13 setembro 2011

Ciro Gomes mandou ontem duro recado a setores do seu partido, o PSB, e em particular ao presidente municipal Sérgio Novais


Ciro Gomes mandou ontem duro recado a setores do seu partido, o PSB, e em particular ao presidente municipal Sérgio Novais. “O partido hoje não pode ser mais uma sigla em que você resolve as coisas com a namorada na cama”, disparou, ao comentar a briga instaurada entre o grupo que passou a ser maioria no PSB de Fortaleza e a ala qualificada por Ciro com a “burocracia antiga” da legenda.

Ciro comentava sobre o crescimento do partido, afirmando que a sigla é hoje dona da maior bancada da Assembleia Legislativa do Ceará e possui uma das bancadas mais robustas na Câmara dos Deputados, além do governar o Ceará com avaliação positiva da gestão, segundo ele.
O irmão do governador Cid Gomes disse ainda que a tal “burocracia antiga” do PSB não consegue enxergar tais mudanças e se acostumou a achar que o partido não existe, “entregando” a sigla em troca de qualquer coisa pequena – como a eleição de um vereador, por exemplo, nas palavras de Ciro.

"Hoje, o PSB é um partido de responsabilidades graves. Tem de ter debate profundo e nossa atenção agora é com a cidade de Fortaleza”, argumentou o ex-governador, após palestra dentro da 52ª Convenção Nacional do Congresso Lojista, realizado ontem na Capital. Ciro evitou citar nomes em suas críticas. Questionado sobre posições adotadas pelo presidente do PSB de Fortaleza, Sérgio Novais, e por sua irmã, deputada estadual Eliane Novais, Ciro disse que não falaria sobre “companheiros de partido” por meio da imprensa. “Eu não vou comentar as declarações do senhor Sérgio. Se eu tiver alguma coisa para dizer à Eliane eu vou falar pessoalmente com ela, sem que você esteja presente”, afirmou, dirigindo-se ao repórter do O POVO.

Fonte: O POVO


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.