xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 19/07/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - CONVERSA FRANCA - O DESCASO NO CRATO - Dihelson Mendonça ( 30-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

19 julho 2010

A Necessidade de uma Solução Urgente para a Expocrato


Amigos,


Eu já estou para acreditar que o atual local da expocrato já não comporta mesmo a festa, como bem salientou o governador CID GOMES, e o motivo é muito simples: O Som Altíssimo que NUNCA é resolvido. A população é obrigada a ouvir o que não quer durante toda a semana da expocrato, porque não existe um controle eficiente.

Ninguém dorme direito devido ao barulho; O acesso ao local também é péssimo, com engarrafamentos kilométricos. Imagine ainda 500 carros tentando chegar ao parque de exposições sem conseguir, veículos esquentando, estacionamentos inexistentes, filas que não andam, gente irritada, turistas perdidos, insegurança, mêdo de ser assaltado a caminho de casa...ou se faz alguma mudança no parque de exposições atual como propõe sabiamente o Prefeito Samuel Araripe, ( pois da maneira que está não é possível mais continuar com 50.000 pessoas por dia empilhadas no centro do Crato ), ou se muda de local, para um local muito maior, que caiba, como foi proposta do governador ( se é que houve mesmo isso ).

Nos últimos dias, semana de exposição em Crato, os moradores de grande parte da cidade tiveram que ENGOLIR sem cuspe o imenso barulho que vinha lá do parque de exposições. Amigos, fomos obrigados a ouvir shows que não queríamos porque o som da expocrato chega por exemplo, na Vilalta, como se estivéssemos dentro do Parque de Exposições. Agora me digam como é que um som que deveria ser em torno de uns 100 decibéis consegue atravessar a cidade? Isso não existe em lugar nenhum do mundo ! As leis da Física não mudam de local para local.

Eu até gostaria de saber da Secretaria de Controle Urbano, dos órgãos de polícia, enfim, das autoridades responsáveis, se nessa festa de exposição, QUANTAS prisões existem por infrações à nova lei de abuso sonoro em Crato. QUANTAS ? A lei foi divulgada há poucos dias, têve até cartilha orientando, e foi na verdade, um grande triunfo em favor da PAZ na cidade.

NO PAPEL !

Mas eu desconfio que nesta expocrato, não deve haver UM SÓ caso relatado. Existe ? Pois deveria existir mesmo, sabe por quê ? Por toda a cidade não faltaram carros com som abusivo, pareciam trovões ambulantes. Se fôssemos contar quantos deles, e se todos fossem multados e presos, a esta altura, a cadeia do Crato estaria abarrotada de infratores, mas parece que a coisa rolou solta mesmo na expocrato. Que prove-nos o contrário, com dados e números sobre prisões e multas referentes a abusos exclusivamente SONOROS durante a Expocrato. Quantos existem ? Aguardaremos os dados oficiais. A minha real desconfiança é que:

"Suspende-se o exercício da Lei no período de Expocrato! - deixar a turma se divertir sem atrapalhar os foliões! ... E vai rolar a festa! Porque algumas LEIS só parecem válidas para os períodos fora da expocrato".

Se não for isso, como se Justificam os abusos cometidos ?

Dihelson Mendonça

EXPOCRATO:OS FILHOS DE FRANCISCO-Por Wilson Bernardo.

O show nem tanto,mas a visibilidade,pirotécnico da dupla,faz sim uma grande diferença na hora de se fotografar.Um momento agradável para o povão que curte sertanejo brega.
Belas dançarinas
Os irmãos
Arrebentam no palco
Cores e luz adequada
Descontração
Wilson Bernardo(Texto & Fotografia)

