27 dezembro 2010

E ATENÇÃO - Reforma das principais praças de Crato deve ser iniciada em fevereiro


Este tipo de cena pode estar com os dias contados !

PRECISAMOS REAVER A PRAÇA DA SÉ

Imagine uma cidade em que os vendedores foram se chegando, chegando, e agora não se consegue mais nem enxergar a nossa praça da Sé. Assim é o Crato. Mas com a reforma das Praças centrais, previsto para fevereiro, essa paisagem vai mudar radicamente.

Barraqueiros inescrupulosos poluem a praça, enchendo-a de lixo:

Dsc_2910

Gatos elétricos ? Que gambiarra é essa aí ?

Dsc_2900

Olha só a praça da Sé, quase não se enxerga nem mais nada!

Image11

Um Absurdo, que já era pra ter sido resolvido

Dsc_2889


NE - Conversei na semana passada com Dr. Nivaldo Soares, Secretário do Meio Ambiente e Controle urbano. É Preciso LIMPAR a Praça da Sé, se é que me entendem. LIMPAR TUDO. A Praça será cercada, e os vendedores retirados para uma grande reforma. Mas sem deixar de pensar nos espaços para os vendedores, até porque o povo precisa se alimentar tambem, faz parte da festa. Está previsto um local adequado aonde alguns poderao permanecer sem poluir a praça, um local reservado apenas a isso, e que não irá prejudicar o povo. Uma espécie de "praça de Alimentação" perto da nova Praça da Sé. A começar já em Fevereiro.

Até o mês de fevereiro deverá ser iniciado em Crato o projeto de reforma das principais praças da cidade. O secretário de Infraestrutura, José Muniz, afirma que a fase de licitação já está sendo finalizada, para a posterior escolha da empresa que irá assumir os serviços. As praças a serem reformadas são a Alexandre Arraes – Bicentenária, São Vicente, Siqueira Campos e Praça da Sé. Ele contabiliza cerca de 30 dias para licitação e mais 30 dias para análise das propostas das empresas concorrentes. A reforma das praças e urbanização terão financiamento de mais de R$ 6 milhões. O projeto de reforma e urbanização está proposto no Plano de Requalificação Urbana da cidade. Dentro do projeto de reformas serão inseridos pisos intertravados (bloquetes) nas ruas próximas e no entorno das praças, a exemplo da Miguel Lima Verde, nas proximidades da praça Siqueira Campos e Praça da Sé. O projeto será financiado por meio do Banco Mundial, Secretaria das Cidades e Prefeitura Municipal do Crato.

Fontes adicionais: Assessoria de Imprensa da PMC

13 comentários:

  1. Caro Dihelson

    Não entendi três coisas:
    1° A Praça Siqueira Campos foi reformada não faz nem um ano e já vai sofrer outra reforma?
    2° A Praça Alexandre Arraes está em perfeito estado. Por que fazer uma reforma numa praça que não tem nem cinco anos que foi construída e está belíssima?
    3° Por que não incluir a Praça Francisco Sá: Esta sim carecendo de uma reforma.
    Pelo amor de Deus não derrubem as árvores de nenhuma dessas praças.

    ResponderExcluir
  2. Carlos,

    Preciso apenas conferir esta informação, mas a Praça Francisco Sá, claro, está na reforma. E, claro, não se pretende derrubar nenhuma árvore das praças.

    É um projeto urbanístico, então não acho que será feito sem critérios. Há toda uma estrutura envolviva, e quando estiver mais próximo, a administração vai divulgar detalhes, como será, de que forma será, como se dará a desocupação das praças.

    A primeira coisa que eu vou pegar, é a lista das praças contmpladas, que eu não disponho no momento, mas posso conseguir com os secretários.

    Amanhã, trarei mais detalhes.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  3. Quero saber da praça do Miranão.Mais de 300 mil reais e até agora, a anos, só serve de curral para animais.Com a palavra nosso assessor de imprensa.Me causa calafrio quando fala em reforma das praças (vide praça Siqueira Campo).Cuidado com o mal gosto e a cafonice dos projetos.

    ResponderExcluir
  4. O rapazinho Dedé se expressa num tom violento e francamente agressivo. Além de tudo, não presta a atenção. Mas pode ser que eu tenha escrito em letras miúdas demais para que ele leia. Vou corrigir isso agora:

    Leia-se:

    praças centrais
    Praças Centrais
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS
    PRAÇAS CENTRAIS

    Acho que agora deu pra ler. Mirandão não é no Centro.

