30 janeiro 2011

Comentário do Dia - OS ENGENHEIROS DE OBRAS PRONTAS - Por Dihelson Mendonça


"Em tempo de Catástrofes, aparecem Milhares de Engenherios de Obras Prontas. Gente que diz o que devia ter sido feito, mas nunca fez nada pelo Crato. Eu quero saber quem é que está disposto a ajudar nossos irmãos desabrigados e trabalha pelo Crato. Sentar-se comodamente em frente a um computador ou Estação de Rádio e malhar as autoridades com atitudes politiqueiras é fácil. Difícil é fazer algo útil. Logo um povo sem Solidariedade alguma que quando é pra ajudar, tem pena de meter a mão no bolso e dar 10 reais para uma causa, ainda que seja nobre. Muitos Cratenses vivem de aparências! São Ricos pobres que gostam de ostentar uma riqueza comprada em 100 prestações sacrificando o prato do dia !"

Dihelson Mendonça

18 comentários:

  1. Parabéns, Dihelson. A verdade é tão dura quanto uma bofetada na cara de um povo. Ta no tempo dos cratenses deixarem de ser metidos a besta e ajudar a quem precisa

    Jana
    ( passa aqui depois )

    ResponderExcluir
  2. Verdade Dihelson, concordo que não é tempo para ficarmos apontando quem é o culpado e o que deveria ter sido feito; a hora é de remediarmos essa lamentável tragédia e recuperarmos, o mais breve possível, a alegria desse povo trabalhador que foi atingido pela força da natureza (o que já está sendo feito tanto pela prefeitura quanto por alguns empresários)

    Entretanto, não podemos negar que o prefeito Samuel Araripe terá que ser cobrado por isso. Votei nele para que ele me representasse na prefeitura e trabalhasse para o melhor pro Crato. Confesso que ele já fez muita coisa boa para cidade, mas nesse caso ele falhou, e isso é fato!! Falhou em não ter lutado mais arduamente na captação do recurso federal para a reforma do canal e assim ter evitado essa tragédia e falhou em não ter feito uma campanha educativa para a população não jogar lixo nas ruas e no canal. Tempo ele teve pra isso (já está no 2º mandato).

    Obrigado,
    João Guilherme

    ResponderExcluir
  3. De fato, a politização de tudo isto que aconteceu é algo constrangedor. Mas está no tempo tb de deixarmos de lado alguns clichês e estigmas q alimentamos e realimentamos sobre nós mesmos, não é Janaina?(é cratense que é besta, o cratense é assim, é assado...) Da forma q vc escreveu, parece que vivemos com o rei na barriga. Generalizar tb é péssimo num momento desses...

    ***
    Fiquei sabendo que existem pessoas propondo o desvio de todo o curso do rio de dentro da cidade...Nunca vi ideia tão acéfala.

    ResponderExcluir
  4. Obrigado, Janaína, isto vai também para uma certa estação de Rádio do Crato que está se aproveitando do momento atual para fazer politicagem barata, já que seu diretor deve 160.000 reais aos cofres públicos por improbidade administrativa.

    DM

    ResponderExcluir
  5. Prezado João Guilherme,

    Concordo contigo, mas somente para acrescentar que o prefeito Samuel Araripe se preocupou e bastante com a realização do projeto do canal desde 2005,quando mandou fazer vários projetos para solucionar o problema. Digo isto porque acompanhei muita coisa.

    O problema esbarra na burocracia imensa desse país também, além da Força de vontade.

    Quer uma prova?

    CASO 1:

    Em 2005 foi encaminhado o Projeto de refazer a Encosta do Seminário. Desde então se arrasta por mnistérios, secretarias, e somente agora em 2011 está para ser liberado o recurso. Provavelmente, a ENCOSTA será realizada em 2012 e quem irá inaugurá será o próximo prefeito. Uma coisa que começou em 2005.

    CASO 2 - O projeto da Ampliação do Parque de Exposições do Crato. Desde 2009 o projeto foi feito, entregue 5 ( CINCO ) vezes na mão do governador que ficou de dar um parecer e NADA! - Nenhuma resposta. A cada tempo em que víamos que nao ia sair, o prefeito entregava outra cópia e nada! Achamos que o Cid Gomes, que disse ter 30 milhões para gastar na exposição do Crato, não quer mais gastar isso no Crato.

    Pensando bem, ja que Cid tem 30 milhões, não seria bom se ele repassasse isso para refaer o canal do Rio Grangeiro ?

