xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 04/07/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

04 julho 2010

A agressividade no homem - Por - M.G.Federico


MS recebe verbas para projeto de penas do homem agressor


Através da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para a Mulher, Mato Grosso do Sul recebe investimentos do Ministério da Justiça para o desenvolvimento de um novo projeto para homens agressores que cumprem penas e medidas alternativas. Segundo a coordenadora estadual, Carla Stephanini, foram liberados recursos federais, por intermédio de um convênio assinado no final de 2009, para dar continuidade ao projeto que já foi desenvolvido por dois anos na Capital.
Carla explica que com o investimento poderá ser oferecido um espaço físico destinado a atender exclusivamente homens agressores processados, julgados e condenados pela Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher a cumprir medidas alternativas com base na Lei Maria da Penha. “Com isso nós avançamos no sentido de dar mais estrutura para a vara especializada. Oferecemos apoio para execução da pena na própria vara e garantimos um espaço físico para o desenvolvimento do programa e atendimento ao homem agressor”, ressalta Stephanini. A coordenadora estadual explica que o programa oferece apoio ao homem agressor para que ele não reincida no crime de violência contra a mulher, possibilitando a ressocialização, por isso são oferecidas oficinas onde se trabalha temas como a relação de gênero, violência doméstica, masculinidade, álcool e drogas, entre outros assuntos que estão inseridos entre os principais motivos que levam à violência contra a mulher.
“O projeto estabelece uma rede social que atende este homem para que ele cumpra sua pena, mas que seja ressocializado”, explica. Esta rede social será formada por um grupo de trabalho que oferece atendimento social e psicológico e encaminha o homem agressor para o que ele demandar, como capacitação, encaminhamento para o mercado de trabalho, atendimento psicológico com a exigência da ressocialização aliada ao cumprimento da pena. “Nós perseguimos a punição do agressor, mas sabemos que nem todos serão punidos no regime privativo de liberdade. Muitos deverão cumprir penas alternativas e nós queremos que estes sejam conscientizados sobre a infração que eles cometeram, que tenham entendimento do ato praticado”, afirma. “O objetivo deste novo projeto é ampliar as ações de apoio às penas e medidas alternativas à prisão intensificando o trabalho de oficinas, acompanhamento e monitoramento dos cumpridores de penas e medidas alternativas por infração à Lei Maria da Penha”, pontua Carla. “Além da punição, que é devida e necessária, devemos trabalhar para que eles não reincidam”, completa.

O homem agressivo

O Dr. José Roberto Paiva, através dos trabalhos desenvolvidos no Centro de Estudos e Pesquisas do Desenvolvimento da Sexualidade Humana, pôde constatar alguns aspectos do perfil psicológico do "marido agressivo". Basicamente em todos os casos, este tipo de homem possui uma forte relação de posse sobre a mulher. Seu relacionamento se desenvolve como se ela fosse uma propriedade sua. Comumente apresenta uma forte tendência ao ciúme obsessivo.O homem que bate na mulher é um total imaturo emocional e afetivamente! É um adulto com reações emocionais e afetivas de uma criança, não sabe lidar com suas frustrações e com a própria agressividade. Parece ter uma crise de birra quando algo não sai como ele quer... Lembra quando seu amiguinho de infância levava embora a bola quando não conseguia entrar no time? Ou destruía o brinquedo que o desagradava? A frase era: "Se você não brincar como eu quero eu não brinco mais e, se insistir eu te bato". Ainda parece a mesma frase que ele diz para a mulher depois de adulto, não?

Em muitos casos, o indivíduo agressivo teve uma infância marcada por situações de agressividade. Pode ter vindo de lares onde o pai queria exercer o poder através de tirania e autoridade; ou de pais que constantemente brigavam diante da criança. Alguns pais ainda hoje acham que educam "batendo para ensinar" ou usando constantes ameaças para conseguir dos filhos o comportamento desejado. O homem que bate pode apresentar problemas mentais - (neste estudo do Dr. Paiva, grande parte dos homens agressivos apresentava traços psicopáticos e, a situação onde ocorria a agressividade funcionava como uma manifestação da doença . Boa parte apresentava traços paranóides , isto é, apresentavam fantasias, medos e idéias persecutórias profundamente irracionais)".