Sonho, pesadelo ou realidade - Por - M.Gabriella Federico


Chore por nós, Argentina
ALEXANDRE VIDAL PORTO

ESPECIAL PARA A FOLHA


Na semana passada, o Senado da Argentina aprovou lei pela qual casamentos de pessoas do mesmo sexo tornaram-se legais no país. Na América Latina, Uruguai, Equador, Colômbia e México já haviam adotado lei semelhante. Recentemente, Portugal tornou-se o 7º país europeu a regulamentar casamentos homossexuais e, no mês passado, a premiê da Islândia contraiu matrimônio civil com a parceira. Parece claro que essa é uma tendência irreversível. Mas as autoridades brasileiras insistem em continuar de olhos fechados para essa questão. O Congresso se recusa a discutir qualquer direito homossexual. É como se os legisladores decretassem a inexistência dos homossexuais no Brasil. Acontece que eles existem e estão em toda parte. São homens e mulheres, filhos e irmãos. Têm amigos. Dedicam-se a todas as profissões. Pertencem a todas as classes sociais e grupos étnicos. Pagam impostos, votam e contribuem para o progresso. Contudo, esses brasileiros vivem à míngua. No que diz respeito à proteção legal, dependem da caridade de algumas instituições. A regulamentação existente é pífia, e os homossexuais só contam com escassa jurisprudência. Não há proteção contra a violência e a discriminação. Casais do mesmo sexo têm de recorrer a uma brecha no Código Civil para formalizar as uniões nos termos de sociedade comercial, como se fossem coisas, e não pessoas.O ódio contra os homossexuais no Brasil é um fato real.

A TV os humilha cotidianamente. Transforma pessoas em piadas e agride milhões de cidadãos comuns, que sofrem calados ao ver sua natureza exposta como risível. Segundo o Grupo Gay da Bahia, o Brasil é campeão em assassinatos de homossexuais. Ainda assim, as autoridades negam-se a caracterizar a violência homofóbica como crime. É mais fácil fingir que o Brasil é uma democracia sexual, onde há respeito e proteção.Exatamente como fizeram gerações passadas em relação aos negros.

O Judiciário faz pouco, o Executivo faz muito pouco e o Legislativo faz nada. Nesse mecanismo de autoengano, transfere-se para o Executivo a responsabilidade sobre os direitos das minorias. O Executivo, por sua vez, prefere não mobilizar a bancada porque o tema não é prioritário.Por que desperdiçar capital político com um bando de gays, lésbicas e transexuais? No entanto, o avanço desses direitos no Brasil é uma questão de justiça e tem de ser confrontada. Os homossexuais não são piores que ninguém. Não é justo que sejam tratados como inferiores. O tratamento dado aos homossexuais no Brasil é covarde. Diante da inação do Congresso, o governo tem a responsabilidade. O presidente Lula deveria ter a mesma coragem que teve a presidente da Argentina e combater os promotores do atraso e da intolerância, estejam estes de farda, de terno ou de batina. Pode-se afirmar que o Brasil está às portas de se tornar desenvolvido, que seremos a quinta economia do mundo e que nunca na história o país esteve tão bem em desenvolvimento social. Essas afirmações, contudo, são falaciosas. O progresso não se conta apenas pelo tamanho e pujança da economia. Conta-se também pelo nível das liberdades individuais e pelo respeito à dignidade de seus cidadãos. Para um homossexual, tanto faz viver no Brasil ou no país mais subdesenvolvido do mundo. O país continuará a envergonhar seus cidadãos enquanto as minorias continuarem no abandono.

Diplomata de carreira, ALEXANDRE VIDAL PORTO é mestre em direito por Harvard e autor de "Matias na Cidade" (Record)

CRATO - Restaurante da URCA abre hoje oferecendo 6.000 refeições a 80 centavos


Restaurante Universitário da URCA tem primeiro dia de funcionamento hoje

O funcionamento do Restaurante Universitário (RU), o mais sonhado espaço dos estude hoje, dia 19, servindo 1.200 refeições diárias aos estudantes, professores e funcionários da Instituição. O equipamento seguirá os mesmos padrões da Universidade Estadual do Ceará (UECE). O estudante pagará pelas refeições R$ 0,80. O RU vem atender um público universitário de milhares de estudantes. Serão servidas por semana 6 mil refeições. A alimentação completa e balanceada, com acompanhamento de técnicos e nutricionistas, será servida de segunda à sexta-feira e os alunos deverão estar munidos de identidade estudantil, cedida pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PROAE). Serão 400 refeições pela manhã e 800 à noite. O RU foi inaugurado na última sexta-feira, com uma presença significativa de estudantes da URCA, o Reitor Plácido Cidade Nuvens, a Vice-Reitora, Otonite Cortez, o Secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior, René Barreira, Pró-Reitores e comunidade local. Na ocasião foi servido um coquetel aos participantes.

