xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 29/06/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

29 junho 2010

Frei Carlos Maria de Ferrara, esse esquecido -- por Armando Lopes Rafael

NE - O Fundador da Cidade do Crato - Frei Carlos Maria de Ferrara

Hoje esta cidade comemorou mais um aniversário de sua elevação à categoria de Vila Real do Crato, fato ocorrido em 21 de junho de 1764. A data nos serve, também, para refletir sobre o esquecimento a que foi relegada a memória de Frei Carlos Maria de Ferrara, o fundador desta cidade. Tirando uma minúscula placa existente numa coluna da Praça da Sé (que de tão diminuta não chama a atenção de ninguém) não encontramos mais nada a lembrar Frei Carlos Ferrara na cidade por ele fundada. Este frade viveu cerca de dez anos (1740-1750) aqui. Nascido de família abastada da cidade de Ferrara, Itália, ainda jovem, Carlos decidiu contribuir com a obra de Deus em terras inóspitas e longínquas do continente americano. Veio parar no Brasil. Chegando a Recife foi enviado para evangelizar tribos indígenas, entregues ao paganismo e à barbárie, no Vale do Cariri. Frei Carlos Maria foi um novo Anchieta. Vestia hábitos velhos e remendados; passou fome e sentiu frio, padeceu de doenças e enfrentou um mundo atrasado e isolado dos centros mais civilizados. Na sua rotina diária celebrou – quantas vezes – o Santo Sacrifício da Missa; pregou a Boa Nova, batizou e legitimou uniões entre homens e mulheres, nestes confins distantes cerca de 600 km do litoral, numa época que não existiam estradas nem comunicações de qualquer espécie.

Fundou a Missão do Brejo do Miranda, origem da atual cidade de Crato. E ergueu, no centro da Missão, uma humilde capelinha de taipa coberta com folhas de palmeiras. O pobre e rústico santuário foi dedicado, de maneira especial, a Nossa Senhora da Penha, a São Fidelis de Sigmaringa e à Santíssima Trindade. Em volta da capelinha, ficavam as palhoças dos índios. Estes, além de cuidarem das plantações rudimentares, recebiam os incipientes ensinamentos da fé católica, ministrados por Frei Carlos. Aos poucos, nas imediações da Missão, elementos brancos foram construindo suas casas. Era o início da atual cidade do Crato. Não padece dúvidas de que o fundador do Crato foi frei Carlos Maria de Ferrara. É esta a mais bela página da história cratense. E, no entanto, nenhuma medida foi tomada pelo poder público para homenagear, nesta cidade de Crato, Frei Carlos Maria de Ferrara. Sequer existe aqui um beco com o nome dele.
Lugar ingrato para com seus benfeitores, esta cidade de Crato...

Escrito e postado por Armando Lopes Rafael

O Pensamento do Dia - Sócrates - Enviada por Sílvia Bezzato e Haroldo Ribeiro


"A juventude envelhece;
A experiência pode ser superada;
A ignorância, educa-se;
A embriaguez passa;
Mas a estupidez... essa é eterna."


Sócrates

Publicidade: Clínica São Raimundo - Várzea Alegre


O Blog do Crato tem o prazer de fazer a publicidade da Clínica São Raimundo, da cidade de Várzea Alegre - CE, que acredita no nosso trabalho como meio de buscar a integração regional. A Clínica São Raimundo é uma empresa conceituada. Comandada pelos renomados médicos Dr. Menezes Filho e da Dra. Ana Micaely de Morais Meneses. Especializada em pediatria, ultrassonografia, fisioterapia especializada, RPG.

Eis algumas fotos da nossa empresa/parceira que fazemos questão de divulgar:



Acima: A Logomarca oficial da Clínica São Raimundo, em Várzea Alegre.


Acima: O Médico, Dr. Menezes Filho em atividade.

Acima: Dra. Ana Micaely de Morais Meneses

Cuidando de seus pacientes com carinho e dedicação...



Clinica São Raimundo.
Rua Dep. Luis Otacilio Correia 129. Várzea-Alegre. Fone (088) 3541-1467.
Especialidade: Pediatria, ultrassonografia, fisioterapia especializada, RPG.

"Cuidando com carinho e responsabilidade do povo de Várzea Alegre !"

Anuncie no Blog do Crato.
Contatos:
blogdocrato@hotmail.com
Tel: 088-3523-2272

EUA aceitam ajuda internacional para conter a 'maré negra' no Golfo


Doze países e organismos internacionais oferecem equipamentos de ajuda. Japão oferece separadores de óleo e água e bóias para conter incêndios.

