xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 14/07/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

14 julho 2010

Lançamento do livro “Cariricaturas em Verso e Prosa” - Por: Emerson Monteiro


Colaboradores de um dos tantos BLOGS editados na região do Cariri, o Cariricaturas, em número de 33 autores resolveram editar uma antologia com poemas, crônicas, contos e ensaios, sob o título “ Cariricaturas em Verso e Prosa”. Coordenado por Socorro Moreira, Claude Bloc e Émerson Monteiro, os autores desse livro estarão logrando o trabalho publicado em Juazeiro do Norte – CE, pelo BSG Bureau de Serviços Gráficos, no dia24 de Julho, em uma noite de autógrafos coletiva, com uma performance poética seguida de uma festa dançante animada por Hugo Linard e banda. Para essa festa de lançamento, estão sendo vendidas 100 mesas no preço de R$ 40,00 cada uma, o que dará direito a um exemplar da obra lançada.

O livro é o renascimento da região após a grande diáspora dos anos 60, quando a primeira grande geração (estou usando um conceito alargado para geração que envolve da metade dos anos 50 até o final dos anos 70) de universitários teve que ir ao litoral encontrar oportunidade. Pois bem, este livro é a desfeita daquele êxodo. Por isso é que, materialmente, o Cariricaturas em Verso e Prosa está ligado à internet. Foi este instrumento de telecomunicação e processamento rápido que permitiu este reencontro. Que fez o território ser muito maior do que os que permanecem nele. Pelo livro do Cariricaturas a região é um centro simbólico além das limitações do espaço e do esquecimento do tempo. Ele desnuda aquilo que suspeitavam estivesse encantado, mas na realidade é um encanto de sedução, pois tudo o mais está tão evidente a quem queira enxergar. Em 24 de julho quando as páginas começarem a ser lidas, o orgulho de sermos um ente coletivo será maior do que a mera casualidade de ter ali a denominação de autor ou não. Seremos um ser múltiplo como desejam todas as nações. Seremos um povo. Não uma tribo. Não esqueçamos que os cariris eram um povo. Que os portugueses eram um povo. E os africanos eram muitos, mas com um único cordão umbilical de se tornarem cearenses, caririenses, cratenses.

Adaptação dos textos de Émerson Monteiro e José do Vale Pinheiro Feitosa.

Texto enviado por: Emerson Monteiro

COMPOSITORES DO BRASIL


“Pobre não é um
Pobre é mais de cem
Muito mais de mil
Mais que um milhão
E vejam só...
E só de vez em quando
Pobre é feliz”
(Cicatrizes, Zé Kéti)

ZÉ KÉTI

Por Zé Nilton

Em dezembro de 1964 o parafuso da ditadura militar implantada no Brasil em 31 de março daquele ano ainda não havia iniciado o aperto ao madeiral das artes e dos artistas no país.

Estamos no momento do grande movimento no teatro brasileiro com repercussão significativa para a Música Popular Brasileira. Dois renomados compositores compunham o elenco do Show Opinião – João do Vale e Zé Kéti. Duas trajetórias de vida com origens de classe e de cor parecidas. Igualmente donos de uma musicalidade a serviço da transformação do homem e do mundo.

O inspirado compositor e poeta José Flores de Jesus – na carteira de identidade do Brasil de baixo - confirmam a tese do eminente crítico Tinhorão. Os compositores cariocas são oriundos das classes subalternas da sociedade, sobrevivendo de pequenos ofícios ou de empregos de baixo status no funcionalismo público. Zé Kéti chegou a largar a vida de artista para trabalhar como soldado de Polícia no Rio nos começos da década de 1940. Assim como Lupicínio Rodrigues e tantos outros, a corporação não segurou a inquietude rolando na cabeça do soldado Flores.

Cantou o mundo em que viveu e por via de conseqüência produziu uma vasta obra de inegável valor para a identidade de nossa musicalidade. O morro, a periferia, os botequins, os lugares dos pobres são espaços marcantes na poética denunciadora deste excelente compositor brasileiro.

