29 janeiro 2011

As imagens de uma Tragédia ! - Fotos de Gabriella Federico

No momento, sem palavras!

Clique em cada foto para ampliar!










Fotos Gabriella Federico
Proibida a Reprodução sem Autorização

12 comentários:

  1. Dihelson tenho acompanhado aqui no seu blog, mas também em sites e jornais locais o que está acontecendo ai na sua cidade, é muito triste, veja grande culpa é do homem que retira a Mata Ciliar e constroem suas casas ou casebres, às margens do rio,transformando um braço de rio em um canal, que acumula lixo, pois o povo é mal educado em todos os sentindos; então vem á agua que poderia abençoar e transformar em um bem e vira este transtorno.
    Um volume de 162mm é muito para um período tão curto( algumas horas), penso que este tanto de chuva seria esperado para o mês todo de janeiro, mas cai tudo de uma vez, pois não encontra cobertura vegetal o suficiente pra absorver.
    O homem quebra o Ciclo Hidrológico e fica assim, pois a Vegetação faz grande importância neste processo.
    O povo tem que aprender a lição, pois o Planeta Terra já deu mais do que sinais do quanto está sofrendo.

    P.S. tenho feito um monitoramento aqui na minha cidade, desde o dia 04/01 deste ano que chove, já faz 13 dias não tem sido constante, mas felizmente também não aconteceu nada grave.

    Um abraço, esperamos que a situação melhore, fiquem em PAZ.

    Rosemary Borges Xavier

    ResponderExcluir
  2. Quantas e quais ruas serão asfaltadas sem saneamento, sem projeto, sem planejamento, sem nada. Quem são os culpados?? Existem culpados??

    ResponderExcluir
  3. Quero deixar apenas um abraço a todos os amigos do Crato, nesta hora difícil, e os meus votos de muita coragem, luz, união, solidariedade e serenidade, para que possam reconstruir o que a água levou e descobrir o que a água vos trouxe; um momento e uma oportunidade para colocar todas as diferenças de lado e conhecer o que o ser humano tem de melhor.

    Força.

    ResponderExcluir
  4. Num momento como esse só temos a lamentar pelo ocorrido e tentar de alguma forma contribuir com nossos irmãos cratenses. O próximo passo passo sim, será planejar para que novos episódios desse tipo não voltem a aconecer! Parabéns ao Blog do Crato pela cobetura dessa tragédia, sendo a fonte maior e mais confiável.

    ResponderExcluir
  5. Sr. Dedé, venha ser solidário, estamos precisando de sua ajuda, essa hora ñ existe culpa, nem culpados. SOLIDARIEDADE é o se deve ter.
    Fica com Deus.
    Mõnica Araripe.

    ResponderExcluir
  6. Rosemary Borges,
    Muito importante seu comentário.
    Obrigada.
    Mônica Araripe.

    ResponderExcluir
  7. Tiago,
    São mensagens como a sua que nos move e nos dá coragem para continuar. Estamos fazendo o possível e o impossível para amenizar o que aconteceu e agradecer à Deus por ñ ter tido nenhum óbito.
    Abraços,
    Mõnica Araripe.

    ResponderExcluir
  8. Absurdo, vejam: http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=110857538&tid=5567341264777754647&start=1
    e depois deem RT (http://twitter.com/#!/oifranQ/status/31228521070206976)
    ou tweet o que desejar. Corretivo nela meu pôvo.

    ResponderExcluir
  9. Tenho visto em outras postagens comentários sobre construção de barragem? não vejo esta uma solução viável, andei dando uma olhada nas imagens do google earth que mostra o trajeto do canal do rio Granjeiro, este corta toda a cidade do Crato, talvez tenha faltado planejamento quando da construção deste canal à época, vejo que há uma expansão imobiliária ao longo das duas margens do canal, isto é ruim, pois como falei antes na retirada da Mata Cilar das margens de um rio provoca exatamente isto, transbordamento, não conheço o Plano Diretor da cidade, mas creio que haja nele um ponto que fala da ocupação e uso do solo, todo Plano Diretor tem.
    E voltando a questão da construção de barragem; haverá que se desapropriar residências, refazer o traçado do curso do rio, pois já foi comentado também que o rio mudou o traçado, e andei lendo na net a este respeito, o problema pode ser antigo,cabe também neste assunto outros pontos, mas na gestão atual penso que se deve olhar melhor, não estou aqui criticando a forma de governar do atual prefeito, acho que toda administração passa por alguma situação que nem sempre é a esperada, e nas pesquisas que tenho feito, este problema vem de outros tempos, mas não cabe atualmente ficar voltando ao passado, cabe olhar o futuro, sentar e ver o que se pode fazer, para mudar a situação.
    A prefeitura é composta de profissionais competentes para tratar as questões ambientais e sociais, pois o problema é destas duas ordens, ambiental quando trata da ocupação desordenada da área urbana e social, pois é a população que não conhece os riscos de ocupar esta área.

    Um abraço,

    Rosemary Borges Xavier

    ResponderExcluir
  10. Sou testemunha do esforço do prefeito Samuel Araripe no sentido de solucionar cruciais problema de saneamento do Crato. São projetos encaminhados aos órgãos competentes dos governos estadual e federal, que vão desde a proteção de morros, esgotamento sanitário, revitalização do rio Grangeiro, proteção do patrimônio ambiental etc. Isso desde o seu primeiro governo. Ocorre que as decisões são políticas e na política o jogo de interesses termina atrapalhando, emperrando, e o povo é quem se prejudica. Quem sabe agora, com a tragédia do dia 28, aqueles que determinam a liberação de recursos esquecem questões de coloração partidária e elegem o direito do povo à vida como elemento motivador de suas ações.

    Outras chuvas virão... São vidas em perigo!

    Parabenizo a iniciativa e me coloco à disposição da campanha de solidariedade desenvolvida pela primeira-dama do Crato, Mônica Araripe.

    ResponderExcluir
  11. Cacá Araújo,
    Não podia esperar outra atitude sua, muito obrigada. Realmente estamos precisando de pessoas solidarias assim como você.
    Bjo,
    Mônica Araripe.

    ResponderExcluir
  12. Senhora Mônica, pode crer que fiz a minha parte, sem bandeiras, sem fotos em jornais, sem podium.Que Deus nos proteja mesmo, no momento somente ele.

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.