De modo geral, estes homens possuem fortes tendências à autodestruição e auto-agressividade. A mulher funciona como uma válvula para suas tensões e seus medos. Ao transferir para a mulher seus temores e tentar destruí-los nela, tem que admitir para si mesmo que ele, o grande machão tem medo da mulher, sim, o que evidentemente, pode gerar conseqüências gravíssimas (vocês já puderam ver a imagem de uma mulher barbaramente espancada?) Outro fato importante a se considerar é a forma "amor/ódio" em relação à figura materna (que ele carrega da infância para a vida adulta). Agride a "mãe" na mulher e logo depois, torna-se carinhoso e amoroso, demonstrando estar muito arrependido. Só que a situação tende a repetir-se sempre. E a mulher, repetindo o papel da mãe, aceita as desculpas e acredita no arrependimento dele, mesmo que dure muito pouco...

O álcool é um fator que piora muito as agressões, porque ajuda a deixar o homem sem censura para praticar os atos de violência, e talvez seja o fator mais comum! São aqueles que bebem para romper os limites e para tentar se sentir mais seguros na sua masculinidade.
Fico pensando que para aceitar um tipo de homem desses, a mulher também deve ter um perfil típico, porque ao conhecê-lo, ela já deveria saber onde está se metendo! Conformar-se em apanhar já implica em ter um valor onde o poder é tudo, e ela se submete a qualquer coisa para não romper esta relação. Que tipo de mulher é esta? Parecida com este homem?

Colaboração Neide Folino

Bom Dia, Crato! - Dia 05 de Julho de 2010 - Crato registra temperatura de 20 graus nesta madrugada


Bom Dia, Crato!

Hoje, segunda-feira, 05 de Julho de 2010. Hoje foi uma das madrugadas mais frias do ano aqui em Crato, com termômetros registrando 20 graus no bairro Vilalta ( na Chapada do Araripe, como sempre esse valor provavelmente foi muito menor ).

Hoje é verdadeiramente, o primeiro dia de uma nova existência para um Brasil que sonhava com a Copa do Mundo, se enfeitou todo e não levou. As cidades brasileiras estão com emaranhados de fitas coloridas verde-amarelas estiradas pelos postes, e ninguém pensou um dia que a festa iria se acabar. A questão agora é: Quem é que vai tirar essas fitas ? Elas irão ficar pra sempre, como lembrança de mais uma copa perdida ?

Previsão do Tempo

"Sol com algumas núvens e não chove". Temperatura máxima de 26 e mínima de 16 graus é o que prevê os sites de meteorologia para o dia de hoje na cidade do Crato.

Bom Dia!
Bom trabalho.

Dihelson Mendonça

Triste Estatística: Dez mulheres são mortas por dia no País - Postado por Océlio Teixeira