Naqueles idos dos anos de chumbo e até recentemente a nossa classe média acalentava o sonho (o discreto charme da burguesia?) de transformação social de realidade teimando buscar nas raízes culturais brasileiras seu suporte teórico para a ação revolucionária. Foi nesta que o Teatro de Arena – lá estão Augusto Boal, Oduvaldo Viana, Armando Costa, Paulo Pontes, Tereza Goulart, CPC da Une – elevou o experiente compositor Zé Kéti à condição de artista cênico.

A peça Opinião foi baseada na sua música. A opinião de um caboclo que reinventa o cotidiano “apesar de você” e dos dissabores da vida de pobreza:

“Daqui do morro eu não saio não
Se não tem água eu furo um poço
Se não tem carne eu compro um osso
E ponho na sopa
E deixa andar”...(
Opinião).

Igualmente, suas músicas são transformadas em trilhas sonoras nas películas de Nelson Ferreira dos Santos, Roberto Santos, Leon Hirszman, Cacá Diegues...
Nossa homenagem ao renovador da Música Popular Brasileira, no programa Compositores do Brasil desta quinta.

De conversa em conversa, apresentaremos um pouco de sua história enquanto ouviremos:
ABERTURA, com Zé Kéti, Nara leão, João do Vale etc.

CICATRIZ, Zé Kéti e Hermínio Belo de Carvalho com Zé Kéti
PEÇO LICENÇA, de Zé Kéti com Zé Kéti
A VOZ DO MORRO, de Zé Kéti com Os Demônios da Garoa
O FAVELADO, de Zé Kéti com João do Vale, Zé Kéti e Nara Leão
MALVADEZA DURÃO, de Zé Kéti com Elizeth Cardoso
PRAÇA 11, BERÇO DO SAMBA, de Zé Kéti com Zé Kéti
VOCÊ NÃO FOI LEGAL, de Zé Kéti e Celso Castro, com Wilson Miranda
DIZ QUE FUI POR AI, de Zé Kéti Hortêncio Rocha, com Zé Kéti
OPINIÃO, de Zé Kéti com Zé Kéti
NEGA DINA, de Zé Kéti com Zé Renato & Alcione
MASCARADA, de Zé Kéti e Elton Medeiros, com Zé Kéti
MÁSCARA NEGRA, de Zé Kéti com Zé Kéti

Quem ouvir verá!

Informações:
Programa Compositores do Brasil
Sempre às quintas-feiras, de 14 horas as 15 h.
Rádio Educadora do Cariri – 1020 kz
Pesquisa,produção e apresentação de Zé Nilton
Retransmitido pela www:cratinho.blogspot.com

FESTIVAL CARIRI DA CANÇÃO 2010: Por Janinha.

A Prefeitura Municipal do Crato, através da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude inicia hoje as inscrições do Festival Cariri da Canção Estudantil 2010. O evento de natureza educativa, artística e cultural acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de Outubro desse ano. As fichas de inscrições e o Edital serão disponibilizados no site da Prefeitura do Crato, www.crato.ce.gov.br e na sede da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude a rua Teopisto Abath no Centro Cultural do Araripe, no Largo da RRFSA.

Poderão participar do Festival, estudantes do Ensino Médio, Cursinhos Pré-vestibulares, Cursos Técnicos e Universitários regularmente matriculados na rede de ensino da região Metropolitana do Cariri (Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Caririaçu, Farias Brito, Jardim, Nova Olinda, Missão Velha e Santana do Cariri).


O Festival da Canção Estudantil 2010, visa entre outras coisas fortalecer os elos da Secretaria da Cultura, Esporte e Juventude do Crato, as unidades Escolares e Universitárias, através da relação pautada na produção artística e na mobilização da comunidade estudantil, bem como estimular a promoção de um ambiente educativo prazeroso e lúdico, no qual a cultura, a arte e a educação se expressem em uma mesma ação, contribuindo para transformar o universo estudantil em um espaço vivo e significativo para os jovens.