O Restaurante Universitário é uma bandeira de luta histórica dos estudantes e representa o investimento da atual Administração Superior da URCA, na melhoria das condições de estudo dos alunos. Com a entrega do RU aos estudantes a Reitoria cumpre um compromisso assumido com os alunos da URCA, durante a campanha para Reitor e Vice-Reitora da URCA. Foram investidos em obra, equipamentos e mobiliários o valor de R$ 413.541,32. O local escolhido para implantação do RU, o campus do Pimenta II, se deu devido a proximidade com o campus do Pimenta I que, dentre todos os Campi da URCA é o que congrega maior número de estudantes (mais de 3 mil), grande parte formada por trabalhadores e mais de 90% egressos da escola pública. A construção da obra e a aquisição dos mobiliários e equipamentos foram feitas através de processo licitatório. A empresa contratada para preparação e distribuição das refeições – foi vencedora do processo licitatório. Serão servidas diariamente mil refeições, almoço e jantar, esse último em maior quantidade. O restaurante terá a supervisão nutricional da Professora Deniura Galvão, formada em Nutrição e docente do Departamento de Enfermagem da URCA, e a supervisão administrativa da Professora Marlene Menezes, Pró-Reitora Adjunta da Pró-Reitoria de Desenvolvimento Universitário. A URCA arcará com o custo restante da refeição. Para isso, já foi reservado R$ 396 mil do custeio finalístico da Instituição. Os servidores (funcionários e professores) também terão acesso aos serviços do RU. A administração da Universidade, que tem à frente o Reitor Plácido Cidade Nuvens, e a Vice-Reitora, Otonite Cortez, demonstram, com a entrega do Restaurante Universitário, o compromisso irrestrito com a comunidade acadêmica e toda sociedade do Cariri e Centro-Sul, na valorização do ensino, da pesquisa e da extensão universitária.

Secretário anuncia a liberação de R$ 1 milhão para Conferência Panamericana

O secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado, René Barreira, anunciou, durante a reabertura no Museu de Paleontologia de Santana do Cariri, na sexta-feira última, a aprovação de R$ 1 milhão no orçamento do estado, para a realização, em novembro deste ano, da Conferência Panamericana de Geoparks, que atrairá dezenas de pesquisadores para a região. O Secretário afirma que nos próximos dias estará no Cariri para assinar a ordem de serviço, dando início a construção do Ginásio Poliesportivo da URCA, cuja obra vem sendo reivindicada pela comunidade estudantil há mais de 14 anos. Ele destacou o estado adiantado da obra da Residência Universitária, outra conquista da atual administração e toda a classe estudantil, que está sendo construída no Campus do Pimenta, além do restaurante popular, que será aberto na segunda, inaugurado pelo Secretário e o Reitor no último final de semana.

Assessoria de Comunicação Universidade Regional do Cariri - URCA (88) 3102-1212 ramal 2617 www.urca.br - Crato, 19 de julho de 2010.

Com 20 navios, China recolhe 50 toneladas de petróleo vazado


A China luta para conter o vazamento de 1,5 mil toneladas de petróleo que está vertendo de dois oleodutos, formando uma mancha de quase cem quilômetros quadrados na superfície perto do litoral de Dalian, ao nordeste de país. Mais de 20 navios que trabalham na extração do petróleo já retiraram 50 toneladas e estenderam ao longo de sete quilômetros redes e bóias para conter o vazamento, segundo informou nesta segunda-feira (19) o jornal oficial "Diário do Povo". A mancha se situa na superfície da zona na qual confluem o mar de Bohai e o Mar Amarelo, que separam a China da península da Coreia. Os analistas temem que a contaminação aumente. O departamento de Proteção Ambiental de Dalian colocou 30 bloqueadores para evitar que a contaminação se expanda.

"Ainda não foi atingida a área mais turística e a de praia", informou o subdiretor de Proteção Ambiental da cidade, Wu Guogong. Ele acrescentou que, apesar de restos de petróleo terem chegado à costa, em três quilômetros ao redor da zona afetada não há imóveis.

Incêndio

A maré negra é consequência de um incêndio que afetou dois oleodutos de propriedade da gigante estatal China National Petroleum Corp. (CNPC) e do porto de mercadorias Xingang em Dalian, embora não tenha provocado danos pessoais. Pelas primeiras investigações, na sexta-feira foi registrada uma explosão em um oleoduto próximo ao porto, cujas chamas se propagaram para outro encanamento que corre paralelo ao primeiro e causaram ao menos outras cinco pequenas detonações. Em comunicado, o porto de Dalian informou que os danos na infraestrutura marítima são limitados, embora as operações nos píers de petróleo permaneçam fechadas. O acidente ocorreu logo após deixar o local um petroleiro com bandeira liberiana que descarregou por meio dos condutos 300 mil toneladas de petróleo. As autoridades chinesas bloquearam a embarcação para investigação, pois não descartam que esta seja a causa direta da maré negra.