Média registrada em dez anos fica acima do padrão internacional; motivação geralmente é passiona.
SÃO PAULO - Em dez anos, dez mulheres foram assassinadas por dia no Brasil. Entre 1997 e 2007, 41.532 mulheres morreram vítimas de homicídio – índice de 4,2 assassinadas por 100 mil habitantes. Elas morrem em número e proporção bem mais baixos do que os homens (92% das vítimas), mas o nível de assassinato feminino no Brasil fica acima do padrão internacional.
Os resultados são um apêndice, ainda inédito, do estudo Mapa da Violência no Brasil 2010, do Instituto Zangari, com base no banco de dados do Sistema Único de Saúde (Datasus).
Os números mostram que as taxas de assassinatos femininos no Brasil são mais altas do que as da maioria dos países europeus, cujos índices não ultrapassam 0,5 caso por 100 mil habitantes, mas ficam abaixo de nações que lideram a lista, como África do Sul (25 por 100 mil habitantes) e Colômbia (7,8 por 100 mil).
Algumas cidades brasileiras, como Alto Alegre, em Roraima, e Silva Jardim, no Estado do Rio, registram índices de homicídio de mulheres perto dos mais altos do mundo. Em 50 municípios, os índices de homicídio são maiores que 10 por 100 mil habitantes. Em compensação, mais da metade das cidades brasileiras não registrou uma única mulher assassinada em cinco anos.
Outro contraste ocorre quando são comparados os Estados brasileiros. Espírito Santo, o primeiro lugar no ranking, tem índices de 10,3 assassinatos de mulheres por 100 mil habitantes. No Maranhão é de 1,9 por 100 mil. “Os resultados mostram que a concentração de homicídios no Brasil é heterogênea. Fica difícil encontrar um padrão que permita explicar as causas”, afirma o pesquisador Julio Jacobo Wiaselfisz, autor do estudo.
São Paulo é o quinto Estado menos violento do Brasil, com índice de 2,8 por 100 mil habitantes. Mas a taxa é alta se comparada à de Estados americanos, como Califórnia (1,2) e Texas (1,5). “Quanto mais machista a cultura local, maior tende a ser a violência contra a mulher”, diz a psicóloga Paula Licursi Prates, doutoranda na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, onde estuda homens autores de violência.
Motivação
Para aumentar a visibilidade do problema e intimidar a ação dos agressores, a aprovação da Lei Maria da Penha, em 2006, foi comemorada pelas entidades feministas por incentivar as mulheres a denunciar crimes de violência doméstica, garantindo medidas de proteção para a mulher e punições mais duras e rápidas contra agressores. Mas a nova lei não impediu o assassinato da cabeleireira Maria Islaine de Morais, morta em janeiro diante das câmeras pelo ex-marido, alvo de oito denúncias. Nem uma série de outros casos que todos os dias ganham as manchetes dos jornais.
Ainda são raros os estudos de casos que analisam as motivações de assassinos que matam mulheres. De maneira geral, homens se matam por temas urbanos como tráfico de drogas e desordem territorial e os crimes ocorrem principalmente nas grandes cidades. Mulheres são mortas por questões domésticas em municípios de diferentes portes. “No caso das mulheres, os assassinos são atuais ou antigos maridos, namorados ou companheiros, inconformados em perder o domínio sobre uma relação que acreditam ter o direito de controlar”, explica Wânia Pasinato Izumino, pesquisadora do Núcleo de Estudo da Violência da USP.
Em um estudo das motivações de 23 assassinatos contra mulheres ocorridos nos cinco primeiros meses deste ano e investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de São Paulo (DHPP), em 25% dos casos o motivo foi qualificado como torpe. São casos como negativas de fazer sexo ou de manter a relação. Em 50% das ocorrências, o motivo foi qualificado como fútil, como casos de discussões domésticas. Houve 10% de mortes por motivos passionais, ligados a ciúmes, por exemplo, e 10% relacionado ao uso ou à venda de drogas. “Por serem ocorrências domésticas, às vezes a prevenção a casos como esses são mais difíceis”, afirma a delegada Elisabete Sato, chefe da divisão de Homicídios do DHPP.
Fonte: O Estado de São Paulo, 04/07/2010
Foto: Nilton Fukuda/AE(Morte da advogada Mércia Nakashima comoveu o Brasil

Nota: Enquanto isso, se chora a saída da seleção brasileira da copa!!!

Eu não acredito em Coincidências. Você Acredita ? - Por: Dihelson Mendonça


Coincidências provavelmente não existem. Eu, pelo menos não acredito muito nelas. Hoje é o Dia 04 de julho, dia em que se comemora a Independência dos Estados Unidos da América, com a publicação em 1776 da sua declaração. As 13 colônias na América no Norte assumiram uma postura contra o colonizador inglês, e uma série de incidentes levaram ao rompimento, sendo um dos mais importantes, a chamada festa do Chá de Boston, em que os colonos, disfarçados de índios, jogaram ao mar o carregamento de chá trazidos pela Companhia das Índias Orientais, cujo preço baixo arruinaria os comerciantes locais.

Mas a propósito dessa coisa toda de História Americana, é que aluguei sem pensar, sem programar nada, 4 DVDs para este final de semana e ao acaso, resolvi assistir 2 deles hoje, Domingo, 4 de Julho. O primeiro filme se chamava: BROKEN ARROW, com título em português de Flechas de Fogo. Trata-se de um excelente filme, que nos remete ao ano de 1870, quando foi selado um tratado entre os "brancos" e o chefe Apache Cochise. O filme é belíssimo e recomendado, até porque mostra uma visão diferente, e bastante respeitosa acerca dos índios, que o homem branco nunca entendeu direito.

Até aí tudo bem. Depois deste filme glamouroso, coloquei outro no mesmo estilo "faroeste", desta vez, chamado Herança Sagrada, título em inglês, "Taza, Son of Cochise", que peguei na prateleira da locadora a esmo. Para minha surpresa, o filme é exatamente a continuação do anterior. Em 1873, Cochise havia falecido e o tratado dos Apaches com o homem branco ficou ameaçado por um de seus filhos, sendo reconquistado a duras penas por seu irmão. Engraçado e aí está também uma "coincidência", é que o ator que faz o papel de Cochise neste segundo filme, bem como todo o elenco, menos o ator principal, é o mesmo do filme anterior, que no caso era James Stewart.