Mais informações 88 3523-2365.
 
Visitem o blog da cultura:
http://culturacrato.blogspot.com

CANTA CEARÁ: Por Janinha

fonte: http://culturacrato.blogspot.com

O Fesival Canta Ceará reunirá 63 bandas iniciantes de pop, MPB, reggae e rock, em 07 (sete) regiões do Ceará. As apresentações das seletivas ocorrerão nos meses de agosto e setembro/2010, nas seguintes cidades: Fortaleza, Crato, Limoeiro do Norte, Quixadá, Tauá, Sobral e Itapipoca. As bandas participantes do Canta Ceará serão indicadas a partir de inscrição antecipada e pré-seleção realizada pela produção do Festival. A banda vencedora de cada uma das seletivas receberá a indicação automática para participar da grande final, que ocorrerá 25 de setembro de 2010, no Centro Cultural Dragão do Mar, em Fortaleza-Ce. Nessa ocasião, o corpo de jurados escolherá as bandas vencedoras do Canta Ceará.

Maiores informações e inscrições veja nosso site: http://www.cantacerara.com.br

Amanhã, Quinta-Feira, Dia 15 de Julho, 20h, Festa de lançamento do Livro "CRATO TÊNIS CLUBE"- Por: Diana Pierre


NÃO PERCA !

Uma Viagem Nostálgica aos Anos Dourados do CRATO TÊNIS CLUBE.

Com um Cocktail e um Baile Dançante animado por Hugo Linard e seu Conjunto, será realizado no salão do Crato Tênis Clube nesta quinta-feira dia 15 de Julho, o lançamento de um dos mais importantes livros do ano, sobre a História, as Histórias, e Depoimentos sobre o mais importante Clube da Sociedade Cratense. O livro foi escrito por mais de 20 pessoas, que compartilham relatos acerca dos grandes bailes, carnavais, Reveillons, curiosidades e outros fatos pitorescos que aconteceram no Crato Tênis Clube nas décadas de 50, 60 e 70. A entrada custa R$ 20,00 e dá direito a receber um exemplar do livro. São esperadas mais de 500 pessoas no evento. Vale salientar que este livro é coordenado pelo mesmo grupo que lançou no ano passado, o já famoso "ANOS DOURADOS - PRAÇA SIQUEIRA CAMPOS". Hoje, dia 14, haverá uma homenagem da banda municipal na Praça Siqueira Campos, às 19h.

Prestigie!
Compareça ao Crato Tênis Clube nesta Quinta-feira dia 15 de Julho, e se delicie com o Cocktail, com o baile, reveja os velhos amigos dos Anos Dourados do Crato Tênis Clube !

Fonte: Diana de Albuquerque Pierre
Foto: Diana Pierre - Por: Dihelson Mendonça

Crato em Época de Exposição - Milhares de Pessoas nas Ruas...

Como uma imagem vale mais que 1000 palavras, eu vou apenas mostrar como está o Crato hoje. Devido à expocrato, ruas caóticas, cheias de gente, filas intermináveis, e o sempre perigo dos assaltos...

Dsc07611

Dsc07634

Dsc07616

Dsc07590

Dsc07622


Dsc07626

Fotos: Dihelson Mendonça
Proibida a Cópia e Utilização sem a autorização do autor.

