xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 20/09/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - VÍDEO DE LANÇAMENTO - Em breve, as novas transmissões TV Chapada do Araripe. Espero que curtam o vídeo de lançamento abaixo, em que há uma pequena retrospectiva de alguns trabalhos, reportagens já feitas ao longo dos muitos anos que fazemos reportagens. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 24.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

20 setembro 2010

MENSAGEM PARA REFLETIR- Por Maria Otilia

FAZ DE CONTA
Recentemente uma professora, que veio da Polônia para o Brasil ainda muito jovem, proferia uma palestra e com muita lucidez trazia pontos importantes para reflexão dos ouvintes. "Já vivi o bastante para presenciar três períodos distintos no comportamento das pessoas", dizia ela. "O primeiro momento eu vivi na infância, quando aprendi de meus pais que era preciso ser.
“Ser honesta, ser educada, ser digna, ser respeitosa, ser amiga, ser leal.” "Algumas décadas mais tarde, fui testemunha da fase do ter. Era preciso ter." "Ter boa aparência, ter dinheiro, ter status,ter coisas, ter e ter...
" "Na atualidade, estou presenciando a fase do faz de conta." Analisando sob esse ponto de vista, chegaremos à conclusão que a professora tem razão. Hoje, as pessoas fazem de conta e está tudo bem.
Pais fazem de conta que educam, professores fazem de conta que ensinam, alunos fazem de conta que aprendem. Profissionais fazem de conta que são competentes, governantes fazem de conta que se preocupam com o povo e o povo faz de conta que acredita.
Pessoas fazem de conta que são honestas, líderes religiosos se passam por representantes de Deus, e fiéis fazem de conta que têm fé.
Doentes fazem de conta que têm saúde, criminosos fazem de conta que são dignos e a justiça faz de conta que é imparcial.
Traficantes se passam por cidadãos de bem e consumidores de drogas fazem de conta que não contribuem com esse mercado do crime.
Pais fazem de conta que não sabem que seus filhos usam drogas, que se prostituem, que estão se matando aos poucos, e os filhos fazem de conta que não sabem que os pais sabem.
Corruptos se fazem passar por idealistas e terroristas fazem de conta que são justiceiros... E a maioria da população faz de conta
que está tudo bem... Mas uma coisa é certa: não podemos fazer de conta quando nos olhamos no espelho da própria consciência.
Podemos até arranjar desculpas para explicar nosso faz de conta, mas não justificamos. Importante salientar, todavia, que essa representação no dia-a-dia, esse faz de conta, causa prejuízos para aqueles que lançam mão desse tipo de comportamento.
A pessoa que age assim termina confundindo a si mesma e caindo num vazio, pois nem ela mesma sabe quem é, de fato, e acaba se traindo em algum momento. E isso é extremamente cansativo e desgastante.
Raras pessoas são realmente autênticas. Por isso elas se destacam nos ambientes em que se movimentam. São aquelas que não representam, apenas são o que são, sem fazer de conta.
São profissionais éticos e competentes amigos leais, pais zelosos na educação dos filhos, políticos honestos, religiosos fiéis aos ensinos que ministram. São, enfim, pessoas especiais, descomplicadas, de atitudes simples, mas coerentes e, acima de tudo, fiéis consigo mesmas.
A pessoa que vive de aparências ou finge ser quem não é corre sérios riscos de entrar em depressão. Isso é perfeitamente compreensível, graças à batalha que trava consigo mesma e o desgaste para manter uma realidade falsa. Se é fácil enganar os outros, é impossível enganar a própria consciência.
Por todas essas razões, vale a pena ser quem se é, ainda que isso não agrade os outros. Afinal, não é aos outros que prestaremos contas das nossas ações, e sim à nossa CONSCIÊNCIA.