Eu não entendo muito do cálculo de estatísticas, mas sei que a probabilidade de se pegar dois filmes ao acaso, de produtoras diferentes, com nomes totalmente diferentes, assistir os 2 em seguida, e um ser a continuação do outro com os mesmos atores, todos dois tratando de temas importantes da Hstória dos Estados Unidos, quando se queria ver apenas um simples faroeste, no Dia da Independência, deve ser assim uma probabilidade remotíssima.

É por isso, meus amigos, que eu sinceramente, não acredito em coincidências. Isso nunca aconteceu e provavelmente, não tornará a acontecer.

Abraços,
Bom Domingo!

Dihelson Mendonça

MARADONA CASCA DE BARATA: A PIOR SAÍDA É O CLÁSSICO PÉ NA BUNDA - Por Wilson Bernardo.

Humilhante, e por fim a vitoria do êxito, contra a arrogância de um povo carcamano, que idolatra um ser comum em DEUS.Venceu a razão do bem contra o mal. ALEMANHASALCHA 4xO ARGENTINACUCARACHA

Wilson Bernardo

GOL DE PRORROGAÇÃO:HUM A ZERO PARA ANTONIO DE TEREZA-POR Wilson Bernardo.

Aconteceu o que todos esperavam, a vitória do bom senso, uma eleição nunca antes vista, para presidência do Crato Esporte Clube, processo esse em que supera os anteriores que era seguidos por indicações, e a democracia se fez presente, nos dando a oportunidade de irmos em busca do voto, debates, campanha, boca de urna e no final, a festa tão merecida de todos, em que afinal de contas quem sai ganhado, é tanto a cidade como seus torcedores.Com 89 votos, Antonio Manuel alves, vence Fco. José Guedes Silvestre que obteve 88 dos votos, 3 votos nulos e 1 em branco, dando assim a Antonio Manuel Alves, o direito legal e democrático de comandar durante dois anos o destino do esporte profissional do azulão do cariri.

COMISSÃO ELEITORAL:Edisio de Souza Lima, Fco.Arnaldo Brito,

Baden Powell Menezes Silva,Maria Tereza Vilar Costa

Presidente do Conselho Deliberativo:José de Deus Terceiro P.Martins

(Promotor de Justiça da comarca do Crato)

O primeiro será sempre os primeiros o primeiro voto foi de Antonio e ai os torcedores na expectativa da vitoria de seus candidatos,onde todos se confraternizavam em paz.

De cabeça erguida, Guedes mostra maturidade politica e em seguida confraterniza a vitoria da unidade do esporte para o bem do CRATO.

Zé Deus, em momento histórico para o esporte cratense,abertura da urna, a qual seguirão as demais, eleições futuras para a gloria do esporte caririense.

Obs:Em breve fotos da comemoração dos dois lados, pois não teve perdedores, ganhamos todos.
Presidente do Crato: Antonio Manuel Alves
Vice Presidenta:Ivany Lima dos Santos(Ivany do LEC)
Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

CRATO - Histórias e Estórias do Crato de Antigamente - Por: Ivens Mourão


LEITURA DE DOMINGO - Júlio Saraiva

O POETA


Júlio Saraiva era muito inquieto. Sentava-se no banco da Praça, discutia, expunha as suas idéias. De repente levantava-se e começava a coçar um ombro, sempre com a mão trocada e passando sobre a cabeça. Um dia, resolveu fazer algo diferente. Foi até à beirada da calçada. Olhou para cima e sapecou:
- “Pronto, agora virei poeta! Lá vai”:
“Lá vem a lua saindo
Redonda como um solidéu
Não é lua não é nada
É o olho do ** do céu!”

MIRINDIBA

O Júlio Saraiva era também uma espécie de Burle Marx da cidade. Era ele quem projetava os jardins públicos e orientava a sua implantação. Sempre utilizava as árvores da região, para possibilitar sombreamentos. Mas nunca chegou a utilizar uma conhecida por “mirindiba”, bastante apreciada como alimentação dos veados (o animal mesmo). Dentre as árvores da Siqueira Campos tinha umas palmeiras imperiais que já estavam necessitando de substituição.
Por ser um espaço muito democrático, no qual se reuniam os mais distintos grupos de pessoas, também contava com representantes do que hoje chamaríamos “gays”. O local de suas reuniões era, justamente, embaixo das tais palmeiras. Certo dia o Padre Gomes, passando por lá, na sua costumeira conversa com o Júlio Saraiva, sugeriu:

- “Júlio, por que você não substitui estas palmeiras que estão morrendo por “mirindiba”. Os veados da praça vão gostar!!!”

Em primeiro plano a Praça Siqueira Campos e as palmeiras, sob as quais se reuniam os “gays”. Ao fundo o Grande Hotel e, no térreo, a Sorveteria Glória.