    Então, é claro que a população tem que cobrar do prefeito, mas quero acrescentar que o proprio prefeito tem cobrado essa obra aos órgãos e instancias superiores desde o inicio do primeiro mandato. Agora, infelizmente o governo Federal sempre negou o recurso, através do ministério das cidades, porque exatamente em 2004 considerou-se a obra refeita, porque foi liberado 8 milhões para isto ao gestor anterior.

    Então, o que se pode fazer:

    Diante da catástrofe, que não é culpa nem minha e nem sua, é um fato da natureza, e há uma brecha na LEI para esse tipo de evento, inserir na pauta da União, a liberação de uma verba para refazer o Canal do Rio Grangeiro, assim procuraremos fugir da burocracia, porque vai entrar como obras de emergência. É por isso que o município está coletando fotografias, vídeos, documentos, relatórios, tudo para na próxima semana ir à Brasília com PROVAS de que a situação é emergencial.

    Agora, vamos cobrar ? Não só cobrar, como marcar essas datas e acompanhar, e vamos cobrar também do governo federal. Eu nao sei por exemplo se nós fizéssemos manifestações públicas à Presidente Dilma e saísse na Imprensa, se teria alguma força para ela liberar essa verba, porque olha, a coisa aqui é URGENTE - O Canal já era. Como disse o engenheiro da SAAEC, ali é refazer Tudo do ZERO.

    Abraço e obrigado por seu comentário.

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  6. Aristides,

    Desviar o rio de dentro da cidade é possível. Só é Caro, mas é possível.Quando eu vejo aquele programa MEGACONSTRUÇÕES no Discovery Channel, temos tecnologia para fazer as maiores coisas do mundo, pontesimensas que ligam continentes, construções impensáveis... Agora, estamos falando de primeiro mundo.

    Se o Governo Federal quisesse, ele poderia resolver esse problema desviando o curso do rio.

    Porque a bem da verdade, por melhor que seja esse novo canal que terão agora de fazer, eu acho que nenhum canal desses vai suportar para sempre o volume de água de um rio com um declive tão grande em chuvas de 200mm. Ou sai o rio de perto ou sai a cidade.

    Não há como conter um volume de água tão monstruoso com um simples canal.

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  7. O CUSTO DOS PROJETOS

    Lembremos que para elaborar CADA PROJETO são gastos milhares de reais, com a contratação de técnicos, engenheiros, etc.

    Tem gente que pensa que fazer um projeto para uma prefeitura, é como redigir uma simples carta. Não é. Os projetos são caros. Só que isso já foi feito. Projetos são feitos e calculados nos mínimos detalhes. Quando são entregues já tem até orçamento de cada ítem a ser gasto. O problema a seguir só depende da força de vontade, ou vontade política. É aonde estamos: Vontade política em Realizar os projetos entregues.

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  8. valeu, dihelson, no Crato tem gente andando de hilux comendo so arroz com feijao pra poder pagar a prestação e arrotam riqueza

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. É hora de arregaçar as mangas e trabalhar. A prefeitura poderia intensificar os trabalhos na parte noturna, pois o o fluxo de veículos é menor. Sugiro ao Prefeito que responda as críticas com trabalho.

    Desde já Boa Sorte!

    ResponderExcluir
  11. "Muitos Cratenses vivem de aparências! São Ricos pobres que gostam de ostentar uma riqueza comprada em 100 prestações sacrificando o prato do dia !"


    Teve coragem de dizer algo que queria ter dito muito tempo!! "Um retrato fiel da realidade!"

    ResponderExcluir
  12. Obrigado, João Paulo,

    Se a pessoa quiser saber da "riqueza" dos Cratenses, peça um Patrocínio pra alguma coisa. É mais fácil um Rico entrar no reino dos Céus! - com raras excessões.

    Graças a Deus o Blog do Crato tem umas poucas almadas caridosas do Crato, como José Milton Arraes, Carlos Eduardo Esmeraldo, Jair Rolim, Mônica Araripe, Valdemir Correia, e trocas de serviços como Amilton Som, Mercadinho Matos, AraujoSat, ASTEC Informática, para fazer a diferença.

    Mas tem um sem fim de tempo que eu passo no calçadão e tem gente que me chama ( olha, nem sou eu quem peço, eles me chamam ), pra dizer: "Dihelson, eu vou chegar junto com um patrocínio. Sei que o Blog do Crato é de utilidade pública e precisa de manutenção ", pois bem, fica só na promessa, e quem vive de promessa é santo.

    Quando um músico daqui, um artista precisa de patrocínio pra um show, é um problema. Em Fortaleza e outros lugares a gente consegue valores bons que ajudam a bancar o trabalho. No Crato, alguns comerciantes são tão burros que não aprenderam ainda que deve existir dentro de uma empresa uma verba, uma parte para a PUBLICIDADE da Empresa. Fazer Publicidade é investimento. Eles encaram como se fosse despesa.