Autor Desconhecido

Postado por Maria Otilia

JN no Ar em Barbalha

Barbalha (CE) é um centro de excelência em saúde para o Nordeste

seg, 20/09/10por alfredo bokel
categoria JN no Ar


Quais são os problemas mais graves do Brasil? É impossível não colocar a saúde entre eles. Mas na pequena Barbalha, na Região Metropolitana do Cariri, interior do Ceará, saúde não é problema, mas sim solução para 65 municípios de quatro estados do Nordeste.

Imagine um hospital limpo, aparelhado, onde médicos e enfermeiros trabalham satisfeitos. Imaginou? Certamente, na sua cabeça, ele não atende pelo SUS, não é? Pois bem. Ande pelos corredores do Hospital São Vicente de Paulo e encontre alguém que fale mal do atendimento.

O JN no Ar passou algumas horas na instituição de irmãs beneditinas, visitou a oncologia, a maternidade, a UTI e não conversou com nenhum paciente ou médico descontente.

O próprio secretário executivo do hospital, Antonio Ernane de Freitas, faz tratamento contra leucemia lá mesmo. “Quando descobri a doença em 2006, o remédio custava R$ 10 mil. Hoje não está tão caro, mas continuo recebendo pelo SUS, que não atrasa nunca”. O hospital filantrópico atende a pelo menos 60% – mas pode passar dos 70% – dos seus pacientes pelo Sistema Único Saúde, tão criticado em todo o Brasil. Então qual seria o segredo do bom atendimento? A resposta, segundo a direção do hospital, é simples, mas difícil de encontrar por aí: boa gestão dos recursos.

“Não vivemos aperreados por causa de dinheiro, o SUS não atrasa, então o que custa aplicar corretamente esses recursos? Nada”, acredita Ernane de Freitas.

“Geralmente, a administração pública só olha para o bolso”, critica a irmã Rosamaria, diretora executiva do hospital. “Não queremos saber se o paciente é rico ou pobre. A gente não trata paciente como número”, completa.

Saúde, uma conquista de Barbalha que merece ser mostrada para todo o país.


Rapadura doce e macia atrai romeiros a Barbalha (CE)

seg, 20/09/10 por alfredo bokel
categoria JN no Ar


Os romeiros que vão rezar para Padre Cícero em Juazeiro do Norte costumam esticar a viagem em mais dez quilômetros para comprar em Barbalha um dos produtos mais apreciados pelo nordestino: a rapadura.

“Vem gente de vários estados do Nordeste e até de São Paulo para comprar aqui”, garante o dono do Engenho Padre Cícero, Antônio Sampaio, que vende rapadura de R$ 0,80 a R$ 3.

E esta segunda foi dia de bons negócios para Seu Antônio. Enquanto a reportagem do JN no Ar estava gravando no engenho, chegou um ônibus cheinho de romeiros de Pernambuco. “Viajamos 12 horas até aqui”, garantiu um dos passageiros.

O gerente do lugar, André Quizado, mostrou para o blog o passo a passo da produção da rapadura. Parece uma viagem ao passado. “É assim que se faz rapadura desde sempre”, diz André.

Fonte: http://g1.globo.com/platb/jnnoar/

FRANCIOLLI LUCIANO NO FESTIVAL CURTA CANOA 2010



"MATANDO A FOME", FILME DO ATOR, DRAMATURGO E CINEASTA FRANCIOLLI LUCIANO, PARTICIPA DO FESTIVAL CURTA-CANOA 2010.


O terceiro dia do sexto Festival Latino-Americano de Curta-Metragem de Canoa Quebrada – CURTA CANOA, segunda-feira (20) contará com sete vídeos e quatro filmes na Mostra Competitiva. A programação acontece no Polo de Lazer de Canoa Quebrada a partir das 19h, com Cine Jornal, seguido da Mostra Competitiva, às 19h30.