O governo dos Estados Unidos informou que aceitará a oferta de 12 países para ajudar a limpar e conter o vazamento de petróleo no Golfo do México. A notícia foi divulgada nesta terça-feira (29) por funcionários do Departamento de Estado americano. Barco passa material absorvente sobre manchas de óleo no Golfo do México.Barco passa material absorvente sobre manchas de óleo no Golfo do México. (Foto: Gregory Bull/AP) - "Os Estados Unidos aceitarão 22 "ofertas de ajuda de 12 países e organismos internacionais, inclusive dois separadores de óleo e água de alta velocidade e bóias de contenção de incêndio do Japão", informou o Departamento de Estado em um comunicado. "Atualmente, estamos desenvolvendo as modalidades particulares de entrega da assistência oferecida", continuou o comunicado, acrescentando que detalhes estariam "disponíveis assim que estes ajustes estiverem concluídos". O vazamento começou em 20 de abril, quando uma plataforma operada pela multinacional pertrolífera British Petroleum (BP) que estava no local explodiu e afundou, deixando 11 mortos.

Fonte: G1

O Nascimento da Consciência Ecológica - Luiz Domingos de Luna*


O cheiro dos seres humanos é algo muito forte, via de regra, usamos os nossos sentidos como janelas para o mundo individual, de fato, a silhueta do homo sapiens corrobora para a o egocentrismo do nosso ser, nós somos meros captadores e consumidores de meio externo, porém, não há uma preocupação com a natureza, até parece, que esta despreocupação está timbrada no nosso DNA, em prosseguimento, as formas sociais vão desenhando o espaço pensamental de cada um, pois, vive-se numa eterna fábrica de seres humanos, ou desumanos, o circulo cultural permeado, tem um potencial modificador, capaz inclusive, de mascarar o direcionamento biológico na conspiração cotidiana de destruição do espaço, ao custo de reclames da mãe natureza, a chorar eternamente em berço esplêndido. Por enquanto e até quando?

O Contrato Social é a base, ou motor primeiro, para a harmonia do homem no espaço tempo, vez que, um contrato obsoleto cria sempre a preocupação com o substrato dos seres humanos na fixação no planeta terra, masmorras para sociedade, ou presilhas inoportunas, que inviabilizam a harmonia na floresta humana e, na maioria das vezes, um deserto árido para o meio ambiente.

O Nascimento pleno da consciência ecológica nasce, quando o ser humano for capaz de colocar a sua objetiva para o mundo exterior, observar a paisagem existencial geográfica, observar que o disforme ecológico, é uma coletânea dos disformes individuais e sociais, a elasticidade do tempo, esta geléia vai ganhando corpo, solidez e unicidade. É este monstro que assusta a sociedade e a coletividade humana como um todo - O Homem como o centro de destruição do planeta terra.

Falta ao ser humano o pigmento radioativo do bem comum, em todas as suas dimensões, desde o menor tecido sociológico ao maior.

Desde o mais frágil ecossistema(...)

Enquanto não existir uma conscientização de contrato social que dê a legitimidade, a legalidade as inúmeras espécies que formam a variante do conjunto da totalidade, do todo em partes, da biodiversidade existencial, das forças internas presente em cada um, para a disposição, da aptidão do estar sempre a serviço do bem comum e, do crescimento com sustentabilidade ecológica, por que no final das contas, somos a massa humana planetária em movimento, num carrossel giratório, na roldana deste tapete tortuoso – todo planeta sofre, se abala e chora.

Luiz Domingos de Luna
Professor- Aurora -Ceará

Foto ilustrativa: Site achetudoeregiao.com.br

BlogHumor - Você usaria este Banheiro ?

Esta é uma foto de um banheiro público que essa senhora está entrando...

Agora que você viu do lado de fora, veja do lado de dentro...


As paredes são feitas de vidro transparente
Ninguém lá fora pode ver você lá dentro!
Mas quando você está dentro dele, é como se estivesse dentro de uma caixa de vidro transparente.

PERGUNTA:

Você usaria esse banheiro?
Banheiro com o chão pintado...
Imagine que você está numa festa no décimo andar de um prédio.
Daí, você precisa ir ao banheiro.
Você abre a porta .....



Veja abaixo uma pintura no teto de uma área designada aos fumantes...


SENSACIONAL!
Texto recebido via E-mail.

Entre ser Feliz ou Ter Razão ? - Texto enviado por: Cristiane Duarte


O TEXTO É BEM PEQUENINO E INTERESSANTE P/PENSAR A RESPEITO...

"SER FELIZ OU TER RAZÃO ? "

Para reflexão...

Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem. Percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber: - Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais... E ela diz: - Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

MORAL DA HISTÓRIA:

Esta pequena história foi contada por uma empresária, durante uma palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente, de tê-la ou não. Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais freqüência: 'Quero ser feliz ou ter razão?' Outro pensamento parecido, diz o seguinte: 'Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam. Passe este e-mail aos seus amigos, para ver se o mundo melhora... Eu já decidi... EU QUERO SER FELIZ!

