07 julho 2011

BlogPROFECIAS - A URCA será Federalizada


NOTA: Criamos um quadro para discutir o futuro da região do Cariri, com base nos acontecimentos recentes da história do Brasil. Os artigos publicados nessa seção não devem ser encarados como verdades absolutas, nem muito menos como notícias, apenas prognósticos. Nosso objetivo é fornecer subsídios à reflexão por parte dos leitores. Portanto, ao ler os textos aqui expostos, acredite se quiser, e quem viver, verá!

"Alguém ainda duvida que todo esse falatório sobre uma futura Universidade Federal do Cariri não resultará apenas na Federalização da URCA com a sede em juazeiro ?"


Meus caros amigos, logo que eu li as notícias sobre uma futura Universidade Federal do Cariri, comecei a juntar as peças do enorme quebra-cabeças, e raciocinar que o plano maior culminará na Federalização da URCA. Sem dizer nada a ninguém e para minha surprêsa, vendo hoje a coluna do Prof. Armando Rafael, e juntando-se às conversas que mantive com pessoas embasadas, que acompanharam todos os outros processos de instalação das universidades aqui na região do Cariri, cheguei a esta conclusão. O Prof. Armando Rafael assim escreveu em sua coluna:

Tragédia em 3 atos

Ato 1

Louve-se a transparência e sinceridade de Cid Gomes! Na sua primeira administração, ele anunciou que o Governo do Ceará não tinha cacife para bancar três universidades públicas estaduais (Uece, UVA, Urca). E iria pedir ao Governo Federal para assumir o ensino superior das universidades cearenses interioranas. E mais: a primeira a ser encampada deveria ser a Universidade Regional do Cariri–Urca.

Ato 2

Reeleito, o governador Cid Gomes vem a Crato e anuncia que o Ministério da Educação vai criar a Universidade Federal do Cariri. (Isso, claro, se a presidente Dilma conseguir equilibrar as finanças – superando a “herança maldita” que recebeu – e tiver sobras para novos investimentos na área da educação. O anúncio de Cid foi comemorado em Crato, cuja população acredita que a sede da futura universidade ficará nesta cidade.

Ato 3

(Redação ainda em andamento, sujeita a modificações) Dilma Rousseff cria a Universidade Federal do Cariri. Juazeiro do Norte, justificadamente, fica com a sede por dois motivos: é a cidade onde está localizado o maior campus da UFC (na 3ª fase de expansão, enquanto o de Ciências Agrárias, em Crato, sequer foi concluído) e o campus que detém o maior número de cursos em funcionamento. Meses depois, a Urca é encampada pela Universidade Federal do Cariri. Crato fica com o Campus do Pimenta como prêmio de consolação...

Como eu disse no início do artigo: Quem viver, Verá !

Por: Dihelson Mendonça
( com base do artigo do Prof. Armando Rafael )

2 comentários:

  1. Atenção Dihelson

    Se a URCA for dederalizada, e esta é a vontade do Sr. Governador, é bom que se verifique esse fato que eu soube quando da criação da URCA.
    Como todos sabem, a URCA somente foi viável com a cessão pela Diocese do Crato do acervo, cursos, predios, bibliotecas, etc que pertenciam à Diocese. Soube na oportunidade que o Bispo Dom Vicente Matos havia feito a doação do acervo pertencente à Fundação Padre Ibiapina na condição da séde da URCA (Reitoria) e muitos dos seus cursos ficarem no Crato. É bom que se verifique esse detalhe, se há contrato, etc, etc. Acredito que o padre Gonçalo sabe disso. Se não me engano ouvi isto dele. Se assim for, e a URCA for federalizada esse acordo deverá ser cumprido. É importante que se entre em campo e logo.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Caro Carlos:
    Este “acordo” (se realmente existiu ) deve ter sido verbal, pois não constou no contrato de compra da antiga Faculdade Católica no Diário Oficial, e ele começou a ser descumprido quando da escolha -- pelo governador Tasso Jereissati—da reitora Violeta Arraes. O vice-reitor da Dra. Violeta deveria ser indicado pela diocese, no caso seria o Padre Gonçalo, mas este foi preterido em favor do professor Plácido Nuvens. Talvez prevalecesse o critério político.
    Ora, se o provável acordo foi descumprido já no nascedouro da Urca, imagine hoje, 25 anos depois.
    É com pesar que reafirmo: não acredito em mudanças nos “rumos” traçados para a encampação da Urca pela projetada (?) Universidade Federal do Cariri. Só nos resta aguardar se dona Dilma vai ter realmente folga financeira ( após superar a “herança maldita”) para investir em novas universidades federais.
    Se ela não quiser criar novas universidades ( atente que reconheço nela, diferente do antecessor, uma pessoa consequente e dotada de postura gerencial), a Urca poderia se salvar da projetada degringolada.
    Esta minha opinião, após madura reflexão...

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.