19 dezembro 2011

José Meneses comenta sobre a falta de fiscalização no Canal do Rio Grangeiro


"Na verdade o que quero dizer e continuo afirmando que nós temos representantes e até pré candidatos a prefeito, mas que ficam alheios aos problemas sérios da causa da cidade. Vendo uma comitiva que vieram do governo estadual fiscalizar as obras do centro e as praças, haviam representantes da cidade no meio e porque não levou essa mesma comitiva para ver o CANAl e outras obras politiqueiras, que estão paradas ou quase parando? Quando digo que aqui querem o PODER é claro que as manifestações do povo ficam distante do interesse e necessidade da cidade. Falta união em prol da cidade do Crato. "

jose meneses
R sargento george teles sampaio, centro
Cidade: crato


13 comentários:

  1. O governador estará em Crato na próxima 5ª feira para receber o título de "Cidadão Cratense".

    Que tal convidá-lo para visitar as obras da pirueta que ficou o canal com seus muros de gbião (gaiolas de arame com pedras soltas)?

    ResponderExcluir
  2. A política no Crato com as suas questões ideológicas é um assunto palpitante. Acompanhei atento o sofrimento da população no período das enchentes, e ví um ato de solidariedade de um cidadão que não conheço, a colocar equipamentos de sua empresa no socorro às vítimas num momento tão crítico, e sendo acusado de interesses eleitoreiros.
    Num segundo momento, o mesmo cidadão vendo o estado de abandono das estradas por onde circulava, tentou consertá-las, e sofreu duras críticas. Há poucos dias vi no Blog duras críticas por parte de um usuário com acusações de ajuda a alguns pobres, fornecendo tijolos. E me pergunto?
    Será crime sem estar dentro de um período eleitoral, algum cidadão ter atitudes humanitárias?
    Não sei o que vai ser deste pleito que se aproxima com tantas acusações.
    Nessa visita do Governador o tom deve subir. Vejo notórios engenheiros há meses criticando a técnica utilisada na recuperação do Rio Grangeiro, e justamente a mesma técnica está sendo utilizada por onde passo, em questões idênticas.
    Fica uma dúvida.
    A questão será política ou estrutural?

    ResponderExcluir
  3. A política no Crato com as suas questões ideológicas é um assunto palpitante. Acompanhei atento o sofrimento da população no período das enchentes, e ví um ato de solidariedade de um cidadão que não conheço, a colocar equipamentos de sua empresa no socorro às vítimas num momento tão crítico, e sendo acusado de interesses eleitoreiros.
    Num segundo momento, o mesmo cidadão vendo o estado de abandono das estradas por onde circulava, tentou consertá-las, e sofreu duras críticas. Há poucos dias vi no Blog duras críticas por parte de um usuário com acusações de ajuda a alguns pobres, fornecendo tijolos. E me pergunto?
    Será crime sem estar dentro de um período eleitoral, algum cidadão ter atitudes humanitárias?
    Não sei o que vai ser deste pleito que se aproxima com tantas acusações.
    Nessa visita do Governador o tom deve subir. Vejo notórios engenheiros há meses criticando a técnica utilisada na recuperação do Rio Grangeiro, e justamente a mesma técnica está sendo utilizada por onde passo, em questões idênticas.
    Fica uma dúvida.
    A questão será política ou estrutural?

    ResponderExcluir
  4. Seu Elmano por favor não queira ser injenuo,o referido cidadão é sim candidato a prefeito do Crato,é sabedor e o msmo já anda em campanha,e se vc quer saber ekle disponibilizou sim os referidos equipqmentos com fins politicos ou vai querer tapar o sol com a peneira,só dar sem receber ferida braba,é toma lám que eu dou cá.

    ResponderExcluir
  5. Seu Elmano por favor não queira ser injenuo,o referido cidadão é sim candidato a prefeito do Crato,é sabedor e o msmo já anda em campanha,e se vc quer saber ekle disponibilizou sim os referidos equipqmentos com fins politicos ou vai querer tapar o sol com a peneira,só dar sem receber ferida braba,é toma lám que eu dou cá.

    ResponderExcluir
  6. Wilson
    O cidadão pode até ser postulante a um cargo eletivo, como também qualquer outro cidadão teria o direito de sê-lo, principalmente numa cidade orfã.
    Como já falei não conheço essa pessoa, e não vejo
    problema algum em o mesmo dispor de seus recursos para o bem do próximo. Pelo que me consta não usou nenhum recurso público, e louve-se a atitude humanitária em ajudar num momento tão crítico.
    Mesmo se o poder público tivesse na sua obrigação constitucional dado o atendimento necessário, ninguém poderia proibi-lo de prestar solidadariedade pois era uma calamidade pública, e é nessas horas que vemos a atitude das pessoas com um pouco mais desse espírito solidário.
    Entendo as suas palavras pois imagino o que passa na sua cabeça, com uma ameaça de alguém não comprometido com os seus anseios.
    Uma gama de candidatos estão colocando seus nomes, e espero que a população saiba escolher aquele que melhor o represente, tirando essa cidade do purgatório em que se encontra.
    Que Raimundo Filho,Roque,Marcos Cunha,Dr. Cícero,Ronaldo,Josilson Lobo,Guilherme Farade, ou qualquer outro cidadão que queira se eleger pelo Crato a algum cargo eletivo tenha consciência, é que o Crato precisa ser visto com mais respeito