Texto enviado para o Blog do Crato por: Cristiane Duarte.
Envie seu texto para publicação através do nosso e-mail:
blogdocrato@hotmail.com

Médicos duvidam da eficácia dos genéricos


Há mais de uma década no mercado, os remédios similares e genéricos ainda enfrentam a resistência de médicos e não são usados por hospitais de ponta como o Albert Einstein, o Sírio-Libanês, o Oswaldo Cruz e o São Luiz.Esses medicamentos, líderes em vendas e os mais indicados no SUS, têm sua eficácia questionada por médicos de várias áreas, que não os receitam aos pacientes. Ao mesmo tempo, como lembra Gilberto de Nucci, professor de farmacologia da USP e da Unicamp, não existem estudos científicos que justifiquem a desconfiança.

"Perdi a confiança nos genéricos", diz o professor aposentado de farmacologia e clínica médica da USP Antonio Carlos Zanini. "Se é um medicamento do qual possa depender a vida, eu não uso e não deixo ninguém em casa usar", diz.

TESTES

Zanini, que comandou a vigilância sanitária nos anos 80, diz que a fiscalização é falha. Hoje, exige-se teste no licenciamento do genérico e, daí para a frente, "ninguém sabe o que ocorre", diz.Para o professor, o órgão deveria fazer testes de surpresa, criando alguma incerteza capaz de levar os laboratórios a manter a qualidade. Mas a maioria dos médicos concentra seus ataques nos similares, já que muitos deles, ao contrário dos genéricos, não passaram por testes de bioequivalência. Esses testes provam que o remédio é absorvido pelo organismo em igual quantidade e na mesma velocidade do medicamento de referência. Os similares respondem por 65% das vendas no país. Por causa dos preços mais baixos, tornaram-se os mais usados no SUS, segundo pesquisa da Escola Nacional de Saúde Pública, da Fiocruz. O Ministério da Saúde diz que cumpre a lei de licitações, que privilegia o menor preço. Alega que, até 2014, todos os similares terão comprovada a bioequivalência. "Eu não deixo meus pacientes usarem [os similares], não admito", afirma o presidente da SBCM (Sociedade Brasileira de Clínica Médica), Antonio Carlos Lopes, que é também professor titular da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Para ele, como os similares não passam por esses testes de bioequivalência, não são confiáveis. Porém, quando atende no hospital público, Lopes diz não ter escolha. " É a licitação que manda." O infectologista Artur Timerman diz que evita prescrever antibióticos similares porque, em algumas situações, o remédio (cloridrato de ciprofloxacino) não funcionou. "Aconteceu tanto no tratamento de infecção urinária quanto de gonorreia." Na mesma toada vai João Massud Filho, da Unifesp, pesquisador na área de novos medicamentos: "Os similares são uma aberração. É como a jabuticaba; só existem no Brasil".

Apesar da resistência, a Anvisa e a Alanac (Associação dos Laboratórios Farmacêuticos Nacionais) afirmam que esses medicamentos são seguros e eficazes. Por determinação legal, os similares não são considerados "intercambiáveis" com os medicamentos de referência, ou seja, não podem substituir os de marca, como acontece com os genéricos. De Nucci tem uma explicação singela para a resistência dos colegas: "Pesquisas mostraram que 92% dos médicos receberam brindes da indústria farmacêutica. E os outros 8% são mentirosos. Eu posso dizer, porque sou médico". Massud relativiza o argumento, lembrando que fabricantes de genéricos e similares fazem parte da indústria e também distribuem benesses para médicos e bônus para farmácias.

Fonte: Folha.com

HOMENAGEM:Bairro Ossian Araripe (Caixa D'Água) - Por Wilson Bernardo.

Felicito a todos os moradores na pessoa de KAKA PIANCÓ,assíduo leito do BlogdoCrato. Caixa d'água, Bairro simples e singelo de recordações. Suas tertúlias na capela e seus enamorados em pé de calçada.

Registro de um bairro, predestinado a mudanças de um novo tempo.


Wilson Bernardo (Texto & Fotografia)

Há 20 anos o deputado federal cratense Raimundo Bezerra fez este discurso





Fonte: jornal O POVO
Ação contra Collor por genocídio

1990, 29 de junho – O deputado federal Raimundo Bezerra (PMDB-CE) afirmou em pronunciamento na Câmara dos Deputados que vai acionar o presidente Collor de Mello por crime de genocídio logo que ocorra a primeira morte por dengue hemorrágica no Ceará. Preocupado com as demissões e disponibilidades na Sesp e na Sucam, o parlamentar e outros representantes da área da saúde na Câmara Federal, enviaram manifesto ao presidente da República apelando para que esses atos sejam urgentemente tornados sem efeito. O documento denúncia a iminência de grave epidemia de dengue hemorrágica em todo o país.

