xmlns:fb='http://www.facebook.com/2008/fbml' xmlns:og="http://opengraphprotocol.org/schema/"> 10/01/2010 | Blog do Crato
.

VÍDEO - ÚLTIMAS NOTÍCIAS - Prefeito do Crato é escolhido um dos melhores prefeitos do Ceará pela PPE Eventos, em Fortaleza. ( 09-11-2017 ).
Estamos de volta com as transmissões da TV Chapada do Araripe ( E agora, com alguns programas ao vivo ). Serão vários programas abordando temas diversos, como a realidade da nossa região, do Ceará e do mundo; Programas científicos, atualidade, entrevistas, e transmissão de eventos ao vivo. ( Veja o vídeo e compartilhe ). www.tvchapadadoararipe.com



Comunidade Cratense no Facebook - Mais de 25.000 seguidores. Clique em Curtir e adicione a sua Foto !

10 janeiro 2010

Observando pássaros






Hoje foi um domingo muito especial para mim. Acordei as 4:30 da manhã. As 5:oo, estava no Encosta da Serra Hotel. Uma chuvinha fina me acompanhou da minha casa até o hotel, junto com um friozinho delicioso. Lá me juntei a Paulo Boute, um ornitólogo e guia turístico, e a Renata, uma paulista cliente do Paulo, amante da fotografia e observadora de pássaros. Saímos em direção à Chapada do Araripe as 5:30. Fomos pela estrada Crato-Exú. No meio da floresta o Paulo pega uma entrada a direita, onde vai dar na casa de um morador da serra, já seus amigos há um bom tempo. É lá onde ele deixa o carro para, a partir dali, a pé, sair à procura de observar pássaros e registrar em fotografias. Foi a minha primeira incursão na prática, feito com um profissional e com equipamentos adequados. Fiquei impressionado quão gostoso é a observação de pássaros livres na natureza, e mais o quanto temos de espécie na chapada que nem sequer imaginava. É uma sensação muito gostosa. O Paulo e a Renata me mostraram como é interessante fazer a chama dos pássaros, espera que venham, sentarem nas árvores ou arbustos, observarmos e registrar. É muito gratificante ver as suas belezas e melhor ainda saber que estão livres, para perpetuar a sua espécie. Vi aves raras e outras nem tanto, mas que, visto daquela forma e com equipamento adequado, um binóculo da marca "Leica" especial para a prática, nos dá a sensação maravilhosa de alegria, de liberdade, de conquista e de satisfação por estar aqui no Cariri, local tido como espetacular para a prática da observação de pássaros. O Paulo Boute é um especialista na área. Ele vive trazendo grupos de observadores da Europa para fazer a observação das nossas aves, muitas delas exclusivas, como o Soldadinho do Araripe. Seu site, http://www.boute-expeditions.com/, é todo em inglês porque a grande maioria dos seus clientes são da Europa. Fiquei impressionado como ele tem intimidade com a Chapada do Araripe, com o Hotel, com o restaurante onde sempre come, enfim, como o Paulo já é caririense. Ele vem, faz seu trabalho de guia com os seus clientes, e vai embora.
Conheci o Paulo a cerca de um ano. Na realidade o nosso primeiro contato foi via e-mail. Ele de repente me mandou um e-mail, pois vira que eu trabalhava com elaboração de projetos na área cultural e turística e queria conversar comigo. Marcamos no Hotel Encosta da Serra e a partir daí criou-se uma amizade e o desejo de dar maior sentido às suas visitações aqui pelo Cariri. Ele me apresentou um projeto que tinha desenvolvido na Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Fiquei encantado e com aquele projeto em mãos achamos que deveríamos fazer o mesmo aqui no Cariri. Dessa vez ele veio com apenas uma cliente e ficou mais fácil de eu ir junto e sentir as maravilhas de observar pássaros. Então: agora estou com o projeto praticamente pronto e em breve o realizarei, para que essa prática se multiplique no Cariri, mas que observemos os nossos pássaros soltos, no seu habitat, livres de gaiolas, viveiros, alçapão ou qualquer outra armadilha para capturá-los.
Aproveitando o tempo chuvoso, pois logo que foi ficando um pouco mais tarde uma fina chuva em cima da serra nos impediu de continuar, resolvi levá-los para conhecer a Fundação Casa Grande, coisa que nunca nem ouviram falar. Aí foi unir a fome com a vontade comer. O Paulo e a Renata se encantaram com o projeto do Alemberg e Rosiany, como já é comum a quem vai à Nova Olinda, e dai já pintou também uma parceria onde em breve o Paulo virá ministrar uma palestra, ou mini-curso de observação de pássaros para as crianças da Casa Grande. Puxa, foi muito prazeroso ter um dia desses. Então, em breve nós vamos fazer esse evento aqui no Cariri e pretende-se, junto, fazer o lançamento de um livro com as espécies da nossa querida Chapada do Araripe.
Pretendo também levar o Paulo para fazer uma explanação do seu trabalho no nosso Fórum de Cultura e Turismo, para que todas as cidades do Cariri tomem conhecimento de como se faz a observação de pássaros e como curtir as suas belezas de plumagem e canto, mas soltos na natureza, assim como deve sempre ser.

