito, e técnicos da Cogerh– Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará e de uma consultoria contratada pelo Governo do Ceará para elaborar o projeto do Aterro Sanitário do Cariri.
Segundo o vice-prefeito de Crato, Raimundo Filho, foram analisadas outras ofertas de terrenos para localização do aterro, dentre eles imóveis localizados em Farias Brito e no distrito de Dom Quintino, em Crato. A escolha, no entanto, será precedida de estudos e discussões sobre o local mais apropriado ao investimento.
Texto: Armando Lopes Rafael / Foto: Wilson Bernardo

Crato:Sua Memória Politica-Wilson Bernardo.


Esta foto foi feita no Crato Tênis Clube. Na ocasião da vitoria do Capitão Ariovaldo Carvalho.Podemos dizer que foi no final da apuração das urnas.Essa mulher negra com o "V" da vitoria é minha mãe,já falecida Maria Bernardo da Silva,conterrânea do capitão Ariovaldo.Fica aqui a encargo dos leitoras do blog identificar as pessoas que compõem o primeiro plano da fotografia.


Wilson Bernardo (Texto & Foto sobre Fotografia)

Padre Antônio Vieira -- por Mário Leal


U
m dos maiores orgulhos da minha vida foi ter sido agraciado pela Câmara Municipal de Iguatu com a Medalha do Mérito Intelectual Padre Antônio Vieira. Não que seja vaidoso, mas porque, além de ser parente próximo do padre através da linha genealógica de meu avô materno, Vicente Gregório - com seu pai, Vicente Vieira, meus genitores sempre foram muito achegados ao sacerdote, sendo ele inclusive, padrinho de meu irmão Cauby Filho.

Assim achei muito justa a homenagem prestada ao Padre Vieira pela Escola de Samba do Sanharol, de Várzea Alegre, neste último carnaval. Aliás, guardo muitas lembranças dele, ainda muito vivas em minha memória. Perto de sua morte visitei sua chácara em Messejana e confesso que a beleza do lugar me deixou encantado, pois na vivenda, tudo foi planejado para acolher o sacerdote, sertanejo, escritor, político, intelectual e humanista. Situada a duas quadras do Seminário dos Capuchinhos, ali ele celebrava suas missas dominicais, no regular exercício do sacerdócio. Em sua simplicidade peculiar, jamais relegou suas origens.

Nascido em 1919, na Lagoa dos Órfãos, hoje Cristo Rei em Várzea Alegre, sempre carregou consigo aquele jeitão de matuto. No sítio que lhe acolheu em Messejana, mandou construir pequenos comedouros e minúsculas piscinas para os pássaros que gorjeavam nas frondosas mangueiras. Ali eles revoavam em bando e alarido para comer, beber e tomar banho. Em minha última visita a sua casa, mostrou-me sua biblioteca, seus livros, suas plantas, seus cachorros, seus pássaros soltos nos mangueirais e todos seus amores. Naquele cenário surrealista filosofei com meus botões: mas afinal, onde fica a figura do padre humanista quando descobri que ele aparentava gostar mais dos bichos do que do que de gente? Neste aspecto entra em cena o perfil de São Francisco de Assis que se tornou santo exatamente, por defender os irmãos animais. Os dois, em comum, fizeram opção pelos bichos, pobres, humildes e injustiçados, inclusive o jumento.
Como político foi eleito Deputado Federal, em 1964, fazendo enorme sucesso em Fortaleza quando montado no lombo de um jumento percorreu as principais ruas do centro da cidade, acompanhado por uma grande multidão. Tirou expressiva votação na capital cearense. Entretanto, por defender corajosamente os oprimidos foi cassado pelos verdugos da revolução.Como escritor nos presenteou com obras admiráveis, como “O Jumento é Nosso Irmão” indicada ao Prêmio Nobel de Literatura, “O Verbo Amar e Suas Complicações”, “Sem Cortes e Sem Recortes”, dentre outras. A figura do Padre intelectual vem de longe: Em Iguatu, com o pseudônimo de Vulpiano Xerez, escreveu artigos para periódicos da época, como Telha de Vidro e o Jornal De Fato, que tiveram durações efêmeras..

