07 agosto 2011

Nelson Jobim é "página virada", diz Dilma


A presidente Dilma Rousseff disse nesta sexta-feira que a saída de Nelson Jobim do cargo de ministro da Defesa aconteceu pelo fato de ambos terem "esgotado uma etapa" e considerou o episódio uma "página virada".

"Eu reconheço o grande trabalho ao país, a contribuição que ele (Jobim) deu na condução das questões da Defesa. Infelizmente, nós esgotamos uma etapa e por isso passamos, viramos a página", disse Dilma durante entrevista a emissoras de rádio em Petrolina (PE). Jobim deixou o cargo na quinta-feira após mais uma declaração polêmica sobre o governo Dilma. O ex-chanceler Celso Amorim assumirá a pasta.

Em entrevista à revista Piauí, Jobim teria dito que a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, "é fraquinha" e que Gleisi Hoffmann, titular da Casa Civil, "nem sequer conhece Brasília". Ele negou ter feito as declarações. Dilma também elogiou Amorim, que foi ministro das Relações Exteriores durante os dois mandatos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Disse que o ex-chanceler "é responsável por uma política externa independente, que tem compromisso com o Brasil".

"O ministro Celso Amorim tem todas as condições de ser ministro da Defesa, por isso que eu o indiquei", disse a presidente. "Eu tenho certeza que ele vai prosseguir com o trabalho importante realizado pelo ex-ministro Nelson Jobim."

Fonte: Yahoo Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.