Cúpula

A poluição preocupa o governo. O presidente, Hu Jintao e o primeiro-ministro, Wen Jiabao, deram ordens diretas de investigar o acidente. "Uma equipe de investigação foi formada no domingo pela manhã para analisar a explosão, mas a causa ainda não foi determinada", indicou Sun Benqiang, subdiretor do escritório municipal de Segurança do Trabalho de Dalian. Outros meios chineses apontam que uma operação "inadequada" de transposição do petróleo a partir do navio para terra aparece como a razão mais provável do desastre. Por sua vez, a companhia petrolífera CNPC prometeu "fazer todo o possível" para reduzir o impacto do acidente, assegurou que as válvulas dos oleodutos foram fechadas e que já não são registrados vazamentos. Dalian é uma importante cidade litorânea do nordeste da China, com mais de 6 milhões de habitantes, e conta com o segundo maior porto de mercadorias do gigante asiático.

DA EFE, EM PEQUIM - Via Folha.com
Foto: Reuters

A Invenção do Século ? - Cientistas criam Injeção sem Dor !


Cientistas criam 'vacina adesivo' para evitar dor de injeção. BBC Brasil. Pesquisadores americanos estão desenvolvendo uma vacina em forma de adesivo que poderia substituir as dolorosas seringas de injeções. O adesivo tem centenas de agulhas microscópicas que se dissolvem quando em contato com a pele. Cada adesivo contem 100 "microagulhas" com 0,65 milímetros de comprimento. Os adesivos foram desenvolvidos pela Emory University e pelo centro científico Georgia Institute of Technology. Testes feitos em camundongos mostraram que a nova tecnologia pode ser até mais eficaz na imunização contra doenças como gripe.

Custo

Camundongos que receberam vacina antigripe através dos adesivos desenvolveram um sistema imunológico mais resistente do que os que receberam a vacina pelo método tradicional. Em pesquisa publicada na revista científica Nature Medicine, os cientistas disseram que com os adesivos as pessoas poderiam administrar as vacinas em si mesmas. Hoje em dia, a maioria das vacinas precisa ser administrada por pessoas com treinamento em enfermagem. A tecnologia também ajudaria a aplicação de vacinas em larga escala durante pandemias ou em situações de calamidade. "Nós imaginamos as pessoas recebendo o adesivo pelo correio ou comprando na farmácia e se automedicando em casa", afirma Sean Sullivan, pesquisador da Georgia Tech. "Como as microagulhas do adesivo se dissolvem na pele, não sobrariam agulhas perigosas no processo." Richard Compans, professor da Emory University e co-autor do artigo, explica que as microagulhas não precisam penetrar muito profundamente na pele, pois há muitas células do sistema imunológico imediatamente abaixo da superfície da pele. "Esperamos poder fazer alguns testes em humanos em alguns anos", disse.

Na pesquisa publicada na revista científica, os pesquisadores usaram apenas vacina antigripe, mas eles esperam poder desenvolver adesivos com outros tipos de vacinas. Outro desafio da pesquisa é manter o custo baixo, no mesmo nível da produção de seringas.

Fonte: G1

Juazeiro do Norte: Mototaxistas circulam com novo uniforme - Reportagem: Elizângela Santos


DURANTE REUNIÃO, mototaxistas de Juazeiro discutem padronização de uniformes e motos. Eles estão recebendo nova farda e terão até janeiro de 2011 para pintar as motocicletas - ELIZÂNGELA SANTOS. O processo de padronização foi discutido e acordado entre profissionais, órgão de trânsito e sindicatos

Juazeiro do Norte. Mototaxistas deste município deverão percorrer as ruas da cidade, a partir do dia 15 de agosto, com uniforme padrão. A definição aconteceu durante reunião na noite de quarta-feira, entre a Secretaria Municipal de Segurança Pública, Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), os próprios mototaxistas, representados por entidade sindical da categoria, e cerca de 300 profissionais, em reunião realizada no Ginásio Poliesportivo. Também será encaminhada à Câmara Municipal a proposta de mudança na lei, que retira a obrigatoriedade de ter 10 anos de condução para exercer a profissão, permanecendo as vistorias, mediante conservação do veículo.