FOTO DO SOLDADINHO:Ciro albano (Direitos reservados)

Futebol - Atualização 1 - Amilton Silva - Domingo, 10 de Janeiro de 2010


Teoricamente favorito ao titulo do Cearense de 2010, O fortaleza começou a temporada sendo derrotado por 3 X 2 , no estádio Domingão em Horizonte, pela boa equipe do Limoeiro. O Limoeiro parecia que ia sair com uma histórica goleada quando chegou a ficar na frente do placar por 3 X 0, gols assinalados por Lequinha aos 16 do primeiro tempo, Wescley aos 22 do segundo tempo e aos 26 Joãozinho. O Fortaleza esboçou ainda uma reação, mesmo assim, saiu de campo com a derrota decepcionando a sua fiel torcida. Marcaram para o tricolor: Niel aos 34 minutos do segunto tempo e Cleiton aos 41 minutos. Cinco jogos completam a primeira rodada neste domingo.

GUARANI DE JUAZEIRO X CRATO
GUARANY DE SOBRAL X MARANGUAPE
FERROVIARIO X ITAPIPOCA
HORIZONTE X CEARÁ
QUIXADA X BOA VIAGEM

POEMA: Araripe, o céu do Cariri

Por José Cícero*
Ai de ti Araripe
Porque a semente do mal
Vai subir a serra.
Ai de ti Araripe
Porque a elite
Vai ao teu encontro
Acometida pelo vírus
de plena gripe.

Araripe,
Te cuida
A elite tem sede
De sangue e metal.
E todo o mel
Que tu já deste
Aos caririenses
e ao ecossistema do mundo,
Agora tem seu troco.
Sal da fauna humana
Maldade dos homens.
Poluição,
moto-serra
A te ferir de morte.
Tanto ódio
E o veneno da química
Dos ensandecidos
debaldemente imaginando
Que conseguirão
comer dinheiro.

Ai de ti Araripe
Te preparas pra morrer.
E ninguém haverá
De assistir sequer
o “formidável da tua última quimera”;
Porque o teu féretro será solitário.
Porque ninguém estará mais aqui,
Para colocar a última pá de terra
Sobre teu caixão ecológico.
E tampouco,
Vislumbrará a última flor de lótus.

Ai de te Araripe.
Vela por nós
Enquanto há tempo.
de tempo ser...
Porque primeiro
Morreremos nós,
Quando te matamos.
O fim das florestas
é o suicídio coletivo
do mundo.
A autodestruição
de todas as espécies.