Dunga dá uma de João Saldanha em cima da TV Globo - Postado por: Antonio Morais




O Jornal O Globo em sua primeira página da edição de hoje, quarta-feira 16 de junho de 2010, desce a lenha na seleção e principalmente no seu treinador. Qual a razão dessa súbita mudança de comportamento? Vamos aos fatos : Segunda-feira, véspera do jogo de estréia da seleção brasileira contra a Coréia do Norte, por volta de 11 horas da manhã, hora local na África do Sul. Eis que de repente, aportam na entrada da concentração do Brasil, dona Fátima Bernardes, toda-poderosa Primeira Dama do jornalismo televisivo, acompanhada do repórter Tino Marcos e mais uma equipe completa de filmagem, iluminação etc.

Indagada pelo chefe de segurança do que se tratava, a dominadora esposa do chefão William Bonner sentenciou: Estamos aqui para fazer uma REPORTAGEM EXCLUSIVA para a TV Globo, com o treinador e alguns jogadores. Comunicado do fato, o técnico Dunga, PESSOALMENTE dirigiu-se ao portão e após ouvir da Sra. Fátima o mesmo blá-blá-blá, foi incisivo, curto e grosso, como convém a uma pessoa da sua formação: Desculpe-me, minha senhora, mas aqui não tem essa de REPORTAGEM EXCLUSIVA para a Rede Globo. Ou a gente fala pra todas as emissoras de TV ou não fala pra nenhuma? Brilhante! Pela vez primeira em mais de 40 anos, um brasileiro peitava publicamente a Vênus Platinada! Mas? prosseguiu dona Fátima? Esse acordo foi feito ontem entre o Renato ( Maurício Prado, chefe de redação de Esportes de O Globo ) e o Presidente Ricardo Teixeira. Tenho autorização para realizar a matéria. Não tem autorização nem meia autorização, aqui nesse espaço eu é que resolvo o que é melhor para a minha equipe. E com licença que eu tenho mais o que fazer. E pode mandar dizer pro Ricardo Teixeira que se ele quer insistir com isso, eu entrego o cargo agora mesmo!

O treinador então virou as costas para a supra sumo do pedantismo e saiu sem ao menos se despedir. Dunga pode até perder a Copa, seu time pode até tomar uma goleada, mas sua atitude passa à história como um exemplo de coragem e independência. Dunga, simplesmente, mijou na Vênus Platinada ! Uma estátua para ele !!!

Dá-lhe Dunga

Quem presenciou na noite de domingo o editorial do Programa Fantástico da rede Globo, lido pelo repórter Tadeu Schmidt, há de ter compreendido todo o desespero que se apossou da Vênus Platinada, em relação ao técnico da seleção brasileira. Chamando-o de grosseiro, mal educado e outros mimos a mais, a poderosa estação do Jardim Botânico viu pela primeira vez em mais de 40 anos, um brasileiro desafiar seu domínio, e literalmente mijar na sua cabeça. Recordando os fatos mais recentes, inconformado com a proibição das tais entrevistas exclusivas que só seriam concedidas à Globo, na sexta feira o Assessor de Imprensa da CBF levou ao técnico Dunga outro memorandum, dessa vez do próprio Presidente Ricardo Teixeira, solicitando que se ordenasse a abertura para que as tais exclusivas fossem concedidas. Dunga então rasgou o memorandum na frente do Assessor de Imprensa e como a reclamação vinha diretamente por ordem da Todo-Poderosa Sra. Fátima Bernardes, Prima Dona do jornalismo televisivo, Dunga foi mais uma vez taxativo: Diz pro Ricardo que se é o que ele deseja, que coloque essa senhora como treinadora da seleção, eu entrego meu cargo! Lógico que o técnico permaneceu. Dona Fátima então, sentindo-se desprestigiada alegou um problema de cordas vocais e teria tomado o primeiro avião retornando ao Brasil.

Na entrevista coletiva, após o jogo contra a Costa do Marfim, Dunga então resolveu premiar os repórteres da rede Globo que lá se encontravam. Pela leitura labial ficou fácil identificar que ele chamou Marcos Uchoa de chato e Alex Escobar de babaca e cagão. E disse tudo. O Sr. Marcos Uchoa com aquela cara de diarréia reprimida é realmente um chato de galochas, e o Sr. Alex Escobar, metido a engraçadinho e a bobo da corte, é a própria imagem do babaca cag**. Em razão disso tudo que foi descrito, o Sr. William Bonner, absolutamente descontrolado, escreveu do próprio punho o editorial ridículo que foi lido no Fantástico. Agora à tarde chega a notícia publicada no Portal do Lancenet que a FIFA punirá Dunga pelos fatos ocorridos. A rede Globo certamente está por detrás dessa punição covarde e canalha. Dunga merece uma estátua em praça pública. É o primeiro brasileiro vivo a desafiar publicamente a força e o poderio da Rede Globo, numa competição de cunho internacional. Leonel Brizola já o fizera antes, mas em assuntos de política interna. A seleção brasileira de 2010, muito mais que uma seleção, passa a ser o retrato fiel de seu treinador. Que o seu sucesso seja um insulto à podridão que reina nas hostes da emissora do Jardim Botânico. Dunga "mijou" na rede Globo por todos nós.