Estátua do Padre Cícero será tombada e reformada - Postado por Océlio Teixeira

A estátua do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte, depois de 40 anos de sua inauguração, finalmente vai receber cuidados especiais. O monumento, além de ter a estrutura restaurada, será tombado como patrimônio nacional. O projeto - iniciativa do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Ceará (Iphan–CE) - pretende preservar um dos maiores símbolos de religiosidade nordestina.
A restauração, que ainda não tem previsão para iniciar, custará cerca de R$ 150 mil, de acordo com o superintendente do Iphan Ceará, Clodoveu de Arruda. Ele informou que a verba já está garantida e o processo de licitação deve iniciar em breve. Paralelo à restauração, serão realizados estudos dos aspectos históricos, sociológicos, culturais e arquitetônicos do monumento para que seja tombado. O grupo de trabalho já começou inclusive a se reunir.
Para contemplar todo o projeto, que inclui ainda obras no entorno, Clodoveu informou que está sendo firmada uma parceria com o Governo do Estado. “A verba que já conseguimos (R$ 150 mil) é exclusivamente para a restauração da estátua”, explicou. Segundo ele, o governador Cid Gomes já se manifestou sinalizando apoio à reforma e ao tombamento. (Gabriela Meneses)
SAIBA MAIS
Com 27 metros de altura, o monumento jamais passou por uma restauração, recebendo apenas pequenos reparos.
A estátua, apesar da pintura desgastada e de pequenas rachaduras, não apresenta risco para visitantes.
No ano passado, a estátua estava sem a ponta dos dedos da mão direita . O problema foi resolvido com reparos emergenciais.
Em agosto, o Iphan iniciará o estudo dos lugares sagrados de Juazeiro. A ideia é identificar quais os pontos considerados sagrados pela tradição católica. A identificação permitirá a preservação da memória.
Fonte: O POVO