SEGUNDA-FEIRA (20)

Nesta segunda-feira, serão exibidos os seguintes VÍDEOS: Camila e o Espelho (BA), de Amadeu Alban; Os Anjos do Meio da Praça (SP), de Ale Camargo e Camila Carrossine; Matando a Fome (CE), de Franciolli Luciano; Olhar de João (GO), de Mariley Carneiro; Leônia – Uma Cidade Invisível (SP), de Márcia Correa, Mercedes Guarnier e Rodrigo Campos; 7:30 (RJ), de Bruno Laet; e O DJ do Agreste (AL), de Regina Célia Barbosa.

Na categoria FILMES serão exibidos: Ave Maria ou Mãe dos Sertanejos (PE), de Camilo Cavalcante; Pão com Mortadela (SP), de Marcos Mello e Georgina de Castro; O Filme mais Violento do Mundo (MG), de Gilberto Scarpa; e Quando a Chuva Chegar (PA), de Jorane Castro.


TERÇA-FEIRA (21)

Na Mostra Competitiva de VÍDEOS serão exibidos na terça-feira, 21: Bucaneiro (RJ), de Juliana Milheiro; Cheirosa (MG), de Carlos Segundo; Todos São Francisco (CE), de Nany Oliveira; Garoto Barba (PR), de Christopher Faust; Inverno (RJ), de Mikael Santiago; Ao Meu Pai com Carinho (SP), de Fausto Noro; Reminiscências (PR), de Augusto Canani.

Na categoria FILMES: Quando as Cores Somem (SP), de Luciano Largares; Senhoras (DF), de Adriana Vasconcelos; O Som do Tempo (CE), de Petrus Cariry; Amigos Bizarros do Ricardinho (RS), de Augusto Canani.


O VI Festival Curta Canoa acontece até o sábado, dia 25 de setembro, com programação gratuita. Patrocinadores: BNB, COELCE e FAZAUTO. Apoio Cultural: CTAV - Centro Técnico Audiovisual, SEBRAE/CE, ISACC, Prefeitura Municipal de Aracati e Asdecq. Este projeto é apoiado pela Secretaria de Cultura do Estado do Ceará.

Romeiros lembram Sítio Caldeirão

Fonte: Diário do Nordeste
Antônio Vicelmo - Repórter

Ao lado, católicos prestaram homenagens ao beato José Lourenço - FOTO: ANTÔNIO VICELMO

Crato. Representações das Comunidades Eclesiais de Base de 70 municípios do Ceará, seis padres e dois mil romeiros participaram, ontem, da 11ª Romaria ao Caldeirão do beato José Lourenço, que lembrou os 74 anos da primeira tentativa de destruição da comunidade religiosa que reunia cerca de dois mil seguidores do beato. O padre Vileci Basílio Vidal pediu aos romeiros que tirassem os chinelos e colocassem os pés ou as mãos naquele "chão sagrado" para receberem as energias deixadas pelo beato. Debaixo de uma árvore, o padre José Venturelli, administrador do Horto de Juazeiro, improvisou um confessionário para atender aos romeiros.
A missa do Caldeirão foi aberto com um aboio do vaqueiro Raimundo Procópio, que liderou um grupo de cavaleiros vindo do Sítio Correntinho para a cerimônia religiosa.A maioria dos presentes era formada por pessoas humildes, gente sofrida, que ainda hoje luta por um pedaço de terra para trabalhar. Um deles era Francisco Agostinho, que veio do Assentamento 10 de Abril. Agostinho lembra que, no dia 10 de abril de 1991, 180 famílias tentaram ocupar o Caldeirão para repetir a experiência do beato José Lourenço. No entanto, o Governo do Estado ofereceu outra área nas proximidades para onde os camponeses foram deslocados. O Caldeirão de Santa Cruz do Deserto foi um movimento messiânico que surgiu no Crato. Liderada pelo beato, a comunidade era pautada no trabalho, na igualdade e na religião.