Araripe, Araripe!
Deus queira
Que o céu
Seja teu limite...
(*) José Cícero
Prof. Poeta e Escritor
Secretário de Cultura
Aurora-CE.
LANÇAMENTO DE LIVRO
Homenagem à irmã Edeltraut
Fonte: Diário do Nordeste, edição de 10.Jan.2010
Texto e fotos de Elizângela Santos

LIVRO CONTA a trajetória da irmã da ordem beneditina, Edeltraut Lerch, que veio da Alemanha para o Brasil. Traz um resgate de alguns escritos da irmã nas áreas da Administração Hospitalar e Religiosidade. Ela foi administradora do Hospital São Vicente de Barbalha.
Para o escritor Emerson Monteiro, Edeltraut Lerch é uma pessoa que encanta pela dedicação missionária ao bem-estar do semelhante, aos moldes do que foi ensinado por Jesus.


O livro "Um Pouco de Perfume" foi editado, revisado e coordenado pelo escritor e advogado Emerson Monteiro

Barbalha - A história que conta a trajetória da irmã da ordem beneditina, Edeltraut Lerch, que veio da Alemanha para o Brasil, será lançada no livro "Um Pouco de Perfume", no próximo dia 16, às 19h30, no auditório do Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha. Trata-se de um olhar humanizado nos serviços de saúde, que rendeu para o município o desenvolvimento de uma vocação, hoje referência no Estado com equipamentos de saúde e um curso de Medicina. Essa visão se atribui em muitos aspectos ao olhar da irmã Edeltraut, que acaba de fazer 80 anos.

A publicação foi editada, revisada e coordenada pelo escritor e advogado Emerson Monteiro, com apresentação do também escritor, Armando Lopes Rafael. O trabalho está sendo publicado pela Realce Editora e Indústria Gráfica, de Fortaleza, com 242 páginas. O livro traz um resgate de alguns escritos da irmã Edeltraut Lerch, nas áreas da Administração Hospitalar e Religiosidade, e recebeu apoio cultural dos empresários Raimundo Tadeu e Luiziane Alencar, amigos da irmã e admiradores do seu trabalho e trajetória de vida.

O livro conta com depoimentos do médico e historiador, Napoleão Tavares Neves, também ex-diretor clínico do Hospital administrado pela irmã. Ele lembra do momento em que a freira beneditina chegou em Barbalha, período em que o hospital estava sendo construído. Ela, enfermeira especializada em Educação, que veio para dirigir o hospital. "Ainda muito jovem, ia tomando conhecimento da cidade e da obra em fase de acabamento", diz ele. Hoje o hospital é referência, junto com o Centro de Oncologia, para mais de 40 cidades incluindo os estados circunvizinhos.

O médico em seu artigo publicado no livro, faz um resgate do momento que Barbalha recebeu o Hospital São Vicente. Nesse período fazia a parte de ambulatório na unidade. Recorda do momento inicial, em que foi preciso ampliar o atendimento por parte do credenciamento no serviço público, beneficiando um maior número de pessoas carentes na cidade. Para isso, se valeu de uma luta, de um trabalho árduo e até buscou apoio financeiro junto aos seus compatriotas na Alemanha. Momentos em que o hospital atravessava crises fez uma peregrinação por ministérios, em busca de apoio para o desenvolvimento das atividades no hospital.

Para Armando Rafael, irmã Edeltraut é uma pessoa cuja vida parece pertencer aos outros, pelo seu nível de dedicação, em quase todo o tempo dedicado ao outro. Os momentos de sofrimento diante dos horrores da Segunda Guerra são citados na autobiografia da irmã vividos pelos Lerch, na Alemanha. O escritor Armando Rafael, ressalta esse momento na apresentação do livro, quando cita uma adolescência não vivida pela religiosa beneditina. Chegou a trabalhar como empregada doméstica e, aos 20 anos, atendeu ao chamado da vida religiosa. "Estava escrito no destino da irmã que Barbalha seria o palco de suas maiores lutas e desafios", diz Armando. A cidade também foi lugar de muitas conquistas pessoais e sociais para cidade.