Cientistas criticam novo código florestal - Postado por Océlio Teixeira

Os ruralistas adoram falar que têm a ciência do seu lado ao propor mudanças no Código Florestal – a saber, redução de áreas de preservação permanente (APPs), como mata nas margens de rios e topos de morro, e da reserva legal, quando não pregam seu fim. A verdade, contudo, está bem distante.
Os dois principais grupos representativos da classe científica no Brasil – a Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) – divulgaram uma carta conjunta repudiando o relatório apresentado pelo deputado Aldo Rebelo (PCdo-B-SP), aprovado na semana passada pela comissão que tratou do tema na Câmara apesar da oposição de diversos setores da sociedade civil, inclusive as ONGs.
O presidente da SBPC, Marco Antonio Raupp, e da ABC, Jacob Palis, afirmam que a comunidade científica não foi de fato consultada no processo, ao contrário do que Aldo afirma, e que a proposta “foi pautada muito mais em interesses unilaterais de determinados setores econômicos”.
“Se os ruralistas de fato tivessem a preocupação em montar uma proposta séria de reforma do Código Florestal, deixariam de lado seus cientistas de aluguel e passariam a ouvir quem faz e entende mesmo de ciência no Brasil, representados por esses dois grupos, SBPC e ABC”, afirma Paulo Adario, diretor da campanha da Amazônia do Greenpeace.
Leia a seguir a íntegra da carta conjunta:
"Senhor Deputado,
O Brasil foi o primeiro país do mundo a buscar uma agricultura tropical altamente produtiva, fruto principalmente de investimentos contínuos em ciência e tecnologia. Com o aumento da produtividade das principais culturas agrícolas, a agricultura brasileira ganhou destaque mundial e passou a contribuir, decisivamente, para o desenvolvimento econômico e social do país, produzindo alimentos, fibras e bioenergia para o consumo interno e para exportação.
O Brasil já é uma potência agrícola, mas deve ser observado que o paradigma predominante em outras potências agrícolas do mundo desenvolvido é o do aumento da produtividade e não da expansão das fronteiras agrícolas. A competitividade se dá no terreno de maior inserção de ciência e tecnologia na produção e maior agregação de valor nas cadeias produtivas agrícolas e pecuárias.
Paralelamente, o Brasil ainda preserva grandes áreas intactas que abrigam uma extensa gama de formas de vida, caracterizando o país como detentor de uma megabiodiversidade. Portanto, o país tem a chance única na história de conciliar uma agricultura altamente desenvolvida com vastos ecossistemas naturais preservados e ou conservados que produzem uma gama de serviços ambientais dos quais a própria agricultura depende, dentre eles se destacam a manutenção da fertilidade dos solos e suas propriedades físicas e a produção e sustentabilidade dos regimes hídricos dos ecossistemas.
Editado em 1965, e substancialmente reformulado em 1989, o Código Florestal, constitui-se até hoje na peça fundamental de uma legislação ambiental reconhecida com uma das mais modernas do mundo. Ainda passível de aperfeiçoamentos como qualquer legislação, o Código Florestal é um arcabouço legal fundamental na manutenção de paisagens multi-funcionais que permitam seu aproveitamento tanto para a produção de alimentos, fibras e bioenergia; como também para preservação e manutenção dos ecossistemas, com amplos benefícios para toda a população.
Baseando-sen na premissa errônea de que não há mais área disponível para expansão da agricultura brasileira, o Congresso brasileiro propôs, recentemente, uma reformulação do antigo Código Florestal.
Infelizmente, a reformulação desse Código não foi feita sobre a égide de uma sólida base científica, pelo contrário, a maioria da comunidade científica não foi sequer consultada e a reformulação foi pautada muito mais em interesses unilaterais de determinados setores econômicos.
Em decorrência, a comunidade científica brasileira se encontra extremamente preocupada frente às mudanças propostas, pois esta comunidade antevê a possibilidade de um aumento considerável na substituição de áreas naturais por áreas agrícolas em locais extremamente sensíveis como são as áreas alagadas, a zona ripária ao longo de rios e riachos, os topos de morros e as áreas com alta declividade.
As mudanças do Código Florestal igualmente poderão acelerar a ocupação de áreas de risco em inúmeras cidades brasileiras, estimular a impunidade devido a ampla anistia proposta àqueles que cometeram crimes ambientais até passado recente e a oportunidade de Estados brasileiros utilizarem a prerrogativa de legislar sobre temas ambientais para atrair futuros investimentos associados a mais degradação ambiental no meio rural.
Esta substituição levará, invariavelmente, a um decréscimo acentuado da biodiversidade, a um aumento das emissões de carbono para a atmosfera, no aumento das perdas de solo por erosão com consequente assoreamento de corpos hídricos, que conjuntamente levarão a perdas irreparáveis em serviços ambientais das quais a própria agricultura depende sobremaneira, e também poderão contribuir para aumentar desastres naturais ligados a deslizamentos em encostas, inundações e enchentes nas cidades e áreas rurais.
Assim sendo, a comunidade científica reconhece claramente a importância da agricultura na economia brasileira e mundial, como também reconhece a importância de aperfeiçoar o Código Florestal visando atender a nova realidade rural brasileira.
Entretanto, entendemos que qualquer aperfeiçoamento deva ser conduzido à luz da ciência, com a definição de parâmetros que atendam a multi-funcionalidade das paisagens brasileiras, compatibilizando produção e conservação como sustentáculos de um novo modelo econômico que priorize a sustentabilidade.
Desta forma podemos chegar a decisões consensuais, entre produtores rurais, legisladores, e a sociedade civil organizada, pautadas por recomendações com base científica, referendadas pela academia e não a decisões pautadas por grupos de interesses setoriais, que comprometam de forma irreversível nossos ecossistemas naturais e os serviços ambientais que desempenham."
Fonte: http://www.greenpeace.org/brasil
Foto: Greenpeace/Daniel Beltra

O Que Acontece no Crato e na EXPOCRATO: CPM 22 - Por Wilson Bernardo

AS PALAVRAS EM POEMAS.
Nos caminhos das plantações
O camponês roceiro
Eterniza as palavras em poemas
Construindo o favor das fomes.
Terras abundantes
Colheitas quando o próprio homem
Enterra em cova rasa
Sementes a espera dos frutos.
Pés rachados no plantio
Das abundâncias.
Wilson Bernardo(Poema & Fotografia)

EXPOCRATO: CAMINHADA DE ALERTA PARA DST/AIDS - Por Wilson Bernardo

A secretaria de Saúde do Crato realizou na tarde de terça-feira, caminhada de alerta contra o tabagismo, assim como doenças sexualmente transmissíveis (DST) e AIDS. Foram distribuídos aos cratenses e visitantes material informativo, e preservativos, para um controle mais adequado das doenças sexualmente transmissíveis.