    DM

    ResponderExcluir
  5. Quero saber do senhor: Quanto foi gasto na reforma da praça do Mirandão, se foi concluída ou não. Como cidadão, a meses não consigo obter essa resposta. Só isso!!

    ResponderExcluir
  6. O caso da Praça da Sé é um problema seríssimo, principalmente devido aos barraqueiros. Seria bom que se fizesse uma fonte luminosa(e que funcionasse, não desse abrigo a mosquitos da dengue) do lugar daquela "casinha" no meio da praça. Ai se poderia fazer um coreto decente em outro ponto da praça. Uma dica também seria a construção de monumentos (bonitos) em homenagem aos ilustres cratenses em nossas praças.

    Já que tocaram no ponto de arborização, acho que a prefeitura deveria fazer projetos para incentivar aos cidadãos plantarem árvores na frente de sua casa. Que tal um pequeno desconto no IPTU para incentivar? Seria bom termos a cidade mais arborizada pelo menos do Ceará! :) Podemos fazer isso? acho que sim.

    ResponderExcluir
  7. Faz muitos anos que não moro no Crato, mas todos os dias acompanho o Blog. E há mais ou menos 04 anos fui ao Crato e fiquei decepcionado com áquela casinha no lugar da Fonte Luminosa (Linda, principalmente aos domingos, quando saímos da missa e criança ficava observando qual a próxima cor que a água iria ficar), espero que nesse projeto de reforma, se pense em retornar a FONTE, pois fica mais com a cara do Crato, do que esta casinha como disse o Sr. Yuri. Vou ficar acompanhando as novas novidades. Grato.
    Antonio César Sá.

    ResponderExcluir
  8. Carlos Eduardo

    So para constar a Praça Alexandre Arraes foi reformada na gestão de Moacir Siqueira, são mais de 5 anos reforma e no caso ela precisa de algumas reformas mesmo, mas nada tão grave como a Francisco Sá ou aquela praça 03 de maio em frente a igreja são vicente , essas são as que eu queria que passasse por uma reforma urgente mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Sr. Wilson Bernardo,favor fotografar e publicar a "Praça da Prefeitura", "tá" um lixo. (Lembrando ao Sr. Dihelson que é uma Praça Central)

    ResponderExcluir
  10. Thibério, muito bem lembrado.

    Na verdade, a praça da prefeitura também "estava" cotada para estas reformas.

    Eu não consigo compreender ainda ( mas posso perguntar ), porque é que a Praça Siqueira Campos que foi reformada há pouco tempo está nessa lista, e a Praça da prefeitura não estaria ( que concordemos, está um lixo mesmo ).

    Wilson, acho que precisamos dar um pulinho lá no Gabinete e entrevistar o prefeito Samuel Araripe para informações mais detalhadas sobre tudo isso. Enquanto isso, Wilson, siga aí o pedido do nosso leitor Thibério, e por gentileza, fotografe aquela praça.

    Abraços,

    Dihelson Mendonça

    ResponderExcluir
  11. Dhielson Thibério está usando de má fé e por conta disso ironizando,as praças estão um lixo,assim como o Canal do Rio Grangeiro,por exclusividade unica do chamado usuario cidadão,ninguém quer se responsabilizar por fazer sua parte civica,todos sujam,desgotam,o seu lixo diário,como bem quer. t emos sim que fazer-mos campanhas de conci~entizações e multar,talves pesando no bolso o cidadão venha adquirir cidadanis de não jogar lixo onde bem quizer.

    ResponderExcluir
  12. Cláudio Iaronka Jr28 de dezembro de 2010 21:26

    Tomara mesmo que a querida praça da Sé volte a ser o que era antigamente: orgulho para os cratences e não um engodo, cheio de lixo, aproveitadores e ripongas mau- cheirosos que assustam a todos com sua face mórbida. E por falar nisso, aonde anda o projeto de retiradas das barracas? Elas não iriam para outro local? Mais um fim de ano chega com a beleza da Sé ofuscada por essas abomináveis barracas. E o pior, pessoas que não precisam se aproveitam da omissão da prefeitura para ultilizar o espaço de forma corrupta e inescrupulosa. Uma realidade triste para a população. Esperamos dias melhores.

    ResponderExcluir
  13. Meu prezado Dihelson

    Acho realmente o Crato uma cidade suis generis. Veja só, onze barraqueiros, tem mais força política, que todos eleitores do nosso município, que almejam o progresso.
    Heladio

    ResponderExcluir

Visite a página oficial do Blog do Crato - www.blogdocrato.com - Há 10 Anos, o Crato na Internet.