Fiscalização

O trabalho de padronização e organização dos serviços vem sendo acompanhado desde o ano passado, por meio de acordos entre a categoria e o Demutran. O órgão de trânsito intensificou a fiscalização para conter os mototaxistas clandestinos. Segundo o diretor geral do Demutran, Péricles Cardoso, mais de 30 motos foram apreendidas por estarem circulando ilegalmente. Ele afirma que a fiscalização será intensificada, e quanto mais o processo de padronização das motos e motoqueiros avançar, mais fácil será de atuar na retirada dos motoqueiros que atuam de forma irregular. Foram cadastrados pelo órgão 1.666 mototaxistas que estão circulando na cidade. Eles terão que pintar suas motocicletas na cor laranja até o último dia de janeiro de 2011. As batas também são da mesma cor e a primeira remessa de uniformes e adesivagem foram dadas pela administração local. Para o presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Juazeiro, Clóvis Mendonça, o projeto de padronização e organização da categoria tem se encaminhado de maneira positiva. Ele afirma que em 40 anos de atividade no município, nunca foram contabilizados tantos avanços.

Conforme o presidente do Sindicato, até o mês de novembro, se espera chegar a pelo menos 50 por cento do processo de organização, faltando apenas a finalização da pintura das motos. Todos as motos deverão ter pelo menos a adesivagem. Duas propostas de data limite foram colocadas em reunião para a padronização do uniforme: 15 de setembro ou no dia 30 do mesmo mês. Para Clóvis Mendonça, a categoria tem muitos profissionais que querem ver o trabalho caminhar de forma organizada e que realmente exercem a profissão de mototaxista. "Querem se legalizar e oferecer uma melhor segurança à população", diz ele. Os prazos para regularizar uniformes e motos foram acordados entre o Demutran e os mototaxistas. O uniforme doado ainda está sendo entregue aos profissionais. E a pintura sairá em torno de R$ 200,00

MAIS INFORMAÇÕES
Departamento de Trânsito de Juazeiro
Rua Beata Maria de Araújo, s/n
(88) 3571.5822 / 3571.5826

Avanço
"Nós estamos avançando na padronização e organização da categoria"
Clóvis Mendonça
Presidente do Sindicato

"Esse processo dá qualidade para o nosso trabalho e segurança para a categoria"
Aldenor Nascimento
Mototáxi

Elizângela Santos
Repórter do Diário do Nordeste

Colaboradora do Blog do Crato

CRATO - 80% aprovam criação de Ponta da Serra - Reportagem: Antonio Vicelmo


Em ponta da Serra, no Crato, a pesquisa popular apontou 80% de aprovação para que o distrito seja emancipado. FOTO: ANTÔNIO VICELMO.

Crato, Mauriti e Missão Velha podem perder territórios caso os distritos sejam desmembrados. Os distritos de Ponta da Serra, no Crato; Palestina do Cariri, em Mauriti; e Jamacaru, em Missão Velha estão na relação dos 30 povoados que pleiteiam sua emancipação política. Em todos eles, o clima é de otimismo. Os pequenos focos de resistência são desmontados com campanhas educativas. Para que cada município seja criado, a lei obriga que um plebiscito seja realizado com os moradores para saber se concordam ou não. Caso o resultado indique a criação, os deputados é que vão tomar a decisão final.

Sentado em uns dos bancos da pracinha em frente à igreja de Ponta da Serra, a 13km do Crato, o aposentado José Catingueira da Silva, 81 anos, fixa o olhar na imagem de São José, padroeiro do distrito e afirma: "O meu sonho é ver Ponta da Serra virar cidade". Este é o sonho da maioria dos moradores da localidade. De acordo com eleição simulada, feita pelo professor Antonio Correia Lima, proprietário da Rádio Difusora de Ponta da Serra, 80% dos eleitores são a favor da autonomia política e administrativa do distrito. Correia conduzia a urna eleitoral de porta em porta para evitar que o eleitor votasse mais de uma vez. A partir desta semana, será desencadeada uma campanha em todos os distritos e sítios do Crato com a finalidade de conscientizar a população de que, com a emancipação, Ponta da Serra vai ganhar e o Crato não vai perder nada. A campanha tem como slogan "Diga Sim à Ponta da Serra".

O pequeno empresário José Geraldo de Lima Filho, conhecido por "Talzinho", comemora a emancipação. A independência do Município é defendida também pela dona de casa Marly Silva de Menezes que, segundo afirma, com um bom prefeito a nova cidade vai se desenvolver. "O Crato era uma cidade pequena, menor do que Ponta da Serra", compara.