Preparativos de material de informação

Maria Bonita e Lampiseixas, aderindo à campanha

Visitantes e artistas recebem preservativos e informações básicas

Todos sem exceção recebem preservativos

Olha aí o Coronel Adauto Bezerra e Rommel Bezerra, sendo informados da campanha DST e AIDS pela primeira dama do Município Mônica Araripe.

Barracas foram visitadas pela equipe de apoio

A Secretaria de Saúde do Município do Crato, Nizete participa da campanha,na caminhada da saúde para todos.

Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

Blog do Crato lançará ENCICLOPÉDIA DO CARIRI nas Comemorações pelos 5 Anos do Blog do Crato em Janeiro 2011


NE - Matéria em Destaque
Bom Dia, Crato!

As cobranças não foram poucas ao longo desses 5 anos de existência, para que tivéssemos uma versão impressa do Blog do Crato. Pessoas de diferentes partes do país sempre enviaram e-mails e telefonemas no sentido de obterem uma publicação impressa de grande qualidade e envergadura. Ainda em 2008, eu prometi a esses leitores que iria pensar sobre o assunto. Hoje, quando o Blog do Crato se tornou a maior referência da cidade do Crato na Internet em história, tradições, Arte e Cultura, seja através dos nossos mais de 13.500 artigos já publicados através de mais de 80 escritores, seja pelo volume monumental de acessos que atingimos a cada mês, faz-se necessária uma reavaliação desses pedidos. Na verdade, há muito tempo alguém nos deu a idéia: Porque não lançar todo o Blog em papel ? A questão não é tão simples de resolver, pois envolve investimentos e pessoal que fará a necessária pesquisa e seleção dentre milhares de artigos. Por outro lado, a publicação de periódicos envolve a criação de uma plataforma de produção de publicações periódicas, como também a contratação de profissionais competentes como diagramadores, redatores, etc. O Jornal, hoje transformado em Revista OnLine Chapada do Araripe, www.chapadadoararipe.com é uma das minhas tentativas do ano de 2009 de levar para um modelo de periódico eletrônico a experiência de 5 anos com o Blog do Crato.

De qualquer modo, hoje estamos cada vez mais municiados de experiência e know-how para realizarmos esse projeto, que deveria ter começado já no início de 2010, mas a viagem sem retorno de um dos maiores diagramadores que o Cariri já têve para São Paulo, a saber, o nosso grande amigo Thiago ( Português ), nos impediu de prosseguir nesses planos. Mas a idéia não murchou. Através dos meus inúmeros contatos recentemente, como Assessor de Imprensa, além da confecção do meu recente CD/LIVRO "A Busca da Perfeição", em que foram empregados o que há de melhor em termos de impressão e pessoal especializado, é com muita satisfação que eu comunico que iremos SIM, lançar um periódico impresso do Blog do Crato em breve. Contatos estão sendo feitos desde Fevereiro último nesse sentido, e uma empresa de Publicidade está Registrada.