    ResponderExcluir
  7. A Prática de dar coisas no período eleitoral se chama: CLIENTELISMO e É crime. O Elmano está defendendo aí que um postulante ao cargo público comece pela porta errada, dando tijolo e favorecendo a compra de votos. Isso é um Absurdo!

    Quem dá, quem é bom de coração e quer ajudar os outros, deve ajudar em qualquer época e não apenas no período eleitoral, viu, Elmano ?

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  8. ESTÂO DEFENDENDO AÍ A COMPRA DE VOTOS.

    Como fazem alguns desse governo e a corrupção, por isso memso, a imprensa está descobrindo tudo.

    DM

    ResponderExcluir
  9. Dihelson
    Pelo que eu saiba ainda não começou o período eleitoral, e as candidaturas começam a ser frutos de especulação. Segundo não estou defendendo A, B ou C, e narrei fatos acontecidos em um período que nem se falava em candidaturas, apenas conjecturas. E nessa época que antecede pleitos eleitorais sempre aparece um clima de desespero, quando uma mudança no horizonte parece eminente. Surgem as cassações de mandatos em um nível avassalador em todos os quadrantes, e quem infelizmente tem a sobrevivência pendurada em algum penduricalho é mercadoria de ajuste nas sucessões.
    Já assistimos isso acontecer em tantas administrações,e estamos acostumados com esse desenrolar, que fica dificil até em prever pra onde balança o pendulo. Não vai ser o nosso comprometimento com qualquer das candidaturas que vai ter peso nessa decisão.
    Não conheço Ronaldo, não voto no municipio, por isso não posso ser acusado de comprometimento, e se votasse por uma questão de gratidão meu candidato seria o Valdetário, pois numa situação muito pessoal sem me conhecer,teve uma atitude profissional e humanitária das mais louváveis.
    Gratidão Dihelson, poderia ser uma das grandes virtudes presentes,na caminhada de um ser humano.

    ResponderExcluir
  10. eLMANO GRATIDÃO QUEM TEM É O INFERNO DOIDINHO PRÁ METER FOGO NO RABO DO POVO,ASSIM COMO FAZ E FEZ OS partidos de esquerdas,e não tenho anceios pois o que faço não depende de postulantes,sou livre etenho o previlegio de escolher com quem trabalho e da forma que eu quero trabalhar,mas te garanto depois de passar vinte anos no PT DO CRATO quero que eles engulam a meleca dos urubos o que com certeza eu iria vender poesias em paNFLETOS MAS JÁ MAIS CHEGARIA PEWRTO DAS CORJAS QUE INTITUIRAM E LEGALIZARAM O CRIME NO bRASIL ,roubam,choram pedem perdão e ninguem vai preso.

    ResponderExcluir
  11. Valeu, Wilson!

    Foi um verdadeiro murro certeiro na boca do estômago dos partidos demagógicos que passaram 30 anos pregando a moralidade no Brasil e quando entrou, roubou mais que todos os outros.

    Conheço você de muito tempo. Você viu coisas que eu não vi. Você fala de coisas que eu não pude presenciar, coisas que aqui não se pode nem dizer, mas que existiram. Gente que não comprou, mas deixou quem comprasse...

    Abração,

    DM

    ResponderExcluir
  12. E não esqueçam......
    "
    Será no dia 25 de dezembro, às 14h, no Estádio Mauro Sampaio Castelo Branco, o Romeirão, em Juazeiro do Norte, a realização da festa dos Anjos Solidários – Cevema relativa ao III Natal Solidário. O exemplo dos dois anos anteriores já oferece à instituição beneficente lugar expressivo junto às populações carentes, que, decerto, comparecerá em apreciável multidão para comemorar o nascimento de Jesus, numa bem sucedida iniciativa.

    '

    Parabéns Tadeu, o Cariri precisa de homens com determinação, e espírito solidário. Belo exemplo.

    ResponderExcluir
  13. pois é Elmano e o Tadeu nem é e nunca pretendeu ser politico partidario,tavendo como é facil ajudar quando quer e pode sem necessariamente ter que ser postulante a carghos politicos.com certeza é louvavel a atitude de Tadeu,então veja comoi é facil,e não ´precisa surgir do nada para querer emp´restar m,aquinas e doar tijolos furadoskkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.