RUI BARBOSA

Numa das edições da Revista cratense “A Província” o Júlio Saraiva foi homenageado com um belíssimo artigo de Zilberto Fernandes Teles. Além de traçar um real perfil, contou fatos da verve afiada desta figura ímpar da “Câmara dos Comuns”. Embora se dizendo ateu, agia como um verdadeiro seguidor de Cristo. Sempre que algum pedinte aproximava-se dele, antecipava-se e, carinhosamente, dizia:
- “Não me peça, eu lhe dou...”
Mas era implacável com as pessoas que não costumavam usar da inteligência. Não contemporizava. Certa ocasião, em conversa com alguém que tinha um avô quase analfabeto, o assunto passou a ser sobre música. Júlio era admirador exaltado da música clássica. Este interlocutor disse, recebendo a imediata resposta do “Velho Bode”, como também era conhecido:
- “Para mim tanto faz ouvir um clássico como um baião do Luiz Gonzaga.”
- " Realmente, não faz diferença. É a mesma coisa de uma carta escrita por seu avô e outra por Rui Barbosa... "

O ZOOLÓGICO

Papai sempre foi um apaixonado por pássaros. Chegou até a fabricar gaiolas ou viveiros para eles. Eram tarefas executadas à noite, com a ajuda do “Compadre Zé” (José Pereira). E eu sempre acompanhando, querendo ajudar. Meu pai gracejava, dizendo:
- “Compadre Zé, este menino ‘a trabalha’ muito, não é?!”
Esta paixão por passarinhos perdurou por toda a sua longa vida. Nos seus últimos anos não podia mais cuidar, porém ficava ouvindo o seu canto, extasiado. Faleceu em casa, às 2h30 da madrugada. A sua velha sabiá não mais cantava. Porém, naquele momento, ouviu-se o seu mavioso canto. Por algum tempo chegou a criar outros tipos de animais. Lembro-me de umas marrecas. Para tanto, foi feito um pequeno tanque que, em certas ocasiões, transformávamos em piscina. O certo é que as marrecas começaram a importunar, e mamãe deve ter aconselhado a doá-las para o pequeno zoológico, que tinha no centro da Praça da Sé, idealizado pelo Júlio Saraiva, por ocasião das festas do Centenário (1953). Lembro-me da grande atração que era um jacaré chocando uma quantidade enorme de ovos. Diante dos meus protestos em doar as “minhas” marrecas, papai dizia que eu podia ir visitá-las, lá na Praça. O certo é que, ainda hoje, qualquer marreca que vejo penso que são as “minhas”. Tornaram-se imortais... Sob os protestos do Júlio, o Prefeito, para economizar a ração dos animais, acabou com o Zoológico.

Em frente à Praça Siqueira Campos, ao lado da Sorveteria Glória, tinha a casa “dos Leões”. Eram duas estatuetas de leões, que existiam no portal de entrada da residência. A casa foi demolida e o Júlio recolheu os “leões”. O prefeito, que acabou com o pequeno Zoológico, pediu ao Júlio as estatuetas para colocá-las em determinado projeto da Prefeitura. Recebeu a seguinte resposta:
- “Você não gosta de animais que comem, eu não lhe dou os animais que não comem”


Marcelo tomando banho no tanque das marrecas.


FRESCURA

Júlio Saraiva era freqüentador assíduo da Praça Siqueira Campos. À noite a sua presença era sagrada. Durante o dia, naquelas horas em que o calor era mais intenso, ia sempre à Sorveteria Glória tomar um refrigerante ou algo gelado, que abrandasse o calor. O Veridiano, meu primo, que hoje mora em Teresina, trabalhou certo período na Sorveteria do Luís. Costumava atender ao Júlio. Um dia, porém, ficou confuso com um seu pedido, ao pé do balcão:

- “Me dá uma frescura, aí.
- Oxente, “seu” Júlio, uma frescura?
- Sim, uma frescura!
- Não estou entendendo. O senhor quer um refresco?
- Não, refresco é fresco duas vezes. Eu só quero uma frescura.

Fonte: Livro "Só no Crato" de Ivens Mourão - Direitos de Publicação concedidos ao Blog do Crato pelo autor - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Hoje na História - Declaração da Independência dos Estados Unidos


HOJE NA HISTÓRIA

A Declaração da Independência dos Estados Unidos da América foi o documento no qual as Treze Colônias na América do Norte declararam sua independência do Reino Unido, bem como justificativas para o ato. Foi ratificada no Congresso Continental em 4 de julho de 1776, considerado o dia da independência dos Estados Unidos. As treze colônias tomaram este passo, pois os britânicos estavam se aproveitando da América do Norte, com impostos para pagar o prejuízo das guerras feitas pelos ingleses, então as treze colônias tomaram a decisão de criar A Declaração da Independência dos Estados Unidos da América.