Autor desconhecido
Postado por: Antonio Morais no Blog do Sanharol

Cumprimento meus amigos com Música de Qualidade ! - Stevie Wonder & Tony Bennett - For Once in My Life

O.B.S - A fim de evitar ouvir 2 sons ao mesmo tempo, pare antes o player da Rádio Chapada do Araripe, na entrada do Blog, canto superior direito.



Um encontro fantástico de dois dos maiores cantores de todos os tempos, o grande Tony Bennett e Stevie Wonder, cantam juntos o clássico "For once in my life", numa arrebatadora apresentação de gigantes. Não se pode negar que Tony Bennett é um grande talento musical, alem do showmanship que ele tem. Por outro lado, Stevie "Wonderful" ( Stevie Maravilhoso ), como diz Bennett no final, dá literalmente um "banho" de interpretação, com sua extrema versatilidade na voz, e uma musicalidade de gênio mesmo. Quem quiser, pode adquirir o DVD inteiro, porque vale a pena: É Tony Bennett e Convidados. Para ouvir, curtir e amar! - Rádio Chapada do Araripe Internet - Apenas o Melhor da Música - www.radiochapadadoararipe.com

Abraços,

Dihelson Mendonça

Opções ou contradições - Como vencer o medo. - Postado Por: M.Gabriella Federico


“Porque não recebeste o espírito de escravidão, para outra vez estardes com medo, mas recebeste o espírito de adoção de filhos, pelo qual podemos clamar: Pai , meu Pai . O Espírito de Deus, se une com o nosso espírito, para afirmar que somos filhos de Deus. Romanos 8-15,16”.

“Porque Deus não nos deu o espírito de medo, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. 2 Timóteo 1-7 O medo tem sido a causa de muitas doenças psicossomáticas e de levar muitas pessoas a ruína, em sua vida familiar, profissional e sentimental. Grandes problemas se levantam diante daqueles que são atingidos pelo medo. Se não houver a cura, ela se transforma em fobia, encaminhando a pessoa para a mais grave loucura. Muitos usam como tratamento, medicamentos antidepressivos, tranqüilizantes e outras drogas que agem na mente e amenizam o mal estar. Podemos detectar agindo na vida das pessoas, vários tipos de medo, os quais tiveram origem em problemas que traumatizaram, deixaram marcas profundas na alma , no centro das emoções, e as pessoas convivem com ela . Há medo de animais, medo de altura, medo do futuro, medo das pessoas, medo da morte, medo da solidão, medo da escuridão, medo do ridículo, medo de sentir sede, medo de sentir fome, medo de lugares fechados, medo de desagradar, medo de ofender, medo da incompreensão, medo da desaprovação, medo de ser criticado, medo de ser dominado... Medo e mais medo, uma infinidade, para todos os gostos e tipos de pessoa. Podemos ver que para cada prazer há um oposto. Somos criaturas tricônomas; ou seja formada por corpo, alma e espírito. Em nosso espírito age a intuição, consciência, comunhão. Na alma age a vontade, o intelecto e o sentimento (emoção) - O corpo--- abriga o espírito e a alma e coloca todos eles em funcionamento. O medo não existia no ser humano quando Deus o criou. Foi um sentimento que surgiu quando o homem pecou. Vemos em Gênesis 3-10; a primeira declaração do medo. Até aquele momento ele não sentia medo e não sabia o que era medo, não fazia parte de sua vida ou da sua alma.. E disse :

“ouvi a tua voz soar no jardim, e tive medo, porque estava nu escondi-me.” No momento que Adão pecou, sua alma foi infectada, recebeu o vírus do medo, foi atingido emocionalmente, houve uma cisão no relacionamento e o medo passou a existir, e nem os animais ficaram isento de sentir medo, pois foi estendido para todos os animais da terra. Gênesis 9-2: todos os animais selvagens, todas as aves, todos os animais que se arrastam pelo chão e todos os peixes terão medo e pavor de vocês. Alguns de nossos pais na fé também tiveram medo. Vejamos Jacó : Gênesis 31-31: então disse Jacó a Labão, eu fiquei com medo porque pensei que o senhor ia tirar as suas filhas à força. Em 1 reis 19- 9 a 13 nos fala de Elias se escondendo em uma caverna com medo de Jezabel. Em Mateus 14- 30, nos fala sobre o episódio de Pedro quando Jesus autorizou para que ele andasse sobre as águas, diz: mas sentindo o vento forte; teve medo e começou a ir para o fundo. O medo destrói, o medo mata. Em Mateus 17-6, nos fala da transfiguração de Jesus, quando se ouviu a voz que dizia: este é meu Filho amado em quem tenho prazer, escutai-o, e naquele momento cobriram seus rostos porque tiveram medo. Mas Jesus se aproximando deles os tocou e disse : não tenham medo.”