Mulher no poder

Para a dona de casa Maria Ferreira Silva, conhecida por "Maricou" essa história de emancipação é conversa fiada. Todo ano de eleição se fala no assunto e nada acontece. Ela diz que Ponta da Serra só vai para frente quando for entregue às mulheres. "Os homens daqui não estão com nada, a gente não tem segurança; falta, por exemplo, um posto policial", completa. De acordo com o advogado e presidente da Associação do Movimento de Emancipação de Ponta da Serra, Francisco Dionísio Alves, o distrito tem amplas condições de ser emancipado. Estima-se que, hoje, o distrito ultrapassa os 10.824 habitantes. Dispõe de rede elétrica, abastecimento de água canalizado, linha telefônica, posto de atendimento médico, posto policial, posto dos correios, escola de Ensino Infantil e Fundamental (com mais de 1.200 alunos matriculados), escola de Ensino Médio (mais de 400 alunos matriculados), além de outras estruturas prediais. Em termos de comunicação, a sede conta com dois pequenos jornais mensais, um serviço de amplificadora e dois provedores via rádio para acesso à internet.

No que se refere a atendimento bancário, conta com um correspondente bancário da Caixa Econômica Federal, em funcionamento há mais de um ano. O comércio local é constituído de oito microempresas no ramo de mercearia, butique, material de construção e dez pequenos estabelecimentos comerciais.

Pesquisa

De acordo com o levantamento feito pela Associação, a vila conta com 768 prédios. O distrito conta com 20 pequenas cerâmicas e algumas cerâmicas de grande porte que empregam centenas pessoas residentes na área do distrito e uma indústria de britagem de grande porte. Recentemente, foi inaugurada uma mini indústria de leite, no Sítio Malhada. No entorno do perímetro urbano existem a Vila Malhada, Vila São Francisco, Vila Palmeirinha dos Vilar, Vila Rodeador, Vila Altos, Vila Juá e a Vila Palmeirinha dos Brito.

Antonio Vicelmo
Repórter do Jornal Diário do Nordeste
Colaborador do Blog do Crato

CEARÁ - 76 mulheres assassinadas só no primeiro semestre de 2010


Uma rotina sem fim: mulheres são assassinadas de forma cruel por seus atuais ou ex-companheiros em todo o Ceará - FOTO: JOSÉ LEOMAR - Caso essa tendência não mude, teremos neste ano o maior índice de crimes contra a mulher dos últimos tempos.

Sombrio. Os números relativos às mulheres assassinadas no primeiro semestre deste ano, no Ceará, superam as estatísticas até aqui levantadas. Nada menos do que 76 vítimas sucumbiram diante de seus algozes, normalmente, os próprios companheiros ou ex-namorados, maridos, que matam de forma banal. O Brasil ainda não se refez das duas últimas tragédias envolvendo crimes bárbaros contra a mulher. Em São Paulo, a advogada Mércia Nakashima foi encontrada morta, boiando numa represa. O principal suspeito, seu ex-namorado, Mizael Bispo, que teria contratado um vigilante para fazer o "serviço". Em Minas, a ex-amante do goleiro do Flamengo, Bruno teve um fim macabro, sem comparação até mesmo com os mais violentos filmes produzidos pela indústria do cinema. Depois de morta e esquartejada, Eliza Samudio, 24,teve os seus restos mortais atirados para os cães, segundo inquérito policial.

Essa autêntica dizimação contra o sexo feminino no Estado teve o recorde em 2009, levando-se em consideração os últimos seis anos, com 136 assassinados, conforme levantamento do jornal. Nos primeiros seis meses de 2010, foram 76 crimes. Caso se mantenha essa realidade sangrenta, passaremos dos 150. Na região do Cariri, onde cerca de 20 mulheres são trucidadas todos os anos, os números levaram muitos especialistas a estudar o "fenômeno". Para monitorar essa triste realidade, a Universidade Estadual do Ceará (Uece) criou, este ano, o Observatório de Violência contra a Mulher (Observem). A assistente social e doutora em Sociologia, Maria Helena de Paula Frota, coordenadora da instituição, acredita que a cultura da impunidade e o machismo, que perduram de há muito, são as principais causas de tanta atrocidade contra a mulher. "Os agressores acreditam que não serão punidos. Por isso agem dessa forma. Quando a Lei Marinha da Penha entrou em vigor, no final de 2007, tivemos logo a seguir (em 2008) uma diminuição dos casos de agressão e assassinato. Depois, as estatísticas voltaram a subir. Apesar disso, ainda creio que possamos mudar essa realidade", afirma Maria Helena.

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

Edições Anteriores:

Dezembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 30