Acontecimentos durante a colonização da América, que revoltaram as treze colônias

* Guerra dos sete anos (Ingleses e Franceses lutaram para conseguir os territórios da América do Norte, no final a Inglaterra ganhou, mas também com essa guerra gastou muito dinheiro, acabou tendo que implantar impostos nas colônias da América do Norte).
* Lei do selo (Todos os documentos oficiais que passassem nas colônias exceto livros e jornais deviam conter selos comprados da metrópole).
* Lei do açúcar: A Lei do Açúcar foi aprovada em 5 de abril de 1764 pelo Parlamento inglês. Essa lei substituía e Lei do Melado, de 1733, e tinha como objetivo por um fim no contrabando e de proteger os agricultores ingleses radicados nas Antilhas. Taxava o açúcar que entrava nos Estados Unidos da América e que não fosse comprado das Antilhas inglesas. Sendo matéria-prima do rum, e este por sua vez, juntamente com o tabaco eram utilizados pelos colonos para comprar escravos na África, a lei desagradou muitos os habitantes da então colônia inglesa.
* Festa do Chá de Boston (Boston Tea Party: O governo inglês, para favorecer a decadente Companhia das Índias Orientais, que estava à beira da falência, concedeu-lhe o monopólio da venda do chá para as colônias americanas. Disfarçados de índios, os colonos jogaram ao mar o carregamento de chá trazidos pela Companhia das Índias Orientais, cujo preço baixo arruinaria os comerciantes locais, que se abasteciam em outras paragens). As treze colônias não suportaram esses acontecimentos e fizeram o acordo de Independência dos Estados Unidos, no dia 4 de julho no ano de 1776.

Fonte: Wikipedia

OPÇÕES DO ELEITORADO - Sete candidatos vão disputar o Governo do Estado


DN - P
ara que realmente possam disputar a eleição deste ano, eles ainda pedirão ao TRE o registro dos seus nomes. O eleitorado cearense vai poder escolher, dentre sete candidatos, qual será o governador do Estado, a partir do dia primeiro de janeiro do próximo ano. A eleição, quando também serão eleitos dois senadores e seus respectivos suplentes, 22 deputados federais e 46 deputados estaduais, vai acontecer no dia 3 de outubro, no seu primeiro turno. Se houver segundo turno a votação acontecerá no dia 31 de outubro. São candidatos ao Governo do Estado:

Cid Ferreira Gomes, nascido no Município de Sobral, começou na política como deputado estadual sendo eleito em 1990 e reeleito em 1994. Nesse período exerceu as funções de 1º secretário e presidente da Assembleia Legislativa. Em 1996 foi eleito prefeito de Sobral, sendo reeleito nas eleições do ano 2000. Em 2006 disputou o Governo do Estado e como candidato de oposição ao então governador, Lúcio Alcântara, foi eleito. Seu pai, José Euclides Ferreira Gomes, foi prefeito de Sobral e o irmão, Ciro Ferreira Gomes, foi deputado estadual, governador, ministro de Estado e atualmente exerce o mandato de deputado federal. Cid Gomes é formado em engenharia civil pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e é candidato pelo PSB. Foi filiado ao PSDB e do PPS.

Ex-governador

Lúcio Gonçalo de Alcântara, além de político é médico e escritor com várias obras publicadas. É natural de Fortaleza e seu pai, Waldemar Alcântara, exerceu várias funções na política cearense, inclusive o cargo de governador. Lúcio Alcântara ingressou na vida pública como secretário de saúde do Estado. Foi prefeito de Fortaleza, deputado federal, vice-governador do Estado, senador e governador. Pleiteou a reeleição em 2006 e foi derrotado por Cid Gomes. Na sua trajetória política pertenceu a várias legendas, pois foi filiado ao PDS (extinto), ao PDT, e ao PSDB. Atualmente preside o diretório estadual do Partido da República (PR).