Certa vez, confidenciou-me que como sacerdote foi mutilado como o galho que se corta de uma árvore e apodrece na terra sem deixar a semente da vida que é Dom de Deus. Disse-me ainda que não tinha medo da morte, pois quando ela chegasse apenas mudaria de morada. Continuaria vivo na casa do pai, no coração dos amigos e do povo. Na minha despedida, como não poderia deixar de acontecer, explodiu sua irreverência, até então reprimida, recitando repentes do cratense Zé de Matos:

Se eu fosse podre de rico.
Não morava aqui no mato.
Ia morar com Lorinda.
Dentro das ruas do Crato.
E mais:
Quando a gente envelhece.
Tudo de triste acontece.
A vida aborrece.
O riso amortece.
A vista escurece.
A junta endurece.
O cabelo embranquece.
A barriga cresce.
Aquilo amolece.
A mulher oferece.
A gente agradece.
E diz numa prece.
Ah, se eu pudesse.

Meu velho amigo Padre Vieira, era assim...

Japão enfrenta risco nuclear após terremoto


Níveis de radiação estão 1000 vezes superior ao normal


TÓQUIO (AFP) - Um nível de radioatividade mil vezes superior ao normal foi detectado em uma usina nuclear do nordeste do Japão, após o terremoto que abalou o país na sexta-feira, informou a agência Kyodo, citando uma comissão de segurança. O nível de radioatividade registrado neste sábado na sala de controle do reator da central nuclear de Fukushima 1 é mil vezes superior ao normal, revelou a Kyodo. Uma segunda usina nuclear japonesa, também situada na prefeitura de Fukushima, apresenta problemas de refrigeração após o terremoto.

Três reatores da central nuclear de Fukushima 2, localizada a 12 km da usina de Fukushima 1, perderam parte de sua capacidade de resfriamento, indicou a companhia Tokyo Electric Power (Tepco). O primeiro-ministro japonês, Naoto Kan, pediu à população que observe um raio de 10 km de isolamento em torno da central nuclear de Fukushima, e admitiu o risco de vazamento, segundo a agência Jiji Press.

A medida de evacuação envolve cerca de 45 mil pessoas que vivem dentro do raio de 10 Km em torno do reator. As duas centrais encontram-se a cerca de 250 km ao norte de Tóquio, na região afetada pelo violento terremoto de 8,9 graus de magnitude registrado na sexta-feira. Kan deve sobrevoar de helicóptero a zona da central nuclear. A Agência de Segurança Industrial e Nuclear admitiu que existe risco de vazamento radioativo no reator de Fukushima 1, mas sem ameaça para a população.

"Os habitantes estão convidados a evacuar a zona, mas com calma", disse um funcionário da Agência. A TV estatal NHK revelou que o nível de radioatividade fora da central nuclear de Fukushima 1 é oito vezes acima do padrão, mas não representa qualquer risco à saúde da população. Na sexta-feira, o governo japonês declarou emergência atômica e decretou um primeiro raio de isolamento, de 3 km, em torno de Fukushima 1. O ministro do Comércio Banri Kaieda admitiu que um reator apresentava excesso de pressão após danos em seu sistema de resfriamento provocados pelo terremoto de 8,9 graus que sacudiu o arquipélago.

"A pressão aumentou no contêiner do reator e estamos tentando lidar com isso", disse à AFP um porta-voz da Tokyo Electric Power. A Força Aérea americana enviou um líquido de resfriamento para a usina nuclear japonesa e a secretária de Estado, Hillary Clinton, afirmou mais cedo que a ação foi tomada depois de operadores da usina terem afirmado que a instalação não tinha líquido suficiente.