Adolescentes e as Eleições- Por João César Mousinho de Queiroz

Morei aí no nosso Cratim, em alguns bairros.Mas antes de se mudarmos para o Pimenta, passei os melhores dias da minha vida na Vila Silvestre,entre tias, primos, e amigos e colegas do Diocesano. A Vila precisamente era uma território quadrado a que começava na casa de Carlim de Elizeo lá do Araripe e termina na casa de D. Lilô. Do outro lado ia da bodega de Sandro e Lelê até o campim de futebol da vila passando pelas casas das minhas tias Doninha e Graciela. Mas era em frente á casa da minha tia Conceição e Antônio Laércio que era o nosso ponty desse lado da Vila, ali acontecia de tudo: Jogo de peteca, jogo de bola, bandeiras, e organização das festas e quem ia ganhar as eleições: Seu Pedro Felício ou Dr. Humberto Macário de Brito.Na bodega de Sandro e Lelê, com as cervejas geladas comemorávamos as vitórias do time da Vila em cima do time da Rua dos Cariris, as vitórias do Bota-Fogo Fogão time do coração dos donos da bodega. Além das risadas e observações das brigas de Pituxa e dos gols perdidos pelo meu irmão Francisco.

Quando tinha sua idade, só votávamos em prefeitos aí no Cratim. È amiguinho. Eu, seus pais, seus avós e todos da sua família e amigos da sua família, viviam em plena ditadura. As únicas noticiam que o Vicelmo nunca nos informou foram: Foi eleito pelo voto do povo do Ceará governador fulano de tal, e para presidente sicrano.

Então amigão, aproveite que estamos a poucos dias das eleições, converse com seus pais, professores e claro leia a plataforma do partido que do seu candito (a) e toda sua trajetória politica, pode parece besteira que eu estou escrevendo aqui para você, mas na sua idade o único lugar que discutíamos politica aí no Crato sem sermos incomodados ou taxados de comunistas era na beira do canal, longe do poste de luz meio no escuro e falando baixo.Por exemplo, eu não poderia falar sobre politica no recreio no pátio do Diocesano, você tem ideia do que era isso. Era uma situação para minha cabeça meio maluca, pois tínhamos aulas de Moral e Cívica e OSPB- Organização social Politica Brasileira, mas as perguntas que fazia para meus professores ou para meu pai Veio Mozin que não estavam dentro dos livros, tinha uma resposta politicamente correta e que não me acrescentava absolutamente nada, embora filhote da Ditadura eu eminha geração não éramos alienados politicamente.E sabe como aprendemos o que era politica na verdade e o quanto ela nos afetava, indo nos comícios dos candidatos a prefeitos do Crato.

Era muito bom subir naquele caminhão veio e ir para os comícios na Vila alta, Alto do Seminário, Batateiras, São Francisco e em todos os distritos, o da Ponta da Serra era imperdível. Além da festa que era.Sempre ficava assunto para beira do canal. Por exemplo, por que o candito A para mesma cidade tem um plano de governo totalmente diferente do candito B, e qual era o melhor para nós jovens. Votar com 16 anos para presidente, bem votei sim, mas para eleger o presidente da União dos Estudantes do Crato. Que precisamente foi eleito um rapaz que agora me fugiu o nome,sei que mora casa do Coronel Osmar então delegado do Crato. Isso pra você ter uma prova viva das diferenças das nossas gerações.

Eleições e Adolescentes. Adolescentes e Eleições, já na minha época nos anos 70, durante o governo Médici, já dava jogo, combinava, imaginem hoje. Mano, aproveite essa reta final e prepare-se para um Voto Consciente. Hoje estão querendo devagarinho impor uma ditadura entre dois partidos um popular de base e outro mais elitizado, olhe de lado. Vote, vote nos políticos que já realizaram pelo nosso Estado e podem tornar mais digno o nosso Ceará, vote por um pais que a maioria de sua geração venha ter mais oportunidade em todos os setores, vote por você, por sua família e a que você certamente irá gerar. Vote.