Marcos César Cals de Oliveira pertence a tradicional família política no Estado, pois seu avô, César Cals, foi governador do Estado e seu pai, César Cals de Oliveira Filho, foi governador, senador e ministro de Estado. Ele é deputado estadual pelo PSDB e está no quinto mandato consecutivo. Marcos Cals ingressou na política no início dos anos 80 participando da fundação do Partido Social Democrático (PSD). Em 1986 obteve seu primeiro mandato e em 1988 foi derrotado na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. Como deputado foi primeiro secretário e presidente da Assembleia Legislativa. Ele pertence aos quadros do PSDB e no atual Governo exerceu a função de secretário de Justiça, deixando o cargo para efeito de desincompatibilização.

Raimundo Marcelo Carvalho da Silva, candidato do Partido Verde (PV) ao Governo do Estado iniciou sua vida política como vereador em Maranguape, onde também foi eleito e reeleito prefeito municipal. Em 2004 foi candidato à Prefeitura de Fortaleza e na primeira administração Luizianne Lins exerceu a função de secretário da Regional III. Ele é formado em arquitetura e urbanismo pela UFC e pós-graduado em gestão de cidades pela Unifor. Marcelo Silva é o presidente da comissão estadual do Partido Verde e antes de se filiar ao PV pertenceu aos quadros do PSB.

Ambientalista

Soraya Tupinambá foi a escolhida pelos militantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) para representar a legenda na disputa pelo Governo estadual este ano. Ela não é conhecida do eleitorado cearense, pois esta é a primeira vez que participa de uma disputa majoritária. Ela é formada em engenharia de pesca, trabalha em uma ONG com atividades voltadas às causas ambientalistas e é militante do movimento de esquerda.
Maria da Natividade Pinho Belém Rocha é a candidata do Partido Comunista Brasileiro (PCB) Ela é bancária aposentada do Banco do Brasil e tem formação superior em História e Filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Já presidiu o Sindicato dos Bancários do Estado e há vários anos está filiada ao partido. Nas eleições de 1986 disputou uma vaga na Assembleia Legislativa conseguindo 2.832 votos.

Francisco das Chagas Gonzaga, militante do movimento sindical, trabalhador da construção civil, foi o escolhido pelo Partido Socialista dos Trabalhadores Unificados (PSTU) para ser o seu candidato a governador. Gonzaga é diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Ceará. Esta não é a primeira vez que ele participa de uma disputa majoritária porque nas eleições municipais de 2008 disputou a Prefeitura de Fortaleza como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Renato Roseno do PSOL. Gonzaga também concorreu ao cargo de vereador de Fortaleza nas eleições de 2004, recebendo um total de 36 votos.

Candidatos a vice

Os candidatos a vice-governador com as respectivas legendas a que pertencem são os seguintes: Domingos Filho (PMDB) é do governador Cid Gomes, Claudio Vale (PPS) é o do ex-governador Lúcio Alcântara, Pedro Fiuza (PSDB) é o do deputado Marcos Cals, Aristides Braga (PV) é o do candidato Marcelo Silva, Eronilton Buriti (PSOL) é o da candidata Soraya Tupinambá, Violeta Maria (PCB) é a da candidata Maria da Natividade e Nivânia Amanço (PSTU) é a escolhida para ser a vice do candidato Francisco das Chagas Gonzaga.


Fonte: Jornal Diário do Nordeste, edição de hoje, dia 04 de Julho de 2010

Atitude - Por-M,Gabriella Federico

LIXO: EXEMPLO DO BEM
Por noticiasdobem

“O lixo dos japoneses, a gente sabe exatamente qual é. Vem no saco da cor certa, com as coisas certas, amarrado certo. Nos dias de lixo reciclável, eles levam até o posto de coleta (que existe em cada “chou” daqui (tipo a cada 3, 4 quarteirões), nunca jogam lixo fora do dia. A gente também vê eles deixando o lixo nos postos de coleta permanentes, que ficam em mercados, shoppings e etc.”


Não jogue lixo no châo, chão é para plantar semente
Pra dar o bendito fruto pra alimentação da gente
O peixe que sai do rio, o amor que sai do peito
A água limpa da fonte, um sentimento perfeito
A terra que tudo cria não pede nada demais
Ser tratada com carinho para vigorar a paz
Não jogue lixo no chão, nem rios, lagos e mares
A terra é nossa morada onde habitam os nossos pares
A natureza é quem cria o amor imediatamente
Milagre que faz da vida bendito fruto do ventre
Se queres sabedoria aprenda isto de cor
A terra é a mãe da vida ,útero, ventre maior
Não jogue lixo no chão, chão é pra plantar semente
Pra dar o bendito fruto pra alimentação da gente


