30 outubro 2011

É Possível saber do EMERSON ? - Por: Cláudio Fonseca Dortas


Prezadíssimos responsáveis pelo blog do Crato.

Tenho um pedido pra vocês, mas antes uma pequena história: em 1968 (lá se vão 43 anos), estivemos morando no Crato (vila do Lameiro). Como referência, nesse ano estava aí o Padre Edmilson (depois veio aqui prá Salvador). No grupo de baianos, estava José Luís França Penna (hoje, presidente do PV e deputado federal eleito por São Paulo), família França aí do Crato. Na época reunimos jovens do Crato para desenvolver um trabalho cultural, com ênfase na arte teatral. Com o apoio da Prefeitura, um dos casarões antigos, no centro da cidade, foi adaptado para a atividade teatral.

Vou tentar, com outros do nosso grupo, lembrar de nomes de alguns jovens desta época, mas tem uma pessoa cratense, de nome Emerson ( se o tempo não estiver me atrapalhando) que trabalhava no Banco do Brasil aí do Crato (tendo trabalhado, depois de 1968, aqui em Salvador, e depois retornado). O Emerson foi uma pessoa especial aí prá gente e sempre se mostrou alma aberta para a arte. É POSSÍVEL TER ALGUMA NOTÍCIA DESSA GRANDE PESSOA?

Muito grato,
Cláudio Fonseca Dortas
Salvador, Bahia.

6 comentários:

  1. Tal pessoa denominada "EMERSON" que o Sr. Cláudio Fonseca Dortas se refere, trata-se do nosso querido amigo, Emerson Monteiro, meu colega aposentado do Banco do Brasil.

    Um forte abraço.

    Tavares - Fortaleza-CE.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Tavares,

    Foi exatamente essa a minha impressão. Como ele falou aí em Banco do Brasil, resolvi postar aqui, para vermos os dois se reencontrando aqui no Blog do Crato depois de tantos anos. Vamos promover esse reencontro de dois grandes amigos. Essa é uma das tarefas que eu acho que faz o Blog do Crato valer mesmo a pena. Promover o reencontro das pessoas.

    Vamos esperar o Emerson Monteiro se manifestar e eu acho que ele não tardará.

    Um forte abraço,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Ora só, meus amigos, onde volto a encontrar Cláudio Dortas, pessoa da minha admiração e dos principais influenciadores para que me transferisse a Salvador na década de 70. Cláudio é tudo isto de bom que falou a meu respeito e muito mais. Músico, intelectual, api de família exemplar, pessoa a quem estimo, e que agora comprova que a amizade sobrevive no tempo e no espaço. Encontramo-nos pela derradeira vez na Bahia, em 1975, e bem sinto agora a satisfação de saber suas notícias através do Blog do Crato. A propósito, hoje divulgo aqui um artigo ("O grupo baiano de teatro", publicado no meu livro "Cinema da Janela" (Editora Terceira Margem, S. Paulo, 2001), que resume a história desses jovens baianos na época em que nos conhecemos em Crato.

    ResponderExcluir
  5. Emerson, vou te passar por e-mail os contatos do Cláudio, assim vocês poderão conversar ainda melhor. O Cláudio escreveu outra mensagem que logo te enviarei. Que bom que era você mesmo que ele procurava. Eu já encontrei também várias pessoas da minha adolescência via internet, de outras cidades. Isso em si, é maravilhoso, essa função que a internet tem de descobrir e aproximar as pessoas. E tem muita gente que esperamos que nos contacte.

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.