Em Deuteronômio 2-25 nos fala sobre o medo dos povos.
Em Salmo 91-5 nos fala sobre o medo do terror da noite
Em João 19-38 diz sobre o medo de pessoas
Em Hebreus 2-15 nos fala sobre o medo da morte
Em Ezequiel 1-18 fala sobre o medo do desconhecido
Em Isaias 2-21 fala sobre o medo de Deus
Em Lucas 21-26 nos fala com medo das coisas que virão.
Em Levítico 26-36 nos fala de medo de qualquer coisa.
Em Mateus 6-30, nos fala sobre o medo do futuro.

Deus nos tem chamado para ser seus soldados valentes e corajosos, confiantes, vitoriosos, pessoas destemidasque não tem medo de nada. Em Romanos 8-37, está escrito : em todas estas coisas somos mais que vencedores Quando aceitamos a Cristo como nosso Senhor e Salvador o espírito volta a ser religado a Deus, somos justificado, a justificação ocorre de imediato, em Romanos 5-1, diz que a nossa alma entra num processo de santificação (ela é progressiva} até alcançarmos a glorificação quando entrarmos definitivamente na Glória de Deus.
Por que então ainda sentimos medo ?

Por que o tratamento da alma, a cura definitiva, é um processo que precisa ser realizada por Deus, e somente acontece quando Ele é Senhor de nossa vida. A psicologia moderna diz: o propósito do medo é assegurar a sobrevivência do “eu”, a sobrevivência dapersonalidade. Quando o nosso “eu” domina, o medo tem acesso livre. Por isso é necessário deixarmos Jesus Cristo ser Senhor de nossa vida se quisermos a cura. É o nosso “eu” que dá livre acesso ao medo, deve ser crucificado com Cristo como disse o apóstolo Paulo em Gálatas 2: 20 , “já estou crucificado com Cristo, e vivo não mais eu, mas Cristo vive em mim, e a vida que tenho, tenho no Filho de Deus, o qual me amou e se entregou por mim”.

Enquanto Jesus Cristo não toma o lugar do “eu” você ficará sujeito a sentir medo, e desenvolver o medo. A psicologia moderna diz que devemos aprender a conviver com o medo ignorá-lo e superá-lo, mas a Bíblia diz : não tenham medo, determinando a erradicação completa do medo. A ciência médica diz que o medo gera energia que provoca profundas alterações fisiológicas no corpo. O coração bate mais forte, a pressão sanguínea aumenta, aumenta a quantidade de açúcar no sangue, a digestão se paralisa. Essa energia pode ser destrutiva, pois precisa ser descarregada. A lei da física diz que a energia não desaparece, continua se acumulando, aumentando a sua carga até alcançar tais proporções que causam um efeito destrutivo. Se a analisarmos que o medo produz energia, e se não for eliminado ela se transformará em fobia, medo exagerado, o qual se encaminha para a paranóia e por si só a loucura, não podemos admitir que um cristão genuíno possa estar sofrendo destruição causada pelo medo. Posso assegurar pela Bíblia que o medo tem cura definitiva..medo não se manifesta. O Amor lança fora todo o medo. Você tem fé, mas não pratica o Amor, o medo tem grande oportunidade de se manifestar. A falta de Amor abre portas para a manifestação do medo em sua vida. Aquele que não ama não conhece a Deus e nunca o conheceu, diz o apóstolo João em seu livro ( 1 João 4-8, 20) quem pratica o genuíno Amor não tem medo de nada. Não pode imaginar que as pessoas sempre estejam olhando com reprovação, não guarda rancores ou mágoas em seu coração trazendo marcas em sua alma. Ame o teu próximo como a ti mesmo. Ame teus amigos e vizinhos ao ponto de você não admitir que eles estejam caminhando para a eternidade sem salvação e você não esteja fazendo nada para reverter a situação,. Ame de modo que você veja a necessidade do reino ser anunciado em todas as partes e você seja participante deste empreendimento. Não fique em O segundo alicerce é o Amor. Em 1 João 4-18 diz que no Amor não há medo, onde há Amor o casa trancado com medo, sendo que jesus te convidou e ordenou para você fazer parte da grande comissão: ir e fazer discípulos. Assuma seu lugar de vencedor e que Deus o abençoe.