Anúncios Google
Resíduos Sólidos Urbanos

A Vida - Postado Por : M.Gabriella Federico


Seja um Idiota... Arnaldo Jabor


A idiotice é vital para a felicidade Gente chata essa que quer ser séria, profunda e visceral sempre. Putz! A vida já é um caos, por que fazermos dela, ainda por cima, um tratado? Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins. No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você. Ignore o que o boçal do seu chefe disse. Pense assim: quem tem que carregar aquela cara feia, todos os dias, inseparavelmente, é ele. Pobre dele. Milhares de casamentos acabaram-se não pela falta de amor, dinheiro, sexo, sincronia, mas pela ausência de idiotice. Trate seu amor como seu melhor amigo, e pronto. Quem disse que é bom dividirmos a vida com alguém que tem conselho pra tudo, soluções sensatas, mas não consegue rir quando tropeça? hahahahahahahahaha!...

Alguém que sabe resolver uma crise familiar, mas não tem a menor idéia de como preencher as horas livres de um fim de semana? Quanto tempo faz que você não vai ao cinema? É bem comum gente que fica perdida quando se acabam os problemas. E daí, o que elas farão se já não têm por que se desesperar? Desaprenderam a brincar. Eu não quero alguém assim comigo. Você quer? Espero que não. Tudo que é mais difícil é mais gostoso, mas... a realidade já é dura; piora se for densa. Dura, densa, e bem ruim. Brincar é legal. Entendeu?

Esqueça o que te falaram sobre ser adulto, tudo aquilo de não brincar com comida, não falar besteira, não ser imaturo, não chorar, não andar descalço, não tomar chuva. Pule corda! Adultos podem (e devem) contar piadas, passear no parque, rir alto e lamber a tampa do iogurte. Ser adulto não é perder os prazeres da vida - e esse é o único "não" realmente aceitável. Teste a teoria. Uma semaninha, para começar. Veja e sinta as coisas como se elas fossem o que realmente são: passageiras. Acorde de manhã e decida entre duas coisas: ficar de mau humor e transmitir isso adiante ou sorrir... Bom mesmo é ter problema na cabeça, sorriso na boca e paz no coração! Aliás, entregue os problemas nas mãos de Deus e que tal um cafezinho gostoso agora? "A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios". "Por isso cante, chore, dance e viva intensamente antes que a cortina se feche". Seja um idiota.

InícioInforme-seArtigos

A Vida - Postado Por : M.Gabriella Federico


Sobre amadurecer.


Sobre amadurecer. Você se acha suficientemente maduro agora? Pois bem, se você acha, sinto lhe informar que deve estar enganado. E vai perceber claramente isso daqui a uns 5 anos, quando for mais maduro do que é atualmente. Você pode facilmente chegar nessa conclusão, parando para lembrar como já foi e o que é neste momento, ou assim eu espero. A vida é assim, estamos eternamente amadurecendo, assim como aprendendo, e o processo se repete sem cessar. Mas existem algumas pessoas que não acompanham esse fluxo, por opção própria ou mesmo por alguma espécie de retardo, e não estou me referindo a doenças mentais. Pode parecer preconceito, mas existem pessoas que simplesmente esqueceram de crescer, não em tamanho físico mas no aspecto mental, e continuam fazendo as mesmas idiotices e criancices de quando tinham menos de 10 anos de idade. A maioria das pessoas pensam e falam coisas como, “Deixa elas serem felizes.” ou “Cada um vive do jeito que quer.” mas a questão aqui não é somente a autodestruição que esse tipo de comportamento causa, mas também o estresse desnecessário que essas pessoas costumam despertar em terceiros. E pra piorar ainda mais a situação tem muitos que consideram essa imbecilização como uma qualidade, jeito de ser, numa tentativa errônea de justificar sua falta de maturidade. Pessoas com esse tipo de pensamento geralmente formam certos círculos sociais ou tribos, e nesse meio estimulam e disseminam sua própria imaturidade. A mudança ou amadurecimento, por muitas vezes também é encarado com certo medo por alguns que fazem parte desses grupos, que quando tem a coragem de finalmente crescer são considerados pelos outros como “traidor de movimento”, algo simplesmente ridículo, tendo em vista que não existe nenhum “movimento” para início de história. Concordo que não existe uma maneira certa ou errada de ser, mas também sei que uma personalidade que prejudique não só a si mesmo como outros a sua volta, deve ser repensada. E novamente ressalto que essas reflexões estúpidas não servem para mudar ninguém, na verdade esse é um pedido encarecido de que essas pessoas parem para pensar e reflitam um pouco sobre se é esse realmente o modo de vida que querem levar.



Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30