Fonte: Yahoo Notícias

Até que enfim: ditadura cubana liberta Oscar Elías Biscet – por Armando Lopes Rafael


Fonte: Agências de Notícias
Havana. O opositor cubano Óscar Elías Biscet foi libertado nesta sexta-feira e retornou para sua casa em Havana com o propósito de seguir sua atividade de "resistência não violenta" em favor dos direitos humanos e civis em Cuba, segundo manifestou à Agência Efe o próprio dissidente.
"Nunca deixei de lutar desde que tomei este caminho, segui a doutrina de Gandhi e de Martin Luther King e também as apliquei na prisão", declarou Biscet, médico de profissão, presidente da Fundação Lawton para os Direitos Humanos e um dos opositores mais emblemáticos para a dissidência e o exílio cubanos.

"As autoridades cubanas não conseguiram me converter em um doente mental, como eles queriam", manifestou Biscet, agradecendo a Deus por tê-lo mantido na prisão com boa saúde e equilíbrio psicológico inclusive quando era submetido a torturas e abusos.
O opositor, que em sua trajetória se distinguiu entre outras campanhas por opor-se ao aborto e à pena de morte, foi o organizador do jejum "Vida e Liberdade" em 1999, para exigir respeito aos direitos humanos e a libertação dos presos políticos cubanos.

Oscar Elias Biscet, 49 anos, é um profissional médico cubano e o maior defensor dos direitos humanos e das liberdades democráticas em Cuba. Ele é o fundador da Fundação Lawton, que luta pela libertação dos presos de consciência presos pela ditadura da família Castro. Oscar Biscet cumpria pena de prisão em condições sub-humanas de 25 anos, acusado pela ditadura cubana de “ter cometido crimes contra a soberania e integridade do território cubano”. Apesar do apelo das Nações Unidas, governos estrangeiros e organizações internacionais de direitos humanos, a ditadura cubana se recusava, até ontem, a libertar Oscar Biscet.
Ele foi agraciado com a "Medalha Presidencial da Liberdade" pelo então presidente dos Estados Unidos George W. Bush, em 2007. A mulher do prisioneiro-dissidente, Elsa Morejón, foi recebida por Bush na Casa Branca em janeiro de 2008. Após o diálogo iniciado em maio de 2010 com a Igreja, o governo de Raúl Castro começou em julho um processo gradual de libertação dos 52 opositores que permaneciam detidos do grupo de 75 condenados em 2003, considerados presos de consciência pela Anistia Internacional.
Dos 52 dissidentes, 40 já viajaram para a Espanha, oito estão soltos em Cuba e quatro permanecem detidos. O anúncio da libertação de 52 presos políticos cubanos fez pouco para acalmar os críticos mais ferozes da ilha, que perguntam ao presidente Raúl Castro: "E o resto?". Na verdade, ainda é desconhecido o número exato de pessoas que permanecem presas na ilha por causa de suas convicções políticas.

Postado por Armando Lopes Rafael

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito alerta para início das obras de recuperação do Crato


NE - 4 Milhões de reais para as obras emergenciais no Crato estão mofando no Banco do Brasil, porque o Governo do Estado é quem vai controlar esse dinheiro liberado para as obras urgentes, como salvar as pontes, paredes do canal, e atendimento às famílias atingidas. Aparentemente, o governo não está com a mínima pressa em começar o serviço. Enquanto isso, uma verba que é para ser EMERGENCIAL, para atender ao Crato nesse primeiro momento, não está sendo usada por causa da velha e simples BURROCRACIA.


http://2.bp.blogspot.com/-tDK7PPpqLSM/TXqVg7uyMXI/AAAAAAAAV8s/DJip134TOvE/s1600/Img_3567.jpg


O prefeito do Crato, Samuel Araripe, alerta para novos problemas que possam ser causados em virtude das últimas ocorrências de chuvas registradas em Crato. O prefeito, que esteve em Brasília, e fez todo o empenho para que recursos chegassem ao município e fossem iniciadas as obas de recuperação do Rio Grangeiro, agora aguarda o início das obras de recuperação, por parte do Governo do Estado, que irá administrar a verba de R$ 4 milhões, destinadas para as obras emergenciais na cidade, pelo Ministério da Integração Nacional. O prefeito esteve em Brasília acompanhado de parlamentares cearenses, e do governador em exercício, Domingos Filho. Há praticamente um mês da tragédia ocorrida em Crato, o prefeito Samuel Araripe decretou situação de emergência na cidade, e conversou pessoalmente com o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, apresentando um relatório com fotografias, das perdas ocorridas na cidade, por conta da tragédia.