Publicado em: 18/8/2006
Por: Delmo de Carvalho
Igreja Batista Nacional - Capanema-Paraná

Minha homenagem ao dissidente cubano Orlando Fariñas, em greve de fome - postado por Armando Lopes Rafael





Em Havana, violenta repressão da ditadura dos irmãos Castro contra as Damas de Blanco (Damas de Branco)
















Desde 2003, acontece na ilha-prisão de Cuba, um movimento de mulheres de várias idades, denominado Damas de Blanco, organiza-se para pedir a libertação de seus filhos, maridos, parentes e amigos dos cárceres da ilha-prisão, promovendo protestos pacíficos nas ruas de Havana.
O movimento originou-se como resposta da sofrida sociedade cubana às prisões em massa ocorridas na primavera de 2003. A partir de então o mundo passou por várias mudanças, mas a perseguição religiosa e política em Cuba prosseguiu. No lugar de Fidel, o irmão ditador Raul Castro mantém na prisão numerosos cidadãos que reivindicam o básico direito de ir e vir.
O apoio internacional às Damas de Blanco aumentou depois que morreu na prisão o dissidente cubano Orlando Zapata. Após 85 dias de greve de fome, ele sucumbiu no mesmo dia em que o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, em visita a Cuba, negou-se a interceder em seu favor.
O próximo mártir pelo retorno da liberdade e democracia em Cuba, ao que tudo indica, será Orlando Fariñas.
Fonte: revista "Catolicismo" junho/2010
Postado por Armando Lopes Rafael

Reflexões da alma - Por-Francisco Fabiano


Crueldade

Deste muito, aspiro realizar comentários em torno da imensa riqueza que existe na mente humana, que são valiosos recursos para desenvolvermos a capacidade de pensar, escolher, de tomar decisões e para nos tornarmos cada vez mais conscientes e sociáveis em todas as circunstâncias da vida. Isto me inspirou a fazer modestas anotações, cujas páginas coloco no blog do Crato para apreciação. Farei comentários semanais sob diversas reflexões humanas como:Crueldade – Auto crueldade – Orgulho – Crítica – Ilusão - Medo – Egoísmo - Vícios – Solidão – Ansiedade – Segurança – Depressão – Inveja e outros temas.

Crueldade – Cada ato de agressividade que ocorre neste mundo tem como origem básica uma criatura que ainda não aprendeu a amar. A crueldade, como de morte, já se acha em quase todos os povos da antiguidade. Em Atenas, dava-se ao sentenciado à morte opções de escolha: estrangulamento, que era considerado por todos humilhante. O corte de cabeça, pelo cutelo, que era muito doloroso, e o envenenamento, que era o preferido entre os condenados.

Na Roma Antiga, em época anterior a Júlio Cesar, o enforcamento e a decapitação eram as sentenças mais generalizadas. Porém, ao homicida de pais e irmãos era aplicada uma pena invulgar: ser cozido vivo e depois atirado ao mar. A condenação dos incendiários eram as chamas da fogueira. Os hebreus preferiam o apedrejamento, ou a decapitação, pois atribuíam estar na cabeça a localização dos delitos. Na China, havia um processo de deixar cair gotas d’água na testa do condenado, sempre no mesmo lugar, até conduzi-lo à completa loucura. No Japão, os sentenciados à morte tinham a permissão dos juízes para rasgar o próprio ventre com sabre.

Não poderíamos descrever aqui, nestas rápidas reflexões, os atos terríveis de personalidades da história da humanidade, nem analisar sua natureza primitiva e rudimental, inata nas almas em seus primeiros passos de ascensão espiritual. Mas nomearemos algumas dessas criaturas que tiveram comportamentos degenerados: Nero, Napoleão, Calígula, Caracala, Gengis Khan, Ivã - o terrível, Tamerlão. Porém, não nos deteremos às atitudes de personalidades do passado ou do presente, nem nas das incontáveis condutas cruéis de homens que passaram anonimamente pela terra. Todavia, não poderíamos deixar de registrar o fanatismo e o autoritarismo da “Santa Inquisição” - também conhecida como “Santo Ofício”, criada em1233 pelo papa Gregório IX -, que entrou para a história como uma das mais brutais demonstrações de ferocidade e violência contra os direitos humanos.

Não saberemos avaliar com precisão quais os atos mais perversos e sanguinários: os realizados pelos executores ou os praticados pelos executados. Aliás, pessoas lutam e matam até hoje “em nome de Deus”, para justificar e proteger as suas crenças religiosas.

A atrocidade, o sadismo, a perversidade e a desumanidade são características provenientes de insensibilidade ou enrijecimento da psique humana, em processo inicial de desenvolvimento espiritual.

As faculdades do homem estão em estado latente, “como o princípio do perfume no germe da flor, que ainda não desabrochou”, assim, também, em essência somos todos uno com a Perfeição Divina que habita em nós.

Todo processo de aprendizagem resulta em uma expansão da consciência, o que nos possibilita, gradativamente, abandonar os gestos bárbaros. Quando a criatura integrar na sua mentalidade o senso moral, que nela reside em estado embrionário, converterá os atos agressivos em atitudes sensatas e humanas.