Num momento autobiográfico, nas páginas iniciais do livro, a irmã Edeltraut fala dos seus primeiros momentos de vida, sua formação familiar na Europa. "Minha mãe desejava que eu, após concluir a formação básica, aprendesse a profissão de costureira", lembra. Em seguida, fala da fase final da Segunda Guerra Mundial, em que os soldados russos e poloneses passavam saqueando a vila onde morava. Escapou, com a irmã e uma moça refugiada do Leste da Polônia, da sanha criminosa do que era normal para esses soldados, de estuprar as mulheres. Fugiram para o meio da floresta e num momento em que a ameaça se aproximava, um Pai Nosso e a respiração contida serviram de defesa.

A empresária Luiziane Alencar afirma que falar da religiosa é destacar alguém especial. "Quem a conhece sabe da sua importância para a saúde de Barbalha", destaca.

A irmã Edeltraut faz uma abordagem da sua experiência em administração hospitalar, onde estão inseridos os princípios básicos da humanização, a importância da humanização em análise, as relações interpessoais e a sua importância para o crescimento. Quanto ao papel da enfermeira, um destaque relacionado a pessoa de confiança do doente, este, acima de tudo, diz ela, uma pessoa, mesmo quando suas condições físicas e psíquicas parecem negá-lo.

Cartas, documentos, mensagens, discursos, matérias publicadas em jornais do Estado e da região, são abordados de forma minuciosa. O livro é um documentário de vida que homenageia uma mulher com uma trajetória brilhante e exemplar. É um exemplo de fé e de amor ao próximo. "Um Pouco de Perfume" tem muito a ensinar.

Relíquias de Dom Bosco virão a Juazeiro do Norte – postado por Armando Lopes Rafael




Crato não foi incluído no roteiro da peregrinação. A urna contém uma escultura do santo, uma réplica de seu corpo incorrupto que repousa na basílica Maria Auxiliadora na cidade de Turim, norte da Itália. Também jaz neste relicário a mão direita de Dom Bosco.

A Congregação Salesiana, em Juazeiro do Norte, divulgou a programação da peregrinação da urna contendo as relíquias de Dom Bosco naquela cidade, no próximo dia 1º de fevereiro de 2010:
–7h: Acolhida da urna na Capela Laura Vicuña, procedente de Cajazeiras-PB. Subida ao Horto pela estrada asfaltada. Missa na igreja nova do Bom Jesus do Horto;
–12h: Chegada da urna à Capela do Socorro;
–12h30min: Chegada da urna com as relíquias de São João Bosco à Igreja de Nossa Senhora de Fátima, sede da Paróquia São João Bosco, no bairro Triângulo Crajubar;
–15 h. Chegada da urna com as relíquias de São João Bosco no Santuário do Coração de Jesus, no bairro Salesianos, onde haverá missa de despedida e vigília animada pelo Conselho Paroquial. A urna está percorrendo o mundo como homenagem ao sesquicentenário de fundação da Congregação Salesiana, em 2009.

Quem foi Dom Bosco

Nasceu no dia 16 de agosto de 1815, na pequena aldeia dos "Becchi",no Piemonte, norte da Itália. Ficou órfão de pai aos dois anos de idade e foi criado por sua mãe, Margarida Occhiena. Aos nove anos teve um sonho que guiou toda a trajetória da sua vida: cuidar da juventude abandonada e pobre.

Em 1859, com os religiosos e educadores que atuavam no Oratório, fundou a Sociedade de São Francisco de Sales, a Congregação Salesiana. Mais tarde, em 1872, junto com Maria Domingas Mazzarello (Santa Maria Mazzarello), criou o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e em 1869 fundou a Associação dos Salesianos Cooperadores.

Dom Bosco é um santo considerado um patrimônio da educação e seu sistema, chamado Sistema Preventivo, pode ser aplicado a todas as situações educativas que envolvam crianças e jovens.
Fonte: sites: Juazeiro do Norte on line e Salesianos no Brasil

Edições Anteriores:

Novembro ( 2017 ):

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30