A Comissão das Enchentes, formada por sete deputados estaduais, esteve em Crato, para verificar ‘in loco’ a realidade das chuvas que destruíram várias ruas da cidade, derrubou casas e causou prejuízos incalculáveis aos empresários do comércio. São 26 áreas com erosões ao longo do canal, numa extensão de cerca de 3 quilômetros. O prefeito, em jornal de circulação estadual, fez o alerta, ao destacar que “se não for feita a prevenção no Canal do Rio Grangeiro, com toda a urgência, nova catástrofe poderá acontecer”. O prefeito destaca a sua preocupação, caso haja demora no início dos serviços, já que a verba de R$ 4 milhões já foi liberada pelo Ministério.

http://3.bp.blogspot.com/-wcAg92sk7zg/TXqVhCNWwuI/AAAAAAAAV80/MhsSeBmH_0Q/s1600/Img_3654.jpg

Por: Dihelson Mendonça - Com informações da PMC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Secretaria de Ação Social abre vagas para curso de Informática básica


A Prefeitura do Crato por meio da Secretaria Municipal de assistência Social-SEMAS e Telecentro Comunitário informam que de 15 a 18 de março do corrente ano estarão abertas as inscrições para o curso de infomática básica,com carga horária de 60 h/a. O local de funcionamento será no: Telecentro Comunitário, situado à rua Ratisbona s/n (ao lado da Secretaria de Cultura) no Centro Cultural do Araripe no largo da RFFSA. Público alvo: Homens e mulheres com idade acima de 16 anos (INCLUINDO IDOSO).

HORÁRIO DAS INSCRIÇÕES:

Manhã: de 8 às 11 horas
Tarde: de 13 às 16 horas

Documentação necessária para a inscrição:

XÉROX (01 xérox de cada documento) :

- CPF;
- RG;
- Comprovante de Residência;
- Declaração Escolar (atualizada).

OBS:

1.O aluno deve ter cursado ou está cursando o ensino fundamental;
2.O aluno matriculado,só receberá o certificado com 75% de freqüência;
3.Durante o curso,será 01 (um) aluno para cada computador.

Maiores informações: Telefone do Telecentro Comunitário: 3523-2470 (Falar com Amanda Lavôr ou Luíza) Telefone da Secretaria Municipal de Assistência Social-SEMAS: 3521- 6425

Fonte: PMC

ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Curso capacita agentes de Endemias


Será realizada neste sábado, a partir das 8 horas, capacitação dos agentes do setor de Endemias, da Secretaria de Saúde do Crato. O curso acontece no auditório da microrregional de saúde e será ministrado por técnicos da Secretaria de Saúde do Estado. O objetivo é repassar informações sobre mudanças no uso do larvicida usado para o combate ao Aedes aegypti.

Fonte: PMC

Tsunami chega à costa do México com ondas de 20 cm a 70 cm


NE - EFEITO NOSTRADAMUS CHEGOU MAIS CEDO...


Terremoto no Japão horas após devastar a costa leste do Japão, o tsunami chegou às praias do México com ondas que variaram entre 20 com e 70 cm. Não houve registro de danos ou vítimas, mas a Marinha mantém o alerta.

"[O tsunami] registrou uma altura máxima de 70 cm em Ensenada e de 20 cm em Los Cabos (noroeste). Em Mazatlán, Manzanillo (oeste) e Acapulco (sul), nada alarmante para a população costeira", disse o porta-voz da Marinha, José Luis Vergara. Vergara disse ainda que as ondas não causaram preocupação, mas que o alerta foi mantido caso haja alguma mudança. As ondas começaram às 9h10 (12h10 em Brasília) na costa noroeste do México, primeiro país da América Latina a ser afetado após o sismo no Japão. Os portos do Pacífico estão fechados para a navegação de pequenos barcos e os moradores das casas locais foram deslocados.