Um traço comum em toda a Natureza é a evolução. Evoluir é o grande objetivo da Vida, pois, quanto mais progredimos, mais resolveremos nossos problemas com harmonia e sensatez. A maioria dos indivíduos se comporta como se os problemas existissem por “si sós” e exige que o mundo exterior os resolva. Mas as dificuldades não existem fora, e sim dentro de nós mesmos. Nesse caso, quanto mais percebemos essa realidade, mais aprendemos como solucioná-los sem brutalidade.

Cada ato de agressividade que ocorre neste mundo tem como origem básica uma criatura que ainda não aprendeu a amar. Naturalmente, todos nós ficamos indignados com a rudeza ou a maldade, mas devemos entender que isso é um processo natural da humanidade em amadurecimento e crescimento espirituais.

Por detrás de todo ato de crueldade, sempre existe um pedido de socorro. Precisamos escutar esse apelo inarticulado e dissolver a violência com nossos gestos de amor.

Os atos e a vida do Cristo apresentam, sob muitos aspectos, sempre algo de novo a ser interpretado em seu significado mais profundo. A História da humanidade nunca registrou nem registrará fato tão cruel e violento na vida de um ser humano como aquele ocorrido há quase dois mil anos.

Os judeus tinham, nas redondezas de Jerusalém, uma colina que se destinava à execução dos condenados da época.

Era um terreno de acentuado declive, aspecto pesado e sóbrio, onde crucificavam os assassinos e ladrões. Os gregos deram-lhe o nome de Gólgota, do hebraico “gulgoleth” (“crânio”), os romanos chamavam de Calvário, do latim “calvarium” (“lugar de caveiras”). Esse sítio tinha uma formação rochosa que se assemelhava a uma caveira, além de nele se encontrarem, por todos os lados, crânios em decomposição, expostos ao tempo.

Nesse tétrico lugar, um ser extraordinário, que queria simplesmente despertar nos homens sua “dimensão esquecida”, ou ligar esse “elo perdido” ao Poder da Vida, foi crucificado penosamente.

“E quando chegaram a um lugar chamado de Caveira, ali o crucificaram, juntamente com dois malfeitores, um à direita e o outro à esquerda. Mesmo diante do sofrimento, Jesus dizia: Pai perdoai-lhes, porque não sabem o que fazem.”

O grande número de pessoas ali presentes representava a violência humana; para elas não havia sequer um pingo de maldade em suas ações, e se ofenderiam, certamente, se fossem acusadas de perversas. Jesus, no entanto, as entendia em sua infância espiritual. Todos nós, na atualidade, preocupados em saber como lidar com a violência que explode de tempos em tempos no seio da sociedade terrena, devemos sempre fazer uma busca interior para compreender integralmente o significado majestoso dessa atitude de entendimento, perdão e amor que Jesus Cristo legou para toda a humanidade.

Francisco Fabiano
Massoterapeuta CRT8477 ( Pintura: de Paolo Bento- artista de Crato )

Reconhecimento ao Padre Edmilson Neves Ferreira - por Armando Lopes Rafael

Padre Francisco Edmilson Neves Ferreira, Cura da Catedral.
Foto: Dihelson Mendonça

Faça-se justiça ao atual Cura da Sé (o nono na sequência dos curas), Padre Edmilson Neves, responsável pela remodelação da casa paróquial e construção das duas novas capelas na Catedral (as da Ressurreição e a do Santíssimo Sacramento), além da restauração da Capela Batismal, incluindo a histórica pia batismal.

Padre Edmilson dotou ainda a Sé cratense de novo piso, restaurou todas as imagens daquele templo e adquiriu dois belíssimos vitrais (um com a Mãe do Belo Amor e outro com o co-padroeiro de Crato, São Fidelis de Sigmaringa, suprindo a lacuna que existia na cidade quanto à memória deste santo).

Revitalizou, o dinâmico Cura, a festa da Coroação de Nossa Senhora que acontece no dia 31 de maio. Restaurou a artística Cátedra do Bispo (Sólio Episcopal) que foi adquirida por Dom Quintino e a imagem do Senhor Morto que sai nas Procissões da Semana Santa. Recuperou o Auditório Monsenhor Rubens e a pracinha interna da Catedral.

Depois de Monsenhor Rubens Gondim Lóssio quem mais trabalhou pela Catedral foi o Padre Edmilson. Aliás, ambos nasceram na cidade de Jardim. Que o Padre Edmilson construa agora o altar de pedra (exigência para as catedrais) e um nicho para colocar – na Sé de Crato – uma réplica da imagem da Mãe do Belo Amor, e embaixo uma placa homenageando o fundador de Crato e primeiro evangelizador do Vale do Cariri, Frei Carlos Maria de Ferrara...

Texto e postagem: Armando Lopes Rafael

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30