25 junho 2011

O Paraíso da Bandidagem – por J. Hildeberto Jamacaru de Aquino




Ronald Biggs, inglês, ladrão. Gino Amleto Meneghetti, italiano, ladrão. Josef Rduolf Mengele, alemão, médico, nazista, tido como o "Anjo da Morte". Cesare Batistti (foto ao lado), italiano, terrorista, assassino.

E a lista prossegue.

Isso fora os que vivem clandestinamente e sem serem incomodados em nosso acolhedor Brasil. Logo nós, que, mal vistos e algumas vezes pessimamente tratados no exterior, somos forçados a acolher essa súcia de malfeitores, inclusive sob o manto protetor da Justiça, que os redime e lhes assegura direitos como a qualquer cidadão brasileiro.

Isso mesmo contrariando convenções internacionais. E tudo em nome da nossa "soberania" e outros falhos argumentos. Privilegiamos bandidos. Já não nos basta a bandidagem que segue impune e assola nosso país, e nos diversos escalões sociais, inclusive dos nossos Poderes? Pior é que ainda somos induzidos a acreditar que se age na preservação de "perseguidos políticos" ou outras inverdades.

É estrangeiro e bandido, tem privilégios. Então, que venham todos, abrimos-lhes os braços em nome da nossa inconsequente hospitalidade e do culto à impunidade.
J. Hildeberto Jamacaru de Aquino, e-mail: hildebertoaquino@yahoo.com.br / Postado por Armando Lopes Rafael


Comentário do postador:

A nota acima foi publicada no jornal “Estado de S.Paulo”, edição deste sábado. Coincidentemente ,logo abaixo estava este comentário:

“Dois cubanos esportistas honestos, com o saco cheio da miséria do comunismo de Fidel, aqui pediram exílio, mas foram rapidamente caçados e mandados de volta por ordem do nosso brilhante ex-presidente Lula. Onde estavam os juízes do nosso STF? Não deram trabalho para eles. Agora, um criminoso, assassino condenado pela Justiça italiana, que certamente não é composta de idiotas, pelo simples fato de ser comunista, é recebido de braços abertos pela cambada bolchevista liderada por Tarso Genro. Foi negada a sua extradição, liberado para ficar e trabalhar no Brasil, provavelmente em Brasília, com todo o apoio do nosso STF, que deu nosso famoso "jeitinho" para deixar nossos "vermelhinhos" felizes e contentes. Afinal, lugar de bandido onde é?
Maria Elvira Brandileone - e-mail: mara.brandi@hotmail.com”

Um comentário:

  1. Armando, meu amigo:
    Diante de tudo que nós já vimos na história recente do Brasil:

    PODERIA ISSO ACONTECER DIFERENTE ? Me diga sinceramente.

    01 - Poderia o Palloci ser condenado ?
    02 - Poderia a quadrilha do mensalão ir pra cadeia ?

    03 - Poderia o Batisti ser deportado ?

    Isso aí é uma sequência lógica, que está dentro de um padrão que já ficou bastante claro para nós. Apenas os incautos ainda não compreenderam como é que a coisa toda funciona.

    Mas nós já sabíamos desde que o ex-presidente Lula fez aquele discurso na TV ao meio-dia, olhando para o teto inocentando o Zé Dirceu. Ali, foi aonde a ficha caiu. O Brasil afundou-se moralmente ali. De lá pra cá, tudo é duvidoso...

    Abraço,

    DM

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.