VEJA COMO OS OUTROS PAÍSES ESTÃO REAGINDO AO TSUNAMI

EUA

As ondas gigantes atingiram dois metros em algumas partes do norte do Estado americano da Califórnia e forçou milhares de pessoas a abandonarem suas casas no litoral. Cerca de 35 barcos e docas do porto foram danificados no norte de Crescent City, enquanto o porto de Santa Cruz teve cerca de US$ 2 milhões em danos, segundo autoridades locais. Duas ondas atingiram Crescent City até agora, a primeira de cerca de um metro e a segunda um pouco maior, disse o porta-voz do centro de Operações de Emergência, Joey Young. Os oficiais insistiram aos californianos que não assumam que o pior já passou. "Nós estamos apenas começando", disse Jordan Scott, porta-voz da Agência de Gestão de Emergência da Califórnia.

AMÉRICA CENTRAL

Governos da América Central estão em alerta. Em Honduras, a polícia e o Exército estavam prontos para realizar retiradas se necessário, enquanto a Guatemala e Costa Rica alertaram os navios pequenos para ficar fora da água. O presidente guatemalteco, Álvaro Colom, disse que as aulas foram canceladas nas escolas do litoral e que o governo estava preparando um plano de retirada para 17 municípios.

EQUADOR

O presidente equatoriano, Rafael Correa, declarou estado de emergência em toda a nação andina e pediu aos moradores das regiões litorâneas que fujam rapidamente para áreas mais elevadas. A petrolífera estatal Petroecuador suspendeu o envio do produto. Os navios foram parados, trazidos de volta ao porto ou sofreram mudança de rota no caso dos grandes navios.

ILHAS GALÁPAGOS

Moradores e turistas foram para as terras mais altas das Ilhas Galápagos --um popular destino turístico na costa do Equador, conhecido por sua espetacular vida selvagem, incluindo espécies ameaçadas de extinção, que inspiraram a teoria de evolução do britânico Charles Darwin.

CANADA

Canadá emitiu alertas de tsunami para parte de British Columbia. Os governos locais foram orientados a esvaziar marinas, praias e outras áreas abaixo da marca da maré alta.

ILHA DE PÁSCOA

Residentes em áreas de baixa altitude do território chileno no Pacífico Sul foram retirados ao aeroporto da ilha, que fica 45 metros acima do nível do mar.

CHILE

Presidente Sebastian Piñera pediu os chilenos que se mantenham alerta, mas continuem com suas rotinas diárias. Como precaução, as autoridades moveram pacientes de hospitais em algumas áreas costeiras atingidas pelo terremoto de magnitude 8,8 do ano passado. O governo estava alertando navios em águas chilenas de um possível tsunami e os portos enviaram navios de grande porte para o mar.

PERU

Governo disse esperar até mais tarde antes de decidir se vão realizar retiradas das áreas mais baixas do litoral. No popular ponto turístico Punta Roquitas, os surfistas não abandonaram o mar. "Para que haja um tsunami a água do mar tem para sugar e puxar para trás primeiramente. Se isso acontecer, vamos remar para a praia e sair", disse o surfista profissional Gabriel Aramburu.

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

MOMENTO DA POESIA - Por Claude Bloc


Agora me escuta
- Claude Bloc -


Libertei teus sonhos
Plantei raios de sol pela manhã
Nesse fértil jardim,
jardim em flor...


E antes que o dia se apague
Antes que as cores desbotem
Tua saudade fez brotar em mim
um poema cerzido no céu
Com versos costurados na lua



lá onde o sereno fez dormir minha poesia
(no aconchego das tuas palavras).
Foram palavras mudas,
deitadas no corpo de um poema-flor.



Agora,
agora me escuta
Pois quando rimo
fico à tua sombra
Porque assim estou
Até que eu te reencontre
Em nova primavera
Antes que acredites que meu sonho
É teu jardim…

Claude Bloc

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30