Mas a melhor notícia que interessa aos nossos leitores, principalmente os que sempre cobraram uma publicação impressa, é que na já anunciada Festa em comemoração dos 5 anos do Blog do Crato, que acontecerá em Janeiro de 2011, estaremos publicando a Primeira edição da "ENCICLOPÉDIA DO CARIRI", uma obra que sem dúvida alguma, será um marco editorial na Região e no Ceará, contendo além de centenas dos melhores artigos publicados em 5 anos de existência da Revista Eletrônica Blog do Crato, extenso material de referência histórica e de pesquisa sobre o Cariri de dezenas de escritores. É meu projeto que tenhamos uma coleção de livros volumosos abarrotados de fotografias e textos das maiores mentes do Cariri, que incluem Historiadores, escritores, fotógrafos e Poetas do Cariri, e é minha intenção que seja atualizada todo ano. Portanto, aos leitores que sempre nos cobraram a versão impressa, digo o seguinte: É impossível, meus amigos, publicarmos a preços acessíveis, os 13.500 artigos do Blog, mas é perfeitamente possível publicar os melhores e mais úteis artigos. E já há alguns meses estamos no processo de separação das melhores crônicas, melhores textos históricos, fotografia e artigos que se imortalizarão na ENCICLOPÉDIA DO CARIRI. Os autores que quiserem dar sugestões sobre seus textos e de colegas, entrem em contato comigo sobre o assunto. Como a festa dos 5 anos do Blog do Crato ainda está longe, teremos tempo suficiente para escolhermos o melhor do melhor.

Abraços.Bom Dia.

Dihelson Mendonça
Administrador do Blog do Crato

CRATO - Notícias do dia 16 de Julho de 2010


Estande expõe projetos e PDU do Crato

A Prefeitura Municipal do Crato está presente na Exposição Centro Nordestina de Animais e Produtos Derivados (ExpoCrato). Um estande montado na área central da festa, tem o intuito de apresentar para a população os principais projetos desenvolvidos ao longo da administração, principalmente dentro do Plano de Requalificação Urbana (PRU), do município. São trabalhos já desenvolvidos e em desenvolvimento, responsáveis por um impulso no desenvolvimento do Município. Além disso, a Prefeitura apresenta o projeto de modernização do Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcante, exposto ano passado, pelo Prefeito do Crato, Samuel Araripe, redimensionando o espaço e possibilitando melhores condições de funcionamento dentro da cidade. O novo projeto proporciona a utilização do parque durante o ano todo, com o reaproveitamento dos espaços, além de se tornar uma área de lazer permanente dentro da cidade.

Vigilância pretende realizar inspeção em maior número de barracas na ExpoCrato

Além do estande da administração do Crato, que praticamente transferiu as atividades administrativas para o espaço, durante estes dias no Parque de Exposições, está em funcionamento o estande da Secretaria de Saúde. Durante a semana a equipe tem realizado várias blitze no sentido de fiscalizar, por meio da Vigilância Sanitária, os serviços oferecidos pelos barraqueiros no que diz respeito à alimentação comercializada no Parque, além do trabalho de orientação. Cinco tipos de folhetos informativos foram produzidos para serem distribuídos junto à população, além de camisinhas masculinas. Segundo o coordenador da Vigilância, Assilon Freitas, esse trabalho educativo de abordagem às pessoas que chegam à ExpoCrato está sendo realizado no período da noite. Ano passado, foram visitadas cerca de 400 barracas e este ano, diz Assilon, mais espaços passarão pela inspeção da Vigilância.

Governo Municipal do Crato

Campanha no Parque de Exposições alerta para DST/AIDS

A Secretaria de Saúde do Crato realizou ontem, terça-feira, por meio dos agentes e técnicos da saúde, uma caminhada pelo Parque de Exposições do Município, com a finalidade de divulgar e orientar a população das DSTs e aids. A equipe saiu percorrendo as barracas e estandes da exposição. Nesses locais foi distribuído o material informativo da campanha. Um estande na ExpoCrato está destinado ao trabalho preventivo e educativo. No local estão atuando também os agentes da Vigilância Sanitária, que são parte da equipe da saúde dentro do Parque. Durante toda está semana continua sendo efetuado o trabalho de fiscalização e educativo no local da festa, com visitas às barracas.

Fonte: ASCOM - PMC

Edições Anteriores:

Setembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30