ArtigoXXIII-São Paulo,20/09/10 -Filho de D. Nair e Seu Mozin.Fontes:Pessoais-E-mails-www.sosdrogasealcool.org-Comunidade:www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?

Da série "Coisas da República" -- postado por Armando Lopes Rafael


Adalberto quer os dólares – por Temístocles de Castro e Silva

(publicado no jornal O POVO, 20-09-2010)

Quem acompanha a vida nacional observa que uma semana não se passa sem que um escândalo não se registre na vida administrativa do País. E o que tem que se lamentar é que - por ironia do destino - a matriz dos escândalos é o Poder Legislativo, que alguns entendem como símbolo do regime democrático.Mereceu o mais amplo destaque, em todos os jornais, a roubalheira no município de Dourados, o segundo maior de Mato Grosso do Sul, depois da capital.Lá, a Polícia Federal levou, para uma “visita” de alguns dias, o prefeito, sua mulher, o vice-presidente da Câmara, quatro secretários municipais e oito vereadores.

No Amapá, alguns dias depois, também por corrupção foram presos o ex-governador Waldes Goes, que havia deixado o cargo em abril para concorrer ao Senado; o atual governador Pedro Paulo Dias; o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Júlio Miranda; além da primeira dama, Denise Carvalho, e mais duas dezenas de pessoas. Todos são suspeitos de integrar um esquema de corrupção, fraudes em licitações e desvio de verbas.

A roubalheira e a impunidade são tão corriqueiras na era Lula que o ex-assessor do deputado José Guimarães, Adalberto Vieira da Silva, flagrado com quase R$ 500 mil no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, aí incluídos US$ 100 escondidos na cueca, já contratou advogado para receber de volta a propina apreendida pela Polícia Federal. Afinal, como pode ser dono de quase R$ 500 mil um modesto assessor com salário de R$ 2 mil mensais? Além do mais, é corrente, no Congresso, que o dinheiro apreendido era a oitava remessa da propina ao PT no Ceará. Para ver se escapava, Adalberto declarou o montante à Receita. Resultado: foi multado em R$ 200 mil.

Deve ter raciocinado: se a filha do senador Sarney, Roseana, recebeu seu milhão e tanto, por que não vão devolver o meu? Disse ele à “Folha” (13/6/2010): “O dinheiro estava comigo, não pertence a ninguém. Eu declarei como sendo uma doação e pronto. Ninguém vai ouvir da minha boca quem é o doador. Sobre isso não falo”.

Themístocles de Castro e Silva -Jornalista e advogado

ALMANAQUE - 20 De setembro de 2010 - Por: Meirinha

ALMANAQUE

20 de Setembro: Dia do Gaúcho (Brasil).

* 1378 - É eleito o Antipapa Clemente VII, em oposição a Urbano VI, dando início ao Grande Cisma do Ocidente.
* 1519 - Fernão de Magalhães inicia a partir de Sevilha aquela que seria a primeira viagem de circum-navegação do mundo.
* 1977 - A República Socialista do Vietnã é admitida nas Nações Unidas.

Nasceram neste dia...

* 1900 - Castelo Branco, antigo presidente do Brasil (m. 1967).
* 1934 - Sophia Loren (na imagem), atriz italiana.
* 1975 - Juan Pablo Montoya, piloto colombiano.

Morreram neste dia...

* 1819 - Abade Faria, cientista luso-goês (n. 1746).
* 1957 - Jean Sibelius, compositor finlandês (n. 1865).
* 2005 - Simon Wiesenthal, arquiteto austríaco (n. 1908).

Fonte: Wikipedia

Recomeçar

Não importa onde você parou …
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo…
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto… sonhe alto…
queira o melhor do melhor…
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ….
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.
“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”


Carlos Drummond de Andrade

UMA ÓTIMA SEMANA A TODOS

Edições Anteriores:

Maio ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31