    Os comerciantes de Juazeiro e de outras cidades há muito tempo aprenderam que é preciso investir em Publicidade. No Crato, ficam roendo o osso, com PENA de gastar. No crato, é mais fácil você encontrar os pobres numa churrascaria do que os "ricos", porque muitos desses "ricos" quando se fala em sair pra comer fora, dizem: "precisa não, basta fazer um arroz e um feijão e a gente se vira. pra que ter despesa ?"

    Ahahahahahah

    Como João Paulo disse:

    O Retrato Fiel da Realidade

    Abraços,

    DM

    ResponderExcluir
  13. Olá pessoal,

    No dia 29 após a enchente que destruiu uma parte da nossa cidade me deparei com um "Doutor" e um vereador flando absurdos da administração municipal e dizendo que a culpa era da administração.Eu não venho aqui pra dizer de quem é a culpa, venho aqui mostrar a minha indignação com esses dois porque na hora em que eles davam entrevistas as rádios, tele jornais e blogs, eu e mais alguns amigos e irmãos estavamos lutando com aquele povo limpando calçada, arrecandando donativos, fazendo um jeito de amenizar aquele prejuizo.Eu não aguentando ver aquela sena parti pra cima e comecei a falar verdades.Poxa! Eu quero saber de quem é a culpa, quero saber é da solução.

    Abraço a todos os que querem ajudar o Crato.

    MR

    ResponderExcluir
  14. Moisés, o Ser Humano é assim mesmo, vive procurando CULPADOS para jogar a culpa das ações deles mesmos. Tem gente que diz que a culpa é de Deus, mas eu acho que nós seres humanos é que somos culpados pelo que acontece.

    Veja um exemplo:

    Uma pessoa constrói sua habitação a 8 metros de um Rio. Todo mundo sabe que um rio é uma coisa perigosíssima. Um rio pode passar o ano todo como se fosse uma torneirinha e de repente, transportar toneladas de água e matar todos ao redor. Como é que uma pessoa em sã consciência constrói casas perto de Vulcões, Rios, Rodovias de alta velocidade em que precisa cruzar a todo instante ?

    Muita gente procura a morte, sabe ? Se as pessoas fossem mais inteligentes, evitariam os problemas.

    Agora mesmo, a prefeitura está com um problema para remover os favelados da beira do canal. O pessoal se RECUSA a sair, mesmo a prefeitura oferecendo moradia. Eles querem viver ali, nos barracos de Flandre, cobertos com Plásticos. Várias tentativas já foram feitas para retira-los daquele local que é uma área de extremo risco e eles não querem.

    O que fazer num caso desses ?

    Parabéns a você que pegou as ferramentas e foi ajudar a RESOLVER o problema. Nos dois primeiros dias eu também passei quase 48 horas acordado tentando ser útil em alguma coisa também, e assim todo mundo deveria fazer.

    Abraço,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  15. É isso ai Dihelson, vamos trabalhar e depois mobilizar a população no intuito de ajudar na reforma e melhoria do rio Grageiro.

    Abraço!

    Moisés Rolim

    ResponderExcluir
  16. Moisés,

    Não há um mal que não traga um bem!

    O Canal estava PODRE mesmo. Em 2004 foi feita uma reforma paliativa e de material de terceira qualidade, usando tijolo furado nas paredes. Essa catástrofe já poderia ter acontecido em 2004, se tivesse caído uma chuva desse tamanho ( 200 mm ), sorte que nao caiu antes.

    Só assim o Crato vai ganhar um canal novinho em folha, porque agora nao tem mais jeito.

    Para o prefeito do Crato, ou ele consegue, ou ele consegue. Não tem solução intermediária para o Canal do Rio grangeiro.

    E eu acho que ele vai conseguir, porque a catástrofe acabou ajudando a conseguir. Por isso que eu disse que não há nenhum mal que não traga um bem. Agora, nossa solidariedade aos desabrigados. Já está sendo aberta uma conta em banco para os Cratenses e solidários ajudarem no que puderem também. Existem equipes no Centro Administrativo e na Prefeitura para receber as doações e encaminhar aos desabrigados e vítimas.

    É bom ver essa solidariedade. Só assim os Cratenses aprendem o que é esta palavra!

    Abraço,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  17. Mandou muito bem meu amigo, aqui se vive mais de aparencia e pose.

    ResponderExcluir
  18. Concordo com vc plenamente, o povo do CRATO VIVE DE APARENCIAS. Nem todos, mais um bocado sim.

    Abçs: Caju.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.